Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Rodolfo Alves

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Junho/2020

Recommended Posts

Como vem sendo discutido já pelos usuários, a partir dos próximos dias as fortes anomalias positivas devem sofrer reversão com a virada de chave (que pode ser alucinante). Vejam as anomalias das próximas 2 pêntadas pelo euro das 00Z:

ecmwf-deterministic-samer-t2m_c_anom_5day-3129600.thumb.png.2e3e46d38e769f23d4bead3c0d86c5e4.pngecmwf-deterministic-samer-t2m_c_anom_5day-3561600.thumb.png.7289fbe84914440be89f26e10a700d79.png

 

Apesar do Sudeste aparecer ainda quente na segunda pêntada, é provável que isso mude na primeira semana de julho com o ingresso de ar mais frio em boa parte do país. Prefiro usar palavras que não exprimem certeza pois ainda temos uma boa instabilidade para os pulsos de frio do início do próximo mês. Por ora, temos uma maior confiabilidade nos próximos dois pulsos que devem congelar a Argentina. Abaixo, picos em 850 hPa e 700 hPa:

ecmwf-deterministic-southsamer-t850-3118800.thumb.png.f4a9afc401a851cfc6182f99e00234e6.pngecmwf-deterministic-southsamer-t850-3345600.thumb.png.cb2756cda6680e1a9ca0f406ed9481e0.pngecmwf-deterministic-southsamer-t700-3118800.thumb.png.eeb7dfbcae5b1a51343754f3019dfc51.pngecmwf-deterministic-southsamer-t700-3345600.thumb.png.a52cae480a53c6a48df92706196cac84.png

 

Como podem bem observar, temperaturas na casa de -15/-18°C em 850 hPa na Patagônia e em torno de -25°C em 700 hPa. Estes valores são extraordinários. Portanto, a Argentina deve se preparar para um longo período de frio intenso e que pode trazer problemas para o país. Boa parte do país deve ter temperaturas (muito) abaixo de 0°C e a neve deve ser ampla.

ecmwf-deterministic-southsamer-total_snow_10to1_cm-3561600.thumb.png.d2bfdbf996d690a81b07c9608d3213e3.png

 

Ok, mas por que esse porrete todo? 

 

Vocês vão achar irônico, mas: bloqueio. Sim, bloqueio. Explico: a partir do dia 24, uma alta pressão vai se estabelecer no Oceano Antártico, entre a Terra do Fogo e a Península Antártica, pouco a oeste, e deve permanecer ali por vários dias. Empilhada a esta alta em superfície tem outra em médios níveis, o que é característico de bloqueios de alta. (Observem no topo da imagem). Ela não apenas vai ficar semiestacionada como vai ganhar muita força. Essa configuração de bloqueio permite que a circulação anticiclônica advecte ar gelado de forma contínua e espessa (por conta da alta empilhada) diretamente da Península Antártica e do Mar de Weddel.

ecmwf-deterministic-shemi-mslp-2978400.thumb.png.9a88b288d27368f4eb177df502c068a7.png1603173191_ecmwf-deterministic-shemi-mslp-3453600(2).thumb.png.614c735b472c688a451e26080318e8a8.pngecmwf-deterministic-shemi-z500_anom-2978400.thumb.png.56646ffa28d6c52efe5ab62ae72ea186.png2066403022_ecmwf-deterministic-shemi-z500_anom-3453600(1).thumb.png.1f9bfbce6711bdd138230c1323db17d1.png

 

Sobre a onda de frio do início de julho, EU considero altamente provável, mas olhando os modelos o cenário ainda é aberto e está distante. O mais certo no momento é o congelamento na Argentina. Vamos acompanhando.

  • Like 22
  • Thanks 23

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 minutos atrás, Sopron disse:

Eu lembro que no ano passado, o CMC colocou esses registros semelhantes naquela MP de julho. Em algumas rodadas a linha negativa chegava a cobrir além do Sul, chegando até mesmo a Serra da Mantiqueira e "beliscando" o Pantanal Sul-Matogrossense. Só que as condições do ano passado eram bem diferentes das deste ano. Para cá, algo interessante só em julho mesmo.

Sopron,

na rodada de 06Z o GFS aumentou a quantidade de chuvas para o litoral de SP, acima de 100 mm folgado e ultrapassando 200 mm em partes do litoral, um bom volume de chuvas já pode cair de sexta/sábado/domingo, mais no sul de SP e nas cidades do interior de divisa com o Paraná.

Nas indicações do CMC em julho de 2019, chegou a indicar negativas entre Teresópolis e Nova Friburgo, isso muitos dias antes, quando chegou próximo ao evento, diminuiu o frio(mas errou feio para Teresópolis e Friburgo nos dias que indicava para o frio mais forte, uns dias depois a mínima em Friburgo foi a 1,0ºC)

  • Like 8

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 minutos atrás, Renan disse:

Bom, vamos ver se ocorre alguma compensação para este recorde absoluto para Junho em Floripa, não é mesmo. 

 

Por exemplo: A mínima absoluta de Julho ser de 01,2°C, estabelecendo novo recorde para Julho e para todo o histórico. 

 

 

Renan, você apostaria que esse monstro que se aproxima chegará ao Sudeste ou teremos um repeteco de 2010/12: Sul e CO congelando e a gente com friozinho mequetrefe? 

