Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Sign in to follow this  
Rodolfo Alves

Furacões no Atlântico Norte e Pacífico Leste/Central - 2016

Recommended Posts

Também não me ocorre um termo em português para landfall.

 

O interessante é que, no tempo das grandes navegações e ainda hoje, o termo em inglês para o nosso "terra à vista" ou para o espanhol "tierra a la vista" é exatamente "landfall".

 

Bom, não conheço muito bem inglês, me dou melhor com alemão, mas tanto inglês como alemão, land é terra e fall vem de fallen, cair....Portanto "cair na terra"?

Seria algo como desembarcar?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Também não me ocorre um termo em português para landfall.

 

O interessante é que, no tempo das grandes navegações e ainda hoje, o termo em inglês para o nosso "terra à vista" ou para o espanhol "tierra a la vista" é exatamente "landfall".

 

Bom, não conheço muito bem inglês, me dou melhor com alemão, mas tanto inglês como alemão, land é terra e fall vem de fallen, cair....Portanto "cair na terra"?

Seria algo como desembarcar?

 

Landfall é quando um Furacão chega ao continente...

 

Logo o termo mais "aportuguesado" seria "tocar em terra". Afinal se ele está "caindo" em terra como seria a tradução crua, ele está (ou vai) tocando (tocar) na mesma.

Share this post


Link to post
Share on other sites

EARL MAKES LANDFALL!

"The center of Earl made landfall just southwest of Belize City,

Belize near 0600 UTC. The last reports from an Air Force Reserve

Hurricane Hunter aircraft included a 700-mb flight-level wind of 85

kt, SFMR and dropsonde winds near 65 kt, and a minimum central

pressure near 979 mb. Based on these data, the landfall intensity

is estimated to have been 70 kt. The initial intensity for this

advisory is reduced to 65 kt as Earl is now weakening over land."

 

6g5PPRW.gif

wezRmQl.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

MORRE EARL, NASCE JAVIER...

 

Após fazer landfall em Belize, e posteriormente no México, Earl se decipou. Porém seus restos, atravessaram o continente, e sobre o Pacífico Leste se reorganizaram novamente, e formaram a Tempestade Tropical Javier. Primeiro caso de 2016, que um ciclone tropical do Atlântico, organiza outro no Pacífico Leste.

 

Javier irá fazer landfall nesta terça sobre a Baixa Califórnia, com força de fraca tempestade tropical.

 

MjWpJCL.png

F2ncJ2F.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já aconteceu/é possível um furacão muito forte atravessar a América Central sem perder a força e passar a atuar no Pacífico?

Ele receberia outro nome?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Já aconteceu/é possível um furacão muito forte atravessar a América Central sem perder a força e passar a atuar no Pacífico?

Ele receberia outro nome?

 

É Comum até Furacões que se formam no Atlântico, atravessarem para o Pacífico Leste, e vice-e-versa. Geralmente acontece 1x a cada ano ou dois.

 

Sempre que isso ocorre, ele recebe outro nome. A exceção vai para Furacões que atravessam do Pacífico Leste para o Central e Oeste.

Share this post


Link to post
Share on other sites

HWRF, o modelo que o NHC utiliza pra seus boletins mostra o Invest 99L que está agora próximo das pequenas Antilhas, se transformando em furacão, contornando as Bahamas e podendo atingir o sul da Flórida, região mais populosa do estado. Como Hermine pode se formar antes, caso se concretize essa previsão, a tempestade se chamará Ian.

u8EtusI.png

1tr1KFd.png

bVJ9L29.png

:shock:

QrLEaDy.png

ECMWF

zUSozmw.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Modelo Europeu também está bastante agressivo, e há 3 rodadas consecutivas, mostra um Furacão de Categoria 3 ou 4 fazendo landfall em algum ponto da Florida na próxima semana...

 

Pelo visto, o bichinho promete pra semana que vem....

