Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Rodolfo Alves

Resumos Climatológicos 2020

Recommended Posts

10 horas atrás, Renan disse:

 

Neste mês histórico, Cuiabá conseguiu ser mais quente na média simples do que o auge do verão em Las Vegas.

 

Las Vegas Julho: Média simples 30,5°C

Cuiabá Setembro-20: Média simples 32,05°C

Mas Las Vegas este ano também tá acima da média:

Aeroporto Internacional

julho 27,8 C 41,7 C 35,2 C

agosto 28,3 C 42,3 C 35,5 C

North Las Vegas Airport

julho 26,5 C 42,7 C 35,7 C

agosto 27,1 C 43,1 C 35,7 C 

 

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Setembro de 2020 foi um mês muito quente em Belo Horizonte, mas não quebrou o recorde mensal de média na estação automática da Pampulha, que ainda pertence a 09/2015 (e quase empatou com o também muito quente 09/2019).  Em Brasília, 09/2020 não se destacou no histórico recente, apesar de também ter fechado apreciavelmente acima da média histórica (22,2ºc a compensada da conv, já meio defasada; set é o segundo mês mais quente do ano na capital federal, atrás de out).  Na capital mineira e arredores, o recorde de máxima absoluta para setembro foi quebrado em algumas estações no dia 28 (caso de Pampulha e Confins, por exemplo).

 

Por conta de um problema na bateria solar, ponto fraco das estações compradas pelo Inmet da Vaisala, e agravado pela manutenção cada vez mais precária realizada pelo próprio Inmet (algumas capitais ainda se salvam, pois ficam perto das sedes dos Dismes), os dados de média diária da estação da Pampulha/BH estão indisponíveis para o período entre 03/09 e 09/09; nestes dias foi utilizada a média horária do aeroporto da Pampulha (totalizando 7 dias, ou 168 horas).

 

Brasília registrou 29,8 mm de chuva (quase tudo na tarde do dia 21, quando choveu granizo em alguns bairros), enquanto na Pampulha/BH choveu 10,4 mm (entre os dias 20 e 22).  Chuva abaixo da média em BH e ligeiramente abaixo em BSB, mas dentro da variabilidade normal para setembro

 

Na estação da Pampulha (BH), a maior temperatura registrada em setembro de 2020 foi de 37,3ºc no dia 28, e a menor foi perdida provavelmente no dia 03/09 (de qualquer jeito, foi um mês com mínima absoluta muito alta na cidade).  A máxima do dia 28 foi um novo recorde para setembro, e quase alcançou o recorde absoluto de 10/2015.

 

A automática de Brasília registrou sua maior temperatura do mês no dia 29, com 33,8ºc, e a menor no dia 03, com 14ºc.

 

Abaixo as médias horárias de setembro nas duas estações em questão, desde a inauguração.

 

Belo Horizonte/Pampulha auto:

BH.png.870d0e81b5ebe269bc9f21499be2c3b3.png

 

Brasília/auto (setor sudoeste):

BRB.png.3f681df8d48748060b8ff5a84dc09fa0.png

 

 

 

Edited by Wallace Rezende
  • Like 11
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

EXTREMOS DE TEMPERATURA 2020 01/01 A 10/10* PRIMAVERA DO LESTE MT INMET 680 M A923:

MENOR MÍNIMA 8,3 C EM 22 DE AGOSTO

MAIOR MÁXIMA 40,4 C EM 5 DE OUTUBRO

MAIOR MÍNIMA 24,9 C EM 1 DE OUTUBRO

MENOR MÁXIMA 19,3 C EM 24 DE MAIO

MENOR MÁXIMA DIURNA 14,7 C EM 23 DE MAIO

MENOR MÉDIA DIÁRIA 13,8 C EM 24 DE MAIO

MAIOR MÉDIA DIÁRIA 32,3 C EM 5 DE OUTUBRO

*ATUALIZADO EM 11 DE OUTUBRO

Edited by Leandro Leite
  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 29/07/2020 em 13:10, Leandro Leite disse:

EXTREMOS DE TEMPERATURA 2020 01/01 A 28/07 PRIMAVERA DO LESTE MT INMET 680 M A923:

MENOR MÍNIMA 10,2 C EM 24 DE MAIO

MAIOR MÁXIMA 35,2 C EM 16 DE JANEIRO

MAIOR MÍNIMA 22,3 C EM 11,19 E 26 DE MARÇO

MENOR MÁXIMA 19,3 C EM 24 DE MAIO

MENOR MÁXIMA DIURNA 14,7 C EM 23 DE MAIO

MENOR MÉDIA DIÁRIA 13,8 C EM 24 DE MAIO

MAIOR MÉDIA DIÁRIA 27 C EM 6 DE ABRIL

Compare com minha postagem acima pra ver que com a chegada de agosto e setembro o recorde de máxima do primeiro semestre é fulminado sem dó!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

EXTREMOS TEMPERATURA 2020 01/01 A 10/10* PRIMAVERA DO LESTE PWS IPREMAVE5 602 M RIO SAPÉ:

MENOR MÍNIMA 5,9 C EM 27 DE MAIO

MAIOR MÁXIMA 40,4 C EM 5 DE OUTUBRO

MAIOR MÍNIMA 24,3 C EM 10 DE OUTUBRO

MENOR MÁXIMA 21,3 C EM 24 DE MAIO

MENOR MÁXIMA VESPERTINA 15,6 C EM 23 DE MAIO

MENOR MÉDIA DIÁRIA 15,2 C EM 27 DE MAIO

MAIOR MÉDIA DIÁRIA 29,5 C EM 9 DE OUTUBRO

*ATUALIZADO EM 11 DE OUTUBRO

Edited by Leandro Leite
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, Leandro Leite disse:

EXTREMOS TEMPERATURA 2020 01/01 A 01/10 PRIMAVERA DO LESTE PWS IPREMAVE5 602 M RIO SAPÉ:

MENOR MÍNIMA 5,9 C EM 27 DE MAIO

MAIOR MÁXIMA 39,5 C EM 30 DE SETEMBRO

MAIOR MÍNIMA 22,3 C EM 2 DE FEVEREIRO E 28 DE MARÇO

MENOR MÁXIMA 21,3 C EM 24 DE MAIO

MENOR MÁXIMA VESPERTINA 15,6 C EM 23 DE MAIO

MENOR MÉDIA DIÁRIA 15,2 C EM 27 DE MAIO

MAIOR MÉDIA DIÁRIA 28 C EM 12 E 14 DE JANEIRO

A ausência de uma maior mínima e uma maior média diária até agora no segundo semestre se deve às mínimas baixas em situação de tempo seco, pois a mata de galeria na beira do rio funciona como um ar condicionado natural durante a noite. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

A curiosidade sobre o Rio Sapé é que no dia 23 de maio entre 5 e 6 horas da manhã a temperatura estava em torno dos 19 C, com uma máxima invertida mal passando dos 15 C de tarde, sendo essa a mais fria do ano, enquanto no dia da tarde mais quente, que foi 30 de setembro, o amanhecer foi mais frio que o dia da tarde mais fria, com uma leve sub-15 de 14,8 C de mínima entre 5 e 6 da manhã, mesmo ontem, dia da maior mínima do ano no INMET em Primavera, quase 25 C, a mínima foi de 15,3 C no primeiro amanhecer de outubro. 

