Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Rodolfo Alves

Resumos Climatológicos 2020

Recommended Posts

Hoje trago uma tabela com os acumulados de chuva (médias municipais) de 2020 até outubro nas cidades do Rio de Janeiro (rede Alerta Rio) e de São Paulo (rede CGE).

 

São Paulo conta com vários pluviômetros do CGE espalhados pelo município desde 1995 (além das estações meteorológicas, que podem ser consultadas no site, há outras somente pluviométricas, cujos dados não são divulgados no site, mas entram no cálculo dos totais e das médias mensais).  Os totais de chuva por mês e as médias do conjunto das estações são divulgados pela própria sala de imprensa do CGE, ao final de cada mês.

 

No Rio de Janeiro, são 33 pluviômetros operados pelo Alerta Rio atualmente, 30 deles em operação desde 1997, e os dados de cada pluviômetro são disponibilizados pelo Alerta Rio em sua página na web (as médias mensais e anuais do conjunto das estações eu mesmo calculei, e algumas correções foram necessária principalmente até o começo dos anos 2000, quando há mais falhas e bugs).

 

A cor verde representa chuva acima da média, a vermelha abaixo da média, e a preta dentro da média (defini, arbitrariamente, um desvio de até 15% como o de um mês dentro da média, ou seja, qualquer total entre 85% e 115% da média).

 

Município do Rio de Janeiro:

SRJ.png.259703bd65068afb26329a7539e48b25.png

 

Município de São Paulo:

SSP.png.baa058d9c35e401bc233a8a55eede4a6.png

 

Algumas observações:

 

Abril foi o mês com maior desvio negativo (%) nas duas cidades.

 

Fevereiro foi (de longe) o mês com maior desvio positivo no Rio de Janeiro.

 

Agosto foi o mês com maior desvio positivo (%) em São Paulo, mais por conta da média muito baixa.

 

Fevereiro foi de longe o mês mais chuvoso de 2020 nas duas cidades, mas o desvio foi muito mais significativo no Rio de Janeiro (onde fevereiro costuma ser bem menos chuvoso que em SP).  Na capital fluminense, 02/2020 foi disparado o fevereiro mais chuvoso da série, e o único a superar os 300 mm no período, enquanto na capital paulista outros 3 meses de fevereiro foram mais chuvosos que 02/2020 (1995, 1999 e 2019).

 

São Paulo e Rio seguiram o mesmo padrão pluviométrico em fevereiro, abril e agosto.

 

Em maio, junho e setembro, São Paulo e Rio seguiram padrões totalmente opostos (também em março, mas um pouco menos).

 

Em janeiro e outubro, os padrões foram similares.

 

No RJ, os primeiros 10 meses do ano registraram chuva acima da média, enquanto SP ficou dentro da média, mas com ligeiro desvio negativo (especialmente por conta da “tragédia” que foi o trimestre outonal MAM na capital paulista).  Entre maio e setembro, São Paulo esteve num padrão “8 ou 80”, com significativos desvios negativos e positivos se alternando.

Edited by Wallace Rezende
  • Like 10

Share this post


Link to post
Share on other sites

Outubro foi um mes de períodos de frio e de calor em Buenos Aires, como costuma ser. Foram 8 mínimas de um dígito, o suficiente para elevar para 101 o total de mínimas de menos de 10°C em 2020 (muito difícil subir mais que isso). Tivemos ainda uma máxima sub-15°C que, empatada com um dia de outubro de 2019, foi a mais baixa desde 2005. Ainda tivemos outros 10 dias com máxima abaixo de 20°C. Já em relacao ao calor, tivemos mínimas beirando os 20°C e uma máxima acima dos 30°C. No fim, terminamos outubro com desvio negativo em relacao à média histórica. Já em relacao às chuvas, outro mes abaixo do normal para a época do ano.


MÍNIMA MAIS BAIXA: 5,3°C
MÍNIMA MAIS ALTA: 19,8°C
MÍNIMA MÉDIA: 12,4°C
DESVIO DA MÉDIA 81-10: - 0,9°C

 

MÁXIMA MAIS ALTA: 32°C
MÁXIMA MAIS BAIXA: 14°C
MÁXIMA MÉDIA: 22,1°C
DESVIO DA MÉDIA 81-10: - 0,5°C

 

MÉDIA SIMPLES DE OUTUBRO: 17,2°C
DESVIO DA MÉDIA: - 0,8°C

 

PRECIPITACAO ACUMULADA: 94,7 mm
DESVIO DA MÉDIA: - 24,9%


5 menores mínimas: 5,3°C (dia 3), 7,6°C (dia 30), 8°C (dia 2), 8,1°C (dia 4) e 9°C (dia 10)
5 maiores mínimas: 19,8°C (dia 18), 18,1°C (dia 19), 18°C (dia 17), 18,1°C (dias 19 e 25) e 17°C (dia 24)

 

5 maiores máximas: 32°C (dia 18), 29,2°C (dia 14), 28,2°C (dia 19), 26,4°C (dia 7) e 26°C (dia 24)
5 menores máximas: 14°C (dia 3), 16,6°C (dia 4), 17,2°C (dia 2), 17,4°C (dia 22) e 18,2°C (dia 5)

 

5 maiores chuvas: 50 mm (dia 19), 18 mm (dia 25), 12 mm (dia 21), 6 mm (dia 22) e 4 mm (dia 17)

  • Like 9

Share this post


Link to post
Share on other sites

Desvio da média simples em Buenos Aires em 2020, comparado ao período 81-10:

 

