Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Rodolfo Alves

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Julho/2018

Recommended Posts

Bom dia, minimas em Friburgo hj:

Inmet: 7,6°C

Meu termometro: 8,6°C

Pws: 8,8°C

 

Agora faz Sol, no momento tenho 11°C.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia!

 

Em atenção a próxima erupção gostaria de expor alguns detalhes quanto a possibilidade de neve já divulgada por institutos.

 

Eu gosto de comparar algumas saídas, e por isso estabeleci dois locais no Sul do Brasil em dois eventos de neve marcantes que acompanhei as rodadas: São Francisco de Paula e São Joaquim.

 

Para São Chico é interessante notar que na nevada de 2013 havia possível erro do modelo para a região, dado que a saída do GFS enquanto a neve já caia na cidade, não indicaria neve para aquela altitude. Todavia é interessante acompanhar a força das duas MP's segundo o modelo:

 

 

São Francisco de Paula 26/08/2013 18Z - enquanto já nevava!!!

 

FIELD  TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    PRECIPITATION 
LEVEL    900 MB         850 MB         800 MB         750 MB         700 MB         650 MB                
UNITS      DEGC           DEGC           DEGC           DEGC           DEGC           DEGC           MM   
HR
+  0.      4.8            2.0           -0.2           -1.6           -2.8           -4.2           5.69
+  3.      4.9            2.4            0.2           -1.9           -3.6           -5.6           2.49
+  6.      4.7            2.4            0.0           -2.2           -4.4           -6.8           2.97
+  9.      4.7            2.4            0.1           -2.2           -4.6           -7.4           2.59
+ 12.      4.3            2.1           -0.1           -2.4           -4.9           -7.9           2.26
+ 15.      3.4            1.3           -0.7           -2.8           -5.2           -8.4           2.88
+ 18.      3.0            1.3           -0.7           -2.5           -5.0           -8.4           0.41
+ 21.      4.0            1.5           -0.6           -3.0           -5.5           -8.0           0.00
+ 24.      5.0            2.0           -0.1           -2.9           -5.2           -7.6           0.00
+ 27.      4.6            1.9            0.1           -2.8           -4.9           -6.6           0.00
+ 30.      4.3            2.1           -0.4           -2.6           -4.3           -5.1           0.00

 

São Francisco de Paula 08/07/2018 06Z

FIELD  TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    PRECIPITATION 
LEVEL    900 MB         850 MB         800 MB         750 MB         700 MB         650 MB                
UNITS      DEGC           DEGC           DEGC           DEGC           DEGC           DEGC           MM   
 HR
+  0.     12.7           11.0            8.7            6.5            4.1            1.5           0.00
+  3.     10.8            9.3            9.4            7.4            4.8            1.8           0.00
+  6.      8.5            8.0            9.3            7.1            4.5            1.2           0.00
+  9.      8.6            7.1            8.2            6.3            3.9            0.6           0.00
+ 12.      9.3            6.5            7.0            6.0            3.5            0.5           0.00
+ 15.      7.1            3.9            4.1            5.2            3.3            0.1           0.00
+ 18.      7.7            4.6            2.3            2.7            2.0           -0.8           0.25
+ 21.      8.2            5.3            2.7            0.2           -1.3           -2.9           0.52
+ 24.      8.0            5.4            2.7           -0.9           -4.2           -5.7           1.01
+ 27.      7.5            4.9            2.0           -1.3           -4.7           -8.2           1.75
+ 30.      6.6            3.9            1.2           -1.8           -5.1           -8.9           3.86
+ 33.      5.5            2.9            0.1           -2.8           -5.7           -9.0           5.71
+ 36.      5.4            2.5           -0.4           -3.6           -6.8          -10.0           3.46
+ 39.      5.3            2.3           -0.8           -3.9           -7.3          -11.1           2.64
+ 42.      5.0            2.3           -0.5           -3.7           -7.3          -10.9           0.60
+ 45.      4.7            1.7           -0.8           -3.9           -7.1          -10.1           0.34
+ 48.      4.6            1.6           -1.5           -4.1           -6.9           -9.9           0.34
+ 51.      4.4            1.6           -1.7           -4.5           -7.1           -9.8           0.08
+ 54.      4.3            1.4           -1.9           -4.5           -7.4           -9.6           0.25
+ 57.      4.9            1.7           -1.7           -4.4           -7.4           -9.5           0.09
+ 60.      5.7            2.0           -0.9           -4.1           -7.7           -9.6           1.03
+ 63.      5.2            1.8           -0.8           -3.9           -7.6           -9.4           0.09
+ 66.      4.7            1.9           -0.7           -3.9           -7.4           -9.4           0.42
+ 69.      4.9            2.4           -0.4           -3.8           -7.2           -9.7           0.17
+ 72.      4.8            2.5           -0.5           -3.8           -7.2           -9.9           0.00
+ 75.      4.8            2.4           -0.6           -3.7           -6.8           -9.4           0.00
+ 78.      5.0            2.3           -0.5           -3.1           -5.9           -8.1           0.00
+ 81.      6.7            2.8           -0.2           -2.6           -5.1           -6.9           0.00

 

 

Observa-se claramente que nesta oportunidade o modelo considera o perfil da atmosfera consideravelmente mais frio e mais instável. A partir de 800mb o frio é bem mais significativo e a instabilidade acompanha muito bem o frio. Sendo agora também bem mais duradouro.

