Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Rodolfo Alves

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Junho/2019

Recommended Posts

19 minutos atrás, HenriqueFN disse:

Tava muito bom para ser verdade . :(

Também temos que pensar, que essa possível mudança radical de padrão, deixa os modelos doidinhos. Nos próximos dias se ajustarão e aí saberemos...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
29 minutos atrás, Felipe Pelisari disse:

Boa noite bazianos, ainda está em andamento a 18z do GFS, mas pelo geito que está vindo está bem boa 

 

Veio sim, praticamente na mesma pegada. Estou gostando dessa estabilidade.

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

Importante é a tendência de mudança de padrão. Maior facilidade da chegada de sistemas frontais para nós. Como o Moisés disse (eu já havia falado anteriormente): as porteiras da Antartida estão se abrindo ao corredor polar! Tudo gradual. Primeiro esfria no sul do continente, vai subindo gradualmente. Paciência.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em Goiás, na ausência de frentes frias, mas com céu claro e tempo seco, nos últimos dias as temperaturas mínimas têm ficado relativamente baixas em algumas cidades. É em uma área relativamente grande, a distância entre Jataí e Cristalina, as duas mais frias, é de 460km em linha reta.

 

LkBNv9y.jpg

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só tô na torcida para os modelos seguirem o GFS, e para quem sabe começarem a indicar queda de neve, até ampla se não for querer de mais, afinal depois de só calor, nada mais justo 

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 minutos atrás, tkr disse:

Em Goiás, na ausência de frentes frias, mas com céu claro e tempo seco, nos últimos dias as temperaturas mínimas têm ficado relativamente baixas em algumas cidades. É em uma área relativamente grande, a distância entre Jataí e Cristalina, as duas mais frias, é de 460km em linha reta.

 

LkBNv9y.jpg

Tem as máximas?

Share this post


Link to post
Share on other sites
33 minutos atrás, Caco Pacheco disse:

Importante é a tendência de mudança de padrão. Maior facilidade da chegada de sistemas frontais para nós. Como o Moisés disse (eu já havia falado anteriormente): as porteiras da Antartida estão se abrindo ao corredor polar! Tudo gradual. Primeiro esfria no sul do continente, vai subindo gradualmente. Paciência.

 

Só que estão se abrindo tarde demais...em Agosto o inferno já retorna ao Brasil central dificultando ainda mais a subida de uma MP.

Edited by ricardosilva
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
20 minutos atrás, ricardosilva disse:

 

Só que estão se abrindo tarde demais...em Agosto o inferno já retorna ao Brasil central dificultando ainda mais a subida de uma MP.

Importante tarde do que nunca...

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Aldo Santos disse:

 

O problema de Goiânia é o de muitas cidades.

A quase totalidade das estações ficavam no meio do mato quando foram instaladas.

Aí, as cidades cresceram, cresceram, cresceram...

 

Justsmente por isso, mesmo com os comentários dos colegas, não me convenci, até porque boa parte das convencionais são assim.

 

A daqui está na área central da cidade, no cruzamento de 2 grandes avenidas movimentadas, com um viaduto na frente e muitos prédios ao redor... 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Caco Pacheco disse:

Tem as máximas?

 

Fiz essa tabela com as máximas. Máximas bem altas, esperado para um lugar seco e continental nessa latitude. Coloquei mais 3 estações, incluindo uma de Cristalina com maior altitude, que, é claro, tem máximas menores (a de menor altitude tem mínimas menores). As estações de Goiânia e Anápolis são estações da Simego, o restante é do Inmet. A estação de Goiânia da Simego fica bairro Goiânia II, que não é um bairro afastado, mas tem mais área verde.

 

5aZXGFL.jpg

 

 

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, HenriqueFN disse:

Tava muito bom para ser verdade . :(

Na rodada de 12Z do CMC manteve as negativas no RS na madrugada/amanhecer de quinta, quanto ao frio forte a partir do dia 4 de julho tem que aguardar as próximas rodadas do CMC.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

EPS (controle) seguiu o padrão ruim da 12Z do Europeu, porém a sua versão ensemble mantém o jogo bem aberto para o início de Julho.

 

Está muito difícil saber com exatidão o que vem por aí... quanta ansiedade !

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Renan disse:

 

Veio sim, praticamente na mesma pegada. Estou gostando dessa estabilidade.