Janeiro: 0°C
Fevereiro: + 0,6°C
Marco: + 2,1°C
Abril: - 0,2°C
Maio: + 0,7°C
Junho: + 1°C
Julho: - 0,4°C
Agosto: + 0,9°C
Setembro: - 0,2°C
Outubro: - 0,8°C
 

Ano: + 0,4°C

  • Like 11

Share this post


Link to post
Share on other sites

Precipitacao em Buenos Aires em 2020 e desvios em relacao ao período 81-10:

 

Janeiro: 52,8 mm (- 61,7%)
Fevereiro: 67 mm (- 47,5%)
Marco: 157,7 mm (+ 12,8%)
Abril: 85 mm (- 28,4%)
Maio: 22,6 mm (- 75,5%)
Junho: 86 mm (+ 46%)
Julho: 6,4 mm (- 89,5%)
Agosto: 29 mm (- 55%)
Setembro: 105,9 mm (+ 47,1%)
Outubro: 94,7 mm (- 24,9%)

 

2020 até agora: 707,1 mm (- 29,2%)

  • Like 8
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dados de Cuiabá (Automática) (A 901) 2020: 

Menor média diária gráfico diário 14,4 C em 21 de agosto.

Menor média diária gráfico anual 14,48 C idem.

Maior média diária gráfico diário 36,7 C em 8 de outubro, nesse dia também se registrou a maior mínima do ano, 31 C.

Maior média diária gráfico anual 36,64 C idem.

Convencional INMET (83361):

Menor média diária 14,58 C em 21 de agosto.

Maior média diária 34,78 C em 8 de outubro, nesse dia também a maior mínima do ano, 28,2 C. 

 

 

Edited by Leandro Leite
  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Achei nos boletins climáticos da Agência Pernambucana de Águas e Clima algumas informações sobre as temperaturas de Junho até Setembro 2020 (inverno) em Pernambuco

 

image.thumb.png.70579fe279be629ba5969c7706f4406a.png

 

image.thumb.png.6411e35bb0b96cc5e1ae605775980800.png

 

image.thumb.png.47f898d76134d8decedf1c2dc71da415.png

 

image.png.f949bdd3fd659ba7171115604f2cb698.png

 

Brejão é a cidade que registra as menores mínimas de Pernambuco (pelo menos dos lugares em que há monitoramento), neste inverno foi 14.1 C, 11.0 C, 11.2 C, 12.0 C

Edited by Samihr Hermes
  • Like 7
  • Thanks 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Registros mensais

Juiz de Fora/ Alphaville, ano de 2020.

 

Depois do forte calor de setembro e outubro, em novembro a máxima absoluta não passou dos 30˚C.

A mínima absoluta, 11˚C, foi inferior às registradas em julho, setembro e outubro e encostou na mínima absoluta de junho de 2020.

Novembro também apresentou temperatura média inferior a setembro e outubro. 

 

1491707580_CapturadeTela2020-11-30as23_38_59.png.c9f3cde8d5e66b2da76f3cab73847783.png

Edited by sjmolive
  • Like 10

Share this post


Link to post
Share on other sites

Novembro não teve grandes emoções no Rio de Janeiro, e no final das contas tanto a precipitação quanto a temperatura fecharam dentro da média para o mês (com leve tendência negativa na precipitação, mas sem relevância estatística, ou seja, na prática normalidade plena).  Foi o primeiro mês do ano em que tanto a temperatura quanto a precipitação fecharam dentro da média na cidade do Rio (ou seja, foi o mês mais “comportado” do ano).

 

Os primeiros dias do mês foram com “cara” de inverno (padrão carioca), inclusive com média mais baixa que qualquer período de junho ou julho (meses péssimos para “frio’ em 2020 por aqui), mas não houve registro de marcas térmicas com relevância histórica em nenhuma estação. Os últimos 5 dias do mês foram dominados por um padrão de verão, com muito sol e predomínio de calor, mas igualmente sem qualquer pico significativo de temperatura (máximas entre 27ºc/30ºc dos bairros costeiros ao Centro e 33/36ºc nos mais quentes, neste período).

 

No aeroporto Santos Dumont, que representa bem a região histórica da cidade (onde ela foi fundada e para onde se expandiu inicialmente, entre a Urca e o Centro), a temperatura média de 11/2020 foi de 23,8ºc, com mínima absoluta de 17,5ºc (02/11) e máxima absoluta de 31,1ºc (30/11).

 

No aeroporto do Galeão, que representa aproximadamente uma “média” da cidade (tanto nas máximas quanto nas mínimas costuma ser um meio-termo entre bairros mais e menos quentes, embora com vento oeste/sudoeste e sol se torne um dos mais quentes), a temperatura média de 11/2020 foi de 24ºc, com mínima absoluta de 16,7ºc (02/11) e máxima absoluta de 34,5ºc (26/11).

 

O único evento significativo de chuva na cidade do Rio de Janeiro (e na maior parte da RM) ocorreu entre os dias 18 e 20, com quase 70% da chuva do mês.  Do dia 1 ao dia 17 o sol apareceu no máximo por curtos períodos e as nuvens sempre predominaram, e também houve registro de precipitação quase todo dia em algum ponto da cidade, mas os volumes foram sempre baixos ou muito baixos.  Do dia 21 ao 23 chuviscou/choveu fraco em alguns pontos, e as nuvens também predominaram  Do dia 24 em diante não choveu, e este foi o único período do mês com mais sol do que nuvens.

