Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Fábio De Nittis

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Dezembro/2019

Recommended Posts

14 horas atrás, Carlos Campos disse:


⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️IMG_20191226_225902_087.jpg.d2cdf7076b7bcf018eb7cc1f240565c3.jpg


⬇️⬇️⬇️⬇️⬇️IMG_20191226_225944_058.jpg.ec3a8cd4cc0ff0ff0c9a89218340d84f.jpg


👇👇👇👇👍👍IMG_20191226_225924_363.jpg.254fe71806bc92a376bcac88674e071c.jpg

Carlos Campos,

aqui em casa já usamos muito essa espiral verde,

Agora coloco o vento do circulador por cima de mim, os bichinhos não aproximam, dá para dormir tranquilo.

Mas fecho as janelas de casa ás 17 horas e abro somente depois de 21 h 30.Eles vão passear em outras casas.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
13 horas atrás, Wallace Rezende disse:

Tem sim, acabei de olhar e vi uns registros absurdos: 86,44 mm em 10 minutos as 00:00 do dia 12/12, e 40,28 mm em 10 minutos as 23:40 do dia 10/12, com pouca ou nenhuma chuva antes e depois e sem chuva forte nas demais estações da área, realmente o o total real é muito menor.  Algum tipo de defeito ou um maluco jogou água na estação.

 

Tem outra estação CEMADEN à nordeste de BH que está ainda pior, registra 200/250 mm de uma vez só de vez em quando (Fazenda Picão Coqueiros/Morro do Pilar).  

Wallace Rezende,

não tinha visto os detalhes da estação do distrito industrial de Juiz de Fora, então medindo chuva que não aconteceu.

Quanto a estação da Fazenda Picão Coqueiros/Morro do Pilar, vi que estava desregulada desde outubro.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

o calor está mesmo top, de respeito, faz 36,9 agora e tem uma estação aqui em Canoas indicando 39,5 mas não dá p considerar muito.

 

Me preocupa um pouco é a chuva, não está sendo previstos grandes acumulados, o deficit hídrico já está preocupante.

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa tarde a todos!

Centro Histórico de Porto Alegre, no momento, com 36°c de temperatura e índice UV extremo. A METSUL, há pouco, lançou outro alerta pelo forte e prolongado calor que teremos pela frente, podendo atingir marcas históricas. Vamos aguardar, para ver se superará a fortíssima onda de calor de 2014, a qual marcou muito todos os gaúchos na época.

Dia mais extremo, segundo o aplicativo TEMPO 14 DIAS, será o último do ano, 31/12, podendo atingir em torno de 39°c  ou 40°c, de repente até passando disso, na capital gaúcha.

Aproveito a oportunidade, para desejar a todos um FELIZ 2020, com muita  SAÚDE e PROSPERIDADE! Sigamos em frente!

PAZ E BEM SEMPRE!

  • Like 6
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
31 minutos atrás, LeoP disse:

 

Acho difícil fazer esse tipo de correlação, pois não vejo muita consistência nos dados. De fato, de 2014 pra cá, estamos registrando valores abaixo da média de forma geral mas, da mesma forma, anos recentes estão entre os mais chuvosos do histórico das medições aqui na RMBH (embora não saiba se isso se aplica às outras regiões):

 

Anos mais chuvosos na capital

1983: 2305mm

2009: 2147mm

2008: 2024mm

2011: 2022mm

2004: 1931mm

 

Me lembro que, entre 2008 e 2011, ocorria o oposto do relatado por vc, as chuvas eram acima da média em quase todos os meses e geralmente superavam as previsões. Até mesmo meses muito chuvosos como dezembro e janeiro tinham suas médias atingidas com facilidade e não raro a média era dobrada ou triplicada, como outubro de 2011. 

Outro dado interessante é a década de 2000, que teve média anual 250mm acima do período 1960-1980. Acho que não dá pra culpar urbanização, pois o local da estação já é urbanizado há muito tempo.

(posto os dados da chuva na capital de forma mais completa no tópico certo.)

