Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Felipe F

Resumos Climatológicos Mensais - 2019

Recommended Posts

Itajubá-MG (Unifei) em Janeiro/2019

 

image.png.23cd6aafbd700e097925e3e7542db8c0.png

 

- 4ª maior média de máximas desde a instalação da estação em abril de 2010;

- 4ª maior média de mínimas;

- em termos de máxima, só não supera 2015 (aquele foi alienígena, com 8 marcas acima de 34°C e 4 acima de 35°C seguidas)

- em termos de média compensada, o 2º mais quente da série atrás apenas de quem? Isso mesmo, janeiro de 2015.

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Vinicius Lucyrio disse:

Itajubá-MG (Unifei) em Janeiro/2019

 

image.png.23cd6aafbd700e097925e3e7542db8c0.png

 

- 4ª maior média de máximas desde a instalação da estação em abril de 2010;

- 4ª maior média de mínimas;

- em termos de máxima, só não supera 2015 (aquele foi alienígena, com 8 marcas acima de 34°C e 4 acima de 35°C seguidas)

- em termos de média compensada, o 2º mais quente da série atrás apenas de quem? Isso mesmo, janeiro de 2015.

Itajubá deve ter um calor incômodo, abafado, úmido. Só conheci a cidade no frio. Você sente muita diferença do clima de Itajubá em relação a Matão, Vinicius? No inverno, o frio em Itajubá, sobretudo na madrugada e noite, também é mais frequente não? 

 

E, por último: a estação da UNIEFEI fica no próprio campus? É em um topinho? 

Share this post


Link to post
Share on other sites
30 minutos atrás, Victor Naia disse:

Itajubá deve ter um calor incômodo, abafado, úmido. Só conheci a cidade no frio. Você sente muita diferença do clima de Itajubá em relação a Matão, Vinicius? No inverno, o frio em Itajubá, sobretudo na madrugada e noite, também é mais frequente não? 

 

E, por último: a estação da UNIEFEI fica no próprio campus? É em um topinho? 

 

Só em alguns dias, Victor. A sensação de incômodo é maior mesmo sob o sol, pois na sombra é quase sempre bem agradável. O sol a 850 metros de altitude judia muito.

 

Sobre as diferenças entre Itajubá e Matão, sem dúvidas. O calor em Matão é muito mais presente em qualquer época do ano, e sempre mais intenso. No inverno, o sol começa a baixar e a temperatura já despenca. É bem comum ter quedas de 10/12°C em menos de 2 horas próximo do pôr do sol, e as noites são mais frias em Itajubá do que em Matão - não tanto pelos extremos, que são parecidos, mas pelo tempo em que a temperatura permanece baixa. Só que da mesma forma que a temperatura cai absurdamente ao anoitecer, a temperatura sobe muito rápido entre as 7 e as 9 da manhã.

 

A estação da Unifei fica no campus, no setor oeste, e é baixada. As mínimas devem ser prejudicadas pelo lago que fica próximo à estação.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
13 horas atrás, Vinicius Lucyrio disse:

 

Só em alguns dias, Victor. A sensação de incômodo é maior mesmo sob o sol, pois na sombra é quase sempre bem agradável. O sol a 850 metros de altitude judia muito.

 

Sobre as diferenças entre Itajubá e Matão, sem dúvidas. O calor em Matão é muito mais presente em qualquer época do ano, e sempre mais intenso. No inverno, o sol começa a baixar e a temperatura já despenca. É bem comum ter quedas de 10/12°C em menos de 2 horas próximo do pôr do sol, e as noites são mais frias em Itajubá do que em Matão - não tanto pelos extremos, que são parecidos, mas pelo tempo em que a temperatura permanece baixa. Só que da mesma forma que a temperatura cai absurdamente ao anoitecer, a temperatura sobe muito rápido entre as 7 e as 9 da manhã.

 

A estação da Unifei fica no campus, no setor oeste, e é baixada. As mínimas devem ser prejudicadas pelo lago que fica próximo à estação.

Muito obrigado pelas explicações. É o que imaginei mesmo. Itajubá tem um clima parecido com Varginha, talvez seja um pouco mais quente. A zona rural da cidade deve ter muitas áreas com grande potencial de negativar em alguns eventos. Uma cidade gelada, é Santa Rita. Um buraco!

