Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Sign in to follow this  
Rodolfo Alves

Monitoramento e Previsão Europa - 2017

Recommended Posts

Coutinho, qual o problema de se destacar uma onda de calor ?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Calor quebrou recordes em algumas cidades da região dos Bálcãs, Itália, França e Espanha.

A crista estacionaria estava fazendo o ar mais frio ficar bloqueado na parte norte da Europa, por isso a região está abaixo da média e a parte mais ao sul torrando.

Ao contrário do que uns querem passar, essa não é uma onda de calor que deve ser ignorada pela mídia, pois trouxe risco a vida humana nos locais afetados

Italy:

1 Frosinone (Italy) 42.8 °C

2 Amendola (Italy) 42.6 °C

3 Catania / Sigonella (Italy) 42.6 °C

4 Guidonia (Italy) 41.6 °C

5 Alghero (Italy) 41.4 °C

 

 

6 Decimomannu (Italy) 40.8 °C(igualou com a maior máx. da automática da quente cidade de Muriaé-MG, registrada em outubro de 2012)

 

 

France:

1 Figari (France) 41.8 °C

2 Carpentras (France) 40.5 °C

3 Le Luc (France) 39.5 °C

4 Pertusato (France) 39.1 °C

 

 

Slovenia:

1 Podnanos (Slovenia) 40.6 °C // new all-time record

2 Godnje (Slovenia) 38.5 °C // new all-time record

 

 

Austria:

1 Wien / City (Austria) 38.9 °C

2 Wien / Hohe Warte (Austria) 38.4 °C

 

 

Croatia:

1 Knin (Croatia) 41.5 °C // new all-time record

 

 

Spain:

1 Cordoba / Aeropuerto (Spain) 42.8 °C

 

 

2 Sevilla / San Pablo (Spain) 41.7 °C(por enquanto longe dos 50,0ºC recorde absoluto da Europa registrados em 188x em Sevilha.

 

Realmente a mídia não tem que ignorar essa onda de calor, é pior desde o verão de 2003.

 

Interessante também era termos a informação das máximas recordes de julho e agosto nesses países em que onda de calor está mais forte

 

Parece que tem mais dias para novos recordes serem quebrados.

Share this post


Link to post
Share on other sites

ANTES FOSSE APENAS ISTO.....

 

VIU A FIGURA DO ÁRTICO? NENHUMA NOTÍCIA E NOS ANOS 90 DIZIAM QUE POR AGORA NÃO TERIA GELO NO VERÃO....POLITICAGEM MESMO!

 

Nossa, que argumento mais sem nexo.

 

Essas temperaturas são extremamente altas (em vários locais estão mais de 10 graus acima da média) e o cara quer que se ignore isso numa região onde o lugar comum é o "frio" que ele quer destacar. Além do mais tem o risco à vidas humanas como bem falaram, ou não lembra quantas pessoas morreram em 2003?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na Europa, especialmente no Sul do continente, por ter clima mais seco é mais fácil ter ondas de calor brutais do que aqui no Brasil com clima tropical pleno, pois é mais úmido, a chuva é presente no verão em todas as regiões, dificultando ondas de calor mais severas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não vejo nenhum problema em relação a destacar a onda de calor na Europa, pois ela é existente sim e merece ser mencionada. Também é notório esse resfriamento nas partes mais a norte da Europa, mas o frio não é tão significativo quanto o calor extremo que é observado. A Imprensa tem que destacar o que é mais extremo e perigoso a vida das pessoas.

 

ATÉ PORQUE 2 PESSOAS JÁ MORRERAM POR CAUSA DESSA ONDA DE CALOR NA ROMÊNIA.

https://www.rtp.pt/noticias/mundo/onda-calor-poe-europa-em-alerta-e-provoca-a-morte-a-duas-pessoas_n1019230

 

Se não gosta do destaque, apenas ignore. Simples.

 

O fórum não pode só falar e viver de frio, e tapar os olhos pra quando faz calor.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Nossa, que argumento mais sem nexo.

