Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Aldo Santos

Monitoramento e Previsão Demais Continentes - 2020

Topic will be automatically locked at 02:00 AM

Recommended Posts

Acho que a escala de índice pluviométrico nos sites que operam os modelos não devia se limitar nos 500mm como a maioria.

 

India, Nepal, Butão e Bangladesh. Precipitação nos próximos 10 dias / ECMWF

 qbgYuef.png

 

O Windy eu acho maneiro que dá pra personalizar a escala. Aqui a cor preta é 1 metro de chuva ou mais.

1JMFCzT.jpg

  • Like 5
  • Thanks 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vou aproveitar o gancho e postar essa previsão pelo GFS na sexta feira. Olha o frio no interior do continente. Claro que os fatores são diferentes, mas comparando com o inverno brasileiro está uma maravilha. Mesmo os países mais quentes da região estão com mínimas bem melhores.

africa.jpg

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

Clima de Turpan, no deserto de Gobi, noroeste da China, variação de impressionantes 38 ºC do mês mais frio para o mês mais quente!

image.thumb.png.50a08eca9f952197543e920c2793e129.png

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Estou pesquisando sobre o clima dessa região da China, em matéria de extremos de temperatura, talvez seja a região da terra com as marcas mais impressionantes, no que se diz à media, ao menos. Em Karamay, mais ao norte, no paralelo 45, a amplitude térmica anual é ainda maior, chegando à 42ºC!

image.png

Edited by Wagner97
  • Like 9

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
1 hora atrás, Wagner97 disse:

Clima de Turpan, no deserto de Gobi, noroeste da China, variação de impressionantes 38 ºC do mês mais frio para o mês mais quente!

image.thumb.png.50a08eca9f952197543e920c2793e129.png

 

Interessante notar que a cidade de Turpan fica localizada numa depressão, parece que é o leito de um antigo lago.

Devido a isso, embora esteja a mais de 2.000 km do oceano, Turpan fica a apenas poucas dezenas de metros acima do nível do mar. 

 

Edited by Aldo Santos
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
23 horas atrás, Sopron disse:

Vou aproveitar o gancho e postar essa previsão pelo GFS na sexta feira. Olha o frio no interior do continente. Claro que os fatores são diferentes, mas comparando com o inverno brasileiro está uma maravilha. Mesmo os países mais quentes da região estão com mínimas bem melhores.

africa.jpg

 

A área em branco mostra as temperaturas negativas mais ou menos nesse instante e no Brasil/Bacia do Prata vai mudar pouquinho até as mínimas. O inverno do Sul da África humilha o inverno da região de mesma latitude na América do Sul.

1VbeSYb.jpg

  • Like 6
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Tavares disse:

 

A área em branco mostra as temperaturas negativas mais ou menos nesse instante e no Brasil/Bacia do Prata vai mudar pouquinho até as mínimas. O inverno do Sul da África humilha o inverno da região de mesma latitude na América do Sul.

1VbeSYb.jpg

 

Há que se analisar em termos de médias quem humilha quem. E ver o ano todo, não só o inverno.

Share this post


Link to post
Share on other sites
31 minutos atrás, Renan disse:

 

Há que se analisar em termos de médias quem humilha quem. E ver o ano todo, não só o inverno.

Mas não é vergonha ser mais quentinho que o sul da África no inverno. É motivo de orgulho até. 

Eu adoro.

  • Haha 3
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
28 minutos atrás, Renan disse:

 

Há que se analisar em termos de médias quem humilha quem. E ver o ano todo, não só o inverno.

 

Mas ele falou só do inverno, não do ano inteiro...e particularmente concordo, embora seja mais árido que o clima brasileiro o inverno sul africano e seus dois microestados encravados, além de boa parte de Botsuana e Namíbia são mais frios nas mínimas que o brasileiro... porém há de se lembrar que por lá as atitudes são mais de 2x vezes as nossas, se tivéssemos São Paulo a 1.600m (como Joanesburgo é) acho que a disputa seria mais equilibrada.

