Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Renan

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Maio/2019

Recommended Posts

Manhã fria e chuvosa em Florianópolis, faz 18C no aeroporto. Quero ver bater os 25C da globo/climatempo.

  • Like 2
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Victor Naia disse:

Ótimo. Pelo menos alguma coisa. Europeu, conservador, realmente está avacalhando até nas máximas. Para Varginha, seria o início do inverno climático. Mínimas seguidas sub 10 e máximas comportadas(22•C-25•C). 

Você tem alguma expectativa que Junho seja bom como parece que alguns modelos sugerem? 

Quais modelos? Só vi desgraça até agora 

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 horas atrás, marinhonani disse:

Ivan,

0,3ºC em Vassouras no dia 1º de junho.

0,8ºC em Piraí

1,2 em Nova Friburgo

1,4 em Resende

2,1 em Cordeiro

2,4 em Carmo

Com certeza Ipiabas registrou negativa e amanheceu coberta de geada.

@Renan, será que viveremos para ver um evento desse novamente na nossa região? 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Balanço da chuva de maio no Mirante neste ano(e no período 2010-2019):

 

Finalmente foi o primeiro mês relativamente seco no Mirante este ano, depois de acumular mais de 1000mm entre 01/01 e 30/04 (e mais de 1400mm entre 01/10/2018 e 30/04/2019).

Foram 53,7mm. Menor chuva mensal no Mirante desde agosto de 2018(quando acumulou 48,8mm).

Maior chuva em 24h neste mês: 16,6mm no dia 29(primeira vez desde setembro que o Mirante não acumulava mais de 25mm no dia mais chuvoso, e é o menor máximo diário mensal de chuva desde junho do ano passado, que foi de 7mm no dia 13/06/2018)

 

 

No período entre 2010 e 2019, o balanço da chuva de maio da década:

 

2010: 65,2mm

2011: 30,4mm

2012: 82,7mm

2013: 42,5mm

2014: 46mm

2015: 50,7mm

2016: 105,7mm

2017: 153,4mm

2018: 10,8mm

2019: 53,7mm

 

Média maio 2010-19: 64,1mm.

Destaques desta década foram os chuvosos maio de 2016 e de 2017 e o seco maio de 2018(a chuva de maio de 2018 foi toda durante a passagem de uma frente fria no dia 19/05/2018, que derrubou as temperaturas naquela ocasião).

A maior chuva em maio nesta década no Mirante foi de 56mm no dia 22/05/2017.

 

Que venha junho!!

 

Edited by Darley
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 minutos atrás, Ivan disse:

@Renan, será que viveremos para ver um evento desse novamente na nossa região? 

 

Chicago viveu seus dias mais frios de sempre nesse inverno de 2019, Ivan. 

 

Se uma metrópole daquele tamanho conseguiu isso, em plena época de mudanças climáticas, porque nós não teríamos, novamente, uma amostra do potencial máximo de frio que nossa região pode demonstrar ?  Eu sinceramente acredito MUITO que vamos viver sim para ver isso. 

  • Like 6
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Outros destaques das capitais:

Curitiba: 205,8mm. Maio mais chuvoso desde 1992(sem contar 2001). É a primeira vez desde então que Curitiba registra chuva acima de 200mm no mês de maio.

Porto Alegre: 245,9mm. Maio mais chuvoso desde 1984(sem contar 1985, 1986, 1987 e 2001). Depois de um abril bem chuvoso, maio foi ainda mais chuvoso em Porto Alegre.  É o mês mais chuvoso do ano na capital gaúcha até agora, além de ser o mês mais chuvoso desde outubro de 2017(no ano de 2018, Porto Alegre não registrou nenhum mês acima de 200mm, algo extremamente difícil de acontecer em uma capital estadual);

Belo Horizonte: 43,2mm. Maior valor para maio desde 2015 na capital mineira.

Brasília: 76,1mm. Um mês de maio muito chuvoso em Brasília, especialmente no começo do mês.

Boa Vista: 416,5mm. Choveu de verdade em Boa Vista, depois de um começo de ano extremamente seco. O dia 07/05(quando choveu 21,5mm) marcou o início oficial da temporada de chuva na capital de Roraima.

