Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Rodolfo Alves

Monitoramento e Previsão Climática (ENSO/SST/AAO/PDO)

Recommended Posts

Grosso modo, a tendência é um início de julho quente e um final de julho frio.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Queria tanto uma La Niña ao estilo 2010-2011... Janeiro de 2011 foi perfeito no Ceará, aqui em Fortaleza aquele mês acumulou 680 milímetros. 

 

Mas, pelo visto, temos que nos preparar para um El Niño em 2018-19. Porém, a galera dizia a mesma coisa nessa mesma época ano passado e deu no que deu. 

 

Uma esperança é que seja um El Niño Modoki. Ouvi falar que ele pode ter uma influência positiva nas chuvas do NE, ao contrário dos Niños “normais”, procede? 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eba, vem mais um El Nino pra divertir a todos:

 

A regra é clara: La Nina e Neutralidade quase nao surtem efeito no sudeste, mas um El Nino, mesmo fraco, chega arrebentando.

 

417162890_CapturadeTela2018-06-13s20_44_03.thumb.png.26413bc3036793594f159a06e91e0050.png

 

1731939928_CapturadeTela2018-06-13s20_43_58.thumb.png.65fd3b14cac63475b39e880f112481ae.png

 

 

1814050841_CapturadeTela2018-06-13s20_44_08.thumb.png.140192a9575ecf6d5e691b5c51b1b27f.png

Edited by HenriqueBH
  • Sad 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
Agora, HenriqueBH disse:

Eba, vem mais um El Nino pra divertir a todos:

 

A regra é clara: La Nina e Neutralidade quase nao surtem efeito no sudeste, mas um El Nino, mesmo fraco, chega arrebentando.

 

417162890_CapturadeTela2018-06-13s20_44_03.thumb.png.26413bc3036793594f159a06e91e0050.png

 

1731939928_CapturadeTela2018-06-13s20_43_58.thumb.png.65fd3b14cac63475b39e880f112481ae.png

 

 

1814050841_CapturadeTela2018-06-13s20_44_08.thumb.png.140192a9575ecf6d5e691b5c51b1b27f.png

Pra complementar, o negócio tá ficando desesperador no pacífico... Ficou positivo e continua subindo sem dó.

 

inferno.png

  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
20 horas atrás, Pedro Victor Channel disse:

Queria tanto uma La Niña ao estilo 2010-2011... Janeiro de 2011 foi perfeito no Ceará, aqui em Fortaleza aquele mês acumulou 680 milímetros. 

 

Mas, pelo visto, temos que nos preparar para um El Niño em 2018-19. Porém, a galera dizia a mesma coisa nessa mesma época ano passado e deu no que deu. 

 

Uma esperança é que seja um El Niño Modoki. Ouvi falar que ele pode ter uma influência positiva nas chuvas do NE, ao contrário dos Niños “normais”, procede? 

 

Eu mesmo, no meu achismo e otimismo, creio que 2019 será melhor que esse ano para nossa região, visto que esse período seco (2012 até ano passado) foi maior até que aquele da década de 80 (1979 a 1983). Dizem por aí que a natureza sempre devolve, não é? Tanto tempo com pouca chuva pode se transformar em um período de muita (ou não... Kkkkk). Baseio meu achismo também na atividade do Sol, porque estamos numa época de mínimo solar (anos assim quase sempre são chuvosos, independente de El Niño ou La Niña (essa ajuda, claro). Por exemplo, 2008/2009, 1995/1996, 1985/1986, 1974/1975, 1963/1964, etc., foram anos de mínimo solar e foram ótimos.

 

Aqui dá pra ver um gráfico da atividade solar. Marquei alguns anos que foram chuvosos e bateram com o mínimo na atividade do Sol. 1912, 1924 (talvez o mais chuvoso da história no NNE), 1935, 1945, etc...

1659078290_atividadesolar.thumb.png.92bcd0a5e55dc1d134cea1b419267f25.png

 

 

Edited by CloudCb
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, CloudCb disse:

 

Eu mesmo, no meu achismo e otimismo, creio que 2019 será melhor que esse ano para nossa região, visto que esse período seco (2012 até ano passado) foi maior até que aquele da década de 80 (1979 a 1983). Dizem por aí que a natureza sempre devolve, não é? Tanto tempo com pouca chuva pode se transformar em um período de muita (ou não... Kkkkk). Baseio meu achismo também na atividade do Sol, porque estamos numa época de mínimo solar (anos assim quase sempre são chuvosos, independente de El Niño ou La Niña (essa ajuda, claro). Por exemplo, 2008/2009, 1995/1996, 1985/1986, 1974/1975, 1963/1964, etc., foram anos de mínimo solar e foram ótimos.

