Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Rodolfo Alves

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Junho/2019

Recommended Posts

3 minutos atrás, Luiz Henrique. disse:

 

A previsão por aqui é de máximas próximas aos 30ºC até quarta 🤣

Nossa! Vontade de dar um pulo na baixada a partir de amanhã....

 

  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, LucasFVenturini disse:

O site é esse aqui: https://www.meteopt.com/modelos/meteogramas/gfs.php?lat=-20.90&lon=-47.11&lang=en&type=txt&units=m

 

Na URL, você troca essa coordenada q é daqui (-20.90 e -47.11) para as coordenadas da cidade q você quiser ver o meteogramas

 

A tarde ali de 13°C é com chuva, Victor. 

 

Pena q esse cenário ainda é muito longe, daqui 280hrs, então vai mudar muito até lá. Mas o Global Acoplado do CPTEC também insiste em todas rodadas em uma MP bem forte em Julho zerando em várias regiões do Sudeste.

Mas se eu trocar as coordenadas a altitude fica como 0 metros

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 minutos atrás, Felipe S Monteiro disse:

Mas se eu trocar as coordenadas a altitude fica como 0 metros

As vezes dependendo da localidade dá esse erro mesmo, mas os dados estão corretos né? Ali o mais importante é não errar a latitude e longitude.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutos atrás, LucasFVenturini disse:

As vezes dependendo da localidade dá esse erro mesmo, mas os dados estão corretos né? Ali o mais importante é não errar a latitude e longitude.

É, estão me parecendo bem reais

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, klinsmannrdesouza disse:

Essa árvore é nativa do Sul do Brasil ou de regiões de clima temperado?

Então, Klinsmann, meio off topic: existem trocentas espécies de plátanos, tendo origem na Europa e Ásia. A espécie mais comum no mundo todo - porque é a mais resistente a pragas e cresce vigorosamente - é a Platanus hispanica (o nome já deixa clara a origem), que é a espécie das ruas e parques de Londres, Buenos Aires, Porto Alegre e todo o sul. O plátano é uma das raríssimas espécies exóticas que têm status de "planta oficial" e é protegida por lei aqui no Brasil. É a árvore-símbolo oficial das cidades de São Leopoldo, novo Hamburgo, Dois Irmãos e além de várias outras pelo RS. É a única espécie não-nativa que recebe prioridade de plantio às margens de estrada. Uma curiosidade: várias prefeituras gaúchas cuja a árvore-símbolo é o plátano de Londres têm usado um truque. Ao invés de plantar plátanos em parques e ruas, esses administradores têm usado o Liquidâmbar (originária da América do Norte), cuja a diferenciação do plátano por leigos é difícil e que cresce muito mais rápido--e é infinitamente mais resistente, inclusive a verões tórridos - e as folhas adquirem tom avermelhado no outono (o plátano fica com as folhas douradas). Já há muito mais Liquidâmbares do que platanos nas ruas de Curitiba, São Francisco de Paula, Caxias do Sul, Bento Gonçalves. Porto Alegre tem uma praça linda, que é um verdadeiro bosque, em que 90% das árvores são Liquidâmbares. São Leopoldo, primeira cidade no Brasil a usar plátanos na arborização urbana (isso ainda no século XIX), cujas mudas foram trazidas de navio pelos colonos, está usando esse pequeno truque (por lei, uma estadual e outra municipal, não poderia. Trabalhei na prefeitura de São Leopoldo na época da criação dessas leis e da Rota Romântica, então sei desses paranauês). Eu gosto das duas espécies, mas os Liquidâmbares são muito mais bonitos no outono. 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não querendo der off topic mas já sendo, se a geada se formar nos telhados das casas quer dizer que a temperatura do ar está negativa até a altura dos telhados ? 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 minuto atrás, Felipe S Monteiro disse:

Não querendo der off topic mas já sendo, se a geada se formar nos telhados das casas quer dizer que a temperatura do ar está negativa até a altura dos telhados ? 

Não. A tempera costuma zerar nas superfícies de telhados, automóveis e vegetação antes da temperatura do ar, ou seja, os sólidos perdem calor mais rapidamente do que os gases e líquidos.

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutos atrás, Felipe S Monteiro disse:

Não querendo der off topic mas já sendo, se a geada se formar nos telhados das casas quer dizer que a temperatura do ar está negativa até a altura dos telhados ? 

Pra geada se formar nos telhados das casas a temperatura tem que estar muito baixa, no mínimo uns 2/3 graus, pois são superfícies mais secas do que a vegetação. 

 

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Domingo com manhã nublada, tarde de sol entre nuvens, temperatura em Conselheiro Lafaiete entre 11° e 24°

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 minuto atrás, klinsmannrdesouza disse:

Pra geada se formar nos telhados das casas a temperatura tem que estar muito baixa, no mínimo uns 2/3 graus, pois são superfícies mais secas do que a vegetação. 