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
13 minutos atrás, Vinicius Lucyrio disse:

Como vem sendo discutido já pelos usuários, a partir dos próximos dias as fortes anomalias positivas devem sofrer reversão com a virada de chave (que pode ser alucinante). Vejam as anomalias das próximas 2 pêntadas pelo euro das 00Z:

1593129600-Qqn1g5rdOsI.png1593561600-TgmO6U2HKfM.png

 

Apesar do Sudeste aparecer ainda quente na segunda pêntada, é provável que isso mude na primeira semana de julho com o ingresso de ar mais frio em boa parte do país. Prefiro usar palavras que não exprimem certeza pois ainda temos uma boa instabilidade para os pulsos de frio do início do próximo mês. Por ora, temos uma maior confiabilidade nos próximos dois pulsos que devem congelar a Argentina. Abaixo, picos em 850 hPa e 700 hPa:

1593118800-4YFeQP98vfg.png1593345600-um15uysyFNI.png

1593118800-ArzOwR2WhEc.png1593345600-65CpfkOQyJ8.png

 

Como podem bem observar, temperaturas na casa de -15/-18°C em 850 hPa na Patagônia e em torno de -25°C em 700 hPa. Estes valores são extraordinários. Portanto, a Argentina deve se preparar para um longo período de frio intenso e que pode trazer problemas para o país. Boa parte do país deve ter temperaturas (muito) abaixo de 0°C e a neve deve ser ampla.

 

1593561600-1XXkPlJaNS0.png

 

Ok, mas por que esse porrete todo? 

 

Vocês vão achar irônico, mas: bloqueio. Sim, bloqueio. Explico: a partir do dia 24, uma alta pressão vai se estabelecer no Oceano Antártico, entre a Terra do Fogo e a Península Antártica, pouco a oeste, e deve permanecer ali por vários dias. Empilhada a esta alta em superfície tem outra em médios níveis, o que é característico de bloqueios de alta. (Observem no topo da imagem). Ela não apenas vai ficar semiestacionada como vai ganhar muita força. Essa configuração de bloqueio permite que a circulação anticiclônica advecte ar gelado de forma contínua e espessa (por conta da alta empilhada) diretamente da Península Antártica e do Mar de Weddel.

1592978400-UxRZ1j308xs.png1593453600-CfjSaEDsq3s.png

1592978400-kty4QMw0xgM.png1593453600-praGn2Ob3OA.png

 

Sobre a onda de frio do início de julho, EU considero altamente provável, mas olhando os modelos o cenário ainda é aberto e está distante. O mais certo no momento é o congelamento na Argentina. Vamos acompanhando.

 

Bom, acho que foi respondida minha pergunta. Sudeste tá perigando ficar fora da festa, mas ainda podemos ter esperanças. 

  • Like 9

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mais um dia de show da Chucha MeneHell no leste de SC. Indaial - INMET 30,7°C e no Progresso, em Blumenau 30,4°C.

 

Calor tbm no sul do RS. Em Pelotas chegou a 27,6°C.

  • Like 9
  • Haha 2
  • Sad 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Domingo de sol e calor no Rio de Janeiro,  temos um dia céu bem limpo e praias  até cheias muitas pessoas não estão respeitando o distanciamento agora são 16:05 o meu termômetro acusa 32 graus aqui pilares no subúrbio carioca, esse tempo pela previsão deve começar a mudar para o final da próxima semana, as porteiras estão fechadas impedindo o avanço do ar frio mais pela previsão da pra vê que no final da próxima semana o cadeado dela já foi achado e vai começar a ser aberta, pois em maio ela estava aberta a mesma se fechou em junho e já está na hora dela ser aberta, eu acredito que  julho vamos ter um dia atípico aqui no Rio de Janeiro  que é frio o dia todo  Rio de Janeiro uma máxima sub 20 claro que  para os padrões da cidade vamos ver com essa bomba polar no sul do continente se vamos ter um repeteco de 2013 é esperar para ver.

  • Like 8
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pelo mapa de acumulado de neve até a noite do dia 30, vai nevar bem nas montanhas nos arredores de Santiago do Chile.

  • Like 4
  • Thanks 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Matheus Vinicius disse:

Mínima que se dá 6/7 horas da manhã, pode crer que uns 70% da população no mínimo está dormindo. 

Acordei 9 horas e a estação do Simepar já estava com 19 graus por aí, isso é um "frio fantasma" e nem dá pra sentir mesmo. 

Talvez pelo fato de 70% da população dorminhoca não "sentir" esse "frio fantasma", a informação sobre mínimas deva ser evitada aki no fórum? 

Em momento algum eu disse q estamos passando por "dias frios" em Curitiba, apenas informei algumas mínimas na região.

Antes de criticar, contribua com informações relevantes, com dados q sirvam pra alguma coisa.   "Acordei com 19°C no Simepar" serve para quê? É esse tipo de informação q agrega alguma coisa útil num fórum de meteorologia?

É trabalhoso manter registros diários de mais de 1 local, tendo q fazer todos os dias a coleta dos dados nesses locais além de observar outros fenômenos, e verificar dados de outras estações. 

As condições climáticas não influenciam apenas a vida "de pessoas", q aliás não dou a mínima para 95% do q acham. Registros de variações 5°C/25°C num período de 24h produzem um impacto maior sobre o meio ambiente do q 15°C/25°C. E volto a dizer: o mundo não se resume unicamente ao kintal da tua casa.

E vc poderia evitar fazer menção dos meus posts nos teus comentários tão científicos, já q as informações q eu apresento são tão irrelevantes em relação à realidade climática de Curitiba, ou do teu kintal.

  • Like 12
  • Thanks 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Se viene bastaaaaaante frio es verdad; constante y de tiro  largo:

 

1575583744_Sanstitre2.jpg.f410ae08855ca71c63bacb4a7c514fed.jpg747455709_Sanstitre3.jpg.fe147cfb98fdd86787db8f1d41bffecb.jpg

 

Hoy otra vez tenemos a Inumet sobreestimando las maximas; la maxima pronosticada era 16°C, no llegamos ni a 14°C y ya esta bajando....