 

 

x413o3L.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
Modelo Europeu também está bastante agressivo, e há 3 rodadas consecutivas, mostra um Furacão de Categoria 3 ou 4 fazendo landfall em algum ponto da Florida na próxima semana...

 

Pelo visto, o bichinho promete pra semana que vem....

 

 

x413o3Ll.png

Esse ponto da costa do golfo é bem pantanoso e ainda por cima algumas regiões estão inundadas e encharcadas.

Se confirmar essa previsão o resultado seria catastrófico.

 

Errata: A tempestade se chamaria Hermine e não Ian como eu havia dito. A TT Gaston já havia sido nomeada, ela que aparece no meio do atlântico nos modelos. Não tinha reparado isso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

06Z do Europeu pega agora INVEST 99L pegando em cheio a região de Miami:

0Fe4nZX.png

GUYlN0b.png

 

Canadense não dá muito desenvolvimento dele no atlântico, mas a baixa se aprofundaria no Golfo do México e poderia afetar Nova Orleãs no dia 30

Nx5JTHi.png

 

GFS pega INVEST 99L sem muito desenvolvimento nas Bahamas e no Golfo, porém começa a desenhar uma nova tempestade afetando as Bahamas por volta do dia 9 de setembro.

Vgli8cR.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Atlântico e Pacífico Leste seguem bastante movimentados...

 

ATLÂNTICO:

 

INVEST 99-L segue seu caminho pelo Caribe. Neste momento, está passando sobre as Ilhas Bahamas, e segue em direção ao sul da Flórida, e posteriormente ao Golfo do México.

 

No momento, o distúrbio está extremamente mal-organizado e com poucas trovoadas em torno do seu centro. Há uma expectativa, que o distúrbio encontre um ambiente mais favorável para desenvolvimento no Golfo do México, aonde o shear será menor, e as águas estão bastante quentes. Apesar disso, as chances seguem caindo gradualmente, e os modelos não dão muito crédito para o desenvolvimento. O NHC rebaixou para 60% as chances de desenvolvimento.

 

UoBkMaa.gif

 

Agora a tarde, o modelo Europeu veio com uma solução bastante agressiva, e indicou que o distúrbio evolua rapidamente em um Furacão de no mínimo Categoria 3 sobre o Golfo fazendo landfall no norte da Flórida para o final da próxima semana.

 

KXkxKYw.png

 

Projeção do YR baseada no modelo Europeu para Pensacola/FL indicava 350mm em apenas 48h, e ventos sustentados em superfície de 35m/s (130km/h).

 

MTXBT4B.png

 

Enquanto isso no resto do Atlântico, temos Gaston, Furacão que avança sobre águas abertas e não representa ameaça. Um nova onda tropical que irá partir no Atlântico na terça-feira, e já representa potencial para desenvolvimento. E já não basta tudo isso, temos mais um distúrbio próximo as Bermudas (INVEST 91-L).

 

jRlLDYU.png

 

Este distúrbio (91-L) irá avançar lentamente para oeste nos próximos dias, se aproximando da costa leste americana, até ser absorvido por um sistema frontal. Existe uma pequena chance (30%) para desenvolvimento deste distúrbio.

 

qDxFugP.png

 

PACÍFICO LESTE:

 

Dois sistemas estão ativos. Lester que é um furacão e Madeline que é uma tempestade tropical.

 

q3Qi7Dh.png

 

O primeiro seguirá nos próximos dias como furacão em mar aberto.

 

O segundo deverá evoluir em furacão, porém perderá força gradualmente em meados da semana que vem. Existe a possibilidade de Madeline atingir a Ilhas Havaí.

 

aY6xSj3.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

[highlight=yellow]ATUALIZAÇÃO DOMINGO: TRÓPICOS SEGUEM A TODO VAPOR![/highlight]

 

ATLÂNTICO:

 

- INVEST 91-L ganhou força nesta manhã, e formou uma área de baixa pressão definida. Com isso, NHC classificou o distúrbio em Depressão Tropical 08.

