Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Rodolfo Alves

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Julho/2019

Topic will be automatically locked at 03:00 AM

Recommended Posts

20 minutos atrás, geovane gomides disse:

Parece que é confirmado com quase 100 % de chances a neve no Sul do Brasil. Quem é capaz de cravar o horário da precipitação e quantidade  em centímetros???  

Não é confirmado ainda não. 

Depois de um pico na 12Z de ontem, o GFS vinha diminuindo a abrangência de neve rodada após rodada e agora na 06Z acabou com a previsão de neve na Serra Geral.

  • Sad 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Doideira: YR voltou a aumentar o frio pra SP enquanto o Foreca continua o mala corta-barato. Em quem devemos confiar mais? 

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 minutos atrás, Tavares disse:

Não é confirmado ainda não. 

Depois de um pico na 12Z de ontem, o GFS vinha diminuindo a abrangência de neve rodada após rodada e agora na 06Z acabou com a previsão de neve na Serra Geral.

Ainda vai oscilar bastante, cenário real somente amanhã ou quarta...

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Moisés Alexandre disse:

Não sei não!  observando o comportamento da oscilação do jato polar, acho que teremos julho histórico pela frente.  Nesta segunda estamos com uma MP mediana atuando no sul, na sequência teremos 3 MPs  com centro de massa superior aos 1035 Mbar, alimentado pelo corredor polar estabelecido.

Mas estas outras mps já estão no radar dos modelos? 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mínima hoje em Buenos Aires: 2,2°C. Surpreendeu, estavam prevendo 5°C.
 

Nos arredores, 0,1°C em Ezeiza e La Plata e -0,2°C em El Palomar.

  • Like 9
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os modelos estao bem parecidos, nas temps costumo confiar mais no Europeu simplesmente pela qualidade/resolução.

 

199768091_CapturadeTela2019-07-01s10_38_38.thumb.png.3c1eeb38ace7e9f6d8eef5a2e6524aac.png934074748_Captura_de_Tela_2019-07-01_s_10_38_46.thumb.png.57dd98bb22292130c43d3905bb22d3ba.png

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Renan disse:

Preciso ser realista: Não enxergo mais um frio histórico aqui, mas sim extremamente forte (o mais forte desde 2007 ou 2000). Acho que ainda perderá das bombas de 1994 e 2000, a conferir. 

 

Vai depender de novas atualizações. Vale lembrar que é muito comum os modelos darem uma reduzida, para então no curto prazo engrossar de novo. 

Pelas últimas atualizações, sim.

 

E o maior temor é a infiltração marítima na parte leste, que frustariam as mínimas de destaque e, por conseguinte, as geadas.

 

Esse é o meu grande temor aqui para a Capital paulista. Para o interior está uma belezura que só.

 

E como bem disse o caio, perde bem em duração para 2013. Pode equiparar no auge do frio.

 

Que vem uma fortíssima MP, isso tá mais que certo. Também acredito em um evento bom de neve nas serras do RS/SC.

 

Vamos monitorando....

 

Minha expectativa maior é para geada aqui na manhã de sábado. Ao que parece, a madrugada de domingo será nublada.

 

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 minutos atrás, Caco Pacheco disse:

Pelas últimas atualizações, sim.

 

E o maior temor é a infiltração marítima na parte leste, que frustariam as mínimas de destaque e, por conseguinte, as geadas.

 

Esse é o meu grande temor aqui para a Capital paulista. Para o interior está uma belezura que só.

 

E como bem disse o caio, perde bem em duração para 2013. Pode equiparar no auge do frio.

 

Que vem uma fortíssima MP, isso tá mais que certo. Também acredito em um evento bom de neve nas serras do RS/SC.

 

Vamos monitorando....

 

Minha expectativa maior é para geada aqui na manhã de sábado. Ao que parece, a madrugada de domingo será nublada.

 

 

Também estou encarando dessa maneira. Estou na dúvida, se na região de Varginha a geada poderá aparecer já no sábado. Domingo e segunda é certeza, sobretudo, no domingo. 

 

Vou confessá-los: minha maior expectativa está nas projeções que indicam uma tarde gelada com sol aqui. Isto é muito raro. Sub-15 ou na casa dos 15, quando chega, é nublado, chovendo.

Maioria dos modelos apontando tarde na casa dos 12°C aos 14°C.  

