Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Rodolfo Alves

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Julho/2020

Recommended Posts

3 minutos atrás, Darley disse:

Já que estamos falando de frio, vamos a um compilado de todas as capitais sobre:

 

Mínima absoluta capitais 2020

 

Curitiba: 4,1°C

Florianópolis: 7,7°C

Porto Alegre: 2,7°C

São Paulo: 9,6°C

Rio de Janeiro (Vila Militar): 10,7°C

Belo Horizonte: 10,3°C

Vitória: 17,1°C

Campo Grande: 7,1°C

Cuiabá: 12°C

Goiânia: 9,2°C

Brasília: 9,3°C

Rio Branco: 15°C

Porto Velho: 18,1°C

Manaus: 22,6°C

Boa Vista: 21,9°C

Macapá: 21,6°C

Belém: 22°C

Palmas: 17,3°C

São Luís: 23°C

Teresina: 17°C

Fortaleza: 21,4°C

Natal: 20,4°C

João Pessoa: 17,2°C

Recife: 15,8°C

Maceió: 19,4°C

Aracaju: 22,3°C

Salvador: 21,1°C

 

São dados que achei disponível das convencionais (algumas capitais sem os dados das convencionais coloquei o dado da automática).

 

Sobre Curitiba ainda estou em dúvida se realmente foi 4,1 a mínima do ano por lá.

Faz 84 anos que tivemos esse 7,1 aqui em Campo Grande.

 

O sul do estado até teve boas máximas hoje. Nós ficamos chupando dedo. 

  • Like 5
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

8 °C em POA. Será que a madrugada vai colaborar?

  • Like 9

Share this post


Link to post
Share on other sites
24 minutos atrás, Darley disse:

Já que estamos falando de frio, vamos a um compilado de todas as capitais sobre:

 

Mínima absoluta capitais 2020

 

Curitiba: 4,1°C

Florianópolis: 7,7°C

Porto Alegre: 2,7°C

São Paulo: 9,6°C

Rio de Janeiro (Vila Militar): 10,7°C

Belo Horizonte: 10,3°C

Vitória: 17,1°C

Campo Grande: 7,1°C

Cuiabá: 12°C

Goiânia: 9,2°C

Brasília: 9,3°C

Rio Branco: 15°C

Porto Velho: 18,1°C

Manaus: 22,6°C

Boa Vista: 21,9°C

Macapá: 21,6°C

Belém: 22°C

Palmas: 17,3°C

São Luís: 23°C

Teresina: 17°C

Fortaleza: 21,4°C

Natal: 20,4°C

João Pessoa: 17,2°C

Recife: 15,8°C

Maceió: 19,4°C

Aracaju: 22,3°C

Salvador: 21,1°C

 

São dados que achei disponível das convencionais (algumas capitais sem os dados das convencionais coloquei o dado da automática).

 

Sobre Curitiba ainda estou em dúvida se realmente foi 4,1 a mínima do ano por lá.

Curitiba foi 3,1°C no comecinho do mês (INMET)

  • Like 11
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
18 minutos atrás, Darley disse:

Já que estamos falando de frio, vamos a um compilado de todas as capitais sobre:

 

Mínima absoluta capitais 2020

 

Florianópolis: 7,7°C

Caso essa mínima horrível não seja quebrada até o final do ano, será o novo recorde de maior menor mínima já registrado no INMET São José/Florianópolis.

Considerando dados desde 1968 o recorde é de 7,5ºC em 1998.

  • Like 12
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Bruno D disse:

 

O engraçado que nessas situações de ASAS geralmente as anomalias negativas respeitam bem a divisa do Sul de Minas com o leste de São Paulo. Sul de Minas (anomalia negativa), Leste de São Paulo (anomalia positiva).

 

Seria uma espécie de efeito de aquecimento adiabático que a mantiqueira exerce sobre o leste do Estado de São Paulo nestas situações, com predomínio de ventos do quadrante Leste-Nordeste? Sendo isso, provavelmente oq acontece, é que o vento frio ou fresco impulsionado pela ASAS no Estado de Minas e deslocando em escoamento ENE sobe a mantiqueira, e depois desce a sotavento sobre o leste de São Paulo, e aí pelo efeito de aquecimento adiabático o ar ameno a frio, se torna morno no Leste Paulista.

 

Talvez essa seja uma das razões de São Paulo capital não se beneficiar da mesma forma do que o leste de Minas em eventos de ASAS típico. Soma-se a isso, o efeito da imensa e poderosa ilha de calor, que faz a Cidade ficar amena apenas com advecção direta de ar frio, advecção de ar fresco quase não faz cócegas sobre a tórrida ilha de calor.

 

Bom, para todo o vale do paraíba paulista isso acontece com certeza, e SP capital não fica longe também, mas não sei se chegaria a influenciar na metrópole. Mas é um bom questionamento.

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites
21 minutos atrás, Eclipse disse:

8 °C em POA. Será que a madrugada vai colaborar?

 

 

pelo visto vai sim colaborar:

 

image.png.af2e2d9a48885b5f1cde3ea4c1288d26.png

  • Like 14

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

A máxima no Rio do Rastro não deve passar de 3,7°C e com isso igualará o valor do Morro da Igreja do dia 02. Em outra estação próxima, Rio do Rastro Eco Resort, a máxima foi de 3,8°C.

