Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Rodolfo Alves

Ciclones Tropicais no Índico e Pacífico Sul/Austrália - 2017/2018

Recommended Posts

TÓPICO PARA MONITORAÇÃO DE CICLONES TROPICAIS NAS BACIAS DO ÍNDICO, PACÍFICO SUL/AUSTRÁLIA.

 

*Índico Norte: Monitoração da Temporada 2017/Primeiro Semestre 2018

*Índico Sul-Pacífico Sul-Austrália: Monitoração da Temporada 2017-2018

 

 

Fontes Oficiais de Informação e Data das temporadas:

 

Índico Norte: Departamento de Meteorologia da Índia/JTWC - Temporada em andamento ao longo de todo o ano

 

[highlight=yellow]Até a data da postagem 2 Ciclones Tropicais se formaram na bacia em 2017.[/highlight]

 

- Ciclone Maarutha (15-17/04) Ventos de 75km/h, atingiu Mianmar.

 

- Ciclone Severo Mora (28-31/05) Ventos de 110km/h, atingiu Bangladesh matando 9 neste país, e outras 200 de forma indireta em Sri Lanka..

 

Próximos Nomes: Ockhi, Sagar, Mekunu, Daye.

 

=========================================================================================

 

Índico Sul: Meteofrance La Reunion/JTWC - Temporada começará em 15/11/2017 e se extenderá até 15/05/2018

 

Primeiros Nomes da Temporada: Ava, Berguitta, Cebile, Dumazile, Eliakim, Fakir, Guambe, Habana, Iman, Jobo.

 

==========================================================================================

 

Pacífico Sul e Austrália: Bureau Weather (Austrália); Departamento Meteo. Ilhas Fiji (Pacífico Sul)/JTWC - Temporada: 01/11/2017 - 30/04/2018.

Primeiros Nomes Austrália: Hilda, Irving, Joyce, Kelvin, Linda, Marcus, Nora, Owen, Penny, Riley, Savannah.

 

Primeiros Nomes Pacífico Sul: Fehi, Gita, Hola, Iris, Jo, Kala, Liua, Mona, Neil, Oma.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Uma depressão tropical afetou Bangladesh e Índia no começo desta semana.

Houve acumulados de mais de 100 mm e pelo menos 5 mortes foram confirmadas.

 

O1QsJ6B.jpg

 

ycixWdb.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

A temporada do Índico Norte chegou ao seu pico.

Todos os modelos mostram um ciclone se formando na próxima semana na Baía de Bengala.

A maioria dos modelos indicam um ciclone com força entre tempestade tropical e furacão de categoria 1 fazendo landfall na Índia.

O GFS é o modelo mais agressivo e mostra um categoria 3/4 fazendo landfall na região de Odisha, Índia.

O próximo nome é Ockhi.

 

LGTsHlw.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Depressão tropical se formou no Índico ( 98B).

O ciclone pode se fortalecer e chegar a força de tempestade tropical, antes do landfall que ocorre entre hoje e amanhã.

Fortes chuvas são esperadas na Índia e Bangladesh.

 

GsjHQin.jpg

 

pcMv4mx.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

98B fez landfall na Índia como depressão tropical.

Modelos não indicam mais nenhum desenvolvimento para a região.

 

UH7QuFr.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

GFS vem insistindo a algumas rodadas n'um catastrófico ciclone na extremamente populosa região entre Índia e Bangladesh (300 milhões de pessoas vivendo numa região de altitude máxima abaixo de 10 metros).

7aRXnoo.png

 

Modelo Canadense também aponta pra formação do ciclone no golfo da Tailândia mas com rota diferente e intensidade menor. Europeu ignora o sistema.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só nos resta torcer para que o GFS esteja redondamente enganado.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Só nos resta torcer para que o GFS esteja redondamente enganado.

Lembrando que o GFS tá com esse bug 8 ou 80, Ou o ciclone é poderosíssimo ou não existe.

Desde maio não há um ciclone nomeado no índico. O próximo nome da lista é Ockhi.

Share this post


Link to post
Share on other sites

GFS agora começando a sugerir o primeiro Ciclone Tropical da Temporada 2017-18 do Hemisfério Sul.

 

O Ciclone se formaria no final desta semana, na área responsável pelo BOM/Austrália.

 

MopEwzu.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Uma área de baixa pressão (INVEST 92-S) começou a ser monitorada pelo Bureau Weather Australiano no norte da Austrália.

