Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Marcos

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Fevereiro/2019

Recommended Posts

Os que acham que "ainda estamos em pleno verão", têm realmente certeza disso, tomando como referência os dois últimos dias e, PRINCIPALMENTE, a TENDÊNCIA INDICADA A MÉDIO/LONGO PRAZO?

 

Tenho ABSOLUTÍSSIMA CERTEZA que já entramos em transição para o outono gente! Obviamente ainda estamos no verão, mas já estamos na fase de transição iniciada desde ontem...

 

Máxima hoje aqui na Granja Viana: 24,9ºC.

 

Ontem: 25,3ºC.

 

Abs realistas!

  • Confused 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Desculpa, mas falar de transição de outono no Sudeste é piada.

 

Belo Horizonte teve 35ºC de máxima em sua convencional anteontem.

 

Estão confundindo voltar à média com transição. E não faz mal dizer que transição pra Outono em relação a temperatura quase inexiste no Brasil - vou quebrar corações - mas isso é bem restrito ao RS e SC. Na esmagadora parte do país só existem duas estações úmida e seca - que podem ser mais frias ou mais quentes sim. Porém, o que marca definitivamente a quebra do padrão não é a temperatura, e sim o predomínio de altas e diminuição de umidade. Basta olhar as médias de precipitação de SP, RJ, BH, VT caindo ao longo de Abril. Brasília esfriando apenas nas mínimas, enfim. Um dia também quero falar sobre o quão raro é entrar ar polar em Brasília, e como o fato das máximas médias serem iguais ao longo do ano demonstra que o frio é causado 99% pela característica do ar seco reter pouco calor. Quantas vezes o primeiro resfriamento do ano no Brasil central ocorre sem FFs?

 

Se quiser averiguar isso pra sua cidade basta ver a queda de precipitação em Abril, que costuma ser ~100mm em relação a Março. É natural ocorrer uma diminuição do calor no fim de Março com a diminuição da insolação no Brasil, mas por favor, não achar que estamos no Canadá é fundamental. Aliás, por lá transições começam em meses de equinócio. Nós estamos bem longe.

 

Edited by HenriqueBH
  • Like 8
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa noite! Hoje tivemos mais uma manha amena em Buenos Aires, com 14,7°C de mínima. Durante o dia, sol, poucas nuvens e 27,5°C. Agora a noite as nuvens aumentaram e tivemos uma pancada moderada e muito rápida de chuva, porque está passando (ou por passar) uma nova e fraca frente fria. Neste momento temos céu nublado, 20,7°C, URA de 59%, vento calmo e pressao de 1.011,6 hpa.

Para amanha a previsao é de sol e poucas nuvens, com mínima de 13°C e máxima de 26°C. O sol nasce as 6h39 e se poe as 19h31.

Share this post


Link to post
Share on other sites

No penúltimo dia de fevereiro, algumas cidades de Minas, Rio e São Paulo com volumes de chuvas elevados em fevereiro.

Sítio das Neves/Santos/Cemaden acima de 770 mm

Rodovia Padre Manoel/São Vicente acima de 770 mm

Em Peruíbe uma estação do Cemaden ultrapassou os 750 mm

C.E.U Parelheiros/Cemaden atingiu 508 mm no início da noite.

 

No Rio, estação de Muriqui/Cemaden  686 mm

No município de Angra dos Reis tem uma estação acima de 600 mm

 

Em Minas Gerais o maior valor que achei foi Itapecerica/Cemaden com 420 mm

Edited by marinhonani
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, HenriqueBH disse:

Desculpa, mas falar de transição de outono no Sudeste é piada.

 

Belo Horizonte teve 35ºC de máxima em sua convencional anteontem.

 

Estão confundindo voltar à média com transição. E não faz mal dizer que transição pra Outono em relação a temperatura quase inexiste no Brasil - vou quebrar corações - mas isso é bem restrito ao RS e SC. Na esmagadora parte do país só existem duas estações úmida e seca - que podem ser mais frias ou mais quentes sim. Porém, o que marca definitivamente a quebra do padrão não é a temperatura, e sim o predomínio de altas e diminuição de umidade. Basta olhar as médias de precipitação de SP, RJ, BH, VT caindo ao longo de Abril. Brasília esfriando apenas nas mínimas, enfim. Um dia também quero falar sobre o quão raro é entrar ar polar em Brasília, e como o fato das máximas médias serem iguais ao longo do ano demonstra que o frio é causado 99% pela característica do ar seco reter pouco calor. Quantas vezes o primeiro resfriamento do ano no Brasil central ocorre sem FFs?