 

 

Já para São Joaquim comparando a nevada de agosto de 2010 as saídas de agora temos o seguinte cenário:

 

 

04/08/2010 00Z - T850, 800, 750, 700, 650, Prec

+  0.     -0.6           -0.9           -2.3           -3.2           -4.3           0.00
+  3.     -0.7           -0.6           -2.1           -3.3           -3.9           0.08
+  6.     -0.9           -1.1           -2.9           -3.3           -4.2           0.00
+  9.     -0.6           -1.4           -2.9           -3.1           -3.9           0.00
+ 12.      0.2           -0.8           -2.1           -2.7           -3.8           0.02
+ 15.      2.3           -1.2           -2.9           -3.6           -4.2           0.00
+ 18.      1.9           -1.2           -3.8           -6.1           -7.0           0.03
+ 21.      1.3           -0.6           -3.1           -5.5           -6.4           0.00
+ 24.      1.5           -0.5           -3.2           -6.1           -6.9           0.02
+ 27.      2.0           -0.2           -3.0           -5.7           -7.8           0.00
+ 30.      2.2           -0.2           -2.8           -5.3           -8.6           0.00

 

08/07/2018 06Z - T850, 800, 750, 700, 650, 500, Prec

+ 24.      5.1            2.0           -0.8            0.7           -1.2          -13.5           0.00
+ 27.      5.0            2.0           -0.6           -2.4           -3.7          -14.6           0.25
+ 30.      4.4            1.5           -0.9           -3.9           -6.1          -15.5           0.79
+ 33.      4.1            1.0           -2.1           -4.4           -7.7          -17.1           0.89
+ 36.      3.8            0.3           -2.3           -5.2           -9.4          -18.7           0.92
+ 39.      2.8           -0.0           -2.4           -6.0          -10.5          -20.1           1.07
+ 42.      2.6            0.6           -2.3           -6.0          -10.1          -21.1           0.08
+ 45.      1.9            0.6           -2.1           -5.6           -9.3          -21.5           0.08
+ 48.      1.7            0.2           -2.0           -5.9           -9.0          -21.4           0.08
+ 51.      2.1           -0.3           -2.5           -6.4           -8.8          -20.9           0.07
+ 54.      2.2           -0.4           -3.0           -6.7           -8.9          -20.0           0.04
+ 57.      4.1           -0.0           -3.9           -7.2           -9.3          -19.5           0.05
+ 60.      4.3            0.3           -3.4           -7.1          -10.0          -19.7           0.49
+ 63.      3.2            0.1           -3.2           -7.0           -9.7          -20.1           0.63
+ 66.      2.7            0.3           -3.3           -7.3           -9.5          -20.5           0.00

 

 

Observa-se que em 2010 havia frio mais intenso entre 850mb e 800mb do que o modelo projeta agora, especialmente no nível de 2000m, próximo ao Morro da Igreja e que ajudou a transformar aquele episódio em espetacular para as áreas acima dos 1600m. Todavia agora o frio é mais intenso em 700mb e pelo nível de 500mb mostrado agora, se observa possivelmente a passagem de um forte cavado. Isso porque agora a instabilidade indicada pela precipitação é bem mais forte do que o modelo indicava em 2010 (errou feio) quando deu 45cm medidos em régua no Morro da Igreja.

 

 

O que considera de tudo isso?

 

Nenhum episódio se repete na natureza, mas as referências contam para fazer analogia entre o passado e o futuro. De todo o modo eu vejo que temos um quadro indicando chance de ocorrência para o fenômeno ainda muito limítrofe nos pontos mais altos de SC. A janela é longa e isso chama a atenção. Ao contrário de poucos momentos propícios, nesta oportunidade há mais tempo de os ingredientes se combinarem em harmonia. Porém é preciso incrementar o frio no nível de 800mb para não presenciarmos aquela desgramada chuva sob 2oC no Cruzeiro e próximo a zero no Morro das Torres e da Igreja. Se o modelo sugerir um pouco mais de frio do que agora, dada a instabilidade apresentada, e o cavado em 500mb, é factível um cenário bem interessante entre segunda e terça. Mas pra isso é preciso um pouco mais.

 

Se o frio disponível sob a atmosfera apresentada pelo modelo para a coordenada de São Francisco de Paula conseguir atingir os pontos mais altos do RS (+1300m) e de SC (+1400m) é possível tirar o pé da lama no quesito neve em nossa sofrida busca pelo fenômeno no Brasil. 

 

Temos que observar que para São Chico é preciso uma instabilidade forte, um cavado bem intenso aos moldes de 2013 para o modelo errar na escala e a região conseguir presenciar o fenômeno, pois os dados disponíveis, como em 2013 não sugerem  fenômeno para  a altitude da região. Porém o erro monumental do modelo naquela oportunidade sempre nos dá um pingo de esperanças de que possa ocorrer novamente.

 

Segunda e terça prometem cenários interessantes. E que o cavado em 500mb seja mais intenso e venha um pouco mais frio que o esperado! Oremos!

 

 

 

 

Edited by Caio César
  • Like 9
  • Thanks 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Intenso aquecimento adiabático nessa madrugada em Garuva/SC:

 

image.png.9a6c8e26e5079fd9d081e43faf3ef605.png

 

Passou a dois décimos de ter a máxima do mês às 4h.