Em relação ao sol, eu sinto uma leve diferença quando saio de casa( 905 metros no centro ) e vou para a Fazenda( 1100 metros ). Recentemente senti isso na pele em Carrancas e São Thomé, andando quilômetros acima dos 1300m! Queima, e queima pra valer. 

Outra coisa: no Wikipedia tem um gráfico com a média anual de temperatura em Itajubá( Lourenço Velho ) que aponta média mínima de incríveis 6,7•C em Julho!

Edited by Victor Naia

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Victor Naia disse:

Muito obrigado pelas explicações. É o que imaginei mesmo. Itajubá tem um clima parecido com Varginha, talvez seja um pouco mais quente. A zona rural da cidade deve ter muitas áreas com grande potencial de negativar em alguns eventos. Uma cidade gelada, é Santa Rita. Um buraco!

Em relação ao sol, eu sinto uma leve diferença quando saio de casa( 905 metros no centro ) e vou para a Fazenda( 1100 metros ). Recentemente senti isso na pele em Carrancas e São Thomé, andando quilômetros acima dos 1300m! Queima, e queima pra valer. 

Outra coisa: no Wikipedia tem um gráfico com a média anual de temperatura em Itajubá( Lourenço Velho ) que aponta média mínima de incríveis 6,7•C em Julho!

 

As médias da estação da Unifei desde 2010:

image.png.f2abd196159f355960f0ed31607a8925.png

 

 

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

PNI-Campo Belo Janeiro de 2019:

522122783_CampoBeloJan2019.PNG.ba5056bc78e7ab1697cc2a5c57bb7160.PNG

 

Maior Máxima: 22,2ºC

Maior Mínima: 11,1ºC

Menor Máxima: 15,0ºC

Menor Mínima: 1,1ºC

Média Máxima: 20,2ºC

Média Mínima: 6,8ºC

Média Simples Mensal: 13,5ºC

Edited by Gabriel Cardoso
  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

PORTO ALEGRE - INMET - JANEIRO 2019

image.thumb.png.d80a8c27ff669b52011a88c47b2b046b.png

Tabela da estação automática | As médias e extremos abaixo são da convencional, com anomalias para a normal 1981-2010.

 

  • Média compensada: 26,9° (+2,2°) maior desde 1910
  • Média das mínimas: 22,8° (+2,2°) maior desde 1910
  • Média das máximas: 32,5° (+2,0°)

 

  • Máxima absoluta: 38,5°
  • Mínima absoluta: 19,2° 
  • Maior mínima: 26,5°
  • Menor máxima: 24,8°


Precipitação: 101,1 mm (-9,0 mm)

 

Observações:
Apenas e tão somente o mês mais quente da história. Não quebrou o recorde de média máxima, assim como não registrou nenhum extremo de temperatura histórico. Mas teve a maior média mínima e a maior média compensada já registrada pra qualquer mês, o que tornou janeiro de 2019 insuportável.

  • Like 5
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

FEVEREIRO 2019 - NOVA TRENTO/SC E REGIÃO

1161817819_NTfev.thumb.png.cd8f01057ef205d94c3a751e31b173b1.png

231553139_Grandefloripafevereiro.thumb.png.619e9deba4c19950cc43e72742e0e3f5.png

 

Notas:

-Bem dinâmico no geral, com temperaturas abaixo da média.

-Chuvas bem acima da média.

-A máxima de 21,9°C foi a menor para fevereiro, desde 1996.

Edited by Augusto Goelzer
  • Like 10

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fevereiro por aqui:

Chuva acumulada : 188 mm

Temperatura média: 25.1°C ( média das mínimas 18.5°C/ média das máximas 31.7°C)

Temperaturas absolutas: 14.9°C/38.0°C

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

O mês aqui:

 

1013027743_casa11.thumb.png.b299e86f9bc9a7c1edf0e589160bcecc.png

1677092764_casa12.thumb.png.dc776ed8384d47c032387ae656cf11b1.png

 

DJF aqui:

 

DJF.thumb.png.7cff6f11adba48b4edea1616c9521266.png

 

Na temperatura, dezembro e janeiro foram quentes, fevereiro abaixo.

Média horária de 23,7, 25,1 e 22,9, respectivamente.

 

Na chuva, dezembro foi abaixo, janeiro e fevereiro acima.