 

Contudo o Morro da Igreja ainda tem o dia mais frio até o momento:

 

-2,4°C/3,7°C - Morro da Igreja (02/07)

-0,6°C/3,7°C - Rio do Rastro/Mensageiro da Montanha (-0,6°C agora)

-1,3°C/3,8°C - Rio do Rastro Eco Resort (-0,8°C agora)

 

Menores Máximas:

 

3,7°C - Morro da Igreja e Rio do Rastro/Mensageiro da Montanha

3,8°C - Rio do Rastro/Eco Resort

3,85°C - Morro das Torres

4,5°C - São José dos Ausentes/INMET

4,7°C - São Francisco de Paula/Sítio Água da Rainha

4,92°C - São Joaquim/Cruzeiro/Epagri

5,2°C - Gramado/Casa de Pedra

5,3°C - Canela/INMET e Urubici Mundo Novo/PWS

5,5°C - São Joaquim/Cruzeiro/1520 m

5,6°C - São Joaquim/INMET

5,79°C - Urubici/Mundo Novo/Epagri

5,8°C - São Francisco de Paula/Café Tainhas*

5,9°C - Morro Reuter

6,1°C - Caxias do Sul/PWS

6,5°C - Gramado/Alphaville

6,6°C - Canela/Castelinho

6,94°C - Tangará

6,97°C - Urupema/Parque de Exposição

 

*Valor retirado do Wunderground

Edited by Moretão
  • Like 13

Share this post


Link to post
Share on other sites
58 minutos atrás, Darley disse:

Já que estamos falando de frio, vamos a um compilado de todas as capitais sobre:

 

Mínima absoluta capitais 2020

 

Curitiba: 4,1°C

Florianópolis: 7,7°C

Porto Alegre: 2,7°C

São Paulo: 9,6°C

Rio de Janeiro (Vila Militar): 10,7°C

Belo Horizonte: 10,3°C

Vitória: 17,1°C

Campo Grande: 7,1°C

Cuiabá: 12°C

Goiânia: 9,2°C

Brasília: 9,3°C

Rio Branco: 15°C

Porto Velho: 18,1°C

Manaus: 22,6°C

Boa Vista: 21,9°C

Macapá: 21,6°C

Belém: 22°C

Palmas: 17,3°C

São Luís: 23°C

Teresina: 17°C

Fortaleza: 21,4°C

Natal: 20,4°C

João Pessoa: 17,2°C

Recife: 15,8°C

Maceió: 19,4°C

Aracaju: 22,3°C

Salvador: 21,1°C

 

São dados que achei disponível das convencionais (algumas capitais sem os dados das convencionais coloquei o dado da automática).

 

Sobre Curitiba ainda estou em dúvida se realmente foi 4,1 a mínima do ano por lá.

Curitiba está errado. Inmet já marcou 3,1ºC. Mas no dia mais frio do ano, caiu a automática e a convencional marcou um aleatório 7º 😂😂😂

  • Like 8
  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 minutos atrás, stankevecz1 disse:

Curitiba está errado. Inmet já marcou 3,1ºC. Mas no dia mais frio do ano, caiu a automática e a convencional marcou um aleatório 7º 😂😂😂

Engraçado q são vários dias com keda na automática do INMET e justamente entre a noite e final da manhã. Seria por falta de bateria? Problema no painel solar talvez...

Faltam as principais mínimas do mês. Tudo em branco 🤬

  • Like 8

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, Carlos Campos disse:

Engraçado q são vários dias com keda na automática do INMET e justamente entre a noite e final da manhã. Seria por falta de bateria? Problema no painel solar talvez...

Faltam as principais mínimas do mês. Tudo em branco 🤬

Sempre alegam que é bateria

  • Sad 7

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, stankevecz1 disse:

Sempre alegam que é bateria

Putz

É a única estação "oficial" de uma metrópole com ~3.000.000 de habitantes. Uma vergonha. Pior é ter q admitir q o Simepar tá melhor de estações do q o Instituto Nacional de Meteorologia. Em quantidade e em qualidade.

Só rindo pra não chorar 🙄

Vou ter q colocar um dos meus abrigos de PVC lá no campus da UFPR 🤭

  • Like 2
  • Haha 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite a todos!

 

Amanhã (30/07/2020) começa o período de frio com a maior duração aqui no Rio de Janeiro, com vários dias amenos/agradáveis.

 

E já começa com muita chuva! 😀😀😀

Screenshot_2020-07-29-21-22-25-1.thumb.png.8ea98847aa8aec50a5a362e462dc6113.png

  • Like 11

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 minutos atrás, Fernando Keiser disse:

 

image.thumb.png.987dc72dcf36fca23598f99104c1047e.png

🤔

Pelos meus cálculos matemáticos 😂 Terra do Gelo vai bater o -10°C da Vista Alegre.

Chuto -11°C TG  e  -10,5°C VA

Caminhos da Neve -9,5..

São Joaquim vai bater a mínima do ano.

**Se a maldição não aparecer derrepente

 

  • Like 6
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vamos todos rezar pra São Demétrio de Tessalônica pra que ele abençoar essa noite 🙏

  • Like 5
  • Haha 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Darley disse:

Já que estamos falando de frio, vamos a um compilado de todas as capitais sobre:

 

Mínima absoluta capitais 2020

 

Curitiba: 4,1°C

Florianópolis: 7,7°C

Porto Alegre: 2,7°C

São Paulo: 9,6°C

Rio de Janeiro (Vila Militar): 10,7°C

Belo Horizonte: 10,3°C

Vitória: 17,1°C

Campo Grande: 7,1°C

Cuiabá: 12°C

Goiânia: 9,2°C

Brasília: 9,3°C

Rio Branco: 15°C

Porto Velho: 18,1°C

Manaus: 22,6°C

Boa Vista: 21,9°C

Macapá: 21,6°C

Belém: 22°C

Palmas: 17,3°C

São Luís: 23°C

Teresina: 17°C

Fortaleza: 21,4°C

Natal: 20,4°C

João Pessoa: 17,2°C

Recife: 15,8°C

Maceió: 19,4°C

Aracaju: 22,3°C

Salvador: 21,1°C

 

São dados que achei disponível das convencionais (algumas capitais sem os dados das convencionais coloquei o dado da automática).

