Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Rodolfo Alves

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Julho/2018

Recommended Posts

9 minutos atrás, Tassio Amaral disse:

GFS, ECMWF e CFS seguem indicando uma mp maritima no final do mês que deverá influenciar o leste do país e causar bom resfriamento. . Europeu mostra um monstrão de 1040hpa em seu, como já foi dito, maravilhoso mundo do final da grade (so que esse é o ECMWF né :DxD) GFS e CFS também seguem indicando a maritima no final do mês em maior ou menor intensidade e potencial isobárico...

18072700_2_1700.gif.d371e55e0fe7096e8cfdc309c371a3ee.gif

18072912_2_1700(1).gif.b5abf00cddf00c735ad50d90c7a019da.gif

18072912_2_1700.gif.2d67aa994764f0668fbe942f6ca1fd6e.gif

18072706_2_1706.gif.3ac911fcbfcd8565d3edebe3c07cc773.gif

Veremos no que isso vai dar...

Sinceramente, prefiro as continentais porque são elas que provocam maior dinâmica na atmosfera, como geadas, nevee seus derivados, essas marítimas são boas apenas quando são muito intensas ou na presença de um Cavado, senão fica naquele frio morno.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Lucas Venturini disse:

Bento Gonçalves é serra gaúcha, e tem verões bem mais quentes que Pinheiro.

Ah com certeza. Quando falo em serra me refiro as cotas acima de 700 m.

Mas veja pelo lado bom, verões frios suprime um pouco da subtropicalidade e elimina qualquer traço de clima temperado, a menos que estejamos em latitudes mais altas próximos a oceanos. Então julgo como bastante positivo esse verãozinho mais quente dos pampas. No inverno, em termos gerais, é o lugar com frio mais constante. O que representa uma boa variação.
É o nosso pedacinho de latitudes médias, em território tupiniquim.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 minutos atrás, Allef Caetano disse:

Ah com certeza. Quando falo em serra me refiro as cotas acima de 700 m.

Mas veja pelo lado bom, verões frios suprime um pouco da subtropicalidade e elimina qualquer traço de clima temperado, a menos que estejamos em latitudes mais altas próximos a oceanos. Então julgo como bastante positivo esse verãozinho mais quente dos pampas. No inverno, em termos gerais, é o lugar com frio mais constante. O que representa uma boa variação.
É o nosso pedacinho de latitudes médias, em território tupiniquim.

 

Acho o clima de Pinheiro Machado maravilhoso, talvez um dos melhores do país. Está na lista de cidades que preciso conhecer.

 

Aliás, vocês que já estão habituados com PM, podem me dizer qual é a estrutura da cidade para turistas ? Tem hospedagem ?

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Marcos disse:

Dia muito esquisito aqui: extremamente tempestuoso e temperatura subindo. A cada 30 minutos escurece e vem um toró. Estamos exatamente na região de formação dos Cb´s.

 

Acumulado de 39,5 mm até agora e faz 17,8°.

 

Situação típica de final de inverno/entrada de primavera não? Felizmente não é o caso.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
33 minutos atrás, Renan disse:

 

Acho o clima de Pinheiro Machado maravilhoso, talvez um dos melhores do país. Está na lista de cidades que preciso conhecer.

 

Aliás, vocês que já estão habituados com PM, podem me dizer qual é a estrutura da cidade para turistas ? Tem hospedagem ?

 

Então Renan, a cidade tem hotéis, mas ainda é um pouco precária. Estamos agora martelando em cima do poder público lá e do empresariado para promoção do turismo e recém estão tendo um despertar. Mas ainda tem um caminho a percorrer.

A vegetação pampeira mesclada com o relevo da serra do sudeste cria paisagens muito lindas, um pouco diferentes do que estamos habituados no país. Fora que Pinheiro, assim com as outras cidades da campanha, tem uma identidade cultural bem forte. São bastante fiéis ao regionalismo e tradição gaúcha. Particularmente gosto muito da região.hehe

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 minutos atrás, Allef Caetano disse:

 

Então Renan, a cidade tem hotéis, mas ainda é um pouco precária. Estamos agora martelando em cima do poder público lá e do empresariado para promoção do turismo e recém estão tendo um despertar. Mas ainda tem um caminho a percorrer.

A vegetação pampeira mesclada com o relevo da serra do sudeste cria paisagens muito lindas, um pouco diferentes do que estamos habituados no país. Fora que Pinheiro, assim com as outras cidades da campanha, tem uma identidade cultural bem forte. São bastante fiéis ao regionalismo e tradição gaúcha. Particularmente gosto muito da região.hehe

Vinho, ovelhas, azeite de oliva...