 

857794096_Sanstitre.jpg.fe2592d2e1c8533ab874fcef04800412.jpg

 

 

 

Edited by Pablo MQL
  • Like 18
  • Thanks 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Comportamento climático de altas ganhando força na península antártica em sistema de convergência atmosférica de alto níveis. Estagnando a rotação de altas pela zona glacial, condicionando uma situação não muito comum de escoamento de massa pelo Conesul Americano. Projeções  do final de junho e primeira quinzena de julho, vem apontando para a forte queda do AAO numa dinâmica Favorável de  entradas de massas até latitudes de 35 LS o que trará condições absurdamente baixas de valores em 850 e 700 entre 50-30. Teremos uma situação de frio rigoroso nesta primeira quinzena de Julho com valores entre  -4/-10 Menores que a média pro período. Também verifica-se a Condição de bloqueios comuns pro período nas latitudes de 20-25 darão a dinâmica das entradas ora continentais e ora oceânicas, com tendência neste momento de escoamento Sul- Sudeste.
Temperaturas altas pra época do ano no sul, porém teremos mudanças abruptas durante esta semana. Risco de eventos climáticos adversos.. devido a energia do sistema. Temperaturas em 850 devem chegar no sul a valores -4/-7C e em 700 a valores de -8/-11C
Em Lages 23C tempo bom, vento oeste

  • Like 7
  • Thanks 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Felipe S Monteiro disse:

Europeu está lindo, chuva e frio, e parece que o melhor ainda nem apareceu no fim de grade.

IMG_20200621_133401.jpg

o meu app Tempo 14 dias que usa o Europeu veio MUITO bom a partir de quinta feira dessa semana. Primeiro chuva boa, depois frio bom

  • Like 8
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa tarde! Está bizarra mesmo a previsao, aqui pra Buenos Aires está assim:


image.png.1a9b9f2cf8ac15868948aedcfb33a624.png

 

Ontem ia fazer um outro comentário sobre o dia mais curto do ano e esqueci. Ushuaia teve ontem só 7h12min12s de sol ontem. Dá uma diferenca de mais de DEZ HORAS em relacao ao fim de dezembro. O sol ontem lá nasceu às 9h58 e se pos às 17h11.

  • Like 18
  • Thanks 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, EduardoFinatto disse:

Seguem os dias de calor atípico, e além disso em uma sequência atípica para esta época do ano, pois fazer calor quase de verão por um ou dois dias em junho é uma coisa, por mais de uma semana ininterrupta é bem diferente. Completa bizarrice, mas já deveríamos estar acostumados, o que não falta nos últimos anos são bizarrices. 

 

 

 

Exatamente, muito bem colocado! O que geralmente temos são aqueles dois, três dias acima de 25, depois costuma esfriar ou pelo menos refrescar um pouco novamente, principalmente em Junho e Julho. E o que tivemos nesses últimos dias, e seguirá até pelo menos na quarta-feira, realmente é bizarro, em mínimas e máximas altas. Além disso, apesar das máximas terem sido ok, com algumas até bem frias no começo do mês, as mínimas se mantiveram muito acima ao longo de quase todo esse Junho.

 

Apesar de não ter sido uma bizarrice tão forte quanto 2005 e 2019 (ou até 2000, lembrando que estou falando apenas de junho claro), é notável que o padrão está se repetindo brevemente logo após o Junho de 2019 , e isto é um pouco preocupante. Em Junho de 2019 tivemos esse calorão em mínimas e máximas em torno de 2/3 do mês, algo assustador. Agora, estamos tendo num período menor, mas, como já mencionado acima, a repetição do padrão tão cedo, ainda que num período mais curto, realmente chama a atenção

 

Claro, como exemplos de meses frios, ou que pendem para o frio, que podem dar algum otimismo, temos Agosto e Setembro, que tiveram bizarrices nos meses de Ago12, Ago15 e Set17, mas que voltaram a se comportam relativamente bem (pros padrões do pós-2000) em 2018 e 2019. No caso de meses quentes, Fevereiro que avacalhou geral em quase toda a década de 2010 não foi tão ruim em 2019 e 2020, e foi ótimo em 2018.

 

Então, torçamos para que seja apenas uma questão de variabilidade natural do clima, uma vez que tivemos uma bizarrice (no bom sentido claro) para o frio também em Junho 2016, e um outro Junho muito bom em 2018. Contudo, uma vez que a comunidade científica apresenta um consenso quase completo de que de fato o planeta está aquecendo, e os dados e nossa experiência diária mostram isso concretamente, infelizmente realmente parece ser uma mudança de padrão afetando os meses mais frios também, do que apenas uma variabilidade. Aguardemos o que os próximos estudos na área trarão - a próxima década nos trará em nosso tempo de vida ainda mais dados e, obviamente, mais explicações e entendimento nesta ciência tão fantástica.

 

  • Like 10
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dia de verão em POA, com variação de 19,4 °C a 30,9 °C.

Uma boa virada no jogo está sinalizada para quinta-feira.

  • Like 10

Share this post


Link to post
Share on other sites

12z do Europeu continua mostrando muita neve para áreas bem povoadas no centro Argentino, como a cidade de Neuquén, que tem mais de 300 mil habitantes juntando com a região metropolitana.. não é comum vermos grandes cidades com essa quantidade de neve no Hemisfério Sul, se confirmar vai ser histórico.

2020_06_21_16.59.01.jpg

  • Like 15
  • Thanks 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sou curioso e gosto da climatologia, apesar de não ser da área, mas como todos aqui, sou um amante do clima e sobretudo do frio. Não sou de criar tais "conspirações", mas eu tenho um pressentimento bom e ao mesmo tempo muito ruim sobre como pode ficar o comportamento do clima no Brasil como um todo.

  • Like 6
  • Confused 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Variação hoje 5,3/25,8°C

Dia com quase total ausência de nebulosidade. O pouco de FCu q se formou durante a tarde não cobriu 0,5/8 do céu e mal se formavam, já desintegravam completamente.

Muito vento oeste durante parte da manhã e também à tarde, chegando aos 45 km/h em alguns momentos. Ainda venta bastante, com 20 km/h em média.