 

Por aqui a madrugada foi de céu aberto sem vento algum e a mínima foi de 13,9C

Edited by Felipe Backendorf
  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Rafael disse:

Bom dia, minimas em Friburgo hj:

Inmet: 7,6°C

Meu termometro: 8,6°C

Pws: 8,8°C

 

Agora faz Sol, no momento tenho 11°C.

Rafael, 

as condições ontem estavam indicando muito frio em Salinas/Inmet para a noite/madrugada de hoje, a máxima foi de 21,2ºC com umidade abaixo de 40%. No fim da tarde a temperatura despencou rápido lá, ás 19 h marcou 9,6ºC, mas aí o vento aumentou e segurou a queda pela noite e madrugada, dando essa pequena diferença em 12 horas de 9,6 caindo para 7,6.

  • Confused 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia! Ontem Buenos Aires teve o dia todo com céu nublado, garoa fina e constante, ventos vindos do rio e um pouco de névoa. Foi um dia tão úmido que, nas observações horárias, a menor URA foi de 94%. A amplitude térmica foi baixíssima, de pouco mais de um grau e meio, já que a temperatura variou entre 10,2ºC e 11,8ºC. Com isso, ontem foi o quinto dia seguido com temperatura abaixo de 13ºC aqui.

 

Hoje temos uma manhã com muitas nuvens e algumas aberturas de sol. Faz 9,5ºC, com URA de 93%, vento sudeste a 11 km/h e pressão de 1.022,6 hpa. A sensação térmica atual é de 7,7ºC. A mínima foi de 8,8ºC e a máxima prevista pelo SMN é de 13ºC. O sol nasceu às 8h e se põe às 17h57.

Edited by Fábio De Nittis
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

O aspecto mais interessante na rodada do Europeu foi a nítida formação de um vórtice com o aprofundamento e formação de uma baixa pressão no oceano, bem distante, mas que influenciaria o tempo na porção leste dos estados do Sul do Brasil.

 

gsyN7WA.png

 

J2DAFOj.png

 

 

O vórtice apontado em superfície converge para os dados disponíveis de vorticidade em 500mb, que sugere muita instabilidade característica de cavado em altos níveis.

 

QClWhxh.png

 

KqHX9WG.png

 

 

Este cenário é bastante interessante, visto que há ar frio disponível nas camadas mais altas e muita instabilidade atmosférica, tanto em superfície como em altos níveis.

 

Ronaldo, estão aí os cúmulos necessários...

Edited by Caio César
  • Like 12
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom dia a todos, como é bom acordar e ver essas análises do Caio Cesar, se possível vai atualizando no decorrer do dia, acabei de entrar em férias e estou muito interessado em subir a serra, estou na torcida para que neve

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
42 minutos atrás, Caio César disse:

O aspecto mais interessante na rodada do Europeu foi a nítida formação de um vórtice com o aprofundamento e formação de uma baixa pressão no oceano, bem distante, mas que influenciaria o tempo na porção leste dos estados do Sul do Brasil.

 

gsyN7WA.png

 

J2DAFOj.png

 

 

O vórtice apontado em superfície converge para os dados disponíveis de vorticidade em 500mb, que sugere muita instabilidade característica de cavado em altos níveis.

 

QClWhxh.png

 

KqHX9WG.png

 

 

Este cenário é bastante interessante, visto que há ar frio disponível nas camadas mais altas e muita instabilidade atmosférica, tanto em superfície como em altos níveis.

 

Ronaldo, estão aí os cúmulos necessários...

Tá com cara e jeito de neve. São Chico e São Joaquim. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
13 horas atrás, Alexandre Aguiar disse:

Próxima especial de clima histórico será sobre o tornado que atravessou o Centro de Porto Alegre, provocando mortes e devastação. 

FOI QUANDO?

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado pelas análises, Caio. 

 

Sem dúvidas é uma forte massa polar associada a um forte cavado em altura. Cavado esse que se deslocará em direção ao Sudeste e deve provocar chuva no leste da região, incluindo RMSP, vale do Paraíba, sul de Minas, RJ e zona da mata. O frio em altura (700mb) , mais uma vez, foi drasticamente reduzido nas últimas rodadas e com isso retiraram a chance de neve na Mantiqueira que era mostrado há dias atrás. 

 

 

Certo mesmo é que vai ser surpreendentemente positivo se nevar na serra catarinense. Estarei imensamente na torcida. Que os bazianos possam fazer uma viagem a SJ para acompanhar a neve. 

 

Por aqui, outra mínima sub-10: 09,6C. Foi a oitava sub-10 do ano na minha estação. No INMET, ainda não tivemos nenhuma sub-10 esse ano.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Caio César disse:

Bom dia!

 

Em atenção a próxima erupção gostaria de expor alguns detalhes quanto a possibilidade de neve já divulgada por institutos.

 

Eu gosto de comparar algumas saídas, e por isso estabeleci dois locais no Sul do Brasil em dois eventos de neve marcantes que acompanhei as rodadas: São Francisco de Paula e São Joaquim.

 

Para São Chico é interessante notar que na nevada de 2013 havia possível erro do modelo para a região, dado que a saída do GFS enquanto a neve já caia na cidade, não indicaria neve para aquela altitude. Todavia é interessante acompanhar a força das duas MP's segundo o modelo:

 

 

São Francisco de Paula 26/08/2013 18Z - enquanto já nevava!!!