Edited by Darley
  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ipiabas fechou com mínima média de 15,8°C em Maio.

@Andoni, qual foi a média das mínimas na sua pws?

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
39 minutos atrás, Renan disse:

 

Chicago viveu seus dias mais frios de sempre nesse inverno de 2019, Ivan. 

 

Se uma metrópole daquele tamanho conseguiu isso, em plena época de mudanças climáticas, porque nós não teríamos, novamente, uma amostra do potencial máximo de frio que nossa região pode demonstrar ?  Eu sinceramente acredito MUITO que vamos viver sim para ver isso. 

Chicago é continental e a latitude é temperada. 

Nosso oceano Atlântico tá ficando quente e o calor tropical está implacável, ultimamente. 

Mas vamos ser otimistas. 🙏

Edited by Ivan
  • Like 2
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Balanço de maio de 2019 em Fortaleza:

 

Média de maio (INMET 1981-2010): 255,1 mm

 

Total acumulado (1º/5/2019 a 31/5/2019):

Castelão: 353,4 mm

Pici: 366,6 mm

Água Fria: 328,2 mm

Messejana: 290,6 mm

 

Considerando o valor máximo de 366,6 milímetros, tivemos o maio mais chuvoso desde 2009, quando o valor máximo daquele mês alcançou 399,0 milímetros. Além disso, é a primeira vez também desde 2009 que temos um maio com mais de 300 milímetros acumulados. Grande parte da chuva de maio de 2019 se concentrou na 2ª quinzena; entre os dias 2 e 18 tivemos um extenso veranico. 

 

Maiores acumulados diários de maio de 2019 (corte inferior - 50 milímetros):

 

1) 91,2 mm (22/5) Posto Castelão

2) 87,5 mm (22/5) Posto Messejana

3) 84,6 mm (22/5) Posto Pici

4) 80,0 mm (20/5) Posto Água Fria

5) 63,8 mm (20/5) Posto Pici

6) 53,6 mm (22/5) Posto Água Fria

7) 50,9 mm (20/5) Posto Castelão

 

Ranking de meses de maio por acumulado mensal máximo - década de 2010:

 

01) 2019: 366,6 mm

02) 2018: 272,6 mm

03) 2014: 261,8 mm

04) 2011: 222,6 mm

05) 2010: 177,2 mm

06) 2017: 163,7 mm

07) 2013: 150,3 mm

08) 2012: 139,3 mm

09) 2016: 123,1 mm

10) 2015: 102,4 mm

 

http://www.funceme.br/app/calendario/

 

 

Edited by Pedro Victor Peixoto Paulino Pedro Victor
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
18 horas atrás, Felipe Backendorf disse:

 

o sr está me deixando confuso

KKKK

Share this post


Link to post
Share on other sites

Plátano de casa, na Granja Viana, oeste da RMSP. Creio que até 15/junho já estará "pelado".

Plátano.jpg

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Felipe Backendorf disse:

Manhã fria e chuvosa em Florianópolis, faz 18C no aeroporto. Quero ver bater os 25C da globo/climatempo.

 Caiu um baita temporal aqui em Biguaçu esta madrugada.

Por um momento achei que tinha até granizo.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Levando em consideração que o "outono clássico" em São Paulo teve início em 15/Maio e se despede amanhã, fechará na normalidade, com média de 15,9ºC ~24,1ºC (dados de até hoje), tendo acumulado total de 46,7 mm, o que equivale 82 mm de chuva em 30 dias.  

 

Porém ele iniciou muito tardiamente. Esse foi o ponto. Nunca vi outono iniciar somente em 15/Maio! Mas outono "clássico" sempre é curto em nossas bandas. Não dura mais do que 1 mês.

 

Já "transição verão-outono" (que foi mais para "verão" neste ano), foi de 20/Março a 14/Maio, quase 2 meses, com os seguintes valores: 19ºC ~27,6ºC, total de chuva de 182 mm, dando média de 97,5 mm num período de 30 dias.

 

A partir de domingo, INVERNO CLIMÁTICO, enfim. 