 

Essa baixa deverá fazer landfall no norte da Austrália na quinta-feira, mas antes poderá evoluir em um Ciclone Tropical de Categoria 1 Australiana (equivalente a uma fraca tempestade tropical).

 

8Q80YSZ.png

XjLFQ8O.png

 

No Índico Sul, o Meteo-France que é o órgão responsável pela monitoração de Ciclones Tropicais naquela bacia, está agora acompanhando um distúrbio (INVEST 94-S), para potencial de desenvolvimento.

 

No momento o sistema apresenta 30-50% de chances de se desenvolver nos próximos 5 dias. A médio-prazo poderá ser alguma ameaça a Madagascar.

 

24tB6Ko.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ciclone Tropical de Categoria 1 Hilda (equivalente a uma fraca tempestade tropical), se formou nesta quarta-feira no norte da Austrália.

 

O sistema já está interagindo com terras emersas e deverá enfraquecer nas próximas horas.

 

0GK2EL9.png

EkdlYPo.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Área de Distúrbio no Índico Sul (INVEST 94-S) segue ganhando força.

 

O Meteo-France aumentou agora para 50% de chance, o risco de desenvolvimento nos próximos dias.

 

FQ4epVG.png

 

A médio-longo prazo, este sistema deverá evoluir em um forte ciclone tropical, e pode representar uma ameaça a Madagascar.

 

XyCGNdz.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

A área de distúrbio classificada de INVEST 94-S, deu origem agora a tarde a Primeira Depressão Tropical do Índico Sul, de acordo com a Meteofrance.

 

O sistema deverá evoluir em uma Tempestade Tropical forte até o dia 3, quando se aproximará de Madagascar.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Distúrbio depressivo monitorado pelo Meteo-France segue ativo no Índico Sul.

 

O sistema está chegando próximo de Madagascar, porém deve perder velocidade, o que levará a ter tempo para evoluir em uma Tempestade Tropical, antes de atingir a ilha.

 

JgkikFl.png

 

Caso atinga status de Tempestade Tropical, será nomeada de "Ava".

 

RkNsMsB.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tempestade Tropical Ava se formou na costa leste de Madagascar.

 

gx65h2e.png

 

O sistema deverá ganhar um pouco mais de força, antes de fazer landfall. Acumulados de chuva acima dos 200mm é a principal ameaça de Ava.

 

RMH1xG7.png

vWkhaPc.png

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ava evoluiu em um Ciclone Tropical de Categoria 2 (Saffir Simpson) esta madrugada, e fez landfall no leste de Madagascar esta manhã. 

Chuvas Torrenciais seguem sendo a principal ameaça para a costa leste.

001.thumb.png.f05acf80b5b866faa287152b24c9920d.png

 

Um novo distúrbio já está sendo acompanhado pela Meteo-France, e tem alta chance (>50%) para evoluir em Ciclone Tropical nos próximos 2 dias. 

Diferentemente de Ava, esse sistema deverá seguir em alto-mar.

002.png.d9ef4f5844545285c5fae81af9dfcd4b.png

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ava fez landfall em Madagascar, e agora é um sistema extratropical. 

Enquanto isso, do outro lado do Índico, formou-se uma nova Tempestade Tropical, nomeada de "Irving".

002.thumb.png.15689a0d5c35ef1b7e013abb957e9c69.png

Embora esteja sobre uma área responsável pela Meteo-France, a tempestade ganhou esse nome, porquê começou a ser observado sobre área responsável pelo Bureau Weather da Austrália. 

O sistema ficará em alto-mar e não representa ameaças.

001.png.bdd9ae145cea00777e0d22b499cb12cb.png

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Restos do ciclone Ava estão deixando Madagascar no momento.

Pelo menos 9 pessoas morreram devido a passagem do ciclone pela ilha.

Irving chegou na categoria 2 e não ameaça nenhuma localidade. 

 

U6YW0XU.png

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

A cidade de Toamasina ficou no olho do furacão, ocorrendo até mesmo aberturas de sol.

Pressão mínima reportada foi de 965 mbar.

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Uma área de baixa pressão ao norte da Austrália começou a ser monitorada pelo Bureau Weather. 

A previsão do órgão indica que este sistema pode atingir a Categoria 3 Australiana (Furacão de Categoria 1/2 SS), antes de fazer landfall próximo a Port Headland.

001.png.bb3faefe364c7094e62796be55257ed4.png 

 

No Oceano Índico, Irving está começando a perder força. Foi rebaixada a tempestade tropical, e deve amanhã virar extratropical.