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Inmet voltou a instalar uma automática em Niterói(a última foi retirada por vandalismo no local, ficava a beira da baía de Guanabara no Gragoatá/U.Federal Fluminense).

Agora foi para um terreno da prefeitura de Niterói, ao lado de um estacionamento, área cercada e com segurança.

Registrou máxima de 32,5ºC no domingo e na manhã de hoje a mínima foi de 16,6ºC.Em situações de vento norte/noroeste vai registrar máximas acima dos 38ºC na primavera/verão.

 

Edited by marinhonani
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, marinhonani disse:

 

Também faz 43 anos que nevou em alguns bairros de Curitiba, com temperatura abaixo de 4 o dia todo e no dia seguinte os cafezais do Paraná foram dizimados, Palmas registrou -11,5ºC no dia 18/07/1975 na extinta estação do Inmet.

Meus avô que é de Londrina, conta que perdeu TUDO que tinha no seu humilde e pequeno sítio em Cambé. 

Ele trabalhava na fábrica Anderson Clayton, e pegou um frio que segundo ele, tinha experimentado pouquíssimas vezes. Na empresa, conta meu vô que o cenário já era de pessimismo que vinha do sul do estado. Deve ter feito uns -5 na zona rural da região de Londrina. Diz vovô, que a tarde anterior o céu era típico de uma geada forte, mas jamais imaginava que seria de tal magnitude. Ele tem a capa do jornal com o então Gov. Do Paraná visitando suas fazendas no norte do estado completamente queimadas pela geada. Foi simplesmente, um dos maiores ou O MAIOR deslocamento de pessoas fora do período de guerras na história que se tem notícia. Cidades maiores, especialmente Londrina e Maringá, perderam muita gente, mas receberam população nova vinda das pequenas cidades em volta. Teve cidade que desapareceu. A maioria perderam metade ou mais da população no decorrer da década de 70 e 80. Maioria foi para o centro oeste, e um importante contingente ainda dirigiu -se ao Paraguai e Japão, sobretudo os da colônia japonesa. A população do norte pioneiro, central e noroeste do Paraná só igualou-se a de 1975 há poucos anos. Se a região crescesse no ritmo do interior de S. Paulo( conservador p/ média nacional), teria hoje quase 10 milhões de habitantes. As várias geadas dos anos 60 e 70 com a culminante de 1975 causou esse desastre todo. 

Edited by Victor Naia
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bairro do Charco com mais uma negativa e geada.

-0,6 bairro Charco/Delfim Moreira-MG

0,7 Campos do Serrano/São Bento do Sapucaí-SP

1,0 Melhoramentos Camanducaia-MG

2,5 em Monte Verde-MG(queda de 20ºC desde a tarde de ontem)

3,4 em Friburgo/Salinas-RJ(queda de 20,4ºC desde a tarde de ontem)

 

Edited by marinhonani
  • Like 3
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
19 minutos atrás, Victor Naia disse:

Meus avô que é de Londrina, conta que perdeu TUDO que tinha no seu humilde e pequeno sítio em Cambé. 

Ele trabalhava na fábrica Anderson Clayton, e pegou um frio que segundo ele, tinha experimentado pouquíssimas vezes. Deve ter feito uns -5 na zona rural da região de Londrina. Diz vovô, que a tarde anterior o céu era típico de uma geada forte, mas jamais imaginava que seria de tal magnitude. Ele tem a capa do jornal com o então Gov. Do Paraná visitando suas fazendas no norte do estado completamente queimadas pela geada. 

Guarapuava deu -10 em 18.07.75, eu tinha 9 anos e lembro de uma geada fortíssima que não derreteu completamente e "emendou" com a geada do dia seguinte. Lembro também que fiquei os dedos das mãos rachados por brincar com o gelo das poças d'água.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Renan disse:

 

Já tem bastante tempo dessa histórica MP, heim Nani.

 

Naquela ocasião, Juiz de Fora teve no dia 18/07 a temperatura de 07,5ºC à tarde (às 15h), na medição do INMET. E a mínima no dia seguinte acabou sendo de 05,2ºC. Parece que por aqui o grande destaque foi a temperatura baixíssima à tarde no dia 18/07, Nani.

Aqui em Varginha acredito 1979 e 1981 causaram maiores estragos. Minha nonna conta que lembra-se de ver geada forte no seu jardim em 1981. Ela se recorda do frio memorável, pois foi no nascimento de meu primo. Conta que o carro não ligava de jeito nenhum, e os canos de água ficaram completamente congelados. Os jardins da avenida Rio Branco, a ex avenida principal do município, ficou branquinha branquinha. Queria MUITO ver isso. Dizem que a última vez que geou forte nas áreas centrais foi em 2000. Acredito que 1994 o fenômeno se rpetiu. 