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 horas atrás, ricardosilva disse:

 

Mas ele falou só do inverno, não do ano inteiro...e particularmente concordo, embora seja mais árido que o clima brasileiro o inverno sul africano e seus dois microestados encravados, além de boa parte de Botsuana e Namíbia são mais frios nas mínimas que o brasileiro... porém há de se lembrar que por lá as atitudes são mais de 2x vezes as nossas, se tivéssemos São Paulo a 1.600m (como Joanesburgo é) acho que a disputa seria mais equilibrada.

 

Mas não achei justo comparar justamente num momento que temos MP atuando lá e bloqueio atuando na maior parte daqui, hehehe.

No mais, a questão que pesa para lá são justamente as altitudes, mas se for comparar apenas latitude acho que conseguimos superar na média do ano (inverno não sei mesmo). O verão no sul da África é bem sofrível. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
17 horas atrás, Tavares disse:

 

A área em branco mostra as temperaturas negativas mais ou menos nesse instante e no Brasil/Bacia do Prata vai mudar pouquinho até as mínimas. O inverno do Sul da África humilha o inverno da região de mesma latitude na América do Sul.

1VbeSYb.jpg

Além dos três países citados, chamo a atenção para outros países: Zâmbia, Angola e Eswatini (Santiga Suazilândia). Tudo bem que as altitudes e as massas de ar, bem como o clima são diferentes, mas é notável a diferença. Equivaleria a posição de Minas, Goiás ou até mesmo numa friagem o Mato Grosso. Até o quente Moçambique tem tido mínimas excelentes (o normal lá é 21, 22°C). 

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Renan disse:

 

Mas não achei justo comparar justamente num momento que temos MP atuando lá e bloqueio atuando na maior parte daqui, hehehe.

No mais, a questão que pesa para lá são justamente as altitudes, mas se for comparar apenas latitude acho que conseguimos superar na média do ano (inverno não sei mesmo). O verão no sul da África é bem sofrível. 

 

Acho que não...primeiro que é difícil achar terras baixas naquele pedaço da África (para comparar com nossas postagens), e quando tem geralmente é bem desabitado. Mas olhando rapidamente em dados do Wikipedia achei duas comparações interessantes entre localidades com latitude e altitude parecidas.

 

Vitória (ES) x Beira (Moçambique) - Beira tem média anual de 20° contra 23° da capital capixaba. O inverno por lá aparenta ter média mínima de 15°.

 

Montevidéu x Cidade do Cabo - A capital uruguaia aparece com média anual de 17,1° e na cidade sul africana tem 16,2°, porém invernos bem parelhos nas médias (e creio que com maiores extremos na cidade sul americana)

 

 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
5 horas atrás, ricardosilva disse:

 

Acho que não...primeiro que é difícil achar terras baixas naquele pedaço da África (para comparar com nossas postagens), e quando tem geralmente é bem desabitado. Mas olhando rapidamente em dados do Wikipedia achei duas comparações interessantes entre localidades com latitude e altitude parecidas.

 

Vitória (ES) x Beira (Moçambique) - Beira tem média anual de 20° contra 23° da capital capixaba. O inverno por lá aparenta ter média mínima de 15°.

 

Montevidéu x Cidade do Cabo - A capital uruguaia aparece com média anual de 17,1° e na cidade sul africana tem 16,2°, porém invernos bem parelhos nas médias (e creio que com maiores extremos na cidade sul americana)

 

 

 

Bem, não sei se eu olhei errado ou se o Wikipedia tá doido, mas essa cidade de Moçambique que vc citou (Beira) é muito quente e "perde feio" pras brasileiras de mesma latitude (~20ºS) . Pra vc ter uma ideia, comparando com BH (que também está a 20ºS), Beira tem médias mínimas anuais quase 6 graus maior (bem maior que a diferença BH x PoA!) e o recorde absoluto de lá é algo corriqueiro e banal aqui: 11 graus. A cidade fica na beira do mar e não tem altitude, mas mesmo assim acho a diferença muito grande.

 

Pesquisei outra com mesma latitude: Maun - Botswana (curiosamente, também têm altitude idêntica à capital mineira ~900m):

Nesse caso, a história é diferente. Devido ao clima muito seco e a ausência de nuvens (a insolação de la é impressionante, quase 3400h/ano), eles conseguem mínimas bastante baixas no inverno, mas com máximas maiores. Entre setembro e março, têm um clima bem mais tórrido que aqui, de forma que na média anual são mais quentes que aqui.