002.png.5cb5fc91709469cbe47b001457362dc1.png

 

O Índico Sudoeste segue movimentado. Outras duas áreas começaram a ser monitoradas pela Meteo-France para desenvolvimento.

Uma na costa de Moçambique, atualmente com baixa chance de desenvolvimento em 5 dias, e outra a leste das ilhas Maurício, com chance médias em 5 dias. Esta segunda área, os modelos apontam consistência para desenvolvimento após 7 dias.

 

003.png.28f050d9739e73d62c3021733dd083b3.png

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ciclone Tropical Joyce se formou no norte da Austrália.

É esperado para fazer landfall hoje a noite com força de tempestade tropical.

 

001.png

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na Austrália, Ciclone Tropical Joyce fez landfall no norte da Austrália esta manhã (horário de Brasília). 

Imagens de radar mostram que o centro de Joyce está agora sobre o continente.

003.thumb.png.c119df12f52f4514ea70e2d7518346ff.png

 

Joyce tinha força equivalente a uma fraca tempestade tropical. O Aeroporto de Port Headland, maior cidade próxima ao landfall, registrou rajadas de 72km/h.

004.thumb.png.a793dd9a2804df57ec11d150efe35db5.png

 

No Índico Sul, formou-se um novo distúrbio tropical a leste das ilhas Maurício. Tecnicamente, trata-se de um sistema depressivo fraco. 

002.thumb.png.617844a6db381d4ea508e255b6bc71be.png

 

De acordo com a Meteo-France, este sistema irá ganhar força gradualmente, e deve evoluir em Ciclone Tropical ao longo dos próximos 5 dias... Moradores das ilhas de Reunião e Maurício devem acompanhar o progresso deste sistema.

 

001.png.c21599823c749e47fe1911dc53e5aeca.png

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sistema depressionário no Índico Sul ganhou força neste sábado e foi elevado a Tempestade Tropical pela Meteo-France. 

Com isso foi nomeada de "Berguitta".

002.thumb.png.6a39ca82b5af4fb8ccc68fe7e1826ed3.png

 

Berguitta deve ganhar muita força nos próximos dias, devendo se tornar um Ciclone Tropical Intenso (o equivalente a categoria 3 ou 4 nos EUA) na próxima semana. O largo cone desenhado na previsão da Meteo-France denota o alto grau de imprecisão com o trajeto desse sistema.

Com isso moradores da Ilha de Reunião e Ilhas Maurício e Rodrigues devem acompanhar de perto a evolução deste Ciclone Tropical.

001.png.39f728ba480dd2dfe194c9ed261e2904.png

 

Saída dessa manhã do modelo Europeu coloca Berguitta passando muito próximo da ilha de Reunião no final desta próxima semana, com pressão inferior a 950hpas.

 

003.thumb.png.3984b6004b4d268c0a9367cb74d150b0.png

 

Eventualmente a médio-longo prazo, no próximo final de semana, Madagascar poderá ser alvo também. 

Ao mesmo tempo, o modelo Europeu mostra o desenvolvimento de um novo Ciclone Tropical na região.

 

004.thumb.png.69eff3c5efe3648b9bdd104e6583b978.png

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Berguitta segue ganhando força. 

Última informação da Meteo-France coloca o Ciclone com força de forte tempestade tropical. 

001.thumb.png.08c4a6a42f513c156a48197e4a4df031.png

 

Previsão da Meteo-France mantém Berguitta se elando a Ciclone Tropical amanhã e agora aumentando a confiança para passar muito próximo das ilhas Maurício e Reunião entre a quarta e a quinta-feira.

002.png.2d0da9efbda0a7f5a42a3167916a77fe.png

 

Modelo Europeu mostra uma grande confiança para o Ciclone passar muito próximo ou em torno das duas ilhas, com provável força de Categoria 2 ou 3 Saffir Simpson. Moradores dessas ilhas devem acompanhar muito atentamente a evolução deste ciclone.

 

003.thumb.png.111caa2f2cbc923007306aaf6e9e46f9.png

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Trópicos seguem movimentados no Índico Sul.

Além de Berguitta, uma nova depressão tropical se formou hoje próximo a costa de Moçambique.

011.thumb.png.98cf59006fc618d031a0fb96e18384a4.png

 

Essa depressão terá curta vida, e irá fazer landfall hoje a noite. Segundo a Meteo-France, poderá evoluir em Tempestade Tropical antes de chegar em Moçambique.

