Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Rodolfo Alves

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Junho/2019

Recommended Posts

2 horas atrás, Patrick Ribeiro disse:

A estação do Ciiagro de Rio Claro não representa muito bem o clima da cidade. Ela já fica bem afastada, na escola agrícola, na entrada do distrito de Ajapi. Enquanto a cidade de Rio Claro tem altitude média por volta dos 620m, Ajapi tem praticamente 700m. Talvez essa seja a explicação para a diferença tão grande entre os dados do Ceapla e do Ciiagro.

Analândia e Itirapina são ainda mais altas. Sempre passo na rodovia que liga essas cidades até Jaú e Bauru, a altitude passa dos 850m.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Outro modelo que está pegando de forma espetacular a grande erupção do início de Julho é o modelo Canadense, que inclusive é muito reconhecido pela Metsul em suas previsões.

 

Pois vejam só a sua projeção:

 

gem-samer-t850-2198400.thumb.png.00d26f896711a3b198b45f1cf78d110c.png

  • Like 1
  • Thanks 3
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 minutos atrás, Renan disse:

Outro modelo que está pegando de forma espetacular a grande erupção do início de Julho é o modelo Canadense, que inclusive é muito reconhecido pela Metsul em suas previsões.

 

Pois vejam só a sua projeção:

 

gem-samer-t850-2198400.thumb.png.00d26f896711a3b198b45f1cf78d110c.png

Que beleza. Mostra chegando ao Sudeste? 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 minutos atrás, Renan disse:

Outro modelo que está pegando de forma espetacular a grande erupção do início de Julho é o modelo Canadense, que inclusive é muito reconhecido pela Metsul em suas previsões.

 

Pois vejam só a sua projeção:

 

gem-samer-t850-2198400.thumb.png.00d26f896711a3b198b45f1cf78d110c.png

 

Que bizarrice enorme esse frio em altitude na Bolívia, acho difícil vir nessa configuração

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

 Opa, bom dia, meu nome é André, sou de Floripa e já acompanho o blog faz um tempo, mas depois do que apareceu no foreca hoje fui obrigado a me cadastrar, seria um sonho se isso acontecesse....

Screenshot_20190624-113741.png

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 minutos atrás, Daniel Lisboa disse:

Que beleza. Mostra chegando ao Sudeste? 

 

Bom dia, Daniel.

 

Não sei, pois a previsão desse modelo não se estende para além de 10 dias.

 

Esta noite, cruze bastante os dedos, acenda velas, faça orações fortes...pois vai sair a nova rodada do EPS, a previsão de longo prazo do modelo Europeu, que nos dará um norte muito grande do que vem por aí.

  • Like 6
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

A madrugada de Quarta-feira deve ser muito interessante no RS.

 

Isso porque vamos ter muito frio associado com chuva. No caso de Porto Alegre, provavelmente haverá chuva com temperatura sub-10. Já na serra, chuva com temperaturas ao redor dos 4 a 5 graus. O mesmo deve acontecer na serra do Sudeste, com alguma precipitação e temperatura próxima de zero e abaixo de zero em 850hpa.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em fim vamos estabelecer o inverno climático de fato no centro Sul, e ao estilo dos memoráveis. 

Projeção dos dados de ontem e hoje mostram a possibilidade de 5 pulsos polares chegando no Brasil.

Teremos a entrada do primeiro nesta semana, com condições limítrofes de precipitação de inverno nas região do serra Nordeste RS e planalto Sul SC. Segundo pulso condição de instabilidade junto à cavado se formando na altura da região do chaco ( Paraguai, norte ARG) e o 

mas o interessante mesmo será a condição do terceiro pulso empurrado por uma massa polar muito forte, alguns modelos projetam ela chegando com -10/-6C em 850hPa que poderá trazer na região acima dos 1400m máxima abaixo Zero, o que há bom tempo não ocorre, situação de neve ainda é distante, dependerá do represamento da FF e deslocamento da MP, mas com certeza será histórica!!!

Assim teremos uma condição de geada em praticamente todo Sul e boa parte de SP e MS, condições de termos quebra de recorde nas mínimas, nas estações novas, quiçá beliscando uma sub-10.

No meu entendimento este sistema com esses 3 pulsos em sequência poderá ser o mais forte desde 2000.

 

  • Like 5
  • Thanks 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 minutos atrás, Moisés Alexandre disse:

Em fim vamos estabelecer o inverno climático de fato no centro Sul, e ao estilo dos memoráveis. 

Projeção dos dados de ontem e hoje mostram a possibilidade de 5 pulsos polares chegando no Brasil.