 

- INVEST 99-L segue bastante desorganizado sobre o norte de Cuba. NHC aumentou para 60% de chances do distúrbio se desenvolver.

 

- Furacão Gaston ganhou força e agora tem ventos de 165km/h (Cat 2). Segue em alto-mar.

 

- Onda Tropical que atualmente está sobre a África, irá chegar no Atlântico nas próximas 48 horas. GFS e ECMWF indicam potencial evolução para Furacão a médio-longo prazo. NHC dá 60% de chances de desenvolvimento nos próximos 5 dias.

 

IbQNYcT.png

 

INVEST 99-L:

 

Segue uma grande divergênia entre os modelos, quanto a evolução deste distúrbio ao entrar no Golfo do México. GFS segue indicando nenhum tipo de desenvolvimento significativo. Já o Europeu e o HWRF (dois modelos com melhor performance em 2015) estão convergindo claramente para um Furacão de Categoria 2 ou 3 antes de atingir a Flórida no meio da semana.

 

CDsh6Oj.png

ApiRRls.png

 

 

DEPRESSÃO TROPICAL 08:

 

A até então inofensiva área de baixa pressão a oeste de Bermudas, ganhou muita força neste domingo, desenvolvendo um profundo e consistente ramo de convecção em torno do seu centro. Uma boia do NOAA, próxima da circulaçao registrou valores de pressão de 7 a 8hpas abaixo da média na região. Estes critérios levaram a classificar INVEST 91-L em Depressão Tropical.

 

agpa4Nm.gif

 

Nos próximos dias, 08 que deverá ser elevada a Tempestade Tropical, irá migrar gradualmente em direção a costa leste dos EUA, porém antes de se aproximar, ou durante a aproximação, será absorvida por um sistema frontal. Não há expectativa para grande fortalecimento antes desse absorvimento. Ainda sim, o NHC orienta os moradores da região a monitorarem o progresso deste sistema. Tropical Storm Watches deverão ser emitidos mais tarde.

 

iQxeriE.gif

 

PACÍFICO LESTE/CENTRAL:

 

- Tempestade Tropical Madeline agora está no Pacífico Central. Deverá virar furacão neste começo de semana.

 

- Furacão Lester segue firme e forte. Não é esperado enfraquecimento ou fortalecimento significativo.

 

- 3 Distúrbios são observados nas bacias, porém ambos não tem chance significativa de desenvolvimento.

 

EOqUewU.png

 

Madeline e Lester, são por enquanto, duas ameaças as Ilhas Havaí nos próximos 5-10 dias.

 

tXA2Fuw.gif

dYfSmKT.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

NHC classificou o INVEST 99L como Depressão Tropical 09, segue o GFS e o ECMWF e prevê ele evoluindo para uma tempestade tropical amanhã podendo afetar a Flórida apenas como uma Tempestade Tropical na quinta-feira. CMC e HWRF traçam uma trajetória parecida mas o desenvolvem com mais intensidade.

Higl149.gif

qnxTM79.gif

 

Sistema tem pressão mínima de 1009mb e causa trovoadas no estreito da Flórida e em Cuba.

HYweJa6.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites
NHC classificou o INVEST 99L como Depressão Tropical 09, segue o GFS e o ECMWF e prevê ele evoluindo para uma tempestade tropical amanhã podendo afetar a Flórida apenas como uma Tempestade Tropical na quinta-feira. CMC e HWRF traçam uma trajetória parecida mas o desenvolvem com mais intensidade.

 

HWRF bota muito mais intensidade... Coloca um sistema com 960hpas de pressão apenas sobre a costa da Flórida...

 

HMCxGje.png

 

Com o recuo do ECMWF, a solução do HWRF projetando um furacão intenso é praticamente um outlier. No conjunto de modelos de computador, Depressão 09 viria a ser somente uma tempestade tropical, ou no máximo um furacão mínimo, assim como sugerem agora GFS e ECMWF.