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tem algum grupo de Whats para a serra do RS e SC? Pergunto pois sei que tem um grande grupo de todo BR porém fica muita informação aí não da para acompanhar direito, se tiver pesso que me adicionem 54999126633, se não tiver seria uma boa ser criado.

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, Vinicius Lucyrio disse:

Vamos lá. Temos batendo a porta um evento de frio potencialmente histórico.

 

Primeiro vamos a uma descrição dia a dia. Pretendo fazer um paralelo da última rodada do ECMWF e da 12Z do GFS.

 

04/07/2019

É quando a alta começa a subir pela Argentina. Neste dia, o tempo fica bem instável no Paraná e sul do Mato Grosso do Sul, com possibilidade de temporais e altos acumulados pela madrugada e manhã; durante a tarde, o risco passa a ser do centro do MS e SP, especialmente sul do estado. À noite, a alta já se encontra no centro da Argentina com 1032hPa (ECMWF), e o ar gelado começa a invadir o sul do RS.

image.thumb.png.5c1dbd0f7824d9b15c6306aa6f4c296c.pngimage.thumb.png.e2e439d4d203ea52869159b0d64d54fb.png

 

05/07/2019

Durante a madrugada do dia 5, o ar polar arranca com força para o Sul do país, e com presença de precipitação e temperaturas entre -3 e -6°C em 850hPa, pode nevar em pontos da Campanha Gaúcha. Pela manhã, a massa polar avança mais e outras regiões do Rio Grande do Sul podem ter neve, desde a Campanha, passando pelo centro até a Serra Gaúcha; esta última pode ter precipitação invernal intensa nas encostas voltadas para sul e sudoeste. Em São Paulo, chove forte com possibilidade de ventos fortes e granizo.

image.thumb.png.08f9768653ff7a837d1b9a7dcf026863.pngimage.thumb.png.0688da449a55bbc7416c9bd9c4dbc6c6.png

 

À tarde, a precipitação pode se tornar mais ampla e volumosa enquanto a alta continua a avançar pelo interior do continente. O amplo e forte cavado em 500hPa é a forçante para que boa parte desta precipitação ocorra, e o efeito orográfico permanece. Com os dados das simulações de hoje, a neve pode acumular em pontos como Gramado e São Francisco de Paula, além das áreas mais altas na Serra. A possibilidade de acumulação existe também para pontos mais altos no centro do RS e Planalto Médio. À noite, o ar polar já será sentido no Mato Grosso do Sul e sudoeste de São Paulo, com a linha de 0°C em 850hPa atingindo estas regiões. A janela de neve permanece por todo o dia no RS e Serra Catarinense, a partir do meio dia no Planalto Norte de SC; no sul do PR há chances a partir do fim da tarde. Entre o fim da tarde e noite há possibilidade de nevar até mesmo nas áreas mais baixas do leste do RS, incluindo a região metropolitana de Porto Alegre.

image.thumb.png.807c017d06ab77f884093b39b92af57e.pngimage.thumb.png.3a2b5ba933abe3cf2de4b32d918b9f2a.png

 

A tarde do dia 5 deve ser especialmente gelada, provavelmente com temperatura abaixo de 0 antes das 3 da tarde nos pontos acima de 1300m na Serra Geral. Todo o Rio Grande do Sul, todo, sem exceção, deve ter temperaturas abaixo dos 10°C durante todo o dia.

image.thumb.png.6b10b41e76c4c2b29bc2042acc694c01.pngimage.thumb.png.2827c129e72aafe1d33f1f224c68f88c.png

 

 

06/07/2019

Durante a madrugada do dia 6, a temperatura sofre forte queda no Mato Grosso do Sul e em São Paulo, além do Triângulo Mineiro e sul de MG, e sul de GO. Em São Paulo, muitas estações terão a mínima absoluta deste evento neste dia, e que podem ser menores que as registradas no segundo pulso de julho de 2000 (15 a 18/07). Este prognóstico é perigoso d ser feito, mas há risco de geada negra no norte do Paraná e sudoeste de São Paulo devido ao vento que acompanha o avanço do ar polar. São Paulo capital pode ter mínima na casa dos 1-3°C na maior parte da cidade. Curitiba pode ir aos -2/-3°C.