Teremos a entrada do primeiro nesta semana, com condições limítrofes de precipitação de inverno nas região do serra Nordeste RS e planalto Sul SC. Segundo pulso condição de instabilidade junto à cavado se formando na altura da região do chaco ( Paraguai, norte ARG) e o 

mas o interessante mesmo será a condição do terceiro pulso empurrado por uma massa polar muito forte, alguns modelos projetam ela chegando com -10/-6C em 850hPa que poderá trazer na região acima dos 1400m máxima abaixo Zero, o que há bom tempo não ocorre, situação de neve ainda é distante, dependerá do represamento da FF e deslocamento da MP, mas com certeza será histórica!!!

Assim teremos uma condição de geada em praticamente todo Sul e boa parte de SP e MS, condições de termos quebra de recorde nas mínimas, nas estações novas, quiçá beliscando uma sub-10.

No meu entendimento este sistema com esses 3 pulsos em sequência poderá ser o mais forte desde 2000.

 

Show de análise.

 

Diga-me uma coisa. Quais as datas chave para os 2º e 3º pulsos polares? 

 

O 1º pulso desta semana apenas fará cócegas em São Paulo, diminuindo a máxima por 1 dia.; já as temperaturas entrando em elevação no dia seguinte.

 

Oxalá tenhamos algo parecido com 2000.... No IAG chegou a 0,XºC, se não me engano.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mínima de 9•C lá no topão do Inmet em Varginha. Fazenda deve ter descido nos 6•C! No mais, cruzando os dedos, para a saída de longo prazo do modelo europeu. Previsão da Climatempo: 

20190624_124558.jpg

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
50 minutos atrás, Moisés Alexandre disse:

Em fim vamos estabelecer o inverno climático de fato no centro Sul, e ao estilo dos memoráveis. 

Projeção dos dados de ontem e hoje mostram a possibilidade de 5 pulsos polares chegando no Brasil.

Teremos a entrada do primeiro nesta semana, com condições limítrofes de precipitação de inverno nas região do serra Nordeste RS e planalto Sul SC. Segundo pulso condição de instabilidade junto à cavado se formando na altura da região do chaco ( Paraguai, norte ARG) e o 

mas o interessante mesmo será a condição do terceiro pulso empurrado por uma massa polar muito forte, alguns modelos projetam ela chegando com -10/-6C em 850hPa que poderá trazer na região acima dos 1400m máxima abaixo Zero, o que há bom tempo não ocorre, situação de neve ainda é distante, dependerá do represamento da FF e deslocamento da MP, mas com certeza será histórica!!!

Assim teremos uma condição de geada em praticamente todo Sul e boa parte de SP e MS, condições de termos quebra de recorde nas mínimas, nas estações novas, quiçá beliscando uma sub-10.

No meu entendimento este sistema com esses 3 pulsos em sequência poderá ser o mais forte desde 2000.

 

Quais modelos e quais saídas?

Share this post


Link to post
Share on other sites
17 horas atrás, Lucas Venturini disse:

Pontualmente nada...

Tô falando de média mensal e até atual. Vale ressaltar o calor seco no centro do país e úmido nas bordas como você bem frisou.

Mas não vamos esquecer que não é calor seco o ano inteiro no planalto central, tem calor úmido no mínimo 3 meses que é o período mais quente da região. E no litoral nordestino, podemos usar  Natal como exemplo venta absurdamente o tempo inteiro o que ajuda amenizar o calor, coisa que não ocorre na região de Goiânia.

 

Em tempo: Independente de clima adoro a capital goiana. Uma das minhas 5 cidades favoritas no Brasil. Consideramos uma cidade Boa ou ruim levando em consideração um todo não somente seu clima.

 

Assim como vc falou para Buenos Aires, acho Goiânia quente demais para a latitude e altitude em que está. Tem 16°S e está a 749m acima do nível do mar, ou seja, não é uma cidade baixa.

 

Média das mínimas: 18.1 C

Média das máximas: 32,3C

 

Comparando com Belo Horizonte (20°S, 915m), tem média máxima anual 5°C mais alta que a capital mineira e, no inverno, chega a incríveis 8°C de diferença. Isso é injustificável para 4 graus de latitude e 170m de altitude a menos. Ou essas médias estão erradas ou tem fatores muito importantes que aquecem o clima da capital goiana.

 

A propósito, BH amanheceu com céu limpo e 14,3C. Às 13h, céu parcialmente nublado, 24,4C com 47%.

 

 

  • Like 2
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Renan disse:

Outro modelo que está pegando de forma espetacular a grande erupção do início de Julho é o modelo Canadense, que inclusive é muito reconhecido pela Metsul em suas previsões.

 

Pois vejam só a sua projeção:

 

gem-samer-t850-2198400.thumb.png.00d26f896711a3b198b45f1cf78d110c.png

 

Pera, esse Ceará roxo tá me assustando. 😳

  • Like 3
  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Difícil segurar a ilusão da previsão da Climatempo, dias 04/05/06 de Julho. 