 

O volume de chuva médio registrado pela rede Alerta Rio (33 pluviômetros espalhados pela cidade do Rio) foi de 117,5 mm, aproximadamente 87% da média 1997/2019 (134 mm).  A estação do Alto da Boa Vista (ZN) registrou o maior volume de chuva em 11/2020, com 260,8 mm (mesmo assim, foi o menor total mensal desde julho no local), e a estação de Campo Grande (ZO) registrou o volume mais baixo, com 69,6 mm.

 

Registro de chuva em novembro (média da rede Alerta Rio) desde 1997 na cidade do Rio:

 

O.png.01990154670f8483379cfa08bd1a47f0.png

 

 

Dezembro começa com perspectiva de mais chuvas, principalmente a partir do próximo final de semana (até lá, chuvas irregulares e de baixo volume médio).  Desde 2014 que vem chovendo abaixo da média na cidade do Rio em dezembro.  Pode ser que 12/2020 quebre esta sequência, mas ainda é cedo para saber, e os modelos (que não são confiáveis mesmo) estão divergindo fortemente. Em 2013 choveu acima da média em dezembro, mas o desvio não foi grande; o último dezembro muito chuvoso (e recorde de mês mais chuvoso desde 1997, na era Alerta Rio) foi o de 2009.

  • Like 11
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 01/11/2020 em 11:13, Alexandre M disse:

Média máxima em algumas estações do RN em out/20

 

37,7°C - Caicó (INMET)

37,4°C - Apodi (INMET)

36,8°C - Ipanguaçu (INMET)

36,8°C - Cruzeta (INMET)

36,4°C - Mossoró (UFERSA)

34,3°C - Macau (INMET)

30,2°C - Parnamirim (Aero)

30,0°C - Natal (INMET)

Média máxima em algumas estações do RN em nov/20

 

37,1°C - Apodi (INMET)

36,7°C - Cruzeta (INMET)

36,6°C - Ipanguaçu (INMET)

36,0°C - Mossoró (UFERSA)

34,4°C - Macau (INMET)

30,4°C - Parnamirim (Aero)

30,2°C - Natal (INMET)

 

OBS: A estação de Caicó tá bem ruim, por isso não postei desta vez.

  • Like 10
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tabelão CTRL C + CTRL V com o resumo geral desse NovemBelo:

 

image.png.d04da11b9d126c2a5286363d908c4fcd.png

 

Dia a dia:

 

image.png.219cf64794f8bb927279b818f788f114.png

  • Like 14
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Brasil - novembro de 2020

 

Chuvas

Como já era esperado, chuvas acima da média grande parte do norte e principalmente nordeste do país.

Já sudeste, centro oeste e sul do Brasil com desvios negativos. Pouquíssimo locais com acumulados acima da média

q8oBMiF.gifeiI48K2.gif

 

 

Temperaturas

Nas mínimas, sem tantos desvios significativos (seja positivo ou negativo).

Já nas máximas, maiores desvios atingindo grande parte de SP, parte de MT e GO e todo o MS.

GZg6lSv.gifsjwG78k.gif

  • Like 9
  • Thanks 1
  • Sad 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mesmo com o retorno da chuva em Novembro, a primavera 2020 termina como uma das mais secas já registradas. Menores acumulados dos trimestres SON em Blumenau (dados da ANA desde 1944 + Pluviômetro da Epagri para dados de 2020, que fica no mesmo local):

 

image.png.eb94956c1a163b7d4d93063ccd5273c8.png

 

Nas temperaturas fechou dentro da normalidade no INMET Indaial, médias:

Mínimas 18,2 (-0,1)

Máximas 28,5 (+0,7)

média 22,1 (0,0)

 

Precipitação 201mm (135% do normal)

Assim como ano passado Novembro é o mês mais chuvoso de 2020 até o momento. 

 

Curioso que choveu bem mais em Indaial que aqui em Blumenau nesse mês. Resultado dos temporais mais isolados que teve. 

 

No geral, diante do cenário de seca que tínhamos em SC, Novembro deu uma boa amenizada na situação.

  • Like 11

Share this post


Link to post
Share on other sites

Novembro nas minhas duas estações do sul de Florianópolis/SC:

  • Balneário dos Açores:

image.png.fd6fe21af3dd92f722aaaa4010755cb2.png

 

  • Sertão do Ribeirão:

image.png.30eb1836083832b17385d352747384b0.png

  • Like 12
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Novembro de 2020 também foi um mês "comportado" em Belo Horizonte e Brasília, sem extremos significativos de temperatura e com médias bem comuns.  A comparação das médias horárias de novembro (720 horas) na automática de Brasília (desde 2000) e na automática da Pampulha (desde 2007) deixa isso bem claro.

 

Novembro de 2015 foi de longe o mais quente nas duas cidades (assim como a primavera), enquanto 11/2011 foi o mais fresco em BH (assim como 10/211 e 12/2011 também foram os mais frescos na série da Pampulha, uma primavera excepcionalmente amena para os padrões atuais).  Em Brasília, 11/2000 foi o mais fresco, mas 11/2011 ficou em segundo lugar.

 

Brasília registrou 226 mm de chuva (dentro da média), enquanto na Pampulha/BH choveu 150,2 mm (abaixo da média) em 11/2020.

 

Na automática da Pampulha (BH), a maior temperatura registrada em 11/2020 foi de 32,6ºc no dia 08, e a menor de 14,6ºc no dia 02

 

A automática de Brasília registrou sua maior temperatura do mês no mesmo dia 08, com 30,1ºc, e a menor no dia 30, com 14,8ºc.

 

Entre outubro e novembro de 2020, a média horária caiu 2,1ºc em Brasília, e 1ºc na Pampulha/BH.