Imagens por volta das 11h30 da manhã, mostrando ausência de nuvens e um céu muito azul, com temperatura de 22°C em Piraquara:

1592763027750.thumb.jpg.e7542574465e627753663eeaaa1d89a8.jpg1592763050030.thumb.jpg.1940a951ca4f27f218e58b7b3789d2ab.jpg1592763074511.thumb.jpg.41f77491011a8c69a248318cb071b55d.jpg

Céu tão limpo e visibilidade excelente faziam lembrar de dias frios sob alta polar continental, porém, ao contrário... Situação favorecida por um blokeio persistente q tem elevado bastante a amplitude térmica na nossa região, chegando hoje à 20,5°C na minha estação e valores até mais elevados em outras tanto aki no Paraná quanto em outros estados do Sudeste e também em parte de Santa Catarina.

  • Like 16
  • Thanks 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Vinicius Lucyrio disse:

Como vem sendo discutido já pelos usuários, a partir dos próximos dias as fortes anomalias positivas devem sofrer reversão com a virada de chave (que pode ser alucinante). Vejam as anomalias das próximas 2 pêntadas pelo euro das 00Z:

1593129600-Qqn1g5rdOsI.png1593561600-TgmO6U2HKfM.png

 

Apesar do Sudeste aparecer ainda quente na segunda pêntada, é provável que isso mude na primeira semana de julho com o ingresso de ar mais frio em boa parte do país. Prefiro usar palavras que não exprimem certeza pois ainda temos uma boa instabilidade para os pulsos de frio do início do próximo mês. Por ora, temos uma maior confiabilidade nos próximos dois pulsos que devem congelar a Argentina. Abaixo, picos em 850 hPa e 700 hPa:

1593118800-4YFeQP98vfg.png1593345600-um15uysyFNI.png

1593118800-ArzOwR2WhEc.png1593345600-65CpfkOQyJ8.png

 

Como podem bem observar, temperaturas na casa de -15/-18°C em 850 hPa na Patagônia e em torno de -25°C em 700 hPa. Estes valores são extraordinários. Portanto, a Argentina deve se preparar para um longo período de frio intenso e que pode trazer problemas para o país. Boa parte do país deve ter temperaturas (muito) abaixo de 0°C e a neve deve ser ampla.

 

1593561600-1XXkPlJaNS0.png

 

Ok, mas por que esse porrete todo? 

 

Vocês vão achar irônico, mas: bloqueio. Sim, bloqueio. Explico: a partir do dia 24, uma alta pressão vai se estabelecer no Oceano Antártico, entre a Terra do Fogo e a Península Antártica, pouco a oeste, e deve permanecer ali por vários dias. Empilhada a esta alta em superfície tem outra em médios níveis, o que é característico de bloqueios de alta. (Observem no topo da imagem). Ela não apenas vai ficar semiestacionada como vai ganhar muita força. Essa configuração de bloqueio permite que a circulação anticiclônica advecte ar gelado de forma contínua e espessa (por conta da alta empilhada) diretamente da Península Antártica e do Mar de Weddel.

1592978400-UxRZ1j308xs.png1593453600-CfjSaEDsq3s.png

1592978400-kty4QMw0xgM.png1593453600-praGn2Ob3OA.png

 

Sobre a onda de frio do início de julho, EU considero altamente provável, mas olhando os modelos o cenário ainda é aberto e está distante. O mais certo no momento é o congelamento na Argentina. Vamos acompanhando.

 

Pelo menos a expectativa para sudeste já vem frustrada,  ou seja sem grandes efeitos. Quando se falavam-se de mega onda polar e os modelos iam enfraquecendo as poucos, e quando chegavam, era apenas uma marolinha, viravam uma decepção,(como as projeções de neve nas serras da região sul. ) . Desta vez o que vier é lucro. 

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Vinicius Lucyrio disse:

Como vem sendo discutido já pelos usuários, a partir dos próximos dias as fortes anomalias positivas devem sofrer reversão com a virada de chave (que pode ser alucinante). Vejam as anomalias das próximas 2 pêntadas pelo euro das 00Z:

1593129600-Qqn1g5rdOsI.png1593561600-TgmO6U2HKfM.png

 

Apesar do Sudeste aparecer ainda quente na segunda pêntada, é provável que isso mude na primeira semana de julho com o ingresso de ar mais frio em boa parte do país. Prefiro usar palavras que não exprimem certeza pois ainda temos uma boa instabilidade para os pulsos de frio do início do próximo mês. Por ora, temos uma maior confiabilidade nos próximos dois pulsos que devem congelar a Argentina. Abaixo, picos em 850 hPa e 700 hPa:

1593118800-4YFeQP98vfg.png1593345600-um15uysyFNI.png

1593118800-ArzOwR2WhEc.png1593345600-65CpfkOQyJ8.png

 

Como podem bem observar, temperaturas na casa de -15/-18°C em 850 hPa na Patagônia e em torno de -25°C em 700 hPa. Estes valores são extraordinários. Portanto, a Argentina deve se preparar para um longo período de frio intenso e que pode trazer problemas para o país. Boa parte do país deve ter temperaturas (muito) abaixo de 0°C e a neve deve ser ampla.

 

1593561600-1XXkPlJaNS0.png

 

Ok, mas por que esse porrete todo? 

 

Vocês vão achar irônico, mas: bloqueio. Sim, bloqueio. Explico: a partir do dia 24, uma alta pressão vai se estabelecer no Oceano Antártico, entre a Terra do Fogo e a Península Antártica, pouco a oeste, e deve permanecer ali por vários dias. Empilhada a esta alta em superfície tem outra em médios níveis, o que é característico de bloqueios de alta. (Observem no topo da imagem). Ela não apenas vai ficar semiestacionada como vai ganhar muita força. Essa configuração de bloqueio permite que a circulação anticiclônica advecte ar gelado de forma contínua e espessa (por conta da alta empilhada) diretamente da Península Antártica e do Mar de Weddel.