image.thumb.png.ea3bbd233001f24a0015888546e083a6.pngimage.thumb.png.864c35d545f494e37dd062a862e7bd4c.png

 

O desenho sinótico é de uma erupção polar clássica: alta centrada entre o Paraguai e o Mato Grosso do Sul, com bordas atingindo sem dificuldades o sul de GO e MT, Triângulo Mineiro e São Paulo, com uma baixa em superfície no Atlântico não tão distante da costa e um forte e amplo cavado em 500hPa orientado praticamente de forma meridional (norte-sul), com um cavado polar intenso em altos níveis, com o Jato Polar atingindo o sul de SP (o que é muito raro).

image.thumb.png.3fab8abf88b3a8788ae993a2dd2d3dc2.pngimage.thumb.png.dc4bfc7bae2c7cf80864d6a05b7f37c2.png

image.thumb.png.7e7f942e455f6ce2df403c51d394bdc9.pngimage.thumb.png.e69bf82d10eaf389befd0dcb14ca53b7.png

image.thumb.png.67924dc47ecd05b770eb314b6f6535e8.pngimage.thumb.png.eb1c4248df8465ae281c6a664b75e390.png

 

Sobre a possibilidade de geada: é grande em toda a área cinza do mapa, em especial norte do Paraná, sul e leste do MS, sudoeste e centro de SP. Esta área em cinza é uma região com pouquíssimo conteúdo de vapor d'água na atmosfera, o que faz com que quase a totalidade do calor perdido para o espaço ao anoitecer não seja retido por moléculas de água e reemitidas, permitindo que a queda de temperatura seja consistente e intensa.

image.thumb.png.1a823e78c98c63cc5b18734a2223c47b.pngimage.thumb.png.0cf820d52408a521595f315efe482b0d.png

 

É prudente que os órgãos competentes façam desde já alertas para que os produtores destas áreas se preparem. 

 

Sobre a neve: ela continua durante a madrugada, e cito a possibilidade de neve nos pontos mais altos da Serra do Mar na divisa entre o PR e SP.

image.thumb.png.9e58a9afe64548ed05fea7d5f6ec3627.pngimage.thumb.png.c382d46e520222246dcad33a2150754a.png

 

Essa é a extensão máxima da linha de 0°C em 850 apontada por ora:

image.thumb.png.a01c977fe3a1b1874fa155159833359f.pngimage.thumb.png.20ab6213356e8c0e31d39294f362c707.png

 

Durante a tarde, as temperaturas sobem, mas não muito. O céu permanece encoberto desde o norte do RS até o sul do PR, e leste de SP. As máximas devem ficar em torno de 12-16°C em grande parte do interior de SP, mesmo na presença de sol; na RMSP espera-se máxima na casa dos 11-13°C. A tarde deve ser fria também no Rio de Janeiro, todo o sul de MG e Triângulo. No Sul, temperaturas muito baixas mesmo onde houver sol; no norte do PR, máximas em torno de 12-14°C, e na Serra Geral entre 2 e 5°C.

image.thumb.png.9a291b625939643bb7b2c12d2cdd7c9e.pngimage.thumb.png.515da142a0a742f8dc5ad693d0aca7f6.png

 

O sol mal baixa e a temperatura já deve atingir valores muito baixos, e a noite pode ser a mais fria desde 2000 no Sudeste, GO, MS e norte do Paraná.

 

Com a temperatura abaixo de 0°C em 700hPa, durante a passagem do cavado, há alguma chance de precipitação invernal nos pontos mais altos da Serra da Mantiqueira entre a manhã e o começo da tarde.

image.thumb.png.0524661a6909b7a9a6953859e80da966.pngimage.thumb.png.085b3be2cbbddabc9afdefedefd0806d.png

 

O modelo GFS aponta cenário similar, só que com menos precipitação.