 

Na minha opinião, o problema maior é o histórico pequeno, que nos permite fazer colocações limitadas e muitas vezes pouco conclusivas sobre as variáveis climáticas. Ainda acho que vamos ter boas surpresas, afinal o histórico mostra mudanças de padrão muito rápidas na nossa região. Afinal, apesar de haver tendências claras, nossa temporada chuvosa é bem volátil e dinâmica, com pulsos "secos" e úmidos (que podem fazer meses como dezembro terminar com 100 ou 700mm, dependendo do ano).

 

Eu agora fiquei curioso. Sabe dizer como foi a década de 30 e a década de 50 aí na região? No Sudeste num geral também serve.

 

Por aqui essa década atual está semelhante a essas duas. Elas foram secas, com poucos anos na média ou acima, sobretudo na década de 50. 

Na década de 30 só 1934 e 1935 se salvam, na de 50 só 1956 e 1957, e nessa atual só 2011 e talvez 2018 ou esse ano (mas nesse caso depende da área).

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, LucasFSopranos disse:

É o primeiro caso de menopausa em um homem e adolescente com 16 anos. É importantíssimo q mandem um médico de Harvard para estudar esse caso único e raro no mundo.

Mas vai falar que 25 não é quente?

O sol já me incomodou até quando estava 8 GRAUS, uma vez.

Sol incomoda independente da temperatura.

E 25 com sol é de doer

Além de que pra cá indica 13 de UV

Deu até para sentir um pouco de calor na tarde do dia da onde de frio de 7 de julho.

11 graus e totalmente ensolarado na hora.

Edited by Matheus Vinicius
  • Like 1
  • Haha 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isso é que é quente!😂

 

20191227_145525.thumb.jpg.e49c8dbedb4b3fc6241f38be1f970c92.jpg

 

Sensação já bateu 42°C

  • Like 2
  • Haha 1
  • Sad 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ontem esquentou legal aqui na cidade. Máxima de 30.8 em Varginha, após mínima de 17.4 graus. Hoje 18 às 7 da manhã e já alcançamos os 30. Mormaço presente, no entanto, bem normal para o mês; ao menos as noites seguem o padrão para nós aqui na região (900/1000/1100 m) no sul de minas. O padrão aqui é temperaturas bem frescas desde umas 20 às 22 horas. Nos dias bem mais quentes (tipo 19.5/20 ~ 32/33), refresca perto da meia noite mesmo. Próximos dias será de calor moderado, mínimas entre 17 e 18 na cidade e máximas entre 29 a 31. Na roça facilmente é 1.5, 2 graus mais fresco na mínima e na máxima.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 horas atrás, Carlos Campos disse:

Relembrando... Porto Alegre na tarde de 26/12/2013 ⬇️

IMG_20191226_224832_586.jpg.c283ed728be430e169de6b3e777ca75b.jpg

fez 41 em canoas esse dia, dia 27 tb

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 minutos atrás, Matheus Vinicius disse:

Mas vai falar que 25 não é quente?

O sol já me incomodou até quando estava 8 GRAUS, uma vez.

Sol incomoda independente da temperatura.

E 25 com sol é de doer

Além de que pra cá indica 13 de UV

Deu até para sentir um pouco de calor na tarde do dia da onde de frio de 7 de julho.

11 graus e totalmente ensolarado na hora.

É realmente preocupante. Quais são os outros sintomas além do calor excessivo com 25 graus, 11 graus e 8 graus? Menopausa precoce não é comum entre homens e mesmo entre mulheres não é comum.

Vou enviar um e-mail direcionando seu relato para algum médico especialista.

  • Like 2
  • Haha 10

Share this post


Link to post
Share on other sites
31 minutos atrás, João Tur POA disse:

Boa tarde a todos!

Centro Histórico de Porto Alegre, no momento, com 36°c de temperatura e índice UV extremo. A METSUL, há pouco, lançou outro alerta pelo forte e prolongado calor que teremos pela frente, podendo atingir marcas históricas. Vamos aguardar, para ver se superará a fortíssima onda de calor de 2014, a qual marcou muito todos os gaúchos na época.

Dia mais extremo, segundo o aplicativo TEMPO 14 DIAS, será o último do ano, 31/12, podendo atingir em torno de 39°c  ou 40°c, de repente até passando disso, na capital gaúcha.

Aproveito a oportunidade, para desejar a todos um FELIZ 2020, com muita  SAÚDE e PROSPERIDADE! Sigamos em frente!

PAZ E BEM SEMPRE!

