Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Miguel Russe

Ciclones Tropicais no Índico e Pacífico Sul/Austrália - 2019/2020

Recommended Posts

Salvei a foto na Net. Ferdinand segue se intensificando e já está na categoria 2 Fernand quando chegou na categoria 1:

Ferdinand_2020-02-25_0050Z.jpg

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ferdinand provavelmente está chegando em seu pico de intensidade. Agora está com ventos de 110 mph. (175 km/h.) JTWC bem conservador em termos de ventos. O ciclone já pode ter ventos de 120 mph provávelmente. Seu olho tá visivelmente a ficar definido.

Fiquem com a imagem do sat. da NASA de hoje a tarde:

Ferdinand_2020-02-25_0235Z.jpg

Edited by Miguel Russe
  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

93W está se organizando gradualmente e logo o JTWC pode dar o Tropical Cyclone Formation Alert. Pode virar a TS Vongfong nos próximos dias.

 

 

  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ciclone Harold se formou no dia 1º e causou estragos nas Ilhas Salomão e Caledônia como tempestade tropical.

Nas ilhas Salomão o ciclone provocou um naufrágio que deixou dezenas desaparecidos.

O ciclone que está na categoria 5 na escala australiana e 4 na SSHS deve fazer landfall em Vanuatu entre hoje e amanhã.

 

Imagem

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Landfall começando em Vanuatu.

A ilha Espiritu Santo tem 40 mil habitantes.

 

Imagem

 

Imagem

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Harold fazendo landfall em Vanuatu

 

savetweetvid_EU3-g9JWsAEYS7x.thumb.gif.327764ae371716dbf15d069f2b78271f.gif

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Parede norte do olho passando bem perto ou sobre o Monte Tabwemasana, a montanha mais alta de Vanuatu (1879 m).  Dá a impressão que o olho está tentando "evitar" as áreas mais acidentadas da ilha desviando pelo sul, comportamento bem comum em ciclones tropicais.

 

Mas a principal cidade da ilha (Luganville) deve enfrentar o olho ou a parede do olho, ainda que com o sistema já um pouco enfraquecido.

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pressão de 987 em Luganville.

 

Imagem

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

O Ciclone Harold é o primeiro grande ciclone de 2020 no mundo. É talvez é o mais forte na bacia do Pacífico Sul desde o Ciclone Winston de 2016(que afetou principalmente o Fiji, foi o maior ciclone no Hemisfério Sul e o mais intenso em todo o mundo naquele ano).

 

Pelo JTWC após Vanuatu o ciclone Harold deve se aproximar do Fiji e do Tonga nos próximos dias.

Edited by Darley
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pessoas da ilha estão procurando abrigos em cavernas.

 

EU4RorGUcAAtuD5.thumb.jpeg.0b5a7796430157c30d154e6a05b5ebb2.jpeg

  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olho passando Luganville

EU4bZmXXsAAy8O8.jpeg

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Darley disse:

O Ciclone Harold é o primeiro grande ciclone de 2020 no mundo. É talvez é o mais forte na bacia do Pacífico Sul desde o Ciclone Winston de 2016(que afetou principalmente o Fiji, foi o maior ciclone no Hemisfério Sul e o mais intenso em todo o mundo naquele ano).

 

Pelo JTWC após Vanuatu o ciclone Harold deve se aproximar do Fiji e do Tonga nos próximos dias.

E o mais forte desde de Gita, dois anos atrás 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Felipe F disse:

Pessoas da ilha estão procurando abrigos em cavernas.

 

EU4RorGUcAAtuD5.thumb.jpeg.0b5a7796430157c30d154e6a05b5ebb2.jpeg

É muito triste...

 

  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguém acha q a JTWC foi bem conservadora com os 145 mph?

Eu digo q sim, pois para mim Harold foi um 160 mph de 925 mbar.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esse olho é o q a JTWC gosta p estimar os forte ciclones. É isso que me cobrou o cérebro, pois fiquei confuso de intensidade e formato. Recomendo um zoom no olho.

