Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Carlos Dias

Mudanças Climáticas - Discussões Gerais

Recommended Posts

....Todas esssa questões que estão no foco deveriam estar em segundo plano.

 

SIM, Beto.

 

O clima nunca foi constante, o clima sempre mudou normalmente de forma lenta e gradual e raramente de forma abrupta.

 

No momento estamos aquém das temperaturas do período medieval quente.

 

E a nossa jornada que começou uns 160.000 anos atrás ainda está em curso, já chegamos na Lua, estamos caminhando para Marte...onde chegaremos nos próximos 160.000 anos...exatamente não sei....mas vai ser muito longe...bem longe.

 

[bbvideo=560,315]https://www.youtube.com/watch?v=HAwnMqxo9Y4[/bbvideo]

Share this post


Link to post
Share on other sites

OK! Voltemos ao tópico da CLIMASTROLOGIA.

Meu lado "leonino" diz que estamos numa fase preocupante para a humanidade e tem gente que debocha e desdém disso! Triste. Quem tem um pingo de amor pela vida e pela natureza, deveria estar preocupado com o GLOBAL WARMING. No entanto, prefere se omitir e fazer que não enxerga a realidade. O aumento da temperatura no planeta, verões cada vez mais tórridos e longos e invernos mais curtos, prejudicarão até a minha área (aliás, já estão prejudicando): o TURISMO. Fiz um juramento na faculdade, de proteger a natureza e zelar pelo patrimônio NATURAL e cultural do meu país. Por isso não fecho os olhos e não me omito nesse assunto.

Abraços.

http://www.gazetadopovo.com.br/vidaecidadania/meio-ambiente/conteudo.phtml?id=1393401

Share this post


Link to post
Share on other sites
....Todas esssa questões que estão no foco deveriam estar em segundo plano.

 

SIM, Beto.

 

O clima nunca foi constante, o clima sempre mudou normalmente de forma lenta e gradual e raramente de forma abrupta.

 

No momento estamos aquém das temperaturas do período medieval quente.

 

E a nossa jornada que começou uns 160.000 anos atrás ainda está em curso, já chegamos na Lua, estamos caminhando para Marte...onde chegaremos nos próximos 160.000 anos...exatamente não sei....mas vai ser muito longe...bem longe.

 

[bbvideo=560,315]https://www.youtube.com/watch?v=HAwnMqxo9Y4[/bbvideo]

 

SIM!

E o clima mudou muito, principalmente no Sul do país, que tinha fama de invernos gelados! Estamos cada vez nos "tropicalizando" mais. Pena isso.

Com as pessoas não colaborando e destruindo o meio ambiente, isso se acelera cada vez mais.

Quero ver se 2015 vai repetir o inverno patético de 2014 também.

Abraços!

Share this post


Link to post
Share on other sites
VÁ DIZER ISTO AOS CHATOS DE PLANTÃO.

 

Eu?

 

Cansei...de fato cansei.

 

Ronaldo, Há informações interessantes sobre mudanças no quente Medieval.

 

Talvez alguma possa ser utilizada em tuas palestras,

 

Como por exemplo é possível um seca gigantesca de 100/200 anos na Amazônia sem utilizar motosserra.

 

Agora, pensar em discutir ou trazer este tipo de informação conhecida e sonegada deliberadamente dos relatórios do IPCC, não.

 

Definitivamente não.

 

Vou voltar para minha leituras...Abração

 

Comentando os resultados, o pesquisador-chefe Droxler disse: "Quando você tem grandes secas, você começa a ter fome e inquietação."

O estudo também revelou que no referido dois séculos em que a sociedade maia começou a declinar, a região foi atingida por apenas 1-2 ciclones tropicais a cada duas décadas, ao contrário das habituais 5-6 ciclones.

O estudo realizado por Droxler e seus colegas apoia um estudo, publicado na revista Science, em 2012. Esse estudo analisou uma estalagmite de 2.000 anos de idade, a partir de uma caverna em Belize e concluiu que quedas acentuadas em chuvas coincidiram com períodos de declínio na cultura maia .

 

The study by Droxler and his colleagues supports a prior study published in the journal Science in 2012. That study analyzed a 2,000-year-old stalagmite from a cave in Belize and concluded that sharp declines in rainfalls coincided with periods of decline in the Mayan culture.