Tenho um amigo português de Évora com família em Portoalegre (alentejo - que passa dos 40C no verão fácil) que está namorando uma guria de Santa Cruz do Sul com família em Novo Hamburgo e POA. É a primeira vez dele na região. Vai passar um calor dos infernos. Risos. Já avisei o "Manel" que ele não sentirá falta dos 42/43 C com tempo seco do Alentejo numa Porto Alegre com 40 C e umidade rsrsrs. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pinheiro Machado - Serra do Veleda: 34,2°C. Hoje se tivesse Passo dos Pires acho que bateria uns 37/38°C.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, LucasFSopranos disse:

É realmente preocupante. Quais são os outros sintomas além do calor excessivo com 25 graus, 11 graus e 8 graus? Menopausa precoce não é comum entre homens e mesmo entre mulheres não é comum.

Vou enviar um e-mail direcionando seu relato para algum médico especialista.

Com 8 e 11 graus não era calor excessivo, não chegava a ser calor, mas sim desconforto pelo sol.

E 25 graus já é quente de qualquer forma.

 

  • Confused 8

Share this post


Link to post
Share on other sites
49 minutos atrás, CloudCb disse:

 

Eu agora fiquei curioso. Sabe dizer como foi a década de 30 e a década de 50 aí na região? No Sudeste num geral também serve.

 

Por aqui essa década atual está semelhante a essas duas. Elas foram secas, com poucos anos na média ou acima, sobretudo na década de 50. 

Na década de 30 só 1934 e 1935 se salvam, na de 50 só 1956 e 1957, e nessa atual só 2011 e talvez 2018 ou esse ano (mas nesse caso depende da área).

CloudCb,

aqui na minha região que fica a Sudeste de BH, no paralelo 21º divisa com Zona da Mata de Minas, a década de 1950 foi de chuvas abaixo do normal, com vários janeiros de pouca chuva. Na década de 30, choveu na média ou um pouco acima em 1931, 1932, 1933, 1938, 1939.Nessa décadas de 30 e 50 não teve nenhuma enchente no rio Muriaé.

Na década de 1920(enchente 1924 e 1926) foi de chuvas bem acima da média, na de 60(enchente 1961, 1965 e 1966) alguns anos acima da média.

No ano de 1924 a estação pluviométrica da Companhia Leopoldina de Estradas de Ferro mediu 2.795,0 mm em Muriaé-MG, cidade fica a menos de 20 km da divisa com o Rio de Janeiro(só em dezembro caiu 782 mm).

  • Like 4
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

URGENTE......

 

ESTAÇÃO AUTOMÁTICA DO INMET EM PORTO ALEGRE, CHEGOU AOS 38,9ºC.

 

COM ISSO TEMOS UMA NOVA MÁXIMA ABSOLUTA EM 2019, DERRUBANDO OS 38,5ºC DE JANEIRO!!!

 

A TEMPERATURA AINDA PODE SUBIR MAIS. O RECORDE DA ESTAÇÃO AUTOMÁTICA PARA DEZEMBRO É 39,0ºC E NA CONVENCIONAL É 39,8ºC.

 

001.png.0f9561f683a6676f8fc90900db64ef3d.png

  • Like 6
  • Thanks 3
  • Sad 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
54 minutos atrás, Maicon disse:

Isso é que é quente!😂

 

20191227_145525.thumb.jpg.e49c8dbedb4b3fc6241f38be1f970c92.jpg

 

Sensação já bateu 42°C

Interessante que mesmo José Bonifácio sendo bem continental, a umidade continua alta, aqui eu nunca vi 34° com umidade acima dos 50%

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vi aqui uma previsão pros próximos dias em Porto alegre com máxima de 40 e mínima de 26.

Rapaz, isso no sul do Brasil...

Absurdo mesmo.

Clima iraniano e lembra o Arizona.

  • Confused 5
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutos atrás, Matheus Vinicius disse:

Vi aqui uma previsão pros próximos dias em Porto alegre com máxima de 40 e mínima de 26.

Rapaz, isso no sul do Brasil...

Absurdo mesmo.

Clima iraniano e lembra o Arizona.

 

Rapaz... pensei que no sul do Brasil fazia frio o ano inteiro!

 

Absurdo essa tal de sazonalidade.

