Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Rodolfo Alves

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Junho/2019

Recommended Posts

19 minutos atrás, Caco Pacheco disse:

Não precisa ir tão longe... As MP´s de 2016, 2013 e 2011 já fizeram um belo de um arregaço! Especialmente 2016 e 2013.

 

Mas entendo teu ponto de vista. Você se refere a MP´s a la 94, 90, 85, 79, 75, 55. E por aí vai...

 

Hoje creio que esses são MEGA EVENTOS POLARES;  porém raros.

 

Mega eventos que com toda a certeza ocorrerão novamente, e o Mirante conseguirá chegar próximo de zero grau novamente, com direito a geada forte no IAG e em todas as áreas arborizadas de Sampa. 

 

2016 foi excelente para essa década, porém não se destacaria muito nas décadas de 70 a 90. Esse é o fato. 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
28 minutos atrás, marinhonani disse:

Fernando Keiser,

qual a explicação da estação Cruzeiro 1520 metros, marcar máximas com diferença acima de 1,0ºC em comparação com a outra estação Cruzeiro?

 

A de 1470m está à beira de um

lago e a de 1520m está rodeada de mato e muita vegetação. Na verdade eu coloquei lá de propósito, pois antes tinha uma estação lá com mínimas malucas, bem abaixo da realidade e pior que muitos consideravam. Desde que instalei a estação lá ela nunca teve a mínima do Estado, o que era frequente com a estação maluquinha de antes, que tinha um abrigo ruim.

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
37 minutos atrás, Caco Pacheco disse:

Pinheiros oscilou entre 13,4ºC ~ 24,3ºC. Predominou muito sol com poucas nuvens.

 

No momento, 23,4ºC (14:30).

 

Acho incrível a "climatização do corpo" com o passar do tempo em relação à gradual mudança (queda ou aumento) nas temperaturas....

 

A sensação que passo na rua sob sol em junho com 23/24ºC é de "certo calorzinho". Já com 27ºC em março, sinto menos calor. Muito lôko!

 

 

Já aqui sol com muitas nuvens o dia todo e a máxima mal passou dos 20°C com mínima de 12,7°C.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 minutos atrás, Renan disse:

 

Mega eventos que com toda a certeza ocorrerão novamente, e o Mirante conseguirá chegar próximo de zero grau novamente, com direito a geada forte no IAG e em todas as áreas arborizadas de Sampa. 

 

2016 foi excelente para essa década, porém não se destacaria muito nas décadas de 70 a 90. Esse é o fato. 

Concordo, por mais que exista aquecimento global (o que eu fico em cima do muro) e o efeito ilha de calor urbana (que é um fator muito importante em metrópoles), é óbvio que mega eventos de temperatura extrema vão continuar a ocorrer. Podem ter uma periodicidade mais alargada, mas vão ocorrer, sim. Se deixar levar por um certo alarmismo (nunca mais vai fazer frio aqui ou acolá) sempre vai fazer dar com os burros n'água. Ninguém esperava uma neve tão poderosa em 2013, certo? Mas ela veio, fez e aconteceu. "Ah, mas 2013 foi ponto fora da curva". Que seja, mas ocorreu, ao contrário daqueles que diziam que jamais iria ocorrer nesses tempos. Infelizmente, em relação a calor isso também é verdadeiro. "Tão cedo não haverá um verão como 2015“. Será? O clima é tão complexo, tem tantas variáveis, algumas que passaram a ser estudadas apenas recentemente. Basta vermos o conhecimento que se tinha sobre ENSO há 40/50 anos e o que sabe hoje. Qualquer afirmação definitiva que fizermos pode ser facilmente desmentida um ou dois meses depois por um evento que parecia surreal. É bom ver tudo com um pouco de cautela. Sem muito oba oba, mas também sem pessimismo exagerado. Há muito para se entender e aprender. 

  • Like 5
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em Carazinho hoje mínima de 3,9°C na estação Bela Vista e 5,1°C no centro da cidade.