010.png.640c2d48042d27d1f7f7447dfcf3e774.png

 

Enquanto isso Berguitta evoluiu em um Ciclone Tropical (furacão) hoje, e segue sendo uma séria ameaça a Ilha Reunião e Maurício nos próximos dias.

001.thumb.png.7e14a35b02540aa344b2bb91ead32c84.png

002.png.070d2b48aedf9eefe23f77f4fd0be4ab.png

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Preocupante! O quão acostumadas essas ilhas estão em receber esse tipo de tempestade ? O quão preparadas estão ?

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 minutos atrás, Renan disse:

Preocupante! O quão acostumadas essas ilhas estão em receber esse tipo de tempestade ? O quão preparadas estão ?

Essas ilhas todos os anos estão na rota de sistemas tropicais.... Já estão acostumadas....

Mas receber um Ciclone Tropical equivalente a Categoria 3 não é fácil pra nenhum país, por mais preparado que seja.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aliás, os recordes mundiais de volume de precipitação são em sua maioria da ilha de Reunião durante a passagem de ciclones tropicais. 

Recordes de chuva (wiki):

em 12 horas: 1.144 mm - Foc-Foc, Reunião, 8 de janeiro de 1966, durante o ciclone tropical Denise.

em 24 horas: 1.825 mm - Foc-Foc, Reunião, entre 7 e 8 de janeiro de 1966, durante o ciclone tropical Denise.

em 48 horas: 2.467 mm - Aurère, Reunião, entre 8 e 10 de janeiro de 1958.

em 72 horas: 3.929 mm - Commerson, Reunião, entre 24 e 26 de fevereiro de 2007.

em 96 horas: 4.869 mm - Commerson, Reunião, entre 24 e 27 de fevereiro de 2007.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Berguitta segue ganhando força no Índico Sul, e começa a representar séria ameaça as Ilhas Maurício e Reunião.

Segundo o último boletim da Meteo-France, Berguitta tem ventos de 135km/h (Categoria 1), com pressão mínima de 963hpas.

001.thumb.png.f54c4422606e9cd15cc53d087fdd1bdd.png

 

Berguitta é previsto para passar muito próximo, ou em cima das ilhas de Maurício e Reunião nas próximas 24-48 horas, com força equivalente a Categoria 2 ou 3. 

002.png.85c53393a6c902ea54fed69953933ad0.png

 

Saída dessa manhã do Modelo Europeu coloca um cenário bem complexo para as duas ilhas, em especial Reunião, com acumulados superiores a 300mm, e rajadas de vento que podem superar  os 150/200km/h nos pontos mais altos da ilha de Reunião.

003.thumb.png.81b9c8401cec24419b3b743014a8695f.png

005.thumb.png.a826210942ced55893daafe6676b243a.png

Meteo-France já emitiu alertas para a Reunião a espera de Berguitta.

004.thumb.png.fbd199173bb49e1096c1a8f405820466.png

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

A julgar por esses recordes fantásticos de acumulado de chuva em Reunião, postados pelo Tomás, não seria de espantar que as previsões de acumulados de chuva estejam superestimando e MUITO o potencial real do que pode acontecer lá nos próximos dias.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Berguitta felizmente enfraqueceu, e foi rebaixada a Tempestade Tropical, de acordo com a Meteo-France.

005.thumb.png.4685c719fa13c9969420fcfb598314fd.png

 

Meteo-France agora indica que o sistema passará com força de tempestade tropical sobre as Ilhas Maurício e Reunião nas próximas horas.

003.png.14afc81f4a001c6ac7bbb9abecb4872f.png

Apesar de enfraquecida a tempestade tropical, segue a ameaça de chuva forte, fortes rajadas de vento, e mar agitado. 

Imagens de Radar da Ilha de Reunião mostram a chuva associada a Berguitta já atingindo a Ilha Maurício. Nas próximas horas, a condição irá se deteriorar em Reunião.

 

004.thumb.png.0523c752c7d2bda039fd8ef120cb5d50.png

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Berguitta passou nesta quinta-feira sobre a Ilha de Reunião, com força de forte tempestade tropical. 

Imagens de Radar mostram o olho bem definido já ao sul da ilha.

002.png.f27836086b05ce7450a68aaf8c4101d0.png

Dados da Meteo-France indicam acumulados de até 828mm na ilha francesa. Os volumes são variados, devido a contraste orográfico.

 

003.thumb.png.d587d1b2d51e2aa6138242def774df61.png

Rajadas de vento chegaram quase aos 90km/h.