 


FIELD  TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    PRECIPITATION 
LEVEL    900 MB         850 MB         800 MB         750 MB         700 MB         650 MB                
UNITS      DEGC           DEGC           DEGC           DEGC           DEGC           DEGC           MM   
HR
+  0.      4.8            2.0           -0.2           -1.6           -2.8           -4.2           5.69
+  3.      4.9            2.4            0.2           -1.9           -3.6           -5.6           2.49
+  6.      4.7            2.4            0.0           -2.2           -4.4           -6.8           2.97
+  9.      4.7            2.4            0.1           -2.2           -4.6           -7.4           2.59
+ 12.      4.3            2.1           -0.1           -2.4           -4.9           -7.9           2.26
+ 15.      3.4            1.3           -0.7           -2.8           -5.2           -8.4           2.88
+ 18.      3.0            1.3           -0.7           -2.5           -5.0           -8.4           0.41
+ 21.      4.0            1.5           -0.6           -3.0           -5.5           -8.0           0.00
+ 24.      5.0            2.0           -0.1           -2.9           -5.2           -7.6           0.00
+ 27.      4.6            1.9            0.1           -2.8           -4.9           -6.6           0.00
+ 30.      4.3            2.1           -0.4           -2.6           -4.3           -5.1           0.00

 

São Francisco de Paula 08/07/2018 06Z


FIELD  TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    PRECIPITATION 
LEVEL    900 MB         850 MB         800 MB         750 MB         700 MB         650 MB                
UNITS      DEGC           DEGC           DEGC           DEGC           DEGC           DEGC           MM   
 HR
+  0.     12.7           11.0            8.7            6.5            4.1            1.5           0.00
+  3.     10.8            9.3            9.4            7.4            4.8            1.8           0.00
+  6.      8.5            8.0            9.3            7.1            4.5            1.2           0.00
+  9.      8.6            7.1            8.2            6.3            3.9            0.6           0.00
+ 12.      9.3            6.5            7.0            6.0            3.5            0.5           0.00
+ 15.      7.1            3.9            4.1            5.2            3.3            0.1           0.00
+ 18.      7.7            4.6            2.3            2.7            2.0           -0.8           0.25
+ 21.      8.2            5.3            2.7            0.2           -1.3           -2.9           0.52
+ 24.      8.0            5.4            2.7           -0.9           -4.2           -5.7           1.01
+ 27.      7.5            4.9            2.0           -1.3           -4.7           -8.2           1.75
+ 30.      6.6            3.9            1.2           -1.8           -5.1           -8.9           3.86
+ 33.      5.5            2.9            0.1           -2.8           -5.7           -9.0           5.71
+ 36.      5.4            2.5           -0.4           -3.6           -6.8          -10.0           3.46
+ 39.      5.3            2.3           -0.8           -3.9           -7.3          -11.1           2.64
+ 42.      5.0            2.3           -0.5           -3.7           -7.3          -10.9           0.60
+ 45.      4.7            1.7           -0.8           -3.9           -7.1          -10.1           0.34
+ 48.      4.6            1.6           -1.5           -4.1           -6.9           -9.9           0.34
+ 51.      4.4            1.6           -1.7           -4.5           -7.1           -9.8           0.08
+ 54.      4.3            1.4           -1.9           -4.5           -7.4           -9.6           0.25
+ 57.      4.9            1.7           -1.7           -4.4           -7.4           -9.5           0.09
+ 60.      5.7            2.0           -0.9           -4.1           -7.7           -9.6           1.03
+ 63.      5.2            1.8           -0.8           -3.9           -7.6           -9.4           0.09
+ 66.      4.7            1.9           -0.7           -3.9           -7.4           -9.4           0.42
+ 69.      4.9            2.4           -0.4           -3.8           -7.2           -9.7           0.17
+ 72.      4.8            2.5           -0.5           -3.8           -7.2           -9.9           0.00
+ 75.      4.8            2.4           -0.6           -3.7           -6.8           -9.4           0.00
+ 78.      5.0            2.3           -0.5           -3.1           -5.9           -8.1           0.00
+ 81.      6.7            2.8           -0.2           -2.6           -5.1           -6.9           0.00

 

 

Observa-se claramente que nesta oportunidade o modelo considera o perfil da atmosfera consideravelmente mais frio e mais instável. A partir de 800mb o frio é bem mais significativo e a instabilidade acompanha muito bem o frio. Sendo agora também bem mais duradouro.

 

 

Já para São Joaquim comparando a nevada de agosto de 2010 as saídas de agora temos o seguinte cenário:

 

 

04/08/2010 00Z - T850, 800, 750, 700, 650, Prec


+  0.     -0.6           -0.9           -2.3           -3.2           -4.3           0.00
+  3.     -0.7           -0.6           -2.1           -3.3           -3.9           0.08
+  6.     -0.9           -1.1           -2.9           -3.3           -4.2           0.00
+  9.     -0.6           -1.4           -2.9           -3.1           -3.9           0.00
+ 12.      0.2           -0.8           -2.1           -2.7           -3.8           0.02
+ 15.      2.3           -1.2           -2.9           -3.6           -4.2           0.00
+ 18.      1.9           -1.2           -3.8           -6.1           -7.0           0.03
+ 21.      1.3           -0.6           -3.1           -5.5           -6.4           0.00
+ 24.      1.5           -0.5           -3.2           -6.1           -6.9           0.02
+ 27.      2.0           -0.2           -3.0           -5.7           -7.8           0.00
+ 30.      2.2           -0.2           -2.8           -5.3           -8.6           0.00

