Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Rodolfo Alves

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Janeiro/2018

Recommended Posts

Boa noite! Buenos Aires teve um sábado de céu parcialmente nublado. Não fez tanto calor, mas a URA o dia todo esteve elevada, proporcionando sensação térmica mais alta. Mínima de 22,1ºC e máxima de 29,5ºC.

Agora o tempo abriu, temos céu limpo e 25,9ºC, com URA de 84%, vento norte a 1 km/h e pressão em 1.004,4 hpa.

Para amanhã a previsão do SMN indica nebulosidade variável e muito calor. À noite teremos entrada de vento leste-sudeste, proporcionando um alivio pequeno e temporário. Mínima de 22ºC e máxima de 32ºC. O sol nasce às 6h09 e se põe às 20h02.

Share this post


Link to post
Share on other sites

o Foreca me da um belo presente .todo baziano deseja um belo frio. :x

 

798VmtK.png

Edited by Nowcasting
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
59 minutos atrás, William Siqueira disse:

Meteograma pra SP 

 

 

SBSP_2018012800_dx_240.png

Dias bem amenos me esperam em São Paulo, pelo visto. Vou perder uma parte da chuvarada aqui em MG, mas pelo menos nos dias 30 e 31 ainda estarei aqui para curtir o aguaceiro.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Depois de uma mínima de 18.3 

Temos agora no Cge Jabaquara 26.3 

Ontem e sexta foram dias amenos ...muito proveitosos ...

No Cemaden Jd Santa Cândida estação mais perto de casa temos apenas 130 mm de chuva nesse seco Janeiro.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, William Siqueira disse:

Absurda a previsão do euro pra MG 

Pelamordedeus! Vamos passar da falta de chuva para a enchente. As represas sairão do déficit para a subida súbita do nível das águas!!

Onde precisa de chuva agora é a Campanha gaúcha, que pelos prognósticos colocados aqui vai sofrer nas próximas semanas. Esse aviso também foi dado pela MetSul.

Aqui variação de 22,9° a 29,3° até agora. Ficou mais nublado e faz 28,9° com 65%. Finalmente as instabilidades estão se espalhando pelo RS, do cento para o norte. Chuva mais forte na divisa com SC ao N de Vacaria.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, William Siqueira disse:

Absurda a previsão do euro pra MG 

 

 

Screenshot_20180128-130058.jpg

Screenshot_20180128-130001.jpg

William,

se chover muito nessas regiões de Minas, vai ser ótimo para o rio São Francisco e elevará o nível da represa de Sobradinho-BA.

Parece que está divergindo do mapa que o Nowcasting divulgou ontem quanto aos volumes de chuva em Minas.Indicava mais chuvas para Belo Horizonte e região de Vitória.

Foi a rodada de 12Z de ontem?

Você consultou em outro site a previsão do Europeu?

 

Edited by marinhonani

Share this post


Link to post
Share on other sites
13 minutos atrás, Marcos disse:

Pelamordedeus! Vamos passar da falta de chuva para a enchente. As represas sairão do déficit para a subida súbita do nível das águas!!

Onde precisa de chuva agora é a Campanha gaúcha, que pelos prognósticos colocados aqui vai sofrer nas próximas semanas. Esse aviso também foi dado pela MetSul.

Aqui variação de 22,9° a 29,3° até agora. Ficou mais nublado e faz 28,9° com 65%. Finalmente as instabilidades estão se espalhando pelo RS, do cento para o norte. Chuva mais forte na divisa com SC ao N de Vacaria.

Marcos,

Santana do Livramento fica na Campanha Gaúcha?

Lá choveu mais de 100 mm de ontem para hoje na automática do Inmet.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, marinhonani disse:

Marcos,

Santana do Livramento fica na Campanha Gaúcha?

Lá choveu mais de 100 mm de ontem para hoje na automática do Inmet.

Sim, fica. Mas isso é muita chuva em pouco tempo. Tem de haver chuva mais distribuída ao longo dos dias, o que não deve ocorrer até o início de fevereiro.

Share this post


Link to post
Share on other sites
23 minutos atrás, marinhonani disse:

William,

se chover muito nessas regiões de Minas, vai ser ótimo para o rio São Francisco e elevará o nível da represa de Sobradinho-BA.

Parece que está divergindo do mapa que o Nowcasting divulgou ontem quanto aos volumes de chuva em Minas.Indicava mais chuvas para Belo Horizonte e região de Vitória.