 

ZgQpQpb.png

 

Apesar de desorganizado nas imagens de satelite, o voo de reconhecimento feito esta tarde foi fundamental para detectar a formação da depressão tropical, pois o centro da circulação fechada estava encoberto sobre trovoadas, aonde foram encontrados 30kt de vento com 1009hpas de pressão, conforme a imagem abaixo.

 

Aj220x7.png

ErJ1iPp.png

 

 

DEPRESSÃO TROPICAL 08:

 

Depois da grande explosão de convecção vista hoje de manhã, que deu origem a formação da depressão tropical. Agora tarde, nota-se um significativo enfraquecimento do sistema, com a entrada de shear e ar seco no centro da circulação, vindo a leste do sistema, deixando assim a baixa com centro exposto, como é muito comum de ser ver nos sistemas subtropicais que se formam na costa do Brasil.

 

Apesar disto, a baixa segue classificada pelo NHC como Depressão Tropical, e tende a se organizar em Tempestade Tropical fraca nesta segunda-feira, antes de se aproximar da costa da Carolina do Norte.

 

yGYTPLF.gif

 

 

GASTON AGORA É "MAJOR HURRICANE"

 

Enquanto isso no meio do Atlântico, Gaston segue ganhando força, e agora é um Grande Furacão ( o primeiro de 2016 na bacia), com ventos de 185km/h (Cat. 3).

 

suvMZc9.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Modelos voltaram a dar um gás pra Depressão Tropical 09 na saída do meio dia. Com exceção do GFS, os principais modelos apontam fortalecimento da depressão para uma tempestade tropical e então para um furacão pouco antes de tocar terra no norte da Flórida, EUA.

NA7xbcm.png

RNjrSdd.png

tdk1wit.png

 

Europeu não pega o momento do landfall, mas desenha pressão de 990mb 10 horas antes de o sistema tocar terra.

4pCkKIe.png

 

NAM4k faz uma ilustração interessante da previsão do radar para o Golfo do México:

ZfHdj5K.gif

 

Às 11 da manhã de hoje, no último boletim do NHC, TD09 tinha pressão de 1004 mb e ventos de 56 km/h

xwVJzh8.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites
Europeu não pega o momento do landfall, mas desenha pressão de 990mb 10 horas antes de o sistema tocar terra.

 

Temos a maravilhosa atualização do Windyty para isso!

 

Rel0QBi.jpg

 

XVZj0YS.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

[highlight=yellow]TRÓPICOS - ATUALIZAÇÃO[/highlight]

 

ATLÂNTICO:

 

- Depressão Tropical 09 segue com pouca organização, sobre o Golfo do México. Porém a expectativa é de que a depressão ganhe força e deva evoluir em Tempestade Tropical (Hermine provavelmente). Como já mostrado, os modelos tendem a evoluir este distúrbio em um furacão antes do landfall na Florida. "Hurricane Watches" (Avisos para possíveis condições de furacão) estão em vigor.

 

- Já Depressão Tropical 08 segue com praticamente nenhuma atividade convectiva, enquanto passa a leste da costa da Carolina do Norte. Todos os avisos de Tempestade Tropical foram descontinuados. Particularmente acho pouquíssimo provável que este sistema atinga status de tempestade, antes de ser absorvido por um sistema frontal na quinta ou na sexta-feira.

 

- Em alto-mar, Gaston perdeu força nas últimas 24-48 horas, após atingir status de "Major Hurricane", porém segue altamente simétrico e bem definido nas imagens de satelite. Gaston, perderá força, será rebaixada a tempestade tropical no final de semana, porém será uma ameaça para as Ilhas Açores.

 

- Uma nova onda tropical partiu da costa da África nesta terça. Em relação as últimas 48-72h, os modelos reduziram significantemente o potencial de evolução deste sistema. Com isso o NHC indica apenas 40% de chances de se desenvolver em tempestade tropical.

