Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Sign in to follow this  
Rafael D

Monitoramento e Previsão - Brasil/América do Sul - Julho/2016

Recommended Posts

E a MM continua a todo vapor na capital e leste paulista. Se não limpar, teremos a menor máxima do ano. Agora, 15 para as 11, temos 11,2°C no CGE-Vila Mariana.

Aqui na zona norte, houve uma rápida abertura na camada de stratus e deu pra perceber que há nuvens acima.

Não deu pra ver direito mas pareciam altocumulus.

Share this post


Link to post
Share on other sites
A AAO ESTÁ INDO PARA UM "DESENHO" SEMELHANTE A JUNHO, FIM DE JULHO E AGOSTO PROMETEM ALGO MUITO INTERESSANTE.

 

 

Boa!

 

O CFS já mostra um agosto muito promissor, e ainda Julho frio até o seu final.

 

Como postei há indicativos de mais uma erupção em 196/204h, e outra forte no início de agosto.

 

Os próximos dias prometem.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bem ruim as mínimas hoje em SC. Contei apenas 3 negativas. Aqui em Brusque mínima de 8,5°C no Centro. Nebulosidade parecia concentrada mais a S e L. Sol deu uma aparecida de manhã, entre nuvens, e agora está mais nublado. Temperaturas próximas de 15°C.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Renan,

 

vi sim, em 19 de julho de 1990 marcou 29,2ºC,

 

O mês de julho aí está bem melhor para mínimas do que aqui.

No Noroeste do Rio muitas madrugadas e amanhecer de céu fechado.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Eu acho que o fato da nebulosidade aparecer de preferência no final da tarde tem a ver com a saída do sol e o conseqüente começo da queda nas temperaturas.

Minha impressão é que, durante o dia, com o sol alto, fica mais fácil a dissipação das nuvens.

Mas... é só um chute.

 

Sim. Durante a noite ou mesmo no finalzinho da tarde, começa a perda radiativa, o que faz com que o ar carregado de umidade esfrie e haja condensação, formando nuvens. Já depois que amanhece, a radiação solar começa a incidir sobre as nuvens, aquecendo-as e evaporando-as. Aí, o céu abre.

 

Mas tem outra coisa que eu também noto e que não consigo entender bem. No fim da tarde e a noite os ventos marítimos são quase sempre mais intensos, enquanto no horário mais quente do dia (início/meio da tarde), a tendencia é desses ventos enfraquecerem ou até mesmo passar a ser continental. Isso também ajuda a trazer mais MM à noite e fazer o céu limpar mais de dia.

 

Pelo que eu saiba, de dia o continente aquece mais em relação ao oceano e a pressão atmosférica dá uma leve reduzida, fazendo com que o vento sopre do mar. Já à noite, o continente esfria mais rápido, fazendo o balanço de pressão se inverter e o vento soprar do continente. Mas o que eu observo aqui em São Paulo é o oposto. Com certeza tem algo a mais por trás disso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Até agora o Sol não tem dado as caras aqui.

Temos apenas 12,5 graus na Mooca, após uma mínima de 9,8 graus.

De fato, além das nuvens baixas estamos tendo também nuvens mais altas que realmente parecem ser alto cúmulos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Interessante o comentário do Matheus sobre a MM. Eu fico com uma dúvida semelhante ao do colega.

Já percebi que quando não temos uma MP marítima, acontece de durante o dia os ventos soprarem de NE ou até mesmo NO fazendo com que a URA fique mais baixa. Daí quando de umas 15, 16 horas, os ventos passam a soprar do mar, o que provoca o disparo da unidade, faz a temperatura despencar em pouco tempo e traz a MM. O que provocaria isso?

Só que durante a noite, esses ventos vão enfraquecendo e também mudando lentamente para SE, depois ESE até ficar em ENE. Dependendo das condições, o tempo volta a abrir lá pelas 22 horas mais ou menos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
E a MM continua a todo vapor na capital e leste paulista. Se não limpar, teremos a menor máxima do ano. Agora, 15 para as 11, temos 11,2°C no CGE-Vila Mariana.