 

Abaixo as médias horárias de novembro nas duas estações em questão desde a inauguração:

 

Belo Horizonte/Pampulha auto:

BH.png.71452887092b3ddf071a3630d3713105.png

 

Brasília/auto (setor sudoeste):

BRB.png.ab37b132eda2259ca001a10a123b3f05.png

  • Like 9
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

RESUMO MENSAL PARA NOVEMBRO 2020 EM NOVA SANTA RITA E PORTÃO/RS

 

 

image.thumb.png.ae2b8bb34cb83afa4cd318e2a8f65097.png

 

MÊS NO AZUL.

 

05/nov 1
16/nov 11
25/nov 5
26/nov 1
29/nov 15

 

TOTAL 33 MM

 

SÊCO.

Edited by kevin cassol
  • Like 9
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Novembro de 2020 foi entediante e bastante estável até o dia 20 em Buenos Aires: praticamente sem chuvas, sempre com mínimas de 13-18°C e máximas de 24-26°C (só tres dias registraram máximas fora desses valores do dia 1 ao dia 20). Nos últimos 10 dias do mes o calor veio com mais forca, com a primeira mínima aciam de 20°C da temporada e já quatro máximas acima de 30°C. A ausencia de frio fez com que tivéssemos a maior mínima absoluta da história para novembro, superando a mínima de 12°C do ano passado. Nos últimos dias do mes choveu mais, mas ainda assim ficou bem abaixo da média, algo comum este ano.

 

MÍNIMA MAIS BAIXA: 12,2°C
MÍNIMA MAIS ALTA: 22,5°C
MÍNIMA MÉDIA: 17,3°C
DESVIO DA MÉDIA 81-10: + 1,4°C

 

MÁXIMA MAIS ALTA: 33,3°C
MÁXIMA MAIS BAIXA: 21,8°C
MÁXIMA MÉDIA: 26,5°C
DESVIO DA MÉDIA 81-10: + 0,9°C

 

MÉDIA SIMPLES DE NOVEMBRO: 21,9°C
DESVIO DA MÉDIA 81-10: + 1,1°C

 

PRECIPITACAO ACUMULADA: 67,1 mm

DESVIO DA MÉDIA: - 43%


5 menores mínimas: 12,2°C (dia 30), 13,8°C (dia 16), 14°C (dias 2 e 5), 14,8°C (dias 17 e 19) e 15,5°C (dia 15)
5 maiores mínimas: 22,5°C (dia 24), 19,8°C (dia 25), 19,5°C (dia 23), 19,3°C (dia 14) e 19,2°C (dias 13 e 22)

 

5 maiores máximas: 33,3°C (dia 29), 32,6°C (dia 23), 31,8°C (dia 24), 30,2°C (dia 27) e 29,6°C (dia 22)
5 menores máximas: 21,8°C (dia 9), 23,8°C (dias 4 e 30), 24°C (dia 3), 24,4°C (dia 19) e 24,6°C (dias 1, 12 e 14)

 

5 maiores chuvas em 1 dia: 50 mm (dia 24), 11 mm (dia 28), 6 mm (dia 18) e 0,1 mm (dia 13)

Edited by Fábio De Nittis
  • Like 8

Share this post


Link to post
Share on other sites

Desvio da média simples em Buenos Aires em 2020, comparado ao período 81-10:

 

Janeiro: 0°C
Fevereiro: + 0,6°C
Marco: + 2,1°C
Abril: - 0,2°C
Maio: + 0,7°C
Junho: + 1°C
Julho: - 0,4°C
Agosto: + 0,9°C
Setembro: - 0,2°C
Outubro: - 0,8°C
Novembro: + 1,1°C

 

Ano: + 0,4°C

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Precipitacao em Buenos Aires em 2020 e desvios em relacao ao período 81-10:

 

Janeiro: 52,8 mm (- 61,7%)
Fevereiro: 67 mm (- 47,5%)
Marco: 157,7 mm (+ 12,8%)
Abril: 85 mm (- 28,4%)
Maio: 22,6 mm (- 75,5%)
Junho: 86 mm (+ 46%)
Julho: 6,4 mm (- 89,5%)
Agosto: 29 mm (- 55%)
Setembro: 105,9 mm (+ 47,1%)
Outubro: 94,7 mm (- 24,9%)

Novembro: 67,1 mm (- 43%)

 

2020 até agora: 774,2 mm (- 30,7%)

  • Like 8
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Chuva capitais 2020(até 30/11)

*Sem parênteses: dados da convencional

 

Curitiba (aut): 1071,2mm

Florianópolis (aut): 1117,4mm

Porto Alegre: 1291,5mm

 

São Paulo (Mirante aut): 1452,4mm

São Paulo (Sesc Interlagos aut): 1088,2mm

Rio de Janeiro (Vila Militar aut): 1064,2mm

Rio de Janeiro (Copacabana aut): 1026,4mm

Rio de Janeiro (Jacarepaguá aut): 1449,2mm

Belo Horizonte (Santo Agostinho conv): 2059,7mm

Belo Horizonte (Pampulha aut): 1826,4mm

Belo Horizonte (Cercadinho aut): 2133,8mm

Vitória: 1385,8mm

 

Campo Grande (aut): 1109,4mm

Cuiabá: 758,8mm

Goiânia: 1238,7mm

Brasília: 1250,3mm

 

Rio Branco: 1279,8mm

Manaus: 2731,9mm

Boa Vista: 1695,1mm

Macapá: 2110,2mm

Belém: 4294,5mm

Palmas: 1414,6mm

 

São Luís: 2661,5mm

Teresina: 1312,6mm

Fortaleza (aut): 1900mm

Natal (aut): 2088,8mm

João Pessoa: 1974,9mm

Recife: 1550,6mm

Aracaju: 1279,5mm

Salvador (Ondina conv): 2286,8mm

Salvador (Rádio Farol aut): 1725,8mm

 

Não contabilizado: Rio de Janeiro (Marambaia), Maceió, Porto Velho.