 

https://us.newshub.org/drought-led-mayan-civilization-s-fall-study-8872809.html

Share this post


Link to post
Share on other sites
VÁ DIZER ISTO AOS CHATOS DE PLANTÃO.

 

Eu? ÓBVIO QUE NÃO, CHATOS EM GERAL, JORNALÍSTAS, PESSOAS COMUNS QUE NADA ENTENDEM DE CLIMA/TEMPO, COLEGAS DE PROFISSÃO (AGRÔNOMOS E AFINS, ETC...

 

Cansei...de fato cansei.

 

Ronaldo, Há informações interessantes sobre mudanças no quente Medieval.

 

Talvez alguma possa ser utilizada em tuas palestras,

 

Como por exemplo é possível um seca gigantesca de 100/200 anos na Amazônia sem utilizar motosserra.

 

Agora, pensar em discutir ou trazer este tipo de informação conhecida e sonegada deliberadamente dos relatórios do IPCC, não.

 

Definitivamente não.

 

Vou voltar para minha leituras...Abração

 

Comentando os resultados, o pesquisador-chefe Droxler disse: "Quando você tem grandes secas, você começa a ter fome e inquietação."

O estudo também revelou que no referido dois séculos em que a sociedade maia começou a declinar, a região foi atingida por apenas 1-2 ciclones tropicais a cada duas décadas, ao contrário das habituais 5-6 ciclones.

O estudo realizado por Droxler e seus colegas apoia um estudo, publicado na revista Science, em 2012. Esse estudo analisou uma estalagmite de 2.000 anos de idade, a partir de uma caverna em Belize e concluiu que quedas acentuadas em chuvas coincidiram com períodos de declínio na cultura maia .

 

The study by Droxler and his colleagues supports a prior study published in the journal Science in 2012. That study analyzed a 2,000-year-old stalagmite from a cave in Belize and concluded that sharp declines in rainfalls coincided with periods of decline in the Mayan culture.

 

https://us.newshub.org/drought-led-mayan-civilization-s-fall-study-8872809.html

Share this post


Link to post
Share on other sites

E TEM LÓGIACA, NA ÉPOCA A CHUVA ERA DETERMINANTE PARA PARA O ÉXITO OU FRACASSO DE UMA SOCIEDADE.

 

HOJE TEMOS VARIEDADES BEM MAIS RESISTENTES A "SECA" COISA QUE A MESMA HOJE NÃO TERIA O MESMO IMPACTO, A NÃO SER AS REAIS SECAS AO PÉ DA LETRA.

Share this post


Link to post
Share on other sites
....Eu? ÓBVIO QUE NÃO, CHATOS EM GERAL, JORNALÍSTAS, PESSOAS COMUNS QUE NADA ENTENDEM DE CLIMA/TEMPO, COLEGAS DE PROFISSÃO (AGRÔNOMOS E AFINS, ETC...

 

Cunhados, estes são problemáticos.

 

Veja que maravilha desde o fim da última glaciação o nível do mar já subiu uns 40m em Santa Catarina. Considerando que o gelo cobria a grande parte da América do Norte e Eurásia e hoje já fundiu quase tudo e mesmo as duvidosas medições de satélites indicam 3,2 mm por ano e tem ano que nem sobe.

 

Se estivesse abaixando....aí sim, os amantes da Natureza saberão o que é a revolta da Natureza como mãe Gaya sabe ficar nervosa.

 

Abração

 

300px-Post-Glacial_Sea_Level.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
....Todas esssa questões que estão no foco deveriam estar em segundo plano.

 

SIM, Beto.

 

O clima nunca foi constante, o clima sempre mudou normalmente de forma lenta e gradual e raramente de forma abrupta.

 

No momento estamos aquém das temperaturas do período medieval quente.

 

E a nossa jornada que começou uns 160.000 anos atrás ainda está em curso, já chegamos na Lua, estamos caminhando para Marte...onde chegaremos nos próximos 160.000 anos...exatamente não sei....mas vai ser muito longe...bem longe.