Edited by Leandro Leite
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Resende em 2020:
17115344_RESENDE2020.png.27410449235ffa0d2e7f2d43eb3f4ea0.png

setembro mais quente (dos dados disponíveis, 1911, 1925-1947 e 1961-2020) 
Top 3 agora: (med simples)

Set/61: 25,0 (18,0/32,0)
Set/20: 24,8 (17,9/31,7)
Set/63: 24,2 (16,4/31,9)

  • Like 9
  • Sad 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Agosto e Setembro na automática do INMET de São Gonçalo (PB).

image.thumb.png.568c0126374dd11a3d00692ff7717153.png

 

 

  • Like 11

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não trago novidades....O SETEMBRO MAIS QUENTE DE TODOS OS TEMPOS

Dados do INMET Ouro Branco

Média das mínimas: 15,93° (+1,6°)

Média das máximas: 28,65° (+1,6°)

Média simples: 22,29° (nunca um setembro tinha dado média simples superior a 22°, o mais quente até então era 2015 com 21,75° e a média desde 2007 está em 20,65°)

 

Extremos do mês, nos dias 23 e 28

Mínima: 13,7° dia 23

Máxima: 35° dia 28

Menor máxima: 16,1° dia 23

Maior mínima: 19,3° dia 28

 

Pouca chuva, as estações do CEMADEN em Lafaiete acumularam entre 14mm e 17mm num mês com média de 65mm

 

Um Setembro pra esquecer, mas o pior é que ultimamente o padrão de setembro tem se tornado esse...

  • Like 7
  • Sad 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

São Sebastião do Paraíso, MG - Setembro 

 

404809397_Screenshot_20201001-1448512.thumb.png.e3fb48e15db167d45a0cf0942e5437ea.png

Média em relação a 1981-2010.

 

Média máxima: 32,0°C (+2,8)

Média horária: 23,6°C (+1,2)

Média mínima: 16,2°C (+1,4)

 

Máxima absoluta: 37,4°C 30/09

Mínima absoluta: 11,9°C  07/09

Maior mínima: 23,3°C  30/09

Menor máxima: 23,5°C 20/09

 

Precipitação: 4,4 mm (-64,5 mm)

Dias com mais de 1 mm: 2 dias (-4 dias)

 

Anomalias positivas bem relevantes e simplesmente a maior máxima absoluta para o mês e a maior mínima absoluta em 40 anos de dados da estação do INMET.

  • Like 11
  • Sad 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

SETEMBRO EM SÃO PAULO - RESUMO

 

090.thumb.png.7cd5c1d6d40f8942cc99a4d02d7399af.png

 

SETEMBRO BATEU VÁRIOS RECORDES DE CALOR EM SÃO PAULO.

 

FOI O SETEMBRO MAIS QUENTE DESDE QUE COMEÇARAM AS MEDIÇÕES NA CIDADE, EM 1933 NO IAG, E 1945 NO MIRANTE.

 

TANTO O MIRANTE DE SANTANA (ESQUERDA), QUANTO O IAG (DIREITA) QUEBRARAM TODOS OS RECORDES DE MÉDIA (MIN/MAX/MÉDIA SIMPLES), O QUE MOSTRA O QUÃO INFERNAL FOI ESSE MÊS EM SÃO PAULO.

 

091.png.d6bee77cdb1378846aba4f13c0e0e438.png

 

 

AINDA EM TERMOS DE MÉDIAS, A ANOMALIA REGISTRADA NESTE MÊS DE SETEMBRO (+5ºC NAS MÁXIMAS) FOI A MAIOR JÁ REGISTRADA NO MIRANTE DE SANTANA......

 

001.thumb.png.406498f0d1fe8749d363d4fa0b0e1c01.png

 

 

..... E NO IAG, SENDO A ANOMALIA DE +5,4ºC NAS MÁXIMAS A MAIOR EM 87 ANOS TAMBÉM

 

001.thumb.png.caedc59124bfbdbf87100fa163207c05.png

 

SETEMBRO 2020 TAMBÉM FICARÁ MARCADO POR RENOVAR MAIS UMA VEZ OS RECORDES DIÁRIOS DE CALOR

 

NO DIA 30/09 TANTO O MIRANTE, QUANTO O IAG, REGISTRARAM O DIA MAIS QUENTE PARA O MÊS DESDE QUE COMEÇARAM AS MEDIÇÕES.

 

MIRANTE DE SANTANA - MAIORES MÁXIMAS SETEMBRO (1945-2020)

37,1ºC - 30/09/2020

35,9ºC - 12/09/2019

35,5ºC - 19/09/2015

 

IAG - MAIORES MÁXIMAS SETEMBRO (1933-2020)

37,1ºC - 30/09/2020

36,1ºC - 24/09/2015

36,0ºC - 19/09/2015

 

QUASE TODAS AS ESTAÇÕES QUE ACOMPANHO BATERAM SEUS RECORDES DE MÁXIMA PARA SETEMBRO.

 

SESC INTERLAGOS:

1388946108_002SESCINTERLAGOS.png.0ea8365a71e2532486bb50acb3e21020.png

 

BARUERI:

1752130068_001BARUERI.png.eb91491a34b2c4d9ebbe93e7e95a8df0.png

 

SÃO MATEUS-CGE:

2046072488_003SOMATEUS.png.db6da6115b31d2b29c5521130f7ebd2c.png

 

SÉ-CGE:

521417608_004S-CGE.png.9cbb0f53d71fa31833a86ca62fd5a827.png

 

A ÚNICA EXCEÇÃO FOI MARSILAC QUE TEVE UMA MÁXIMA INFERIOR A DO ANO PASSADO.

 

001.png.8647ef6f3ac6addb10e8bd9b9d051e45.png

 

 

EM TERMOS DE CHUVA, A ESTAÇÃO AUTOMÁTICA DO MIRANTE DE SANTANA ACUMULOU 14,6mm.

ESTE VALOR É APENAS 17,2% DA MÉDIA PARA O MÊS.

 

FOI UM DOS 12 SETEMBROS MAIS SECOS NO MIRANTE E O MAIS SECO DESDE 2011, QUANDO CHOVEU 7,4mm.

 

001.png.57dcca3bb5944d74c1fd39d979631dde.png

 

 

ENQUANTO ISSO NA ESTAÇÃO DO SESC INTERLAGOS, O ACUMULADO FOI DE 18,0mm EM SETEMBRO

 

001.png.c04277bbed30b69c5b9900caa9fa4343.png

  • Like 12
  • Thanks 4
  • Sad 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

E o que mais me impressiona é que setembro agora é o mês mais quente de 2020 na média das máximas(entretanto na média das mínimas e média simples ainda continua sendo janeiro).

 

Foi só junho começar a a situação mudou, desde então somente agosto se salvou.

Edited by Darley
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em Buenos Aires, podemos dividir setembro em duas partes. A primeira, até o dia 16, terminou com anomalia de -1,7°C e, dos 16 dias, 12 foram com mínima abaixo de 10°C. As máximas também foram baixas, nenhuma chegou aos 21°C. Do dia 17 em diante, anomalia de +1,5°C,  só quatro mínimas de um dígito e quatro máximas abaixo de 20°C. Tivemos, inclusive, duas máximas de quase 27°C. No geral, ficamos dois décimos abaixo da média 1981-2010. Em relacao às chuvas, finalmente choveu acima, mas foram mal distribuídas, praticamente tudo em 3 dias.