 

Aqui dá pra ver um gráfico da atividade solar. Marquei alguns anos que foram chuvosos e bateram com o mínimo na atividade do Sol. 1912, 1924 (talvez o mais chuvoso da história no NNE), 1935, 1945, etc...

1659078290_atividadesolar.thumb.png.92bcd0a5e55dc1d134cea1b419267f25.png

 

 

 

Tomara que assim seja! Bom, se realmente um El Niño acontecer em 2018-19 e a tradição (digamos assim) ocorrer novamente, quem sabe uma combinação de La Niña com mínimo solar em 2019-20 nos favoreça bastante na quadra chuvosa de 2020. 

 

Essa década de 2010, de fato, foi marcada por seca. Só 2011, 2017 e 2018 se salvaram. Tomara que os anos 20 sejam chuvosos. 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Gráfico de uma estação (Mawson) da Antártida mostrando a tendência de temperatura dos últimos 60 anos.

 

35788283_1201335710009170_8408110656217153536_n.jpg.063e9c3057a5298708044c9b6769d534.jpg

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 13/06/2018 em 19:48, Augusto Goelzer disse:

Pra complementar, o negócio tá ficando desesperador no pacífico... Ficou positivo e continua subindo sem dó.

 

inferno.png

A ocorrência do el niño não impede totalmente a ocorrência de eventos de frio intenso, pode acontecer de entrar uma massa polar muito ampla e extrema na América do Sul por uma semana e depois passarmos o resto do mês com calor, terminaremos com um mês acima da média.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Ártico está sendo “devorado” pelo oceano Atlântico

Uma pesquisa sobre uma das partes oceânicas com o maior aumento de temperatura registrado permitiu verificar a redução da superfície das águas árticas, que podem se converter em parte do oceano Atlântico.

Sigrid Lind, cientista do Instituto de Pesquisa Marinha de Tromso, na Noruega, afirmou que no norte do Mar de Barents, “o foco do aquecimento do Ártico” – ao norte da Escandinávia e a leste do arquipélago Svalbard –, foi registrado um rápido aumento da temperatura desde 2000.

Esse problema se agravou devido ao fato de o oceano Atlântico começar a ganhar terreno, transformando as características da água. Antes, no norte do Mar de Barents, havia gelo marinho flutuante que, quando derretia, mantinha a água fria à superfície e contribuída para que a mais quente, originária do Atlântico, permanecesse por baixo.

 

Mais info: https://ciberia.com.br/oceano-atlantico-devora-artico-41395

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 minutos atrás, Flavio Feltrim disse:

O Ártico está sendo “devorado” pelo oceano Atlântico

Uma pesquisa sobre uma das partes oceânicas com o maior aumento de temperatura registrado permitiu verificar a redução da superfície das águas árticas, que podem se converter em parte do oceano Atlântico.

Sigrid Lind, cientista do Instituto de Pesquisa Marinha de Tromso, na Noruega, afirmou que no norte do Mar de Barents, “o foco do aquecimento do Ártico” – ao norte da Escandinávia e a leste do arquipélago Svalbard –, foi registrado um rápido aumento da temperatura desde 2000.

Esse problema se agravou devido ao fato de o oceano Atlântico começar a ganhar terreno, transformando as características da água. Antes, no norte do Mar de Barents, havia gelo marinho flutuante que, quando derretia, mantinha a água fria à superfície e contribuída para que a mais quente, originária do Atlântico, permanecesse por baixo.

 

Mais info: https://ciberia.com.br/oceano-atlantico-devora-artico-41395

Essa imagem representa o seu post, é bem perceptível o derretimento mais acelerado que o normal no local onde a corrente do atlântico entra no ártico:

N_daily_concentration_hires.thumb.png.918e8376e28eff32f0d6c884f561017f.png

 

Mas em compensação me parece que o derretimento não está mais tão acentuado e cedo quanto a linha de 2012 representa, vai que as coisas podem voltar ao normal.

N_iqr_timeseries.thumb.png.f26623c84d5e6ac18b8e288093acf101.png

 

 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguém sabe o que aconteceu com a AAO, está negativa ou positiva.