 

Poços de Caldas: 4/10. 3/12. 3/16. 

Muzambinho: 6/13. 4/14. 2/17. 

S. S. do Paraíso: 6/12. 5/14. 4/18. 

Alfenas: 7/14. 3/17. 3/18. 

Varginha: 7/15. 5/17. 2/17. 

São Thomé das Letras: 7/14. 8/16. 3/17

Formiga: 9/14. 9/16. 4/18. 

Lavras: 8/13. 6/16. 3/17. 

São João del Rei: 10/16. 9/13. 4/17. 

Barbacena: 9/16. 9/13. 4/15. 

Andrelândia: 8/14. 7/15. 3/14. 

Bocaina de Minas: 7/17. 6/16. 2/13. 

(dia 08: 2/14. Dia 09: 4/14). 

São Lourenço: 5/14. 4/14. 3/14. 

Maria da Fé: 4/14. 2/14. 3/14. 

Itajubá: 4/14. 3/14. 2/14. 

Gonçalves: 6/14. 3/13. 2/12. 

Pouso Alegre: 6/16. 3/16. 2/16. 

Monte Verde: 4/13. 2/13. 3/13. 

Jacutinga: 5/14. 3/13. 4/17. 

 

Muita coisa, não me parece fazer sentido. Cidades mais altas com máximas maiores que cidades mais baixas. Alfenas e Formiga são mais  baixas que Varginha. Maria da Fé e São Thomé, ambas a 1300m +/-, com temperaturas maiores que Itajubá, a 800-900m. Enfim, vamos cruzar os dedos. A previsão tá linda! 

  • Like 4
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Renan disse:

A madrugada de Quarta-feira deve ser muito interessante no RS.

 

Isso porque vamos ter muito frio associado com chuva. No caso de Porto Alegre, provavelmente haverá chuva com temperatura sub-10. Já na serra, chuva com temperaturas ao redor dos 4 a 5 graus. O mesmo deve acontecer na serra do Sudeste, com alguma precipitação e temperatura próxima de zero e abaixo de zero em 850hpa.

Sim, meu amigo. Finalmente a região Sul terá um período de mais frio. Teremos um pulso entrando de 25 para 26/06 e outro pelo dia 01/07, como sequência, talvez, de mais alguns.  No entanto, estamos vivenciando uma verdadeira "bizarrice", com um junho que não me recordo ter visto antes, com praticamente nada de frio. Hoje mesmo já estamos com 27ºc de novo (temp. atual do Centro Histórico de Porto Alegre).

Algumas considerações se fazem necessárias:

1) SEMPRE houve calor fora de época no RS. Isso é fato.

2) Embora sempre tenha havido períodos mais quentes no inverno, de uns anos pra cá se observa uma frequência muito maior desses dias mais quentes. O que é pior: além da frequência, a continuidade dos dias de calor. Os anos de 2012 e 2015 já nos deram uma prévia desses absurdos, com dois "agostos" que mais pareciam verão aqui no Estado. Agosto de 2015 conseguiu ser pior ainda que 2012.

3) Pessoalmente, NUNCA acreditei em previsões "catastróficas" do aquecimento global, como aquela que previa a inundação do Rio de Janeiro, pelo derretimento das geleiras. Isso eu sempre achei um baita exagero, mas não desconsidero a influência humana não. Acredito MUITO em ciclos, mas o que estamos vivenciando não são somente ciclos, a meu ver.

4) Quando me refiro a "aquecimento", falo de um modo geral. Obviamente, que algumas localidades podem ter até esfriado, tudo depende. Não podemos pegar fatos isolados, pois o contexto, o GERAL, a meu ver, deve ser analisado.

5) Finalizando: Estou, desde já, curioso para ver a média final dos que seriam os 3 meses principais de frio aqui no RS: junho, julho e agosto. Em setembro ela poderá ser feita. Será que o frio que virá reverterá a tendência de outro inverno acima da média? (parte inverno climático e astronômico). Bem, mesmo que reverta, acho que não poderemos esquecer, mesmo assim, um junho tão BIZARRO como esse. É impressionante a sequência de dias quentes, num mês que deveria ser um dos mais frios. Vejam: falo em "sequência", jamais me refiro que não poderia fazer calor em junho, pois isso sempre teve, mas antes tínhamos dinâmica.

Abraços!

    

 

  • Like 2
  • Thanks 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
17 minutos atrás, João Tur POA disse:

Sim, meu amigo. Finalmente a região Sul terá um período de mais frio. Teremos um pulso entrando de 25 para 26/06 e outro pelo dia 01/07, como sequência, talvez, de mais alguns.  No entanto, estamos vivenciando uma verdadeira "bizarrice", com um junho que não me recordo ter visto antes, com praticamente nada de frio. Hoje mesmo já estamos com 27ºc de novo (temp. atual do Centro Histórico de Porto Alegre).