1592978400-UxRZ1j308xs.png1593453600-CfjSaEDsq3s.png

1592978400-kty4QMw0xgM.png1593453600-praGn2Ob3OA.png

 

Sobre a onda de frio do início de julho, EU considero altamente provável, mas olhando os modelos o cenário ainda é aberto e está distante. O mais certo no momento é o congelamento na Argentina. Vamos acompanhando.

 

Adorei o terno "O congelamento da Argentina". Parece título de documentário.

Bom, durante o último " O Resfriamento do Centro Sul do Brasil" fui buscar a análise que fizeste muitos dias antes pra ver um negócio e os mapas do WeatherBell haviam sumido. Esses aqui vão sumir também a não ser que as imagens sejam hospedadas em outro lugar ou aqui mesmo no fórum. Só um toque na maior humildade.

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

A cidade de São Paulo teve mais um dia quente.

Ainda naquele esquema: agradável na sombra e dentro dos ambientes, torrando debaixo do sol.

Os ventos continentais de NO a NNO continuaram presentes, com rajadas de até 39 km/h na automática do Mirante.

À tarde, apareceram alguns cumulus inofensivos mas que deram mais cara de verão para o dia.

 

Mirante: 16,2°C / 27,6°C

SESC: 15,3°C / 28,2°C

IAG: 14,0°C / 28,3°C

 

  • Like 12
  • Thanks 1
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Bizarro o calor em Floripa... a cidade tem máximas tão suaves nessa época, não imaginava que pudesse subir tanto no solstício de inverno, no contexto de beira mar e com "boa" latitude. Histórico mesmo.

 

------------------------------------------------------------------------

 

Por aqui, um dia comum nessa época, sem nenhum destaque. O sol voltou a predominar e as temperaturas se mantiveram bem agradáveis:

 

Pampulha...................  16,0 / 25,8

Santo Agostinho........  15,5 / 24,6

Cercadinho.................  13,8 / 22,8

 

Com o céu bem limpo, o potencial de resfriamento nessa noite é maior que nos últimos 2 dias. Aliás, a semana toda terá bom frio noturno e matutino por aqui, com mínimas entre 11/12 graus. E, diferente do que pensa o @Matheus Vinicius, acho que a população sente muito bem essa temperatura (e também a máxima da tarde, claro, que deve ficar nos 24/25 graus). As mínimas do dia costumam ocorrer entre 6 e 7h30, quando a massa populacional já está saindo de casa.

 

As temperaturas do começo da manhã são muito importantes e relevantes para a população trabalhadora. Eu, como muita gente faz, já passei 1 ano inteiro tendo que sair de casa até antes de amanhecer e sentia na pele exatamente a temperatura mínima do dia.

Edited by LeoP
  • Like 10
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pontos do litoral paulista tiveram um bom calor hoje, com o aquecimento adiabático dos ventos continentais descendo a serra do Mar.

 

São Sebastião (INMET): 35,3°C

Iguape (INMET): 32,2°C

A base aérea de Santos (Que fica no Guarujá) registrou 32°C nas maiores leituras horárias.

  • Like 14
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

21/06/2020

 

Boa noite!

 

Dia muito bonito no Rio de Janeiro, céu de brigadeiro, calor, praias lotadas (distanciamento social já foi pro saco a muito tempo aqui no Rio) ainda bem que tá chegando julho que promete ser gelado!!! ❄❄❄❄❄

 

MÁXIMAS

 

RJ - Rio de Janeiro - Guaratiba: 35.8°C

RJ - Rio de Janeiro - Marambaia: 33.7°C

RJ - Rio de Janeiro - Santa Cruz: 33.3°C

RJ - Rio de Janeiro - Vila Militar: 33.1°C

RJ - Rio de Janeiro - Jacarepaguá: 33.1°C

RJ - Niterói - Barreto: 33.1°C

RJ - Duque de Caxias - Xerém: 32.9°C

RJ - Seropédica - Ecologia Agrícola: 32.8°C

RJ - Rio de Janeiro - Irajá: 32.5°C

RJ - Rio de Janeiro - São Cristóvão: 32.4°C

RJ - Rio de Janeiro - Barra/Riocentro: 32.2°C

RJ - São João de Meriti - Vilar dos Teles: 31°C

RJ - Rio de Janeiro - Alto da Boa Vista: 30.6°C

RJ - Rio de Janeiro - Forte de Copacabana: 28.9°C

  • Like 17

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite a todos... MP já aparecendo no final da grade do foreca, porém comum pra época. Destaque pras máximas sub18.

 

Screenshot_20200621-183251_Foreca.jpg

  • Like 10
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
46 minutos atrás, Aldo Santos disse:

Pontos do litoral paulista tiveram um bom calor hoje, com o aquecimento adiabático dos ventos continentais descendo a serra do Mar.

 

São Sebastião (INMET): 35,3°C

Iguape (INMET): 32,2°C

A base aérea de Santos (Que fica no Guarujá) registrou 32°C nas maiores leituras horárias.

Litoral paranaense na mesma situação, com registros >30°C em todos os municípios (Antonina, Morretes, Paranaguá, Guaraqueçaba e Guaratuba).

Em Paranaguá a estação do Simepar registrou 33,1°C de temperatura média às 16h 👇

Screenshot_20200621-183132.png.d4c9724449eb6516a4a8ac5188942f17.png

Morretes no INMET teve 32,9°C de máxima, dentro do horário das 15h 👇

Screenshot_20200621-184211.png.a5a7762571a86751b293eb766dce41b3.png

  • Like 11
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tempo.com mostrando a MP chegando forte a SP ALELUIA IRMÃOS 

 

A nova rodada do Euro aumentou o frio pro Sudeste, pelo visto

  • Like 10
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite.