 

qRaBixU.png

 

PACÍFICO LESTE-CENTRAL:

 

- Furacão Lester segue ganhando força no Pacífico Leste. Chegou a Categoria 3 agora. Poderá ser uma ameaça ao Havaí no final de semana.

 

- Madeline virou furacão no Pacífico Central. Sistema está próximo da Big Island, aonde deverá passar muito próximo, entre amanhã e quinta. Alertas de Furacão (Hurricane Warnings) estão em vigor em toda Big Island. Fortes chuvas e ventos, e mar agitado, serão as principais ameaças.

 

- Em alto-mar um distúrbio (INVEST 92-C) é monitorado, porém tem apenas 20% de chances de desenvolvimento.

 

MnR9za3.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hermine está próximo de ser tornar um furacão de categoria 1.

A tempestade mantém ventos sustentados em 100 km/h com pressão de 992 mbar.

 

Um aviso de furacão está em vigor neste momento para a Flórida.

Vale ressaltar que o último aviso foi a 4 anos atrás.

 

Hermine também deve encerrar o jejum de quase dois anos sem um furacão fazer landfall nos EUA, sendo o último Arthur em 2014.

 

O SPC (Storm Prediction Center) no seu aviso de hoje, mostra um risco leve para Norte da Flórida, sul da Geórgia e uma pequena parte do Alabama e Carolina do Sul.

Há risco de tornados de hoje até pelo menos sábado nestes estados citados e na Carolina do Norte.

 

Hermine deve trazer impactos também para a costa leste dos EUA durante o começo dessa próxima semana.

 

vnh11u.gif

 

Hermine:

Radar: http://andrew.rsmas.miami.edu/bmcnoldy/tropics/radar/

 

Satélites:

http://weather.msfc.nasa.gov/cgi-bin/get-goes?satellite=GOES-E%20CONUS&lat=28&lon=-85&info=vis&zoom=1&width=1000&height=800&quality=90&type=Animation&palette=ir1.pal&numframes=5&mapcolor=yellow

http://weather.msfc.nasa.gov/cgi-bin/get-goes?satellite=GOES-E%20CONUS&lat=25&lon=-87&info=ir&zoom=2&width=1000&height=800&quality=90&type=Animation&palette=ir3.pal&numframes=30&mapcolor=black

 

25qy6hu.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nossa ! Parece que esse furacão vai causar transtornos, heim, isso porque simplesmente vai margear boa parte da costa leste dos EUA ! Pode não vir a ser muito forte em intensidade dos ventos, mas os danos associados a tempo severo/tornados e inundações pode ser muito grande !

Share this post


Link to post
Share on other sites
Nossa ! Parece que esse furacão vai causar transtornos, heim, isso porque simplesmente vai margear boa parte da costa leste dos EUA ! Pode não vir a ser muito forte em intensidade dos ventos, mas os danos associados a tempo severo/tornados e inundações pode ser muito grande !

Ele deve seguir uma rota parecida com a do furacão Agnes fez em 1972, ele foi o último furacão a causar mais de 100 mortes nos EUA antes do Katrina, tocou o continente como um furacão de categoria 1 no norte da Florida e poucas horas depois já era apenas uma depressão tropical, voltou a virar tempestade quando atingiu o Atlântico e causou grande volume de chuva na Nova Inglaterra.

 

Agnes 1972

GiGoQeY.gif

 

Precipitação

Ks3j9jM.gif

 

Previsão Hermine 2016

8VWADUu.gif

 

Prvisão de Precipitação, GFS

KizR6Qz.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hermine é um Furacão de categoria 1.

 

000

WTNT64 KNHC 011854

TCUAT4

 

HURRICANE HERMINE TROPICAL CYCLONE UPDATE

NWS NATIONAL HURRICANE CENTER MIAMI FL AL092016

155 PM CDT THU SEP 01 2016

 

...DATA FROM AN AIR FORCE HURRICANE HUNTER AIRCRAFT INDICATE THAT

HERMINE HAS STRENGTHENED TO A HURRICANE...