 

[bbvideo=560,315]https://www.youtube.com/watch?v=HAwnMqxo9Y4[/bbvideo]

 

Pow que animal esse documentário, vou ver todas as partes, por sinal o canal deles no yt vale a pena se increver :)

 

(y)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Annual Global Temperature Anomalies, ranked

 

1. 1998 0.42

2. 2010 0.40

3. 2014 0.27

4. 2005 0.26

5. 2013 0.24

6. 2002 0.22

7. 2009 0.21

8. 2007 0.20

9. 2003 0.19

10. 2006 0.19

11. 2012 0.17

12. 2011 0.13

13. 2004 0.11

14. 2001 0.11

15. 1991 0.02

16. 1987 0.01

17. 1995 0.01

18. 1988 0.01

19. 1980 -0.01

20. 2008 -0.01

21. 1990 -0.02

22. 1981 -0.05

23. 1997 -0.05

24. 1999 -0.06

25. 1983 -0.06

26. 2000 -0.06

27. 1996 -0.08

28. 1994 -0.11

29. 1979 -0.17

30. 1989 -0.21

31. 1986 -0.24

32. 1993 -0.25

33. 1982 -0.25

34. 1992 -0.29

36. 1985 -0.31

37. 1984 -0.35

Share this post


Link to post
Share on other sites

Warmest Decembers (1979-2014)

(Global average, warmer than seasonal norms)

 

1. 2003 +0.37 C

2. 2014 +0.32 C

3. 1987 +0.27 C

2013 +0.27 C

5. 2009 +0.24 C

6. 2012 +0.23 C

7. 1997 +0.22 C

2006 +0.22 C

9. 1998 +0.19 C

2005 +0.19 C

Share this post


Link to post
Share on other sites
Annual Global Temperature Anomalies, ranked

 

1. 1998 0.42

2. 2010 0.40

[highlight=yellow]3. 2014 0.27[/highlight]

4. 2005 0.26

...

 

depois de tanto alarmismo na mídia...

Share this post


Link to post
Share on other sites

O fato é que estamos vivenciando sim mudanças no clima de nossas regiões. O Sudeste e Centro-Oeste estão mais quentes e agora, SECOS. A ASAS que tanto tem nos atormentado no inverno, bloqueando grandes ondas de frio pra essas regiões, agora tem nos afetados também no verão. Creio (ou torço) para que seja apenas devido às águas aquecidas no pacífico e atlântico sul, retornando em breve ao padrão normal. Sei que ainda está loooooonge, mas prevejo um inverno desastroso, mantidas as condições atuais (talvez o pior inverno).

Vou rezar muito pras condições mudarem radicalmente.

Share this post


Link to post
Share on other sites
.

 

Após a própria Metsul publicar oficialmente a informação do NOAA de que 2014 foi o ano mais quente já registrado no mundo, não tenho dúvidas de que estamos vivenciando algo, no mínimo, incomum.

 

Abraços chorões!

 

Porto Alegre segue tendência global e tem seu 3º ano mais quente

 

Seria interessante ver os dados de 1880 não só para Porto Alegre e sim para o Brasil inteiro.

 

The Most Dishonest Year on Record

Share this post


Link to post
Share on other sites
O fato é que estamos vivenciando sim mudanças no clima de nossas regiões. O Sudeste e Centro-Oeste estão mais quentes e agora, SECOS. A ASAS que tanto tem nos atormentado no inverno, bloqueando grandes ondas de frio pra essas regiões, agora tem nos afetados também no verão. Creio (ou torço) para que seja apenas devido às águas aquecidas no pacífico e atlântico sul, retornando em breve ao padrão normal. Sei que ainda está loooooonge, mas prevejo um inverno desastroso, mantidas as condições atuais (talvez o pior inverno).

Vou rezar muito pras condições mudarem radicalmente.

 

Esse é o xis da questão. Essa anomalia é passageira, faz parte de um pequeno ciclo? Ou é um novo e perene padrão?

 

Eu acredito na primeira alternativa. Dá medo só de considerar a segunda.

 

Bom dia a todos!

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Esse é o xis da questão. Essa anomalia é passageira, faz parte de um pequeno ciclo? Ou é um novo e perene padrão?

 

Eu acredito na primeira alternativa. Dá medo só de considerar a segunda.

 

Bom dia a todos!

 

Exatamente, Melo. Também prefiro acreditar que faz parte de um pequeno ciclo, como ocorreu em 1963 e até no final do século 19. Porque se esse padrão sem chuvas no SE durar nem que seja mais 2 anos somente, já estaremos ferrados!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sou da turma do acaso, afinal não temos muito parâmetro aqui no Brasil.