Algumas considerações se fazem necessárias:

1) SEMPRE houve calor fora de época no RS. Isso é fato.

2) Embora sempre tenha havido períodos mais quentes no inverno, de uns anos pra cá se observa uma frequência muito maior desses dias mais quentes. O que é pior: além da frequência, a continuidade dos dias de calor. Os anos de 2012 e 2015 já nos deram uma prévia desses absurdos, com dois "agostos" que mais pareciam verão aqui no Estado. Agosto de 2015 conseguiu ser pior ainda que 2012.

3) Pessoalmente, NUNCA acreditei em previsões "catastróficas" do aquecimento global, como aquela que previa a inundação do Rio de Janeiro, pelo derretimento das geleiras. Isso eu sempre achei um baita exagero, mas não desconsidero a influência humana não. Acredito MUITO em ciclos, mas o que estamos vivenciando não são somente ciclos, a meu ver.

4) Quando me refiro a "aquecimento", falo de um modo geral. Obviamente, que algumas localidades podem ter até esfriado, tudo depende. Não podemos pegar fatos isolados, pois o contexto, o GERAL, a meu ver, deve ser analisado.

5) Finalizando: Estou, desde já, curioso para ver a média final dos que seriam os 3 meses principais de frio aqui no RS: junho, julho e agosto. Em setembro ela poderá ser feita. Será que o frio que virá reverterá a tendência de outro inverno acima da média? (parte inverno climático e astronômico). Bem, mesmo que reverta, acho que não poderemos esquecer, mesmo assim, um junho tão BIZARRO como esse. É impressionante a sequência de dias quentes, num mês que deveria ser um dos mais frios. Vejam: falo em "sequência", jamais me refiro que não poderia fazer calor em junho, pois isso sempre teve, mas antes tínhamos dinâmica.

Abraços!

    

 

 

E pensar que antigamente todos achavam um exagero quando você dizia as coisas dessa forma, agora faz muito sentido. Mas a década de 2010 foi impiedosa com aqueles que (ainda) acreditavam que o ser humano não influenciava em nada. Estava faltando Junho para entrar na lista dos "meses bizarramente quentes" no Sul, e ele aconteceu agora. Mês passado, foi a vez de Maio entrar na listinha que só cresce.

 

Precisamos de uma compensação urgente...será que vai ser agora Julho ???

 

Abraços.

  • Like 1
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutos atrás, Renan disse:

 

E pensar que antigamente todos achavam um exagero quando você dizia as coisas dessa forma, agora faz muito sentido. Mas a década de 2010 foi impiedosa com aqueles que (ainda) acreditavam que o ser humano não influenciava em nada. Estava faltando Junho para entrar na lista dos "meses bizarramente quentes" no Sul, e ele aconteceu agora. Mês passado, foi a vez de Maio entrar na listinha que só cresce.

 

Precisamos de uma compensação urgente...será que vai ser agora Julho ???

 

Abraços.

Verdade! KKKKK Julho tem tudo para ser o mês mais frio dos 3 (junho, julho e agosto). Poderá surpreender pelo frio forte, mas, a meu ver, não reverterá a tendência, no final das contas, de um inverno acima da média. Como eu disse, meu amigo: vamos aguardar setembro, para fazermos a média final dos 3 meses. Mesmo que reverta e fique na média, a bizarrice desse mês entrará para a história e não mudará minha opinião pessoal. Abraços e obrigado pelo comentário! 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Victor Naia disse:

Difícil segurar a ilusão da previsão da Climatempo, dias 04/05/06 de Julho. 

 

Poços de Caldas: 4/10. 3/12. 3/16. 

Muzambinho: 6/13. 4/14. 2/17. 

S. S. do Paraíso: 6/12. 5/14. 4/18. 

Alfenas: 7/14. 3/17. 3/18. 

Varginha: 7/15. 5/17. 2/17. 

São Thomé das Letras: 7/14. 8/16. 3/17

Formiga: 9/14. 9/16. 4/18. 

Lavras: 8/13. 6/16. 3/17. 

São João del Rei: 10/16. 9/13. 4/17. 

Barbacena: 9/16. 9/13. 4/15. 

Andrelândia: 8/14. 7/15. 3/14. 

Bocaina de Minas: 7/17. 6/16. 2/13. 

(dia 08: 2/14. Dia 09: 4/14). 

São Lourenço: 5/14. 4/14. 3/14. 

Maria da Fé: 4/14. 2/14. 3/14. 

Itajubá: 4/14. 3/14. 2/14. 

Gonçalves: 6/14. 3/13. 2/12. 

Pouso Alegre: 6/16. 3/16. 2/16. 

Monte Verde: 4/13. 2/13. 3/13. 