 

Sobre Curitiba ainda estou em dúvida se realmente foi 4,1 a mínima do ano por lá.

Me surgiu um questionamento aqui.

Vendo os dados da convencional de Recife percebo que as mínimas estão bem inferiores aos da automática (coisa de 2, 3 graus). Considerando que as estações estão no mesmo local isso não deveria acontecer, correto?

Inclusive a mínima na automática de Recife neste ano foi de 19,7 e essa mínima de 15,8 (convencional) foi registrada em março o que não faz muito sentido considerando o clima local.

 

Aí eu pergunto. Em qual devo confiar na automática ou na convencional?

Se alguém puder me explicar por que isso acontece, também agradeço.

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

11,7° agora. O grosso do frio no Paraná está no leste e sudoeste do estado, Guarapuava que costuma ser bem fria, ainda tem 11,4°, e P.O. maior que o daqui.

Algumas fotos que eu tirei no fim de tarde:

IMG_20200729_183344_copy_3000x2250_1.jpg

IMG_20200729_183723_copy_3000x2250.jpg

IMG_20200729_183104_copy_3000x2250.jpg

  • Like 17
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Darley disse:

Já que estamos falando de frio, vamos a um compilado de todas as capitais sobre:

 

Mínima absoluta capitais 2020

 

Curitiba: 4,1°C

Florianópolis: 7,7°C

Porto Alegre: 2,7°C

São Paulo: 9,6°C

Rio de Janeiro (Vila Militar): 10,7°C

Belo Horizonte: 10,3°C

Vitória: 17,1°C

Campo Grande: 7,1°C

Cuiabá: 12°C

Goiânia: 9,2°C

Brasília: 9,3°C

Rio Branco: 15°C

Porto Velho: 18,1°C

Manaus: 22,6°C

Boa Vista: 21,9°C

Macapá: 21,6°C

Belém: 22°C

Palmas: 17,3°C

São Luís: 23°C

Teresina: 17°C

Fortaleza: 21,4°C

Natal: 20,4°C

João Pessoa: 17,2°C

Recife: 15,8°C

Maceió: 19,4°C

Aracaju: 22,3°C

Salvador: 21,1°C

 

São dados que achei disponível das convencionais (algumas capitais sem os dados das convencionais coloquei o dado da automática).

 

Sobre Curitiba ainda estou em dúvida se realmente foi 4,1 a mínima do ano por lá.

A convencional de GYN marcando 9,2°C enquanto a automática registrava 7,6°C...

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Chove moderadamente em parte da Zona Sul de São Paulo neste momento, e pelo Radar não deve parar tão cedo:

 

PvOpdPcypEGsOcV8-6ryR4uhEZBe7pf3eoae4LRGervsfAHA-PXkJ7DX_xYpMDHl2AlzktQdk_bURK9ek1urkSEtje65-G5SWLDS2QYPQqFnwDcvrBQcMqVBjG-jy1Bn_k-vS8ju

 

Lembrando que tem um bug no radar, que não vem aferindo bem a Região de São Roque e o Extremo Oeste da RMSP, então possivelmente deve estar tendo chuva por aquelas bandas tbm. Na Zona Sul de São Paulo temperaturas entre 12-13°C, e a chuva vêm diminuindo bastante a sensação térmica.

  • Like 12

Share this post


Link to post
Share on other sites

Há duas horas aqui em José Bonifácio tínhamos 25.8°C com UR de 36%.

Começou uma ventania (ramo frio marítimo)...

 

Agora temos 19.1°C, ventos de 35km/h e UR em 82%.

  • Like 11
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Será que rola sub-10 em Curitiba amanhã?

Máximas interessante amanhã.

 

1672341987_Screenshot_20200729-223537_SamsungInternet.thumb.jpg.7abc54c5f578eb505eb4c945cc266773.jpg

  • Like 9

Share this post


Link to post
Share on other sites

Noite fria e com céu encoberto em São Paulo.

Devido ao excesso de nebulosidade e umidade, as temperaturas nas estações do CGE não estão variando tanto. Enquanto temos 13,9 graus na Sé, em Marsilac faz 11,7 graus.

qactUy1.png

 

 

Imagem do satélite desta noite mostra a metade sul do estado de SP tomada por nuvens (em sua maioria, baixas), enquanto a metade norte está praticamente limpa.

rHr3hIw.jpg

  • Like 18

Share this post


Link to post
Share on other sites

Frio forte no oeste, Mondaí às 22:40 (torcer pra não formar nevoeiro):

 

Linha Catres
Temperatura: 3.9 °C
Umidade: 93.7 %
Vento: 0.0 km/h
Barometro: 1026.7 hPa Subindo Lentamente
  • Like 15
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Que este ano o mês de julho está mais quente (em termos relativos, desvios para a média mensal, pois em termos absolutos sempre é) quanto mais ao norte se avança entre o sul do RS e a Região Sudeste, todo mundo já sabe.  Mas o que muita gente não sabe é que julho de 2020 está muito longe de poder ser considerado realmente frio mesmo ao sul do Brasil, no Uruguai e em na maior parte centro-norte da Argentina, apesar da atuação predominante de massas de ar frio nestas áreas (o que é obrigação, em se tratando de julho) e da ocorrência de mínimas absolutas expressivas em algumas estações destas regiões no meio do mês e hoje.  A exceção ao predomínio de ar frio nas áreas mencionadas foi um período de “veranico” (3 a 7 dias, dependendo da área).