Acumulados totais de 124,8mm (-68,6), 251,1mm (+55,1) e 220,4mm (+25,4) , respectivamente. +11,9mm no período como um todo.

 

Na região:

 

2047565064_regiofevereiro19.thumb.png.116b5f0f159f3004877fe7b34e3c55d5.png

 

  • Like 9

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fevereiro aqui em Teutônia. Depois do dia 14, INMET passou a registrar somente algumas horas do dia, tá uma bagunça os dados:

 

image.thumb.png.144ab647ea327ced4a9bd280e4beb525.png

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Alguém tem os dados consolidados de fevereiro nas estações do CGE/SAISP dos acumulados de chuva e temperatura(onde mais choveu, onde menos choveu, onde foi mais quente e onde foi mais frio)?

 

Segundo o CGE foi o segundo fevereiro mais chuvoso desde o início das medições de chuva pela prefeitura em 1995, com média de 375mm na cidade(o mais chuvoso foi o próprio fevereiro de 1995 com média de 415,9mm).

 

A média das temperaturas nas estações do CGE ficou assim:

Mínimas: 18,9(-0,8 abaixo da média)

Máximas: 28,6(-1,1 abaixo da média).

Edited by Darley
  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fevereiro em algumas estações do Inmet na PB e aqui onde moro.

r4uCSdn.png5qkmltz.png8RJsGIH.pngRXlOukd.png

Onde moro:

piJleUO.png

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

São Sebastião do Paraíso-MG

 

image.png.ab5903f53cda30a74f4af6e79f748644.png

Média em relação a 1981-2010.

 

Média máxima: 29,0°C (-0,2)

Média simples: 23,7°C

Média mínima: 18,4°C (+0,3)

 

Máxima absoluta: 35,0°C 02/02

Mínima absoluta: 17,0°C 08/02

Maior mínima: 20,0°C 15/02

Menor máxima: 22,1°C 16/02

 

Precipitação acumulada:  234 mm (-11 mm)

Maior precipitação em 24hrs:  62,4 mm  16/02

Dias com precipitação 1>mm:  17 dias (+3 dias)

 

-Mês extremamente quente nos primeiros dias e depois um mês normal com médias de máxima, mínima e precipitação perto da média.

 

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Curitiba INMET (923 m):

 

Média máxima: 26,3°C  (-0,5)

Média mínima: 17,4°C  (0,0)

Precipitação: 284,8 mm (165,2 mm)

Maior acumulado diário: 119,8 mm (21/02)

Máxima absoluta: 33,2°C

Mínima absoluta: 15,1°C

 

Um mês na média porém diria que os extremos se anularam, 8 dias acima de 30 graus e 6 dias abaixo de 21 graus. A chuva do dia 21 foi a chuva do mês inteiro, simplesmente.

 

Estava afim de comparar com algumas PWSs da região de Curitiba, porém infelizmente não fiquei satisfeito com os dados e acabei pegando só uma PWS de Pinhais, divisa com a capital. Essa tem registrado valores muito condizentes, inclusive no pico mais estourado de calor.

 

image.png.a70277d42f7be909d7fc22746027d472.png

 

Descendo a Serra do Mar, Morretes (Automática INMET) e Paranaguá (Convencional INMET):

 

image.png.37f05156065ad37fcf0a1c38b3ed0a05.png

 

Fevereiro ainda conseguiu lembrar o Janeiro passado ali nos dias 23 e 24, mas logo trouxe o refresco, com máxima digníssima de 22,7°C em Morretes.

 

Edited by Guto Cesar
  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Fevereiro - BH/PWS:

 

Curioso como a temperatura basicamente acompanha os dias chuvosos. Quanto mais chuva, maior a tendência de queda.

 

Também podemos discutir sobre tais bloqueios, 4 dias consecutivos sem chuva? Não creio. Claramente houve um aquecimento anormal e acentuado em dias sem chuva. Meu medo é isso aqui estar se tornando comum.

 

31,3 e 21,1 as médias com 288mm. Não estão muito distantes das médias oficiais de ~29 e ~19. Como estou num local mais quente da cidade pode ser até normal. Entretanto, o começo e final do mês foram anormais para todos.

 

dOGboN0.png

Edited by HenriqueBH
  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

SÃO PAULO - FEVEREIRO 2019

 

Mirante de Santana fechou o mês com valores no geral dentro da média, com variações de até -0,3ºC. Em termos de precipitação, fechou o mês com 323,2mm (erroneamente 323,4 na imagem). O que equivale 31% acima da média 1981-2010.

