Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Augusto Goelzer

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Agosto/2019

Recommended Posts

Máximas no PR hoje, aqui 31,6°, e um clima muito louco, ontem o dia inteiro foi ameno, hoje pela manhã foi frio, mas logo no amanhecer a temperatura subiu freneticamente, amanhã continuará quente, e na terça já fica ameno novamente

Capture+_2019-08-11-21-46-36-1.png

  • Like 4
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Variação bizarra de 2.9/28.3 hoje em Maravilha/SC. Agosto/2019 em algumas estações da região até agora:

 

2113139148_regio.thumb.png.1efc4baac6b86f7fec922d6ec1fba9b5.png

 

Mês do cachorro louco. Acontece de tudo um pouco e num pequeno espaço de tempo. Essa dinâmica clássica de agosto vai continuar:

 

gggg.thumb.png.c2e0dd91af95a640e89213c16cdc522b.png

 

Edited by jean10lj
  • Like 7
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Renan disse:

Resumo da ópera, dessa nossa "viagem imaginária climática": Prefiro do jeito que é mesmo. Não acho ruim o clima brasileiro ! Além disso, esse fórum só existe justamente por causa da nossa emoção em nos depararmos com os fenômenos do tempo frio que, se fosse tão comuns assim, nem haveria sentido em enaltecer eles através de um monitoramento empolgante pela internet. 

 

@Carlos Campos, não tem ideia da minha empolgação em ver a geada esse ano aqui no município de JF. Para você, não passa de algo corriqueiro e não muito empolgante. Se eu tivesse meus extremos de -09C / 33C, com certeza não seria mais empolgado ou menos empolgado do que na minha realidade real, hehehe. Seria apenas diferente. Então: Agradeço o meu clima CwB 😀😃

É verdade, falamos isso pq esse não é o nosso normal, se fosse seríamos como os europeus que amam a primavera-verão e repudiam o período frio do ano. Nesse universo paralelo talvez não existisse o "Brasil abaixo de zero" e sim um fórum chamado "Brasil acima de quarenta" hahaha

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
4 horas atrás, Wagner97 disse:

Apesar de ser um amante do frio, eu gosto das estações bem demarcadas, e gosto de verão com cara de verão, então acho que gostaria de viver na região de PM.

O verão do sudeste gaúcho (digamos, acima dos 300 metros de altitude) seria bem do meu gosto também.  Eu costumava considerar o verão de Teresópolis (onde vivi até os cinco anos só) ideal, com seus dias quentes sob o sol (mas suportáveis na sombra, e super amenos durante as ZCAS) e noites geralmente amenas ou até com um ligeiro frio, mas nos últimos tempos com o aquecimento e uma tendência (espero que temporária) de ZCAS cada vez mais fracas e desorganizadas (o último janeiro fresco foi em 2013, embora 2016 tenha sido razoável também apesar dum pico de calor noturno), esta minha convicção vem diminuindo.  Ainda que haja uma variação natural e cíclica da intensidade das ZCAS, sou pessimista no longo prazo pois o desmatamento na Amazônia provavelmente vai ter um impacto bem negativo na frequência e intensidade destes eventos, acredito até que os impactos já começaram na verdade, com o aumento da frequência dos verões secos na maioria das bacias hidrográficas do Brasil central.

 

Claro que o verão em Teresópolis ainda é mil vezes mais agradável que aqui na costa (onde o abafamento reina), mas nos últimos anos anos, principalmente de 2014 para cá, os recordes de calor tem sido quebrados toda hora em Teresópolis; em outubro 2014 o recorde absoluto foi superado por 1,5ºc, e em 10/2015 o recorde antigo teria sido superado em 1ºc se não fosse 2014.  No verão, janeiro de 2015 igualou o mês mais quente já registrado, mas agora veio janeiro de 2019 e quebrou este recorde se tornando o mês mais quente já registrado, com média máxima de acintosos 31,4ºc no centro onde as mínimas só ficaram alguns décimos abaixo dos 20ºc, e como se isso não bastasse fevereiro quebrou o recorde mensal de máxima absoluta e abril/maio/junho foram super quentes.  As noites abafadas, ainda que não no nível do litoral, também vem aumentando em Teresópolis; em 2016 houve uma mínima de 23ºc, e até a automática que fica num parque não baixou de 22ºc em duas noites..  A zona rural de Teresópolis ainda tem verões mais agradáveis, mas na cidade o verão já não é "isso tudo" não.  Ainda não chegaria ao ponto de ter ar condicionado em casa se morasse por lá, mas certamente teria ventilador, item que antigamente quase não se via.  Grande parte do aquecimento histórico de Teresópolis (ao longo do século XX) foi causado pela urbanização, mas o aquecimento mais acentuado deste século foi praticamente todo causado por mudanças na dinâmica atmosférica.