Jacutinga: 5/14. 3/13. 4/17. 

 

Muita coisa, não me parece fazer sentido. Cidades mais altas com máximas maiores que cidades mais baixas. Alfenas e Formiga são mais  baixas que Varginha. Maria da Fé e São Thomé, ambas a 1300m +/-, com temperaturas maiores que Itajubá, a 800-900m. Enfim, vamos cruzar os dedos. A previsão tá linda! 

Vou acrescentar mais algumas cidades da minha região nessa listinha dos sonhos: 

Conselheiro Lafaiete: 11/17. 5/17. 6/16

Carandaí: 9/14. 5/16. 6/16

Ouro Preto: 11/18. 6/15. 6/16

Boa sequência inclusive de tardes frias, boa chance de vários dias abaixo de 20 graus

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, João Tur POA disse:

Sim, meu amigo. Finalmente a região Sul terá um período de mais frio. Teremos um pulso entrando de 25 para 26/06 e outro pelo dia 01/07, como sequência, talvez, de mais alguns.  No entanto, estamos vivenciando uma verdadeira "bizarrice", com um junho que não me recordo ter visto antes, com praticamente nada de frio. Hoje mesmo já estamos com 27ºc de novo (temp. atual do Centro Histórico de Porto Alegre).

Algumas considerações se fazem necessárias:

1) SEMPRE houve calor fora de época no RS. Isso é fato.

2) Embora sempre tenha havido períodos mais quentes no inverno, de uns anos pra cá se observa uma frequência muito maior desses dias mais quentes. O que é pior: além da frequência, a continuidade dos dias de calor. Os anos de 2012 e 2015 já nos deram uma prévia desses absurdos, com dois "agostos" que mais pareciam verão aqui no Estado. Agosto de 2015 conseguiu ser pior ainda que 2012.

3) Pessoalmente, NUNCA acreditei em previsões "catastróficas" do aquecimento global, como aquela que previa a inundação do Rio de Janeiro, pelo derretimento das geleiras. Isso eu sempre achei um baita exagero, mas não desconsidero a influência humana não. Acredito MUITO em ciclos, mas o que estamos vivenciando não são somente ciclos, a meu ver.

4) Quando me refiro a "aquecimento", falo de um modo geral. Obviamente, que algumas localidades podem ter até esfriado, tudo depende. Não podemos pegar fatos isolados, pois o contexto, o GERAL, a meu ver, deve ser analisado.

5) Finalizando: Estou, desde já, curioso para ver a média final dos que seriam os 3 meses principais de frio aqui no RS: junho, julho e agosto. Em setembro ela poderá ser feita. Será que o frio que virá reverterá a tendência de outro inverno acima da média? (parte inverno climático e astronômico). Bem, mesmo que reverta, acho que não poderemos esquecer, mesmo assim, um junho tão BIZARRO como esse. É impressionante a sequência de dias quentes, num mês que deveria ser um dos mais frios. Vejam: falo em "sequência", jamais me refiro que não poderia fazer calor em junho, pois isso sempre teve, mas antes tínhamos dinâmica.

Abraços!

    

 

Belo post, João.

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
32 minutos atrás, Renan disse:

"Estão deixando a gente sonhar" 

Tão mesmo!

 

Hoje, variei de 12ºC ~ 25,9ºC. Dia extremamente agradável.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, LeoP disse:

 

Assim como vc falou para Buenos Aires, acho Goiânia quente demais para a latitude e altitude em que está. Tem 16°S e está a 749m acima do nível do mar, ou seja, não é uma cidade baixa.

 

Média das mínimas: 18.1 C

Média das máximas: 32,3C

 

Comparando com Belo Horizonte (20°S, 915m), tem média máxima anual 5°C mais alta que a capital mineira e, no inverno, chega a incríveis 8°C de diferença. Isso é injustificável para 4 graus de latitude e 170m de altitude a menos. Ou essas médias estão erradas ou tem fatores muito importantes que aquecem o clima da capital goiana.

 

A propósito, BH amanheceu com céu limpo e 14,3C. Às 13h, céu parcialmente nublado, 24,4C com 47%.

 

 

 

Convencional de Goiânia é inconsiderável, cercada de muros e casas... dados caros e inúteis.

 

Calor severo hoje em Florianópolis, 29C 40% no aeroporto às 15h

  • Like 2
  • Thanks 1
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já são quatro modelos pegando uma mesma convergência, bom sinal aliás, vem forte na 0Z,  porém pra mim de suma importância a situação atual no Pacífico e região Antártica, sistema de inversão respondendo bem em varias estações na Antártida temperaturas elevaram muito por lá de -40/-70C  para -10/-30C, com isso estamos tendo a abertura da porteira polar,, AAO deve cair para -2/-3C no começo de Julho. ENSO 1-2 está negativando e Atlântico Sul respondendo bem a corrente das Malvinas, importante para a condição dos bloqueios oceânicos atlântico sul até altura dos 20 LS.