 

 

Edited by Darley
  • Like 9

Share this post


Link to post
Share on other sites

Resumo de Novembro de algumas estações do Planalto Central.

 

A estação Água Fria de Goiás é chamada de Formosa no wunderground (IFORMO4), mas creio que pertença ao município supracitado. Fica há ~1170 m de altitude. Teve a menor média máxima, a menor das máximas e a menor das mínimas (entretanto a estação do Gama teve um registro de 13.5 C). Alto Paraíso de Goiás fica um pouco atrás, mas este município possui terras (excluindo o parque nacional) que ficam há mais de 1500 m de altitude, então lá ainda deve superar qualquer lugar nessa tabela (https://www.meteoblue.com/en/weather/week/-13.943N-47.440E).

 

image.thumb.png.e8f5a1621617e768e4cec081be57ec76.png

Edited by Samihr Hermes
  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Algumas regiões serranas do nordeste setentrional.

 

Uma pena a estação do Pico do Jabre ter ficado offline por quase 10 dias.

 

image.thumb.png.4bcc9fbddf55c7bc855ac03c92d233c8.png

  • Like 9

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Darley disse:

Chuva capitais 2020(até 30/11)

*Sem parênteses: dados da convencional

 

 

 

Rio de Janeiro (Vila Militar aut): 1064,2mm

Rio de Janeiro (Copacabana aut): 1026,4mm

Rio de Janeiro (Jacarepaguá aut): 1449,2mm

 

 

Todas as estações automáticas do Rio de Janeiro estão com dados incompletos, por isso estes totais estão todos abaixo da realidade.  Vila Militar está sem observações noturnas desde outubro, Copacabana teve perda de dados durante quase todo o mês de janeiro e no início de fevereiro, e Jacarepaguá ficou sem registros noturnos entre o final de maio e por quase todo o mês de junho.

 

A única estação do Inmet com dados completos na cidade do Rio de Janeiro é a convencional do Alto da Boa Vista, que registrou 2850,9 mm do dia 01/01 até 30/11.

 

Como o Alto é muito mais chuvoso que a média da cidade, a média das 33 estações pluviométricas do Alerta Rio (que ficam espalhadas pelo município do Rio) entre 01/01 e 30/11 foi de 1257,8 mm, tendo superado ligeiramente a média anual 1997/2019 (1242,9 mm) justamente em novembro.  Em 2019, a média anual do conjunto das estações pluviométricas do Alerta Rio foi superada já em setembro, e o ano terminou com 1542,4 mm.

 

O Alto da Boa Vista deve ser a estação convencional do Inmet com maior número (médio) de dias com mais de 100 mm por ano no Brasil, em 2020 já choveu mais de 100 mm nos dias:

 

03/02: 106,8 mm

11/02: 127,4 mm

01/03: 151,2 mm

31/07: 103,4 mm

22/08: 186,3 mm

22/09: 147,2 mm*

23/09: 133,4 mm*

31/10: 119,4 mm

20/11: 129 mm

 

 

* Estes 280,6 mm caíram praticamente em 24 horas, mas foram distribuídos entre dois dias meteorológicos (12Z/12Z).

 

  • Like 9

Share this post


Link to post
Share on other sites

Novembro de 2020 em Petrolina - PE (Temperaturas)

 

Screenshot_183.png.f9b48101d925d3914e68c74c09f43f67.png

 

Média de mínimas: 22,4ºC (-1,1)*

Média de máximas: 32,2ºC (-2,6)*

Média horária: 26,4ºC (-2,5)*

 

Como mostra a tabela abaixo, todas as médias foram as menores registradas para o mês desde a abertura da estação em 2003, superando novembro de 2006 que até então possuía as menores médias para o mês. Somente nas três colunas da direita da tabela o valor registrado não foi o menor para novembro, mas ainda ficaram bem abaixo da média. Destaque para a média horária (ou de 24h) que foi 1,2ºC menor em novembro de 2020 do que em 11/2006.

 

Screenshot_185.png.adda09043fe3aabfa8425e69cab96bd7.png

 

Na convencional as médias registradas foram maiores (32,4ºC/22,9ºC) mesmo estando no mesmo local. A média compensada foi de 27,3ºC. A partir dessas médias é possível afirmar que novembro de 2020 foi o mais frio na convencional desde 2000 que teve média simples de 27,57º contra 27,62º em 2020. Em 11/2000 a média ponderada não foi calculada por falta de dados horários.

 

Aqui no sul Piauí as anomalias negativas podem ter sido ainda maiores como indica o mapa que o @Daniel85 postou acima. Em São João do Piauí (Conv), que não reporta aos domingos, foi o novembro mais frio desde que a estação foi instalada em 1975.

 

*Média de 2003 a 2019 na automática do INMET.

Edited by Tstorm
  • Like 9

Share this post


Link to post
Share on other sites

Novembro de 2020 no Sertão da PB, com dados das automáticas do INMET.

image.thumb.png.69118881b0e20d590d46dba6ced8163e.png

 

Utilizei as médias da normal 1981/2010 para os desvios.

 

Em Pombal a AESA registrou 21,7 mm em Novembro, 16,3 mm acima da média. Aqui em casa tive 28,8 mm, levemente acima do registrado na oficial.