 

08/07/2018 06Z - T850, 800, 750, 700, 650, 500, Prec


+ 24.      5.1            2.0           -0.8            0.7           -1.2          -13.5           0.00
+ 27.      5.0            2.0           -0.6           -2.4           -3.7          -14.6           0.25
+ 30.      4.4            1.5           -0.9           -3.9           -6.1          -15.5           0.79
+ 33.      4.1            1.0           -2.1           -4.4           -7.7          -17.1           0.89
+ 36.      3.8            0.3           -2.3           -5.2           -9.4          -18.7           0.92
+ 39.      2.8           -0.0           -2.4           -6.0          -10.5          -20.1           1.07
+ 42.      2.6            0.6           -2.3           -6.0          -10.1          -21.1           0.08
+ 45.      1.9            0.6           -2.1           -5.6           -9.3          -21.5           0.08
+ 48.      1.7            0.2           -2.0           -5.9           -9.0          -21.4           0.08
+ 51.      2.1           -0.3           -2.5           -6.4           -8.8          -20.9           0.07
+ 54.      2.2           -0.4           -3.0           -6.7           -8.9          -20.0           0.04
+ 57.      4.1           -0.0           -3.9           -7.2           -9.3          -19.5           0.05
+ 60.      4.3            0.3           -3.4           -7.1          -10.0          -19.7           0.49
+ 63.      3.2            0.1           -3.2           -7.0           -9.7          -20.1           0.63
+ 66.      2.7            0.3           -3.3           -7.3           -9.5          -20.5           0.00

 

 

Observa-se que em 2010 havia frio mais intenso entre 850mb e 800mb do que o modelo projeta agora, especialmente no nível de 2000m, próximo ao Morro da Igreja e que ajudou a transformar aquele episódio em espetacular para as áreas acima dos 1600m. Todavia agora o frio é mais intenso em 700mb e pelo nível de 500mb mostrado agora, se observa possivelmente a passagem de um forte cavado. Isso porque agora a instabilidade indicada pela precipitação é bem mais forte do que o modelo indicava em 2010 (errou feio) quando deu 45cm medidos em régua no Morro da Igreja.

 

 

O que considera de tudo isso?

 

Nenhum episódio se repete na natureza, mas as referências contam para fazer analogia entre o passado e o futuro. De todo o modo eu vejo que temos um quadro indicando chance de ocorrência para o fenômeno ainda muito limítrofe nos pontos mais altos de SC. A janela é longa e isso chama a atenção. Ao contrário de poucos momentos propícios, nesta oportunidade há mais tempo de os ingredientes se combinarem em harmonia. Porém é preciso incrementar o frio no nível de 800mb para não presenciarmos aquela desgramada chuva sob 2oC no Cruzeiro e próximo a zero no Morro das Torres e da Igreja. Se o modelo sugerir um pouco mais de frio do que agora, dada a instabilidade apresentada, e o cavado em 500mb, é factível um cenário bem interessante entre segunda e terça. Mas pra isso é preciso um pouco mais.

 

Se o frio disponível sob a atmosfera apresentada pelo modelo para a coordenada de São Francisco de Paula conseguir atingir os pontos mais altos do RS (+1300m) e de SC (+1400m) é possível tirar o pé da lama no quesito neve em nossa sofrida busca pelo fenômeno no Brasil. 

 

Temos que observar que para São Chico é preciso uma instabilidade forte, um cavado bem intenso aos moldes de 2013 para o modelo errar na escala e a região conseguir presenciar o fenômeno, pois os dados disponíveis, como em 2013 não sugerem  fenômeno para  a altitude da região. Porém o erro monumental do modelo naquela oportunidade sempre nos dá um pingo de esperanças de que possa ocorrer novamente.

 

Segunda e terça prometem cenários interessantes. E que o cavado em 500mb seja mais intenso e venha um pouco mais frio que o esperado! Oremos!

 

 

 

 

 

Caio, a neve realmente é um fenômeno muito interessante de acompanhar pois nem sempre vem com perfis típicos (sincronia de alta e baixa, umidade advectada por ciclone, temperatura negativa e 850...). Me lembro de um caso de neve forte este ano no norte da Bélgica, ao nível do mar, com temperaturas próximas ou pouco acima de 0 em 850mb. Eu sei que a configuração para que haja precipitação de neve na Europa Ocidental em regiões de baixa altitude requer uma boa instabilidade em médios níveis e temperatura bem abaixo de 0°C em 850 e 700mb. Em casos como o que está sendo previsto, o perfil vertical entre a superfície e o 'piso' de congelamento é que conta, que, se for frio o suficiente (abaixo de 5°C de preferência) mantém o floco congelado no percurso.

 

Vamos acompanhando!

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, marinhonani disse:

Rafael, 

as condições ontem estavam indicando muito frio em Salinas/Inmet para a noite/madrugada de hoje, a máxima foi de 21,2ºC com umidade abaixo de 40%. No fim da tarde a temperatura despencou rápido lá, ás 19 h marcou 9,6ºC, mas aí o vento aumentou e segurou a queda pela noite e madrugada, dando essa pequena diferença em 12 horas de 9,6 caindo para 7,6.