 

Lá para meados/final de agosto eu voltarei com a "transição inverno-primavera", a qual antecede o início do retorno das chuvas, que ocorre geralmente na 2ª quinzena de setembro aqui em Sampa e região.

 

Aguardem-me....

 

kkkkk

 

 

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
27 minutos atrás, Caco Pacheco disse:

Levando em consideração que o "outono clássico" em São Paulo teve início em 15/Maio e se despede amanhã, fechará na normalidade, com média de 15,9ºC ~24,1ºC (dados de até hoje), tendo acumulado total de 46,7 mm, o que equivale 82 mm de chuva em 30 dias.  

 

Porém ele iniciou muito tardiamente. Esse foi o ponto. Nunca vi outono iniciar somente em 15/Maio! Mas outono "clássico" sempre é curto em nossas bandas. Não dura mais do que 1 mês.

 

Já "transição verão-outono" (que foi mais para "verão" neste ano), foi de 20/Março a 14/Maio, quase 2 meses, com os seguintes valores: 19ºC ~27,6ºC, total de chuva de 182 mm, dando média de 97,5 mm num período de 30 dias.

 

A partir de domingo, INVERNO CLIMÁTICO, enfim. 

 

Lá para meados/final de agosto eu voltarei com a "transição inverno-primavera", a qual antecede o início do retorno das chuvas, que ocorre geralmente na 2ª quinzena de setembro aqui em Sampa e região.

 

Aguardem-me....

 

kkkkk

 

 

 

 

 

 

Então tu escolhe o período com médias de outono, diz que foi normal porém curto? qual o objetivo disso?

 

Em qualquer lugar desse universo em que se escolhe o outono baseado na média normal de outono o 'outono' vai fechar na média, é redundante...

  • Like 7
  • Thanks 6
  • Confused 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
37 minutos atrás, Caco Pacheco disse:

Levando em consideração que o "outono clássico" em São Paulo teve início em 15/Maio e se despede amanhã, fechará na normalidade, com média de 15,9ºC ~24,1ºC (dados de até hoje), tendo acumulado total de 46,7 mm, o que equivale 82 mm de chuva em 30 dias.  

 

Porém ele iniciou muito tardiamente. Esse foi o ponto. Nunca vi outono iniciar somente em 15/Maio! Mas outono "clássico" sempre é curto em nossas bandas. Não dura mais do que 1 mês.

 

Já "transição verão-outono" (que foi mais para "verão" neste ano), foi de 20/Março a 14/Maio, quase 2 meses, com os seguintes valores: 19ºC ~27,6ºC, total de chuva de 182 mm, dando média de 97,5 mm num período de 30 dias.

 

A partir de domingo, INVERNO CLIMÁTICO, enfim. 

 

Lá para meados/final de agosto eu voltarei com a "transição inverno-primavera", a qual antecede o início do retorno das chuvas, que ocorre geralmente na 2ª quinzena de setembro aqui em Sampa e região.

 

Aguardem-me....

 

kkkkk

 

 

 

 

 

 

Caco, acho que vou desistir dessa teoria empírica das transições entre as estações...

 

A "transição verão-outono" nada mais é do que o início do outono climático, e o que chamávamos de "outono pleno", nada mais é do que o final do outono, que já possui mais características de inverno.

 

Dentro de uma mesma estação existem algumas transições, porém não existem transições entre as estações. Mas continuo no time do Coutinho, quando ele não estabelece uma data fixa para começos ou inícios de estações. De fato, o comportamento atmosférico geral define, a cada ano, uma data diferente para um início CLIMÁTICO das estações.

  • Like 6
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Chegamos ao fim do mês de maio mais quente que me lembro em Belo Horizonte. Obviamente estou me expressando de forma subjetiva, posto dados na página de resumos.

 

Fez um pouco de frio no dia 17, com variação de 16~20 graus e algumas mínimas de 13-15 graus na segunda quinzena. Fora isso, só tempo fresco ou quente.

 

Na próxima semana, finalmente, uma queda mais acentuada nas temperaturas vai inaugurar o que chamamos de inverno aqui. A capital passa a semana com 11-12C de mínimas e máximas entre 22 e 26°C, mesmo com muito sol.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
24 minutos atrás, Renan disse:

 

Caco, acho que vou desistir dessa teoria empírica das transições entre as estações...