Registro de geada no interior a primeira do ano, incrivelmente.

Creio que a primeira geada mais tardia em muitos anos.

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
49 minutos atrás, Renan disse:

 

Com certeza, mas nos tempos atuais é melhor se contentar com uma onda extremamente forte, hehehe. Quem sabe não teremos a maior MP desde décadas ? Sempre acreditamos nisso todos os anos, eu sei. Mas tem alguma coisa neste inverno que me faz acreditar que sairemos, enfim, do jejum aqui na zona da mata e estado do RJ.

Nos últimos três anos que venho acompanhando as previsões frequentemente, o normal é sair a previsão de um bom frio de início e conforme vai chegando realmente a MP, as previsões enfraquecem o frio, e quando ele chega realmente vem bem mais fraco do que era previsto. Óbvio que houve exceções. Uma delas foi essa primeira MP no início de junho, pelo menos aqui pra região foi bom, e as previsões não mudaram tanto ao longo da chegada da MP.

Acredito também que venha alguma MP forte pro RJ e MG, que pode ser essa prevista para início de julho, mas ainda não acredito que irá mudar o padrão geral, devemos ter um bom frio pontual e permanência de temperaturas acima da média na maior parte do inverno.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mínimas de hoje no sertão da PB:

 

  • São Gonçalo: 16°C
  • Itaporanga: 17,1°C
  • Patos: 19,9°C
  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olha como veio o Global Acoplado de 00Z:

 

image.thumb.png.a65fa657fdf025a394aff17e7b77e386.png

 

A vontade de não se iludir é grande, mas esses modelos não deixam.

 

 

  • Like 12
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
54 minutos atrás, João Ignacio disse:

Concordo, por mais que exista aquecimento global (o que eu fico em cima do muro) e o efeito ilha de calor urbana (que é um fator muito importante em metrópoles), é óbvio que mega eventos de temperatura extrema vão continuar a ocorrer. Podem ter uma periodicidade mais alargada, mas vão ocorrer, sim. Se deixar levar por um certo alarmismo (nunca mais vai fazer frio aqui ou acolá) sempre vai fazer dar com os burros n'água. Ninguém esperava uma neve tão poderosa em 2013, certo? Mas ela veio, fez e aconteceu. "Ah, mas 2013 foi ponto fora da curva". Que seja, mas ocorreu, ao contrário daqueles que diziam que jamais iria ocorrer nesses tempos. Infelizmente, em relação a calor isso também é verdadeiro. "Tão cedo não haverá um verão como 2015“. Será? O clima é tão complexo, tem tantas variáveis, algumas que passaram a ser estudadas apenas recentemente. Basta vermos o conhecimento que se tinha sobre ENSO há 40/50 anos e o que sabe hoje. Qualquer afirmação definitiva que fizermos pode ser facilmente desmentida um ou dois meses depois por um evento que parecia surreal. É bom ver tudo com um pouco de cautela. Sem muito oba oba, mas também sem pessimismo exagerado. Há muito para se entender e aprender. 

 

Perfeito ! 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, marinhonani disse:

Moisés Alexandre,

no site da MetSul informaram hoje, que tem mais duas massa frias no RS até o final de junho.

 

Será que forte massa polar da 1ª semana de julho vai afetar todo Rio de Janeiro, centro-sul do Espírito Santo e metade de Minas Gerais?

...os modelos pegam sim, condições de SUB 10C em várias localidades e condições de negativar bem na região da Mantiqueira. 

  • Like 3
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

...pelos dados de hoje podemos verificar uma oscilação dos sistemas no hemisfério sul,  modelos projetam (final Junho e 1ª quinzena de julho)  uma sequencia de 2-3 MPs abrangentes no conesul, alcançado região sudeste, centro oste e norte. As projeções de hj dão risco de geada em algumas regiões de safrinhas  e cafezais. Por outro lado vem mostrando pouca precipitação inverno, mas pelo histórico climático, estes sistemas continentais tem uma enorme gradiente, provavelmente teremos situação de precipitação de inverno no sul Brasil, em varias regiões.