 

MÍNIMA MAIS BAIXA: 5,2°C

MÍNIMA MAIS ALTA: 15,4°C

MÍNIMA MÉDIA: 9,8°C

DESVIO DA MÉDIA: -0,5°C

 

MÁXIMA MAIS ALTA: 26,8°C

MÁXIMA MAIS BAIXA: 10,5°C

MÁXIMA MÉDIA: 19,3°C

DESVIO DA MÉDIA: 0°C

MÉDIA SIMPLES DE SETEMBRO: 14,6°C

DESVIO DA MÉDIA: - 0,2°C

 

PRECIPITACAO ACUMULADA: 105,9 mm
DESVIO DA MÉDIA: + 47%


5 menores mínimas: 5,2°C (dia 20), 5,4°C (dia 7), 6°C (dia 20), 6,4°C (dias 1 e 11) e 7,2°C (dia 16)
5 maiores mínimas: 15,4°C (dia 30), 14,8°C (dia 11), 14,5°C (dias 25 e 26), 14,4°C (dia 18) e 13,6°C (dia 27)

 

5 maiores máximas: 26,8°C (dias 17 e 30), 23,5°C (dias 23, 28 e 29), 23,3°C (dia 18), 22,7°C (dia 24) e 21,1°C (dia 20)
5 menores máximas: 10,5°C (dia 1), 11°C (dia 2), 13°C (dia 3), 15,9°C (dias 6 e 15) e 16°C (dia 19)

 

5 maiores chuvas: 39 mm (dia 24), 37 mm (dia 2), 20 mm (dia 1), 9 mm (dia 26) e 0,9 mm (dia 27)   

  • Like 9

Share this post


Link to post
Share on other sites

Desvio da média simples em Buenos Aires em 2020, comparado ao período 81-10:

 

Janeiro: 0°C
Fevereiro: + 0,6°C
Marco: + 2,1°C
Abril: - 0,2°C
Maio: + 0,7°C
Junho: + 1°C
Julho: - 0,4°C
Agosto: + 0,9°C
Setembro: - 0,2°C

 

Ano: + 0,5°C

  • Like 9

Share this post


Link to post
Share on other sites

Precipitacao em Buenos Aires em 2020 e desvios em relacao ao período 81-10:
 

Janeiro: 52,8 mm (- 61,7%)
Fevereiro: 67 mm (- 47,5%)
Marco: 157,7 mm (+ 12,8%)
Abril: 85 mm (- 28,4%)
Maio: 22,6 mm (- 75,5%)
Junho: 86 mm (+ 46%)
Julho: 6,4 mm (- 89,5%)
Agosto: 29 mm (- 55%)
Setembro: 105,9 mm (+ 47,1%)
 

2020 até agora: 612,4 mm (- 29,8%)

  • Like 10

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 03/10/2020 em 17:43, Darley disse:

E o que mais me impressiona é que setembro agora é o mês mais quente de 2020 na média das máximas(entretanto na média das mínimas e média simples ainda continua sendo janeiro).

 

Na estação do INMET-Mirante de Santana, na cidade de São Paulo, 2020 corre o risco de ser o 3º ano em que setembro tem a média máxima mais alta de todos os meses.

 

Isto já ocorreu em 1961 e em 2004.

Nesses 2 anos, setembro foi o mês com a maior média de temperaturas máximas.

  • Like 5
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quanto à média compensada, as coisas ficaram assim neste mês de setembro na cidade de São Paulo (Entre parênteses, anomalias em relação à 1991-2020 para o Mirante e 1991-2017 para o IAG):

 

INMET-Mirante de Santana: 21,9°C (+2,7°C)

INMET-Interlagos: 20,3°C

IAG:  20,7°C (+2,7°C)

 

Como já comentado pelo Rodolfo, este foi o mês de setembro mais quente já registrado na cidade de São Paulo.

 

Meses de setembro mais quentes no Mirante, média compensada:

21,89°C (2020)

21,53°C (2017)

21,23°C (2004)

21,08°C (2015)

20,50°C (1963)

20,48°C (2007)

20,44°C (1961)

20,43°C (2014)

20,14°C (2019)

20,06°C (2012)

19,73°C (1994)

19,70°C (1988)

 

 

  • Like 5
  • Confused 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Resumo de setembro de 2020 em três estações da cidade do Rio de Janeiro e no INMET/auto de Teresópolis.

 

O mês foi marcado pelas temperaturas muito acima de média em todo o estado, tanto que as duas estações que monitoro há mais tempo (Teresópolis e Vila Militar) registraram a maior média (720 horas) para um mês de setembro desde que foram abertas (recordes anteriores 18,8ºc e 23,8ºc), e as demais estações igualmente registraram valores muito altos, mas uma delas é muito recente (Jacarepaguá) e a outra só comecei a tabelar no final de 2019 (aero Santos Dumont, que registrou seu último período com máximas acima da realidade até novembro de 2019).  A chuva repetiu o padrão de agosto, com um evento mais significativo entre os dias 20 e 22 sendo responsável pela esmagadora maioria da precipitação do mês, que acabou ficando apreciavelmente acima da média (especialmente nas estações da cidade do Rio).  Outro destaque de 09/2020 foi a mínima absoluta muito alta; em praticamente todas as estações ela não se distanciou muito da média climatológica das mínimas de setembro (efeito da ausência de massas de ar polar, o único refresco maior do mês foi bloqueado e trouxe as menores temperaturas no meio de bastante chuva, tanto que a mínima do mês no aeroporto Santos Dumont ocorreu ao meio-dia, em 22/09).

 

A temperatura média compensada no aeroporto Santos Dumont foi de 24,3ºc, e ficou 2,5ºc acima da média parcial registrada pelo Inmet na Marina da Glória (que fica ao lado) em setembro entre 1973 e 1990 (creio que a diferença para a média 1981/2010 seja mínima, no máximo 2/3 décimos por efeito do aumento das médias térmicas globais).  Foi de longe a maior anomalia positiva do ano, superando de longe do valor de junho (+1,5ºc).

 

 

Em Teresópolis/INMET choveu 138,6 mm, com máximo diário de 49,6 mm (22/09), e 10 dias com registro de precipitação.  As temperaturas médias das máximas, das mínimas e horária foram as maiores para setembro desde a abertura da estação, em 2006.  Pela primeira vez na história da estação, a média das máximas de setembro superou as de todos os meses anteriores do ano (a maior havia sido registrada em janeiro, apenas 24,9ºc).

 

 

Na Vila Militar/INMET choveu 118 mm, com máximo diário de 62,2 mm (22/09), e 7 dias com registro de precipitação.  O volume mensal e o volume diário máximo de chuva foram os mais altos para setembro desde a abertura da estação, em 2007.  A temperatura média das máximas e a média horária foram as maiores para setembro desde a abertura da estação (a média das mínimas empatou com 2009 e 2015 como a maior).

 

 

Em Jacarepaguá/INMET choveu 119,6 mm, com máximo diário de 76 mm (22/09), e 9 dias com registro de precipitação.

 

 

A média (MED) é horária nas estações do INMET, e compensada no aero Santos Dumont (por falta de observações horárias durante todo o dia).  As mínimas do Santos Dumont foram estimadas com base nas leituras horárias arredondadas e numa PWS próxima em alguns dias.

