Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Marcos

Comportamento dos animais e previsão

Recommended Posts

Estou abrindo este tópico para discutirmos a relação entre o comportamento dos animais com as condições do tempo nas semanas e meses futuros.

 

Observei que no final do ano passado (meados de outubro/novembro) houve um grande aumento de mosquitos aqui em casa. Não é comum eles virem em grande quantidade ainda no meio da primavera. Intui que isto seria sinal de um verão antecipado e muito quente. Bingo! Entre 10 de dezembro e final de janeiro fez MUITO calor por aqui.

 

Em janeiro, porém, mesmo com todo o calorão, muitos mosquitos desapareceram, e quase por completo. Apostei que isto significaria um março mais ameno. Acerto de novo: estamos observando (e esperamos) desde o fim de semana depois do carnaval um mês bem comportado.

 

Ainda em fevereiro e agora em março os mosquitos voltaram com força. Se a lógica estiver correta, teremos um abril bem quente no RS.

 

Parece que o comportamento dos mosquitos antecipam em um mês e meio ou dois o comportamento geral da temperatura. Ao menos no RS. 

 

Gostaria de saber o que vocês pensam ou sabem do assunto.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tive mais mosquitos em Dezembro até começo/meio de Janeiro. Depois diminuíram muito. E já houveram anos com mais mosquitos.

 

Acredito que posso estar mais relacionado a outros fatores ambientais aqui no Vale do Itajaí.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Também relato o mesmo, o que teve de mosquito em casa não foi brincadeira. Outra coisa que notei bastante sem dúvida na mídia foio aumento da presença de animais peçonhentos como escorpião em áreas urbanas de algumas cidades. Deve ser o intenso calor no começo do ano 

 

https://g1.globo.com/sp/sao-jose-do-rio-preto-aracatuba/noticia/2019/01/23/aracatuba-registra-38-casos-de-picadas-de-escorpiao-desde-o-inicio-do-ano.ghtml

 

Outro problema é a dengue

 

https://g1.globo.com/sp/bauru-marilia/noticia/2019/01/29/bauru-decreta-estado-de-emergencia-apos-epidemia-de-dengue-e-acidentes-com-escorpioes.ghtml

 

 

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aqui em casa, na cidade de São Paulo, outra presença típica de verão são as formigas.

Basta começar a esquentar o tempo no final da primavera pra elas aparecerem.

 

Ainda não observei detidamente pra tentar fazer alguma correlação com o tempo/clima, mas tem alguns anos (Não todos) em que aparecem 4 tipos de formigas:

- Maiores, tipo saúvas, com cerca de 8 mm a 1 cm;

- Médias, com uns 5 mm.

- Pequenas, com uns 3 mm

- Micros, pequeníssimas, com menos de 2 mm.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em relação a presença de mosquitos não notei ainda essa relação quanto a previsão, mas quanto a consequências sim, final de dez/2018 e jan/2019 foi de pouca chuva, fevereiro não teve muitos mosquitos nem este início de março, agora é esperar pra ver como fica o resto de março e abril, já que fevereiro foi bem chuvoso.

Desde antes do início deste verão houve um aumento considerável na presença de formigas maiores (como descrito pelo @Aldo Santos) por aqui, sendo que nos últimos anos dificilmente via elas, e as pequenas que são mais comuns simplesmente sumiram.

Observo mais o comportamento dos pássaros com relação ao tempo, aqui na rua há uma boa variedade de aves (minha rua é uma das últimas do bairro e pra trás só tem morro pelado e pouca vegetação) e já observei muitas vezes que quando elas fogem daqui é certeza que vem tempestade forte (e praticamente todas as vezes acontece mesmo). Alguns trinca-ferros  que ficam aqui em casa ou no de vizinhos, em caso de chuva forte que se estenda por mais de 1 hora, já notei que eles emitem um piado curto, alto e intermitente.

Aproveitar que este tópico está aberto e ficar mais atento ao comportamento dos bichinhos rsrsrs.

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Interessante observação do Marcos, vou prestar atenção se existe mesmo alguma correlação.

 

O que sei e sempre noto é a aparição de certos insetos em determinadas épocas do ano aqui na minha região.

 

- Em Novembro, sempre ocorre uma "explosão" de cupins alados;

- Antigamente aparecia nessa mesma época de Novembro as famosas "tanajuras", mas elas quase sumiram por algum motivo que não sei explicar;

- No final de Dezembro e em Janeiro, também ocorre aqui uma manifestação significativa de "mariposas-bruxa", um inseto bem grande e meio apavorante com +-20cm de envergadura. Ainda no final de Janeiro elas desaparecem completamente;

- Mosquitos são frequentes enquanto houver calor constante. Em relação ao "Aedes", o momento crítico deles se dá entre Fevereiro e Abril.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em Sampa, os cupins alados, conhecidos por aqui popularmente como siriris ou aleluias, costumam aparecer mais cedo, geralmente em setembro.

Em novembro normalmente já desapareceram.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

No oeste catarinense, algo muito simbólico é as andorinhas. Somem nas primeiras ondas de frio/outono, e voltam na primavera. É algo que ocorre todo ano.

 

 

 

Edited by jean10lj
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.