 

A "transição verão-outono" nada mais é do que o início do outono climático, e o que chamávamos de "outono pleno", nada mais é do que o final do outono, que já possui mais características de inverno.

 

Dentro de uma mesma estação existem algumas transições, porém não existem transições entre as estações. Mas continuo no time do Coutinho, quando ele não estabelece uma data fixa para começos ou inícios de estações. De fato, o comportamento atmosférico geral define, a cada ano, uma data diferente para um início CLIMÁTICO das estações.

 

Mas é importante ressaltar que, para comparações históricas, é necessário definir um período fixo (se quisermos falar de "normalidade" ou anormalidade de uma estação). Eu particularmente acho conveniente (pelo menos para o sul) utilizar os bons e velhos trimestres: DJF, MAM, JJA, SON.

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
52 minutos atrás, Felipe Backendorf disse:

 

Então tu escolhe o período com médias de outono, diz que foi normal porém curto? qual o objetivo disso?

 

Em qualquer lugar desse universo em que se escolhe o outono baseado na média normal de outono o 'outono' vai fechar na média, é redundante...

Não, de forma alguma.

 

Para mim, é necessário um evento significativo, que mude o "padrão atmosférico".

 

Veja!  A MP do dia 20/Março, tal qual a MP do dia 15/Maio, foram agentes de mudanças significativas no padrão atmosférico, especialmente no que tange às temperaturas.

 

Importante ressaltar que cada ano tem sua peculiaridade.

 

Vimos que em 2016 NÃO HOUVE OUTONO. Pulamos direto de "transição verão-outono" para o "inverno climático", numa tacada só, por meio de uma potente MP no finalzinho de abril. Sucederam outras MP´s em sequência.

 

Olhe com carinho os dados, que você tanto gosta. Aprecie-os e, com boa vontade, concordará comigo. Garanto a você.

 

 

 

 

Tansição_Verão_Outono.xlsx

Share this post


Link to post
Share on other sites
50 minutos atrás, Renan disse:

 

Caco, acho que vou desistir dessa teoria empírica das transições entre as estações...

 

A "transição verão-outono" nada mais é do que o início do outono climático, e o que chamávamos de "outono pleno", nada mais é do que o final do outono, que já possui mais características de inverno.

 

Dentro de uma mesma estação existem algumas transições, porém não existem transições entre as estações. Mas continuo no time do Coutinho, quando ele não estabelece uma data fixa para começos ou inícios de estações. De fato, o comportamento atmosférico geral define, a cada ano, uma data diferente para um início CLIMÁTICO das estações.

O embrião desse negócio de "transição verão-outono", no meu caso, foi quando o Bruno de PoA, há uns 15 anos, disse (acertadamente!), que no Brasil o outono é muito curto; que começa "a partir da 2ª quinzena de abril".

 

Isso me despertou muita curiosidade e passei a "acompanhar com carinho" este período. Bingo!

 

Para mim, não há mais duvida. Temos mais dias de "transição verão-outono" do que de "outono clássico", que é muito curto por aqui.

 

Não dá para não dizer que nosso verão, inverno e primavera são bem mais caracterizados do que nosso "ínfimo"  pseudo-outono. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 minutos atrás, Caco Pacheco disse:

O embrião desse negócio de "transição verão-outono", no meu caso, foi quando o Bruno de PoA, há uns 15 anos, disse (acertadamente!), que no Brasil o outono é muito curto; que começa "a partir da 2ª quinzena de abril".

 

Isso me despertou muita curiosidade e passei a "acompanhar com carinho" este período. Bingo!

 

Para mim, não há mais duvida. Temos mais dias de "transição verão-outono" do que de "outono clássico", que é muito curto por aqui.

 

Não dá para não dizer que nosso verão, inverno e primavera são bem mais caracterizados do que nosso "ínfimo"  pseudo-outono. 

