Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
André Luiz DS

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Janeiro/2020

Recommended Posts

9 horas atrás, Guto Cesar disse:

Campo Mourão/PR

Total do dia: 146.6 mm

E continua chovendo...

Choveu .... +1,4 mm

9 horas atrás, Guto Cesar disse:

Aqui, vai chover em instantes.

Choveu, por instantes...

  • Like 1
  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
44 minutos atrás, Lucas Venturini disse:

Deixa de ser chato Mateus. Mas ainda reconsidero as bobagens que tu diz por ter apenas 16 anos.

O Brasil está com mais de 70% do território sobre clima tropical e quente, e quem nasceu e viveu a vida toda sobre ele acha sim temperaturas máximas abaixo de 30° friozinho.

É como temperaturas abaixo dos 5° aqui pra nós...

Cara, isso é no mínimo fresco (Pros padrões de máxima de Fortaleza, claro), não frio.

Edited by Matheus Vinicius

Share this post


Link to post
Share on other sites

Núcleo extremamente severo ao sul de Pelotas (17h30):

950565791_2020-01-0723_45_41.png.ccea29f70b2b2be4274ecc9400584d02.png

23h30 a célula, embora menor, permanece na área:

Screenshot_2020-01-07-23-33-32-1-1-1.png.f904a6e8b94f17cd341605a84b0155f6.png

 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
48 minutos atrás, Carlos Campos disse:

Espetacular esse vídeo... Eu precisava de uma pancada dessa aki na vila...

Não sobrava vila

  • Haha 8

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Lucas Venturini disse:

e quem nasceu e viveu a vida toda sobre ele acha sim temperaturas máximas abaixo de 30° friozinho.

É como temperaturas abaixo dos 5° aqui pra nós...


Exato. Frio é relativo. Uma tarde de 27ºC~28ºC é amena para os padrões de Fortaleza, ainda mais nessa época do ano, em que essa temperatura é comumente registrada já em plena madrugada.

 

C4F42C41-AAF8-49B8-BCF2-DB65AE752774.jpeg.e64803e922b8dc1bfabd6fb42edd24d8.jpeg

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 horas atrás, Victor Naia disse:

 

IMG-20200107-WA0018.jpg

 

É bom ver que o aniversário deste evento de janeiro de 2000 não passou em branco por aqui.  Foi com certeza um dos (ou talvez até o evento de chuva volumosa) mais significativo dos últimos 50 anos no Sudeste do Brasil, uma ZCAS “ultra raiz” alimentada por um ramo fontal que despejou uma quantidade impressionante de água na Mantiqueira e arredores, e mesmo assim quase caiu no esquecimento já.

 

Nos primeiros dias do ano 2000, mas principalmente entre os dias 02 e 03/01, uma área muito extensa entre o Vale do Paraíba (SP e RJ) e o sul de Minas Gerais, com destaque para as encostas da Serra da Mantiqueira, recebeu volumes entre elevados e excepcionais de chuva quase que ao mesmo tempo, e toda esta água despejada de uma vez provocou enchentes com períodos de retorno na faixa dos 100 anos em vários locais (antes da expressão “chuva de 100 anos” se banalizar, hoje ela é utilizada até para chuvas de recorrência anual).  Passa Quatro registrou 322,6 mm em 24 horas, no que segue sendo o único registro INMET de mais de 300 mm/dia da história do estado do MG, mas uma área muito maior (englobando São Lourenço, Campos do Jordão, Pouso Alegre, Maria da Fé, Resende...) recebeu 150/200 mm em 24 horas no auge do evento e 300/400 mm nos primeiros 5 dias do ano (em Campos do Jordão foram praticamente 500 mm na primeira semana do ano, segundo o CPTEC).

 

Vários bairros de Campos do Jordão sofreram com deslizamentos (houve vítimas), e cidades como Pouso Alegre (Rio Sapucaí) e São Lourenço (Rio Verde) registram cheias que superaram qualquer outra na memória dos habitantes, e que desde então jamais foram aproximadas novamente.  Do "lado de cá" da Mantiqueira, o tão maltratado pelo homem Rio Paraíba do Sul, que passa boa parte do ano como um filete raso, transbordou em várias cidades também, na enchente mais generalizada da história recente na bacia.