 002.png.5c6066874458d4b6d7a6e22141320b70.png

 

 

Fevereiro foi um mês de grande variação térmica no Mirante de Santana.

 

003.thumb.png.1175ab4c64a30b31bcdc6af354b9b2a8.png 

 

No começo do mês, tivemos a continuação da onda de calor que assolou a cidade em Janeiro. As máximas chegaram a 35,5ºC e 35,9ºC, sendo este último, um dos 4 maiores para o mês desde a abertura da estação em 1945.

 

Maiores Máximas Mirante de Santana - Fevereiro (1945-2019):

36,4 - 07/02/2014

36,3 - 08/02/2014

36,0 - 09/02/2014

35,9 - 01/02/2014 e 02/02/2019

35,5 - 05/02/2014 e 01/02/2019

 

Depois ao longo do mês, as temperaturas entraram em significativo declínio. 

 

No Dia 6, a máxima foi de apenas 19,5ºC. Este valor foi o menor para o mês desde 1998, e um dos 6 menores desde 1961.

 

MENORES MÁXIMAS EM FEVEREIRO - MIRANTE DE SANTANA (1961-2019)

17,8 - 21/02/1964

18,1 - 20/02/1964

19,0 - 13/02/1998

19,1 - 01/02/1968

19,2 - 07/02/1995

19,5 - 22/02/1963 e 06/02/2019

 

Em termos de chuvas, Fevereiro 2019 foi o mais chuvoso desde 2004, e o 12º mais chuvoso desde 1945.

 

FEVEREIROS MAIS CHUVOSOS - MIRANTE DE SANTANA (1945-2019):

1995: 445,5mm

1970: 416,2mm

1998: 394,2mm

1976: 385,2mm

1999: 369,8mm

1991: 358,0mm

2004: 335,6mm

1961: 335,0mm

1957: 333,7mm

1975: 331,8mm

1989: 326,5mm

2019: 323,2mm

 

No IAG o começo de Fevereiro também foi de Recordes.

 

Nos dias 1 e 2 a máxima foi de 36,3 e 36,4ºC respectivamente. Com isso o recorde absoluto de Fevereiro da estação em 86 anos foi quebrado.

 

Maiores Máximas IAG - Fevereiro (1933-2019):

36,4 - 02/02/2019

36,3 - 01/02/2019

36,1 - 01/02/2014

35,6 - 07/02/2014 e 08/02/2014

 

Essas máximas, também são um dos 5 maiores valores para a estação em todos os tempos:

 

Maiores Máximas IAG - Todos os Tempos (1933-2019):

37,2 - 17/10/2014

36,7 - 13/10/2014

36,7 -  19/10/2016

36,4 -  15/10/2015 e 02/02/2019

36,3 - 01/02/2019

 

No SESC Interlagos, o começo do mês também teve a maior máxima de sua história, com 36,1ºC no dia 2. A média do mês ficou em 19,0/28,6.

 

004.thumb.png.149706f70c77af71450eb6c15fbebedd.png

 

A Nova estação meteorológica do CGE que fica no bairro de Marsilac no extremo sul da cidade teve máxima de 35,0ºC. Em compensação, nota-se que o resto do mês destoa das demais estações da capital paulista.

 

005.thumb.png.d5be1e18c9e50b82d61e66d2091859db.png

 

Em termos de chuvas, a Capital Paulista apresentou grande divergência de acumulados nos diversos pontos da cidade. Em alguns dias houve chuvas torrenciais, com volumes superiores a 100mm, causando enchentes, transbordamento de corregos e deslizamentos de terra, ocasionando inclusive fatalidades. Os bairros mais ao sul tiveram os maiores acumulados de chuva, enquanto a norte, os menores. Destaque para os valores extremos no extremo sul da cidade.