Comprei um termômetro digital para fazer registros aqui em casa, nada profissional como uma PWS mas já é um começo. Chegou faz mais de uma semana e aqui está um comparativo entre os valores daqui de casa e as estações próximas nos últimos dias:

parcjunho.png.6e531f1819ad5dffa98bcf45acea265f.png

Quero deixar uma ressalva, acredito que os dados aqui de casa estejam um pouco inflados. Deixei o termômetro na área, bem ventilada e na sombra, sabia que era precário mas me surpreendi com alguns valores que parecem estar bem destoantes, irei dar uma olhada no fórum pra ver se encontro algum post falando sobre local e instalação para fazer medições melhores.

 

A previsão pros próximos dias é a seguinte:

foreca10.png.3faae4197f113c68fd8f3c33dd898bd8.png

No aguardo para ver as próximas rodadas dos modelos.😁

  • Like 12
  • Thanks 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Boa noite.

Começaram a se desenvolver alguns Cbs nesse banco de nuvens logo a nordeste do Rio Grande do Norte.

Screenshot_20200621-200839.png.7d2c84dd97871b32977af383499bdb80.png

 

Segundo o GFS, nos próximos dias esse sistema vai ganhar um bocado de força, sendo o dia 23 seu pico, ao passo que no dia 24 ele desceria um pouco pegando o nordeste do RN. Mas o modelo está com dúvidas se ele atinge mesmo ou não o RN, provavelmente vai influenciar mais o Ceará. Amanhã eu trago as atualizações.

 

Previsão dia 23

Screenshot_20200621-201009.png.2b7d35eb9f16c364f1815e12ae909077.png

 

Previsão dia 24

Screenshot_20200621-201035.png.d18d00076e68fa730bc95fed35b1ecdc.png

Edited by CloudCb
  • Like 11

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, CloudCb disse:

Boa noite.

Começaram a se desenvolver alguns Cbs nesse banco de nuvens logo a nordeste do Rio Grande do Norte.

Screenshot_20200621-200839.png.7d2c84dd97871b32977af383499bdb80.png

 

Segundo o GFS, nos próximos dias esse sistema vai ganhar um bocado de força, sendo o dia 23 seu pico, ao passo que no dia 24 ele desceria um pouco pegando o RN. Mas o modelo está com dúvidas se ele atinge ou não o RN, provavelmente pegue mais o Ceará. Amanhã eu trago as atualizações.

 

Previsão dia 23

Screenshot_20200621-201009.png.2b7d35eb9f16c364f1815e12ae909077.png

 

Previsão dia 24

Screenshot_20200621-201035.png.d18d00076e68fa730bc95fed35b1ecdc.png


Será que chega com força aqui?

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hoje as máximas ficaram mais próximas do litoral em SC.

 

34,01°C - Criciúma

33,28°C - Araranguá/Epagri

33,2°C - Jacinto Machado

33,19°C - Içara

33,14°C - Sombrio

33°C - Florianópolis/INMET

 

--

 

No Vale do Itajaí fez calor também:

 

 

Ainda teremos calor até Quinta, mas já entramos em contagem regressiva para o frio forte que seguramente trará as menores máximas do ano:

 

frio2.JPG.545e19faa7e2bd76ffc15a4ccdb414f6.JPG

 

Na sexta a máxima seria invertida, com a menor máxima sendo no Sábado e a menor mínima Domingo de manhã, mas o frio duraria até segunda ainda.

 

Frio excelente!

  • Like 12

Share this post


Link to post
Share on other sites

Junho até o momento em Indaial/INMET:

 

Mínimas: 15,5 (+2,5)

Máximas: 23,0 (+1,2)

 

Média: 18,4 (+2,1)

 

Os piores junhos desde 1971:

19,1 2005

19,0 1972

18,7 2019

 

Temos ainda 4 dias de calor sem descanso antes da MP chegar. Junho péssimo...

 

  • Sad 11

Share this post


Link to post
Share on other sites

Última Saída do ECMWF 12Z promissora, principalmente para a Campanha Gaúcha, segue abaixo a previsão para Pinheiro Machado:

image.png.f9093b18d65a5b6fc0e9168b85b527fd.png

  • Like 10
  • Thanks 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

No tempo.com, baseado no EuroRei, há um belo reforço no frio de fim de junho e começo de julho.

O que é interessante? As mínimas, finalmente apontando chance de algo sub-5, e tb chance de um período mais prolongado de frio.

Mesmo que não venha um frio tão forte, é fato que se aponta uma tendência interessante.

Não custa sonhar, não custa deixar registrado:

 

POA 1-7 dias

image.png.ab3f2f2628f3dc713c00395e3c8dc5e6.png

 

POA 7-14 dias

image.png.6fa632fb312a3c8002bd763d8df47479.png

  • Like 7
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Noite surreal. 28 °C em POA.

 

image.png.80f05dbd55ecec44ae3edfad2d57a391.png

 

 

 

28 °C às 23 UTC = 20 h

 

image.png.a4715a8b1e2189b32e60bfb181f51921.png

  • Like 5
  • Thanks 1
  • Sad 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Severo adiabático em Torres nesta noite:

Estação: Torres-A808
Código OMM: 86981
Registro: 23 UTC
Temp. Max.: 29.5 ºC
Temp. Min.: 28.6 ºC

Umidade: 30%
Pressão: 1012.5 hPa
Precipitação: 0.0 mm
Vento Dir: 328 º
Vento Vel: 3.9 m/s

  • Like 5
  • Thanks 1
  • Sad 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Eclipse disse:

 

 

Exatamente, muito bem colocado! O que geralmente temos são aqueles dois, três dias acima de 25, depois costuma esfriar ou pelo menos refrescar um pouco novamente, principalmente em Junho e Julho. E o que tivemos nesses últimos dias, e seguirá até pelo menos na quarta-feira, realmente é bizarro, em mínimas e máximas altas. Além disso, apesar das máximas terem sido ok, com algumas até bem frias no começo do mês, as mínimas se mantiveram muito acima ao longo de quase todo esse Junho.