 

Na verdade, o conceito de MM (que aprendi com o Marcos) é uma nebulosidade chata que atrapalha as mínimas durante a noite. Tanto que MM significa maldição maldita. Durante o dia, segurando as máximas, deveria ser BB (bênção bendita).

 

Mínima de 4,5°C hoje por aqui, sem geada e com algum vento!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aqui em Apucarana apesar da chuva durante a madrguda consegui outra sub-10 9,9c agora sol com poucas nuvens e 16,7c

Share this post


Link to post
Share on other sites
Eu acho que o fato da nebulosidade aparecer de preferência no final da tarde tem a ver com a saída do sol e o conseqüente começo da queda nas temperaturas.

Minha impressão é que, durante o dia, com o sol alto, fica mais fácil a dissipação das nuvens.

Mas... é só um chute.

 

Sim. Durante a noite ou mesmo no finalzinho da tarde, começa a perda radiativa, o que faz com que o ar carregado de umidade esfrie e haja condensação, formando nuvens. Já depois que amanhece, a radiação solar começa a incidir sobre as nuvens, aquecendo-as e evaporando-as. Aí, o céu abre.

 

Mas tem outra coisa que eu também noto e que não consigo entender bem. No fim da tarde e a noite os ventos marítimos são quase sempre mais intensos, enquanto no horário mais quente do dia (início/meio da tarde), a tendencia é desses ventos enfraquecerem ou até mesmo passar a ser continental. Isso também ajuda a trazer mais MM à noite e fazer o céu limpar mais de dia.

 

Pelo que eu saiba, de dia o continente aquece mais em relação ao oceano e a pressão atmosférica dá uma leve reduzida, fazendo com que o vento sopre do mar. Já à noite, o continente esfria mais rápido, fazendo o balanço de pressão se inverter e o vento soprar do continente. Mas o que eu observo aqui em São Paulo é o oposto. Com certeza tem algo a mais por trás disso.

 

Acredito que seja porque o vento demora pra chegar do mar até aqui. Em Santos é possível começar a sentir o vento do mar por volta do meio-dia, então até ele chegar em SP demora algumas horas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Interessante o comentário do Matheus sobre a MM. Eu fico com uma dúvida semelhante ao do colega.

Já percebi que quando não temos uma MP marítima, acontece de durante o dia os ventos soprarem de NE ou até mesmo NO fazendo com que a URA fique mais baixa. Daí quando de umas 15, 16 horas, os ventos passam a soprar do mar, o que provoca o disparo da unidade, faz a temperatura despencar em pouco tempo e traz a MM. O que provocaria isso?

Só que durante a noite, esses ventos vão enfraquecendo e também mudando lentamente para SE, depois ESE até ficar em ENE. Dependendo das condições, o tempo volta a abrir lá pelas 22 horas mais ou menos.

 

Sim, isto é algo que me intriga desde os tempos de Curita.

Lá tb é super normal ter vento continental de dia, e soprar brisa ou vento marítimo de noite.

Lembro de uma massa de ar polar em julho de 94, que tinha céu super aberto de dia, e nas noites de sábado e domingo, quando a temperatura já estava por volta dos 6 graus, chegou a marvada.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não teremos a menor máxima do ano, pois embora ainda faça 13,6ºC aqui na Vila Mariana, o céu abriu e o sol já aparece.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Norte do Pr agora;

 

21 c em Maringá e 20 c em Londrina 18 em Apucarana 20 em campo mourão 22 em Paranavaí e 20 em Umuarama

Edited by Guest

Share this post


Link to post
Share on other sites
Não teremos a menor máxima do ano, pois embora ainda faça 13,6ºC aqui na Vila Mariana, o céu abriu e o sol já aparece.

 

Curioso... minha namoposa acaba de reportar chuva fraca em Cuaianoses.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Renan,

 

vi sim, em 19 de julho de 1990 marcou 29,2ºC,

 

O mês de julho aí está bem melhor para mínimas do que aqui.

No Noroeste do Rio muitas madrugadas e amanhecer de céu fechado.

 

Só complementando, e em Julho-2001 marcou 29,8ºC.