 

PRECIPITAÇÃO FEVEREIRO 2019:

584,0mm - Parelheiros/CGE (171,5mm no dia 4)

491,8mm - Marsilac/CGE (110,6mm no dia 4)

489,1mm - Vila Prudente/CGE (111,5mm no dia 9)

476,7mm - Marginal Pinheiros Pte. Cid. Universitária/SAISP

439,0mm - Santana Parnaíba/SAISP

432,0mm - Pinheiros/CGE

427,6mm - Butantã/CGE (USP)

426,5mm - Jabaquara/CGE

425,4mm - Av. Aguas Espraiada (Jabaquara)/SAISP

423,6mm - Av. do Estado x Cap. Pacheco Chaves/SAISP

420,4mm - Penha/CGE

411,6mm - Jardim Sonia Maria (Mauá)/SAISP

400,6mm - Sesc Interlagos/INMET

400,2mm - São Mateus/CGE

398,3mm - Sé/CGE (Região da Av. Paulista)

395,0mm - Av. Aricanduva (Shopping)/SAISP

391,0mm - Av Aricanduva x Radial Leste/SAISP

388,6mm - Vila Mariana/CGE

375,4mm - São Bernardo do Campo (FEI)/SAISP

369,2mm - Jardim Zaíra - Mauá/SAISP

368,6mm - Mooca/CGE

368,6mm - Mercado Municipal/SAISP

364,0mm - Córrego Ipiranga (Pça Leonor Kaupa)/SAISP

349,2mm - Capela do Socorro/CGE

349,2mm - Marginal Pinheiros Pte Joao Dias/SAISP

348,8mm - Campo Limpo/CGE

342,4mm - Sacomã x São Caetano do Sul/DAVIS

342,0mm - Anhembi/CGE

338,8mm - Marginal Tietê Pte. Limão/SAISP

323,2mm - Mirante de Santana (Conv)/INMET

314,6mm - Santana/CGE

311,2mm - Itaquera/CGE

291,3mm - Freguesia do Ó/SAISP

253,0mm - Mandaqui/SAISP

252,2mm - Jaguaré/DAVIS

244,3mm - Jaçanã Tremembé/CGE

240,4mm - Perus/CGE

 

  • Like 11

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rodolfo tá um primor esse seu resumo mensal pra SP, muito obrigado! 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
35 minutos atrás, Rodolfo Alves disse:

Em termos de chuvas, a Capital Paulista apresentou grande divergência de acumulados nos diversos pontos da cidade. Em alguns dias houve chuvas torrenciais, com volumes superiores a 100mm, causando enchentes, transbordamento de corregos e deslizamentos de terra, ocasionando inclusive fatalidades. Os bairros mais ao sul tiveram os maiores acumulados de chuva, enquanto a norte, os menores. Destaque para os valores extremos no extremo sul da cidade.

 

PRECIPITAÇÃO FEVEREIRO 2019:

584,0mm - Parelheiros/CGE (171,5mm no dia 4)

491,8mm - Marsilac/CGE (110,6mm no dia 4)

489,1mm - Vila Prudente/CGE (111,5mm no dia 9)

476,7mm - Marginal Pinheiros Pte. Cid. Universitária/SAISP

439,0mm - Santana Parnaíba/SAISP

432,0mm - Pinheiros/CGE

427,6mm - Butantã/CGE (USP)

426,5mm - Jabaquara/CGE

425,4mm - Av. Aguas Espraiada (Jabaquara)/SAISP

423,6mm - Av. do Estado x Cap. Pacheco Chaves/SAISP

420,4mm - Penha/CGE

411,6mm - Jardim Sonia Maria (Mauá)/SAISP

400,6mm - Sesc Interlagos/INMET

400,2mm - São Mateus/CGE

398,3mm - Sé/CGE (Região da Av. Paulista)

395,0mm - Av. Aricanduva (Shopping)/SAISP

391,0mm - Av Aricanduva x Radial Leste/SAISP

388,6mm - Vila Mariana/CGE

375,4mm - São Bernardo do Campo (FEI)/SAISP

369,2mm - Jardim Zaíra - Mauá/SAISP

368,6mm - Mooca/CGE

368,6mm - Mercado Municipal/SAISP

364,0mm - Córrego Ipiranga (Pça Leonor Kaupa)/SAISP

349,2mm - Capela do Socorro/CGE

349,2mm - Marginal Pinheiros Pte Joao Dias/SAISP

348,8mm - Campo Limpo/CGE

342,4mm - Sacomã x São Caetano do Sul/DAVIS

342,0mm - Anhembi/CGE

338,8mm - Marginal Tietê Pte. Limão/SAISP

323,2mm - Mirante de Santana (Conv)/INMET

314,6mm - Santana/CGE

311,2mm - Itaquera/CGE

291,3mm - Freguesia do Ó/SAISP

253,0mm - Mandaqui/SAISP

252,2mm - Jaguaré/DAVIS

244,3mm - Jaçanã Tremembé/CGE

240,4mm - Perus/CGE

 

 

 

Perus foi onde menos choveu em fevereiro, quanta diferença, pois em janeiro foi o terceiro bairro mais chuvoso.