 

Já Gladstone (Queensland/Australia), mesmo com latitude de 23,5ºS, tem média anual superior a BH (mínimas e máximas).

 

Acho que o nosso "problema" é o inverno brando mesmo. Pois, em termos de verão, estamos muito bem para a latitude.

Edited by LeoP
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, LeoP disse:

 

Bem, não sei se eu olhei errado ou se o Wikipedia tá doido, mas essa cidade de Moçambique que vc citou (Beira) é muito quente e "perde feio" pras brasileiras de mesma latitude (~20ºS) . Pra vc ter uma ideia, comparando com BH (que também está a 20ºS), Beira tem médias mínimas anuais quase 6 graus maior (bem maior que a diferença BH x PoA!) e o recorde absoluto de lá é algo corriqueiro e banal aqui: 11 graus. A cidade fica na beira do mar e não tem altitude, mas mesmo assim acho a diferença muito grande.

 

Pesquisei outra com mesma latitude: Maun - Botswana (curiosamente, também têm altitude idêntica à capital mineira ~900m):

Nesse caso, a história é diferente. Devido ao clima muito seco e a ausência de nuvens (a insolação de la é impressionante, quase 3400h/ano), eles conseguem mínimas bastante baixas no inverno, mas com máximas maiores. Entre setembro e março, têm um clima bem mais tórrido que aqui, de forma que na média anual são mais quentes que aqui.

 

Já Gladstone (Queensland/Australia), mesmo com latitude de 23,5ºS, tem média anual superior a BH (mínimas e máximas).

 

Acho que o nosso "problema" é o inverno brando mesmo. Pois, em termos de verão, estamos muito bem para a latitude.

 

Nosso verão é um sonho para nossa latitude. Vamos agradecer. 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mesmos com os dados não muito precisos acho que dá pra fazer uma comparação entre Brasília e Lusaka - Zâmbia. Ambas a 15°S e situadas na cota de 1100 e 1200m respectivamente. (Na realidade a altitude de BSB varia entre o Plano Piloto e Ceilândia, pode ser que o mesmo aconteça com Lusaka)

bsb-lus.thumb.png.b6d3b4a344b74949270980c17d912f22.png

 

Na comparação do site Weatherspark tem algumas diferenças q não irei citar pq não batem com os dados da Wikipédia, como as máximas no começo do ano. Já foi discutido em algum lugar do fórum sobre a veracidade dos dados da Wikipedia, quase sempre tem fonte e os dados de BSB batem com os do INMET...

Primeiro, o inverno lá é mesmo mais frio, média de mínimas bem mais baixas e máximas também menores. Agora o ponto negativo, a estação monçônica lá é cerca de 2 meses menor, isso é horrível pois quem vive nos trópicos sabe que o calor só aumenta até a chegada das chuvas. O pico de calor na minha cidade, GYN e BSB é sempre em SET/OUT e lá chega a ser até NOV, além de aqui ter boas chuvas ainda em março e lá já ser um mês de transição.

bsb.thumb.png.3dbfbbf0be826860107c204f83c699d5.pnglusaka.png.7af97aeef5ca0710b48db5ded0aca267.png

 

Uma cidade que me chama a atenção no sul da Africa é Harare - Zimbábue. Não é a mais fria, não é a mais alta, mas olhem essa arborização. Tirei print da mancha urbana de GYN, na mesma altura do chão, para termos uma ideia melhor:

harare-satelite.thumb.png.222b1ddf6b97629ed0a83fe4a1131309.pnggyn.thumb.png.71ea5139c6605c3a02439d01c7e3c1c3.png

 

O norte e nordeste de Harare são tão arborizados que devem fazer uma diferença enorme na ilha de calor da cidade, esmurrando Goiânia. Um detalhe interessante é que foram introduzidos Jacarandás na cidade, deixando ela bem bonita na época de floração.jacaranda-harare.thumb.jpg.076a4e04f4ff0a609c865af5e0b7c1ab.jpg

 

E pra não fugir muito do monitoramento e previsão, os próximos dias em Harare, um sonho:

harare-tempo.png.ae99a9b297b9d483771d530c6bdb84fc.png

  • Like 12

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, LeoP disse:

 

Bem, não sei se eu olhei errado ou se o Wikipedia tá doido, mas essa cidade de Moçambique que vc citou (Beira) é muito quente e "perde feio" pras brasileiras de mesma latitude (~20ºS) . Pra vc ter uma ideia, comparando com BH (que também está a 20ºS), Beira tem médias mínimas anuais quase 6 graus maior (bem maior que a diferença BH x PoA!) e o recorde absoluto de lá é algo corriqueiro e banal aqui: 11 graus. A cidade fica na beira do mar e não tem altitude, mas mesmo assim acho a diferença muito grande.