 

 

4 minutos atrás, JOÃO MARCOS disse:

Não. A tempera costuma zerar nas superfícies de telhados, automóveis e vegetação antes da temperatura do ar, ou seja, os sólidos perdem calor mais rapidamente do que os gases e líquidos.

Vlw, fiz essa pergunta porque em 2017 teve um cara q falou q no termômetro dele tinha chegado à -2°, e nessa ocasião teve essa geada nos telhados e estou tentando saber o quão isso pode ser verdade

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Curiosidade off topic - quando eu morava em São Leopoldo era super comum ver geada nos telhados. Quando mudei para porto Alegre nunca mais vi isso. Até que em 2012 (ano de inverno merreca), isso acabou acontecendo e de forma generalizada. Mas nos historicamente frios 2013 e 2016 eu não presenciei o fenômeno, nem no meu bairro, nem em nenhuma parte da capital (o que não quer dizer que não tenha ocorrido algures....) 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, LucasFVenturini disse:

O site é esse aqui: https://www.meteopt.com/modelos/meteogramas/gfs.php?lat=-20.90&lon=-47.11&lang=en&type=txt&units=m

 

Na URL, você troca essa coordenada q é daqui (-20.90 e -47.11) para as coordenadas da cidade q você quiser ver o meteogramas

 

A tarde ali de 13°C é com chuva, Victor. 

 

Pena q esse cenário ainda é muito longe, daqui 280hrs, então vai mudar muito até lá. Mas o Global Acoplado do CPTEC também insiste em todas rodadas em uma MP bem forte em Julho zerando em várias regiões do Sudeste.

Obrigado por partilhar o site, Lucas.

 

Curiosamente foi ver o modelo também.

 

Aqui para a região de Juiz de Fora tardes muito frias, talvez as mais frias do ano lá para o dia 5 a 7 de julho - até 17 graus. Vamos torcer para confirmar.

 

Aqui em Juiz de Fora, no Centro, a temperatura variou entre 14 e 23 graus. Tarde bem agradável.

 

No momento, céu claro às 19h20m: temperatura na marca dos 19 C. Se não nublar como hoje de madrugada teremos uma boa mínima pela manhã. Torçamos.

 

 

  • Like 3
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

É galera, depois de tanto sofrimento e espera, o inverno finalmente começará na região sul, e de forma violentíssima. Tendência completamente bizarra e oposta a esse maio e junho tórridos nas próximas semanas, tento não me empolgar demais, mas é preciso comentar.

 

Sobre as mps previstas para o Brasil nos próximos dias:

 

-1° Pulso 25 a 27/06: MP extremamente seca e fria para o RS, tardes do dia 25 e 26 geladíssimas, sendo a segunda com céu limpo, favorecendo a forte queda para a manhã do dia 27, que trará mínimas impactantes principalmente entre a campanha gaúcha e planalto. Ademais, grande advecção e tarde fria e nublada/chuvosa para o sul do MT, parte do MS, extremo oeste do PR, e oeste/sul de SC.

 

-2° Pulso 30 a 02/07: MP com perfil bem parecido com a da primeira, só que mais forte, abrangendo SC e o sul do PR dentro do ar seco, com ocorrência de negativas generalizadas e com valores bem baixos nos planaltos.

 

-3° e 4° Pulsos 03 a 08/07: Esses seriam os famosos hecatombes polares do maravilhoso mundo do final da grade. Euro determinístico já aponta a bomba engatilhada e subindo após o 2° pulso, negativas e geadas seriam totalmente generalizadas e iriam ficando mais fortes conforme os dias passam. Por enquanto bom se atentar a tendência, pq até lá, valores e abrangência irão mudar, mas a bomba eu tenho convicção de que vem.

Edited by Augusto Goelzer
  • Like 11
  • Thanks 3
  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
52 minutos atrás, João Ignacio disse:

Então, Klinsmann, meio off topic: existem trocentas espécies de plátanos, tendo origem na Europa e Ásia. A espécie mais comum no mundo todo - porque é a mais resistente a pragas e cresce vigorosamente - é a Platanus hispanica (o nome já deixa clara a origem), que é a espécie das ruas e parques de Londres, Buenos Aires, Porto Alegre e todo o sul.

Então, a entender, que o plátano "hispânico", é, certamente, díspar do clima de Londres.

 

Como sempre falo, "todo sul", climaticamente, botar tudo "dentro de um pote", não dá. Assim como colocar todo o Sudeste.

 

Há de se fazer uma distinção.

 

O que sempre falo. Há partes do sul que se assemelham, climaticamente, com o estado sul de SP. Assim como partes do Sudeste com o Nordeste (norte de MG).

 

Esse negócio de "Sul", é cultural; não climático.

 

 

Edited by Caco Pacheco
  • Haha 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Caco Pacheco disse:

Certeza?

 

Vc quer dizer, PONTUALMENTE, não?

