Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Sign in to follow this  
Nazar

Como seria o seu inverno perfeito?

Recommended Posts

Tem que ver que Denver NÃO É como NYV, Chicago que vc pega 3 meses ininterruptos com temperatura média de -4ºC/1ºC. O alto inverno em Denver é de sol e com temperaturas até que agradáveis devido ao sol; faz-se com relativa facilidade temperaturas de 12ºC e sol! O bicho pega à noite devido à altitude; aí a temperatura despenca e cai a -8ºC!

 

O notória em Denver são as variações abruptas do tempo. O regime de neve não é como Cleveland, Chigado, que, a partir de novembro aumenta-se a frequência do número de d neve até fevereiro, daí diminui-se. Há um fenômeno em Denver (não sei qual é!), que os meses com as maiores PANCADAS DE NEVE são novembro e março, em quantidade inclusive (devido às pancadas). Mas deve derreter rapidamente. Já em Dezembro e Janeiro deve ser aquela nevada mais contínua, porém mais duradoura, e com tempo mais frio - a que o Coutinho se refere, de ficar monótono e ficar olhando de dentro de casa pela janela.

 

Tinha um usuário aqui MUITO DAS ANTIGAS, que se ão me engano morava em NYC. Ele insistia que Denver NÃO ERA FRIA, sequer no inverno. Aí eu já discordo dele. O que pega em Denver são as variações abruptas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

UMA COISA É CERTA, SÓ OS BAZIANOS QUE MORAM ACIMA DOS 1000 M EM SC/RS É QUE TEM INVERNO REAL E DESTE APENAS 2 ESTÃO NO CLIMA MAIS PRÓXIMO DO IDEAL.

 

POR SINAL, TEM SOL, MUITAS NUVENS E 9,8 LÁ FORA AGORA.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não apenas um inverno, mas um clima que me deixaria satisfeito seria assim:

 

Jan: 19/34 (mínima absoluta de 16° e máxima absoluta de 42°, com formação de chuvas de fim de tarde em pelo menos 22 dias do mês);

Fev: 20/35 (mínima absoluta de 17° e máxima absoluta de 44°, com formação de chuvas de fim de tarde em pelo menos 18 dias do mês);

Mar: 18/32 (mínima absoluta de 13° e máxima absoluta de 37°, com formação de chuvas de fim de tarde em pelo menos 15 do mês);

Abr: 13/25 (minima absoluta de 6° e máxima absoluta de 28°, fim das chuvas de fim de tarde);

Maio: 9/20 (mínima absoluta de -2° e máxima absoluta de 25°, 5 dias de geada no minimo);

Junho: 6/18 (mínima absoluta de -6° e máxima absoluta de 25°, 10 dias de geada, 2 dias de neve);

Julho: 3/13 (mínima absoluta de -15° e máxima absoluta de 20°, 12 dias de geada, 4 dias de neve);

Agosto: 6/21 (mínima absoluta de -7° e máxima absoluta de 26°, 8 dias de geada, 1 dia de chuva congelada);

Setembro: 10/24 (mínima absoluta de -1° e máxima absoluta de 32°, 2 dias de geada);

Outubro: 14/28 (mínima absoluta de 4° e máxima absoluta de 39°, retorno das chuvas de verão na segunda quinzena);

Novembro: 17/32 (mínima absoluta de 9° e máxima absoluta de 41°, com formação de chuvas de fim de tarde em pelo menos 13 dias do mês);

Dezembro: 18/34 (mínima absoluta de 14° e máxima absoluta de 43°, com formação de chuvas de fim de tarde em pelo menos 20 dias do mês).

 

Indice pluviométrico:

 

Janeiro: 350mm

Fevereiro: 370mm

Março: 380mm

Abril: 126mm

Maio: 115mm

Junho: 102mm

Julho: 106mm

Agosto: 46mm

Setembro: 25mm

Outubro: 97mm

Novembro: 250mm

Dezembro: 290mm

Edited by Guest

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já está sacramentado: julho será o 15o mês seguido de anomalia positiva em POA. Recorde absoluto

Share this post


Link to post
Share on other sites
O ideal seria assim:

 

Inverno com mínimas entre 0/5°C máximas ao redor dos 15°C

 

Verão com mínimas entre 10/15°C máximas entre 20/25°C

 

Algumas negativas, seriam bem vindas.