Quase todos os bairros da cidade choveu mais de 300mm nas estações do CGE, exceto o extremo da ZN. Incrível.

Impressionante a chuva na Vila Prudente. Ficou muito perto de 500mm, junto com Marsilac. Mas Parelheiros foi o único bairro a ultrapassar essa marca.

Jabaquara: 426,5mm. É a estação mais próxima do IAG. Acho que pode ter ocorrido quebra de recorde histórico de chuva em fevereiro no IAG. Lembrando que no IAG o recorde de fevereiro foi 430,5mm em 1995.

Estação do INMET Sesc Interlagos entrou para a turma dos 400mm(que não inclui Porto Alegre, somente se considerar a partir de 1961)

Edited by Darley
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Sobre a chuva no PE e na PB os maiores volumes em fevereiro foram registrados nas seguintes localidades:

No PE (APAC):

  1. Tupanatinga: 271.7 mm (3° fevereiro mais chuvoso da série 1962-presente e o mais chuvoso em 27 anos)
  2. Condado: 263 mm (fevereiro mais chuvoso da série 1962-presente)
  3. Santa Terezinha: 262 mm (fevereiro mais chuvoso da série 1994-presente)

Na PB (AESA, Empaer):

  1. Emas: 378.8 mm (de longe o fevereiro mais chuvoso e o 3° mês mais chuvoso da série 1994-presente)
  2. Juru: 362.3 mm (2° fevereiro mais chuvoso desde 1962 e o 4° mês mais chuvoso)
  3. Olho D'Água: 360.2 mm (8° fevereiro mais chuvoso da série 1933-presente)

 

Edited by CloudCb
Adição de informação em Olho D'Água
  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

Resumo do mês de fevereiro na região do Alto Paraopeba/MG

Para temperaturas, uso como base o INMET em Ouro Branco que fica a 13 km daqui de casa e como não tem nenhuma grande barreira geográfica e uma diferença de 48 metros de altitude, considero como boa referência pra Conselheiro Lafaiete e região. 

A estação foi aberta em 2006 e tenho dados diários dela desde 2008. Esse mês teve média das mínimas de 18.5° e foi a maior média das mínimas de todos esses anos junto com dezembro de 2012. Tivemos realmente noites abafadas pois o mês foi predominantemente nublado. A menor temperatura foi 16,2° no dia 15 e a mínima mais alta de 20,8° no dia 01

Nas máximas, o mês começou muito quente batendo nos 33.5° no dia 03 e a máxima passou dos 30 graus em 12 dias. Mas o mês já foi bem mais aceitável que janeiro, inclusive com algumas tardes frescas, entre elas a mais fresca do mês (e desse ano) com máxima de 22,7° no dia 14. No fim das contas, média das máximas terminou em 28,66° caindo bem em relação aos 30,2° de média em janeiro.

Média simples de fevereiro fechou em 23,59° acima da média desde 2008 que é de 22,93°

Para março a média nesses últimos 10 anos é de 22,2° e já se nota uma pequena diferença já caminhando pra transição de estação uma vez que nesse período março NUNCA foi o mês mais quente do ano, título sempre disputado entre janeiro e fevereiro (apenas em 2012 que foi dezembro o mais quente)

Para chuva, uso como base as 5 estações do CEMADEN na área urbana de Conselheiro Lafaiete, onde em 3 delas o acumulado do mês ultrapassou os 200 mm e na mais chuvosa de todas que foi a do centro da cidade, chegou aos 224 mm, superando bem a média do mês que é de 170 mm. Bom pra recuperar um pouco do prejuizo de janeiro, mas mesmo assim o deficit nesse inicio de ano ainda está na casa de 200 mm

Março começa nublado e com chuvas. Na esperança de dias mais frescos e chuvosos!! 