Edited by Victor Naia
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 minutos atrás, Victor Naia disse:

Aqui em Varginha acredito 1979 e 1981 causaram maiores estragos. Minha nonna conta que lembra-se de ver geada forte no seu jardim em 1981. Ela se recorda do frio memorável, pois foi no nascimento de meu primo. Conta que o carro não ligava de jeito nenhum, e os canos de água ficaram completamente congelado. Os jardins da avenida Rio Branco, a ex avenida principal do município, ficou branquinha branquinha. Queria MUITO ver isso. Dizem que a última vez que geou forte nas áreas centrais foi em 2000. Acredito que 1994 o fenômeno se rpetiu. 

Victor Naia,

em 1º de junho de 1979 em Lavras marcou -1,4ºC, não sei se é na estação atual ou se foi na estação Lavras/Esalq.

Em julho de 1981 fez muito frio no interior de SP e em Minas Gerais a mínima foi de -8,4ºC no dia 21/07/1981 na antiga convencional de Maria da Fé.

Em junho de 1994 novamente negativas em SP e MG, dessa vez -7,2 dia 26 em Poços de Caldas.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, marinhonani disse:

 

Também faz 43 anos que nevou em alguns bairros de Curitiba, com temperatura abaixo de 4 o dia todo e no dia seguinte os cafezais do Paraná foram dizimados, Palmas registrou -11,5ºC no dia 18/07/1975 na extinta estação do Inmet.

Na verdade, a neve de 1975 é a segunda mais forte já conhecida em Curitiba. Não foi apenas em alguns bairros. Acumulou bem em toda a região metropolitana, chegando até 10cm de acumulado. Aeroporto teve que ser fechado e neve farta no centro da cidade. Talvez tenha feito confusão, neste ponto, com outras pancadas de neve com pouca acumulação e que não caíram de forma homogênea na região (31/05/1979, 20/07/1981 e 23/07/2013).

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Região da Mantiqueira em MG e SP com umidade baixíssima, prometendo outro resfriamento "Vampiro" a noite e madrugada.

Estação do bairro do Charco já registrou 25% de umidade com P.orvalho levemente negativo.

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
40 minutos atrás, marinhonani disse:

 

3,4 em Friburgo/Salinas-RJ(queda de 20,4ºC desde a tarde de ontem)

 

Boa tarde, mínima na area urbana hj de Friburgo de 9,4°C, agora 26°C. Daqui alguns dias devo me hospedar durante uns dois dias no hotel Caledonia Inn a 1300 metros de alt, se tiver geada, tiro foto e posto aqui. O foreca esta dando 7°C para cá depois da manhã tb na area urbana.

  • Like 1
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
27 minutos atrás, marinhonani disse:

Victor Naia,

em 1º de junho de 1979 em Lavras marcou -1,4ºC, não sei se é na estação atual ou se foi na estação Lavras/Esalq.

Em julho de 1981 fez muito frio no interior de SP e em Minas Gerais a mínima foi de -8,4ºC no dia 21/07/1981 na antiga convencional de Maria da Fé.

Em junho de 1994 novamente negativas em SP e MG, dessa vez -7,2 dia 26 em Poços de Caldas.

Pois é, baita friozão. Lambari deve ter feito frio a beça nesses eventos. A estação devia ser bem localizada. A mínima quase que rivalizava com MDF. 

 

Aqui em Varginha, as baixadas devem ter registrado-2•C, -3•C nesses eventos. Acredito que a estação de Lavras que registrou-1.4•C era diferente da atual, que é ruim de mínimas, diga-se de passagem. Varginha está 100 km ao sul de Lavras, e levemente mais alta. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Beto Krepsky disse:

 

Situação típica de final de inverno/entrada de primavera não? Felizmente não é o caso.

 

Mais ou menos nessa época. Me recordo de eventos como esse em setembro e na primavera. Às vezes no inverno. É quando temos mp´s ativas, mas o calor se intensifica no centro do país. 

 

O caso mais impressionante foi de setembro de 2012 com quase três dias consecutivos de trovoadas, raios, relâmpagos e chuvaradas. Nada supera aquilo. 

 

Agora 18,1°, nubladão com clarões e trovoadas. Acumulado de 48,6 mm até agora.