Tudo indica até o momento que Julho terá a tendência de ser -2/-4 abaixo  da normal climática no centro Sul.

Edited by Moisés Alexandre
  • Like 11
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa tarde.

Minima de 9,7°C hoje em Carazinho, no planalto médio gaúcho.

Aos mais experientes no assunto, quais as reais possibilidades de precipitações invernais nesses pulsos polares previstos, até o momento?

E onde podem ocorrer?

Um abraço e ótima tarde a todos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dia de muito sol na capital paulista hoje , ventos forte e continentais marcam presença .

 

Sesc Inmet teve variação de 13.2 a 25.5 hoje .

 

No aguardo para ver se a onda de frio do começo de Julho , se confirma por aqui . 

Esse 2019 está num marasmo só .

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Precisamos do apoio do ECMWF !

 

E por enquanto o Euro coloca uma solução EXTREMAMENTE DIFERENTE dos demais modelos para o início de Julho.

 

Na 12Z, mantém tudo bloqueado na Argentina, sem ciclone, sem friozão no Brasil...

 

- Estaria este modelo sendo um precursor do que realmente vai acontecer (como já aconteceu várias vezes), ou ele está totalmente outlier dessa vez, viajando na maionese ?

 

Cenas dos próximos capítulos.

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Climatempo está atualizando toda hora. Ainda estamos distantes umas 280/300 horas do ápice do friozão para cá (a confirmar). 

 

Até uma hora atrás davam um repeteco de 94,2000 para São Carlos/SP (800-850m). 

 

1/12. 3/13. 0/10. 1/12. 2/11. 1/17. 

 

Agora está mais "quentinho": 

 

3/13. 3/14. 3/15. 6/16. 9/20. 

 

Vamos cruzar os dedos. 3 anos do friozão pro sudeste já foi completado. Junho de 2016 e dias 17/18/19 de Julho com excelentes mínimas. Últimas vezes que formou geada em Varginha, zona urbana. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

O motivo de ECMWF e GFS apostarem em soluções tão drasticamente diferentes pro início de Julho está em 500hpa:

 

 

GFS: Um grande cavado sobre a região Sul, o jato ondulando com muito mais força, sem bloqueio no Brasil central.

 

gfs-samer-z500_barbs-2090400.thumb.png.7a9e24b6ccb6e5e64d6b983cf174cfd2.png

 

Euro: Cavado muito distante e ainda tem uma baixa na costa chilena que, acredito eu, ajuda na fortificação do bloqueio sobre o Brasil central

 

ecmwf-samer-z500_barbs-2090400.thumb.png.23727a52643316265a8d33452b72910a.png

 

Peço ajuda dos meteorologistas e especialistas no assunto para elucidar essas questões.

  • Like 9

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 minutos atrás, Renan disse:

Precisamos do apoio do ECMWF !

 

E por enquanto o Euro coloca uma solução EXTREMAMENTE DIFERENTE dos demais modelos para o início de Julho.

 

Na 12Z, mantém tudo bloqueado na Argentina, sem ciclone, sem friozão no Brasil...

 

- Estaria este modelo sendo um precursor do que realmente vai acontecer (como já aconteceu várias vezes), ou ele está totalmente outlier dessa vez, viajando na maionese ?

 

Cenas dos próximos capítulos.

Se ele acertar, e os outros errarem, seria o vilão que vem para acabar com a felicidade das pessoas.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutos atrás, Renan disse:

O motivo de ECMWF e GFS apostarem em soluções tão drasticamente diferentes pro início de Julho está em 500hpa:

 

 

GFS: Um grande cavado sobre a região Sul, o jato ondulando com muito mais força, sem bloqueio no Brasil central.

 

gfs-samer-z500_barbs-2090400.thumb.png.7a9e24b6ccb6e5e64d6b983cf174cfd2.png

 

Euro: Cavado muito distante e ainda tem uma baixa na costa chilena que, acredito eu, ajuda na fortificação do bloqueio sobre o Brasil central

 

ecmwf-samer-z500_barbs-2090400.thumb.png.23727a52643316265a8d33452b72910a.png

 

Peço ajuda dos meteorologistas e especialistas no assunto para elucidar essas questões.

Já li N vezes aqui que baixa na costa chilena é muito ruim para o frio. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, LeoP disse:

 

Assim como vc falou para Buenos Aires, acho Goiânia quente demais para a latitude e altitude em que está. Tem 16°S e está a 749m acima do nível do mar, ou seja, não é uma cidade baixa.