Em Lages 12C. 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
44 minutos atrás, DaviOlrb disse:

?????

 

Q6QD9mT.png

 

Poderá ser uma primeira quinzena gélida de Julho, além de parte da segunda quinzena também. Depois, fica mais xoxo. 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

O app "Tempo 14 dias" também já enxerga o monstro polar do início de Julho.

 

Para Bagé, no dia 03/07, temperatura máxima de 7 graus e mínima de 1...

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fui ver se a Climatempo já tá pegando essa tendência e me deparei com essa aberração! É pra rir? Pq eu não vi graça...

Screenshot_20190620-181544.png

  • Haha 5
  • Confused 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguns sistemas parecem aos poucos se convergirem apensar das diferenças gritantes. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
57 minutos atrás, Wagner97 disse:

Fui ver se a Climatempo já tá pegando essa tendência e me deparei com essa aberração! É pra rir? Pq eu não vi graça...

Screenshot_20190620-181544.png

A Climatempo anda sem noção. Tratam uma massa polar mediana como uma super onda de frio e ignoram as notícias realmente importantes. 

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, LucasFVenturini disse:

Olha como veio o Global Acoplado de 00Z:

 

image.thumb.png.a65fa657fdf025a394aff17e7b77e386.png

 

A vontade de não se iludir é grande, mas esses modelos não deixam.

 

 

OLHEM ISSO, SUB 5°C EM BH!!!!

 

04308W1935S.png

 

images?q=tbn:ANd9GcTkTgyVfDlSm5QqeBS8Idg

  • Like 6
  • Haha 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, marinhonani disse:

Caco,

a massa polar de junho de 1994 foi histórica para São Paulo, Sul de Minas e parte do Rio(6,7 no Alto da Boa Vista menor mínima da estação) com negativas nos dois estados.

A massa polar de julho de 2000 teve duas, uma que foi histórica em São Joaquim e na sequencia outra que baixou muito as mínimas em partes de Minas, todo Rio e Sul do ES.

A MP de 94 foi histórica para o sul também. O RS "branqueou geral", com exceção do litoral. Caiu granular em PoA na MP de julho. Minha querida tia avó Nely Ferrari, viva à época, relata grãos de neve batendo à sua janela no evento, no centro de PoA! Bento Gonçalves, terra de minha avó e avô maternos, branqueou como há muito não se via...Relato de parentes Pasquali de lá.

 

Parentes de Chapecó também falam desta neve na região oeste de SC.

 

Sim, havia me esquecido das muito potentes MP´s de 2000.

 

Mas a MP de 94, no quesito à neve no sul, foi mais pancada do que todas as de 2000. 

 

Foi parecida com a de agosto de 2013, porém mais abrangente.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Estamos no dia 20/06. E mais cinco capitais ultrapassaram a média de chuva de junho, se juntando a Brasília, Belo Horizonte e Rio Branco(que já tinham ultrapassado a média do mês bem antes). Todas essas cinco ficam no Norte-Nordeste:

 

Macapá: 253mm(média 244,7mm)

São Luís: 212,5mm(média 183,4mm)

Fortaleza: 206,7mm, incluindo dados da automática dos dias 15 e 16(média 153,7mm)

João Pessoa: 527mm(média 355,2mm)

Recife: 405,2mm, somando o dado da automática do dia 15(média 391,1mm)

 

A partir de amanhã, começa(junto com o inverno) o terceiro e último decêndio de junho. E o terceiro decêndio de qualquer mês costuma ter chuvas mais significativas em alguns casos. Costuma ser nesse período que tudo pode mudar em relação as chuvas.

Edited by Darley
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Wagner97 disse:

Fui ver se a Climatempo já tá pegando essa tendência e me deparei com essa aberração! É pra rir? Pq eu não vi graça...