 

Se quiser averiguar isso pra sua cidade basta ver a queda de precipitação em Abril, que costuma ser ~100mm em relação a Março. É natural ocorrer uma diminuição do calor no fim de Março com a diminuição da insolação no Brasil, mas por favor, não achar que estamos no Canadá é fundamental. Aliás, por lá transições começam em meses de equinócio. Nós estamos bem longe.

 

A transição nas temperaturas máximas e mínimas no Brasil são mais sentidas a partir da latitude 20, quem mora em Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, Rio de Janeiro, São Paulo e Campo Grande sente e vê os raios solares ficando cada vez mais inclinado a partir de março, mesmo que as chuvas diminuam no meio do ano nas capitas do MS, SP e RJ não é comparado com que ocorre por exemplo em Cuiabá, Brasília e Palmas, que possuem o típico clima tropical com seca entre abril e setembro e chuvas de outubro a março, cujo pico de calor ocorre em agosto e setembro. Sim, a nível brasileiro não há variação nas temperaturas iguais aos lugares tipicamente temperados, porém há alguma diferença.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fim de noite com temperaturas entre 19 e 21 graus na Grande SP.

Hoje a chuva ocorreu mais na parte da noite e de forma mais isolada, atingindo aqui no Tatuapé. No momento, não chove mais..

 

Estações - CGE

ZND4gYA.png

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Fábio De Nittis disse:

Boa noite! Hoje tivemos mais uma manha amena em Buenos Aires, com 14,7°C de mínima. Durante o dia, sol, poucas nuvens e 27,5°C. Agora a noite as nuvens aumentaram e tivemos uma pancada moderada e muito rápida de chuva, porque está passando (ou por passar) uma nova e fraca frente fria. Neste momento temos céu nublado, 20,7°C, URA de 59%, vento calmo e pressao de 1.011,6 hpa.

Para amanha a previsao é de sol e poucas nuvens, com mínima de 13°C e máxima de 26°C. O sol nasce as 6h39 e se poe as 19h31.

 

Em Buenos Aires essa transição que o @Caco Pacheco fala é ainda mais sentida, e lá podemos dizer, com tda a certeza, de que a transição começou.

 

Caco, as tendências de médio e longo prazo estão muito instáveis. Acho bom esperar mais uns dias para sua análise definitiva.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, klinsmannrdesouza disse:

A transição nas temperaturas máximas e mínimas no Brasil são mais sentidas a partir da latitude 20, quem mora em Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, Rio de Janeiro, São Paulo e Campo Grande sente e vê os raios solares ficando cada vez mais inclinado a partir de março, mesmo que as chuvas diminuam no meio do ano nas capitas do MS, SP e RJ não é comparado com que ocorre por exemplo em Cuiabá, Brasília e Palmas, que possuem o típico clima tropical com seca entre abril e setembro e chuvas de outubro a março, cujo pico de calor ocorre em agosto e setembro. Sim, a nível brasileiro não há variação nas temperaturas iguais aos lugares tipicamente temperados, porém há alguma diferença.

 

Deveras, esse período existe sim, e a sua duração e o momento varia de ano após ano. 

 

É um período em que é verão, porém com dinâmica sensivelmente diferente daquela que ocorre no core do verão. 

 

A atmosfera fica ligeiramente mais estável, até ocorrem trovoadas isoladas como acontece em janeiro, mas reduz bastante, o calor diurno é típico de verão pleno, porém não tem mais aquelas noites sufocantes do auge do verão. O ar de manhã cedo parece ser mais "leve". 

 

O que no litoral chamamos de transição o Coutinho se refere a outono lá na serra.

 

Num ano típico ela começa +/- meados de março e vai até +/- meados de abril. 

 

O ÚNICO ano que me recordo não ter visto essa transição foi 2016, naquele ano fomos do verão pleno direto pro outono puxando pro inverno, foi muito bizarro!

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 minutos atrás, Renan disse:

 

Em Buenos Aires essa transição que o @Caco Pacheco fala é ainda mais sentida, e lá podemos dizer, com tda a certeza, de que a transição começou.

 

Caco, as tendências de médio e longo prazo estão muito instáveis. Acho bom esperar mais uns dias para sua análise definitiva.

 

E essas mínimas na campanha? Por lá o core do verão já deu a adeus hehehe. Para o restante do Brasil acho muito cedo falar ainda.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

É importante frisar que: Inclinação solar faz diferença nas temperaturas? Faz, Mas não se esqueçam de uma coisa, o recorde absoluto de temperatura em SP ocorreu em Outubro de 2014 e Outubro e Fevereiro tem quase a mesma incidência solar.

Em Setembro mês predominante de inverno, é até comum SP ter altas temperaturas com áreas do interior encostando nos  39/40° e capital com seus 33/34° e isto já aconteceu no primeiro decênio do mês.