É uma pena, ainda não tive nenhuma minima sub 7 este ano na zona urbana e parece q o inmet ainda não negativou tb. No mais tenho tido minimas regulares entre 8,x e 13 graus desde o inicio do inverno. Agora, Sol, 23°C.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ontem o gradiente meridional (norte-sul) de temperatura foi imenso:

8,5/12,3ºC Pinheiro
9,3/12,6ºC Herval
11,1/13,8ºC Canguçu
10,5/15,3ºC Bagé
12,4/15,2ºC Chuí
12,6/15,3ºC Pelotas
13,3/15,1ºC Rio Grande
14,0/17,0ºC Camaquã
15,0/21,1ºC Torres
14,7/21,7ºC Porto Alegre
14,2/23,1ºC Canela
17,1/24,6ºC Erechim
14,3/27,9ºC Campo Bom
14,2/29,4ºC Taquara
14,1/30,5ºC Três Coroas
14,9/30,7ºC Turvo
14,3/32,5ºC Criciúma

  • Like 3
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

BOA TARDE,

 

Mínimas hoje:
Bairro do charco(Delfim Moreira/MG) -0,9°C, imagens da geada abaixo:

PNI/inmet 0,8°C

Vila inglesa(Campos do Jordão/SP) 1,2°C
Melhoramentos(Camanducaia/MG) 2,0°C
Campos do serrano(São Bento do sapucaí/SP) 2,3°C
Maringá/RJ 7,3°C
Itajubá/MG 9,4°C

IMG-20180708-WA0038.jpg

IMG-20180708-WA0037.jpg

IMG-20180708-WA0036.jpg

IMG-20180708-WA0034.jpg

IMG-20180708-WA0033.jpg

  • Like 10

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 horas atrás, Felipe F disse:

Mais um dia de grandes amplitudes em Patrocínio.

Existe uma pequena possibilidade de chuva por volta do dia 11.

Neste momento temperatura entre 9ºC e 12ºC.

 

ptc.jpg.24b41a54742108880aa2b3b4de52a7ff.jpg

E  rola uma estaçãozinha nesse fundo de vulcão aí? 👀😂😂😂

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Felipe Pelisari disse:

Bom dia a todos, como é bom acordar e ver essas análises do Caio Cesar, se possível vai atualizando no decorrer do dia, acabei de entrar em férias e estou muito interessado em subir a serra, estou na torcida para que neve

Idem, mas aquela chuva a 0c no mundo novo ano passado ainda me deixa muito puto da cara kkkkk.

Torrcer pra que agora a natureza contribua!!!

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

1111005402_chart(4).thumb.png.e36ea3c0bb63acce7edab0fca383e45d.png

 

Temperatura vem caindo bem, agora entre 10 e 13 ºC na região. 

 

Untitleddfhfhdfdhdfhffdf.png.4e21833072cb1182f272c54eeb47e9a6.png

 

Nevoeiro se formou aqui, e deve continuar presente a tarde toda.

 

20180708_124823.thumb.jpg.b89f1d87edde5fde8948b175f3f21241.jpg

 

 

 

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Caio César disse:

Bom dia!

 

Em atenção a próxima erupção gostaria de expor alguns detalhes quanto a possibilidade de neve já divulgada por institutos.

 

Eu gosto de comparar algumas saídas, e por isso estabeleci dois locais no Sul do Brasil em dois eventos de neve marcantes que acompanhei as rodadas: São Francisco de Paula e São Joaquim.

 

Para São Chico é interessante notar que na nevada de 2013 havia possível erro do modelo para a região, dado que a saída do GFS enquanto a neve já caia na cidade, não indicaria neve para aquela altitude. Todavia é interessante acompanhar a força das duas MP's segundo o modelo:

 

 

São Francisco de Paula 26/08/2013 18Z - enquanto já nevava!!!

 


FIELD  TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    PRECIPITATION 
LEVEL    900 MB         850 MB         800 MB         750 MB         700 MB         650 MB                
UNITS      DEGC           DEGC           DEGC           DEGC           DEGC           DEGC           MM   
HR
+  0.      4.8            2.0           -0.2           -1.6           -2.8           -4.2           5.69
+  3.      4.9            2.4            0.2           -1.9           -3.6           -5.6           2.49
+  6.      4.7            2.4            0.0           -2.2           -4.4           -6.8           2.97
+  9.      4.7            2.4            0.1           -2.2           -4.6           -7.4           2.59
+ 12.      4.3            2.1           -0.1           -2.4           -4.9           -7.9           2.26
+ 15.      3.4            1.3           -0.7           -2.8           -5.2           -8.4           2.88
+ 18.      3.0            1.3           -0.7           -2.5           -5.0           -8.4           0.41
+ 21.      4.0            1.5           -0.6           -3.0           -5.5           -8.0           0.00
+ 24.      5.0            2.0           -0.1           -2.9           -5.2           -7.6           0.00
+ 27.      4.6            1.9            0.1           -2.8           -4.9           -6.6           0.00
+ 30.      4.3            2.1           -0.4           -2.6           -4.3           -5.1           0.00

 