 

A média das mínimas deste mês até agora está em 11,4ºC na minha estação. Realmente está muito bom e vai melhorar.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Estou me sentindo bem satisfeito com este inverno na minha região....que dirá o pessoal de SP e do Sul, que estão em verdadeiro êxtase climático. Merecíamos isso após tantas humilhações sofridas com o calor.

 

Para mim está sendo o melhor desde 2004, mas é claro que para os paulistas, pessoal do sul de MG e região Sul no geral, deve ser o melhor desde 1996.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Estou me sentindo bem satisfeito com este inverno na minha região....que dirá o pessoal de SP e do Sul, que estão em verdadeiro êxtase climático. Merecíamos isso após tantas humilhações sofridas com o calor.

 

Para mim está sendo o melhor desde 2004, mas é claro que para os paulistas, pessoal do sul de MG e região Sul no geral, deve ser o melhor desde 1996.

 

O melhor foi 2000.... depois e 1994 pelo menos no Paraná.... em Maringá em julho de 2000 foram 6 geadas fortes e mais umas 6 fracas/moderadas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Estou me sentindo bem satisfeito com este inverno na minha região....que dirá o pessoal de SP e do Sul, que estão em verdadeiro êxtase climático. Merecíamos isso após tantas humilhações sofridas com o calor.

 

Para mim está sendo o melhor desde 2004, mas é claro que para os paulistas, pessoal do sul de MG e região Sul no geral, deve ser o melhor desde 1996.

 

O melhor foi 2000.... depois e 1994 pelo menos no Paraná.... em Maringá em julho de 2000 foram 6 geadas fortes.

 

Pelo menos para Curita, a coisa fica assim:

- 2000: 2 semanas de porrada em julho, maio/ago/set levemente abaixo da média

- 1996: constantemente abaixo da média de maio a setembro, só faltaram os extremos de frio

- 1994: 1 porrete no final de junho e outro em meados de julho, mas no geral ficou abaixo de 94 e 2000

Share this post


Link to post
Share on other sites

Foi só o Sol aparecer aqui no ipiranga e as 13hrs tinha 12c no termometro, em uma hora foi a 16c.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Estou me sentindo bem satisfeito com este inverno na minha região....que dirá o pessoal de SP e do Sul, que estão em verdadeiro êxtase climático. Merecíamos isso após tantas humilhações sofridas com o calor.

 

Para mim está sendo o melhor desde 2004, mas é claro que para os paulistas, pessoal do sul de MG e região Sul no geral, deve ser o melhor desde 1996.

 

O melhor foi 2000.... depois e 1994 pelo menos no Paraná.... em Maringá em julho de 2000 foram 6 geadas fortes.

 

Pelo menos para Curita, a coisa fica assim:

- 2000: 2 semanas de porrada em julho, maio/ago/set levemente abaixo da média

- 1996: constantemente abaixo da média de maio a setembro, só faltaram os extremos de frio

- 1994: 1 porrete no final de junho e outro em meados de julho, mas no geral ficou abaixo de 94 e 2000

 

Embora não tenha havido nenhum extremo significativo, o inverno de 2004 também foi bastante bom, com frio constante desde maio até o final de agosto.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Exatamente, pessoal ! Para a zona da mata mineira fica assim:

 

1) 1996

2) 1994

3) 2000

4) 2004 e 2016 - EMPATADOS-

 

Bom, isso é pelo menos até o momento ! Mas Julho deve fechar na média ou até abaixo da média aqui, e a julgar pelas projeções, podemos ter um Agosto dos sonhos por aqui, quem sabe com a tão esperada bomba.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Aldo convencional aqui foi a -4°C hoje automática -2,6°C 1M de distancia !

Pois é... o mistério de Maria da Fé... :laugh:

 

O engraçado é que a diferença nas máximas também pode ser grande.

Me lembro de quando pesquisei os dados das ondas de calor de 2014 e 2015 no BDMEP e comparei com a automática.

Deu até mais de 2°C de diferença, a convencional sempre mais alta.

 

E na convencional, máximas e mínimas são lidas em termômetros diferentes.

 

O recorde de -8,4°C é da convencional.

Não existia a automática naquela época.

 

Uma sugestão: manda um e-mail para o 5° DISME questionando essas diferenças.