 

004.thumb.png.4d2ad33658091b94c274810807bf6780.png

Berguitta agora seguirá para alto-mar, e perderá força gradualmente.

 

001.png.a40d58bddd4ef34959478974a7deb7f1.png

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Segundo o Met Office choveu 1100 mm em 3 dias em áreas elevadas da Ilha de Reunião.

Berguitta segue perdendo força e já afastou das ilhas.

DT5EnmBW4AEutxy.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites
Inundações devido ao ciclone Berguitta .
 

 

Edited by Felipe F
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Com Berguitta em alto-mar e em processo de transição para extratropical, os trópicos voltaram a ficar tranquilos pelo globo.

Neste momento não há distúrbios sendo monitorados ao longo de todo o Hemisfério Sul, seja no Índico ou no Pacífico, porém a calma deverá ser breve.

 

A Onda de Madden Julian (OMJ) responsável pelo aumento de umidade e que propicia a condição para formação de ciclones tropicais vai agora se deslocar em direção a Austrália e Pacífico Sul nos próximos 7 dias.

001.gif.6e2d34851a413a527423c73dcb3430eb.gif

 

Com isso os modelos estão indicando a chance de novos Ciclones Tropicais se formarem daqui a 5-10 dias, entre o leste do Índico, a Austrália, e até mesmo no Pacífico Sul, que até agora não teve nenhum Ciclone Tropical, o que é típico de anos de La Ninã.

A costa do norte da Austrália é área populacional com maior ameaça a formação de Ciclone Tropical na próxima semana.

002.thumb.png.b0dcf8621c427f6cc6f0e20baa754249.png

 

Mesmo com a fase de Madden Julian atuando mais a leste, os modelos colocam um novo sistema tropical atuando no Indico Sudoeste nesta próxima semana também.

Portanto a calma dos trópicos tende a ser breve.

 

001.thumb.png.15655cd22b311d82e5678c98d8e5b292.png

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Uma nova área de baixa pressão no Índico Sudoeste está sendo monitorada pela Meteo-France para desenvolvimento.

No momento esse sistema apresenta alta chance para se desenvolver nos próximos 2-5 dias.

003.thumb.png.8cc1f2bf7d7932cc6c2dc7aeb5890a84.png

 

O Modelo Europeu indica que essa baixa irá ganhar força, e deverá evoluir em um forte Ciclone Tropical ao longo da próxima semana, com valores de pressão próximo a 930hpas. Felizmente isso ocorrerá em alto-mar.

 

001.thumb.png.ee454cbfcae9023cae9e178489127e05.png

 

Por ora, este sistema não viria a representar uma ameaça para Madagascar e região, pelo EURO, uma vez que um forte Anticiclone formaria um bloqueio o que desviaria este Ciclone em alto-mar.

 

002.thumb.png.b071a83eff1dbbfd7d0d5b1eee75fa83.png

 

Enquanto isso no Pacífico Sul, uma área de baixa pressão (a primeira desta temporada), começou a ser monitorada a sudeste da Papua Nova Guiné. 

Esta baixa apresenta moderada-alta chance de se desenvolver em Ciclone Tropical nos próximos 3 dias, conforme aviso do Centro Meteorológico das Ilhas Fiji.

Independente da formação ou não, este sistema é esperado pra atuar em alto-mar.

 

004.png.1458ce0ecf1cec7ee70c6ec22f476a22.png

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tempestade tropical Cebile se formou no Índico Sudoeste.

Como já foi informado, os principais modelos (ECMWF e GFS) indicam que o sistema será um poderoso ciclone e irá se manter em alto-mar durante todo período em atividade.

BASE-IMG3-2.07S.PNG

DUkfzOLXUAc0pim.jpg

 

 

Edited by Felipe F
  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

INVEST 93P segue se organizando e tem altas chances e se tornar um ciclone tropical nas próximas 24 horas.

De acordo com os modelos, poderia afetar a Nova Caledônia na segunda.

Primeiro nome da lista é Fehi.

2018SH93_1KMIRIMG_201801271430.GIF

 

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cebile se fortaleceu para categoria 4, porém após um ciclo de substituição da parede do olho, perdeu intensidade e agora está na categoria 3, com ventos sustentados em 175 km/h e rajadas de 205 km/h.

DUrgP0IXkAEXBP5.jpg

DUslIeGW0AAdToP.jpg

DUu3IkiVoAAOcXG.jpg

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fehi passou próximo da Nova Caledônia como uma fraca tempestade tropical (categoria 1 na escala australiana), trazendo chuvas e ventos para região, mas nada significativo.