 

Pesquisei outra com mesma latitude: Maun - Botswana (curiosamente, também têm altitude idêntica à capital mineira ~900m):

Nesse caso, a história é diferente. Devido ao clima muito seco e a ausência de nuvens (a insolação de la é impressionante, quase 3400h/ano), eles conseguem mínimas bastante baixas no inverno, mas com máximas maiores. Entre setembro e março, têm um clima bem mais tórrido que aqui, de forma que na média anual são mais quentes que aqui.

 

Já Gladstone (Queensland/Australia), mesmo com latitude de 23,5ºS, tem média anual superior a BH (mínimas e máximas).

 

Acho que o nosso "problema" é o inverno brando mesmo. Pois, em termos de verão, estamos muito bem para a latitude.

 

Só uma observação e correção, eu olhei os dados da cidade do Wikipedia na versão inglesa, pq tem sempre as tabelas de medias mensais...e a correção é que os 20° que citei na verdade são a média mínima anual...na verdade fazendo a conta correta a média (pelos dados que lá estão) fica em torno de 24°...ainda assim consta lá um recorde de 8° de menor mínima. Fui procurar no INAM (Instituto Nacional de Meteorologia de Moçambique) pra confirmar mas não tem nenhuma informação de histórico de temperaturas, pelo visto eles se preocupam é com as chuvas...ainda assim não faz sentido comparar uma cidade ao nível do mar com outra a mais de 800 m de altitude.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Deve tá uma delicinha:

 

image.png.23b4dbf69423b6e7628e82edf8a15909.png

 

 

Já não bastam as médias serem elevadas no verão do Kuwait, ainda está mais quente que o já infernal normal deles:

 

image.png.d26c47a6ae48da66136d616430890b44.png

 

 

 

 

Nos EUA, o verão do Vale da Morte ainda parece ganhar no geral, em termos de extremos (as médias tb são em torno de 2 °C acima de Kuwait).

Há alguns dias, bateu 53 °C por lá, mas notem a persistência de dias naquele patamar:

 

image.png.f358979d37d1ac5591a652c88bc8f627.png

 

 

Edited by Eclipse
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
58 minutos atrás, Eclipse disse:

Deve tá uma delicinha:

 

image.png.23b4dbf69423b6e7628e82edf8a15909.png

 

 

Já não bastam as médias serem elevadas no verão do Kuwait, ainda está mais quente que o já infernal normal deles:

 

image.png.d26c47a6ae48da66136d616430890b44.png

 

 

 

 

Nos EUA, o verão do Vale da Morte ainda parece ganhar no geral, em termos de extremos (as médias tb são em torno de 2 °C acima de Kuwait).

Há alguns dias, bateu 53 °C por lá, mas notem a persistência de dias naquele patamar:

 

image.png.f358979d37d1ac5591a652c88bc8f627.png

 

 

a mínima de 38ºC 😰

  • Thanks 1
  • Sad 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só por curiosidade, alguém já pegou uma temperatura de quase 40 graus de madrugada? Deve ser bizarra a sensação de abafamento, já peguei 32 por volta de meia noite em Lisboa e parecia que estava dentro de um forno...

  • Like 5
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
2 horas atrás, Luís Podestá disse:

Só por curiosidade, alguém já pegou uma temperatura de quase 40 graus de madrugada? Deve ser bizarra a sensação de abafamento, já peguei 32 por volta de meia noite em Lisboa e parecia que estava dentro de um forno...

Nunca peguei mas suponho ser extremamente desagradável, mais do que frio extremo.