 

DESCREVESTES O TOPO DE SC.

Share this post


Link to post
Share on other sites
UMA COISA É CERTA, SÓ OS BAZIANOS QUE MORAM ACIMA DOS 1000 M EM SC/RS É QUE TEM INVERNO REAL E DESTE APENAS 2 ESTÃO NO CLIMA MAIS PRÓXIMO DO IDEAL.

 

POR SINAL, TEM SOL, MUITAS NUVENS E 9,8 LÁ FORA AGORA.

 

Esqueceste da parte alta da Mantiqueira? Campos do Jordão também tem um clima que me agrada demais, tanto quanto a sua SJ, porém lá peca pela falta de frio extremo na maior parte dos anos e o verão é um pouco frio demais.

Share this post


Link to post
Share on other sites
UMA COISA É CERTA, SÓ OS BAZIANOS QUE MORAM ACIMA DOS 1000 M EM SC/RS É QUE TEM INVERNO REAL E DESTE APENAS 2 ESTÃO NO CLIMA MAIS PRÓXIMO DO IDEAL.

 

POR SINAL, TEM SOL, MUITAS NUVENS E 9,8 LÁ FORA AGORA.

Hahahahaha eu moro acima dos 1000 M no RS!

E adoro... :clapping: :clapping:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Inverno ideal pra mim seria como os invernos do final dos anos 70. Não me lembro qual ano, mais ocorreu um evento de geada generalizada até mesmo nas encostas da Região Serrana do Rio de Janeiro, me lembro do esquecido loepa falando disso (Não achei o tópico).. Mas se tivesse todos os anos um inverno parecido com o de 2000 já me daria por satisfeito. :)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Inverno ideal pra mim seria como os invernos do final dos anos 70. Não me lembro qual ano, mais ocorreu um evento de geada generalizada até mesmo nas encostas da Região Serrana do Rio de Janeiro, me lembro do esquecido loepa falando disso (Não achei o tópico).. Mas se tivesse todos os anos um inverno parecido com o de 2000 já me daria por satisfeito. :)

 

QUER MATAR OS JOAQUINENSES!!! NESTE ANO TEVE GENTE QUE FICOU SEM ÁGUA POR 7 DIAS SEGUIDOS, CONGELOU!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aqui em Sampa, eu tinha um termômetro de mercúrio grande, de laboratório, com o qual eu media as temperaturas aqui em casa, com um abrigo improvisado.

 

Lá pelos anos 1980, numa onda de frio das grandes, a água saía geladíssima da torneira.

Eu esquentava água para lavar o rosto pela manhã. :mosking:

 

Certa vez, meti o termômetro embaixo da torneira aberta e deixei até estabilizar a temperatura.

A água estava saindo a 8°C. :shok:

 

Isso aqui em Sampa...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Aqui em Sampa, eu tinha um termômetro de mercúrio grande, de laboratório, com o qual eu media as temperaturas aqui em casa, com um abrigo improvisado.

 

Lá pelos anos 1980, numa onda de frio das grandes, a água saía geladíssima da torneira.

Eu esquentava água para lavar o rosto pela manhã. :mosking:

 

Certa vez, meti o termômetro embaixo da torneira aberta e deixei até estabilizar a temperatura.

A água estava saindo a 8°C. :shok:

 

Isso aqui em Sampa...

 

Conheço um senhor que morou ai em sampa, na freguesia do O, nos anos 60/70, disse que tinha ocasiões em que abriam a torneira e não saia agua nenhuma durante as grandes ondas de frio, e não era por falta d'agua...

Share this post


Link to post
Share on other sites

/Inverno 'perfeito' pra mim seria os pontos altos da serra de SC e região de ausentes.

 

Inverno

Mínimas variando entre -5C° / 5C°

Máximas variando entre 8C° / 18C°

 

Primavera

Mínimas variando entre -2C° / 8C°

Máximas variando entre 18C°/ 28C°

 

Verão

Mínimas variando entre 10C° / 15C°

Máximas variando entre 23C°/ 33C°

 

Outono

Mínimas variando entre -2C° / 8C°

Máximas variando entre 18C°/ 28C°

 

Várias geadas durante o o inverno (algumas durante o outono e primavera também)

 

Alguns Extremos oscilando com mínimas entre -9C°e -12C° e máximas entre -4C° e -2C° uma ou duas vezes por ano, só pra ter um pouco de emoção.