 

Caco, mas para mim essa transição nada mais é do que uma característica do nosso outono. Não é uma estação à parte, entende ? Na verdade, o equívoco do Bruno Saraiva foi tentar estabelecer um padrão de outono igual ao que existe nos climas temperados continentais. Esse padrão não existe por aqui. Isso que ele chama de "outono muito curto", na verdade é uma parte dessa estação. O outono não é curto para nós, ele possui várias fases transicionais onde, dependendo de cada ano, essas transições serão maiores ou menores.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

FASES DO OUTONO NO BRASIL:

 

- "transição verão-outono"

- "outono pleno"

 

FASES DA PRIMAVERA NO BRASIL (não se aplica aos climas subtropicais):

 

- "primavera seca"

- "primavera úmida"

- "transição primavera-verão""

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rio Itajaí-Açu em Blumenau às 16h: 6,37m

 

A partir de 8 metros é configurada enchente, mas como não choveu nessa tarde o nível do Rio deve se estabilizar nas próximas horas.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Darley disse:

Outros destaques das capitais:

Curitiba: 205,8mm. Maio mais chuvoso desde 1992(sem contar 2001). É a primeira vez desde então que Curitiba registra chuva acima de 200mm no mês de maio.

Porto Alegre: 245,9mm. Maio mais chuvoso desde 1984(sem contar 1985, 1986, 1987 e 2001). Depois de um abril bem chuvoso, maio foi ainda mais chuvoso em Porto Alegre.  É o mês mais chuvoso do ano na capital gaúcha até agora, além de ser o mês mais chuvoso desde outubro de 2017(no ano de 2018, Porto Alegre não registrou nenhum mês acima de 200mm, algo extremamente difícil de acontecer em uma capital estadual);

Belo Horizonte: 43,2mm. Maior valor para maio desde 2015 na capital mineira.

Brasília: 76,1mm. Um mês de maio muito chuvoso em Brasília, especialmente no começo do mês.

Boa Vista: 416,5mm. Choveu de verdade em Boa Vista, depois de um começo de ano extremamente seco. O dia 07/05(quando choveu 21,5mm) marcou o início oficial da temporada de chuva na capital de Roraima.

 

4 horas atrás, Pedro Victor Peixoto Paulino Pedro Victor disse:

Balanço de maio de 2019 em Fortaleza:

 

Média de maio (INMET 1981-2010): 255,1 mm

 

Total acumulado (1º/5/2019 a 31/5/2019):

Castelão: 353,4 mm

Pici: 366,6 mm

Água Fria: 328,2 mm

Messejana: 290,6 mm

 

Considerando o valor máximo de 366,6 milímetros, tivemos o maio mais chuvoso desde 2009, quando o valor máximo daquele mês alcançou 399,0 milímetros. Além disso, é a primeira vez também desde 2009 que temos um maio com mais de 300 milímetros acumulados. Grande parte da chuva de maio de 2019 se concentrou na 2ª quinzena; entre os dias 2 e 18 tivemos um extenso veranico. 

 

Maiores acumulados diários de maio de 2019 (corte inferior - 50 milímetros):

 

1) 91,2 mm (22/5) Posto Castelão

2) 87,5 mm (22/5) Posto Messejana

3) 84,6 mm (22/5) Posto Pici

4) 80,0 mm (20/5) Posto Água Fria

5) 63,8 mm (20/5) Posto Pici

6) 53,6 mm (22/5) Posto Água Fria

7) 50,9 mm (20/5) Posto Castelão

 

Ranking de meses de maio por acumulado mensal máximo - década de 2010:

 

01) 2019: 366,6 mm

02) 2018: 272,6 mm

03) 2014: 261,8 mm

04) 2011: 222,6 mm

05) 2010: 177,2 mm

06) 2017: 163,7 mm

07) 2013: 150,3 mm

08) 2012: 139,3 mm

09) 2016: 123,1 mm

10) 2015: 102,4 mm

 

http://www.funceme.br/app/calendario/

 

 

 

Pessoal, peço que postem resumos mensais no tópico adequado. É melhor para visualização geral e facilita pra quem quiser achar depois: 

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Posso estar escrevendo besteira, mas me parece que na região sul, cidades próximas eu acima de 900 metros como; são Francisco de paula, bom Jesus, são José dos ausentes e Planalto sul de Santa Catarina o outono é bem definido.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.