 

Edited by Wallace Rezende
  • Like 5
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, klinsmannrdesouza disse:

Nesse caso a vegetação do Sul do Brasil seria uma floresta temperada como no centro-norte dos Estados Unidos e na Europa Ocidental, a neve pintaria de branco com acumulação nas serras sulinas e na Mantiqueira, no restante, incluindo partes dos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais, todo ano ocorreria neve em pequena quantidade e chuva congelada.

As capitais Campo Grande e São Paulo teriam mínimas absolutas entre -2/-3 C, teríamos extensos cultivos de pera, maçã e trigo nos estados do RS, SC, PR e culturas de uva, azeitona e pêssego em SP, MS, MG e até no RJ. As frentes frias chegariam até Fortaleza, o cerrado se entenderia até Manaus e as araucarias até o sul de Goiás. O único problema é que teríamos muitos tornados, pois o choque térmico entre o ar quente do Chaco com as massas polares seria muito maior, então teríamos que ter sistemas de alerta.

Pela questão geográfica, acredito que essa hipotética vegetação do sul do Brasil seria similar a que se encontra no sul do Chile, região de Bariloche, que eu particularmente acho um espetáculo de bonita!

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Previsões, em relação às chuvas, desanimam bastante para os próximo 10/15 dias no estado de SP.

Praticamente nada de chuva. Apenas o litoral terá alguma coisa, devido à infiltração marítima decorrente das passagens dos sistemas frontais.

 

Após 3 anos seguidos, 2019 não haverá um outro Agostop por aqui.

 

Europeu 12z - 11/08/2019 - próximos 10 dias

S3o5G2f.png

 

GFS 18z - 11/08/2019 - próximos 15 dias

erw5DrX.png

  • Like 1
  • Sad 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, Daniel85 disse:

Previsões, em relação às chuvas, desanimam bastante para os próximo 10/15 dias no estado de SP.

Praticamente nada de chuva. Apenas o litoral terá alguma coisa, devido à infiltração marítima decorrente das passagens dos sistemas frontais.

 

Após 3 anos seguidos, 2019 não haverá um outro Agostop por aqui.

 

Europeu 12z - 11/08/2019 - próximos 10 dias

S3o5G2f.png

 

GFS 18z - 11/08/2019 - próximos 15 dias

erw5DrX.png

 

Eu sei, isso assusta, mas infelizmente é absolutamente normal para a época. A transição para a estação chuvosa não ocorre senão de forma vagarosa aqui no Sudeste, na verdade ela só "firma em definitivo" mesmo quando chega Novembro, considerado por mim o "mês infalível das chuvas". É um excelente mês, pois ainda ocorrem alguns dias amenos e a chuva JAMAIS FALHA, eu disse JAMAIS.

 

Em toda a série histórica no novo local da estação do INMET (1973-2019), a menor precipitação mensal para Novembro foi de 100,6mm em 1974. Ou seja, NUNCA um mês de Novembro fechou com menos de 100mm (só Dezembro também possui esse feito).

 

 

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

No aguardo para esta MP que está vindo, a quinta com intensidade significativa do ano para cá. 

 

Observando-se as projeções de temperatura mínima dos modelos, é bem provável que se registrem as menores temperaturas para o mês de Agosto desde 2011, quando uma MP fortíssima e tiro-curto trouxe 06,6ºC para o INMET no dia 5.

 

Falando da minha estação, acho que será difícil superar os 06,2ºC do dia 07/08/2014, pois os modelos têm indicado "MM" de madrugada, comprometendo as mínimas de baixadas. Acho que o que vai mandar nessa MP será a advecção de topo. Nem o Canadense mostra mínimas importantes, sugerindo pouca estabilidade à noite para esfriamento por irradiação terrestre.

 

 

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
9 horas atrás, Daniel85 disse:

Previsões, em relação às chuvas, desanimam bastante para os próximo 10/15 dias no estado de SP.

Praticamente nada de chuva. Apenas o litoral terá alguma coisa, devido à infiltração marítima decorrente das passagens dos sistemas frontais.

 

Após 3 anos seguidos, 2019 não haverá um outro Agostop por aqui.