 

 

  • Like 6
  • Thanks 1
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
4 hours ago, Lucas Venturini said:

Deixa de ser chato Mateus. Mas ainda reconsidero as bobagens que tu diz por ter apenas 16 anos.

O Brasil está com mais de 70% do território sobre clima tropical e quente, e quem nasceu e viveu a vida toda sobre ele acha sim temperaturas máximas abaixo de 30° friozinho.

É como temperaturas abaixo dos 5° aqui pra nós...

O cara é a princesa Elsa da família real de curitiba  🤣

edit: como eu o imagino

 frozen_PNG33.thumb.png.df755d0a5552f8c8b2b26267b6161508.png

Edited by Samihr Hermes
  • Like 1
  • Haha 8

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 hours ago, Pedro Victor P. said:

Deveremos ter uma tarde fria na sexta-feira, com máxima de 28ºC.

 

791FE868-1C12-425A-A88D-9C5FE8688541.thumb.jpeg.3ff56e2a0666a79bce335766b3a536a3.jpeg

 

A propósito, o INMET colocou as capitais Teresina, Fortaleza e Natal em alerta. Para Fortaleza, a Climatempo está prevendo 30 milímetros para quinta, 60 para sexta e mais 50 para sábado. Ou seja, segundo eles, teremos em três dias mais do que todo o volume médio para janeiro.

Essas chuvas estão sendo causadas por aquela zona de convergência intertropical?

  • Like 1
  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Samihr Hermes disse:

Essas chuvas estão sendo causadas por aquela zona de convergência intertropical?

Sim, a ZCIT é o principal fenômeno metereológico que ocasiona chuvas na costa norte do Nordeste, junto com o VCAN.

 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 horas atrás, Moretão disse:

 

 

A estação de Indaial está verdadeiramente quente neste Janeiro. Não sei o quão normal é estar assim. Estou calculando várias estações do nordeste este mês (Epagri e INMET), e das que estou calculando é a mais quente.  

 

 

também reparei isso. Espero que não seja falta de manutenção...

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Samihr Hermes disse:

Essas chuvas estão sendo causadas por aquela zona de convergência intertropical?


Sim, graças a Deus ela já está atuante. Agora é torcer pra ela conseguir adentrar bem no interior do estado. Ano passado a atuação dela ficou mais restrita ao litoral. 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia!

O aplicativo TEMPO 14 DIAS, dando um volume bem elevado de chuva para o Rio de Janeiro no dia 15/01, próxima quarta-feira: 56mm. No dia 16/01, dia da minha chegada por lá, a previsão é de somente 0,9mm (praticamente nem deve chover). Vamos ver se acerta.

Por aqui no RS, infelizmente, as chuvas continuam bem escassas, já preocupando muito os agricultores, principalmente no Sul do Estado.

Abraços a todos, com votos de um ótimo dia, com MUITA PAZ!

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Belo Horizonte é a primeira capital a superar os 200mm na década. Já choveu 244,5mm em apenas 8 dias do mês. Vale lembrar que a mesma foi também a primeira a superar os 100mm.

Qual vai ser a primeira capital a bater a média de janeiro? Está entre BH, Vitória, Fortaleza.

 

Qual será a primeira capital a bater os 300mm? Por enquanto BH é a mais próxima de atingir essa marca.

Edited by Darley
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 horas atrás, Wallace Rezende disse:

 

É bom ver que o aniversário deste evento de janeiro de 2000 não passou em branco por aqui.  Foi com certeza um dos (ou talvez até o evento de chuva volumosa) mais significativo dos últimos 50 anos no Sudeste do Brasil, uma ZCAS “ultra raiz” alimentada por um ramo fontal que despejou uma quantidade impressionante de água na Mantiqueira e arredores, e mesmo assim quase caiu no esquecimento já.