Vamos ver o que eles respondem...

 

 

Responderam rapido e olha a resposta kkk

 

Caro Willian,

 

Boa pergunta, porem um meteorologista como é o caso do Dr. Lizandro

poderia melhor avaliar as variáveis que podem estar diferenciando estas

leituras. A causa pode uma delas ou algumas delas.

São elas:

1 - precisão dos sensores dos dois tipos de estações

2- erro instrumental de um dos sensores

3- erro de leitura na convencional, o que duvido muito

4 - diferença de altura dos sensores e tipo de venezianas utilizadas nos

dois tipos de abrigos termométricos. Esclarecendo, o sensor de uma estação

automática se encontra a 1,95 metros da relva e o bulbo do termômetro de

mínima esta a 1,75 da relva, o que justificaria um valor mais baixo.

Sou penas uma pessoa que conhece um pouco sobre estações e deixo a

avaliação final para o meteorologista.

Atenciosamente e sempre ao seu dispor,

 

SILVIO DIAS DE ALKMIM

Chefe da SEOMA/5ºDISME

Share this post


Link to post
Share on other sites

Problema dos invernos de 2000 e 2013 é que demoraram a pegar no tranco.

 

Até meados de julho ambos os invernos estavam bem xoxos.

 

Já esse 2016 está com um perfil que lembra mais 2007 e 1996. Na real não lembro exatamente como foi os invernos de 96 e 94 pois era criança, mas que ficou na memória era o frio constante e geadas no centro de Blumenau.

 

A diferença que 94 e 96 não tivemos neve, e sim nevascas nas serras! Quem não se lembra da foto do Jeep cheio da neve de 96? Se esse ano produzir um evento semelhante vai ser top d+.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Estamos nos aproximando de agosto que ultimamente vem sendo uma relação de amor ou ódio.

 

Como as perspectivas são boas, vale lembrar agosto de 2013 na serra gaúcha e 2010 na serra catarinense como referências recentes positivas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Estamos nos aproximando de agosto que ultimamente vem sendo uma relação de amor ou ódio.

 

Como as perspectivas são boas, vale lembrar agosto de 2013 na serra gaúcha e 2010 na serra catarinense como referências recentes positivas.

 

Em São Paulo agosto e setembro têm sido muito mais ódio do que amor. O último agosto decente aqui foi em 2003.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Madrugada bem nublada com mínima de 8,0C em casa e 10,2 no centro. Agora de tarde a nebulosidade se manteve, máxima de 16,9C na área central e 17,2 aqui

 

ECMWF 12Z continua com uma MP interessante com um ciclone bem forte na costa do RS, isso para o dia 27. Vamos acompanhando

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os extremos de hoje já estão fechados:

 

Máxima: 17,1ºC

Mínima: 07,8ºC

 

SIMPLESMENTE PERFEITO....DE TIRAR O CHAPÉU! :hi:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Estranho essa diferença entre a estação Convencional e a Automática de Maria da Fé. Por exemplo, a diferença entre a estação convencional e automática de Franca, SP fica assim:

 

Mínimas absolutas:

 

Estação Convencional

11,3 19/07

7,3 18/07

9,3 17/07

 

Estação Automática

11,1 19/07

7,5 18/07

9,2 17/07

 

Existe a variação, porém ela é mínima coisa de 0,1°C ou 0,2°C. Nas estações de Maria Da Fé chega a 1,4°C de diferença uma da outra.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Estranho essa diferença entre a estação Convencional e a Automática de Maria da Fé. Por exemplo, a diferença entre a estação convencional e automática de Franca, SP fica assim:

 

Mínimas absolutas:

 

Estação Convencional

11,3 19/07

7,3 18/07

9,3 17/07

 

Estação Automática

11,1 19/07

7,5 18/07

9,2 17/07

 

Existe a variação, porém ela é mínima coisa de 0,1°C ou 0,2°C. Nas estações de Maria Da Fé chega a 1,4°C de diferença uma da outra.