 

A única coisa que faltaria pra região de São Joaquim e Ausentes ser PERFEITA seria mais dias com neve, ou pelo menos 1 evento por ano que nevasse mesmo que fraco durante uns 3 dias consecutivos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Conheço um senhor que morou ai em sampa, na freguesia do O, nos anos 60/70, disse que tinha ocasiões em que abriam a torneira e não saia agua nenhuma durante as grandes ondas de frio, e não era por falta d'agua...

 

Pode ser mesmo.

 

Os anos 60/70 foram notoriamente "GELADOS". A Freguesia do Ó, à época (o Aldo que me corrija, sou de 77!), deveria ser BEM MENOS POPULOSA.

 

Quando era pivete, no final dos anos 80 (tinha lá meus 11 anos), meu meu "tentava" me explicar a "geografia" de Sampa: "São Paulo, BASICAMENTE, está situada entre DOIS RIOS: O TIETÊ E O PINHEIROS.."

 

Acredito que essa visão do meu pai de Sampa já não se aplicava à época (final dos anos 80);para os dias atuais então....NEM PENSAR!

 

São Paulo já EXTRAPOLOU DOS "ENTRE OS RIOS TIETÊ E PINHEIROS" FAZ TEMPO!

 

Os bairros mais periféricos detém a maior parte da população, não obstante não serem tão divulgados.

 

Um exemplo é o Grajaú, onde morei, após o autódromo de Interlagos, bairro mais populoso de São Paulo, e que fica mais próximo de Parelheiros do que da Praça da Sé.

 

Uma das últimas estações das linhas de trens é justamente no Grajaú; linha Osasco-Grajaú, que faz toda Marginal Pinheiros.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Conheço um senhor que morou ai em sampa, na freguesia do O, nos anos 60/70, disse que tinha ocasiões em que abriam a torneira e não saia agua nenhuma durante as grandes ondas de frio, e não era por falta d'agua...

 

Pode ser mesmo.

 

Os anos 60/70 foram notoriamente "GELADOS". A Freguesia do Ó, à época (o Aldo que me corrija, sou de 77!), deveria ser BEM MENOS POPULOSA.

 

Quando era pivete, no final dos anos 80 (tinha lá meus 11 anos), meu meu "tentava" me explicar a "geografia" de Sampa: "São Paulo, BASICAMENTE, está situada entre DOIS RIOS: O TIETÊ E O PINHEIROS.."

 

Acredito que essa visão do meu pai de Sampa já não se aplicava à época (final dos anos 80);para os dias atuais então....NEM PENSAR!

 

São Paulo já EXTRAPOLOU DOS "ENTRE OS RIOS TIETÊ E PINHEIROS" FAZ TEMPO!

 

Os bairros mais periféricos detém a maior parte da população, não obstante não serem tão divulgados.

 

Um exemplo é o Grajaú, onde morei, após o autódromo de Interlagos, bairro mais populoso de São Paulo, e que fica mais próximo de Parelheiros do que da Praça da Sé.

 

Uma das últimas estações das linhas de trens é justamente no Grajaú; linha Osasco-Grajaú, que faz toda Marginal Pinheiros.

 

Ele disse que as pessoas tinham de usar japona com outras peças de roupa nesses dias frios, pra conseguirem aguentar...

 

 

Enviado do meu iPhone usando Tapatalk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quer saber? Se os invernos aqui em Juiz de Fora voltassem ao padrão dos anos 80 e 90, eu já me daria por satisfeito e consideraria como "perfeito". Quem sabe um dia...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rafael,

essas geadas dos final da década de 70 na região serrana do Rio, ocorreram no dia 1º de junho e em menor intensidade no dia 2 de junho, guardei uma capa do Jornal o Fluminense de Niterói do dia 2 de junho mostrando as geadas em Campo do Coelho, Conquista distritos aí de Friburgo, os moradores desses lugares mediram -4,0 em termômetros de mercúrio, dentro de Friburgo também geou, vários lugares de Petrópolis, região da Granja Comari em Teresópolis.

 

Cidades do Centro-Sul de Minas Gerais também registraram geadas.