 

A última vez que comentaram como estava a AAO foi em 11 de junho.

Share this post


Link to post
Share on other sites
27 minutos atrás, marinhonani disse:

Alguém sabe o que aconteceu com a AAO, está negativa ou positiva.

 

A última vez que comentaram como estava a AAO foi em 11 de junho.

AAO está positiva, mas com bastante oscilação (o que também é bom, mesmo que esteja positiva) e previsão de queda!

v1qtRRq.png

 

Temperatura Mar...

2018

jf4KQnm.png

 

06-2016

UJElScl.gif

07-2016

dAEGSt0.gif

 

 

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mesmo com La niña fraca/Neutralidade e algumas quedas  na AAO este outono/inverno está difícil. Mas...Quem sabe vem algo interessante, não custa sonhar...

image.png.f39748e2102c66646e47878c4a38911d.png

  • Like 2
  • Confused 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Parece está ocorrendo um episódio de dipolo negativo no Atlântico Tropical, em pleno inverno.

O último episódio de dipolo negativo ocorreu em 2015, apesar daquele ano ter sido de chuvas abaixo da média no norte do NE.

 

Anomalia de TSM, 12Z - 25/07

 

820779013_Semttulo.png.676a31467e563996a5e1437e0aa2a66a.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Observação de leigo...

Se levarmos em consideração o conhecimento empirico dos mais sabidos daqui, considerando a bruta queda da AAO dos últimos dias...

77pUlC7.jpg

E olhando que a previsão é que ela quase positive por volta do dia 10/08, e depois volta a cair pro campo de -3 aonde só depois positivaria por volta do dia 15, ou seja muito oscilação no campo negativo, e levando em consideração o delay de 10 a 15 dias, eu diria que depois de uma 1° quinzena abaixo da média? a segunda quinzena poderia ainda nos trazer muitas surpresas...

 

Aos mais entendidos, o que vcs acham?

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esta previsão é trágica, não pelo El Niño, mas pelo tenebroso conjunto da obra! Vocês já imaginaram o que seria do nosso verão com TODAS as águas em torno a América do Sul acima da média? É o que o CFS está prevendo para dezembro.

 

Tomara que esteja errado.

AMERICA DO SUL OCEANO.jpg

  • Like 1
  • Haha 1
  • Sad 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Marcos disse:

Esta previsão é trágica, não pelo El Niño, mas pelo tenebroso conjunto da obra! Vocês já imaginaram o que seria do nosso verão com TODAS as águas em torno a América do Sul acima da média? É o que o CFS está prevendo para dezembro.

 

Tomara que esteja errado.

AMERICA DO SUL OCEANO.jpg

 

Rir pra não chorar! Que pelo menos isso ajude a deixar as chuvas acima da média no Centro-Sul!

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
21 horas atrás, Marcos disse:

Esta previsão é trágica, não pelo El Niño, mas pelo tenebroso conjunto da obra! Vocês já imaginaram o que seria do nosso verão com TODAS as águas em torno a América do Sul acima da média? É o que o CFS está prevendo para dezembro.

 

Tomara que esteja errado.

AMERICA DO SUL OCEANO.jpg

Se o CFS estiver certo vamos presenciar o dezembro mais quente já registrado e com pouquíssimas chuvas.

  • Sad 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguns dados que acompanho não apontam El Niño no final do ano, apenas uma neutralidade com tendência positiva... parece pouco provável que ocorra, mas se ocorrer será fraco!

  • Like 5
  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quais as últimas notícias sobre o El Niño?

Ele virá mesmo? Ou permanecerá neutro com El Nada ou, mesmo, uma La Nada?

 

n.png.6438e10eaea61e8005a93ab13b481343.png

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
27 minutos atrás, CloudCb disse:

Quais as últimas notícias sobre o El Niño?

Ele virá mesmo? Ou permanecerá neutro com El Nada ou, mesmo, uma La Nada?

 

A NOAA prevê chance de pouco mais de 60% de ocorrer El Niño na nossa primavera e 70% de chance no verão. Em resumo: o quadro é bastante incerto.

 

Por enquanto o Pacífico Equatorial está um pouco acima do normal em toda a faixa ao longo do equador, e um pouco abaixo do normal ao sul do equador entre os paralelos 5° e 20°S, mais ou menos.

 

Aqui https://www.climate.gov/enso

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, CloudCb disse:

Quais as últimas notícias sobre o El Niño?