São Francisco de Paula 08/07/2018 06Z


FIELD  TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    TEMPERATURE    PRECIPITATION 
LEVEL    900 MB         850 MB         800 MB         750 MB         700 MB         650 MB                
UNITS      DEGC           DEGC           DEGC           DEGC           DEGC           DEGC           MM   
 HR
+  0.     12.7           11.0            8.7            6.5            4.1            1.5           0.00
+  3.     10.8            9.3            9.4            7.4            4.8            1.8           0.00
+  6.      8.5            8.0            9.3            7.1            4.5            1.2           0.00
+  9.      8.6            7.1            8.2            6.3            3.9            0.6           0.00
+ 12.      9.3            6.5            7.0            6.0            3.5            0.5           0.00
+ 15.      7.1            3.9            4.1            5.2            3.3            0.1           0.00
+ 18.      7.7            4.6            2.3            2.7            2.0           -0.8           0.25
+ 21.      8.2            5.3            2.7            0.2           -1.3           -2.9           0.52
+ 24.      8.0            5.4            2.7           -0.9           -4.2           -5.7           1.01
+ 27.      7.5            4.9            2.0           -1.3           -4.7           -8.2           1.75
+ 30.      6.6            3.9            1.2           -1.8           -5.1           -8.9           3.86
+ 33.      5.5            2.9            0.1           -2.8           -5.7           -9.0           5.71
+ 36.      5.4            2.5           -0.4           -3.6           -6.8          -10.0           3.46
+ 39.      5.3            2.3           -0.8           -3.9           -7.3          -11.1           2.64
+ 42.      5.0            2.3           -0.5           -3.7           -7.3          -10.9           0.60
+ 45.      4.7            1.7           -0.8           -3.9           -7.1          -10.1           0.34
+ 48.      4.6            1.6           -1.5           -4.1           -6.9           -9.9           0.34
+ 51.      4.4            1.6           -1.7           -4.5           -7.1           -9.8           0.08
+ 54.      4.3            1.4           -1.9           -4.5           -7.4           -9.6           0.25
+ 57.      4.9            1.7           -1.7           -4.4           -7.4           -9.5           0.09
+ 60.      5.7            2.0           -0.9           -4.1           -7.7           -9.6           1.03
+ 63.      5.2            1.8           -0.8           -3.9           -7.6           -9.4           0.09
+ 66.      4.7            1.9           -0.7           -3.9           -7.4           -9.4           0.42
+ 69.      4.9            2.4           -0.4           -3.8           -7.2           -9.7           0.17
+ 72.      4.8            2.5           -0.5           -3.8           -7.2           -9.9           0.00
+ 75.      4.8            2.4           -0.6           -3.7           -6.8           -9.4           0.00
+ 78.      5.0            2.3           -0.5           -3.1           -5.9           -8.1           0.00
+ 81.      6.7            2.8           -0.2           -2.6           -5.1           -6.9           0.00

 

 

Observa-se claramente que nesta oportunidade o modelo considera o perfil da atmosfera consideravelmente mais frio e mais instável. A partir de 800mb o frio é bem mais significativo e a instabilidade acompanha muito bem o frio. Sendo agora também bem mais duradouro.

 

 

Já para São Joaquim comparando a nevada de agosto de 2010 as saídas de agora temos o seguinte cenário:

 

 

04/08/2010 00Z - T850, 800, 750, 700, 650, Prec


+  0.     -0.6           -0.9           -2.3           -3.2           -4.3           0.00
+  3.     -0.7           -0.6           -2.1           -3.3           -3.9           0.08
+  6.     -0.9           -1.1           -2.9           -3.3           -4.2           0.00
+  9.     -0.6           -1.4           -2.9           -3.1           -3.9           0.00
+ 12.      0.2           -0.8           -2.1           -2.7           -3.8           0.02
+ 15.      2.3           -1.2           -2.9           -3.6           -4.2           0.00
+ 18.      1.9           -1.2           -3.8           -6.1           -7.0           0.03
+ 21.      1.3           -0.6           -3.1           -5.5           -6.4           0.00
+ 24.      1.5           -0.5           -3.2           -6.1           -6.9           0.02
+ 27.      2.0           -0.2           -3.0           -5.7           -7.8           0.00
+ 30.      2.2           -0.2           -2.8           -5.3           -8.6           0.00

 

08/07/2018 06Z - T850, 800, 750, 700, 650, 500, Prec


+ 24.      5.1            2.0           -0.8            0.7           -1.2          -13.5           0.00
+ 27.      5.0            2.0           -0.6           -2.4           -3.7          -14.6           0.25
+ 30.      4.4            1.5           -0.9           -3.9           -6.1          -15.5           0.79
+ 33.      4.1            1.0           -2.1           -4.4           -7.7          -17.1           0.89
+ 36.      3.8            0.3           -2.3           -5.2           -9.4          -18.7           0.92
+ 39.      2.8           -0.0           -2.4           -6.0          -10.5          -20.1           1.07
+ 42.      2.6            0.6           -2.3           -6.0          -10.1          -21.1           0.08
+ 45.      1.9            0.6           -2.1           -5.6           -9.3          -21.5           0.08
+ 48.      1.7            0.2           -2.0           -5.9           -9.0          -21.4           0.08
+ 51.      2.1           -0.3           -2.5           -6.4           -8.8          -20.9           0.07
+ 54.      2.2           -0.4           -3.0           -6.7           -8.9          -20.0           0.04
+ 57.      4.1           -0.0           -3.9           -7.2           -9.3          -19.5           0.05
+ 60.      4.3            0.3           -3.4           -7.1          -10.0          -19.7           0.49
+ 63.      3.2            0.1           -3.2           -7.0           -9.7          -20.1           0.63
+ 66.      2.7            0.3           -3.3           -7.3           -9.5          -20.5           0.00