 

Meu inverno perfeito,seria massas polares que atingissem todo Rio de Janeiro, centro-sul do Espírito Santo, centro-sul de Minas repetindo maio/junho de 1979, igualmente junho de 1963 quando Ibirité-MG, Florestal-MG, registraram mínimas negativas em suas estações convencionais de baixada e também junho de 1985 quando Caparaó-MG, marcou -2,7 negativos no dia 11/06, Conceição do Mato Dentro-MG marcou 0,2 dia 11/6 e dois dias antes na cidade de Machado-MG marcou -1,4 (09/6) e Juiz de Fora registrou sua menor mínima desde 1973 com 3,1 (dia 09/6).

Edited by Guest

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rafael,

essas geadas dos final da década de 70 na região serrada do Rio, ocorreram no dia 1º de junho e em menor intensidade no dia 2 de junho, guardei uma capa do Jornal o Fluminense de Niterói do dia 2 de junho mostrando as geadas em Campo do Coelho, Conquista distritos aí de Friburgo, os moradores desses lugares mediram -4,0 em termômetros de mercúrio, dentro de Friburgo também geou, vários lugares de Petrópolis, região da Granja Comari em Teresópolis.

 

Cidades do Centro-Sul de Minas Gerais também registraram geadas.

 

Meu inverno perfeito,seria massas polares que atingisse todo Rio de Janeiro, centro-sul do Espírito Santo, centro-sul de Minas repetindo maio/junho de 1979, igualmente junho de 1963 quando Ibirité-MG, Florestal-MG, registraram mínimas negativas em suas estações convencionais de baixada e também junho de 1985 quando Caparaó-MG, marcou -2,7 negativos no dia 11/06, Conceição do Mato Dentro-MG marcou 0,2 dia 11/6 e dois dias antes na cidade de Machado-MG marcou -1,4 (09/6) e Juiz de Fora registrou sua menor mínima desde 1973 com 3,1 (dia 09/6).

Bem considerável essas temperaturas, fico imaginado com toda essa tecnologia e informação que temos hj dia, teríamos dados incríveis. Creio que deva ter geado consideravelmente até mesmo na área urbana dessas cidades do Sudeste.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Conheço um senhor que morou ai em sampa, na freguesia do O, nos anos 60/70, disse que tinha ocasiões em que abriam a torneira e não saia agua nenhuma durante as grandes ondas de frio, e não era por falta d'agua...

Pode ser mesmo.

Os anos 60/70 foram notoriamente "GELADOS". A Freguesia do Ó, à época (o Aldo que me corrija, sou de 77!), deveria ser BEM MENOS POPULOSA.

 

Quando era pivete, no final dos anos 80 (tinha lá meus 11 anos), meu meu "tentava" me explicar a "geografia" de Sampa: "São Paulo, BASICAMENTE, está situada entre DOIS RIOS: O TIETÊ E O PINHEIROS..".

 

Ele disse que as pessoas tinham de usar japona com outras peças de roupa nesses dias frios, pra conseguirem aguentar...

Quantas vezes fui à escola, pela manhã, vestindo pijama de flanela por baixo da calça... :mosking:

 

Para mim, o pior era nos dias de nevoeiro.

Cheguei a pegar 4°C com neblina, saindo cedo de casa.

Imaginem essa temperatura com o ar saturado de umidade...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Meu inverno perfeito seria parecido com o de Denver. Não existe monotonia no inverno de Denver. É simplesmente fantástico.

 

:pleasantry:

Share this post


Link to post
Share on other sites
JÁ TENHO, OU PELO MENOS 80% DO IDEAL.

 

No "estrangeiro", qual seu ideal Coutinho?

 

 

BARILOCHE

Share this post


Link to post
Share on other sites

Janeiro: 16/32

Fevereiro: 15/31

Março: 12/26

Abril: 9/22

Maio: 4/13

Junho: 1/9

Julho: -3/4

Agosto: -5/7

Setembro: 3/16

Outubro: 7/20

Novembro: 11/24

Dezembro: 14/29

 

Mínima e máxima anual: -18 e 38°C.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito parecido com o atual de 2016 aqui em Salto na hinterlândia paulista.

Uma estação da prefeitura registrou uma negativa de -0,5ºC.

Nenhum prejuízo significativo decorrente do clima.

Alguns dias nos quais uma comida típica invernal não foi uma heresia.

GOSTANDO

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

×