 

Teresópolis INMET (991 m):

198397504_S20KMTS.png.cb10521917b6fc16ca96561a01ea319e.png

 

Aeroporto Santos Dumont (3 m):

1440967681_S20SDU.png.2340e23a67ef1fb22a5fe4a8d1c50823.png

 

Vila MIlitar INMET (30 m):

203694855_S20KMVI.png.a0241e423762f50ca0fa189d00463b95.png

 

Jacarepaguá INMET (20 m):

196861176_S20KJAK.png.7d7a76fbd9b1d70ba2243c0b577e2c60.png

 

 

Edited by Wallace Rezende
  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

RESUMOS DOS EXTREMOS DE TEMPERATURA EM CUIABÁ/VÁRZEA GRANDE 01/01 A 10/10/2020:

AEROPORTO (ATÉ 30/09) MÍNIMA 11,7 C EM 22 DE AGOSTO E MÁXIMA 43 C EM 30 DE SETEMBRO

AUTOMÁTICA INMET MÍNIMA 11,5 C EM 21 DE AGOSTO E MÁXIMA 43,7 C EM 30 DE SETEMBRO

CONVENCIONAL INMET MÍNIMA 11,6 C EM 21 DE AGOSTO E MÁXIMA 44 C EM 30 DE SETEMBRO

PWS PADARIA DO MOINHO MÍNIMA 11,9 C EM 21 DE AGOSTO E MÁXIMA 42,3 C EM 9 DE OUTUBRO

RESUMINDO, NÃO FOI UM ANO TÃO FORTE EM MATÉRIA DE FRIO, MAS TAMBÉM NÃO FOI UM ANO SEM FRIO PARA OS PADRÕES CUIABANOS, AGORA, O QUE SE DESTACOU FOI MESMO O CALOR, COM RECORDES QUEBRADOS NAS ESTAÇÕES INSTALADAS EM CUIABÁ E VÁRZEA GRANDE NO FIM DE SETEMBRO E COMEÇO DE OUTUBRO 

Edited by Leandro Leite
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Segue o péssimo mês de Setembro de 2020:

image.thumb.png.843c8de953adf2aa1472c3e42e373d47.png

 

Médias 24h: 20,0 / 16,5 / 19,8

 

Temperatura bem acima da média nas 3 estações. Máxima absoluta pro mês em Mondaí e pouquíssima chuva: 61,2mm em Blumenau e 35,3mm em Mondaí.

 

Resumo do mês no INMET Indaial (normal 1991/2020):

  • Precipitação: 50,4mm (32% do normal
  • Temperatura média: 19,8 (+1,2)
  • T. média das mínimas: 16,9 (+1,7)
  • T. média das máximas: 24,8 (+0,9)

Foi o Setembro mais seco desde 1994. Em 9 meses 2020 teve apenas 894mm de chuva acumulados sendo o normal 1288mm.

Edited by Felipe Backendorf
erro na chuva
  • Like 5
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sem muitas estatísticas para apresentar sobre Setembro-2020. Prefiro não me alongar muito. Basta dizer que a média compensada foi de 21,3°C e, assim, tivemos o Setembro mais quente da história, e com boa margem de folga (o segundo mais quente agora é Setembro-15, com média de 20,5C).

 

 

  • Like 6
  • Sad 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Setembro no RS

 

Em Caxias do Sul foi um desastre. Média máxima de 22,1⁰C, compensada de 16,0⁰C e mínima de 12,2⁰C. Desvios de +2,5, +1,8 e +1,8 respectivamente. 

 

Porto Alegre foi apenas levemente mais quente, assim apresentando desvios muito menores. Média máxima de 22,2, compensada de 17,2, mínima de 13,6. Desvios de +0,1, +0,5 e +0,8.

 

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

FIZ UM TABELÃO COM A VARIAÇÃO ANUAL NOS PRINCIPAIS PONTOS DE MONITORAMENTO DA SERRA DA MANTIQUEIRA EM 2020:


Campos do Jordão/SP:

- Vila Inglesa (1.645m):
-2,8°C / 29,8°C


Maria da Fé/MG:

- Reserva (1.425m):
-3,7°C/31,4°C

- Lage (1.280m):
-2,4°C/31,6°C

- INMET (1.285m):
-1,0°C/32,1°C


Delfim Moreira/MG:

- Bairro do Charco (1.711m):
-7,4°C/29,1°C


PNI/INMET (2.450m):
-7,7°C/23,6°C


Visconde de Mauá/RJ:

- Maringá (1.131m):
3,5°C/34,7°C


Monte Verde/INMET (1.550m):
-2,0°C/31,0°C


Itajubá/MG:

- UNIFEI (855m):
3,7°C/35,1°C

Edited by Gabriel Cardoso
  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

CAMPO VERDE MT ~ 750 M INMET A912 EXTREMOS DE TEMPERATURA 2019 X 2020:

2019 (A PARTIR DE 13/02):

MENOR MÍNIMA 8,2 C EM 03/08

MAIOR MÁXIMA 38,4 C EM 17/09

MAIOR MÍNIMA 24,5 C EM 16/09

MENOR MÁXIMA 21,1 C EM 06/07

MENOR MÁXIMA DIURNA 20,3 C EM 05/07

MENOR MÉDIA DIÁRIA 14,4 C EM 03/08

MAIOR MÉDIA DIÁRIA 30,5 C EM 15/09

2020 (ATÉ 13/09 E DE 12 A 25/10):

MENOR MÍNIMA 9,4 C EM 22/08

MENOR MÍNIMA PRIMEIRO SEMESTRE 10,5 C EM 24/05

MAIOR MÁXIMA 36,3 C EM 07, 10 E 11/09 E 17/10

MAIOR MÍNIMA 22,9 C EM 03/02

MENOR MÁXIMA 19,4 C EM 24/05

MENOR MÁXIMA DIURNA 15,5 C EM 23/05

MENOR MÉDIA DIÁRIA 13,7 C EM 24/05

MAIOR MÉDIA DIÁRIA 29,4 C EM 10/09

OBS: A INTERRUPÇÃO DE UM MÊS DE 13/09 A 12/10 FEZ PERDER REGISTROS QUE SERIAM AINDA MAIS ALTOS COM A IMPORTANTE ONDA DE CALOR DO FIM DE SETEMBRO E COMEÇO DE OUTUBRO. 

 

 

Edited by Leandro Leite
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

E assim termina o estranho outubro de 2020 nas minhas estações:

image.thumb.png.84cd03452c5e54b050b0961586c50596.png

Médias 24h: 22,2 / 17,8 / 21,5

Chuva total em Mondaí: 29,5mm (normal é mais de 200mm, outubro é o mês mais chuvoso e tempestuoso do ano)

 

As três regiões tiveram seus recordes de máxima absoluta pra outubro e a máxima absoluta de 2020. No INMET Indaial:

image.thumb.png.535558b57054797edcd11b50df1ebfda.png

 

Anomalia máximas: +1,7

Anomalia mínimas: +0,6

Novo recorde de máxima absoluta pra outubro 1971/2020: 38,3C

Precipitação: 55,0mm (32,7% do normal 1991/2020)

 

Foi o segundo Outubro mais seco desde 1971 perdendo apenas pra 1992 com 35,5mm.