A propósito, dando aquela olha nas previsões para o Oriente Médio e vendo os 20º das madrugadas cariocas, dá até um alívio:

- Bagdá máxima prevista de 49º na quinta-feira, podendo passar de 50º no sábado;

- Ryad com máxima prevista de 44º para amanhã;

 

Medo só de imaginar...

Edited by fsorf9rj
  • Like 4
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Luís Podestá disse:

Só por curiosidade, alguém já pegou uma temperatura de quase 40 graus de madrugada? Deve ser bizarra a sensação de abafamento, já peguei 32 por volta de meia noite em Lisboa e parecia que estava dentro de um forno...

Eu estive na Tailândia ano possado e na capital, Bangkok, as mínimas giraram em torno de 28°C no período que estive lá, a sensação já era horrível pq o ar é extremamente úmido, só sobrevive com ar condicionado. Mas não consigo nem imaginar o que é uma mínima de quase 40°C.

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dados do Aeroporto Internacional de Doha de Julho até aqui. pra exemplificar:

Temp. Máxima registrada: 48,5º

Temp. Mínima registrada: 30,3º

 

Com aquele detalhe: três dias com temperatura mínima acima dos 35º (04, 05 e 06/07).

 

Fonte: infoclimat

  • Like 4
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Yakutsk - Rússia vai chegando ao fim do seu brevíssimo verão, único período agradável do ano (o resto é só frio extremo e muita secura). Inclusive, os próximos 2 dias terão tardes quentes na região:

 

1042369329_Semttulo.png.a2ab2768f669c3a4cf7d0a457d3849e0.png

 

 

Como lá a diferença entre o mês mais frio e o mês mais quente é gigantesca, a queda de temperatura é irreversível e quase uma constante aos longo das semanas até chegar o auge do inverno. Ou seja, nos próximos meses, é quase uma certeza que a semana seguinte será mais fria do que a atual. Sinceramente, todo ano eu entraria em desespero ao ver o precipício térmico que me aguardava:

 

1397863651_Semttulo.png.8c32d9ea6f2441c7dfa6a3e1a24b90f7.png

 

Deve ser terrível ter a certeza de que os próximos vários meses serão altamente inóspitos, tanto pelo frio absurdo quanto pela falta de umidade. E, tão ruim quanto, é lembrar que o "verão" seguinte também será muito curto...

 

 

  • Like 6
  • Haha 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 21/07/2020 em 11:23, Luís Podestá disse:

Só por curiosidade, alguém já pegou uma temperatura de quase 40 graus de madrugada? Deve ser bizarra a sensação de abafamento, já peguei 32 por volta de meia noite em Lisboa e parecia que estava dentro de um forno...

 

Eu já peguei mínima de 31 só com ventilador e parecia bafo do capiroto soprando na minha cara.

Eu até prefiro máximas acimas dos 40º que mínimas acima dos 30º.

  • Like 2
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 24/07/2020 em 01:31, LeoP disse:

Yakutsk - Rússia vai chegando ao fim do seu brevíssimo verão, único período agradável do ano (o resto é só frio extremo e muita secura). Inclusive, os próximos 2 dias terão tardes quentes na região:

 

1042369329_Semttulo.png.a2ab2768f669c3a4cf7d0a457d3849e0.png

 

 

Como lá a diferença entre o mês mais frio e o mês mais quente é gigantesca, a queda de temperatura é irreversível e quase uma constante aos longo das semanas até chegar o auge do inverno. Ou seja, nos próximos meses, é quase uma certeza que a semana seguinte será mais fria do que a atual. Sinceramente, todo ano eu entraria em desespero ao ver o precipício térmico que me aguardava:

 

1397863651_Semttulo.png.8c32d9ea6f2441c7dfa6a3e1a24b90f7.png

 

Deve ser terrível ter a certeza de que os próximos vários meses serão altamente inóspitos, tanto pelo frio absurdo quanto pela falta de umidade. E, tão ruim quanto, é lembrar que o "verão" seguinte também será muito curto...