 

Assim, como, em Poa, PONTUALMENTE, PASSA-SE, mais calor, também.

 

Na "pele", não. A sensação de "abafamento", sem dúvida, é maior no litoral nordestino do que em Goiânia.

 

Ora, seja mais prudente.

Pontualmente nada...

Tô falando de média mensal e até atual. Vale ressaltar o calor seco no centro do país e úmido nas bordas como você bem frisou.

Mas não vamos esquecer que não é calor seco o ano inteiro no planalto central, tem calor úmido no mínimo 3 meses que é o período mais quente da região. E no litoral nordestino, podemos usar  Natal como exemplo venta absurdamente o tempo inteiro o que ajuda amenizar o calor, coisa que não ocorre na região de Goiânia.

 

Em tempo: Independente de clima adoro a capital goiana. Uma das minhas 5 cidades favoritas no Brasil. Consideramos uma cidade Boa ou ruim levando em consideração um todo não somente seu clima.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 minuto atrás, Lucas Venturini disse:

Pontualmente nada...

Tô falando de média mensal e até atual. Vale ressaltar o calor seco no centro do país e úmido nas bordas como você bem frisou.

Mas não vamos esquecer que não é calor seco o ano inteiro no planalto central, tem calor úmido no mínimo 3 meses que é o período mais quente da região. E no litoral nordestino, podemos usar  Natal como exemplo venta absurdamente o tempo inteiro o que ajuda amenizar o calor, coisa que não ocorre na região de Goiânia.

 

Em tempo: Independente de clima adoro a capital goiana. Uma das minhas 5 cidades favoritas no Brasil. Consideramos uma cidade Boa ou ruim levando em consideração um todo não somente seu clima.

Ahh.. ninguém sabia que você gostava de Goiânia... rsrsrrsr

 

A propósito, a moças de Goiânia, são, a meu ver, as mais belas do País.

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutos atrás, Lucas Venturini disse:

Em tempo: Independente de clima adoro a capital goiana. Uma das minhas 5 cidades favoritas no Brasil. Consideramos uma cidade Boa ou ruim levando em consideração um todo não somente seu clima.

No meu post sobre Capitais, só me referia a questões climáticas.

 

Se se levar em consideração outras variáveis, aí muda as coisas...

 

Mas, para mim, clima, para habitar/morar, é 70/80%.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, klinsmannrdesouza disse:

Essa árvore é nativa do Sul do Brasil ou de regiões de clima temperado?

Esses plátanos são nativos da península ibérica.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
37 minutos atrás, Caco Pacheco disse:

No meu post sobre Capitais, só me referia a questões climáticas.

 

Se se levar em consideração outras variáveis, aí muda as coisas...

 

Mas, para mim, clima, para habitar/morar, é 70/80%.

Entre cidades médias e grandes que inclui as capitais as melhores climaticamente  São: Lages, Caxias do Sul, Guarapuava, Sao José dos Pinhais, Curitiba, Rio Grande, Pelotas, Porto Alegre (Longe do Centro Histórico), Vitória da Conquista, Brasília e Anápolis.

Edited by Lucas Venturini
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Média horária de algumas estações automáticas por Estado (região sul), em junho/2019 , até a presente data. Fonte: EPAGRI CIRAM Agroconnect

 

 

Paraná
 
General Carneiro  - INMET 12,9ºC
São Mateus do Sul – INMET  13,7ºC
Inácio Martins INMET 14,0ºC
Porto Amazonas – BASF 14,0ºC
Curitiba – Pilarzinho PWS 14,8ºC
Ivaí – INMET  15,7ºC
Curitiba – INMET  15,9ºC_  (OBS: Estação fica off no frio, abaixo de 9ºC)
Morretes – INMET  18,9ºC
Foz do Iguaçu – INMET  19,4ºC
Marechal Cândido Rondon – INMET 19,9ºC


Santa Catarina

 

São Joaquim – INMET  11,0ºC
Água Doce – Villagio 13,6ºC
Lages - INMET  13,7ºC
São Bento do Sul – Mato Preto  14,1ºC
Rio Negrinho INMET 14,4ºC
Mafra – Espigão do Bugre 14,9ºC
São Miguel do Oeste – INMET 18,4ºC
Indaial – INMET 18,6ºC
Joinville – Pirabeiraba 19,4ºC
São José/Florianópolis – INMET 19,8ºC


Rio Grande do Sul

 

São José dos Ausentes – INMET 12,5ºC
Vacaria – INMET 13,2ºC
Canguçu – INMET  15,9ºC
Bento Gonçalves – INMET 16,2ºC
Bagé – INMET  16,4ºC
Soledade – INMET  16,6ºC
Uruguaiana – INMET 17,5ºC
Torres – INMET 18,2ºC
Santa Maria – INMET 18,4ºC
Porto  Alegre – INMET 18,5ºC

  • Like 5
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.