Harold_2020-04-04_2315Z.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
5 horas atrás, Felipe F disse:

Pressão de 987 em Luganville.

 

Imagem

 

Pressão chegou a 955 mb, aparentemente no olho (não necessariamente no centro, mas bem perto no mínimo).  Diria que foi um impacto "cat3" na região de Luganville, após ter tocado a costa oeste da ilha de Espírito Santo como cat 4.  O relevo da ilha certamente enfraqueceu um pouco o sistema, as próprias imagens de satélite sugerem isso.

 

luganville.png

Edited by Wallace Rezende
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Miguel Russe disse:

Esse olho é o q a JTWC gosta p estimar os forte ciclones. É isso que me cobrou o cérebro, pois fiquei confuso de intensidade e formato. Recomendo um zoom no olho.

Harold_2020-04-04_2315Z.jpg

Imagem de satélite as vezes engana, se tu comparar com um ciclone tropical anular, também acharia que ele é mais forte do que aparenta... No pico de intensidade atual de Harold, o olho obtinha alguns problemas como não ser limpo ou quente o suficiente para elevar a intensidade dos atuais 145 mph do pico...Acredito que tenha sido mais do que 145 mph brevemente, mas não acredito que tenha superado 160 mph, e eu já acompanho ciclone tropicais diariamente há pelo menos 12 anos, sei o que to falando kk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nas últimas 3 horas, Harold se intensificou de forma rápida e inesperada, particularmente, eu nunca vi um ciclone fazer landfall e se recuperar de forma triunfal tão rapidamente. Vários meteorologistas via Twitter, disseram o mesmo, e ó que eu acompanho ciclones tropicais mundialmente de forma diária, desde 2008.

 

Os algorítmos da escala Dvorak, atingiram há pouco o número 7.2 que equivale mais ou menos entre 160-165 mph (260 - 270 km/h).  Aguaremos pra ver em qual intensidade o JTWC bate o martelo, mas de forma oficial, é o ciclone tropical mais poderoso no Pacífico Sul desde o histórico Winston (que será difícil de bater).

 

 

Fonte do vídeo: @webberweather (via Twitter). 

 
 
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não houve atualização para categoria 5.

JTWC tem o  hábito de ser conservador e lento com atualizações.

O ciclone está no limite da categoria 4/5 com sustentados em 250 km/h.

 

EU5bQZ6U4AEOieu.png.10052ff48422629b22be2d6c51f60a10.png

EU51nHxUEAAS4eC.png.52fd3c09e7d67a3724fd91e26ef06122.png

EU6DInkUwAANVxZ.thumb.png.bfea9aa0a973ed4ef34e64f766f58e80.png

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Credo. Infelizmente teremos péssimas notícias em Vanuatu. Tem algum caçador de ciclones tropicais que foi lá para acompanhar o choque ?

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutos atrás, Renan disse:

Credo. Infelizmente teremos péssimas notícias em Vanuatu. Tem algum caçador de ciclones tropicais que foi lá para acompanhar o choque ?

Nenhum, devido ao COVID 19.

  • Sad 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Alguém sentiu falta de um c 5 nesse começo de ano até o pico do Ciclone Harold? Eu senti. 

Edited by Miguel Russe
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Miguel Russe disse:

Alguém sentiu falta de um c 5 nesse começo de ano até o pico do Ciclone Harold? Eu senti. E cadê o Rodolfo Alves?

Esse ano foi bem lento no hemisfério sul em geral mesmo, o que me surpreendeu foi o Indico ter sido fraco mesmo com as águas fervendo desde a primavera...alguma coisa aconteceu na região pra n ter se formado muita coisa como ano passado 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Para quem ficou curioso para ver Harold em Vanuatu. Vai no YouTube e pesquisa Cyclone Harold que vai ter mais vídeos gravados por moradores que viram o Ciclone em terra firme.