Screenshot_20190620-181544.png

Pelos modelos é próximo disso mesmo, nem GFS nem europeu mostra que nenhuma das mps chegarão aqui, só no sul e olhe lá. Quem sabe muda, mas...  Esses meses de outono/inverno eram para aproveitar as temperaturas baixas e estão virando meses de expectativas frustradas, ansiedade em vão, faz até mal...

  • Like 1
  • Confused 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
40 minutos atrás, renata16 disse:

Pelos modelos é próximo disso mesmo, nem GFS nem europeu mostra que nenhuma das mps chegarão aqui, só no sul e olhe lá. Quem sabe muda, mas...  Esses meses de outono/inverno eram para aproveitar as temperaturas baixas e estão virando meses de expectativas frustradas, ansiedade em vão, faz até mal...

Como assim não mostra? E esse mapa do europeu? 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 minutos atrás, Daniel Lisboa disse:

Como assim não mostra? E esse mapa do europeu? 

 

Europeu até 240 horas:

 

ecmwf_T850a_samer_fh0-240.gif

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Previsão para o inverno 2019 da metsul no Correio do povo:

"No RS, a estação que começa sob El Niño fraco no Pacífico, tende a ter igualmente temperatura acima das normais climatológicas no trimestre. Haverá mais dias amenos ou quentes que o normal, mas não significa que deixará de fazer frio. Os gaúchos enfrentarão dias frios e alguns até gelados. Julho deve ser, na média, o mês mais frio. Já a chuva deve também ficar acima da média com eventos de precipitação volumosa. "

 

Para o Sudeste e Centro Oeste, a Metsul pinta um cenário muito desfavorável: muitos dias quentes, lembrando o auge do verão. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 minutos atrás, renata16 disse:

 

Europeu até 240 horas:

 

ecmwf_T850a_samer_fh0-240.gif

Ah tá, não me assuste. É que a monstrenga deve chegar aqui lá pelo dia 5, não? (se vier) 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

O modelo global indica 0°C para Betim, que é praticamente ao lado de BH. Eu moro na divisa de Contagem com Betim. Isso é loucura! Florestal, na RMBH negativaria nesse cenário. 

 

Não vou nem me iludir porque sei que é absolutamente impossível!

04460W1935S.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite a todos...

 

Na boa? Eu só acredito, por enquanto, na pequena queda de temperatura por aqui no sudeste de MG no final de semana, seguido de um aquecimento até o meio da semana, que deve deixar as temperaturas mais elevadas que agora... E também uma passagem rápida do frio no RS. Isso até o final do mês. Certeza que fecharemos o mês com anomalias bem positivas de temperatura.

 

É claro que estou na torcida como vocês, mas sou muito ressabiado com estes modelos de longo prazo ou previsão com mais de 10 dias de antecedência. Aceito ser convencido do contrário. rsrsrs

 

Aqui no Centro de Juiz de Fora, como ontem, a temperatura oscilou hoje entre 15 C e 25 C. No momento, 21h40m, um suave vento sul, 18 C. Parece que está começando o minifrio deste fim de semana aqui na região. 

 

Até hoje junho está com temperatura média estimada de 18,0 C, 0,5 C acima do registro de todo o mês de junho de 2018, que já não foi lá grandes coisas no quesito frio...

 

Amigo Renan, sua estação está fora do ar? Não vi no WUnderground.

 

 

 

Edited by sjmolive
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vocês estão criando paranóias com essas projeções rs, é para um cenário distante ainda, depois do dia 01-07, é normal variações bruscas de uma rodada para outra quando esta longe da data. Se for acontecer mesmo vai haver uma convergência entre eles só daqui a uma semana.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Caco Pacheco disse:

A MP de 94 foi histórica para o sul também. O RS "branqueou geral", com exceção do litoral. Caiu granular em PoA na MP de julho. Minha querida tia avó Nely Ferrari, viva à época, relata grãos de neve batendo à sua janela no evento, no centro de PoA! Bento Gonçalves, terra de minha avó e avô maternos, branqueou como há muito não se via...Relato de parentes Pasquali de lá.