 

Na região de Montevideo, julho de 2020 está com temperatura um pouco abaixo da média por conta dessa frequente atuação de massas de ar frio, condição relacionada ao próprio bloqueio (que não deixou o frio “subir” uma única vez), mas este ar frio que atuou durante a maior parte do mês teve intensidade no máximo moderada, como atesta a ausência total de máximas sub-10ºc no aeroporto de Carrasco em julho deste ano, apenas a quarta vez que isto acontece em julho nos últimos 21 anos (as estatísticas de mínimas <= 0ºc também ajudam a colocar este mês de julho no seu devido lugar, ou seja, completamente irrelevante mesmo quando comprado apenas com os demais anos do século XXI).  No final das contas 07/2020 leva uma imensa surra de 2000 e 2007 (os verdadeiros julhos “históricos” pelo frio no padrão atual) sob todos os ângulos possíveis, e “apanha” de outros meses de julho recentes também.

 

Abaixo vai a tabela atualizada com algumas estatísticas de frio (julho) do aeroporto de Carrasco (única estação com dados completos, em que pude fazer um controle de qualidade de todos os anos), para “máximas iguais ou acima dos 20ºc”, “máximas abaixo dos 10ºc” e (a novidade, que incluí agora) “mínimas iguais ou abaixo de 0ºc”.  Vale lembrar que as temperaturas são arredondadas para o valor cheio mais próximo no METAR (ex: a menor mínima horária de 07/2020 no aeroporto de Carrasco foi de 0,3ºc no dia 15, arredondada para 0ºc, e a e menor máxima horária de 9,7ºc no dia 14, arredondada para 10ºc).  Em todos os anos foi feito desta maneira (mesma metodologia), pois os registros exatos com décimos estão disponíveis para um período muito curto.  Claro também que entre uma hora e outra a temperatura costuma subir/descer um pouco, mas em estações de aeroporto estes valores não são revelados (quer dizer: a mínima pode de fato ter chegado aos 0ºc no dia 15, e a máxima aos 10ºc no dia 14).

 

Os dados falam por eles mesmos, e mostram que o ar frio mais intenso ficou bloqueado ao sul da foz do rio da Prata neste mês de julho.  Foi um mês com predomínio de ar frio, mas sem Mps intensas na área em questão.

 

Aqui no sudeste do Brasil, em particular no RJ, este pode ser considerado (dependendo do ponto de vista) o pior mês de julho (em termos de frio, ou ausência dele) de todos os tempos, mas vou falar mais sobre isso no começo de agosto.

 

mvu.png.d1f3d1f3a49934cc25fdffc5fd774453.png

 

Recordes de julho nos anos 2000 (Carrasco):

 

Maior máxima : 28ºc (04/07/2010)

Menor máxima: 6ºc (15/07/2000 e 10/07/2007)

Menor mínima: -3ºc (29/07/2007)

 

 

 

Edited by Wallace Rezende
  • Like 13
  • Thanks 10

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Otra noche helada en todo el Uruguay, recien acabo de llegar de la calle ya hay helada formada en el cesped y autos por mi barrio, me sorprende que Melilla este registrando  3°C, por esa razon pense que era menos la temperatura, 5,5°C en la estacion Prado de Montevideo.

 

En el interior 0,8°C en Mercedes y 1,3°C en Tacuarembo a las 22hrs.

 

1357993438_Sanstitre.jpg.159135979c91a0514dd83a92348f35d1.jpg

2138367793_Sanstitre.jpg.7a94e854439627eea3f1667c184fc6de.jpg

 

 

 

 

Edited by Pablo MQL
  • Like 15
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

17.6°C em JOSÉ BONIFÁCIO.

DESPENCOU MUITO MAIS RÁPIDO DO QUE IMAGINAVA.

 

  • Like 10

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
24 minutes ago, Wallace Rezende said:

Que este ano o mês de julho está mais quente (em termos relativos, desvios para a média mensal, pois em termos absolutos sempre é) quanto mais ao norte se avança entre o sul do RS e a Região Sudeste, todo mundo já sabe.  Mas o que muita gente não sabe é que julho de 2020 está muito longe de poder ser considerado realmente frio mesmo ao sul do Brasil, no Uruguai e em na maior parte centro-norte da Argentina, apesar da atuação predominante de massas de ar frio nestas áreas (o que é obrigação, em se tratando de julho) e da ocorrência de mínimas absolutas expressivas em algumas estações destas regiões no meio do mês e hoje.  A exceção ao predomínio de ar frio nas áreas mencionadas foi um período de “veranico” (3 a 7 dias, dependendo da área).

 

Na região de Montevideo, julho de 2020 está com temperatura um pouco abaixo da média por conta dessa frequente atuação de massas de ar frio, condição relacionada ao próprio bloqueio (que não deixou o frio “subir” uma única vez), mas este ar frio que atuou durante a maior parte do mês teve intensidade no máximo moderada, como atesta a ausência total de máximas sub-10ºc no aeroporto de Carrasco em julho deste ano, apenas a quarta vez que isto acontece em julho nos últimos 21 anos (as estatísticas de mínimas <= 0ºc também ajudam a colocar este mês de julho no seu devido lugar, ou seja, completamente irrelevante mesmo quando comprado apenas com os demais anos do século XXI).  No final das contas 07/2020 leva uma imensa surra de 2000 e 2007 (os verdadeiros julhos “históricos” pelo frio no padrão atual) sob todos os ângulos possíveis, e “apanha” de outros meses de julho recentes também.