 

 

Desespero eu fico aqui com esse clima brasileiro, Yakutsk, lindo lugar, lindo clima!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 24/07/2020 em 01:31, LeoP disse:

Yakutsk - Rússia vai chegando ao fim do seu brevíssimo verão, único período agradável do ano (o resto é só frio extremo e muita secura). Inclusive, os próximos 2 dias terão tardes quentes na região:

 

1042369329_Semttulo.png.a2ab2768f669c3a4cf7d0a457d3849e0.png

 

 

Como lá a diferença entre o mês mais frio e o mês mais quente é gigantesca, a queda de temperatura é irreversível e quase uma constante aos longo das semanas até chegar o auge do inverno. Ou seja, nos próximos meses, é quase uma certeza que a semana seguinte será mais fria do que a atual. Sinceramente, todo ano eu entraria em desespero ao ver o precipício térmico que me aguardava:

 

1397863651_Semttulo.png.8c32d9ea6f2441c7dfa6a3e1a24b90f7.png

 

Deve ser terrível ter a certeza de que os próximos vários meses serão altamente inóspitos, tanto pelo frio absurdo quanto pela falta de umidade. E, tão ruim quanto, é lembrar que o "verão" seguinte também será muito curto...

 

 

Impressionante os meses de outubro, novembro e março, a diferença gritante entre a primeira e a ultima semana do mês

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dias infernais sem fim em Luxor - Egito pela frente. Particularmente amanhã, essa cidade terá variação de 33/47ºC com umidade MÁXIMA de 30%:

 

379410607_Semttulo.thumb.png.119fdd4e94cb952f6794f8ed63318f35.png

 

Fico pensando como o Rio Nilo sobrevive a isso.

  • Like 2
  • Sad 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 28/07/2020 em 09:32, Luís Podestá disse:

Iraque fervendo, praticamente país todo acima de 40 graus

iraque.jpg

Acho muito curioso como devem viver essas populações no Oriente Médio com um calor desse. Países com pouca infraestrutura como o Iraque enfrentando temperaturas de 50º. Eles estão acostumados, claro, isso é comum. Mas deve ser muito complicado. E fica ainda mais curioso quando paramos pra pensar que no inverno pode até nevar nessas regiões. E não é algo lá tão raro. Amplitude térmica imensa ao longo do ano e um conforto térmico horrível na maior parte do tempo.

Eu reclamo do calor do Rio mas quando vejo Bagdá e Riad batendo 50º graus, com mês de Julho sem descer sequer dos 30º, nem de madrugada, acho que os nossos 40º ficam até frios rsrs

  • Like 3
  • Sad 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Calor em Bagdá: capital do Iraque, registrou um recorde de 51,8°C

Bagdá, capital do Iraque, registrou um máximo de 51,8°C nos últimos dias de Julho. A grande questão, é que as temperaturas ficaram acima dos 50°C por vários dias e, no país, alguns locais tiveram mínimas em torno dos 45°C

 

https://www.tempo.com/noticias/actualidade/calor-em-bagda-capital-do-iraque-registrou-um-recorde-de-51-8-c.html

  • Like 2
  • Sad 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
2 horas atrás, Juzinho disse:

 

Calor em Bagdá: capital do Iraque, registrou um recorde de 51,8°C

Bagdá, capital do Iraque, registrou um máximo de 51,8°C nos últimos dias de Julho. A grande questão, é que as temperaturas ficaram acima dos 50°C por vários dias e, no país, alguns locais tiveram mínimas em torno dos 45°C

 

https://www.tempo.com/noticias/actualidade/calor-em-bagda-capital-do-iraque-registrou-um-recorde-de-51-8-c.html

Que horror esse calor que teve em Bagdá, para mim é um calor muito insuportável. Eu iria estar frito literalmente.

 

Se for a estação oficial, por pouco não houve um novo recorde mundial (o de maior temperatura registrada em uma capital de país)

Edited by Darley

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 15/07/2020 em 15:24, Renan disse:

 

Mas não achei justo comparar justamente num momento que temos MP atuando lá e bloqueio atuando na maior parte daqui, hehehe.

No mais, a questão que pesa para lá são justamente as altitudes, mas se for comparar apenas latitude acho que conseguimos superar na média do ano (inverno não sei mesmo). O verão no sul da África é bem sofrível. 

