Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Sign in to follow this  
Rodolfo Alves

Monitoramento e Previsão - Demais Continentes - 2016

Recommended Posts

Minha nossa senhora ! Jamais conseguiria viver em um lugar assim...

 

Alguém sabe explicar por que faz tanto calor na Índia durante o verão ? Será por causa de efeito Fohn do Himalaia ?

 

 

EFEITO DA MONTANHA E CONTINENTALIDADE.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Minha nossa senhora ! Jamais conseguiria viver em um lugar assim...

 

Alguém sabe explicar por que faz tanto calor na Índia durante o verão ? Será por causa de efeito Fohn do Himalaia ?

Na verdade, as temperaturas mais altas na maior parte da Índia e Paquistão são registradas na primavera, maio e junho principalmente.

 

Normalmente, no final de junho ou começo de julho se iniciam as chuvas da monção.

Aí, continua quente mas sem esses picos absurdos de calor.

 

É mais ou menos parecido com boa parte do Brasil central, onde as maiores temperaturas ocorrem geralmente em setembro/outubro, antes de começarem as chuvas do verão.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Entendi, Aldo e Coutinho. Obrigado! :ok:

 

A verdade é que o Himalaia "atrapalha" o clima das terras baixas da Índia e do Paquistão. Não fossem essas montanhas de quase 9000m de altitude , o ar polar siberiano conseguiria chegar com força sobre esse território. Também não se formaria esse caldeirão fervente na primavera, nem teria as fortes chuvas da monção.

Share this post


Link to post
Share on other sites

No caso da Índia, realmente faz bem mais calor que frio, se comparado a nós.

 

Nova Déli tem média máxima de 39, 35, 34 em alguns meses do ano. E média mínima 25, 26, 27. Totalmente absurdo! Isto no Paralelo 28. E não há uma compensação de frio. O único valor razoável é a média das mínimas de Dezembro e Janeiro: 8,3°C e 7,6°C, respectivamente. A mínima absoluta é de -3°C e jamais baixou de 20°C em Julho.

 

Interessante é o predomínio do ar seco que não permite qualquer chuva convectiva. Seria como se eles tivessem uma onda de calor como a de 2014, com muito mais calor como "uma normalidade".

Share this post


Link to post
Share on other sites
No caso da Índia, realmente faz bem mais calor que frio, se comparado a nós.

 

Nova Déli tem média máxima de 39, 35, 34 em alguns meses do ano. E média mínima 25, 26, 27. Totalmente absurdo! Isto no Paralelo 28. E não há uma compensação de frio. O único valor razoável é a média das mínimas de Dezembro e Janeiro: 8,3°C e 7,6°C, respectivamente. A mínima absoluta é de -3°C e jamais baixou de 20°C em Julho.

 

Interessante é o predomínio do ar seco que não permite qualquer chuva convectiva. Seria como se eles tivessem uma onda de calor como a de 2014, com muito mais calor como "uma normalidade".

 

Pra min nem se a media no inverno fosse -10 compensaria o calor do verao mas eu achei as minimas do inverno muito boas pra latitude a altitude, é mais fria que Porto Alegre.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tenho uma curiosidade:

Com que frequência ocorrem precipitações invernais na Nova Zelândia, e se neva em todo o país ou só em alguns lugares?

Pergunto isso porque a Nova Zelândia está entre os paralelos 30 e 45 graus sul, ou seja, lá deve ter um inverno rigoroso.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Tenho uma curiosidade:

Com que frequência ocorrem precipitações invernais na Nova Zelândia, e se neva em todo o país ou só em alguns lugares?

Pergunto isso porque a Nova Zelândia está entre os paralelos 30 e 45 graus sul, ou seja, lá deve ter um inverno rigoroso.

 

No geral a NZ tem estação mais úmida no inverno.

Com exceção do interior, que pega a sombra de chuva das serras costeiras de oeste. Aí no interiorzão o clima no geral já tende pro semiárido, com menos precipitação no inverno.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Enquanto isso, na Austrália, uma massa polar atinge quase todo o país.

É impressionante como as altas polares avançam com facilidade por lá, na maioria das vezes, o frio se espalha sem nenhuma barreira.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ar polar atravessando a Austrália essa semana, duas mortes confirmadas pelos ventos fortes que chegaram a 110km/h em Melbourne.