 

Essas temperaturas são extremamente altas (em vários locais estão mais de 10 graus acima da média) e o cara quer que se ignore isso numa região onde o lugar comum é o "frio" que ele quer destacar. Além do mais tem o risco à vidas humanas como bem falaram, ou não lembra quantas pessoas morreram em 2003?

Mas no verão do Mediterrâneo, o frio não é lugar comum.

Muito pelo contrário, o verão lá é normalmente quente (E seco).

 

Algumas médias das máximas no mês mais quente:

Atenas: 33,7°C (Agosto)

Madri: 32,1°C (33,5°C no aeroporto, julho)

Roma: 30,6°C (Agosto)

 

Como se pode ver, Madri e Atenas ganham longe de Porto Alegre.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Voltei de uma viagem de 10 dias pela Croacia/Bosnia/Montenegro no comeco da semana. Temp sempre em torno de 32-34C durante o dia........ mas na ultima noite(terca-feira )estava um "bafo" horroroso.

Parecia vento de secador de cabelo.

Foi ali que estava comecando essa heat wave. Ainda bem que eu estava indo embora.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Não vejo nenhum problema em relação a destacar a onda de calor na Europa, pois ela é existente sim e merece ser mencionada. Também é notório esse resfriamento nas partes mais a norte da Europa, mas o frio não é tão significativo quanto o calor extremo que é observado. A Imprensa tem que destacar o que é mais extremo e perigoso a vida das pessoas.

 

ATÉ PORQUE 2 PESSOAS JÁ MORRERAM POR CAUSA DESSA ONDA DE CALOR NA ROMÊNIA.

https://www.rtp.pt/noticias/mundo/onda-calor-poe-europa-em-alerta-e-provoca-a-morte-a-duas-pessoas_n1019230

 

Se não gosta do destaque, apenas ignore. Simples.

 

O fórum não pode só falar e viver de frio, e tapar os olhos pra quando faz calor.

 

Isso. Para este caso específico, sem dúvidas o grande destaque merece ser a onda de calor. O que a mídia NÃO PODE fazer, é associar isso ao aquecimento global. Este seria o erro.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isso. Para este caso específico, sem dúvidas o grande destaque merece ser a onda de calor. O que a mídia NÃO PODE fazer, é associar isso ao aquecimento global. Este seria o erro.

Isso que o Coutinho quer dizer, o destaque para as ondas de calor quase sempre é com base no aquecimento global e ignorando as variações naturais entre os anos; é sim uma onda de calor forte para a Europa, porém não é completamente culpa do aquecimento global.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Isso. Para este caso específico, sem dúvidas o grande destaque merece ser a onda de calor. O que a mídia NÃO PODE fazer, é associar isso ao aquecimento global. Este seria o erro.

Isso que o Coutinho quer dizer, o destaque para as ondas de calor quase sempre é com base no aquecimento global e ignorando as variações naturais entre os anos; é sim uma onda de calor forte para a Europa, porém não é completamente culpa do aquecimento global.

 

klinsmannrdesouza,

 

concordo com você.

O recorde de máxima da Europa foi registrado em Sevilha em 188x com 50,0ºC a sombra.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Isso. Para este caso específico, sem dúvidas o grande destaque merece ser a onda de calor. O que a mídia NÃO PODE fazer, é associar isso ao aquecimento global. Este seria o erro.

Isso que o Coutinho quer dizer, o destaque para as ondas de calor quase sempre é com base no aquecimento global e ignorando as variações naturais entre os anos; é sim uma onda de calor forte para a Europa, porém não é completamente culpa do aquecimento global.

 

PARABÉNS, O ÚNICO QUE USOU O QUE ESTÁ ENTRE OS OMBROS!

 

klinsmannrdesouza,

 

concordo com você.

O recorde de máxima da Europa foi registrado em Sevilha em 188x com 50,0ºC a sombra.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Isso. Para este caso específico, sem dúvidas o grande destaque merece ser a onda de calor. O que a mídia NÃO PODE fazer, é associar isso ao aquecimento global. Este seria o erro.