Edited by Marcos
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
19 minutos atrás, Marcos disse:

 

Mais ou menos nessa época. Me recordo de eventos como esse em setembro e na primavera. Às vezes no inverno. É quando temos mp´s ativas, mas o calor se intensifica no centro do país. 

 

O caso mais impressionante foi de setembro de 2012 com quase três dias consecutivos de trovoadas, raios, relâmpagos e chuvaradas. Nada supera aquilo. 

 

Agora 18,1°, nubladão com clarões e trovoadas. Acumulado de 48,6 mm até agora.

 

Que saudades de um acumulado de chuva dessa grandeza. Mas só posso sonhar com isso a partir de Outubro, início da estação chuvosa do regime tropical de chuvas.

 

Por isso fiquei tão feliz com o evento da semana passada, com chuva e 10 graus na minha cidade, tudo ao mesmo tempo, durante a madrugada. Fato raro por aqui.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Victor Naia disse:

Aqui em Varginha acredito 1979 e 1981 causaram maiores estragos. Minha nonna conta que lembra-se de ver geada forte no seu jardim em 1981. Ela se recorda do frio memorável, pois foi no nascimento de meu primo. Conta que o carro não ligava de jeito nenhum, e os canos de água ficaram completamente congelados. Os jardins da avenida Rio Branco, a ex avenida principal do município, ficou branquinha branquinha. Queria MUITO ver isso. Dizem que a última vez que geou forte nas áreas centrais foi em 2000. Acredito que 1994 o fenômeno se rpetiu. 

 

A verdade é uma só. Vivemos um forte jejum de MP's como essas, falando de Minas Gerais. Os adolescentes simplesmente desconhecem o verdadeiro potencial de frio em nossas cidades. Outro dia contei pra minha irmã de 17 anos que já houve geada algumas vezes em Juiz de Fora, e ela riu de mim, dizendo ser impossível.

 

Deve ser a mesma reação de um adolescente ou jovem adulto em São Joaquim, ao falarem que a cidade está passível de ser atingida por uma nevasca de mais de metro, causando transtornos catastróficos. Com a diferença de que uma nevasca dessas proporções é ainda muito mais raro do que a ocorrência de geada aqui, ou então ERA, vai saber.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tenho agora 24 graus na fazenda, distante apenas 2 km da zona urbana. Nossa automática está marcando 26.5•c com 23% de umidade e 3.2•C de P.O!!! Risos. 

Mínima por lá foi de 10•c, já por aqui, deve ter registrado uns 3,4 graus a menos. Estamos 100-150 metros mais altos que o aeroporto, mas em uma semi baixada a 1030-1080 metros, com picos acima dos 1200m. 

O gostoso é que dentro de casa, parado, é preciso usar blusa. Uma leve, já resolve.

Deveremos ter uma sequência de mínimas levemente acima da média quase na média e máximas levemente a talvez bem acima, se persistirem na casa dos 27•c ou mais. 

E o céu tá aquela beleza, mas ontem mesmo quando voltava da Fazenda, passei por duas áreas com queimadas em um curto trecho. 

 

Na torcida para sobrar uma bela marítima no fim do mês.  

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, marinhonani disse:

Bairro do Charco com mais uma negativa e geada.

-0,6 bairro Charco/Delfim Moreira-MG

0,7 Campos do Serrano/São Bento do Sapucaí-SP

1,0 Melhoramentos Camanducaia-MG

2,5 em Monte Verde-MG(queda de 20ºC desde a tarde de ontem)

3,4 em Friburgo/Salinas-RJ(queda de 20,4ºC desde a tarde de ontem)

 

OBRIGADO NANI.

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 minutos atrás, Felipe Pelisari disse:

Olhando as postagens de ondas de frio e neve me deu uma saudade de 2013

Estamos a cinco dias do aniversário de cinco anos. Inesquecível!

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, klinsmannrdesouza disse:

Sinceramente, prefiro as continentais porque são elas que provocam maior dinâmica na atmosfera, como geadas, nevee seus derivados, essas marítimas são boas apenas quando são muito intensas ou na presença de um Cavado, senão fica naquele frio morno.

Ah sim, disso não tenha qualquer dúvida,  assino em baixo,  mas no momento para a região aqui não é muito questão de escolha.... continentais como a de maio aqui no sudeste por exemplo está cada vez mais raro e tendo em vista o fato de que quase todas as mp's que chegam ao Brasil ficam represadas no sul do país devido a esse bloqueio miserável no Brasil Central, o jeito é torcer por maritimas que, se posicionadas em posição favorável, causam um bom periodo de resfriamento para o leste brasileiro principalmente o sudeste... 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.