Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
kevin cassol

Estações Nova Santa Rita/RS

Recommended Posts

Hoje (10/03/2018) minha estação Convencional de Nova Santa Rita bairro Berto Círio completa 2 anos de funcionamento ininterrupto, iniciado em 10/03/2016 às 23h, e gostaria de criar este tópico para compartilhar quaisquer dados e informações relevantes registradas por aqui, em especial eventos climáticos extremos, como ondas de calor, ondas de frio, amplitudes, médias diárias, mensais, e anuais. Também considero pertinente alguma manutenção, alteração e qualquer informação referente ao sistema de coleta de dados e funcionamento.

A estação principal está instalada em minha CASA e conta com um abrigo meteorológico convencional. No seu interior tem um medidor digital datalogger, que registra leituras a cada 10s (intervalo este de livre escolha) para temperatura, umidade relativa e concentração de CO2, ininterruptamente 24h por dia (a partir destes tenho ponto de orvalho, bulbo umido, entre outros). Salvo em planilhas excel diariamente e com isso consigo um banco de dados de máximas mínimas, médias e anomalias.

Meu monitoramento também é composto de uma segunda estação construída da mesma maneira com um termohigrômetro digital de ALTA precisão (centésimos de grau e UR) no seu intereior, localizado em um campo aberto no fundo de uma BAIXADA a 600m da estação principal. Inaugurada em 16/10/2017, o armazenamento de dados e tabelamento é realizado da mesma maneira nas duas estações, e costuma registrar mínimas de até 3-4°C mais frias que a estação da minha casa durante uma madrugada de céu aberto, sem vento e seco. Máximas na baixada também são inferiores em cerca de 1-2°C em relação à estação de casa.

G0010628.thumb.JPG.ffd50d9501012fbabbfe9ae8650afe5f.JPG

IMG-20160603-WA0020.thumb.jpeg.1f87679c8b005f4dc1ceea5f5bea3f4e.jpeg

20160310_191231.thumb.jpg.66ab56ed21ee2160c51998d65960f8b7.jpg

20160310_222527.thumb.jpg.a39434f604f1a92cdb64a36a19c2f479.jpg

 

22.jpg

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Temperatura máxima de 38.5°C, registrada em casa neste domingo de Gre-Nal (18/03/2018).

Até o momento a maior do ano de 2018, batendo os 38.0°C de 09/02, mas não a maior desta temporada de verão (38.6°C em 16/12/2017).

Mínima de 21.6°C pela manhã.

Noite quente: 27°C às 23h.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quebra de recorde absoluto da estação da baixada até o momento, com 36.70°C no domingo. Maior marca já observada desde o início das observações em 16/10/2017. Recorde anterior era de 36.43°C de 09/02/2018.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dados coletados hoje na estação da baixada revelaram o poder de frio que está por vir (se tudo der certo) ainda neste inverno.

A massa polar desta semana que, primeiramente, veio úmida, com máximas baixas pelo dia 19 e em seguida foi reforçada dia 23, trazendo para o RS o centro de alta pressão e estabilidade total na atmosfera, trouxe mínimas muito baixas para minha localidade de Nova Santa Rita. 

Na baixada me impressionou o registro de 3.7°C às 0h do dia 24/05 sendo na mesma madrugada a minima de 1.70°C. Na madrugada seguinte no mesmo horario (0h dia 25) estava com 6.7°C e devido ao ar absolutamente parado a temperatura caiu a 0.89°C às 6h57, sendo menor temperatura registrada na regiao metropolitana de Poa nesta MP. Certamente houve registro de geada no local.

baixadaaa.png.4cd63db2c605963285c140cfbfde3bdb.png

Em casa foi registrado 10/15°C com céu encoberto no dia 20 e após limpar e a chegada do centro de alta, tivemos 5/20°C com céu limpo totalmente e houve empate de minima de 4.8°C em ambos os dias 24 e 25/05, valor mais baixo da estação para maio (6.8°C em 2016 e 9.9°C em 2017). Nos dias seguintes, manhãs menos geladas e tardes mais quentes e agradáveis também com céu limpo.

casaaa.png.c9cd87a0d147b949c5d30f1977b6d2b9.png

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Gráfico dos principais dias do auge da MP da segunda quinzena de maio de 2018 na estação da BAIXADA.