Foi a rodada de 12Z de ontem?

Você consultou em outro site a previsão do Europeu?

 

 

Nani,

 

esses valores vão continuar mudando rodada a rodada dependendo da região. Também é mto difícil prever chuva forte pontual. Mas a tendência segue a mesma de muita chuva.

Edited by Nowcasting

Share this post


Link to post
Share on other sites

28 dias, % da precipitação normal. No RS várias estações abaixo da média, algumas bastante abaixo, outras próximas da média e algumas acima. Cruz Alta com 295% da precipitação normal. A estação de Tramandaí parou de reportar no dia 5.

RS.JPG.c4b4ae8bad66c51362245be047a58382.JPG

Em SC, a maioria está acima da média. Algumas um pouco abaixo. Florianópolis ilha com 385%.

SC.JPG.292ca123291d373975bf5e3bd6881ead.JPG

 

Edited by Moretão

Share this post


Link to post
Share on other sites

No final das contas e contrariando as previsões climáticas,  apenas o Sudeste gaúcho enfrentou um mês de janeiro seco. A chuva foi abundante em praticamente toda região Sul do Brasil:

27540354_1463977493710927_17005236497374

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
51 minutos atrás, lucasfumagalli disse:

No final das contas e contrariando as previsões climáticas,  apenas o Sudeste gaúcho enfrentou um mês de janeiro seco. A chuva foi abundante em praticamente toda região Sul do Brasil:

27540354_1463977493710927_17005236497374

E mais uma vez faltou no leste do país, incluindo aí boa parte do Nordeste, grandes áreas de MG e RJ e todo o ES. Por aqui, faltam apenas 80mm para chegar na média de Janeiro, o que deve ocorrer se as previsões vingarem.

Share this post


Link to post
Share on other sites
29 minutos atrás, Renan disse:

E mais uma vez faltou no leste do país, incluindo aí boa parte do Nordeste, grandes áreas de MG e RJ e todo o ES. Por aqui, faltam apenas 80mm para chegar na média de Janeiro, o que deve ocorrer se as previsões vingarem.

Renan,

o GFS 12Z intensificou as chuvas para o centro de Minas, avançando por Goiás, uma extensa faixa com acumulados acima de 200 mm e  passando de 300 mm até a manhã do dia 5(em 8 dias).

No boletim técnico do Inpe/Cptec indicando a formação da ZCAS na terça em cima do Centro-norte do Rio, Zona da Mata avançando pelo interior de Minas Gerais, na quarta a ZCAS ficaria estacionada no Norte/Noroeste do Rio, na quinta-feira um leve avanço para a divisa com o ES, mas continuando na Zona da Mata de Minas.Se confirmar essa previsão vamos ter chuva da terça de tarde até o dia 1º de fevereiro.                                                               Na previsão deles a ZCAS duraria até o dia 3(sábado) mas não diz a localização na sexta e sábado.

 

 

Edited by marinhonani
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cenário interessante nos próximos dias. Hoje temos um dia típico de verão, sem predomínio de áreas de pressão relevantes em todo o território nacional, e com ação pura e simples da termodinâmica. Na Argentina, uma alta pressão atua e empurra um pouco de ar frio pelo litoral da província de Buenos Aires. Amanhã, uma baixa pressão começa a se aprofundar ao largo do litoral de SC/RS com pouco avanço para o oceano, barrada pela mesma alta que amanhã também maritimiza. Os dois sistemas ganham força em alto mar, e a alta advecta ar frio para o leste da região Sul e São Paulo.

O ar frio e seco que chega afasta as chuvas mais para o norte, e mantém SP e boa parte do Sul em situação pós-frontal por vários dias. Enquanto isso, entre a atuação de uma alta e outra (a ASAS, que interfere mais ao norte), um corredor de umidade se forma entre a Amazônia e o ES, passando por Goiás e o centro de Minas Gerais. A partir do dia 01/02, a circulação em 850mb se torna convergente, orientada de noroeste para sudeste, e juntamente com a atuação da Alta da Bolívia e de um cavado na região Nordeste temos condições suficientes para a configuração da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS). Como consequência, as chuvas ganham força nas regiões citadas.