 

Europeu 12z - 11/08/2019 - próximos 10 dias

S3o5G2f.png

 

GFS 18z - 11/08/2019 - próximos 15 dias

erw5DrX.png

No caso da cidade de SP deve estar sendo difícil prever. Os institutos aonde as pessoas mais consultam prevêem chuva. Será que eles levam em consideração qualquer ponto da cidade? A Climatempo por ex coloca 10 mm amanhã e 15 na quarta-feira o que é bastante por se tratar de agosto se olhar por exemplo aonde está o Mirante, mas na zona Sul não. Ja Somar está mais contida, 4mm amanhã e 2mm na quarta-feira. CPTEC só da chuva na quarta.

Outros como o meteoblue da condição para amanhã e quarta com valores similares a Somar.

Se eu olhar no Google (que é o weather) não tem previsão de chuva, o tempo ficaria apenas nublado. 

Edited by jrmartinisp
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Por aqui, considerando nossos padrões, o mês também está bem dinâmico. Aliás, desde que esfriou em Julho eu dira que estamos num inverno mais dinâmico que o normal.

 

O GFS diminuiu muito a intensidade da MP dessa semana e também da outra MP. Sendo assim, Agosto é mais um mês que deverá fechar acima da média. Ano tenebroso.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Tipico dia de Agosto em Goiânia/GO: 17º ~ 33º. São até a presente data, 86 dias sem chuvas na capital Goiana com umidade caindo a 15%. Último registro de precipitação é de 18/05, de todo modo nada que cause espanto já que isso é normal no Cerrado goiano.

67913264_2770283226319370_25728230124662

Edited by Lucas Venturini
  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites
22 minutos atrás, Moretão disse:

Por aqui, considerando nossos padrões, o mês também está bem dinâmico. Aliás, desde que esfriou em Julho eu dira que estamos num inverno mais dinâmico que o normal.

 

O GFS diminuiu muito a intensidade da MP dessa semana e também da outra MP. Sendo assim, Agosto é mais um mês que deverá fechar acima da média. Ano tenebroso.

 

Por aqui, após o começo do dinamismo no início de Julho, as temperaturas médias estão absolutamente dentro do padrão normal. Sem desvios positivos ou negativos. Mas acho que o grande mês vai ser Setembro. Quem viver, verá !

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Renan disse:

No aguardo para esta MP que está vindo, a quinta com intensidade significativa do ano para cá. 

 

Observando-se as projeções de temperatura mínima dos modelos, é bem provável que se registrem as menores temperaturas para o mês de Agosto desde 2011, quando uma MP fortíssima e tiro-curto trouxe 06,6ºC para o INMET no dia 5.

 

Falando da minha estação, acho que será difícil superar os 06,2ºC do dia 07/08/2014, pois os modelos têm indicado "MM" de madrugada, comprometendo as mínimas de baixadas. Acho que o que vai mandar nessa MP será a advecção de topo. Nem o Canadense mostra mínimas importantes, sugerindo pouca estabilidade à noite para esfriamento por irradiação terrestre.

 

 

Inesquecível aquela MP. Tive geada na fazenda em duas oportunidades. Uma, me lembro bem: dia 05 de Agosto se não me engano. Queimou legal nas baixadas. Depois ainda tivemos uma outra mais fraquinha, localizada. Deve ter feito algo como zero grau. 

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Renan disse:

 

Por aqui, após o começo do dinamismo no início de Julho, as temperaturas médias estão absolutamente dentro do padrão normal. Sem desvios positivos ou negativos. Mas acho que o grande mês vai ser Setembro. Quem viver, verá !

 

Por aqui a anomalia positiva não é muito grande. Mas não é normal, você ter ABR-MAI-JUN bem acima e depois continuar tendo anomalias positvas,

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia!

Aqui em Ponta Grossa os último dias vêm tendo dias enrolados com temperaturas acima da média e a tendência é haja um resfriamento pontual e logo depois volte esse padrão.

Eu andei notando que nos últimos meses, os dias nublados e com chuva sumiram. 

Parece que o clima tropical está rumando para o sul.

 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Esperando a mudança do tempo e a chegada da nova massa de ar frio...

Hoje o dia amanheceu com nevoeiro forte e 10°C aki na vila.

Durante a tarde o calor pré-frontal irá elevar a temperatura até 27°C. Acho isso ótimo... 

1565609009663.thumb.jpg.c010391771152cc73a62277376f604c4.jpg1565609133374.thumb.jpg.67d001ad8973e79c1c9488171f4c510c.jpg

 

As mudanças repentinas de tempo e temperatura são comuns no mês de agosto, salvo quando os blokeios atmosféricos se instalam sobre as regiões próximas ao trópico. Não é o caso deste ano de 2019.