 

Abaixo vai a tabela atualizada com algumas estatísticas de frio (julho) do aeroporto de Carrasco (única estação com dados completos, em que pude fazer um controle de qualidade de todos os anos), para “máximas iguais ou acima dos 20ºc”, “máximas abaixo dos 10ºc” e (a novidade, que incluí agora) “mínimas iguais ou abaixo de 0ºc”.  Vale lembrar que as temperaturas são arredondadas para o valor cheio mais próximo no METAR (ex: a menor mínima horária de 07/2020 no aeroporto de Carrasco foi de 0,3ºc no dia 15, arredondada para 0ºc, e a e menor máxima horária de 9,7ºc no dia 14, arredondada para 10ºc).  Em todos os anos foi feito desta maneira (mesma metodologia), pois os registros exatos com décimos estão disponíveis para um período muito curto.  Claro também que entre uma hora e outra a temperatura costuma subir/descer um pouco, mas em estações de aeroporto estes valores não são revelados (quer dizer: a mínima pode de fato ter chegado aos 0ºc no dia 15, e a máxima aos 10ºc no dia 14).

 

Os dados falam por eles mesmos, e mostram que o ar frio mais intenso ficou bloqueado ao sul da foz do rio da Prata neste mês de julho.  Foi um mês com predomínio de ar frio, mas sem Mps intensas na área em questão.

 

Aqui no sudeste do Brasil, em particular no RJ, este pode ser considerado (dependendo do ponto de vista) o pior mês de julho (em termos de frio, ou ausência dele) de todos os tempos, mas vou falar mais sobre isso no começo de agosto).

 

mvu.png.d1f3d1f3a49934cc25fdffc5fd774453.png

 

Recordes de julho nos anos 2000 (Carrasco):

 

Maior máxima : 28ºc (04/07/2010)

Menor máxima: 6ºc (15/07/2000 e 10/07/2007)

Menor mínima: -3ºc (29/07/2007)

 

 

 

 

Buen analisis!

Creo que la gran virtud de este julio es simplemente no haber tenido anomalia positiva, eso creo que queda para agosto.

La constancia del frio de los años 2000 y 2007 debieron de haber hecho sentir esos meses como qi fueran el invierno tipico de una ciudad atlantica europea de latitud media alta.

Edited by Pablo MQL
  • Like 10

Share this post


Link to post
Share on other sites

A PWS de Conceição do Rio Verde, sul de Minas, encosta, ao lado do rio que dá nome à cidade, 870.00 mt, zona urbana teve a seguinte média em julho até agora: 

 

7,76 ~ 28,16

 

Acredito que a média do mês por lá, seja muito similar a antiga estação de Lambari, que fica 35 km distante dali. Mas Lambari não ficava ao lado do rio.

 

Chutaria uma média de Julho em:

 6.0/6.5°C ~ 25.5/26.0°C.

 

Nos últimos oito dias de Maio (24/05 em diante) naquela MP, está PWS teve as seguintes temperaturas:

 

24/05  13.5/18.0 

25         5.9/22.0

26         2.6/22.2

27         1.6/26.2

28         1.7/25.9

29         3.0/29.8

30         2.9/27.3

31         5.2/26.3

  • Like 15

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em Florianópolis devido as aberturas de sol a máxima foi mais alta que o esperado e não se confirmou a menor máxima do ano hoje.

Neste momento temperatura entre 9/11ºC e o vento já começou a ficar mais fraco na cidade.

Máximas hoje na cidade:

 

14,6ºC - Lagoa da Conceição

14,6ºC - Sertão do Ribeirão

14,6ºC - Santo Antônio de Lisboa

14,8ºC - Aeroporto

15,1ºC - Ratones

15,2ºC - INMET

15,4ºC - UFSC (CCA)

15,4ºC - Itacorubi

15,5ºC - Faz. Ressacada

15,6ºC - Carijós

  • Like 14

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 minutos atrás, Victor Naia disse:

A PWS de Conceição do Rio Verde, sul de Minas, encosta, ao lado do rio que dá nome à cidade, 870.00 mt, zona urbana teve a seguinte média em julho até agora: 

 

7,76 ~ 28,16

 

Acredito que a média do mês por lá, seja muito similar a antiga estação de Lambari, que fica 35 km distante dali. Mas Lambari não ficava ao lado do rio.

 

Chutaria uma média de Julho em:

 6.0/6.5°C ~ 25.5/26.0°C.

 

Nos últimos oito dias de Maio (24/05 em diante) naquela MP, está PWS teve as seguintes temperaturas:

 

24/05  13.5/18.0 

25         5.9/22.0

26         2.6/22.2

27         1.6/26.2

28         1.7/25.9

29         3.0/29.8

30         2.9/27.3

31         5.2/26.3

Lamentavelmente, a PWS de Coqueiral, zona urbana, 850.00, baixada, saiu do ar por vários dias. As mínimas são levemente mais baixas, e as máximas também são até onde me recordo.

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Previsão de chuva acumulada para os próximos 10/15 dias para o Brasil

Tanto o GFS quanto o Europeu continuam a indicar um cenário desanimador para boa parte do país e dessa vez com um plus: até SC e RS (que vinha tendo chuvas) entrarão nessa dança.

 

Europeu 12z - próximos 10 dias

nppQSgk.png

 

 

GFS 18z - próximos 15 dias

GZqyGNf.png

  • Like 9
  • Sad 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

POR AQUI SEGUE QUEDA.

 

16.8°C. RAJADA MAIS FORTE HÁ POUCO BATEU 48KM/H.

 

Mínimas amanhã:

 

117293907_Screenshot_20200729-233645_SamsungInternet.thumb.jpg.e6ecc151e8fcd15efc8db98eb9ed7ae2.jpg

 

Máximas:

 

809401623_Screenshot_20200729-233736_SamsungInternet.thumb.jpg.a6dea60c4aaadfbdf691e03d5dd228d5.jpg

Edited by Maicon
  • Like 11

Share this post


Link to post
Share on other sites

Radar de São Roque mostra chuva (fraca intensidade) já atingindo áreas mais ao norte de São Paulo.