 

Apesar de não ter sido uma bizarrice tão forte quanto 2005 e 2019 (ou até 2000, lembrando que estou falando apenas de junho claro), é notável que o padrão está se repetindo brevemente logo após o Junho de 2019 , e isto é um pouco preocupante. Em Junho de 2019 tivemos esse calorão em mínimas e máximas em torno de 2/3 do mês, algo assustador. Agora, estamos tendo num período menor, mas, como já mencionado acima, a repetição do padrão tão cedo, ainda que num período mais curto, realmente chama a atenção

 

Claro, como exemplos de meses frios, ou que pendem para o frio, que podem dar algum otimismo, temos Agosto e Setembro, que tiveram bizarrices nos meses de Ago12, Ago15 e Set17, mas que voltaram a se comportam relativamente bem (pros padrões do pós-2000) em 2018 e 2019. No caso de meses quentes, Fevereiro que avacalhou geral em quase toda a década de 2010 não foi tão ruim em 2019 e 2020, e foi ótimo em 2018.

 

Então, torçamos para que seja apenas uma questão de variabilidade natural do clima, uma vez que tivemos uma bizarrice (no bom sentido claro) para o frio também em Junho 2016, e um outro Junho muito bom em 2018. Contudo, uma vez que a comunidade científica apresenta um consenso quase completo de que de fato o planeta está aquecendo, e os dados e nossa experiência diária mostram isso concretamente, infelizmente realmente parece ser uma mudança de padrão afetando os meses mais frios também, do que apenas uma variabilidade. Aguardemos o que os próximos estudos na área trarão - a próxima década nos trará em nosso tempo de vida ainda mais dados e, obviamente, mais explicações e entendimento nesta ciência tão fantástica.

 

 

Pior é que setembro de 2018 foi o segundo mais quente da série, atrás apenas do setembro de 2017. Pra ver o tamanho do buraco em que nos enfiamos.

 

Porém, é injusto comparar junho de 2019 com o atual mês em POA. Jun19 teve 24,6° de média máxima (o recorde anterior pra junho era 22,9° em 2005).

 

image.thumb.png.7d3b0d4afd16d483435a2f8e35134752.png

  • Like 11
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoal, boa noite!

 

Mesmo a matéria não fazendo parte do tópico, achei interessante postar pois a notícia realmente impressiona...Regiões da Sibéria enfrentando temperaturas escaldantes nesse início de verão no hemisfério norte!

 

image.png.3746379114a7036ee7768ce9cb7c365b.png

 

 

https://www.lanacion.com.ar/el-mundo/record-historico-38-temperatura-circulo-polar-artico-nid2383584

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  • Like 3
  • Sad 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

URGENTE! MAIS DOIS RECORDES HISTÓRICOS PARA JUNHO QUEBRADOS HOJE:

  • 30,9° PORTO ALEGRE* (EMPATA COM O RECORDE ANTERIOR DE 2006)
  • 32,9° TORRES** (GANHA DO RECORDE ANTERIOR DE 32,7°/2018)

*É A MAIOR PRO JARDIM BOTÂNICO (DESDE 1974). NA ANTIGA ESTAÇÃO DA REDENÇÃO CONSTAM TRÊS VALORES MAIORES: 31,6°/1962; 31,4°/1930 e 31,2°/1934.

**RECORDE HISTÓRICO DESDE 1913

  • Like 9
  • Thanks 1
  • Sad 11

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Eclipse disse:

 

 

Exatamente, muito bem colocado! O que geralmente temos são aqueles dois, três dias acima de 25, depois costuma esfriar ou pelo menos refrescar um pouco novamente, principalmente em Junho e Julho. E o que tivemos nesses últimos dias, e seguirá até pelo menos na quarta-feira, realmente é bizarro, em mínimas e máximas altas. Além disso, apesar das máximas terem sido ok, com algumas até bem frias no começo do mês, as mínimas se mantiveram muito acima ao longo de quase todo esse Junho.

 

Apesar de não ter sido uma bizarrice tão forte quanto 2005 e 2019 (ou até 2000, lembrando que estou falando apenas de junho claro), é notável que o padrão está se repetindo brevemente logo após o Junho de 2019 , e isto é um pouco preocupante. Em Junho de 2019 tivemos esse calorão em mínimas e máximas em torno de 2/3 do mês, algo assustador. Agora, estamos tendo num período menor, mas, como já mencionado acima, a repetição do padrão tão cedo, ainda que num período mais curto, realmente chama a atenção

 

Claro, como exemplos de meses frios, ou que pendem para o frio, que podem dar algum otimismo, temos Agosto e Setembro, que tiveram bizarrices nos meses de Ago12, Ago15 e Set17, mas que voltaram a se comportam relativamente bem (pros padrões do pós-2000) em 2018 e 2019. No caso de meses quentes, Fevereiro que avacalhou geral em quase toda a década de 2010 não foi tão ruim em 2019 e 2020, e foi ótimo em 2018.

 

Então, torçamos para que seja apenas uma questão de variabilidade natural do clima, uma vez que tivemos uma bizarrice (no bom sentido claro) para o frio também em Junho 2016, e um outro Junho muito bom em 2018. Contudo, uma vez que a comunidade científica apresenta um consenso quase completo de que de fato o planeta está aquecendo, e os dados e nossa experiência diária mostram isso concretamente, infelizmente realmente parece ser uma mudança de padrão afetando os meses mais frios também, do que apenas uma variabilidade. Aguardemos o que os próximos estudos na área trarão - a próxima década nos trará em nosso tempo de vida ainda mais dados e, obviamente, mais explicações e entendimento nesta ciência tão fantástica.