 

Média das mínimas: 18.1 C

Média das máximas: 32,3C

 

Comparando com Belo Horizonte (20°S, 915m), tem média máxima anual 5°C mais alta que a capital mineira e, no inverno, chega a incríveis 8°C de diferença. Isso é injustificável para 4 graus de latitude e 170m de altitude a menos. Ou essas médias estão erradas ou tem fatores muito importantes que aquecem o clima da capital goiana.

 

A propósito, BH amanheceu com céu limpo e 14,3C. Às 13h, céu parcialmente nublado, 24,4C com 47%.

 

 

E se formos comparar com Brasília que é mais frio que BH e então que fica do lado.

Quantas Estação convencional de Goiânia o que posso dizer é que foi instalada no pior local que se pode instalar uma estação meteorológica.

É uma verdadeira aberração uma estação meteorológica instalada no meio do concreto numa ilha de calor na parte mais quente da cidade de Goiânia sem arborização sem nada em volta de prédios altos e muito asfalto não poderia sair nada diferente.

Enquanto a temperatura pode cair a 12 graus em um local mais equilibrado da cidade nessa Estação convencional de Goiânia Digamos que ela não consegue passar de 17 graus. 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pela Climatempo, nos 3 últimos dias da previsão, no início de julho, devo destacar as máximas baixas com sol previstas para BH. 

 

Teríamos:

 

01/07: 10°C/18°C

02/07: 11°C/19°C

03/07: 10°C 18°C

 

Estou na torcida para que esses valores reduzam ainda mais, principalmente as mínimas. E curiosamente, vai ser bem no aniversário de 2 anos da baleia polar de 2017.

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
37 minutos atrás, Renan disse:

O motivo de ECMWF e GFS apostarem em soluções tão drasticamente diferentes pro início de Julho está em 500hpa:

 

 

GFS: Um grande cavado sobre a região Sul, o jato ondulando com muito mais força, sem bloqueio no Brasil central.

 

gfs-samer-z500_barbs-2090400.thumb.png.7a9e24b6ccb6e5e64d6b983cf174cfd2.png

 

Euro: Cavado muito distante e ainda tem uma baixa na costa chilena que, acredito eu, ajuda na fortificação do bloqueio sobre o Brasil central

 

ecmwf-samer-z500_barbs-2090400.thumb.png.23727a52643316265a8d33452b72910a.png

 

Peço ajuda dos meteorologistas e especialistas no assunto para elucidar essas questões.

 CMC (cabadense) manteve mas tirou 60% da força. Que novela mexicana...por Dios😰

  • Like 1
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 minutos atrás, renata16 disse:

 CMC (cabadense) manteve mas tirou 60% da força. Que novela mexicana...por Dios😰

 

Faz uma reza brava aí, Renata.

 

Os próximos dias serão determinantes. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Máxima de 27,9° hoje em Porto Alegre.

 

Com isso, a anomalia de junho/2019 na AUTOMÁTICA de Porto Alegre, em relação à normal 2001-2019, fica assim:

  • mínimas: 14,7° (+3,2)
  • máximas: 24,8° (+4,9)
  • horária: 18,8° (+3,9°)

Mês bastante agradável, como todos podem ver.

 

Na convencional (1974-2019), a coisa piora:

image.thumb.png.f9b004388c7139e52a7fd5bb9a26cbad.png

 

 

Em Floripa, tive máxima de 29,0° hoje no Canto dos Araçás. Amanhã eu espero que encostemos nos 30°, tanto lá em Floripa quanto aqui, na querida Porto Alegre, onde vamos sair da tarde escaldante para uma geladeira total na quarta, com máxima na casa dos 12°. Amanhecer de quinta com mínima de 4/5° no Inmet, e daí começa a esquentar vertiginosamente de novo até a próxima MP, que talvez venha só no mês que vem. 

 

Bom, considerando as projeções até o fim do mês, estimo uma sequência assim pra POA:

image.png.e6a9c6e88ee69725610cb43b5b67ed2e.png

 

Fecharíamos com +3/+4, no junho mais quente da história.

 

  • Like 9
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um mapa bem interessante:

 

image.png.37a1dfc542bbf89a469cb3a4c9d2fec7.png

 

Sim, a região do vale do ribeira estava em seu próprio mundo com um nevoeiro persistente, em plena tarde de céu azul em todo estado, em altitude bem menor.

Imagem das 11h25:

image.png.8ca981eb2af6a93e7ea7178f4c24abc8.png

 

Acho incrível a capacidade de persistência de nevoeiros em certos lugares. União da Vitória é um exemplo de uma cidade maior que tem essa característica de permanecer encoberta manhã adentro com facilidade, algo bem típico de vales.

Gráfico da evolução da temperatura hoje por lá:

image.png.0ab0ad20a64ec5f77f593e8e0a8d4775.png

 

Em Cerro Azul, no vale do ribeira:

image.png.8738dfe57a450123abc00b492f3f7e3d.png

 

 

 

Edited by Guto Cesar
  • Like 6
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Renan disse:

Precisamos do apoio do ECMWF !