 

07/07/2019

Deve ser a noite mais fria na maioria das regiões citadas. Áreas como Goiânia, Brasília e Belo Horizonte, além da Zona da Mata mineira, devem ter o fim do jejum forçado de frio, com mínimas não vistas há vários anos. Goiânia e Brasília estão no limite da confusão dos modelos, pois ainda é incerto, apesar da tendência. Interior de São Paulo, Mato Grosso do Sul, grande parte de Minas Gerais, Paraná e centro-sul de Goiás devem estar preparados para a geada, que pode ser muito forte/severa em vários locais; temperaturas abaixo de 0 nas baixadas destes locais são esperadas. Na Serra Geral, Planalto Norte de SC e sul do PR podem ter picos de -7/-9°C em vários locais. Temperaturas baixíssimas também podem ocorrer nas baixadas da Campanha Gaúcha. No litoral e leste de SP e RJ, as mínimas podem ser atrapalhadas pela nebulosidade.

image.thumb.png.d39b4f1c086b4252102a41ac1f7971e7.pngimage.thumb.png.9c1809c1c13875ad139cf00430cc43bc.png

image.thumb.png.ee92789b7816608a97d4cc909ebb65c5.pngimage.thumb.png.ec2942b9df4f5b727e1cf9c751afa557.png

 

Durante a tarde a temperatura sobe mais, mas permanece abaixo dos 20°C no Paraná, centro, sul e oeste de SP, e sul de MG. Com a maritimização progressiva da alta, as mínimas permanecem muito baixas apenas nas baixadas no dia 8.

 

Sobre comparações com eventos do passado, a onda de frio do ECMWF está cada vez mais próximo do pulso ocorrido em 16-18/07/2000 no desenho sinótico.

image.png.fcdfbdee98078e8cad1cb9b1ef5510aa.pngimage.thumb.png.c75c60c9acb0bb63ecdfaee1fb2f6b4a.png

image.png.4043bf46feb5baad80d7dcb44acffe86.pngimage.thumb.png.ab2828e0d96e4c706c71ca717ea568fa.png

image.thumb.png.4d51192c93620364c3049923dc736b4d.png

 

O cenário está praticamente consolidado e passará apenas por ajustes nas próximas rodadas.

 

Sobre as saídas do modelo CMC: ele é bom parâmetro para baixadas. Não leve tão a sério os valores para áreas tão amplas.

Eu como morador de BH o que me conforta é  não  ter aquele  bloqueio parado em cima da região  metropolitana  de Belo Horizonte  como acontecia em 2012 e 2013. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
1 hora atrás, Daniel Lisboa disse:

Doideira: YR voltou a aumentar o frio pra SP enquanto o Foreca continua o mala corta-barato. Em quem devemos confiar mais? 

 

Em todos. Meteorologia não pode confiar cegamente em 1 modelo ou previsão. Cada um tem seu método, e o histórico não prevê certamente o futuro - caso contrario não precisava de meteorologia.

 

Todavia, podem ser levado outras coisas em consideração, como resolução da previsão, qualidade do cálculo dos parâmetros, média, enfim. Nesses casos o Europeu se sai melhor (YR).

 

 

Edited by Nowcasting

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia pessoal,

 

depois de  um tempo inativo, a perspectiva de algo muito bom reaviva a gente hehe...

Continuando no bom  e velho monitoramento de modelos, o GFS deu uma boa reduzida no frio pra Minas e o  Sudeste no geral mas ainda mostra um frio legal, porém nada histórico, muito longe disso, pelo menos pra cá... ECMWF  idem... 

Já o canadense... esse mantém frio muito forte e o que impressiona é a dimensão da mancha negativa sobre o país, indo do sul gaúcho até o centro-norte mineiro e abaixo de 10°C do norte de MG, centro de GO e centro-sul do MT pra baixo... o sul mineiro mostra algo entre -6 e -7°C e aqui ficaria entre 0 e 3°C... e pelo menos pra cá o CMC vem acertando bem nas temperaturas, especialmente as mínimas... na torcida para que os dois principais modelos melhorem novamente seus prognósticos pra cá pro final de semana e especialmente para que o canadense acerte 😁😍...

pelo canadense, dia 07 promete ser espetacular...

 

us_model-en-178-9_modcan_2019070100_153_1444_1.thumb.png.1d0efea6be4e96fd3e34604eb69f7f0e.png

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
42 minutos atrás, Luciano disse:

Bah, não é querer falar mal, mas o Cléo Kuhn "sabe" das coisas: http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/bom-dia-rio-grande/videos/t/edicoes/v/cleo-kuhn-conta-como-fica-a-previsao-do-tempo-para-julho-no-rs/7730956/

 

Veja no tempo de 03:13 em diante!