Eu acho que o que passamos a ter nos últimos dias no centro sul do país, foi verão sendo verão. Estamos nos acostumando com certas bizarrices desta última década. Mas lá nos anos 80/90 era comum Dezembro e Janeiro serem tranquilos com temperaturas por causa do excesso de nebulosidade e chuvas, e o fim do verão ir secando já que um mecanismo muito importante como Alta da Bolívia começa a se deslocar para leste e se desconfigurar tornando mais difícil estabelecer canais de umidade, talvez isto seja a transição, até que chega Abril e geralmente uma MP da o start para o período seco.

Para mim a inclinação solar só fica mais fraca a ponto de não fazer estragos em temperaturas entre Maio e  a primeira quinzena de Agosto. 

 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, HenriqueBH disse:

Desculpa, mas falar de transição de outono no Sudeste é piada.

 

Não vamos nos limitar a regiões!

 

Sejamos mais amplos!

 

Região que abrange NE de SC e leste SP (que é do meu conhecimento), ao menos, já iniciou período de transição.

 

NÃO LIMITO MINHAS ANÁLISES A: REGIÃO SUL, SUDESTE, "CENTRO-SUL", etc...

 

No momento, encoberto com garoa quase que inapreciável e 19,8ºC. Mínima de 19,5ºC.

 

Vestindo moletom e calça jeans, com regata dos Lakers por cima, após vitória sobre o Pelicans de madrugada. Rumo aos Playoffs com Le Bronn! 

 

Abs

  • Confused 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, HenriqueBH disse:

Desculpa, mas falar de transição de outono no Sudeste é piada.

 

Belo Horizonte teve 35ºC de máxima em sua convencional anteontem.

 

Estão confundindo voltar à média com transição. E não faz mal dizer que transição pra Outono em relação a temperatura quase inexiste no Brasil - vou quebrar corações - mas isso é bem restrito ao RS e SC. Na esmagadora parte do país só existem duas estações úmida e seca - que podem ser mais frias ou mais quentes sim. Porém, o que marca definitivamente a quebra do padrão não é a temperatura, e sim o predomínio de altas e diminuição de umidade. Basta olhar as médias de precipitação de SP, RJ, BH, VT caindo ao longo de Abril. Brasília esfriando apenas nas mínimas, enfim. Um dia também quero falar sobre o quão raro é entrar ar polar em Brasília, e como o fato das máximas médias serem iguais ao longo do ano demonstra que o frio é causado 99% pela característica do ar seco reter pouco calor. Quantas vezes o primeiro resfriamento do ano no Brasil central ocorre sem FFs?

 

Se quiser averiguar isso pra sua cidade basta ver a queda de precipitação em Abril, que costuma ser ~100mm em relação a Março. É natural ocorrer uma diminuição do calor no fim de Março com a diminuição da insolação no Brasil, mas por favor, não achar que estamos no Canadá é fundamental. Aliás, por lá transições começam em meses de equinócio. Nós estamos bem longe.

 

 

Concordo.

 

Em janeiro tivemos características de primavera plena, com calor seco e chuvas irregulares. A característica marcante do verão no Sudeste é justamente uma maior nebulosidade associada a umidade que chega da Amazônia (coisa que vem acontecendo), abafamento mas com calor menos extremo que na primavera e chuvas relativamente regulares.

 

Se formos pensar por essa lógica de que, só porque as temperaturas baixaram um pouco a "transição para o outono" começou, o que dizer de 2012? Foi outono em janeiro e o verão começou em fevereiro? E 2013? Não teve verão?

 

---

 

Em Itajubá, mais uma manhã de céu nublado e faz 19,6°C. A mínima foi de 18,7°C e deve chover mais tarde.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 minutos atrás, Vinicius Lucyrio disse:

 

Concordo.

 

Em janeiro tivemos características de primavera plena, com calor seco e chuvas irregulares. A característica marcante do verão no Sudeste é justamente uma maior nebulosidade associada a umidade que chega da Amazônia (coisa que vem acontecendo), abafamento mas com calor menos extremo que na primavera e chuvas relativamente regulares.

 

Se formos pensar por essa lógica de que, só porque as temperaturas baixaram um pouco a "transição para o outono" começou, o que dizer de 2012? Foi outono em janeiro e o verão começou em fevereiro? E 2013? Não teve verão?

 

---

 

Em Itajubá, mais uma manhã de céu nublado e faz 19,6°C. A mínima foi de 18,7°C e deve chover mais tarde.

Já disse...

 

Não vamos nos limitar.

 

O Sudeste é MUITO GRANDE.

 

Há diversos tipos de clima dentro do Sudeste.