Aqui no começo da zona leste já chove um pouco.

Y4j0zAD.jpg

 

 

Tempo.com (12z de hoje do europeu) prevê uma sequência de tarde mais agradáveis, após esse período de friozinho.

Amanhã poderemos ter ainda um pouco de chuva.

rmMR3gn.jpg

  • Like 14
  • Thanks 1
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quando falei em "friozinho" fiz questão de frisar: parte da região Sudeste e parte do Centro Oeste. Agora, não querendo ser chato, volto ao tema que poucos ainda não atentaram: Ondas de Rossby. Quando em amplitude pequena, ficam presas no HN, quando há aumento de amplitude aí sim, perturbam o Clima de todo o Planeta. 

https://pt-br.facebook.com/Temponline/videos/ondas-de-rossby-no-hemisfério-sulem-meteorologia-pode-se-considerar-que-a-atmosf/1944385892500113/

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
27 minutos atrás, Victor Naia disse:

A PWS de Conceição do Rio Verde, sul de Minas, encosta, ao lado do rio que dá nome à cidade, 870.00 mt, zona urbana teve a seguinte média em julho até agora: 

 

7,76 ~ 28,16

 

Acredito que a média do mês por lá, seja muito similar a antiga estação de Lambari, que fica 35 km distante dali. Mas Lambari não ficava ao lado do rio.

 

Chutaria uma média de Julho em:

 6.0/6.5°C ~ 25.5/26.0°C.

 

Nos últimos oito dias de Maio (24/05 em diante) naquela MP, está PWS teve as seguintes temperaturas:

 

24/05  13.5/18.0 

25         5.9/22.0

26         2.6/22.2

27         1.6/26.2

28         1.7/25.9

29         3.0/29.8

30         2.9/27.3

31         5.2/26.3

Victor Naia,

você visitou a estação de Conceição do Rio Verde ou viu fotos dela?

Pra variar a estação de Coqueiral está fora novamente.

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
1 hora atrás, Peregrine disse:

E a previsão de Inverno tardio do "Velho Peregrino" vai se confirmando !

 

Na verdade, não tem nada de excepcional.

Até porque aqui um julho sem mínimas de 1 dígito é raríssimo.

Como vimos pelos comentários, a mínima absoluta da Curitiba está em horrendos 3°C, Campo Grande em horrendos 7°C, São Paulo em horrendos 9°C, Florianópolis em 7°C...

Enfim.

Inverno continua bem ruim.

Há uma Frente fria boa, porém marítima, e que não é nada incomum para a época.

 

Tirando os dois pulsos seguidos de ar frio em maio, que deixou boa parte do centrossul, em especial SP, MS, parte de MG e sul de Goiais até dois graus abaixo da média, nada demais neste ano.

Talvez aquela sequência de frio no RS, mas que foi logo quebrada pelo veranico, deixando as temperaturas na média.

 

Enfim... nada a comemorar. Pelo menos no meu ponto de vista.

Vamos ver se vem algo mais relevante até fim do inverno astronômico. Quem sabe não temos surpresa!

Edited by Maicon
  • Like 13
  • Thanks 1
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 minutos atrás, Maicon disse:

 

Na verdade, não tem nada de excepcional.

Até porque aqui um julho sem mínimas de 1 dígito é raríssimo.

Como vimos pelos comentários, a mínima absoluta da Curitiba está em horrendos 3°C, Campo Grande em horrendos 7°C, São Paulo em horrendos 9°C, Florianópolis em 7°C...

Enfim.

Inverno continua bem ruim.

Há uma Frente fria boa, porém marítima, e que não é nada incomum para a época.

 

Tirando os dois pulsos seguidos de ar frio em maio, que deixou boa parte do centrossul, em especial SP, MS, parte de MG e sul de Goiais até dois graus abaixo da média, nada demais neste ano.

Talvez aquela sequência de frio no RS, mas que foi logo quebrada pelo veranico, deixando as temperaturas na média.

 

Enfim... nada a comemorar. Pelo menos no meu ponto de vista.

Vamos ver se vem algo mais relevante até fim do inverno astronômico. Quem sabe não temos surpresa!

Eu realmente não sei se é possível zerar aqui em agosto, não tenho ideia. 

Se alguém de curitiba souber responder...

Realmente estranho uma mínima absoluta de 3, visto que zera todo ano.

  • Like 1
  • Sad 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Chuva mansa na ZN de São Paulo, já acumulou 0,2mm no CGE Santana desde 00:00. Agora por lá faz 13,5°.

  • Like 11

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Terra do Gelo/Bom Jardim/F.Keiser, marcando -6,4ºC ás 00 h 21 da madrugada.

 

Essa madrugada promete negativas bem baixas no Planalto Sul de SC.

 

Em segundo lugar Caminhos da Neve/São Joaquim/G.Hugen com -6,1ºC ás 00 h 22 da madrugada.

 

 

Edited by marinhonani
  • Like 9

Share this post


Link to post
Share on other sites

Como julho segue excepcionalmente tedioso por aqui, hoje vou fazer uma seção “túnel do tempo”, relembrando eventos que ocorreram nesta mesma altura do ano em 1998 (evento histórico de chuva na Grande Natal/RN) e 2007 (massa de ar frio que chegou com força ao leste da Região Sudeste).

 

Entre os dias 29 e 30 de julho de 1998, um evento histórico de chuva (causado por uma onda de leste particularmente “invocada”, e já após o auge da relativamente fraca temporada chuvosa de 1998 no leste da Região Nordeste) impactou a cidade de Natal e arredores, causando enchentes generalizadas e até algumas mortes (houve em deslizamento mortal em Ceará-Mirim, fenômeno pouco comum pelo relevo relativamente suave da região).