O sistema está em uma área com alto cisalhamento, por isso não conseguiu se organizar.

DUu3UGSVoAAFRYq.jpg

0pWydDo.gif

O sistema poderia impactar sul da Nova Zelândia como um ciclone extratropical no dia 1º de Fevereiro.

DUs_svRVMAAXVAq.jpg

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Depois de uma breve calma nos trópicos do Hemisfério Sul, as coisas voltam a ficar agitadas.

CIclone Tropical Gita se formou recentemente no Pacífico Sul, e segue ganhando força. No momento é um Categoria 3 Australiano, o que indica ventos de até 180km/h.

001.thumb.png.46639c978152aa6b62a6f3ad00abc3f6.png

 

Gita deverá ganhar um pouco mais de força e atingir a Categoria 4 Australiana, segundo o Centro Meteorológico das Ilhas Fiji, o que indica que poderá ter ventos de até 230km/h (o equivalente a um altamente destrutivo Categoria 4 Saffir Simpson no Atlântico).

Pela previsão Gita irá atingir em cheio ou passar muito próximo da ilha de Tonga, cuja a capital é Nuku'alofa, durante a segunda-feira.  Moradores dessa ilha devem se preparar para severo impacto deste ciclone. A Ilha de Fiji que fica mais a oeste também deve assistir ao progresso de Gita, para eventuais impactos indiretos ou até mesmo diretos.

Extrema atenção a este sistema nos próximos dias!

002.gif.7e1320a1a7c0d81f031d75828dca852f.gif

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ciclone Tropical Gita segue ganhando força e é motivo de preocupação para a pequena cidade de Nuku'alofa no Tonga. 

O Centro Meteorológico das Ilhas Fiji elevou Gita para Categoria 4 Australiana, o que lhe confere ventos sustentados de até 230km/h.

003.thumb.png.1dcf9c3569996d8e7c86b2b5441917b8.png

A Previsão indica que nas próximas 24 horas seja elevado a Categoria 5, ao passar sobre a Ilha Tonga. 

 

002.gif.01f1042eaf59085d5cb11020883654e9.gif

 

Gita irá passar muito próximo ou sobre a cidade de Nuku'alofa nessa segunda-feira. Se confirmada a Categoria 5, poderá haver uma situação catastrófica nesta cidade, um tanto similar ao que aconteceu no Caribe com a passagem de Irma. 

Nuku'alofa é a capital do Tonga e tem 23 mil habitantes.

A acompanhar....

006.thumb.png.ac1f84a3c7d4dc1debe87aa6347cbf35.png

 

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Relatos dão conta que a passagem do Ciclone Tropical Gita pelo Tonga causou inúmeros estragos, dentre eles, danos ao edifício do parlamento daquele país, extensas inundações e danos nas torres de energia.

Não há informações de mortos, mas há muitas pessoas feridas e desabrigadas.

Gita é um Severo Ciclone Tropical de Categoria 5 Australiana que segue atuando no Pacífico Sul.

002.thumb.jpg.933f5e1bdee738bcc221cd9ac9c38437.jpg

 

As previsões do Centro de Fiji, bem como do JTWC indicam que o Ciclone deverá manter a força nos próximos dias, mas seguirá com seu núcleo em alto-mar, causando impactos indiretos (em especial mar revolto) nas ilhas do Pacífico.  A médio-prazo, já rebaixado a Ciclone Extratropical, deverá impactar a Nova Zelândia.

 

001.thumb.gif.a868c82f338927719ba6b48ec579f36f.gif003.gif.037ca020331cfb7936c400b9256c31ab.gif

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ciclone Tropical Gita começou a enfraquecer e já dá sinais que começa a perder sua simetria, o que abre as portas para uma transição para um Sistema Extratropical. Gita segue em alto-mar, sem impactos diretos as ilhas do Pacífico Sul.

002.gif.2bd98fabc174cc5fad043272415250d4.gif

 

Na semana que vem, já transformado em sistema extratropical provavelmente, trará chuvas fortes e ventos a Nova Zelândia.

001.thumb.gif.c5117b85dbcab5b49efa5a5f6a144566.gif

 

Na costa norte da Austrália, formou-se Ciclone Tropical Kelvin. O sistema é de Categoria 1 (Similar a uma fraca tempestade tropical) e já fará landfall nas próximas horas.

 

003.png.cd7562549614b039e2135a4c3627f6df.png

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.