 

Data from an Air Force Reserve Hurricane Hunter aircraft indicate

that maximum sustained winds in Hermine have increased to near 75

mph (120 km/h). Based on these data, Hermine is now upgraded to a

hurricane, the fourth hurricane of 2016 in the Atlantic basin.

 

 

SUMMARY OF 155 PM CDT...1855 UTC...INFORMATION

----------------------------------------------

LOCATION...28.1N 85.4W

ABOUT 115 MI...180 KM SSW OF APALACHICOLA FLORIDA

ABOUT 175 MI...285 KM W OF TAMPA FLORIDA

MAXIMUM SUSTAINED WINDS...75 MPH...120 KM/H

PRESENT MOVEMENT...NNE OR 30 DEGREES AT 14 MPH...22 KM/H

MINIMUM CENTRAL PRESSURE...988 MB...29.18 INCHES

 

$$

 

Forecaster Brennan/Pasch

 

ThTkUW0.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

SPC emitiu um alerta de tornado para boa parte da Flórida.

Os primeiros avisos de tornado estão em vigor neste momento.

 

5nkbh4.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hermine segue se fortalecendo e pode conseguir chegar na categoria 2 antes do landfall.

Um voo de reconhecimento está sendo realizado no momento.

 

CrTBNcGUMAALotH.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Share this post


Link to post
Share on other sites
Hermine segue se fortalecendo e pode conseguir chegar na categoria 2 antes do landfall.

Convecção explodindo em todo entorno do centro da baixa e pela primeira vez ela aparece com um olho bem fechado.

beNWAqO.jpg

giphy.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Então o furacão Agnes em junho de 1972 provocou 482 mm de chuva numa cidade da Pensilvânia, esse volume de chuva foi o dobro do voluma que atingiu Nova Friburgo em janeiro de 2011.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Notícias sobre o furacão ?????? Estou preocupado com os estragos...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Notícias sobre o furacão ?????? Estou preocupado com os estragos...

Hermine foi mais fraco que o Catarina. Teve inundações causadas pela maré alta, algumas quedas de árvores e de eletricidade.

Vamos esperar a acumulação de chuva. A imprensa e os caçadores de tempestades tão tentando ser dramáticos mas pelos vídeos que vi, o vendaval do encerramento da olimpíada no Rio e a ressaca de Santos parecem ter sido mais forte. rs

 

As Carolinas ainda tevem ter mais um dia inteiro de chuva contínua.

difC7HN.jpg

wBHCsrt.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hermine foi rebaixada a PÓS-TROPICAL neste sábado pelo National Hurricane Center. Isto é, agora é um (Potente) Ciclone Extratropical sobre a costa leste dos EUA.

 

qCFM74d.gif

 

Hermine irá ficar estacionada nos próximos dias a leste da costa americana e gradualmente irá perder força na semana que vem (centro de pressão irá subir). Apesar de ser extratropical, o NHC em conjunto com o NWS decidiu manter os "Tropical Storm Warnings e Watches" para a costa americana, incluindo Nova York e Boston.

 

A principal ameaça de Hermine agora será ressaca e Storm Surge. Até o momento, apenas 1 morte foi registrada e 230 mil estão sem luz.

 

gkXffhW.gif

 

Enquanto isso no resto do Atlântico...

 

Gaston também foi rebaixada a Pós-Tropical pelo NHC, e assim como Hermine virou Extratropical, após atingir as Ilhas Açores. Os dois furacões foram absorvidos aliás pelo mesmo sistema frontal que vai desde o Norte do Atlântico até o Golfo do México.

 

A leste do Caribe, um distúrbio classificado de INVEST 92-L é monitorado, porém as condições de desenvolvimento são muito hostis e há somente 20% de chance de desenvolvimento. Duas ondas tropicais são observadas, sendo uma no Caribe e outra próxima da África, porém nenhuma apresenta potencial de desenvolvimento.