O bimestre Setembro-outubro de 2020 é o mais seco dos registros que completam 50 anos com apenas 106mm acumulados.

Edited by Felipe Backendorf
  • Like 7
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Média máxima em algumas estações do RN em out/20

 

37,7°C - Caicó (INMET)

37,4°C - Apodi (INMET)

36,8°C - Ipanguaçu (INMET)

36,8°C - Cruzeta (INMET)

36,4°C - Mossoró (UFERSA)

34,3°C - Macau (INMET)

30,2°C - Parnamirim (Aero)

30,0°C - Natal (INMET)

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 03/02/2020 em 14:36, Guto Cesar disse:

Janeiro 2020 - Curitiba (inmet auto)

 

Máximas: 27,5°C (+0,7°)

Mínimas: 17,6°C (+0,4°)

Precipitação: 194,6 mm (218,3 mm)

 

Média horária: 21,4°C

Menor máx: 18,7°C

Maior mín: 20,7°C

 

Um número alto de mínimas >= 20,0°C, claro, muitas devido à ilha de calor. Muitas máximas perto de 30°C. No geral, as mínimas se comportaram e conseguimos ter vários dias de influência ocêanica, mas mesmo assim fechamos acima da média, por causa desses eventos de calor que se extremaram mais que o previsto. Acredito que esta seja a nova média de Curitiba para o mês de Janeiro, a confirmar na próxima normal climatológica.

 

20 dias sem chuva significativa (menos que 1 mm acumulado) na estação, porém sabemos que a precipitação é muito irregular em Janeiro.

 

image.png.1f120735f42b00f9ae180cfb72253553.png

 

Muito bom @Lucas Centurion, ultimamente estou só utilizando os dados da estação automática de Curitiba para acompanhar, visto que, na estação convencional, o observador não está mais comparecendo em dias de domingo, aliás esse é um problema que está ocorrendo em muitas estações espalhadas pelo país! Não sei porque o INMET está permitindo isso.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acumulados de chuva em Pau dos Ferros/RN em 2020, pelos dados da EMPARN e da UFERSA. A média histórica do município fica entre 750 e 800 mm/ano.

 

 

Capturar.PNG

  • Like 8

Share this post


Link to post
Share on other sites

Outubro foi dois mundos aqui no Goiás, o terrível começo do mês com todos aqueles recordes de calor, e o resto bem aprazível graças ao retorno das chuvas. Escolhi algumas estações pra representar o estado, e ambas tiveram recorde absoluto de calor batido.

 

outgocomp.png.c668a4ebf64e9b936b05631663f9c6d5.png

  • Like 9
  • Sad 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 hours ago, Alexandre Pereira said:

Outubro foi dois mundos aqui no Goiás, o terrível começo do mês com todos aqueles recordes de calor, e o resto bem aprazível graças ao retorno das chuvas. Escolhi algumas estações pra representar o estado, e ambas tiveram recorde absoluto de calor batido.

 

outgocomp.png.c668a4ebf64e9b936b05631663f9c6d5.png

 

Pra complementar o post do @Alexandre Pereira, mas dois lugares do Planalto Central.

 

image.thumb.png.fd2b1dff672b49da3bf1a21c617fc204.png

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Garanhuns, PE (INMET, 827m), Caruaru (Serra do Cavalo), PE (INMET, 852m), Pico do Jabre, PB (PWS, ~1197m)

 

image.thumb.png.371f24d5eebea2d5892349e62c7619f5.png

Edited by Samihr Hermes
  • Like 8

Share this post


Link to post
Share on other sites

Maturéia, PB (PWS, ~800m), Monteiro, PB (INMET 606m), Arcoverde, PE (INMET, 683m)

 

image.thumb.png.561d1329ce9920a90b55b921fd6a5cb7.png

Edited by Samihr Hermes
  • Like 9

Share this post


Link to post
Share on other sites

Areia, PB (INMET, 573m), Campina Grande, PB (INMET, 546m), Cabaceiras, PB (INMET, 391m)

 

image.thumb.png.8b88fd8691feda83064e3d6db198f0c4.png

Edited by Samihr Hermes
  • Like 8

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Samihr Hermes disse:

 

Pra complementar o post do @Alexandre Pereira, mas dois lugares do Planalto Central.

 

image.thumb.png.fd2b1dff672b49da3bf1a21c617fc204.png

 

esses dias com a PWS OUT me deu uma raiva, eu ia colocar ela mas ia faltar dados de precipitação

A Base Aérea, vendo por esse link, tbm tem algumas inconsistências infelizmente, e o SIMEHGO n registra dados em Anápolis desde Setembro

  • Like 2
  • Sad 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Outubro de 2020 foi um mês predominantemente muito monótono no Rio de Janeiro, mas merece menção o fato de que o dia mais quente foi logo o segundo do mês (quando várias estações na RM do RJ registraram ainda a máxima do ano), e o mais ameno o último (menor média diária em praticamente todas as estações, no dia 31/10).  A temperatura ficou pouco mais de 1ºc acima da média estimada (aero Santos Dumont x Marina da Glória), mas depois da anomalia positiva de mais de 2ºc em setembro (a maior do ano), a sensação que tive foi de um outubro dentro da média.

 

No aeroporto Santos Dumont, que representa bem a região histórica da cidade (onde ela foi fundada e para onde se expandiu inicialmente, entre a Urca e o Centro), a temperatura média foi de 24,3ºc, com mínima de 19,2ºc (31/10) e máxima de 33,8ºc (02/10).

 

No aeroporto do Galeão, que representa aproximadamente uma “média” da cidade (tanto nas máximas quanto nas mínimas costuma ser um meio-termo entre bairros mais e menos quentes, embora com vento oeste/sudoeste e sol se torne um dos mais quentes), a temperatura média foi de 24,7ºc, com mínima de 17,3ºc (11/10) e máxima de 39,6ºc (02/10, também a máxima do ano).

 

Choveu apenas 39 mm entre os dias 1 e 29, mas os 57 mm do dia 30 e os 10,5 mm do dia 31 garantiram que a média (94,3 mm entre 1997 e 2019, levando em conta todos os 33 pluviômetros do Alerta Rio) fosse ultrapassada, e a capital fluminense terminou o mês com 106,5 mm (dentro da variação normal para outubro).  Foi o outubro mais chuvoso desde 2011, mas tem havido uma incidência maior de outubros secos desde 2012.

 

Levando em conta cada estação pluviométrica da cidade do Rio, o menor volume de 10/2020 foi registrado em Irajá, na zona norte, com 41,2 mm, e o maior no Alto da Boa Vista, com 315,8 mm (terceiro mês seguido com mais de 300 mm no local).

 

Abaixo, os índices pluviométricos médios de outubro pela cidade do Rio desde 1997:

 

O.png.2e82d731fd9f750f9556b2ec3b4c4c10.png

 

 

 

Edited by Wallace Rezende
  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Outubro acabou não sendo tão ruim com uma ajudinha dos últimos dias do mês. Mesmo assim fechou acima da média. 

 

Em Bento Gonçalves, a média máxima foi de 24,5⁰C, média compensada de 18,1⁰C e média mínima de 13,6⁰C. A média máxima ficou 1,8⁰C acima da normal, mas a compensada apenas 0,6⁰C acima e a mínima também 0,6⁰C acima. Alguém sabe por que a média compensada não ficou mais alta nessa situação? Parece que a média máxima não influenciou em nada na compensada...