 

 

Observa-se que em 2010 havia frio mais intenso entre 850mb e 800mb do que o modelo projeta agora, especialmente no nível de 2000m, próximo ao Morro da Igreja e que ajudou a transformar aquele episódio em espetacular para as áreas acima dos 1600m. Todavia agora o frio é mais intenso em 700mb e pelo nível de 500mb mostrado agora, se observa possivelmente a passagem de um forte cavado. Isso porque agora a instabilidade indicada pela precipitação é bem mais forte do que o modelo indicava em 2010 (errou feio) quando deu 45cm medidos em régua no Morro da Igreja.

 

 

O que considera de tudo isso?

 

Nenhum episódio se repete na natureza, mas as referências contam para fazer analogia entre o passado e o futuro. De todo o modo eu vejo que temos um quadro indicando chance de ocorrência para o fenômeno ainda muito limítrofe nos pontos mais altos de SC. A janela é longa e isso chama a atenção. Ao contrário de poucos momentos propícios, nesta oportunidade há mais tempo de os ingredientes se combinarem em harmonia. Porém é preciso incrementar o frio no nível de 800mb para não presenciarmos aquela desgramada chuva sob 2oC no Cruzeiro e próximo a zero no Morro das Torres e da Igreja. Se o modelo sugerir um pouco mais de frio do que agora, dada a instabilidade apresentada, e o cavado em 500mb, é factível um cenário bem interessante entre segunda e terça. Mas pra isso é preciso um pouco mais.

 

Se o frio disponível sob a atmosfera apresentada pelo modelo para a coordenada de São Francisco de Paula conseguir atingir os pontos mais altos do RS (+1300m) e de SC (+1400m) é possível tirar o pé da lama no quesito neve em nossa sofrida busca pelo fenômeno no Brasil. 

 

Temos que observar que para São Chico é preciso uma instabilidade forte, um cavado bem intenso aos moldes de 2013 para o modelo errar na escala e a região conseguir presenciar o fenômeno, pois os dados disponíveis, como em 2013 não sugerem  fenômeno para  a altitude da região. Porém o erro monumental do modelo naquela oportunidade sempre nos dá um pingo de esperanças de que possa ocorrer novamente.

 

Segunda e terça prometem cenários interessantes. E que o cavado em 500mb seja mais intenso e venha um pouco mais frio que o esperado! Oremos!

 

 

 

 

Caio, ótima análise. Realmente, os BAz formaliza essas questões. O Whats, sobe que nem um maluco, vai para cima. Creio ser esse o canal formal dos bazianos. Se der algo por aqui, vou ficar feito um predador à procura da neve.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Por aqui tenho 27°C, 37% de URA e aquele céu de deserto. Uma lástima!

 

Como efeito das condições atípicas aqui em MG, a floração dos Ipês, que geralmente ocorre entre o final do inverno e no início da primavera, se antecipou esse ano.

 

https://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2018/07/07/interna_gerais,971829/temporada-dos-ipes-chega-para-alegrar-ruas-de-bh.shtml

  • Like 1
  • Sad 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

O ciclone se formou e exerce forte influência no leste de SC, e devido à advecção de ar continental e aquecimento adiabático, hoje as temperaturas dispararam como não se via há semanas, Indaial bateu os 28,0C às 13h, maior temperatura desde o dia 06/05 e o que se vê no céu são as típicas nuvens ciclônicas.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Forte aquecimento aqui no rio também, inclusive o alto da boa vista. Todas as estações com +30ºc e baixa umidade. Aqui na zona oeste, 33ºc e umidade a 12%!!!

  • Sad 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Renan disse:

Obrigado pelas análises, Caio. 

 

Sem dúvidas é uma forte massa polar associada a um forte cavado em altura. Cavado esse que se deslocará em direção ao Sudeste e deve provocar chuva no leste da região, incluindo RMSP, vale do Paraíba, sul de Minas, RJ e zona da mata. O frio em altura (700mb) , mais uma vez, foi drasticamente reduzido nas últimas rodadas e com isso retiraram a chance de neve na Mantiqueira que era mostrado há dias atrás. 

 

 

Certo mesmo é que vai ser surpreendentemente positivo se nevar na serra catarinense. Estarei imensamente na torcida. Que os bazianos possam fazer uma viagem a SJ para acompanhar a neve. 

 

Por aqui, outra mínima sub-10: 09,6C. Foi a oitava sub-10 do ano na minha estação. No INMET, ainda não tivemos nenhuma sub-10 esse ano.

Renan,

o Europeu e GFS faz uns 3 dias que indicam chuva na Zona da Mata,parte leste do Sul de Minas, e grande parte do Rio de Janeiro.Poderia chover acima de 20 mm aqui no Noroeste de terça até a noite de quarta.

O Europeu indicando chuvas aqui para Laje, Muriaé da tarde de terça a noite de quarta.Vamos ver se acerta.

Hoje amanheceu com a menor mínima do inverno, em 21 e 22 de maio fez mais frio.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.