 

 

 

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

BAIRRO DO CHARCO Fevereiro de 2019:

TEMPERATURAS: 

Charco-fev-2019-temp-1.PNG.b67ee0f105e769bc563841a5e299e2de.PNG

Modelo-temp-charco.PNG.92b896fac050ca77bcf8f1aa7e60fafb.PNGCharco-fev-2019-temp-2.PNG.dd75bf1ec1c996f76d74c6e83cdbd805.PNG

Média simples mensal: 17,18ºC

Média máxima: 22,5ºC

Média mínima: 11,85ºC

Menor mínima: 5,9ºC

Maior mínima: 15,1ºC

Menor máxima: 17,1ºC

Maior máxima: 28,9ºC

Mínimas < 10C: 7

 

CHUVAS:

Charco-fev-2019-chuva.PNG.758884c27fe4b5fd3489cd80b2b40f14.PNG

 

314,8mm Acumulados.

 

Edited by Gabriel Cardoso
  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 horas atrás, Rodolfo Alves disse:

SÃO PAULO - FEVEREIRO 2019

 

Mirante de Santana fechou o mês com valores no geral dentro da média, com variações de até -0,3ºC. Em termos de precipitação, fechou o mês com 323,2mm (erroneamente 323,4 na imagem). O que equivale 31% acima da média 1981-2010.

 002.png.5c6066874458d4b6d7a6e22141320b70.png

 

 

Fevereiro foi um mês de grande variação térmica no Mirante de Santana.

 

003.thumb.png.1175ab4c64a30b31bcdc6af354b9b2a8.png 

 

No começo do mês, tivemos a continuação da onda de calor que assolou a cidade em Janeiro. As máximas chegaram a 35,5ºC e 35,9ºC, sendo este último, um dos 4 maiores para o mês desde a abertura da estação em 1945.

 

Maiores Máximas Mirante de Santana - Fevereiro (1945-2019):

36,4 - 07/02/2014

36,3 - 08/02/2014

36,0 - 09/02/2014

35,9 - 01/02/2014 e 02/02/2019

35,5 - 05/02/2014 e 01/02/2019

 

Depois ao longo do mês, as temperaturas entraram em significativo declínio. 

 

No Dia 6, a máxima foi de apenas 19,5ºC. Este valor foi o menor para o mês desde 1998, e um dos 6 menores desde 1961.

 

MENORES MÁXIMAS EM FEVEREIRO - MIRANTE DE SANTANA (1961-2019)

17,8 - 21/02/1964

18,1 - 20/02/1964

19,0 - 13/02/1998

19,1 - 01/02/1968

19,2 - 07/02/1995

19,5 - 22/02/1963 e 06/02/2019

 

Em termos de chuvas, Fevereiro 2019 foi o mais chuvoso desde 2004, e o 12º mais chuvoso desde 1945.

 

FEVEREIROS MAIS CHUVOSOS - MIRANTE DE SANTANA (1945-2019):

1995: 445,5mm

1970: 416,2mm

1998: 394,2mm

1976: 385,2mm

1999: 369,8mm

1991: 358,0mm

2004: 335,6mm

1961: 335,0mm

1957: 333,7mm

1975: 331,8mm

1989: 326,5mm

2019: 323,2mm

 

No IAG o começo de Fevereiro também foi de Recordes.

 

Nos dias 1 e 2 a máxima foi de 36,3 e 36,4ºC respectivamente. Com isso o recorde absoluto de Fevereiro da estação em 86 anos foi quebrado.

 

Maiores Máximas IAG - Fevereiro (1933-2019):

36,4 - 02/02/2019

36,3 - 01/02/2019

36,1 - 01/02/2014

35,6 - 07/02/2014 e 08/02/2014

 

Essas máximas, também são um dos 5 maiores valores para a estação em todos os tempos:

 

Maiores Máximas IAG - Todos os Tempos (1933-2019):

37,2 - 17/10/2014

36,7 - 13/10/2014

36,7 -  19/10/2016

36,4 -  15/10/2015 e 02/02/2019

36,3 - 01/02/2019

 

No SESC Interlagos, o começo do mês também teve a maior máxima de sua história, com 36,1ºC no dia 2. A média do mês ficou em 19,0/28,6.

 

004.thumb.png.149706f70c77af71450eb6c15fbebedd.png

 

A Nova estação meteorológica do CGE que fica no bairro de Marsilac no extremo sul da cidade teve máxima de 35,0ºC. Em compensação, nota-se que o resto do mês destoa das demais estações da capital paulista.