 

Enfim, não foi um mês muito quente, com exceção de dois dias no início do mês e mais alguns dias no final quando passou de 30⁰C. O problema é que mês passado também foi acima da média, e isso vindo de um inverno que já foi meio fraquinho na metade norte do RS.

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Outubro nas automáticas do INMET de Patos (PB) e São Gonçalo (PB).

image.thumb.png.1e7c51236b56af1617788d4376f53a71.png

 

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
26 minutos atrás, CloudCb disse:

Outubro nas automáticas do INMET de Patos (PB) e São Gonçalo (PB).

image.thumb.png.1e7c51236b56af1617788d4376f53a71.png

 

As médias máximas têm apresentado um forte desvio positivo nas estações do sertão nos meses mais quentes do ano (out, nov e dez). Isso ficou bem claro ano passado e parece que vai se repetir neste ano.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

OUTUBRO - SÃO PAULO/SP 

 

O mês ficará marcado pela dinâmica, começando tórrido com recordes absolutos e terminando com frio.

 

RESUMO DO MÊS:

020.thumb.png.5ddbb92094deccf5d8d84e62d5358705.png

 

OBSERVAÇÕES DE OUTUBRO:

 

O Mirante de Santana não bateu o recorde absoluto, porém Outubro/2020 teve 3 das 5 maiores temperaturas de toda a história da estação.

 

MIRANTE DE SANTANA - MAIORES MÁXIMAS DE TODOS OS TEMPOS (1945-2020)

37,8ºC - 17/10/2014 

37,4ºC - 02/10/2010 (AUT)

37,3ºC - 07/10/2020 (AUT)

37,1ºC - 01/10/2020 (AUT) e 30/09/2020 (AUT)

 

Abaixo resumo das máximas absolutas do Mirante de Santana desde 2002:

001.png.f2b26d90bba672bbfe8f9fa9b489ecd1.png

 

Outubro também bateu recorde da maior temperatura mínima para o mês do Mirante de Santana, e a 4ª maior desde 1961.

 

MIRANTE DE SANTANA - MAIORES MÍNIMAS DE TODOS OS TEMPOS (1961-2020):

25,4ºC - 04/02/2014

25,3ºC - 02/02/1998

24,7ºC - 03/02/2014

24,6ºC - 02/10/2020 (AUT)

24,5ºC - 02/01/2015

 

Em termos de frio, algumas marcas relevantes. A máxima de 17,5ºC (16) foi a menor para o mês 03/10/2016 quando deu 17,2ºC.

Já mínima de 12,8ºC, registrada no dia 11, igualou a mínima de 2018 (21/10/2018).

 

Enquanto isso, o IAG bateu seu recorde absoluto de 87 anos, ao atingir 37,7ºC no dia 02, batendo os 37,2ºC de 2014. 

4 das 5 maiores temperaturas do IAG em todos os tempos são de 2020.

 

IAG - MAIORES MÁXIMAS DE TODOS OS TEMPOS (1933-2020).

37,7ºC - 02/10/2020

37,3ºC - 07/10/2020

37,2ºC - 17/10/2014 e 01/10/2020

37,1ºC - 30/09/2020

001.thumb.png.3c27b46a9aa04db4f74db1465173fb4b.png

 

Resumo das Maiores Máximas Mensais no IAG desde 2001:

001.png.6e951e5e12d7aabe8f31bff24847a7a9.png

 

Também houve a quebra do recorde de maior mínima para Outubro no IAG. A mínima de 21,2ºC no dia 02, é a maior em 87 anos para o mês. 

O antigo recorde era de 48 anos atrás, em 1972, quando fez 21,1ºc no dia 27 de Outubro daquele ano.

 

IAG - MAIORES MÍNIMAS OUTUBRO (1933-2020)

21,2ºC - 02/10/2020

21,1ºC - 27/10/1972

20,4ºC - 23/10/1982

 

Por outro lado, a mínima de 11,2ºC no IAG (11) é a menor desde 08/10/2016 quando deu 11,1ºC.

 

Outras estações tiveram seus recordes absolutos igualados ou quebrados e outras não alcançaram:

 

SESC Interlagos chegou aos 38,0ºC. Este é o seu novo recorde absoluto de temperatura. 

001.thumb.png.4817f0443a3eaf41839329b3858c8efc.png

 

Barueri/INMET chegou aos 37,4ºC. Não alcançou seu recorde absoluto de 2014 por 1 décimo.

001.thumb.png.63cd86a69dd245dfe2df8b1dafca4160.png

 

SÉ-CGE na região da Avenida Paulista teve 37,3ºC igualando com seu recorde absoluto de janeiro de 2015.

 

001.thumb.png.24490b769c05ffe36b5003721888a2ef.png

 

 

Estação de São Mateus/CGE, na Zona Leste de São Paulo, também quebrou seu recorde absoluto com os 36,3ºC de máxima

 

001.thumb.png.2707a25efef9a54f6ad39a7d18fa26ec.png

 

Em termos de chuvas, nota-se uma grande discrepância pela cidade.

 

O Mirante de Santana fechou Outubro com 210,2mm. Valor que representa 65% acima da média (1981-2010).

001.png.3335dc384bd5294ff681e6f07a8dd0ad.png

 

Este foi o maior volume de chuva para o mês desde 1998, e o 5º maior desde 1945 para o mês. 

 

MIRANTE DE SANTANA - MAIORES VOLUMES DE CHUVA MENSAIS - OUTUBRO (1945-2020)

1969 - 237,9mm

1954 - 230,2mm

1995 - 229,9mm

1998 - 216,4mm

2020 - 210,2mm

 

 

Enquanto isso do outro lado da cidade, o SESC Interlagos, na Zona Sul, acumulou apenas 101mm.

Praticamente metade do que choveu no Mirante de Santana.

001.png.eac98948e5c7d626bb1be851c702bb2d.png

 

Na região Central de São Paulo, o Sé-CGE bateu os 179,8mm acumulados. Representa 126% acima da média da estação (2012-2020)

001.png.f960de055792bd61108c3ed03595c3a6.png

 

Os 179,8mm inclusive é o maior acumulado para Outubro desde a inauguração da estação que fica na região da Av. Paulista

 

001.png.a4ccd2e475363b6393486f8cb56bccac.png

 

ABAIXO O ACUMULADO DE ALGUMAS ESTAÇÕES EM SÃO PAULO NO MÊS DE OUTUBRO (CGE/SAISP):

 

234,2mm - MARG. PINHEIROS/PTE. CID. UNIVERSITÁRIA

209,4mm - TREMEMBÉ/CGE 

200,4mm - SANTANA/CGE

200,0mm - VILA MARIANA/CGE

193,3mm - FREGUESIA DO Ó/CGE

192,5mm - CORREGO LAJEADO/ITAIM PAULISTA 

187,6mm - MERCADO MUNICIPAL 

187,2mm - MANDAQUI/SAISP 

179,8mm - SE/CGE

170,2mm - BUTANTA/CGE

168,0mm - PARQUE DA ACLIMAÇÃO

167,8mm - ANHEMBI/CGE 

164,8mm - PENHA/CGE

158,4mm - MOOCA/CGE 

151,8mm - JABAQUARA/CGE

149,0mm - ARICANDUVA X RADIAL LESTE 

145,8mm - PINHEIROS/CGE

145,0mm - JARDIM PANTANAL 

143,2mm - PERUS/RIBEIRÃO VERMELHO 

138,8mm - AV. DO ESTADO/IPIRANGA

133,0mm - IPIRANGA/CGE

111,4mm - CIDADE ADEMAR/ZAVURUS 

99,7mm - CAMPO LIMPO/CGE

96,4mm - ARICANDUVA X AV. ITAQUERA 

94,6mm - PONTE JOÃO DIAS/M.PINHEIROS

92,5mm - SANTO AMARO/CGE

92,0mm - MBOI MIRIM/PONTE BAIXA 

75,4mm - SÃO MATEUS/CGE

58,8mm - SHOPPING ARICANDUVA

  • Like 11
  • Thanks 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 minutos atrás, Rodolfo Alves disse:

OUTUBRO - SÃO PAULO/SP 

 

O mês ficará marcado pela dinâmica, começando tórrido com recordes absolutos e terminando com frio.