2.200 metros na serra de santa catarina?? Nao né Cléo Kuhn, só se aterraram a serra kkk

  • Like 2
  • Haha 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
30 minutos atrás, Luciano disse:

Bah, não é querer falar mal, mas o Cléo Kuhn "sabe" das coisas: http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/bom-dia-rio-grande/videos/t/edicoes/v/cleo-kuhn-conta-como-fica-a-previsao-do-tempo-para-julho-no-rs/7730956/

 

Veja no tempo de 03:13 em diante!

Na verdade, em SC as altitudes chegam aos 10000 metros. Kkkkk. Esse senhor parece que tá sempre "high". 

  • Like 1
  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Eu não  sei como vcs classificam  invernos rigorosos , frios ou mais frios mas em 2017 BH viveu um inverno  nunca ocorrido nessa década  em números de  dias frios. Para os nossos padrões aqui. Lembro do dia 07/07/2017 logo depois daquela onda polar ter  feito recordes aqui eu viajei para Lages. Desci em Porto Alegre  dia 16/07  Incrivel ver como funciona o caminho de uma frente fria. Marcava 10 graus na rodoviária da cidade e os gaúchos reclamando  do frio e pois não  estavam agasalhados  direito. quando aquelá super onda polar estava chegando ao Brasil.  Peguei  o ônibus para Lages  e cheguei na madrugada na cidade. Pasmem, Na serra ainda estava quente fazendo 17 graus na madrugada. Avisei a galera que a caminho estava vindo um frio forte. Dia 17 lages amanhace extremamente  fria e nesse dia caiu chuva congelada saindo do teatro marajoara.  Questão  de segundos. A semana extremamente  fria. Depois fui pra Bage e foi uma semana bem quente  depois daquela onda de frio. Mas BH continuava amena e com mínimas  próximo a 10 graus. Máxima não  passando dos 22 e 24. Nas três semanas que fiquei no sul naquele ano somente lages  eu pude usar meu arsenal de roupas. Bage e Ivoti camisetas e uma mala cheia roupas de verão que havia comprado na cidade. E tentanto explicar  o povo do Sul que o inverno  da minha cidade não  estava igual. Que o sudeste estava tudo ok. Só  lembro de todos os dias fazer as comparações  em tempo real nas cidades  que eu estava com BH. BH POR duas semanas ganhou  de Bage e Ivoti. O inverno  de 2017 e sempre lembrado aqui como o mais frio dessa década. Faz tempo que gostaria  de expor isso aqui. Mas sempre fico receoso pois tem muital gente foda aqui. 😄 

Edited by danilo brumana
  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
54 minutos atrás, Luciano disse:

Bah, não é querer falar mal, mas o Cléo Kuhn "sabe" das coisas: http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/bom-dia-rio-grande/videos/t/edicoes/v/cleo-kuhn-conta-como-fica-a-previsao-do-tempo-para-julho-no-rs/7730956/

 

Veja no tempo de 03:13 em diante!

Eitaaa Cléo Kunh, 2200 a 2500 metros de altitude na serra catarinense seria fantástico hahaha

  • Like 2
  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Climatempo: confesso que faz muito, mas muito tempo mesmo que não via tamanha preciosidade de previsão pra cá... geada aqui, ainda que fraca, numa latitude de quase 17°S e numa altitude de 670m!!  07/07 :x

498658235_previso.thumb.png.a96b14e2735cc621efc14db0c31eff7f.png

 

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 minutos atrás, danilo brumana disse:

Eu não  sei como vcs classificam  invernos rigorosos , frios ou mais frios mas em 2017 BH viveu um inverno  nunca ocorrido nessa década  em números de  dias frios. Para os nossos padrões aqui. Lembro do dia 07/07/2017 logo depois daquela onda polar ter  feito recordes aqui eu viajei para Lages. Desci em Porto Alegre  dia 16/07  Incrivel ver como funciona o caminho de uma frente fria. Marcava 10 graus na rodoviária da cidade e os gaúchos reclamando  do frio e pois não  estavam agasalhados  direito. quando aquelá super onda polar estava chegando ao Brasil.  Peguei  o ônibus para Lages  e cheguei na madrugada na cidade. Pasmem, Na serra ainda estava quente fazendo 17 graus na madrugada. Avisei a galera que a caminho estava vindo um frio forte. Dia 17 lages amanhace extremamente  fria e nesse dia caiu chuva congelada saindo do teatro marajoara.  Questão  de segundos. A semana extremamente  fria. Depois fui pra Bage e foi uma semana bem quente  depois daquela onda de frio. Mas BH continuava amena e com mínimas  próximo a 10 graus. Máxima não  passando dos 22 e 24. Nas três semanas que fiquei no sul naquele ano somente lages  eu pude usar meu arsenal de roupas. Bage e Ivoti camisetas e uma mala cheia roupas de verão que havia comprado na cidade. E tentanto explicar  o povo do Sul que o inverno  da minha cidade não  estava igual. Que o sudeste estava tudo ok. Só  lembro de todos os dias fazer as comparações  em tempo real nas cidades  que eu estava com BH. BH POR duas semanas ganhou  de Bage e Ivoti. O inverno  de 2017 e sempre lembrado aqui como o mais frio dessa década. Faz tempo que gostaria  de expor isso aqui. Mas sempre fico receoso pois tem muital gente foda aqui. 😄 

 

O inverno de 2017 foi marcado pela constância de frio moderado aqui em MG, com alguns poucos dias de frio mais intenso, porém nenhum deles foi de frio extremo. Por isso não é muito lembrado. Mas, sem dúvidas foi de ótima qualidade aquele inverno em termos de médias.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Legal o Climatempo para Caxias

Sexta

Mínima de 3, máxima de 8 com neve.

Sábado 

Mínima -3, máxima de 7 com CHUVA.

 

  • Confused 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Daniel Lisboa disse:

Mas estas outras mps já estão no radar dos modelos? 

Projeções, no radar se observa esta MP (1024/1026mbar) que está atuando agora e a que esta chegando quinta feira (1041/1043 mbar). 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
38 minutos atrás, João Ignacio disse:

Na verdade, em SC as altitudes chegam aos 10000 metros. Kkkkk. Esse senhor parece que tá sempre "high". 

Compreendendo a Serra geral temos o Planalto sul Catarinense tem em media 900m de altitude, temos o vale do canoas 900/800m. Parte do topo Painel/S.Joaquim/Urubici/Bom Jardim entre 1200/1600m. E a cadeia de entre morros da Torres (URUPEMA), morro da igreja (URUBICI/B.JARDIM), campos dos padres e boa vista (BOM RETIRO/URUBICI) entre 1700/1850m.  Nosso Oeste na faixa dos 900-500 m e meio oeste e Planalto norte entre 800-1200 m.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Distrito de Martins, Varginha/MG, a poucos km da área urbana. Altitude entre 1050 e 1200 metros. Baixadas boas. Não sei se conseguem observar neste print que tirei. Ao fundo, na tentativa de demarcar a área, está a fazenda. Baixadas na faixa dos 1000m e morros no entorno chegando aos 1150m. Estarei ali, domingo cedo. 

20190701_120442.jpg

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutos atrás, Victor Naia disse:

Distrito de Martins, Varginha/MG, a poucos km da área urbana. Altitude entre 1050 e 1200 metros. Baixadas boas. Não sei se conseguem observar neste print que tirei. Ao fundo, na tentativa de demarcar a área, está a fazenda. Baixadas na faixa dos 1000m e morros no entorno chegando aos 1150m. Estarei ali, domingo cedo. 

20190701_120442.jpg

 

Boa caçada ! Enquanto isso, eu vou na baixada da chácara Passos del Rey. Que possamos registrar as geadas. É de suma importância o céu aberto. E se não for pedir muito, que o GFS retome suas rodadas maravilhosas de Sábado.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, Renan disse:

 

Boa caçada ! Enquanto isso, eu vou na baixada da chácara Passos del Rey. Que possamos registrar as geadas. É de suma importância o céu aberto. E se não for pedir muito, que o GFS retome suas rodadas maravilhosas de Sábado.

Você já falou dela aqui, e mandou a localização. Parece ter um grande potencial. Sim, torcemos para que retomem as rodadas incríveis. Mesmo se darem 3•C para cá ( e não 0•C/ -1•C) esse lugar que mostrei acima, acredito que facilmente registre uns 3°C a menos que o INMET, sobretudo, na segunda-feira. 

 

Me diga: qual o maior potencial de frio em baixadas? Seriam as na beira de encostas, longe de qualquer água e protegidas por montanhas altas? 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.