 

 

Acho que ontem chegou a 2,x de diferença , vamos ver o que o meteorologista responde

 

 

Fim de tarde com tempo mudando aqui , pelo gfs e euro amanha teríamos alguma garoa

 

 

WP_20160719_16_46_35_Pro_LI.thumb.jpg.42a32cf04719f6f3e805733576c0688f.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

William,

 

Onde fica aquela casa com a geada na frente, onde a diarista deu a entrevista?

 

já visitei a estação convencional de Itaperuna várias vezes da década de 90 até mais ou menos o ano de 2006, na maioria das vezes chegava antes do observador(ela) meteorológico, entrava na área da estação junto e ia acompanhar a leitura da manhã.

O termômetro de mínima ficava posicionado igual na foto que você tem divulgado das mínimas da convencional de Maria da Fé, mas com uma grande diferença, o termômetro de mínima lá em Itaperuna não fica de jeito nenhum há 1,75 do solo ou relva.Chuto que fica a 1,50m.

 

Quanto a altura do sensor das estações automáticas não tenho opinião, mas 1,95 acima do solo ache muito alto.

Share this post


Link to post
Share on other sites
William,

 

Onde fica aquela casa com a geada na frente, onde a diarista deu a entrevista?

 

já visitei a estação convencional de Itaperuna várias vezes da década de 90 até mais ou menos o ano de 2006, na maioria das vezes chegava antes do observador(ela) meteorológico, entrava na área da estação junto e ia acompanhar a leitura da manhã.

O termômetro de mínima ficava posicionado igual na foto que você tem divulgado das mínimas da convencional de Maria da Fé, mas com uma grande diferença, o termômetro de mínima lá em Itaperuna não fica de jeito nenhum há 1,75 do solo ou relva.Chuto que fica a 1,50m.

 

Quanto a altura do sensor das estações automáticas não tenho opinião, mas 1,95 acima do solo ache muito alto.

 

 

Fica a uns 300m daqui de casa , tava tudo congelado , eles chegaram aqui as 6h e começou um vento forte nao sei de onde pode ate conferir na estação , o vento derreteu a geada em minutos , tivemos que ir onde estava protegido e foi la que achamos kkk

 

5a4e89d9b018c_FreshPaint-2016_07_19-05_11_19.jpg.65b50051e148dc9ca5d56affe295b724.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu acredito que a Convencional de MDF seja mais honesta que a Estação Automática nas mínimas absolutas. A comparação:

 

Bairro Reserva

 

-6,3 14/06

-3,7°C 08/07

-6,2°C 18/07

 

Sitio da Lage

 

-4,5 14/06

-3,2 08/07

-4,6 18/07

 

Estação Automática

 

-2,1 14/06

-1,1°C 08/07

-2,6°C 18/07

 

Estação Convencional

 

-3,7°C 14/06

-2,5°C 08/07

-4,0°C 18/07

 

 

Veja que a Estação Convencional se aproxima MUITO da Estação do Sitio da Lage e diminuí a diferença para a Estação do Bairro Reserva.

Edited by Guest

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu estive no local tanto da estação do William quanto na estação convencional do INMET, no William as mínimas são ligeiramente menores devido ao relevo do tipo encosta no INMET, enquanto no William é baixada. Porém, engana-se quem pensa que a baixada do Sítio da Lage é muito pronunciada, lá dentro da cidade há algumas ainda melhores, incluindo o campinho de futebol.

 

Maria da Fé é um gelo de manhã e à noite, sendo agradável à tarde.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Renan que bom alguém que conheceu falando , o que mais escuto aqui é " A sua estação nao representa a cidade " sendo 90% da cidade esta em baixada ....

 

Lucas boa constatação também percebi isso !

Share this post


Link to post
Share on other sites

Segundo a MetSul, amanhã grande parte do RS deve amanhecer com mínimas perto de zero ou negativas. A diminuição da nebulosidade seria o fator que traria maior resfriamento para esta madrugada.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Segundo a MetSul, amanhã grande parte do RS deve amanhecer com mínimas perto de zero ou negativas. A diminuição da nebulosidade seria o fator que traria maior resfriamento para esta madrugada.

 

 

Aqui o contrario as mínimas devem ser acima de 0C , europeu e Gfs dao chuva amanha e quinta , voltando a limpar na sexta , vamos ver qualquer chuvinha e bem vinda !