Início em 23/05 às 0h e final em 26/05 às 9h16.

445444.png.7683f0f4a8cb4d60c29ab51162ae8859.png

Este modelo de gráfico foi adaptado do app do meu datalogger da estação de casa para facilitar visualização.

Legenda:

Verde - Temperatura

Vermelho - Ponto de orvalho

Amarelo - Umidade relativa

Edited by kevin cassol
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Análise da forte MP de junho de 2018 registrada em Nova Santa Rita:

 

Após advecção de ar quente e úmido sobre o RS ocorrida dos dias 10 a 12 de junho, trazendo uma das maiores minimas e maximas para junho em POA, e uma média 24h altíssima (24°C) no dia 11, uma massa de ar polar de forte intensidade entrou e trouxe temperaturas extremas para cá, quando às 4h40 da madrugada de 16/06 negativou pela primeira vez na estação da baixada, perdendo o cabaço (desculpe mas o trocadilho é inevitável :D).
 

BAIXADA:

baioxada.png.f7841e720d5c01db3e701450134fc8c0.png

 

CASA:

casaa.png.85a7ce6b176b06eda8adfdd5211970ec.png

 

Pois é... com duas casas decimais conseguiu haver empate de -0.86°C nos dois dias, mas a média do dia 16 foi bem mais baixa que a do dia seguinte devido à menor máxima e a baixa temperatura da noite. As mínimas se deram às 7h16 (dia 16) e 3h44 (dia 17).

 

Gráfico ilustrando a variação da temperatura versus horário do dia (cada linha de grade corresponde a 04h30):

Início 0h de 15/06

Término 18h de 18/06

Legenda:

TEMPERATURA (°C)

UMIDADE RELATIVA (%)

PONTO DE ORVALHO (°C)

 

BAIXADA:

baixada.png.0029cb32270d9056255c836c7c161df7.png

 

CASA:

casa.png.1c06bf4e290e1f874e00e40a96e6be40.png

 

Mas o destaque desta MP foi a baixa temperatura para a noite de sábado 16/06, trazendo recorde de menor marca horária para a estação automática de POA desde o início das observações em 2001. Na estação de casa não foi diferente, bateu o antigo recorde que pertencia à noite de 18/07/2017.

As instantâneas registradas nos seguintes horários para Casa e Baixada, respectivamente, e sua diferença de temperatura:

17h = 12.9°C / 9.71°C (+3.19°C)

18h = 8.6°C / 4.75°C (+3.85°C)

19h = 6.3°C / 2.38°C (+3.92°C)

20h = 5.4°C / 1.22°C (+4.18°C)

21h = 4.9°C / 0.70°C (+4.20°C)

22h = 4.2°C / 0.26°C (+3.94°C)

23h = 4.1°C / 0.09°C (+4.01°C)

0h = 4.0°C / 0.01°C (+3.99°C)

Após isto, a madrugada frustrou qualquer possibilidade de recorde de décadas, houve muita dificuldade de uma queda maior na temperatura das 0h às 7h, permanecendo inalterada por várias horas no patamar de 4°C (casa) e 0°C (baixada), com as respectivas mínimas de 2.5°C e -0.86°C.

 

Este gráfico mostra simultaneamente as temperaturas para as duas estações (note o efeito baixada nas noites de vento calmo):

CASA

BAIXADA

dif.png.8f9397b3906937a1227cda60d082633a.png

 

Ao fim da MP, segue uma sequência de noites e manhãs com nevoeiro e visibilidade muito reduzida. À tarde céu aberto e bastante sol, aquecendo os ambientes internos e permitindo o uso de roupas mais leves, uma vez que a temperatura já ultrapassa os 20°C.

Edited by kevin cassol
  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Apresento aqui duas perspectivas de relevo e localização das estações da Baixada (26m) e Casa (42m), distantes 615m em linha reta uma da outra.