Edited by CloudCb
As linhas de maior e menor estão trocadas, quando for possível eu corrijo isso.
  • Like 11

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dados de novembro do INMET Ouro Branco:

  • Média das mínimas: 16,44°
  • Média das máximas: 26,62°
  • Média simples: 21,53°

Mês absolutamente normal. Meus dados desde 2007 tem médias pra novembro em 21,5° (mín 16.6°/máx 26,4°) então esse mês foi certinho conforme script.

Aliás, novembro parece ser o único mês do ano que ainda não precisamos ter medo. Primavera no mais estrito sentido da palavra. Novembro não decepciona. 

Foi um mês mais fresco que setembro e outubro.

Em resumo, o frio ficou no início do mês e o calor mais forte no meio

Extremos do mês:

  • Mínima: 10,4° no dia 2
  • Máxima: 31,1° no dia 17
  • Mínima mais alta: 19,5° também dia 17
  • Máxima mais baixa: 20,4° no dia 1°

A chuva não lá tão volumosa mas foi razoável. 150mm em média pelas estações do CEMADEN em Conselheiro Lafaiete

  • Like 9

Share this post


Link to post
Share on other sites

As médias compensadas do mês de novembro/2020 ficaram assim na cidade de São Paulo (Entre parênteses, anomalias em relação á média 1991-2017 no IAG e 1991-2020 no Mirante).

 

INMET-Mirante de Santana: 20,7°C (-0,5°C)

INMET-Interlagos: 19,6°C

IAG: 19,9°C (-0,5°C)

 

Edited by Aldo Santos
  • Like 10

Share this post


Link to post
Share on other sites

2020 no Mirante: junho, julho, setembro e outubro foram meses completamente fora da casinha. Os demais tudo comportado, dentro do normal. 

 

Novembro costuma ser um mês comportado no que se diz a temperatura no Mirante. Este ano não foi diferente. 

Edited by Darley
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Diria que o mês de novembro na cidade de Pau dos Ferros/RN foi mais que especial, visto que tivemos três eventos de chuva, pois, diferentemente de boa parte do país, nesse mês ela normalmente ela ainda não dá as caras por aqui, isso normalmente acontece só em dezembro (geralmente em pouca quantidade) ou, no máximo, em janeiro. A média do mês é de apenas 4 mm e choveu 21 mm.

 

10/11 = 12

18/11 = 2

28/11 = 7

 

TOTAL => 21 mm

 

Desses três eventos, chamo atenção para o último, pois em todo o estado somente minha cidade viu essa chuva. Finalizando, mostro os acumulados de chuva para novembro desde 1994:

 

11/1994 = 0
11/1995 = 12,2
11/1996 = 16
11/1997 = 0
11/1998 = 0
11/1999 = 22,3
11/2000 = 0
11/2001 = 38
11/2002 = 0
11/2003 = 0
11/2004 = 0
11/2005 = 0
11/2006 = 0
11/2007 = 0
11/2008 = 0
11/2009 = 0
11/2010 = 0
11/2011 = 15,6
11/2012 = 0
11/2013 = 25
11/2014 = 0
11/2015 = 0
11/2016 = 0
11/2017 = 0
11/2018 = 11
11/2019 = 0
11/2020 = 21

Edited by marcoseojr
  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 horas atrás, Aldo Santos disse:

As médias compensadas do mês de novembro/2020 ficaram assim na cidade de São Paulo (Entre parênteses, anomalias em relação á média 1991-2017 no IAG e 1991-2020 no Mirante).

 

INMET-Mirante de Santana: 20,7°C (-0,5°C)

INMET-Interlagos: 19,6°C

IAG: 19,9°C (-0,5°C)

 

 

A questão é que as normais climatológicas do INMET são construídas em cima das médias compensadas, gostem ou não desse método. Portanto, faz mais sentido calcular os desvios de temperatura média do INMET em cima dos resultados da compensada, e não da 24h. Óbvio que o ideal é de fato as médias 24h , mas isso só se concretizará com as estações automáticas do INMET daqui a umas décadas. 

  • Like 4
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
21 minutos atrás, Renan disse:

 

A questão é que as normais climatológicas do INMET são construídas em cima das médias compensadas, gostem ou não desse método. Portanto, faz mais sentido calcular os desvios de temperatura média do INMET em cima dos resultados da compensada, e não da 24h. Óbvio que o ideal é de fato as médias 24h , mas isso só se concretizará com as estações automáticas do INMET daqui a umas décadas. 

Renan,

aqui em Laje do Muriaé novamente novembro não decepcionou, chuva ligeiramente acima da média(ao redor de 223 mm), o acumulado foi de 234,5 mm por 18 dias.

Na automática de Muriaé, uns 280 mm, mas na estação José Cirilo/Cemaden que fica no oeste da cidade, acima de 330 mm.

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 04/12/2020 em 14:28, CloudCb disse:

Novembro de 2020 no Sertão da PB, com dados das automáticas do INMET.

image.thumb.png.69118881b0e20d590d46dba6ced8163e.png

 

Utilizei as médias da normal 1981/2010 para os desvios.

 

Em Pombal a AESA registrou 21,7 mm em Novembro, 16,3 mm acima da média. Aqui em casa tive 28,8 mm, levemente acima do registrado na oficial.

@CloudCb quanto aos dados de Pombal, você tem os dados de 1984 a 1993? Não estão no site da ANA, porém, caso você queira, eu tenho esses dados aqui, consegui com uma meteorologista da AESA.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mais resumos sobre Primavera do Leste, A 923, 2020

Gráfico anual em tela grande:

Menores médias entre 8 da noite e 8 da manhã local: 9,51 C em 21/22 de agosto e 11,08 C em 23/24 de maio.