 

A cota de neve baixou aos 200 m no sul do país e as montanhas receberam grandes acumulados. Também nevou na Tasmânia onde a cota chegou ao nível do mar. Nevou na região metropolitana de Melbourne e nos morros mais altos da capital Canberra onde chegou a acumular.

 

The big freeze: temperatures plummet across Australia

http://www.smh.com.au/environment/weather/the-big-freeze-temperatures-plummet-across-australia-20160712-gq4gyx.html

 

Wild, Deadly Weather Follows 'Antarctic Blast' Across Southern Australia

https://weather.com/news/weather/news/parts-of-australia-hit-with-antarctic-blast

 

Canberra

CnMVWNsUMAAauW8.jpg

 

Estação de ski do Mt. Hotham

1468380860817.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Centro de 1034 hpa ao sudeste da Austrália, dominando o país inteirinho. O que acham ?

 

NNn2JER.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

MARAVILHOSO esse frio na Austrália! O mais interessante, é que o Europeu prevê outro ar frio forte para aquele país dia 24/07 ou 25/07. Seria mais ou menos a data chave provável para uma próxima erupção aqui.

O frio entra com muita facilidade na Austrália e Nova Zelândia também! Esta última, tem o Sul da ilha como seu ponto mais gelado.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Linha de 5520m de espessura quase na latitude 19°S, o que a ausência de barreiras geográficas não faz, né?!

 

Tudo graças ao relevo reltivamente plano da Austrália, onde as montanhas existem tão somente no Sul/Sudeste daquele país, isso facilita com que as massas de ar frio chegem lá sem perder força, daí gelam todo o país.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Linha de 5520m de espessura quase na latitude 19°S, o que a ausência de barreiras geográficas não faz, né?!

 

Tudo graças ao relevo reltivamente plano da Austrália, onde as montanhas existem tão somente no Sul/Sudeste daquele país, isso facilita com que as massas de ar frio chegem lá sem perder força, daí gelam todo o país.

 

Sim, numa imensidão de 7 mi de km2 o maior monte não chega nem a 2300m.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Linha de 5520m de espessura quase na latitude 19°S, o que a ausência de barreiras geográficas não faz, né?!

 

Tudo graças ao relevo reltivamente plano da Austrália, onde as montanhas existem tão somente no Sul/Sudeste daquele país, isso facilita com que as massas de ar frio chegem lá sem perder força, daí gelam todo o país.

 

Sim, numa imensidão de 7 mi de km2 o maior monte não chega nem a 2300m.

 

A grande extensão territorial da Austrália, aliado ao fato de ter poucas áreas de altas altitudes, faz com que as massas polares avancem sem barreiras, provocando frio intenso em quase todo o país. Percebo que é normal lá a linha de 10 graus em 850 hpa chegar no norte australiano, em latitudes comparadas com o sul do estado do Mato Grosso e norte de Minas Gerais. Se não houvessem as grandes serras do sul/sudeste do nosso país, apenas a Cordilheira dos Andes, nossos invernos seriam mais frios. visto que não haveriam barreiras frente ao avanço das massas polares ( elas avançam sim, mais o relevo mais alto acaba por desgastá-las parcialmente).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Além dos EUA, tornados afetaram também áreas da região Metropolitana de Manila neste mês de Agosto e cidades do Leste Europeu.

Houve o registro de alguns feridos.

 

Manila

[bbvideo=560,315]https://www.youtube.com/watch?v=YLgDftPrJRY[/bbvideo]

 

[bbvideo=560,315]https://www.youtube.com/watch?v=lqQElVUuIVU[/bbvideo]

 

[bbvideo=560,315]

[/bbvideo]

 

Rússia

[bbvideo=560,315]https://www.youtube.com/watch?v=Q2ybZkO4DR0[/bbvideo]

 

[bbvideo=560,315]

[/bbvideo]

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acompanhando um modelo de previsão, o GFS/Avn, tenho visto como o frio na Europa Oriental e na Rússia tem sido constante.

 

Fui conferir e está lá: Budapeste, na Hungria, teve média de 4° em novembro no aeroporto; Moscou teve máxima absoluta de +2° no mesmo mês no principal aeroporto da cidade!

 

O inverno se antecipou por lá.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.