 

Parentes de Chapecó também falam desta neve na região oeste de SC.

 

Sim, havia me esquecido das muito potentes MP´s de 2000.

 

Mas a MP de 94, no quesito à neve no sul, foi mais pancada do que todas as de 2000. 

 

Foi parecida com a de agosto de 2013, porém mais abrangente.

Caco Pacheco,

eu me referi somente na massa polar de junho de 94 exclusiva no Sudeste. 

Na massa polar de julho de 94 fez muito frio no Sudeste também, mas no Sul foi bem forte, com destaque a neve em várias cidades do RS e SC.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, renata16 disse:

Pelos modelos é próximo disso mesmo, nem GFS nem europeu mostra que nenhuma das mps chegarão aqui, só no sul e olhe lá. Quem sabe muda, mas...  Esses meses de outono/inverno eram para aproveitar as temperaturas baixas e estão virando meses de expectativas frustradas, ansiedade em vão, faz até mal...

Deus me dibre!

Share this post


Link to post
Share on other sites
21 minutos atrás, klinsmannrdesouza disse:

Vocês estão criando paranóias com essas projeções rs, é para um cenário distante ainda, depois do dia 01-07, é normal variações bruscas de uma rodada para outra quando esta longe da data. Se for acontecer mesmo vai haver uma convergência entre eles só daqui a uma semana.

Nos últimos anos vi previsões de muito frio no Global Acoplado para a região Sudeste e dias depois evaporava tudo, era a maior furada.

Está muito longe ainda, mas para o RS e SC acho que vai esfriar muito no mês de julho.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
51 minutos atrás, Daniel Lisboa disse:

Ah tá, não me assuste. É que a monstrenga deve chegar aqui lá pelo dia 5, não? (se vier) 

A Argentina e Chile terão boas ondas de frios nos próximos dias, uma hora deve vir algo sim (oremos). 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite! Em Buenos Aires amanhecemos com a menor temperatura do ano, com 5,5°C. Ao longo do dia, a nebulosidade foi aumentando e o céu se encheu de nuvens quase que completamente já no início da tarde. A máxima foi de 16,4°C.

Agora temos céu parcialmente nublado, 13,1°C, URA de 82%, vento norte a 5 km/h e pressao de 1.018,4 hpa.

Para amanha o SMN indica céu parcialmente nublado de manha e nublado à tarde e à noite. Mínima de 9°C (acho difícil, está estancada a temperatura) e máxima de 17°C. O sol nasce às 8h e se poe às 18h50.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

TBT (atrasado)

 

Renan, citando uma previsão da MetSul:

 
Citar

 

Este costuma ser o mês mais frio do ano, mas pelo visto não vai ser assim lá no Sul:

"Julho de 2013 não deve repetir a geladeira do ano passado" (Metsul)

Realmente foi uma geladeira...eu que o diga...foi frio forte e constante durante a 1 semana que fiquei lá ano passado

 

 

Valdir, talvez num momento de intuição apuradíssima:

 
Citar

 

Quando essas calmarias acontecem, geralmente somos surpreendidos com algo que rompe o marasmo.

 

 

GusthavoMoraes, avisando sobre uma tendência para além de 10 dias!

 
Citar

 

Para a segunda quinzena de Julho, o GFS mostra uma MP de 1040 hPa subindo pelo Cone-Sul adentro, o problema é a falta de ciclones, se continuar podemos perder até duas incursões de ar polar seguidas, já que na retaguarda dessa primeira, viria uma segunda (em um curto intervalo de tempo, coisa de 2 dias) com a mesma potência, mas o problema do ciclone continua! Cadê os ciclones??!

 

Obs.: Essa primeira incursão seria forte ao ponto de não precisar de um ciclone para atingir o sul do Brasil, mas com certeza se ele aparecesse o cenário seria muito melhor... Mas tá longe ainda galera! Só espero que essa tendência de ciclones falhos acabe!

 

 

Gamboa, novo balde de água fria

 
Citar

 

Estou desanimado com os modelos. Inclusive para depois do dia 15. Está havendo um bloqueio da passagem das Mps.