Não existe clima melhor vs clima pior; existem pessoas que preferem calor ou frio durante boa parte do ano e outras que gostam de variações extremas. O período frio brasileiro é mais extremado do que o sul africano, além disso as médias térmicas entre abril e agosto são menores aqui do que lá nas mesmas latitudes. Porém, pelo que se percebe, as massas polares naquela parte da África são mais frequentes, embora dificilmente ocorra ondas de frio extremas como já ocorreram na América do Sul. 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

 

Edited by Felipe F
  • Thanks 2
  • Sad 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
Em 17/08/2020 em 21:43, luizfbonfim disse:

 

 

Na verdade igualou o recorde de 2018. 

Essa temperatura registrada no Japão esta semana (e também naquela onda de calor de julho de 2018) é como se fosse 44 graus no Brasil. 

 

No Japão raramente as temperaturas ultrapassam os 40 graus, só nas ondas extremas de calor(como essa de agora e a de julho de 2018) que acontecem isso. 

Edited by Darley

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
9 horas atrás, Darley disse:

 

Na verdade igualou o recorde de 2018. 

Essa temperatura registrada no Japão esta semana (e também naquela onda de calor de julho de 2018) é como se fosse 44 graus no Brasil. 

 

No Japão raramente as temperaturas ultrapassam os 40 graus, só nas ondas extremas de calor(como essa de agora e a de julho de 2018) que acontecem isso. 

 

Não é mais raro a temperatura superar os 40ºc no Japão.  Até o final do século XX tinha ocorrido poucas vezes, e o recorde nacional era de 40,8ºc na cidade de Yamagata (ilha de Honshu) em 25 de julho de 1933 (esta cidade desde então nunca mais alcançou os 40ºc).

 

Em agosto de 2007, o recorde nacional foi quebrado por apenas um décimo, quando fez 40,9ºc em Tajimi e Kumagaya (ilha de Honshu).

 

Em agosto de 2013, o recorde voltou a ser quebrado (e novamente por um décimo), com 41ºc em Ekawasaki (na ilha de Shikoku).

 

Finalmente, em julho de 2018, a cidade de Kumagaya (a mesma de 2007) voltou a quebrar o recorde absoluto nacional (e mais uma vez por um décimo!!), com 41,1ºc (a Coréia do Sul também registrou um novo recorde absoluto neste evento, com 41ºc em Hongcheon).  Em agosto de 2020, o recorde japonês de 2018 foi igualado na cidade de Hamamatsu (Honshu).

 

Em maio de 2019, num evento surpreendente de calor (totalmente fora da época mais favorável), a ilha de Hokkaido (a mais fria do Japão) registrou um novo recorde de calor, com 39,5ºc em Saroma (também se tornou o recorde de maio para  todo o Japão, que até então era de 37,2ºc em 1993 na região de Saitama, em Honshu).

 

Chama a atenção que a quebra do recorde de calor do Japão sempre foi por um décimo, desde 1933.  É importante dizer ainda que estou falando apenas dos recordes, pois máximas na casa dos 40ºc também ocorreram isoladamente no Japão em 2001 e 2004, por exemplo (e certamente em outras ocasiões que ignoro), mas sem alcançar o então bem antigo recorde nacional, que só caiu em 2007.
 

Edited by Wallace Rezende
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Enchentes históricas em Chongqing, devido ao recorde de vazão na represa das três Gargantas.

 

 

 

  • Like 2
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hoje fui correr e achei a estação da Florida State University que olho os dados.

 

6343dc9d-9cbb-4de7-8804-c638d3dcf59d.thumb.jpg.f7022dbb316edf1033cbc4b3fb70f50c.jpg40d39782-d6d3-4094-96f7-c522da73b4f4.thumb.jpg.9d51f1c9e09c95f1dabf2bb9e1d7c03a.jpg

 

O tempo já está começando a mudar aqui em Tallahassee.

 

09/20 21.9 C ~ 18.0 C

09/21 25.0 C ~ 18.1 C

09/22 26.8 C ~ 17.2 C

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Matheus Vinicius disse:

Rússia congelando, perfeito.

image.thumb.png.a123e8ffb389df6c84b949ec9beff70d.png



Época boa para os amantes do frio começar a monitorar os países do hemisfério norte. 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 06/10/2020 em 17:20, Matheus Vinicius disse:

Rússia congelando, perfeito.

image.thumb.png.a123e8ffb389df6c84b949ec9beff70d.png

Praticamante todo o Quirguistão está abaixo de zero. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.