Ele virá mesmo? Ou permanecerá neutro com El Nada ou, mesmo, uma La Nada?

 

n.png.6438e10eaea61e8005a93ab13b481343.png

 

 

Os mergulhos das anomalias de temperaturas na costa do Pacífico Equatorial para patamares inferiores a +0,5º a partir de agosto acabaram por favorecer o avanço das frentes frias e massas polares sobre o continente sul-americano, além das chuvas incomuns que ainda estão ocorrendo no centro-norte do Brasil; todavia considerar apenas o Pacífico não é aconselhável, uma vez que as anomalias na costa brasileira sob o oceano atlântico também surtem efeitos na dinâmica atmosférica da América do Sul.

Pelas atuais análises, a maior probabilidade é da ocorrência de um el niño fraco com breve pico moderado, com o início precoce das chuvas nos trópicos tendo a formação dos canais de umidade um pouco prejudicados, porém tenderão a ocorrer ainda que com menor frequência e um pouco mais ao sul do que o normal. Poderemos ter um análogo da primavera/verão de 2006/2007 e 2009/2010, quando o Nordeste sofreu uma estiagem fora de época sem grandes proporções.

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 16/08/2018 em 09:52, Flavio Feltrim disse:

Alguns dados que acompanho não apontam El Niño no final do ano, apenas uma neutralidade com tendência positiva... parece pouco provável que ocorra, mas se ocorrer será fraco!

 

Será que os institutos vão errar de novo esse ano?

nino34.png

  • Like 5

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 horas atrás, coutinho disse:

TÔ COMEÇANDO A ACREDITAR NO MOLION!

 

Pessoal malha ele por cravar coisas com muita certeza e muita antecedência. Mas é incrível com o Menino tem tido dificuldade de se criar desde que foi anunciado! 

Só acho risível a previsão dele de que haverá um mega Menino em 2034. 

  • Haha 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá a todos, alguém tem o link da previsão sazonal da primavera 2018 para o Sudeste do Brasil? O modelo europeu... Se alguém puder me passar eu agraço muito 

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 04/09/2018 em 20:40, LucianoD disse:

Interessante como a AAO se positivou, vai chegar a ultrapassar a escala do gráfico

 

2kuV6ev.jpg

 

Veja só: NÃO TIVEMOS entrada de mp em setembro pelo Brasil. No máximo influenciando um pouco o Sul, e olhe lá. Pelo visto o pico da AAO matou as mp´s.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom sinal. Ajuda a confirmar o resfriamento esperado para o início de outubro.

 

Reparem como a AAO foi elevadíssima na virada de agosto para setembro, mês que praticamente não teve mp, fora no início do mês uma fraca.

 

AAO.gif

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Será que ainda tem El Niño esse ano? Final de setembro e nada! Sem contar que durante essa semana o 3.4 chegou a registrar anomalias negativas, muito tênues, mas negativas. 

 

Meu medo é de acontecer igual 2014-16. Todo mundo achava que teria El Niño em 2014, mas o aquecimento só aconteceu lá para outubro e foi piorando até virar o monstro de 15-16. Eu realmente gostaria de iniciar 2020 com um La Niña forte, hauahauha. 

  • Thanks 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, CloudCb disse:

Enorme salto no Niño 1+2.

Será que o menino agora vem?

 

729790563_Semttulo.png.51f20621ac28d01261cb841f125c32d3.png

 

Mas ele está muito volátil, não ? Não precisa ficar algo como 3 meses seguidos acima da média ? Algo assim...?

Share this post


Link to post
Share on other sites

tomara ficar positivo esse niño 1+2 mesmo, quero chuva, nos últimos meses ficou negativo e tivemos bastante estiagem aqui no sul, principalmente SC e PR

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 horas atrás, Renan disse:

 

Mas ele está muito volátil, não ? Não precisa ficar algo como 3 meses seguidos acima da média ? Algo assim...?

 

Creio que sim.

Mas ao que parece a resposta da chegada da água quente na subsuperfície está ocorrendo agora (todos os niños tiveram aumento, mas esse daí foi o mais abrupto).

Não sei se essa bolsa será o suficiente pra aumentar e manter o aquecimento, acho que só o tempo dirá.

 

Sinceramente, não estou pessimista caso venha mesmo um El Niño. Não espero um 2019 seco pra cá.