 

RESUMO DO MÊS:

020.thumb.png.5ddbb92094deccf5d8d84e62d5358705.png

 

OBSERVAÇÕES DE OUTUBRO:

 

O Mirante de Santana não bateu o recorde absoluto, porém Outubro/2020 teve 3 das 5 maiores temperaturas de toda a história da estação.

 

MIRANTE DE SANTANA - MAIORES MÁXIMAS DE TODOS OS TEMPOS (1945-2020)

37,8ºC - 17/10/2014 

37,4ºC - 02/10/2010 (AUT)

37,3ºC - 07/10/2020 (AUT)

37,1ºC - 01/10/2020 (AUT) e 30/09/2020 (AUT)

 

Abaixo resumo das máximas absolutas do Mirante de Santana desde 2002:

001.png.f2b26d90bba672bbfe8f9fa9b489ecd1.png

 

Outubro também bateu recorde da maior temperatura mínima para o mês do Mirante de Santana, e a 4ª maior desde 1961.

 

MIRANTE DE SANTANA - MAIORES MÍNIMAS DE TODOS OS TEMPOS (1961-2020):

25,4ºC - 04/02/2014

25,3ºC - 02/02/1998

24,7ºC - 03/02/2014

24,6ºC - 02/10/2020 (AUT)

24,5ºC - 02/01/2015

 

Em termos de frio, algumas marcas relevantes. A máxima de 17,5ºC (16) foi a menor para o mês 03/10/2016 quando deu 17,2ºC.

Já mínima de 12,8ºC, registrada no dia 11, igualou a mínima de 2018 (21/10/2018).

 

Enquanto isso, o IAG bateu seu recorde absoluto de 87 anos, ao atingir 37,7ºC no dia 02, batendo os 37,2ºC de 2014. 

4 das 5 maiores temperaturas do IAG em todos os tempos são de 2020.

 

IAG - MAIORES MÁXIMAS DE TODOS OS TEMPOS (1933-2020).

37,7ºC - 02/10/2020

37,3ºC - 07/10/2020

37,2ºC - 17/10/2014 e 01/10/2020

37,1ºC - 30/09/2020

001.thumb.png.3c27b46a9aa04db4f74db1465173fb4b.png

 

Resumo das Maiores Máximas Mensais no IAG desde 2001:

001.png.6e951e5e12d7aabe8f31bff24847a7a9.png

 

Também houve a quebra do recorde de maior mínima para Outubro no IAG. A mínima de 21,2ºC no dia 02, é a maior em 87 anos para o mês. 

O antigo recorde era de 48 anos atrás, em 1972, quando fez 21,1ºc no dia 27 de Outubro daquele ano.

 

IAG - MAIORES MÍNIMAS OUTUBRO (1933-2020)

21,2ºC - 02/10/2020

21,1ºC - 27/10/1972

20,4ºC - 23/10/1982

 

Por outro lado, a mínima de 11,2ºC no IAG (11) é a menor desde 08/10/2016 quando deu 11,1ºC.

 

Outras estações tiveram seus recordes absolutos igualados ou quebrados e outras não alcançaram:

 

SESC Interlagos chegou aos 38,0ºC. Este é o seu novo recorde absoluto de temperatura. 

001.thumb.png.4817f0443a3eaf41839329b3858c8efc.png

 

Barueri/INMET chegou aos 37,4ºC. Não alcançou seu recorde absoluto de 2014 por 1 décimo.

001.thumb.png.63cd86a69dd245dfe2df8b1dafca4160.png

 

SÉ-CGE na região da Avenida Paulista teve 37,3ºC igualando com seu recorde absoluto de janeiro de 2015.

 

001.thumb.png.24490b769c05ffe36b5003721888a2ef.png

 

 

Estação de São Mateus/CGE, na Zona Leste de São Paulo, também quebrou seu recorde absoluto com os 36,3ºC de máxima

 

001.thumb.png.2707a25efef9a54f6ad39a7d18fa26ec.png

 

Em termos de chuvas, nota-se uma grande discrepância pela cidade.

 

O Mirante de Santana fechou Outubro com 210,2mm. Valor que representa 65% acima da média (1981-2010).

001.png.3335dc384bd5294ff681e6f07a8dd0ad.png

 

Este foi o maior volume de chuva para o mês desde 1998, e o 5º maior desde 1945 para o mês. 

 

MIRANTE DE SANTANA - MAIORES VOLUMES DE CHUVA MENSAIS - OUTUBRO (1945-2020)

1969 - 237,9mm

1954 - 230,2mm

1995 - 229,9mm

1998 - 216,4mm

2020 - 210,2mm

 

Volumes Mensais de Chuva entre 1998-2020 no Mirante de Santana

001.png.d302d891ddac4a94c8829774e0c15a75.png

 

Enquanto isso do outro lado da cidade, o SESC Interlagos, na Zona Sul, acumulou apenas 101mm.

Praticamente metade do que choveu no Mirante de Santana.

001.png.eac98948e5c7d626bb1be851c702bb2d.png

 

Na região Central de São Paulo, o Sé-CGE bateu os 179,4mm acumulados. Representa 126% acima da média da estação (2012-2020)

001.png.f960de055792bd61108c3ed03595c3a6.png

 

Os 179,4mm inclusive é o maior acumulado para Outubro desde a inauguração da estação que fica na região da Av. Paulista

 

001.png.a4ccd2e475363b6393486f8cb56bccac.png

 

ABAIXO O ACUMULADO DE ALGUMAS ESTAÇÕES EM SÃO PAULO NO MÊS DE OUTUBRO (CGE/SAISP):

 