 

Visão no sentido NORTE:

NORTE_COPIA.thumb.jpg.192b8d7aaa57cf7009b696246f3b9370.jpg

 

Visão no sentido SUL:

SUL_COPIA.thumb.jpg.8192c20cc9e4022a9966bf77409c6086.jpg

 

Imagem de satélite das duas estações localizadas nas seguintes coordenadas:

Casa: -29.864111°,-51.260611°

Baixada: -29.869457°,-51.262228°

742270831_estaoes_-_Cpia.thumb.jpg.0d570857322b28dbf1a16fcce0acd1d8.jpg

Edited by kevin cassol
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ainda venho estudando a possibilidade de uma estação em um TOPO ABERTO (58m) distante em linha reta 660m da estação de Casa e 350m da Baixada, com a finalidade de aprimorar registros de advecções puras da atmosfera, sem incluir efeitos de microclimas locais, como por exemplo, anomalias em noites quentes sob influência da Corrente de Jato de Baixos Níveis (JBN), advecções polares (vento minuano), entre outras características exclusivas que se destacam em relação ao clima de baixada.

 

A princípio, a ideia é instalar o abrigo acoplado à uma torre de alta tensão que há no topo da colina, com o objetivo de ser um local preservado onde não haverá interferência de máquinas ou da população, salvo também do desenvolvimento civil, como construção de estradas que passem próximo ao local, criação de loteamentos para construção de residências, e movimentação de máquinas de escavação para extração de solo para aterros, que é muito comum em todo lugar na região. Atualmente é um amplo campo de pastagem com poucas árvores, algumas delas inclusive isoladas.

 

O aparelho em vista a ser adquirido é o mesmo da estação da Baixada, um HOBO UX100-011, termohigrômetro de duas casas decimais (centésimos de grau) com 84.000 leituras (42.000 em cada canal - T e UR), com livre escolha de intervalo de tempo de gravação a programar. Possivelmente será adotado um intervalo de 30s ou 60s para cada leitura instantânea, (intervalo maior que baixada - 10s) permitindo maior número de dias para realizar uma visita e coleta de dados, 15 ou 30 dias respectivamente. Em relação ao abrigo, poderá ser construído o mesmo modelo das demais estações.

 

Visão no sentido Norte:

TOPO2.thumb.jpg.99dcfcc1ad6643b4a0abe181396793a9.jpg

 

Visão no sentido Leste:

TOPO.thumb.jpg.8af768b96de6f817c4a33936762b0bbb.jpg

 

Foto tirada na direção Norte (torres de alta tensão estão atrás do observador):

123.thumb.jpg.17a44e481c04bfdbf0a2363eb50df87d.jpg

  • Like 6

Share this post


Link to post
Share on other sites

Registrada nesta sexta-feira, 10 de agosto, a menor máxima de 2018 (das 0h as 24h) para as duas estações:

BAIXADA: 11.37°C

CASA: 11.5°C

 

Este foi um dia nublado, sem um raio de sol, com alguns chuviscos em determinados horários do dia e da noite. Extremamente VENTOSO devido à proximidade do ciclone extratropical perto da costa gaúcha. Este que impulsionou parte da massa polar para o centro-sul do Brasil. Me refiro como "parte", porque a maior parcela da alta polar escapou ao sul do ciclone antes de ser arremessada para cima, padrão que vem sendo observado em outras MPs durante este ano.

 

O vento constante por aqui durou cerca de 3 dias, de meados de quinta feira até o domingo. Trazendo uma sequência de máximas baixas e deixando ambientes internos muito frios. No oeste do RS e nos demais estados, o ar seco invadiu o Brasil, permitindo mínimas consideráveis e geada inclusive no sudeste do Brasil. Porto Alegre acabou ficando sob influência da zona de umidade, não permitindo mínimas expressivas (casa dos 8-10°C), porém máximas interessantes.

 

Houve também a ocorrência de alguma precipitação invernal no topo da serra de SC e na serra gaúcha na tarde de quinta (09) e sexta-feira (10).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Análise da forte MP de AGOSTO de 2018 registrada em Nova Santa Rita:

Boa massa de ar polar com mínimas de respeito para o mês de Agosto, mesmo sendo na reta final do inverno, os valores foram consideráveis! Sua principal característica foi a secura em todos os níveis da atmosfera e a estabilização (ponto de orvalho mínimo em -0,3°C em 26/08 - 10h41), com centro da alta passando pelo leste de SC. Bom frio de suporte, com linha de 0°C em 850hPa passando com folga pelo RS.