 

Opa! "comunidade científica apresenta consenso" Consenso não é característica da Ciência. "o planeta está aquecendo". Não é isso que tenho observado, ao contrário, os dados de TGM mostram que de 2003 para cá as temperaturas tem se mantido estáveis, com uma leve queda. A "mudança de padrão" vem ocorrendo desde 2002/2003 quando entramos numa variável fria do índice de circulação atmosférica (ICA). Não devemos esperar que o Clima siga rigorosamente o nosso calendário. O "inverno climático" tem estado preguiçoso, deixa que lá pra meados de Julho ele chega por aqui. Finalmente, a próxima década nos trará um Planeta mais Frio, e isso pode ser um problema.

  • Like 1
  • Haha 2
  • Confused 7
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

incrível a quantidade de recordes de calor seguidos nos últimos anos😓

 

 

 

 

 

  • Sad 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
3 minutos atrás, Peregrine disse:

Opa! "comunidade científica apresenta consenso" Consenso não é característica da Ciência. "o planeta está aquecendo". Não é isso que tenho observado, ao contrário, os dados de TGM mostram que de 2003 para cá as temperaturas tem se mantido estáveis, com uma leve queda. A "mudança de padrão" vem ocorrendo desde 2002/2003 quando entramos numa variável fria do índice de circulação atmosférica (ICA). Não devemos esperar que o Clima siga rigorosamente o nosso calendário. O "inverno climático" tem estado preguiçoso, deixa que lá pra meados de Julho ele chega por aqui. Finalmente, a próxima década nos trará um Planeta mais Frio, e isso pode ser um problema.

 

Peregrine,

então, por favor, nos apresente alguns dados que comprovem isso. Estou curioso.

Especialmente estou curioso quanto à sua forte afirmação sobre a próxima década. Qual estudo concreto tens, ou já há, sobre isso?

 

"Consenso não é característica da ciência". Eu prefiro dar crédito a mais de 90 % dos cientistas que afirmam que o planeta está aquecendo, e que estudam isso de fato há anos, com publicação, e trabalho ativo na área, do que a qualquer um que vem simplesmente jogar informações na internet de forma pretenciosa sem dados concretos.

 

Edited by Eclipse
  • Like 8

Share this post


Link to post
Share on other sites
22 minutos atrás, A.Carlos disse:

Pessoal, boa noite!

 

Mesmo a matéria não fazendo parte do tópico, achei interessante postar pois a notícia realmente impressiona...Regiões da Sibéria enfrentando temperaturas escaldantes nesse início de verão no hemisfério norte!

 

image.png.3746379114a7036ee7768ce9cb7c365b.png

 

 

https://www.lanacion.com.ar/el-mundo/record-historico-38-temperatura-circulo-polar-artico-nid2383584

 

 

 

 

 

 

 

 

 


@Matheus Vinicius, ainda quer ir pra Sibéria?

  • Haha 9

Share this post


Link to post
Share on other sites

O dia de junho mais quente em ao menos 110 anos em Florianópolis aconteceu no solstício de inverno. O dia mais curto do ano de 2020. Esse é o post.

  • Like 3
  • Thanks 2
  • Sad 13

Share this post


Link to post
Share on other sites

O dia mais curto do ano também está sendo um desastre em São Paulo.

A noite está sendo com céu limpo e temperaturas altas em áreas próximas do centro.

A diferença entre o centro e o extremo sul é incrível. Enquanto na Sé temos 22,6 graus, em Marsilac temos 11,7 graus, ou seja, diferença de quase 11 graus.

A5x7NJr.png

 

 

Previsão do Meteoblue de hoje insiste na instabilização do tempo à partir do próximo final de semana, mas sem resfriamento significativo.

uhUDVW7.png

 

 

Já o tempo.com (baseado na 12 de hoje do europeu) mostra que podermos ter um resfriamento um pouco maior em relação ao meteoblue.

Não há expectativa do retorno do calorzinho invernal.

IRkmIAb.jpg

  • Like 11
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 minutos atrás, Eclipse disse:

incrível a quantidade de recordes de calor seguidos nos últimos anos😓

 

 

 

 

 

Talvez porque a comunidade científica prefira divulgar o Calor. 1975, o.ICA mudou o padrão de Circulação Meridional para Zonal, a despedida deste padrão Meridional (TGM mais frias) foi catastrófica, principalmente para o Paraná . Assim, era de se esperar que de 1975 até 2003 (+ou- 30 anos de variabilidade do ICA) as TGM entrassem em uma fase quente. Nada de novo. Entender o porquê da "quantidade de recordes de calor" passa pela análise dos Ciclos Solares 21, 22 e 23. Só nos resta acompanhar esse "novo" ICA e torcer para que o Ciclo Solar 25 não fique tão quieto quanto o 24, pois se ficar só nos resta rezar pelos nossos irmãos do Hemisfério Norte.

  • Like 4
  • Confused 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutos atrás, Daniel85 disse:

O dia mais curto do ano também está sendo um desastre em São Paulo.

A noite está sendo com céu limpo e temperaturas altas em áreas próximas do centro.

A diferença entre o centro e o extremo sul é incrível. Enquanto na Sé temos 22,6 graus, em Marsilac temos 11,7 graus, ou seja, diferença de quase 11 graus.

A5x7NJr.png

 

 

Previsão do Meteoblue de hoje insiste na instabilização do tempo à partir do próximo final de semana, mas sem resfriamento significativo.

uhUDVW7.png

 

 

Já o tempo.com (baseado na 12 de hoje do europeu) mostra que podermos ter um resfriamento um pouco maior em relação ao meteoblue.

Não há expectativa do retorno do calorzinho invernal.

IRkmIAb.jpg

Um pouco maior? A mínima de um é a máxima do outro! Segue o desentendimento bizarros entre modelos e institutos (como previu uma tal de...deixa pra lá) 

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.