 

 

Vinícius, adiantando uma BOMBA

Citar

 

Postado Julho 8, 2013

Pela 18Z, vem paulada a partir do dia 16. Mas quando eu digo paulada, é paulada mesmo. Não vou me empolgar muito, faltam muitos e muitos dias...8 dias.

 

 

 

 

Tenhamos fé irmãos...

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites
50 minutos atrás, Fábio De Nittis disse:

Boa noite! Em Buenos Aires amanhecemos com a menor temperatura do ano, com 5,5°C. Ao longo do dia, a nebulosidade foi aumentando e o céu se encheu de nuvens quase que completamente já no início da tarde. A máxima foi de 16,4°C.

Agora temos céu parcialmente nublado, 13,1°C, URA de 82%, vento norte a 5 km/h e pressao de 1.018,4 hpa.

Para amanha o SMN indica céu parcialmente nublado de manha e nublado à tarde e à noite. Mínima de 9°C (acho difícil, está estancada a temperatura) e máxima de 17°C. O sol nasce às 8h e se poe às 18h50.

Buenos Aires pela latitude que tem deveria ter desempenho melhor, sempre fico com a impressão que poderia ser mais fria. Só pra exemplificar Bs. As é mais quente que Curitiba isso na média anual. E no quesito minimas então, nem se fala...

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutos atrás, Lucas Venturini disse:

Buenos Aires pela latitude que tem deveria ter desempenho melhor, sempre fico com a impressão que poderia ser mais fria. Só pra exemplificar Bs. As é mais quente que Curitiba isso na média anual. E no quesito minimas então, nem se fala...

 

Proximidade com as águas do Prata, Tandil que fica só a 350km de lá e a apenas 188m, só que bem mais pro interior tem médias pra Julho entre 1,4º/12,4º.

Edited by ricardosilva
  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, João Ignacio disse:

 

 

Para o Sudeste e Centro Oeste, a Metsul pinta um cenário muito desfavorável: muitos dias quentes, lembrando o auge do verão. 

 

Na boa ? Achei bem exagerado isso daí. Dias quentes que lembram o auge do verão ? Duvide o dó ! 

 

Nem em 2015 foi assim. Nem o pior de todos os invernos no Sudeste, que foi 2002. 

 

Mesmo que o inverno seja com Temperaturas acima da média, nunca terá dias semelhantes ao auge do verão, simplesmente porque a inclinação solar não permite isso. Sensacionalismo. 

  • Like 2
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

NÃO SEI SE O INVERNO SERÁ QUENTE OU FRIO...MAS ELE VAI COMEÇAR EM GRANDE ESTILO:

 

IMG-20190621-WA0008.thumb.jpg.c9e655d6954026b8b9d162c012a0c046.jpg

 

IMG-20190621-WA0006.thumb.jpg.3c33a9f86f4328888715f06f913c2420.jpg

 

 

 

 

  • Like 9
  • Thanks 4
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
33 minutos atrás, Renan disse:

 

Na boa ? Achei bem exagerado isso daí. Dias quentes que lembram o auge do verão ? Duvide o dó ! 

 

Nem em 2015 foi assim. Nem o pior de todos os invernos no Sudeste, que foi 2002. 

 

Mesmo que o inverno seja com Temperaturas acima da média, nunca terá dias semelhantes ao auge do verão, simplesmente porque a inclinação solar não permite isso. Sensacionalismo. 