 

E por enquanto o Euro coloca uma solução EXTREMAMENTE DIFERENTE dos demais modelos para o início de Julho.

 

Na 12Z, mantém tudo bloqueado na Argentina, sem ciclone, sem friozão no Brasil...

 

- Estaria este modelo sendo um precursor do que realmente vai acontecer (como já aconteceu várias vezes), ou ele está totalmente outlier dessa vez, viajando na maionese ?

 

Cenas dos próximos capítulos.

Sinto muito Renan...

 

Eu sempre tenho razão, os outros vão me seguir como sempre, bloqueio + bloqueio + bloqueio.

  • Like 2
  • Haha 12

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 minutos atrás, ecmwf disse:

Sinto muito Renan...

 

Eu sempre tenho razão, os outros vão me seguir como sempre, bloqueio + bloqueio + bloqueio.

 

Vira essa boca pra lá, ECMWF. Dessa vez talvez você esteja equivocado, veja que na saída de agora à tarde, o seu irmão EPS (Euro estendido) manteve o forte resfriamento por todo o Centro-sul.

 

Você vai mudar de opinião na rodada da madrugada. Anote aí.

  • Thanks 1
  • Haha 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, LeoP disse:

 

Assim como vc falou para Buenos Aires, acho Goiânia quente demais para a latitude e altitude em que está. Tem 16°S e está a 749m acima do nível do mar, ou seja, não é uma cidade baixa.

 

Média das mínimas: 18.1 C

Média das máximas: 32,3C

 

Comparando com Belo Horizonte (20°S, 915m), tem média máxima anual 5°C mais alta que a capital mineira e, no inverno, chega a incríveis 8°C de diferença. Isso é injustificável para 4 graus de latitude e 170m de altitude a menos. Ou essas médias estão erradas ou tem fatores muito importantes que aquecem o clima da capital goiana.

 

A propósito, BH amanheceu com céu limpo e 14,3C. Às 13h, céu parcialmente nublado, 24,4C com 47%.

 

O meu palpite é o seguinte: como vocês mesmo dizem, BH ainda tem alguma influência de ventos marítimos.

Goiânia é bem mais continental.

Não sei as médias de Uberaba mas fica a 740 m de altitude (A antiga convencional) e já chegou nos 40°C (40,7°C em 15/10/2014).

Uberaba está na mesma latitude de BH.

Já Goiânia está cerca de 3° mais a norte, cerca de 17° sul.

 

Vejam o caso da cidade de Mendoza, na Argentina, de clima verdadeiramente continental.

Fica a 32,8° de latitude sul.

O seu aeroporto está a 710m.

Tem média das máximas de 32,3°C em janeiro (4,1°C mais alta do que o Mirante, em Sampa) e máxima absoluta de 44,4°C.

  • Like 3
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Enquanto o frio não chega...a realidade pra hoje foi frio só pra quem saiu cedinho e pegou a mínima de 13 graus. Depois tivemos sol o dia todo em Cons. Lafaiete e a máxima chegou aos 25°

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Lucas Venturini disse:

E se formos comparar com Brasília que é mais frio que BH e então que fica do lado.

Quantas Estação convencional de Goiânia o que posso dizer é que foi instalada no pior local que se pode instalar uma estação meteorológica.

É uma verdadeira aberração uma estação meteorológica instalada no meio do concreto numa ilha de calor na parte mais quente da cidade de Goiânia sem arborização sem nada em volta de prédios altos e muito asfalto não poderia sair nada diferente.

Enquanto a temperatura pode cair a 12 graus em um local mais equilibrado da cidade nessa Estação convencional de Goiânia Digamos que ela não consegue passar de 17 graus. 

 

O problema de Goiânia é o de muitas cidades.

A quase totalidade das estações ficavam no meio do mato quando foram instaladas.

Aí, as cidades cresceram, cresceram, cresceram...

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tentei fazer um time lapse dessa frente fria dos próximos dias no PR mas elas foram enviadas em uma sequência diferente, ai se vc quiser organizar por vc mesmo fica ao seu critério

Capture+_2019-06-24-18-25-11-1.png

Capture+_2019-06-24-18-24-56-1.png

Capture+_2019-06-24-18-24-47-1.png

Capture+_2019-06-24-18-25-01-1.png

Capture+_2019-06-24-18-25-07-1.png

Capture+_2019-06-24-18-25-11-1.png

Capture+_2019-06-24-18-25-15-1.png

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, renata16 disse:

 CMC (cabadense) manteve mas tirou 60% da força. Que novela mexicana...por Dios😰

Tava muito bom para ser verdade . :(

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.