Share this post


Link to post
Share on other sites
Relva hoje

 

 

[attachment=0]WP_20160719_16_00_01_Pro_LI.jpg[/attachment]

 

 

Putz! Aí com -6°C e eu todo feliz que tive +6°C de relva :laugh: :rofl:

 

7zVJLsM.jpg

 

 

Variação ficou em 8,0°C a 18,0°C, a temperatura só passou dos 15°C depois de 1h da tarde.

Dia bem frio hoje...

 

Nebulosidade menos espessa, e 16,9°C e 75%

Share this post


Link to post
Share on other sites

...........

...........NEVE entre noite do dia 27 e a madrugada de 28 de julho na serra catarinense, pontos mais altos... nenhum modelo coloca, por enquanto é só um "palpite" baseado num 'feeling' da configuração atmosférica.

Bora acompanhar as rodadas e evolução.

Vai dar alvoroço... anotem aí!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
...........

...........NEVE entre noite do dia 27 e a madrugada de 28 de julho na serra catarinense, pontos mais altos... nenhum modelo coloca, por enquanto é só um "palpite" baseado num 'feeling' da configuração atmosférica.

Bora acompanhar as rodadas e evolução.

Vai dar alvoroço... anotem aí!!!

 

Quando um especialista fala dessa forma minha empolgação vai a mil, hehehe ! E o Caio também já cantou a pedra, Ronaldo idem.

 

Podemos ter bomba polar no final de Julho, a exemplo do que aconteceu em Julho de 2007?

Share this post


Link to post
Share on other sites
...........

...........NEVE entre noite do dia 27 e a madrugada de 28 de julho na serra catarinense, pontos mais altos... nenhum modelo coloca, por enquanto é só um "palpite" baseado num 'feeling' da configuração atmosférica.

Bora acompanhar as rodadas e evolução.

Vai dar alvoroço... anotem aí!!!

 

 

Rodada do Mbar no final da grade é uma baita neve nos pontos mais altos da serra, mas ainda muito distante pra falar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Segundo a MetSul, amanhã grande parte do RS deve amanhecer com mínimas perto de zero ou negativas. A diminuição da nebulosidade seria o fator que traria maior resfriamento para esta madrugada.

Deus te ouça. POA agora com céu totalmente limpo!!! Tenho bons 9,7° com 76%. Mas há uma brisa de SE, bem fraca, a 1,9 km/h.

 

Interessante que hoje a máxima foi menor do que ontem. Aqui tive 13,8°. Só não sei como o INMET bateu incríveis 14,9°. Mais quente mesmo que Campo Bom e empatou com Torres. Que estação ruim de frio, pelamor...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Noite começando com céu nublado por aqui. Agora estamos com 13,6 graus na Mooca. Devido à abertura de sol durante a tarde, a temperatura chegou aos 17,5 graus.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Já esse 2016 está com um perfil que lembra mais 2007 e 1996. Na real não lembro exatamente como foi os invernos de 96 e 94 pois era criança, mas que ficou na memória era o frio constante e geadas no centro de Blumenau.

Aqui tenho a mesma lembrança. Mas me recordo que antes do frio porrada de junho de 1994 foi bem quente, ao menos aqui. Máximas, chuto uns 25° ou mais. Lembro quando começou a Copa do Mundo daquele ano (se não me engano em 20 ou 21 de junho) e era calor. Depois veio uma baita mp, vi neve em Caxias do Sul e deu -7° em Poços de Caldas.

 

Já 1996 teve um maio frio e um junho muito frio, que só foi batido na média por este de 2016.

 

Agora 9,6°.

Share this post


Link to post
Share on other sites
...........

...........NEVE entre noite do dia 27 e a madrugada de 28 de julho na serra catarinense, pontos mais altos... nenhum modelo coloca, por enquanto é só um "palpite" baseado num 'feeling' da configuração atmosférica.

Bora acompanhar as rodadas e evolução.

Vai dar alvoroço... anotem aí!!!

 

BEM COMENTEI HOJE COM UM AMIGO PELO FONE.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.