A metsul deu uma generalizada grande: uma coisa é o "inverno" em Januaria e outra em Juiz de Fora e outra ainda em Maria da fé. Uma coisa é inverno em Cidade Gaúcha (MT) e outra é em Iguatemi (extremo sul do MS). Não acho que seja sensacionalismo. É outra coisa........ 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
30 minutos atrás, Renan disse:

NÃO SEI SE O INVERNO SERÁ QUENTE OU FRIO...MAS ELE VAI COMEÇAR EM GRANDE ESTILO:

 

IMG-20190621-WA0008.thumb.jpg.c9e655d6954026b8b9d162c012a0c046.jpg

 

IMG-20190621-WA0006.thumb.jpg.3c33a9f86f4328888715f06f913c2420.jpg

 

 

 

 

Lembram que alguém postou um mapa muito parecido com este há mais de um mês, acho? Pra vocês verem que esta tendência vem sido mantida faz tempo. 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
33 minutos atrás, Renan disse:

NÃO SEI SE O INVERNO SERÁ QUENTE OU FRIO...MAS ELE VAI COMEÇAR EM GRANDE ESTILO:

 

IMG-20190621-WA0008.thumb.jpg.c9e655d6954026b8b9d162c012a0c046.jpg

 

IMG-20190621-WA0006.thumb.jpg.3c33a9f86f4328888715f06f913c2420.jpg

 

 

 

 

Você teria como postar algum mapa de temperatura mínima ou máxima desses dias? Seria interessante compara-los.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 horas atrás, Renan disse:

 

Mega eventos que com toda a certeza ocorrerão novamente, e o Mirante conseguirá chegar próximo de zero grau novamente, com direito a geada forte no IAG e em todas as áreas arborizadas de Sampa. 

 

2016 foi excelente para essa década, porém não se destacaria muito nas décadas de 70 a 90. Esse é o fato. 

Então. Mas, só acho uma certa contradição sua, caro mineiro, você afirmar, com certa propriedade, que estes mega eventos polares ocorrerão novamente, com certa "naturalidade".

 

Isso pois você tem se posicionado, dia a dia, cada vez mais favorável à teoria do aquecimento global do que à dos ciclos naturais para explicar o motivo dos altos valores registrados nas temperaturas, e, ao mesmo tempo, queda das temperaturas baixas registradas nos últimos anos.

 

Que ocorrerão mega eventos polares, ocorrerão...., sem dúvida alguma!. Mas... com que frequência????

 

Eu realmente ando muito confuso quanto à situação atual.... (diga-se "pós-2000). Vivi duas espécies de sub-climas (em relação às temperaturas) na mesma área de abrangência (São Paulo). Um, de minha tenra infância, adolescência e início de juventude (1977 até 2000). Outro, da juventude e fase adulta (pós-2000). 

 

Não sei mais se os efeitos são devido à ciclos naturais ou aquecimento global....

 

Aquecimento antropogênico de cidades maiores devido à urbanização, SEMPRE OCORREU! Mas é só se afastar 20 Km para uma área rural ou semi-rural que as temperaturas voltam "à casinha": Santana do Parnaíba, São Lourenço da Serra, Itapevi, Vargem Grande Paulista, na Grande SP, estão aí para mostrar.

 

Questão complexa. 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 horas atrás, João Ignacio disse:

 Se deixar levar por um certo alarmismo (nunca mais vai fazer frio aqui ou acolá) sempre vai fazer dar com os burros n'água. Ninguém esperava uma neve tão poderosa em 2013, certo? Mas ela veio, fez e aconteceu. "

Eu SEMPRE ESPEREI....

 

A propósito, na minha "memória de infância do final dos anos 80 e início dos anos 90", o que ocorreu em 2013 ocorria "TODO SANTO ANO nas serras do RS/SC".

 

Por ter vivenciado (ainda mais quando se é adolescente...) um período "fértil" climaticamente no que tange a invernos frios e com boa neve (85 a 94), "idealizei" que o normal era isso mesmo: todo inverno, reportagens no Jornal Nacional sobre a neve (boa!) em Bom Jesus, São Joaquim, Gramado.... 

 

A "secura" de neve nas serras de SC/RS durante os invernos de 2003/2009 (7 invernos em sequência!), afora que eventos significativos de neve tem se tornado "joias de glória", me colocam um enorme ponto de interrogação sobre "o quanto que é normal nevar nestes locais, em termos de quantidade"....

Edited by Caco Pacheco
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.