 

VMkCgme.png

 

No Pacífico Leste, INVEST 90-E segue bastante organizado, e deverá organizar uma depressão tropical entre hoje e amanhã sobre a costa do México. Os modelos de previsão indicam que a baixa deverá seguir paralelamente sobre a costa mexicana até atingir a Baixa Califórnia. Chuva Torrencial com acumulado excessivo (independente da formação ou não) será a principal ameaça deste sistema.

 

ZtEzWBI.png

 

No Pacífico Central, Furacão Lester (160km/h - Cat 2) passando a uma distância razoável do Havaí, irá enfraquecer gradualmente nos próximos dias

 

jpBUW9X.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

[bbvideo=560,315]

[/bbvideo]

 

 

Acumulados de chuva após a passagem de Hermine

pofUXlS.jpg

 

Previsão de acumulado até o dia 7 de setembro:

vwomrlL.png

 

^^

Modelo NAM, que só abrange a América do Norte foi o mais consistente na evolução de Hermine.

Ele prevê Hermine ganhando simetria semana que vem.

UWS0V8L.png

 

Vento

JvBbCNT.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Por qual motivo o furacão não segue o curso natural e vai para nordeste? Que interessante essa insistência em ficar ao largo da costa leste.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Por qual motivo o furacão não segue o curso natural e vai para nordeste? Que interessante essa insistência em ficar ao largo da costa leste.

Ela venceu o sistema frontal que estava no Atlântico norte e não há mais força que a absorva. Essa alta pressão que está se deslocando do Canadá pro Atlântico deve manter Hermine onde está até ela desaparecer.

lQHHDyR.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tempestade Tropical Julia se formou agora a noite (EM TERRA) sobre a Flórida segundo o NHC.

 

"NHC will be initiating advisories on Tropical Storm Julia, [highlight=yellow]located just inland[/highlight] over northeastern Florida, at 11 PM EDT."

 

JGLmsK8.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em suas longínquas 240h, o modelo GFS na sua rodada das 12z coloca um dos mais intensos furacões já registrados no Oceano Atlântico.

 

lR1yvei.png

 

A Onda Tropical na costa da África com 20% de chance de desenvolvimento em Ciclone Tropical se transformaria em um furacão com pressão de 904hPa e atingiria, mais enfraquecido, algum lugar próximo a Cancún, no México.

 

p9rHX8U.png

 

ZkAiAXl.png

 

Como é uma previsão do GFS em 240h, é de baixíssima credibilidade.

 

Entretanto, já faz alguma rodadas que vem colocando esse destrutivo ciclone na sua grade. Na saída das 06Z de hoje, o ciclone causaria mais estragos ainda atingindo em cheio a Jamaica e Cuba para depois fazer outro landfall no sul da Flórida.

 

M3zuP5O.png

 

xwJsQok.png

 

U9UJeNz.png

 

V7TiMnR.png

 

p888nAG.png

 

rsrBOUM.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em suas longínquas 240h, o modelo GFS na sua rodada das 12z coloca um dos mais intensos furacões já registrados no Oceano Atlântico.

 

A Onda Tropical na costa da África com 20% de chance de desenvolvimento em Ciclone Tropical se transformaria em um furacão com pressão de 904hPa e atingiria, mais enfraquecido, algum lugar próximo a Cancún, no México.

 

Como é uma previsão do GFS em 240h, é de baixíssima credibilidade.

 

Entretanto, já faz alguma rodadas que vem colocando esse destrutivo ciclone na sua grade. Na saída das 06Z de hoje, o ciclone causaria mais estragos ainda atingindo em cheio a Jamaica e Cuba para depois fazer outro landfall no sul da Flórida.

Nem é tão longe assim, já pra 132 horas o GFS aponta um Grande furacão entrando o mar do Caribe.