Menor média entre 8 da manhã e 8 da noite local: 13,93 C em 23 de maio.

Maior média entre 8 da noite e 8 da manhã local: 28,09 C em 8/9 de outubro. 

Maior média entre 8 da manhã e 8 da noite local: 36,73 C em 5 de outubro. 

Edited by Leandro Leite
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 09/12/2020 em 14:03, marcoseojr disse:

@CloudCb quanto aos dados de Pombal, você tem os dados de 1984 a 1993? Não estão no site da ANA, porém, caso você queira, eu tenho esses dados aqui, consegui com uma meteorologista da AESA.

 

E aí, desculpa a demora. Eu agradeço mas já tenho esses dados. Só não tenho o 2° semestre de 1991, e os anos de 1992 e 1993 (assim como em muitas cidades do Nordeste, provavelmente esses dados se perderam ou não existem).

Edited by CloudCb
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Resolvi trazer duas tabelinhas com informações sobre as chuvas que ocorreram em Novembro no sertão da PB e do PE.

 

Na PB ficou assim. 👇

image.png.aed682351bcb9c3c7147e13db1a3083c.png

Tavares ficou quase 150 mm acima de seu antigo recorde, foi quebrado com muita folga. Já Princesa Isabel, apesar de ter registrado quase 190 mm, não quebrou o antigo recorde de Novembro mais chuvoso (por isso não há nada na última coluna).

 

E no PE. 👇

image.thumb.png.401dd426bdf9ac065d685d0c41fb09d7.png

No Pernambuco tivemos esse impressionante registro em Sanharó, que estraçalhou o antigo recorde. Em Afrânio, assim como ocorreu em Princesa Isabel na PB, choveu muito mas não ultrapassou o 1° lugar (permanecendo o valor de Novembro de 1996 pendente, que será quebrado daqui a alguns anos ou décadas... Quem sabe).

 

Os dados são da AESA e da APAC.

Edited by CloudCb
  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 11/12/2020 em 11:56, CloudCb disse:

 

E aí, desculpa a demora. Eu agradeço mas já tenho esses dados. Só não tenho o 2° semestre de 1991, e os anos de 1992 e 1993 (assim como em muitas cidades do Nordeste, provavelmente esses dados se perderam ou não existem).

@CloudCb sem problemas. Tenho uma planilha com os dados da SUDENE dos postos da PB e um dia espero conseguir do RN também. Mas nessa planilha tem várias cidades com dados desses dois anos. É que na época estava havendo uma transição da SUDENE para os órgãos estaduais (AESA, EMPARN, APAC...).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Novembro de 2020 em Queimada Nova (precipitação)

 

Screenshot_195.png.51138f244ce5646e95b0b1b4487379be.png

 

Pela primeira vez postando o resumo das chuvas de dois locais em Queimada Nova: do meu pluviômetro na cidade e do meu outro pluviômetro* recém instalado na zona rural. A diferença entre os dois locais é de 9 km. Novembro bastante chuvoso por aqui. Como já citado pelo @CloudCb , Afrânio - PE, uma das cidades mais próximas daqui, teve o novembro mais chuvoso desde 1996.

 

Já bem mais distante, em Santa Maria da Boa Vista - PE, o acumulado foi de 166,7 mm. Foi o segundo mês de novembro mais chuvoso da série histórica iniciada em 1911.

Pra finalizar deixo uma tabela e um mapa com os acumulados dos pluviômetros oficiais instalados em um raio de 200 km de Queimada Nova:

 

Screenshot_191.png.e5f6ba527a0d994ab76f14c2f0035225.png

 

Screenshot_190.png.2d2b7adb6756a67b4420874ec12586a9.png

 

*Os dados das chuvas dos dias 2 e 4 no São José foram medidas com um balde mas decidi usá-los porque não houve diferença entre balde e pluviômetro nos dias posteriores. As anomalias dos dois locais foram obtidas por médias ponderadas entre Paulistana e São Raimundo Nonato no período de 1992 a 2019 por falta de dados históricos.

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

Resumo das chuvas na automática de Natal em 2020. Foi o ano mais chuvoso desde 2011. Talvez tenha chovido mais neste ano que em 2011 visto que a convencional, que parou em março, vinha registrando valores maiores que a automática.

image.png.0b3d806950ee61539b2dbdd7a3ca393c.png

 

Edited by Alexandre M
  • Like 7
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

2020 terminando, e assim foi o ano por aqui:

- Destaque por ser o ano mais seco desde 2006;

- E pra marca histórica da intensa onda de calor no início de outubro trazendo mais de 40°C pela primeira vez.

temp2020.jpg

CHUVAS.jpg

  • Like 10

Share this post


Link to post
Share on other sites
19 horas atrás, Alexandre M disse:

Resumo das chuvas na automática de Natal em 2020. Foi o ano mais chuvoso desde 2011. Talvez tenha chovido mais neste ano que em 2011 visto que a convencional, que parou em março, vinha registrando valores maiores que a automática.

image.png.0b3d806950ee61539b2dbdd7a3ca393c.png

 

Média geral da cidade pelas estações do Cemaden

image.png.c2103339488b45ea051b8ae1f68e6219.png

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite a todos!

 

Médias 2020 Alphaville Juiz de Fora - MG - anomalia de temperatura média por volta de +0,4˚C

 

2144957294_CapturadeTela2020-12-31as17_57_29.png.5663cd34f4f0b6571f1b5baf73cd3f23.png

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Chuvas e temperaturas no Brasil - Dezembro de 2020

 

Chuvas

Situação não é uma das melhores em grande parte do país. Chuva abaixo da média em vários locais.