Renan,

a rodada de 18Z do GFS indica aqui para o Noroeste do Rio, máximas baixas a partir do dia 6, a menor máxima no domingo 7, de 15ºC a 16ºC ás 15 horas. O amanhecer mais frio seria na segunda dia 8.

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 minutos atrás, marinhonani disse:

Renan,

a rodada de 18Z do GFS indica aqui para o Noroeste do Rio, máximas baixas a partir do dia 6, a menor máxima no domingo 7, de 15ºC a 16ºC ás 15 horas. O amanhecer mais frio seria na segunda dia 8.

 

 

 

Estou preocupado com essa falta de sincronia com o modelo Europeu, sabe ? Enfim...vamos ver o que vai acontecer...

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 minutos atrás, marinhonani disse:

Renan,

a rodada de 18Z do GFS indica aqui para o Noroeste do Rio, máximas baixas a partir do dia 6, a menor máxima no domingo 7, de 15ºC a 16ºC ás 15 horas. O amanhecer mais frio seria na segunda dia 8.

 

 

Vi tudo errado, a máxima para domingo dia 7 é de 18 a 19ºC.

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

E junho voltou a estaca zero aqui em Fortaleza. Depois de um primeiro decêndio seco, tivemos a semana maravilhosa dos dias 11 a 14, quando caíram quase 200 milímetros em 3 dias. Depois disso, estamos completando 10 dias sem nada de chuva. Existe até uma previsão de que a chuva retorne na próxima semana, mas é uma previsão que vai e volta, o que diminui as esperanças. É provável que vejamos precipitações novamente apenas em 2020. 

Edited by Pedro Victor Peixoto Paulino Pedro Victor
  • Like 1
  • Sad 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 minutos atrás, Renan disse:

 

Estou preocupado com essa falta de sincronia com o modelo Europeu, sabe ? Enfim...vamos ver o que vai acontecer...

Renan,

tomara que o Europeu mude e mostre frio também para a maior parte do Sudeste.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não sou muito fã dos modelos projetados pela Climatempo, mas achei bastante interessante a previsão para cá

TEMP.jpg.cbc804c8419af51b8029ce83ee5284b6.jpg

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
33 minutos atrás, Sopron disse:

Não sou muito fã dos modelos projetados pela Climatempo, mas achei bastante interessante a previsão para cá

TEMP.jpg.cbc804c8419af51b8029ce83ee5284b6.jpg

Para aqui é a mesma coisa, 5 dias de geada nos 7 primeiros dias de Julho, eu queria viver nessa realidade deles

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Climatempo usa o GFS na sua previsão estendida, por isso estes valores, todo ano me deparo com alguns eventos assim, começa com frio de 4°, 5° graus em SP, depois vira 7°, 9° ,12° e no dia do vamos ver a mínima é de 14°, 15°.

  • Like 2
  • Sad 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 minutos atrás, jrmartinisp disse:

A Climatempo usa o GFS na sua previsão estendida, por isso estes valores, todo ano me deparo com alguns eventos assim, começa com frio de 4°, 5° graus em SP, depois vira 7°, 9° ,12° e no dia do vamos ver a mínima é de 14°, 15°.

 

Eu acho que a Climatempo só faz previsão para 5/6 dias em algumas cidades. A partir do 6º/7º dia (pelo menos na minha cidade), a previsão sempre fica assim: 

4432A8E4-9C83-4E3F-8E05-FBA8DF56F539.jpeg

  • Haha 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acabo de fuçar em vários sites que normalmente nem citamos (metcheck, time and date) e é incrível a discrepância: tem lugar dando 6 de mínima e outro 16 para SP pro mesmo dia. Talvez nunca vivemos uma esquizofrenia tão grande dos modelos. 

Edited by Daniel Lisboa
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

image.png.b6ceacd6a6004830214536f6e7045792.png

 

Resultado de imagem para meme assustado

 

 

Bom, não vou dizer que é totalmente fora do comum termos por aqui temperatura máxima próxima ou acima de 30ºC nesta época, mas o que impressiona é a quantidade de dias, fora os que já ocorreram neste junho. 

A partir disso, tive um pensamento: essa temperatura elevada pode ser explicada não somente pelo padrão de 2019, como também associado às pré-frontais que irão influenciar a região no fim deste mês. Lembrando que de acordo com as previsões as MP's do fim de junho irão afetar o centro-sul, mas não irão esfriar aqui.

O que vcs acham? Há outros fatores?

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.