  • Like 2
  • Haha 9

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, Tomás WRuas disse:

 

Rapaz... pensei que no sul do Brasil fazia frio o ano inteiro!

 

Absurdo essa tal de sazonalidade.

Óbvio que não faz.

Mas 40/26? Isso é demais.

Se cumprir isso, claro.

Curitiba que mal passa dos 31 já tem um verão do inferno, imagina um clima assim.

  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
42 minutos atrás, marinhonani disse:

CloudCb,

aqui na minha região que fica a Sudeste de BH, no paralelo 21º divisa com Zona da Mata de Minas, a década de 1950 foi de chuvas abaixo do normal, com vários janeiros de pouca chuva. Na década de 30, choveu na média ou um pouco acima em 1931, 1932, 1933, 1938, 1939.Nessa décadas de 30 e 50 não teve nenhuma enchente no rio Muriaé.

Na década de 1920(enchente 1924 e 1926) foi de chuvas bem acima da média, na de 60(enchente 1961, 1965 e 1966) alguns anos acima da média.

No ano de 1924 a estação pluviométrica da Companhia Leopoldina de Estradas de Ferro mediu 2.795,0 mm em Muriaé-MG, cidade fica a menos de 20 km da divisa com o Rio de Janeiro(só em dezembro caiu 782 mm).

 

 

Impressionante esse valor em Muriaé.

 

A década de 20 foi muito chuvosa aqui na região (PB, RN), o pico foram esses anos também, 1924 a 1926 (mesmo com dois El Nino). Mas houve uma seca que teve início em 1927 e terminou em 1933 (foi interrompida em 1929). E na década de 50 houve a seca que teve início em 1951 (ano de La Nina) e perdurou até 1954, assim como a que ocorreu em 1958 e durou até 1960 (interrompida em março, onde teve locais com 700/800 mm naquele mês).

 

 

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, CloudCb disse:

 

Eu agora fiquei curioso. Sabe dizer como foi a década de 30 e a década de 50 aí na região? No Sudeste num geral também serve.

 

Por aqui essa década atual está semelhante a essas duas. Elas foram secas, com poucos anos na média ou acima, sobretudo na década de 50. 

Na década de 30 só 1934 e 1935 se salvam, na de 50 só 1956 e 1957, e nessa atual só 2011 e talvez 2018 ou esse ano (mas nesse caso depende da área).


A década de 90 também foi bem seca aqui no CE: 1990, 1991, 1992, 1993, 1997 e 1998 foram anos de pouca chuva, principalmente 1993 e 1998.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não sei, eu devo ter algum problema, pois 30 / 31 graus para mim, com sol, NÃO FAZ NEM CÓCEGAS. Não me sinto nem um pouco desconfortável com esse calor, que para mim é de intensidade apenas moderada. Seja ele no inverno ou no verão, com muita umidade.

 

Ou o problema é com o Mat ?

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

CALOR HISTÓRICO NO RIO GRANDE DO SUL!

E TEM MAIS 4 DIAS DE ONDA DE CALOR COM TENDÊNCIA A ESQUENTAR!

 

MÁXIMAS ATÉ AS 15h NA REDE INMET:

  • 39,9° Teutônia
  • 39,7° Campo Bom
  • 39,2° Rio Pardo
  • 39,0° São Gabriel
  • 38,9° Porto Alegre
  • 38,7° Alegrete
  • 38,6° Dom Pedrito
  • 38,2° São Luiz Gonzaga
  • 37,9° Bagé
  • 37,8° Livramento
  • 37,5° Ibirubá
  • 37,4° Santa Maria
  • 37,0° Serafina Corrêa
  • 36,9° Encruzilhada do Sul
  • 36,9° Cruz Alta
  • 36,8° Tupanciretã
  • 36,4° Caçapava do Sul
  • 35,7° Soledade
  • 35,6° Canguçu
  • Like 7
  • Thanks 1
  • Sad 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

A automática de São Joaquim bateu 29,5° hoje. É o novo recorde pra dezembro, ganhando de 2013 (29,0°). O recorde absoluto segue com fevereiro de 2014, com 29,9°, mas pode ser batido nos próximos dias. A convencional tem 32,0° em novembro de 1985 como recorde absoluto.

  • Like 8

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.