Isso que o Coutinho quer dizer, o destaque para as ondas de calor quase sempre é com base no aquecimento global e ignorando as variações naturais entre os anos; é sim uma onda de calor forte para a Europa, porém não é completamente culpa do aquecimento global.

 

PARABÉNS, O ÚNICO QUE USOU O QUE ESTÁ ENTRE OS OMBROS!

 

Ninguém e nem mesmo na reportagem fala que a culpa desta onda de calor é do aquecimento global, apenas foi destacado que está sendo um forte onda de calor, com quebra de alguns recordes.

 

QUEM ESTÁ PRECISANDO USAR MAIS O QUE ESTÁ ENTRE OS OMBROS É VOCÊ SENHOR RONALDO COUTINHO. DIMINUA SUA ARROGÂNCIA UM POUCO!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Coutinho, é porque a onda de calor parece que quebrou recordes em algumas cidades, ao passo que essa onda de frio que você mencionou não deve trazer os mesmos resultados para o frio.

 

ANTES FOSSE APENAS ISTO.....

 

VIU A FIGURA DO ÁRTICO? NENHUMA NOTÍCIA E NOS ANOS 90 DIZIAM QUE POR AGORA NÃO TERIA GELO NO VERÃO....POLITICAGEM MESMO!

 

Corrupção.

 

Calor, caixa alta capa, frio, rodapé minúsculo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Isso que o Coutinho quer dizer, o destaque para as ondas de calor quase sempre é com base no aquecimento global e ignorando as variações naturais entre os anos; é sim uma onda de calor forte para a Europa, porém não é completamente culpa do aquecimento global.

 

PARABÉNS, O ÚNICO QUE USOU O QUE ESTÁ ENTRE OS OMBROS!

 

Ninguém e nem mesmo na reportagem fala que a culpa desta onda de calor é do aquecimento global, apenas foi destacado que está sendo um forte onda de calor, com quebra de alguns recordes.

 

QUEM ESTÁ PRECISANDO USAR MAIS O QUE ESTÁ ENTRE OS OMBROS É VOCÊ SENHOR RONALDO COUTINHO. DIMINUA SUA ARROGÂNCIA UM POUCO!!!

 

Isso não é com base na essência (não precisa desenhar 'aquecimento global'), mas sim na aparência.

 

O Marinho conseguiu ler a crítica do Coutinho, logo...

Share this post


Link to post
Share on other sites

LucasFVenturini,

 

no norte da Itália teve a onda de calor nos primeiros dias de agosto, parece que lá pelo dia 7, 8 algumas cidade do norte italiano teve granizo em várias cidades e no último dia 11 a neve nos Alpes italianos.

O tempo lá ficou bem movimentado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Entrará frio na Europa a partir de 5ª. Ficará agradável no Vale do Pó, no N da Itália, algo como 15° a 25° em Milão. Em Viena não chegará a 20°.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Eu estava vendo o clima de Palermo e lhem só o que encontrei sobre as ondas de frio de 1956 na Itália: http://www.italyheritage.com/magazine/articles/history/1956-snow.htm.

 

O texto cita brevemente o frio de 1955 no Brasil.

 

Marcos, veja o que diz:

 

The winter of 1955 in the Southern Hemisphere

The winter of 1955 was extraordinary freezing in the entire southern hemisphere. In Brazil, it snowed in Curtibe and Porto Alegre.

 

Fato?

Temos esse registro de neve em Porto Alegre, em 1955?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Há relatos na imprensa, mas não registro oficial. Não lembro onde li o relato, mas foi numa postagem feita pela MetSul.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Entrará frio na Europa a partir de 5ª. Ficará agradável no Vale do Pó, no N da Itália, algo como 15° a 25° em Milão. Em Viena não chegará a 20°.

 

Na Alemanha bem fresco.

 

Berlin: 20°C

Frankfurt: 21°C

Hamburgo: 16°C

Munique: 19°C

 

Em Gelsenkirchen estava olhando na TV, todo mundo encasacado com 16°C.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.