 

Seguem os acumulados diários de chuva em três estações da região (duas Inmet e uma fornecida pela Emparn).  O acumulado diário máximo em Natal/Inmet foi recorde de toda a série da estação, e o de Ceará-Mirim/Inmet foi o maior volume diário registrado pelo Inmet em toda Região Nordeste desde os 407,6 mm de Maceió/AL em 28/04/1979 (caso este registro da capital alagoana esteja errado, pois não tenho total confiança nele, foi o maior total diário numa estação do Inmet no NEB desde os 367,2 mm em Salvador/BA no dia 27/04/1971, num evento responsável por mais de 100 mortes na capital baiana).  O registro da escola Henrique Castriciano (fornecido pelo site da Emparn) não segue os horários de leitura do Inmet (por isso optei por não comparar com outros registros Inmet), mas o total do evento é compatível com o que foi observado nas estações mais próximas.

 

Natal/Inmet:

29/07/1998: 134,8 mm

30/07/1998: 253,2 mm

31/07/1998: 2,8 mm

Total: 390,8 mm

 

Natal/Henrique Castriciano:

29/07/1998: 74,8 mm

30/07/1998: 363 mm

31/07/1998: 13,8 mm

Total: 451,6 mm

 

Ceará-Mirim/Inmet:

29/07/1998: 59,7 mm

30/07/1998: 341,3 mm

31/07/1998: 3 mm

Total: 404 mm

 

 

O outro evento, bem conhecido por muitos aqui, foi a MP do final de julho de 2007, a única deste mês (que foi muito frio entre parte da Região Sul do Brasil, Uruguai e centro-norte da Argentina) que conseguiu chegar com força ao leste da Região Sudeste (embora tenha ocorrido uma prévia entre os dias 19 e 20), e terminou sendo o melhor evento de frio do pós-2000 (pelo “conjunto da obra”) na RM do Rio de Janeiro e em parte da Região Serrana.

 

Para ilustrar, coloco abaixo a tabela de máximas (esq), mínimas (meio) e chuva diária (dir) da estação Alto da Boa Vista/Inmet durante o evento.  Além de terem ocorrido várias máximas e mínimas baixas, o Alto da Boa Vista registrou um recorde de chuva diária (por efeito orográfico, dados desde 1967) para o mês de julho no dia 29/07/2007 (182,5 mm), justamente quando a advecção de ar frio foi mais forte.  Mas não foi só no Alto da Boa Vista que as marcas foram expressivas, pois até bairros do Rio de Janeiro ao nível do mar registraram entre 3 e 4 máximas seguidas abaixo dos 20ºc neste evento (entre 27 e 29 ou 27 e 30, dependendo do bairro), sequência que nunca mais foi alcançada, e 4 estações do Inmet dentro do município do Rio também baixaram dos 10ºc de mínima no dia 31 (além do Alto: Realengo, Vila Militar e Marambaia).  Os bairros mais quentes e adensados chegaram aos 13/14ºc, o que é bem relevante para estes locais no padrão atual.  Na Região Serrana, a média diária (24 horas) da estação automática de Teresópolis ficou abaixo dos 9ºc nos dias 29 (8,5ºc) e 30/07 (8,6ºc), fato que nunca mais se repetiu.  No mesmo dia 29/07/2007 (auge da advecção no Rio), conforme post anterior, o aeroporto de Carrasco no Uruguai registrou seu recorde mensal de menor mínima para os anos 2000, evidenciando a amplitude do ar frio/seco ao sul daqui.

 

ABV.thumb.png.535ec4b1e8c0f0e657e0ddffcb07f18b.png

 

  • Like 13
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, Daniel85 said:

Previsão de chuva acumulada para os próximos 10/15 dias para o Brasil

Tanto o GFS quanto o Europeu continuam a indicar um cenário desanimador para boa parte do país e dessa vez com um plus: até SC e RS (que vinha tendo chuvas) entrarão nessa dança.

 

Europeu 12z - próximos 10 dias

nppQSgk.png

 

 

GFS 18z - próximos 15 dias

GZqyGNf.png

Cacetada!? Esse cenário não muda nunca! 
A última chuva significativa aqui foi dia 27 de junho, em 48h choveu 41,8mm e em Cafelândia 55mm no Cemaden. Capaz de passar de 45 dias sem nada de chuva.:/ 

Agora com 17,2ºC.

  • Like 6
  • Sad 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutos atrás, Wallace Rezende disse:

Como julho segue excepcionalmente tedioso por aqui, hoje vou fazer uma seção “túnel do tempo”, relembrando eventos que ocorreram nesta mesma altura do ano em 1998 (evento histórico de chuva na Grande Natal/RN) e 2007 (massa de ar frio que chegou com força ao leste da Região Sudeste).

 

Entre os dias 29 e 30 de julho de 1998, um evento histórico de chuva (causado por uma onda de leste particularmente “invocada”, e já após o auge da relativamente fraca temporada chuvosa de 1998 no leste da Região Nordeste) impactou a cidade de Natal e arredores, causando enchentes generalizadas e até algumas mortes (houve em deslizamento mortal em Ceará-Mirim, fenômeno pouco comum pelo relevo relativamente suave da região).

 

Seguem os acumulados diários de chuva em três estações da região (duas Inmet e uma fornecida pela Emparn).  O acumulado diário máximo em Natal/Inmet foi recorde de toda a série da estação, e o de Ceará-Mirim/Inmet foi o maior volume diário registrado pelo Inmet em toda Região Nordeste desde os 407,6 mm de Maceió/AL em 28/04/1979 (caso este registro da capital alagoana esteja errado, pois não tenho total confiança nele, foi o maior total diário numa estação do Inmet no NEB desde os 367,2 mm em Salvador/BA no dia 27/04/1971, num evento responsável por mais de 100 mortes na capital baiana).  O registro da escola Henrique Castriciano (fornecido pelo site da Emparn) não segue os horários de leitura do Inmet (por isso optei por não comparar com outros registros Inmet), mas o total do evento é compatível com o que foi observado nas estações mais próximas.