 

Em VÁRIOS ASPECTOS (NÃO EM EM RELAÇÃO ÀS TEMPERATURAS!), Sampa, por exemplo, assemelha-se mais à Curitiba do que BH...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vou repetir: o que define as nossas estações climáticas é o regime de chuvas. Não necessariamente temos 4, lembre-se a parte seca da primavera. Quando me sobrar tempo, eu faço um estudo sobre isso.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutos atrás, Vinicius Lucyrio disse:

Vou repetir: o que define as nossas estações climáticas é o regime de chuvas. Não necessariamente temos 4, lembre-se a parte seca da primavera. Quando me sobrar tempo, eu faço um estudo sobre isso.

Ok!

Share this post


Link to post
Share on other sites

AQUI EM S.JOAQUIM SEGUIMOS COM O VERÃO, RETA FINAL. AS ÁRVORES JÁ ESTÃO RESPONDENDO, MAIS DEVIDO A MUDANÇA DE UM JANEIRO ABSURDAMENTE QUENTE PARA UM FEVEREIRO ABAIXO DA MÉDIA.

  • Like 4
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hoje temos uma manhã encoberta e com prenúncio de chuvas fortes em Belo Horizonte. Por aqui, mais verão que isso, impossível!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
13 minutos atrás, RafaelBHZ disse:

Hoje temos uma manhã encoberta e com prenúncio de chuvas fortes em Belo Horizonte. Por aqui, mais verão que isso, impossível!

Verãozaço aqui: CHOVENDO PACAS E MEROS 20,1ºC. E não é chuva de ZCAS...

  • Haha 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Caco Pacheco disse:

Já disse...

 

Não vamos nos limitar.

 

O Sudeste é MUITO GRANDE.

 

Há diversos tipos de clima dentro do Sudeste.

 

Em VÁRIOS ASPECTOS (NÃO EM EM RELAÇÃO ÀS TEMPERATURAS!), Sampa, por exemplo, assemelha-se mais à Curitiba do que BH...

São Paulo já tem um clima subtropical, com inverno mais úmido e frio do que Belo Horizonte que eu tipicamente tropical, a transição é sentida de maneira diferente em cada região do Brasil.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 minutos atrás, klinsmannrdesouza disse:

São Paulo já tem um clima subtropical, com inverno mais úmido e frio do que Belo Horizonte que eu tipicamente tropical, a transição é sentida de maneira diferente em cada região do Brasil.

Amém!

 

Obrigado Klisman!

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em Canela já sentimos mudança no ar. Apesar de quente, uma brisa fresca tornou-se comum despertando todas as "ites" possíveis (rinites e etc.). Calorzinho de dia, algumas vezes com presença da neblina e friozinho a noite.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

BH agora. 

 

IMG_20190228_090530.jpg?1551355618

 

Se der zoom na imagem, ao fundo vocês irão ver o que aparentemente é uma linha de instabilidade a caminho da capital mineira. 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fevereiro termina(em termos de chuvas, e se estiver chovendo ainda hoje, será chuva de março) e vamos fazer um balanço do mês:

 

O Mirante tem o fevereiro mais chuvoso desde 2004. Foram acumulados 322,8mm. Foi muito mais chuvoso que os de 2018 e 2017.

Além disso, é a primeira vez desde 2011 que o Mirante acumula mais de 300mm por dois meses seguidos(no caso janeiro e fevereiro de 2011 acumularam respectivamente 493,7mm e 311,5mm).

E com isso, diferentemente de 2017 e 2018, não será janeiro o mês mais chuvoso de 2019 no Mirante.

Com isso, em apenas 60 dias de 2019 já choveu mais do que todo o primeiro semestre de 2018(em 2018 nesse período entre 01/01 e 30/06 foram 618,5mm, e apenas entre 01/01 e 28/02 deste ano já choveu 643,9mm; lembrando que o recorde histórico de chuva entre 01/01 e 30/06 ocorreu em 1991 com 1369mm). Chuva em São Paulo nos primeiros 60 dias do ano não foi brincadeira não.

 

Dias com chuva em 2019 até o momento: 35 dias

Mais de 25mm: 10 dias

Mais de 30mm: 8 dias

Mais de 40mm: 6 dias

Mais de 50mm: 2 dias

Edited by Darley
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Último dia do mês começou com 14,2°C aqui, agora 22,3°C E céu azul. Últimos 3 dias foram de mínima abaixo de 15°C.

 

IMG_20190228_105637_785.thumb.jpg.0fb91d85bda84d18cc1d2839a4e93ef2.jpg

IMG_20190228_111017_642.thumb.jpg.3fad4b2cad8d7a49671d13c0e4056ba8.jpg

Edited by jean10lj
  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.