Ao contrário do q muitos pensam, o clima subtropical é bem interessante e quanto mais se avançar para o interior do continente, mais interessante e peculiar se tornará a dinâmica desse clima transitório entre o temperado e o tropical.

Hoje cedo, fui dar uma conferida em algumas estações bem padronizadas (no kesito "temperatura") na região do Chaco paraguaio/argentino e gostei bastante dos dados registrados. 

Também, diferentemente do q se possa pensar, as estações paraguaias são confiáveis e apresentam coerência nos dados entre elas.

Selecionei 1 estação situada no paralelo 21°S e pelas informações dá pra se ter uma idéia da forte influência da continentalidade no clima da região:

IMG_20190812_090041.thumb.jpg.c8352f86611c4b2a68be839f7252cbc5.jpg

 

Um pouco mais ao sul e ainda no Paraguai, os registros de uma outra estação, possívelmente colocada numa baixada, mostram valores de temperatura mínima bem inferiores (de um modo geral) às registradas na altura do mesmo paralelo, porém no Brasil.

A altitude da estação é praticamente a mesma da maioria das estações locais (120/180m de altitude). Comparado, seria mais ou menos a altitude de Foz do Iguaçu, aki no Paraná. 

O q chama bastante atenção é a grande amplitude térmica entre períodos de atuação da Mp e da Tc:

IMG_20190812_092114.jpg.747a15ffd66b735e6e38b09aa65b7a18.jpg

 

A região de Salta na Argentina fica situada na mesma altura do paralelo q passa por Curitiba. A grande altitude aliada a forte continentalidade faz toda a diferença nas variação térmicas locais.

Os registros de uma das estações locais mostram uma "suavização" das máxima diárias em virtude dos 1.167m de altitude em q está localizado o sensor térmico. IMG_20190812_094507.jpg.702d4d8d761109a0a30044a4f1a16174.jpg

 

Máximas baixas não foram registradas nas estações do Chaco neste início de mês, mas não significa q não ocorram: Em Julho foram registradas máximas sub10°C no sul do Paraguai e sub15°C no norte.

É estranho q em muitas estações não há os registros no histórico, da principal onda de frio (do começo do mês de Julho). E esse fato estranho é mais uma comprovação de q dados estão sendo omitidos em favor de uma "causa nobre"...🤔😂

Edited by Carlos Campos
  • Like 17

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, GabrielG. disse:

Bom dia!

Aqui em Ponta Grossa os último dias vêm tendo dias enrolados com temperaturas acima da média e a tendência é haja um resfriamento pontual e logo depois volte esse padrão.

Eu andei notando que nos últimos meses, os dias nublados e com chuva sumiram. 

Parece que o clima tropical está rumando para o sul.

 

Inegável q a dinâmica está mudada, mas não entendo essa mudança como um padrão q irá se estabelecer na nossa região.

Dias nublados são até mais comuns aki em Curitiba do q em Ponta Grossa, e este inverno não está, posso dizer: "normal"?  Sim, não está... Mas não podemos eskecer de q no passado já tivemos situação idêntica. E o clima tropical não avançou para cá. 

Há sim, dependendo do grau de funcionamento de certos mecanismos atmosféricos, situações em q certa áreas dominadas por determinados climas se expandam. Mas note tbm q o regime térmico não está se parecendo em nada com o regime "tropical".

Na Argentina, por exemplo, áreas de clima kente temperado ou mesmo temperado registram baixa pluviosidade. E, outra coisa: São Paulo registrou chuva bem acima da média em Julho... o q houve, por lá?

Sim, mudanças estão acontecendo... mas nada q não irá entrar nos eixos, assim espero...

Abraço 😉

 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, GabrielG. disse:

Bom dia!

Aqui em Ponta Grossa os último dias vêm tendo dias enrolados com temperaturas acima da média e a tendência é haja um resfriamento pontual e logo depois volte esse padrão.

Eu andei notando que nos últimos meses, os dias nublados e com chuva sumiram. 

Parece que o clima tropical está rumando para o sul.

 

 

Gabriel, também notei isso em São José dos Pinhais. Até fim de Julho, quase não houve dias frios e nublados/com garoa. Aliás, o mês de Fevereiro da um pau em qualquer um desse ano nesse quesito (em suas proporções).

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Carlos Campos disse:

Inegável q a dinâmica está mudada, mas não entendo essa mudança como um padrão q irá se estabelecer na nossa região.

Dias nublados são até mais comuns aki em Curitiba do q em Ponta Grossa, e este inverno não está, posso dizer: "normal"?  Sim, não está... Mas não podemos eskecer de q no passado já tivemos situação idêntica. E o clima tropical não avançou para cá. 