No Sul e em SP, uma nova área de alta pressão começa a atuar levando mais ar frio e mantendo as condições pós-frontais por mais tempo. Esta condição dá ainda mais gás para as chuvas em GO e MG. Fica o alerta para MG, principalmente, como alertado por vários aqui no BAZ. O período mais crítico deve ser entre 3 e 6 de fevereiro, quando deve cair uma quantidade absurda de chuva num curto espaço de tempo. A área de maior risco abrange inclusive a região metropolitana de Belo Horizonte e de Vitória. O ECMWF em sua última rodada coloca o canal de umidade mais ao norte, o que não é pretexto para tirar a RMBH da área em alerta tendo em vista a variação normal dos modelos. Na 12Z a área com maiores acumulados abrangem Paracatu, Pirapora, Montes Claros, Curvelo, Governador Valadares e centro-norte do ES.

ecmwf_tprecip_brazil_41.thumb.png.6b5ce3dc3cb67c164c9f488ac568b454.png

us_model-en-087-0_modez_2018012812_240_6286_157.thumb.png.c4d43fd5b68b96bb750814a1de80075b.png

Em São Paulo, as regiões com maiores acumulados nos próximos 10 dias devem ser o norte e o nordeste do estado, além do Vale do Ribeira e litoral norte. No Sul, praticamente nada de chuva, exceto no litoral do Paraná e encostas da Serra Geral entre o RS e SC. Na Campanha e oeste gaúcho os acumulados tendem a zero.

ecmwf_tprecip_southbrazil_41.thumb.png.9bdded45a799c7e9d7c112bee1b85d30.png

A atuação do ar frio torna as madrugadas mais frias no começo de fevereiro em praticamente todo o Sul, em grande parte de São Paulo e sul de Minas Gerais. Nos dias 3, 4 e 5 de fevereiro as baixadas de SC e RS vão ter mínimas abaixo de 10°C de forma generalizada, com algumas estações baixando até mesmo dos 5°C.

Vamos acompanhando!

  • Like 4
  • Thanks 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, William Siqueira disse:

Foreca aqui pra região 

 

 

Screenshot_20180128-114904_1.jpg

William,

interessante que as máximas sobem na quarta e quinta para 21ºC e no sábado, domingo e segunda caem para apenas 17ºC.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Por aqui a máxima foi de 32.3ºC e a umidade chegou a 29%.

 

Já deu essa ASAS. Entrar em atenção pela UR no verão é o fim da picada.

Edited by Nowcasting

Share this post


Link to post
Share on other sites
53 minutos atrás, Vinicius Lucyrio disse:

Cenário interessante nos próximos dias. Hoje temos um dia típico de verão, sem predomínio de áreas de pressão relevantes em todo o território nacional, e com ação pura e simples da termodinâmica. Na Argentina, uma alta pressão atua e empurra um pouco de ar frio pelo litoral da província de Buenos Aires. Amanhã, uma baixa pressão começa a se aprofundar ao largo do litoral de SC/RS com pouco avanço para o oceano, barrada pela mesma alta que amanhã também maritimiza. Os dois sistemas ganham força em alto mar, e a alta advecta ar frio para o leste da região Sul e São Paulo.

O ar frio e seco que chega afasta as chuvas mais para o norte, e mantém SP e boa parte do Sul em situação pós-frontal por vários dias. Enquanto isso, entre a atuação de uma alta e outra (a ASAS, que interfere mais ao norte), um corredor de umidade se forma entre a Amazônia e o ES, passando por Goiás e o centro de Minas Gerais. A partir do dia 01/02, a circulação em 850mb se torna convergente, orientada de noroeste para sudeste, e juntamente com a atuação da Alta da Bolívia e de um cavado na região Nordeste temos condições suficientes para a configuração da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS). Como consequência, as chuvas ganham força nas regiões citadas.

No Sul e em SP, uma nova área de alta pressão começa a atuar levando mais ar frio e mantendo as condições pós-frontais por mais tempo. Esta condição dá ainda mais gás para as chuvas em GO e MG. Fica o alerta para MG, principalmente, como alertado por vários aqui no BAZ. O período mais crítico deve ser entre 3 e 6 de fevereiro, quando deve cair uma quantidade absurda de chuva num curto espaço de tempo. A área de maior risco abrange inclusive a região metropolitana de Belo Horizonte e de Vitória. O ECMWF em sua última rodada coloca o canal de umidade mais ao norte, o que não é pretexto para tirar a RMBH da área em alerta tendo em vista a variação normal dos modelos. Na 12Z a área com maiores acumulados abrangem Paracatu, Pirapora, Montes Claros, Curvelo, Governador Valadares e centro-norte do ES.