 

Natal/Inmet:

29/07/1998: 134,8 mm

30/07/1998: 253,2 mm

31/07/1998: 2,8 mm

Total: 390,8 mm

 

Natal/Henrique Castriciano:

29/07/1998: 74,8 mm

30/07/1998: 363 mm

31/07/1998: 13,8 mm

Total: 451,6 mm

 

Ceará-Mirim/Inmet:

29/07/1998: 59,7 mm

30/07/1998: 341,3 mm

31/07/1998: 3 mm

Total: 404 mm

 

 

O outro evento, bem conhecido por muitos aqui, foi a MP do final de julho de 2007, a única deste mês (que foi muito frio entre parte da Região Sul do Brasil, Uruguai e centro-norte da Argentina) que conseguiu chegar com força ao leste da Região Sudeste (embora tenha ocorrido uma prévia entre os dias 19 e 20), e terminou sendo o melhor evento de frio do pós-2000 (pelo “conjunto da obra”) na RM do Rio de Janeiro e em parte da Região Serrana.

 

Para ilustrar, coloco abaixo a tabela de máximas (esq), mínimas (meio) e chuva diária (dir) da estação Alto da Boa Vista/Inmet durante o evento.  Além de terem ocorrido várias máximas e mínimas baixas, o Alto da Boa Vista registrou um recorde de chuva diária (por efeito orográfico, dados desde 1967) para o mês de julho no dia 29/07/2007 (182,5 mm), justamente quando a advecção de ar frio foi mais forte.  Mas não foi só no Alto da Boa Vista que as marcas foram expressivas, pois até bairros do Rio de Janeiro ao nível do mar registraram entre 3 e 4 máximas seguidas abaixo dos 20ºc neste evento (entre 27 e 29 ou 27 e 30, dependendo do bairro), sequência que nunca mais foi alcançada, e 4 estações do Inmet dentro do município do Rio também baixaram dos 10ºc de mínima no dia 31 (além do Alto: Realengo, Vila Militar e Marambaia).  Os bairros mais quentes e adensados chegaram aos 13/14ºc, o que é bem relevante para estes locais no padrão atual.  Na Região Serrana, a média diária (24 horas) da estação automática de Teresópolis ficou abaixo dos 9ºc nos dias 29 (8,5ºc) e 30/07 (8,6ºc), fato que nunca mais se repetiu.  No mesmo dia 29/07/2007 (auge da advecção no Rio), conforme post anterior, o aeroporto de Carrasco no Uruguai registrou seu recorde mensal de menor mínima para os anos 2000, evidenciando a amplitude do ar frio/seco ao sul daqui.

 

ABV.thumb.png.535ec4b1e8c0f0e657e0ddffcb07f18b.png

 

 

Wallace, a grandiosa massa polar marítima de Julho-2004 foi menos intensa por aí e na região serrana do RJ do que essa de Julho-2007 ?

 

Postei os dados dessa MP de 2004 há poucos dias aqui no BAZ, e nem se compara, para JF ela foi muito melhor que essa de 2007 devido à duração.

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, marinhonani disse:

Victor Naia,

você visitou a estação de Conceição do Rio Verde ou viu fotos dela?

Pra variar a estação de Coqueiral está fora novamente.

Ainda não. Coqueiral sim. Quando for até S. Lourenço vou passar por lá  - o que poderá ser em breve. Colocarei aqui.

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 minutos atrás, Renan disse:

 

Wallace, a grandiosa massa polar marítima de Julho-2004 foi menos intensa por aí e na região serrana do RJ do que essa de Julho-2007 ?

 

Postei os dados dessa MP de 2004 há poucos dias aqui no BAZ, e nem se compara, para JF ela foi muito melhor que essa de 2007 devido à duração.

Foi mais duradoura, mas os picos de frio foram mais suaves, e o auge do frio (especialmente noturno) foi menos intenso.  A menor máxima foi parecida nos dois eventos, mas em 2007 a tarde com menor temperatura pareceu mais fria, pois havia mais vento e advecção mais forte. Também não houve uma mínima sub-10ºc oficial na cidade do Rio em 07/2004, mas o Alto da Boa Vista registrou 6 mínimas entre 10 e 11ºc (uma de 10,1ºc, foi só para sacanear mesmo que não bateu sub-10ºc).  Agora, pela duração, 07/2004 ganha sim, foram mais dias com mínimas e máximas baixas.  Mas ainda fico com o pico mais acentuado de 2007, questão subjetiva mesmo.

 

 

Este evento de julho de 2004 contribuiu para que o mês terminasse como o julho mais chuvoso do século XXI (e desde 1989 pelo menos) na cidade do Rio de Janeiro (167,3 mm a média da rede Alerta Rio, mas choveu mais de 450 mm no Sumaré e no Alto da Boa Vista, 355 mm na Rocinha e quase 300 mm no Itanhangá e no Jardim Botânico).  Certamente 07/2004 merece uma ótima posição na galeria dos eventos deste século (chuva + frio), e foi o campeão na duração.

  • Like 9
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Registros mais recentes:

 

POA (Automática do INMET -  5UTC = 2h): 3,9 °C

 

~3h, https://metsul.com/estacoes/

Base Aérea de Canoas: 2 °C

POA (Aeroporto Salgado Filho): 5 °C

 

Edited by Eclipse
  • Like 13

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia

 

POA já atingiu 3 °C. Precisamos de somente mais quatro décimos para termos a mínima do ano.

  • Like 10

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.