 

688078709_Semttulo.thumb.png.e53b28a90a708244cb4b980b34a25464.png

 

Edited by CloudCb
  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olhando os dados hoje;  as chances de ocorrer um el nino são altas, porém este deverá ser bem mais fraco e mais curto do que o último de 2015/2016, o que ajudaria o Sul do país a não permanecer na estiagem e não prejudicaria tanto o Nordeste, mesmo assim somente o fato de as águas do Pacífico Equatorial aquecerem a atmosfera já começa a ser afetada, ainda que sem o nino.

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites

A região 3.4 também deu um salto (inclusive não me lembro de ver tamanho salto em curto espaço de tempo). De qualquer forma, tudo isso está ocorrendo devido ao grande número de tufões no Pacífico, que interferem diretamente nos ventos zonais, gerando ondas Kelvin que são favoráveis ao deslocamentos de pacotes de água quente da Indonésia para o centro do Pacífico. Mas da mesma forma que teve esse enorme salto deverá ocorrer um tombo nos próximos dias, reequilibrando a trajetória da TSM... ainda aposto que se tivermos El Niño será fraco (Modoki?) ou será uma neutralidade positiva....

 

 

nino34.png

  • Like 3

Share this post


Link to post
Share on other sites

Será que algum dia teremos algum modelo de previsão para o nosso Atlântico Sul? 

 

Como vivemos num país atrasado o jeito é esperar pela boa vontade dos americanos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Conforme esperado, começou a queda... agora é torcer para que não dispare novamente (apesar das previsões continuarem apontando na formação de mais tufões no Pacífico)!

 

 

Capturar.PNG

  • Like 4

Share this post


Link to post
Share on other sites

Enquanto o Molion fala em Neutralidade, o BOM da Austrália aumenta pra 70% de chances pra El Niño.

1.png.36a59fee2cc771087b289641571af1ca.png

2.png.6a9f35c0b2468155aaec7ff9d2c7f75d.png

  • Like 2
  • Sad 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
15 horas atrás, Flavio Feltrim disse:

O Pacífico está com grande dificuldade em decidir o que será no final do ano... tempos difíceis para os modelos! Segue o baile!

 

No entanto as loucuras verificadas em 2015 e 2016 estão descartadas, correto ?

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, Renan disse:

 

No entanto as loucuras verificadas em 2015 e 2016 estão descartadas, correto ?

 

Loucura seria um super El Niño? Se for isso acredito que NÃO teremos... como falei meses atrás, se houver El Niño acredito que será fraco (talvez Modoki) de acordo com dados que acompanho. Apesar do recente aquecimento, ainda aposto em neutralidade positiva e meados do ano que vem caminharmos para uma Niña. Seguimos acompanhando!

  • Like 2

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 minutos atrás, Flavio Feltrim disse:

 

Loucura seria um super El Niño? Se for isso acredito que NÃO teremos... como falei meses atrás, se houver El Niño acredito que será fraco (talvez Modoki) de acordo com dados que acompanho. Apesar do recente aquecimento, ainda aposto em neutralidade positiva e meados do ano que vem caminharmos para uma Niña. Seguimos acompanhando!

 

Estava na hora de uma super la niña. Desde quando não ocorre uma ?

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
24 minutos atrás, Renan disse:

 

Estava na hora de uma super la niña. Desde quando não ocorre uma ?

A última lá nina intensa foi entre 2010 e 2012, antes disso houveram dois episódios, um em 1988/1989 e entre 1998 e 2001. É um facilitador para invernos rigorosos aqui na América do Sul, vide 1988, 1999, 2000 e 2011.

  • Like 1

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 minuto atrás, klinsmannrdesouza disse:

A última lá nina intensa foi entre 2010 e 2012, antes disso houveram dois episódios, um em 1988/1989 e entre 1998 e 2001. É um facilitador para invernos rigorosos aqui na América do Sul, vide 1988, 1999, 2000 e 2011.

 

Teve a de 2007/2008 também, que foi só um pouco de nada mais fraco que a de 2010/2011 (levando em conta o ONI).

Edited by CloudCb

Share this post


Link to post
Share on other sites
33 minutos atrás, klinsmannrdesouza disse:

A última lá nina intensa foi entre 2010 e 2012, antes disso houveram dois episódios, um em 1988/1989 e entre 1998 e 2001. É um facilitador para invernos rigorosos aqui na América do Sul, vide 1988, 1999, 2000 e 2011.

 

Estamos com um jejum de La Ninas, e durante esse jejum tivemos uma série de recordes de calor de diversos tipos. Não deve ser coincidência.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.