No sudeste, áreas de SP, sul de MG e RJ ficaram acima da média.

hFGlDdf.gifrcxZn2H.gif

 

 

Temperaturas

Em relação às máximas, SP, oeste de MS e norte de MG com os maiores desvios positivos.

RVjNFhx.gifyp9iTmP.gif

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acumulados de chuva na cidade de Pau dos Ferros/RN durante o ano de 2020, no posto oficial da EMPARN. Todos os dados estão completos porque tenho contato com o observador. Foi o ano mais chuvoso desde 2011 e a última vez que um ano fechou com 1000 mm ou mais foi 2009 (1031,6 mm). Desde 2000 também fecharam acima de 1000 mm os anos de 2008 (1235 mm) e 2004 (1225,1 mm). A média histórica é de cerca de 750 mm/ano.

 

image.thumb.png.424c83b87e97f5a03d8c99b4c681ce53.png

 

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acumulados médios registrados pela FUNCEME, em Fortaleza, em 2020 e desvios em relação à média 1981-2010 do INMET. 

 

01/2020: 173,0 mm (+28,5%)

02/2020: 339,8 mm (+81,8%)

03/2020: 401,3 mm (+14,9%)

04/2020: 523,0 mm (+26,7%)

05/2020: 269,4 mm (+5,6%)

06/2020: 109,7 mm (-28,6%)

07/2020: 99,5 mm (+41,9%)

08/2020: 0,3 mm (-98,8%)

09/2020: 2,8 mm (-84,3%)

10/2020: 10,7 mm (-2,7%)

11/2020: 25,0 mm (+174,7%)

12/2020: 21,4 mm (-50,8%)

 

Média anual: 1668,6 mm

Acumulado anual 2020: 1975,9 mm (+18,4%) 

 

Maior chuva do ano: 132,3 mm em 15 de março, no posto do bairro Castelão. Foi o único evento de +100 mm/24 h na capital cearense em 2020. Em 2019, foram três. 

  • Like 8

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 01/12/2020 em 13:46, Alexandre M disse:

Média máxima em algumas estações do RN em nov/20

 

37,1°C - Apodi (INMET)

36,7°C - Cruzeta (INMET)

36,6°C - Ipanguaçu (INMET)

36,0°C - Mossoró (UFERSA)

34,4°C - Macau (INMET)

30,4°C - Parnamirim (Aero)

30,2°C - Natal (INMET)

 

OBS: A estação de Caicó tá bem ruim, por isso não postei desta vez.

Para finalizar os resumos

Média máxima em algumas estações do RN em dez/20

 

37,3°C - Apodi (INMET)

37,2°C - Caraúbas (UFERSA)

37,2°C - Pau dos Ferros (UFERSA)

36,9°C - Ipanguaçu (INMET)

36,5°C - Angicos (UFERSA)

36,5°C - Cruzeta (INMET)

36,2°C - Mossoró (UFERSA)

30,4°C - Natal (INMET)

30,4°C - Parnamirim (Aero)

 

Como as estações do INMET estão morrendo aos poucos adicionei as estações da UFERSA citadas pelo @marcoseojr.

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
20 minutos atrás, Alexandre M disse:

Para finalizar os resumos

Média máxima em algumas estações do RN em dez/20

 

37,3°C - Apodi (INMET)

37,2°C - Caraúbas (UFERSA)

37,2°C - Pau dos Ferros (UFERSA)

36,9°C - Ipanguaçu (INMET)

36,5°C - Angicos (UFERSA)

36,5°C - Cruzeta (INMET)

36,2°C - Mossoró (UFERSA)

30,4°C - Natal (INMET)

30,4°C - Parnamirim (Aero)

 

Como as estações do INMET estão morrendo aos poucos adicionei as estações da UFERSA citadas pelo @marcoseojr.

@Alexandre M obrigado; sobre a estação de Natal, está com defeito desde outubro, ela pegou todas as chuvas desde então ou só parte dela?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dezembro/2020 aqui em Santos/SP na estação Cetesb/Boqueirão. Levemente acima da média e muitos dias acima dos 30ºC. A máxima absoluta de 2020 foi o dia 20/12, com 39,6ºC.

 

image.png.9009a5940e06b05b620c351a767ddad1.png

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 minutos atrás, marcoseojr disse:

@Alexandre M obrigado; sobre a estação de Natal, está com defeito desde outubro, ela pegou todas as chuvas desde então ou só parte dela?

Creio que tenha perdido sim. Primeiro porque desde outubro tem chovido mais de madrugada, quando a estação não está funcionando. Segundo que os acumulados estão bem inferiores aos do Cemaden, especialmente em novembro. Curiosamente quando chove de madrugada, de manhã aparecem alguns acumulados de chuva nos dados. Não sei como é o funcionamento dessas estações, então não sei dizer se é possível elas estarem registrando os dados de chuva corretamente, mas só registrando a partir do momento que ela volta a operar.

Share this post


Link to post
Share on other sites

ACUMULADO ANUAL 2020 - DF:

 

(AUTOMÁTICAS-INMET):

Paranoá: 2.180,8 mm
Brazlândia: 2.142,0 mm
Gama: 1.956,4 mm
Planaltina: 1.586,8 mm
Sudoeste: 1.585,0 mm

 

ESTAÇÕES ADASA: 

Repr. Descoberto: 1.904,2 mm
Ribeirão Jardim: 1.816,4 mm
Sistema Pipiripau: 1.768,2 mm
Repr. Santa Maria: 1.645,0 mm
 

 

 

 

 

 

  • Like 9

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.