 

Nos primeiros dias do ano 2000, mas principalmente entre os dias 02 e 03/01, uma área muito extensa entre o Vale do Paraíba (SP e RJ) e o sul de Minas Gerais, com destaque para as encostas da Serra da Mantiqueira, recebeu volumes entre elevados e excepcionais de chuva quase que ao mesmo tempo, e toda esta água despejada de uma vez provocou enchentes com períodos de retorno na faixa dos 100 anos em vários locais (antes da expressão “chuva de 100 anos” se banalizar, hoje ela é utilizada até para chuvas de recorrência anual).  Passa Quatro registrou 322,6 mm em 24 horas, no que segue sendo o único registro INMET de mais de 300 mm/dia da história do estado do MG, mas uma área muito maior (englobando São Lourenço, Campos do Jordão, Pouso Alegre, Maria da Fé, Resende...) recebeu 150/200 mm em 24 horas no auge do evento e 300/400 mm nos primeiros 5 dias do ano (em Campos do Jordão foram praticamente 500 mm na primeira semana do ano, segundo o CPTEC).

 

Vários bairros de Campos do Jordão sofreram com deslizamentos (houve vítimas), e cidades como Pouso Alegre (Rio Sapucaí) e São Lourenço (Rio Verde) registram cheias que superaram qualquer outra na memória dos habitantes, e que desde então jamais foram aproximadas novamente.  Do "lado de cá" da Mantiqueira, o tão maltratado pelo homem Rio Paraíba do Sul, que passa boa parte do ano como um filete raso, transbordou em várias cidades também, na enchente mais generalizada da história recente na bacia.

 

 

 

Excelentes relatos. Vejo que foi um evento de ZCAS forte, porém este não pegou direito Juiz de Fora e a zona da mata mineira. Na estação convencional, nestes primeiros dias de Janeiro/00 o acumulado não somou além dos 71,4mm. Bastante sutil, nada demais. O maior evento de chuva daquele mês por aqui foi no dia 23/01, com 70,6mm. Destaco também a forte massa polar do final de Janeiro/00, com máximas sub-20 na estação convencional nos dias 27, 28 e 29, e uma mínima de 13,9C no dia 29. Foram dias de inverno no auge do verão.

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

ontem  a noite teve uma tempestade bastante forte aqui em leme, hoje já nesse horário está muito abafado e ouço trovoadas, acho que vem cedo hoje..

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

O boletim técnico do CPTEC ofereceu um destaque para a instabilidade na região hoje.

 

IMG_20200108_115349_041.thumb.jpg.2790a74f7de34024a9d3e8db39e829b2.jpg

 

No momento há muitos núcleos no centro sul do CE e no RN. Assim como na fronteira do PE-PI.

Aqui na PB por enquanto núcleos isolados no noroeste do estado.

Screenshot_20200108-115151.png.a2421a9479a8f374ef1ed2f08c1dd552.png

  • Like 9

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mais um temporal chegando a cidade de José Bonifácio-SP.

 

Minha estação fica neste ponto em vermelho.

 

INMET sem sorte. Está naquele ponto em azul.

 

Screenshot_20200108-131538.jpg.fa24a6650501903f7a36e4f1ee5b0718.jpg

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguns pekenos núcleos de precipitação moderada se formaram no final da manhã no leste do estado e um desses atingiu a minha área por volta das 11h30.

Choveu forte, porém uma chuva rápida q mal acumulou 3 mm.

E... assim vamos...

IMG_20200108_122217.jpg.077e2c1938e1b1dadaafef5bcf5e9080.jpg1578496462531.thumb.jpg.2edae4304fa99642048c9bfd586e7999.jpg

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Curitiba teve mínima de 20.6°.

Agora temos céu nublado e temperatura de 26.3°.

Deu uma garoa aqui na cidade, nada de chuva aparentemente...

E os próximos dias continuarão quentes, tanto nas máximas e mínimas.

está prevista uma queda de temperatura lá na semana que vem.

Uma coisa muito boa de Curitiba é que não temos um clima extremado, duvido que aqui um dia chegaria muito perto dos 40° pelo menos.

O calor aqui é até continuo no verão, mas não extremo, sempre o mesmo.

 

Screenshot_20200108-123016_1.jpg

Edited by Matheus Vinicius
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.