Edited by Miguel Russe
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

As poucas imagens/vídeos de Harold até agora são da região de Luganville, que recebeu o sistema enfraquecido após interação com o relevo da ilha de Espiritu Santo.

 

Logo após deixar esta ilha, conforme já foi dito aqui, Harold voltou a ganhar força rapidamente, e atingiu com mais força (cat 4 intenso, ou talvez até um cat 5 mínimo) a Ilha de Pentecostes.  Pentecostes não tem cidades, apenas pequenas vilas, e é mais conhecida por um ritual (também chamado de Naghol) que é considerado a principal inspiração para o hoje mundialmente conhecido bungee jumping.

 

Trata-se de um ritual de iniciação para os jovens de algumas tribos locais, que se jogam de torres de madeira com os pés amarrados por cipós até tocarem o chão (um erro de cálculo ou salto mal feito pode ser fatal, ou gerar ferimentos graves).  Abaixo uma foto da ilha, com uma das estruturas provisórias utilizadas no curioso ritual.

 

dia pentecost.jpg

 

 

Agora Harold segue perdendo força em direção a Fiji, a apresentação no satélite decaiu bastante e a intensidade atual certamente está superestimada (o JTWC é muito lento para "enfraquecer" também, em um caso colocaram o ex-super tufão Pablo/Bopha ainda como categoria 3, quando o sistema já tinha virado uma tempestade tropical no meio de uma ilha montanhosa das Filipinas).

Edited by Wallace Rezende
  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

Harold agora está aproximando das Ilhas Fiji como categoria 3.

Uma intensificação nas próximas horas não pode ser descartada.

 

EVAYZ06UUAEEGaY?format=jpg&name=large

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

CHOVE FORTE COM FORTES RAJADAS DE VENTO EM BOA PARTE DAS ILHAS FIJI AGORA

 

AEROPORTO INTERNACIONAL DE NADI REGISTROU RAJADA DE 93km/h A CERCA DE 30 MINUTOS ATRÁS, REPORTANDO CHUVA FORTE COM TROVOADAS.

 

001.thumb.png.08f7180865fb6867557304ce6200e991.png

 

 

 

002.gif.f322c13c49b069909f68e116255669bd.gif

001.thumb.png.8adb375144276d90252521afe9e77268.png

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

A organização do ciclone melhorou um pouco nas últimas horas, e o radar local confirma isso também.  A principal ilha de Fiji, Viti Levu, está escapando do pior (condições de tempestade tropical apenas na região de Nadi, com ocasionais rajadas com força de furacão no máximo, e Suva também não deve receber grande coisa).  Maior risco são as inundações, por chuva e pelo oceano, nas partes mais baixas e dependendo da orientação da costa (já ocorre inundação costeira onde o vento sopra do mar).

 

Mas a parede do olho no momento está afetando a minúscula ilha de Vatulele (indicada pela seta).  Depois, será a vez de Kadavu.  A maior rajada de vento já registrada em Fiji (306 Km/h na ilha de Vanua Balavu, durante o ciclone Winston em 2016), certamente não corre o menor risco de ser aproximada agora.

 

vatu.png

Edited by Wallace Rezende
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pequena ilha no olho no momento.

EVDJssEUEAAKu4y.thumb.jpeg.76d893ac892668e99238ddb9a2bac4c3.jpeg

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Harold se intensificou um pouquinho rápido aos ventos estimados pela JTWC de 140 mph. Eu olhei no satélite da Eumetsat e diria que Harold foi 125 - 130 mph. Saiu um pouco fora do conservadorismo. Ele está saindo das ilhas Kavadu, de Fiji.

 

Peguei a imagem do Google. 140 mph ou não? Eu sou a favor de uns 125 - 130 mph.

511px-Harold_2020-04-08_0148Z.jpg

Edited by Miguel Russe
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.