Há sim, dependendo do grau de funcionamento de certos mecanismos atmosféricos, situações em q certa áreas dominadas por determinados climas se expandam. Mas note tbm q o regime térmico não está se parecendo em nada com o regime "tropical".

Na Argentina, por exemplo, áreas de clima kente temperado ou mesmo temperado registram baixa pluviosidade. E, outra coisa: São Paulo registrou chuva bem acima da média em Julho... o q houve, por lá?

Sim, mudanças estão acontecendo... mas nada q não irá entrar nos eixos, assim espero...

Abraço 😉

 

Realmente.

O que me intriga é que a dinâmica atmosférica ta bem maluquinha e para o nosso lado e por consequência sempre somos afetados.

Meses e meses acima da média.

Para a minha região a última vez que registrei um mês abaixo da média foi agosto do ano passado.

Os episódios de calor são completamente normais para a nossa região, porém não tanto na frequência que ocorre hoje.

E na questão do clima tropical ter migrado, eu falo em algumas características como: Sequência de dias ensolarados, baixíssima precipitação acumulada no mês e dia com grandes variações térmica devido ao tempo aberto, infelizmente ou felizmente dependemos muito de MPs para manter a temperatura baixa e principalmente em dias ensolarados.

Mas espero que essa dinâmica mude e tudo volte aos conformes.

Abraços.

 

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Carlos Campos disse:

Hoje cedo, fui dar uma conferida em algumas estações bem padronizadas (no kesito "temperatura") na região do Chaco paraguaio/argentino e gostei bastante dos dados registrados. 

 

Selecionei 1 estação situada no paralelo 21°S e pelas informações dá pra se ter uma idéia da forte influência da continentalidade no clima da região:

IMG_20190812_090041.thumb.jpg.c8352f86611c4b2a68be839f7252cbc5.jpg

 

 

 

Não canso de me surpreender com a atmosfera e seu comportamento multifatorial. Essa localidade, embora vc tenha classificado como subtropical, tem latitude muito semelhante a Belo Horizonte (menos de 2° a mais), mas ambas possuem climas muito diferentes.

 

Ganadera/Boquerón apresenta mínimas bem menores que a capital mineira, em contrapartida máximas bem maiores. A diferença de dinamismo é discrepante. No verão, imagino que a região não seja muito atingida pelos canais de umidade e que chova bem menos e esquente mais que aqui. 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
18 horas atrás, Renan disse:

Resumo da ópera, dessa nossa "viagem imaginária climática": Prefiro do jeito que é mesmo. Não acho ruim o clima brasileiro ! Além disso, esse fórum só existe justamente por causa da nossa emoção em nos depararmos com os fenômenos do tempo frio que, se fosse tão comuns assim, nem haveria sentido em enaltecer eles através de um monitoramento empolgante pela internet. 

 

@Carlos Campos, não tem ideia da minha empolgação em ver a geada esse ano aqui no município de JF. Para você, não passa de algo corriqueiro e não muito empolgante. Se eu tivesse meus extremos de -09C / 33C, com certeza não seria mais empolgado ou menos empolgado do que na minha realidade real, hehehe. Seria apenas diferente. Então: Agradeço o meu clima CwB 😀😃

A maior parte da área urbana de JF não seria CwA, Renan?

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Victor Naia disse:

Inesquecível aquela MP. Tive geada na fazenda em duas oportunidades. Uma, me lembro bem: dia 05 de Agosto se não me engano. Queimou legal nas baixadas. Depois ainda tivemos uma outra mais fraquinha, localizada. Deve ter feito algo como zero grau. 


Em Poços de Caldas acho que registraram -3.6° ou algo do tipo. Foi uma pancada polar, acho que na região da minha cidade desde então não houve temperaturas tão baixas (embora agora em julho tenha geado até morro acima em Divinolândia-SP,  cidade onde nasci).

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 minuto atrás, Feon2 disse:


Em Poços de Caldas acho que registraram -3.6° ou algo do tipo. Foi uma pancada polar, acho que na região da minha cidade desde então não houve temperaturas tão baixas (embora agora em julho tenha geado até morro acima em Divinolândia-SP,  cidade onde nasci).

Exatamente. Eu estava em Poços e peguei -3°C. Lembro do termômetro da Alcoa. No dia seguinte ainda vi geada na roça em Varginha. A estação de Varginha antes era em topo (hoje é encosta) e, apesar dos 3 dias de geada na zona urbana, ainda achei 2011 e 2016 mais fortes - pelo menos lá na fazenda. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.