Q4vEyiI.gif

Porém nenhum outro modelo aponta essa possibilidade. No caso de Hermine, todos os modelos davam a tendência de intensidade e direção do ciclone corretamente com 132 horas, e o GFS não dava nada. Aguardemos. Se seguir a última rodada, é um novo Ivan só que bombadão.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Entretanto, já faz alguma rodadas que vem colocando esse destrutivo ciclone na sua grade. Na saída das 06Z de hoje, o ciclone causaria mais estragos ainda atingindo em cheio a Jamaica e Cuba para depois fazer outro landfall no sul da Flórida.

Nem é tão longe assim, já pra 132 horas o GFS aponta um Grande furacão entrando o mar do Caribe.

Porém nenhum outro modelo aponta essa possibilidade. No caso de Hermine, todos os modelos davam a tendência de intensidade e direção do ciclone corretamente com 132 horas, e o GFS não dava nada. Aguardemos. Se seguir a última rodada, é um novo Ivan só que bombadão.

 

A Jamaica é "partida ao meio" na 06z e 18z. Preocupante.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Entretanto, já faz alguma rodadas que vem colocando esse destrutivo ciclone na sua grade. Na saída das 06Z de hoje, o ciclone causaria mais estragos ainda atingindo em cheio a Jamaica e Cuba para depois fazer outro landfall no sul da Flórida.

Nem é tão longe assim, já pra 132 horas o GFS aponta um Grande furacão entrando o mar do Caribe.

Porém nenhum outro modelo aponta essa possibilidade. No caso de Hermine, todos os modelos davam a tendência de intensidade e direção do ciclone corretamente com 132 horas, e o GFS não dava nada. Aguardemos. Se seguir a última rodada, é um novo Ivan só que bombadão.

 

A Jamaica é "partida ao meio" na 06z e 18z. Preocupante.

Geralmente o centro ciclones quando estão com força máxima e com condições sinóticas favoráveis desviam de ilhas do tamanho e da geometria da Jamaica. Eles se mantém centrados onde há alimentação pro sistema, o oceano quente. Dá uma olhada nas trajetórias de Ivan, Gilbert, Allen e Dean, os mais fortes da região. O modelo devia saber disso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A Jamaica é "partida ao meio" na 06z e 18z. Preocupante.

 

 

As 18Z mostra um MONSTRO atingindo os EUA... Do Tipo Katrina! Seria algo Histórico sobre o Texas!

 

5M1fga3.gif

 

Porém tudo isso não passa de uma tendência isolada com POUQUISSIMA CONFIABILIDADE POR 2 FATORES:

 

1) Como dito pelo Tavares, [highlight=yellow]SOMENTE O GFS ESTÁ ACUSANDO ESTE CENÁRIO[/highlight]

 

2) E ainda sim, há um [highlight=yellow]grau de divergência muito grande dentro do próprio GFS[/highlight], verificado através do seu Ensemble, conforme irei mostrar a seguir

 

 

Ensemble-GFS 144h: [highlight=yellow]BOA CONFIANÇA![/highlight] Grande maioria dos Membros mostram com alta confiança, o centro da baixa sobre o sul Caribe.

 

4kEAvP3.png

 

Ensemble-GFS 240h: [highlight=yellow]MÉDIA-BAIXA CONFIANÇA![/highlight] Dá pra reparar, que os Membros já começam a divergir quanto ao deslocamento, e sugerem o centro da baixa, em vários lugares entre a Jamaica, o Caribe e Bahamas, criando assim um "Spread" (mancha alaranjada) na previsão.

 

7Qdp7sr.png

 

Ensemble-GFS 300h: [highlight=yellow]BAIXÍSSIMA CONFIANÇA![/highlight] Cada Membro leva o Ciclone, para um canto do mapa. As soluções vão desde ao sudoeste do Caribe (solução adotada pelo Determínistico, que leva o ciclone ao Texas), passando pela Flórida (local aonde a maioria dos membros leva a baixa) até a costa da Carolina do Norte ou o Norte do Atlântico em alto-mar.

 

rBEpvQq.png

 

Resumo da História: Tem (muita) água pra passar debaixo dessa ponte! Mas os ingredientes são interessantes!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.