ecmwf_tprecip_brazil_41.thumb.png.6b5ce3dc3cb67c164c9f488ac568b454.png

us_model-en-087-0_modez_2018012812_240_6286_157.thumb.png.c4d43fd5b68b96bb750814a1de80075b.png

Em São Paulo, as regiões com maiores acumulados nos próximos 10 dias devem ser o norte e o nordeste do estado, além do Vale do Ribeira e litoral norte. No Sul, praticamente nada de chuva, exceto no litoral do Paraná e encostas da Serra Geral entre o RS e SC. Na Campanha e oeste gaúcho os acumulados tendem a zero.

ecmwf_tprecip_southbrazil_41.thumb.png.9bdded45a799c7e9d7c112bee1b85d30.png

A atuação do ar frio torna as madrugadas mais frias no começo de fevereiro em praticamente todo o Sul, em grande parte de São Paulo e sul de Minas Gerais. Nos dias 3, 4 e 5 de fevereiro as baixadas de SC e RS vão ter mínimas abaixo de 10°C de forma generalizada, com algumas estações baixando até mesmo dos 5°C.

Vamos acompanhando!

 

grande parte so vai cair no proximo fds....ou seja, tem a semana inteira pra mudar. Importante a tendência, e não o local exato.

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 minutos atrás, Nowcasting disse:

 

grande parte so vai cair no proximo fds....ou seja, tem a semana inteira pra mudar. Importante a tendência, e não o local exato.

Nowcasting,

na minha opinião a tendência vai sendo os grandes volumes de chuva afastando cada vez mais do Rio, Sul de Minas e parte da Zona da Mata.

As cidades que ficam acima de Vitória até São Mateus-ES têm um histórico de grandes acumulados de chuva  de 2 a 3 dias seguidos, vai ter muito alagamento em cidades cortadas por pequenos rios.

Incluindo cidades da bacia do rio Doce em Minas Gerais, onde cidades poderão ser inundadas durante a noite ou madrugada em poucas horas.São dezenas de cidades cortadas por pequenos rios ou ribeirões.

Pena que a rede de estações do Cemaden programada para cidades da bacia do rio Doce e na área da Zona da Mata(parte Norte) ainda não estejam em funcionamento, aparecem no mapa desde dezembro, mas não instaladas.

Edited by marinhonani

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Moretão disse:

28 dias, % da precipitação normal. No RS várias estações abaixo da média, algumas bastante abaixo, outras próximas da média e algumas acima. Cruz Alta com 295% da precipitação normal. A estação de Tramandaí parou de reportar no dia 5.

 

Em SC, a maioria está acima da média. Algumas um pouco abaixo. Florianópolis ilha com 385%.

SC.JPG.292ca123291d373975bf5e3bd6881ead.JPG

 

De qual período são esses dados? O acumulado de chuva para os últimos 30 dias são muito mais altos do que esses que tu postaste. Escolheste o período errado para visualização.

 

34634643.thumb.png.66c65e04fbb0cd98e8440efd949fe10c.png
  •  

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutos atrás, jean10lj disse:

De qual período são esses dados? O acumulado de chuva para os últimos 30 dias são muito mais altos do que esses que tu postaste. Escolheste o período errado para visualização.

 

34634643.thumb.png.66c65e04fbb0cd98e8440efd949fe10c.png
  • Olá o período dos dados são 28 dias. O que postei não são acumulados de chuva em mm e sim % da chuva normal do mês. Peguei da EPAGRI, onde está errado?
 

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutos atrás, Moretão disse:

Olá o período dos dados são 28 dias. O que postei não são acumulados de chuva em mm e sim % da chuva normal do mês. Peguei da EPAGRI, onde está errado?

Interpretei errado o post, erro meu! Pois bem, da nada, agora temos os mapas ambos de % da precipitação e volume precipitado postados. Foi mal! :D:D:D

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Modelo canadense projetando mínimas entre 12 e 13ºC na Serra do Sudeste no amanhecer desta terça-feira, regiões de baixada podem ter temperaturas próximas de 10ºC.

O destaque é para a Serra Catarinense que pode ter mínimas próximas de 0ºC nas baixadas.

tmp2m_cmc_d3_16.thumb.png.76a983e3beb3ecfce19f7e81de3278b3.png

Edited by Gabriel Cassol
  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.