 

gfs_T850_samer_fh0-168.thumb.gif.a9ddcca8082881f225bc770caa75224a.gif

 

Antes da advecção tivemos um dia úmido e nublado(24), seguido de um dia ventoso, seco, totalmente diferente, com aberturas de sol ao longo da manhã (25). Ao anoitecer, o ponto de orvalho já havia caído para faixa dos 4°C, mas seguia algum vento com a temperatura de 11°C e céu absolutamente limpo e cristalino. A queda de temperatura já foi acentuada na madrugada (26), mas após estabilizar a atmosfera, a temperatura caiu ainda mais na próxima madrugada (27). Devido à inclinação solar já um pouco elevada, houve rápido aquecimento, mantendo a mesma taxa de umidade (PO baixo), fazendo com que a UR despencasse para valores próximos aos 30% durante dias seguidos. Nos dias seguintes, o apodrecimento da MP e ingresso de ar quente em altitude faz temperatura na tarde do dia 29 chegar aos trinta, até a linha de instabilidades chegar novamente no dia 30.

 

Houve formação de geada na madrugada provavelmente nos dias 27 e 28 na baixada (estável). Em casa, geada fraca no dia 27. Sensor de relva colocado na baixada marcou valor mínimo de -3.3°C na madrugada do dia 27. Segue algumas fotos da geada (baixada):

2032983073_WhatsAppImage2018-09-01at03_16_01.thumb.jpeg.2ac3619b633c2dd5a7b392586a74f1fc.jpeg

912802712_WhatsAppImage2018-09-01at03_16_02.thumb.jpeg.6b8b870836728c16eed3e054dd08344a.jpeg

905150040_WhatsAppImage2018-09-01at03_16.01(1).thumb.jpeg.a62df52b27c62961c0ef097a8f97016e.jpeg

 

DADOS REGISTRADOS:

BAIXADA (min/max/med):

baixad.png.3bd151dde6b98b152f10ee105c5e72be.png

 

CASA (min/max/med):

casag.png.4d277e6e95dc1e5914fc4f0ad3eddfbd.png

 

Captura instantânea da mínima (27/08/2018 - 06:49:20)

LRT_48031.jpg.e88d8c3656202ab949a935107e1c7d9a.jpg

 

Gráfico ilustrando a variação da temperatura versus horário do dia (cada linha de grade corresponde a 04h30):

Início 0h de 25/08

Término 18h de 28/08

Legenda:

TEMPERATURA (°C)

UMIDADE RELATIVA (%)

PONTO DE ORVALHO (°C)

 

BAIXADA:

bixada.png.e9f417f37e3b33c3c11f6211f8d2babc.png

 

CASA:

casa.png.e2305700193d6a2803ce04039273d7ad.png

 

Gráfico mostrando simultaneamente as temperaturas para as duas estações:

CASA

BAIXADA

1269849321_CASAVS.BAIXADA.png.3a99cb2e0b05c87f0e680e258bc8da77.png

 

Os dois primeiros dias foram ventosos, isso explica a semelhança fiel entre as temperaturas das duas estações. Entre 2h30 e 3h00 do dia 26 provavelmente deve ter cessado o vendo por algum tempo e com a atmosfera seca, fica evidente a queda brusca na baixada, atingindo um pico de 4.28°C às 2h54, porém a mínima foi à noite com 2.38°C (invertida). O vento começou a parar de soprar mesmo na tarde do dia 26, onde as temperaturas começam a se diferenciar.

 

Uma outra característica comportamental da baixada é a absurda queda de temperatura após o entardecer, mas próximo da meia noite tem (às vezes) leve subida, e em seguida, queda de novo, até a mínima pelo amanhecer. Não só nas duas últimas noites desta MP, mas em diversas outras vezes esse aquecimento noturno fica visível nos gráficos. Em casa às vezes ocorre isso, mas com muito menos frequencia. Não sei qual a explicação desse fenômeno, mas acredito em um provável padrão de agitação ou inversão das diferentes camadas de ar em poucos metros de altitude que deve ocorrer neste horário. Há vezes onde o aquecimento é absurdo, já vi subir 4-6°C numa atmosfera limpa e estável. Nunca estive pessoalmente na baixada nesse horário para presenciar isto.

 

Essa provavelmente foi a MP de encerramento do inverno 2018, então a partir de agora: Primavera. Não acredito que ainda vá fazer frio similar esse ano, apesar de ser tecnicamente possível.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×