234,2mm - MARG. PINHEIROS/PTE. CID. UNIVERSITÁRIA

209,4mm - TREMEMBÉ/CGE 

200,4mm - SANTANA/CGE

200,0mm - VILA MARIANA/CGE

193,3mm - FREGUESIA DO Ó/CGE

192,5mm - CORREGO LAJEADO/ITAIM PAULISTA 

187,6mm - MERCADO MUNICIPAL 

187,2mm - MANDAQUI/SAISP 

179,8mm - SE/CGE

170,2mm - BUTANTA/CGE

168,0mm - PARQUE DA ACLIMAÇÃO

167,8mm - ANHEMBI/CGE 

164,8mm - PENHA/CGE

158,4mm - MOOCA/CGE 

151,8mm - JABAQUARA/CGE

149,0mm - ARICANDUVA X RADIAL LESTE 

145,8mm - PINHEIROS/CGE

145,0mm - JARDIM PANTANAL 

143,2mm - PERUS/RIBEIRÃO VERMELHO 

138,8mm - AV. DO ESTADO/IPIRANGA

133,0mm - IPIRANGA/CGE

111,4mm - CIDADE ADEMAR/ZAVURUS 

99,7mm - CAMPO LIMPO/CGE

96,4mm - ARICANDUVA X AV. ITAQUERA 

94,6mm - PONTE JOÃO DIAS/M.PINHEIROS

92,5mm - SANTO AMARO/CGE

92,0mm - MBOI MIRIM/PONTE BAIXA 

75,4mm - SÃO MATEUS/CGE

58,8mm - SHOPPING ARICANDUVA

Muito bom @Rodolfo Alves. De onde você tirou as informações da estação do IAG/USP? O Mirante de Santana até dia 23/03 era das poucas estações que tinham uma série histórica praticamente contínua, sem interrupção nas medições em mais de 60 anos. A observadora meteorológica de lá faz as medições desde 1978, se não me engano, desde os 19 anos, e o pai dela morava em frente ao local da estação. Sobre a estação automática, se formos levá-la em conta nos números históricos, veremos que em 17/10/2014 a máxima chegou a 38,4 °C, portanto seis décimos acima dos 37,8 °C registrados pela estação convencional.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, marcoseojr disse:

Muito bom @Rodolfo Alves. De onde você tirou as informações da estação do IAG/USP? O Mirante de Santana até dia 23/03 era das poucas estações que tinham uma série histórica praticamente contínua, sem interrupção nas medições em mais de 60 anos. A observadora meteorológica de lá faz as medições desde 1978, se não me engano, desde os 19 anos, e o pai dela morava em frente ao local da estação. Sobre a estação automática, se formos levá-la em conta nos números históricos, veremos que em 17/10/2014 a máxima chegou a 38,4 °C, portanto seis décimos acima dos 37,8 °C registrados pela estação convencional.

 

A Estação do IAG eu acompanho diariamente e tenho quase todos os dados dela desde 1933. 

 

No caso do Mirante de Santana conheço pessoalmente uma das Observadoras (Marise), do qual é minha amiga :)

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 minutos atrás, Rodolfo Alves disse:

 

A Estação do IAG eu acompanho diariamente e tenho quase todos os dados dela desde 1933. 

 

No caso do Mirante de Santana conheço pessoalmente uma das Observadoras (Marise), do qual é minha amiga :)

@Rodolfo Alves é essa mesma. Se a estação tem mais de um observador eu acho um absurdo ter paralisado totalmente a operação.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Outubro de 2020 começou com a onda de calor histórica, que quebrou os recordes absolutos de calor nas estações do Inmet da Pampulha/BH (desde 2006) e de Brasília (desde 1961 a estação convencional, a auto funciona ao lado da conv desde o ano 2000).

 

A máxima de 36,5ºc na automática de Brasília (08/10) superou facilmente o recorde anterior, de 35,4ºc em 15/10/2017, e os 35,3ºc de 10/2008 (até 2008, o recorde era de 34,5ºc em 10/1963, na estação convencional).  A máxima de 38,4ºc na estação da Pampulha no dia anterior (07/10) quebrou o recorde de 37,7ºc, registrado em 10/2015.

 

Depois desta onda de calor histórica em boa parte do Brasil central, pode-se dizer que outubro “entrou nos eixos”, com predomínio de temperaturas mais moderadas e o início gradual das chuvas, por isso na média final 10/2020 ficou bem longe do recordista outubro de 2015 (mês mais quente tanto em BH quanto em Brasília).  Graças ao começo muito quente, 10/2020 ainda fechou com temperatura acima da média histórica nas duas cidades, mas sem destaque quando comparamos com outros meses de outubro nos últimos anos (todos os meses de outubro desde 2014 fecharam acima da média das duas cidades).  O inverso de 2015 ocorreu em 10/2011, o mais fresco da série nas duas estações (em BH "venceu" 2013 nos centésimos).

 

Brasília registrou 169,2 mm de chuva, enquanto na Pampulha/BH choveu 114 mm, valores dentro da faixa de normalidade para o mês nas duas cidades, assim como aconteceu aqui na região do Rio de Janeiro.

 

Na automática da Pampulha (BH), a menor temperatura registrada em 10/2020 foi de 15,4ºc no dia 26.  A automática de Brasília registrou sua menor temperatura do mês nos dias 02 e 03, com 16,6ºc.

 

Abaixo as médias horárias de outubro nas duas estações em questão desde a inauguração (média de 2008 em BH estimada com ajuda da conv, que fica em outro bairro, muitas observações faltando, mesmo caso de 2005 em Brasília, onde as estações estão uma ao lado da outra).

 

 

Belo Horizonte/Pampulha auto:

BH.png.c9d7b8cc39b6f023363716e6c070bdc0.png

 

Brasília/auto (setor sudoeste):

BRB.png.d393e0094cd4e922f78d23e01b8b206e.png

 

Edited by Wallace Rezende
  • Like 7
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quanto à média compensada, as coisas ficaram assim neste mês de outubro na cidade de São Paulo (Entre parênteses, anomalias em relação à 1991-2020 para o Mirante e 1991-2017 para o IAG):

 

INMET-Mirante de Santana: 21,7°C (+1,1°C)

INMET-Interlagos: 20,4°C

IAG:  20,6°C (+1,1°C)

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 02/11/2020 em 09:58, EduardoFinatto disse:

 Em Bento Gonçalves, a média máxima foi de 24,5⁰C, média compensada de 18,1⁰C e média mínima de 13,6⁰C. A média máxima ficou 1,8⁰C acima da normal, mas a compensada apenas 0,6⁰C acima e a mínima também 0,6⁰C acima. Alguém sabe por que a média compensada não ficou mais alta nessa situação? Parece que a média máxima não influenciou em nada na compensada...

 

Uma hipótese possível é o comportamento da temperatura de 0 h UTC (21 h BR do dia anterior), que entra com peso 2 no cálculo da média compensada.

Se ela foi mais baixa em média, pode compensar a anomalia positiva das máximas.

Mas... como eu disse, é só uma hipótese.

O correto é verificar os dados.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

São Sebastião do Paraíso, MG - Outubro de 2020

 

image.png.d9115516ac6b39f9922d516716c6f83f.png

Média em relação a 1981-2010.

 

Média máxima: 31,2°C (+1,7)

Média horária: 23,9°C (+1,5)

Média mínima: 18,6°C (+2,0)

 

Máxima absoluta: 38,4°C 07/10

Mínima absoluta: 14,6°C  11/10

Maior mínima: 23,1°C  04/10

Menor máxima: 22,9°C 24/10

 

Precipitação: 94,8 mm (-53,4 mm)

Dias com mais de 1 mm: 10 dias (+1 dia)

 

Bom no mês da pior onda de calor da história até que a anomalia não foi tão grande. A volta da chuva na segunda quinzena ajudou a média ficar mais "amena". Nada de bom para ser lembrado em setembro e outubro de 2020. Seca, queimadas e uma onda de calor histórica que deixou a de 2014 e 2015 ficar parecendo coisa de criança.

  • Like 8

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.