 

005.thumb.png.d5be1e18c9e50b82d61e66d2091859db.png

 

Em termos de chuvas, a Capital Paulista apresentou grande divergência de acumulados nos diversos pontos da cidade. Em alguns dias houve chuvas torrenciais, com volumes superiores a 100mm, causando enchentes, transbordamento de corregos e deslizamentos de terra, ocasionando inclusive fatalidades. Os bairros mais ao sul tiveram os maiores acumulados de chuva, enquanto a norte, os menores. Destaque para os valores extremos no extremo sul da cidade.

 

PRECIPITAÇÃO FEVEREIRO 2019:

584,0mm - Parelheiros/CGE (171,5mm no dia 4)

491,8mm - Marsilac/CGE (110,6mm no dia 4)

489,1mm - Vila Prudente/CGE (111,5mm no dia 9)

476,7mm - Marginal Pinheiros Pte. Cid. Universitária/SAISP

439,0mm - Santana Parnaíba/SAISP

432,0mm - Pinheiros/CGE

427,6mm - Butantã/CGE (USP)

426,5mm - Jabaquara/CGE

425,4mm - Av. Aguas Espraiada (Jabaquara)/SAISP

423,6mm - Av. do Estado x Cap. Pacheco Chaves/SAISP

420,4mm - Penha/CGE

411,6mm - Jardim Sonia Maria (Mauá)/SAISP

400,6mm - Sesc Interlagos/INMET

400,2mm - São Mateus/CGE

398,3mm - Sé/CGE (Região da Av. Paulista)

395,0mm - Av. Aricanduva (Shopping)/SAISP

391,0mm - Av Aricanduva x Radial Leste/SAISP

388,6mm - Vila Mariana/CGE

375,4mm - São Bernardo do Campo (FEI)/SAISP

369,2mm - Jardim Zaíra - Mauá/SAISP

368,6mm - Mooca/CGE

368,6mm - Mercado Municipal/SAISP

364,0mm - Córrego Ipiranga (Pça Leonor Kaupa)/SAISP

349,2mm - Capela do Socorro/CGE

349,2mm - Marginal Pinheiros Pte Joao Dias/SAISP

348,8mm - Campo Limpo/CGE

342,4mm - Sacomã x São Caetano do Sul/DAVIS

342,0mm - Anhembi/CGE

338,8mm - Marginal Tietê Pte. Limão/SAISP

323,2mm - Mirante de Santana (Conv)/INMET

314,6mm - Santana/CGE

311,2mm - Itaquera/CGE

291,3mm - Freguesia do Ó/SAISP

253,0mm - Mandaqui/SAISP

252,2mm - Jaguaré/DAVIS

244,3mm - Jaçanã Tremembé/CGE

240,4mm - Perus/CGE

 

Marsilac é um oásis! Imagina esse lugar no inverno? Mal posso esperar!

Share this post


Link to post
Share on other sites

FEVEREIRO EM PATROCÍNIO, MG

 

FEV2019.jpg.c153cf048efff4d9706b4b3a632a3d1b.jpg

 

Observações:

Patrocínio fechou Fevereiro acima da média, com anomalia de +0,9ºC nas mínimas e +0,8ºC nas máximas.

A máxima de 34,7ºC foi a maior já registrada em Fevereiro, até então nunca tinha sido registrado mais de 33,8ºC tanto na antiga, quanto na atual estação.

Em relação as chuvas, o mês terminou acima da média (normal 61/90 era de 190 mm e a 07/18 de 160 mm), mas não o suficiente para recuperar a falta de chuva do mês anterior.

 

  • Like 7

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fevereiro em Brusque:

 

Centro:

 

Nenhuma descrição de foto disponível.

 

- Rio Branco:

 

Nenhuma descrição de foto disponível.

 

- Santa Luzia

 

Nenhuma descrição de foto disponível.

 

- Tomaz Coelho

 

Nenhuma descrição de foto disponível.

 

- Se esquecer as médias, Fevereiro pareceu muito abaixo da média, por causa do Janeiro excessivamente quente;

- Um pouco mais "oficialmente", ele terminou um pouco abaixo da média;

- A chuva ficou dentro da média, um pouco acima graças ao evento do começo do mês.

 

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.