Tava vendo os recordes de calor pelo mundo, tem lugar por aê que as máximas históricas são mais antigas que os mais antigos registros brasileiros.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Esse é o xis da questão. Essa anomalia é passageira, faz parte de um pequeno ciclo? Ou é um novo e perene padrão?

 

Eu acredito na primeira alternativa. Dá medo só de considerar a segunda.

 

Bom dia a todos!

 

Melo, entendo as palavras "rezar" , "orar", etc. apenas como forma de expressão sem maiores sentidos.

 

O xis.

 

O planeta aqueceu desde o fim da LIA [pequena era do gelo].

 

Nos últimos 16/17 a temperatura do planeta está estável.

 

Não apresenta aquecimento ou resfriamento estatisticamente significativo.

 

E isso é um problema, pois, os incrementos da concentração de CO2 na atmosfera não sofreram redução muito ao contrário a concentração continua a aumentar. [perfeitamente de acordo com hipotése do IPCC com uma implicação constrangedora para os formuladores: A sensibilidade climática é muito inferior ao suposto inicialmente]

 

veja, no texto da Metsul: "e superior aos registros dos anos de 2005 e 2010 em 0,04ºC.".....Realmente ansioso, como uma estação convencional ou automática, obtém tal acurácia nada demais apenas algorítimos, 4 centésimos de graus....incrível [nem o mais acurado sensor de pele é capaz de tal proeza.]....e ainda você é capaz de caminhar centenas de kilometros entre uma estação e outra dependendo da região milhares de kilometros.

 

Assim, não é possível estabelecer uma média global com acurácia de 0,01ºC baseada em estações terrestres.

 

Ciclos, odeio essa palavra, pois, dá-se a impressão que estamos falando de seno de omega t mais 2 k pi.

 

Estamos em um período de aquecimento o qual cessou [ chama-se isso de hiato, pausa ou platô conforme o entendimento político do termo].

 

Dentro deste período de aquecimento dos últimos ~150 há períodos de maior aquecimento e períodos até de resfriamento [ associados com as grandes oscilações decadais]

 

No contexto regional há exemplos de ondas de calor ou de frio persistentes e analogamente de úmidos ou secos que duram algo como no máximo 3 a 4 anos inclusive regiões como a sub Saariana onde este efeito é multidecadal.

 

Logo, essa maravilha da natureza no sudeste em breve acaba....ou não.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Esse é o xis da questão. Essa anomalia é passageira, faz parte de um pequeno ciclo? Ou é um novo e perene padrão?

 

Eu acredito na primeira alternativa. Dá medo só de considerar a segunda.

 

Bom dia a todos!

 

[...]Logo, essa maravilha da natureza no sudeste em breve acaba....ou não.

 

Esse é o XIS, Mafili: o ''ou não".

 

"Tô cum medo".

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu não acredito em mudanças climáticas, mas sim em ciclos. Acontece que nós temos como característica a achar insuportável e temerário algo que não gostamos. Secas e ondas de calor sempre existiram e sempre existirão. A diferença é como somos afetados. Um exemplo é o livro que estou lendo, 1808, que fala sobre um terremoto que atingiu Lisboa nos anos 1700, seguido por um maremoto. Na época Lisboa tinha 200.000 habitantes, e desse desastre natural morreram 20.000 pessoas, além de todo o país ter ficado com sérios danos. Imagine essa catástrofe nos dias de hoje em cidades litorâneas e populosas! Aqui no Rio mesmo a família imperial passou por dificuldades no século 19 devido a uma grande seca que assolou a cidade e teve que buscar água na Baixada Fluminense, região ainda praticamente intocada. Enfim, creio que estejamos passando por um ciclo, mal preparados para esses eventos, é verdade. Mas o ciclo irá passar, tudo a tempo da própria natureza.

Share this post


Link to post
Share on other sites

BEM COLOCADO. OS CÍCLOS VÃO E VEM, O PROBLEMA É QDO VOLTAM TEM MAIS GENTE MORANDO EM ÁREAS DE RISCO E AMBIENTE DESEQUILIBRADO.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eduardo, as mudanças climáticas são um fato! Estudos climáticos indicam que a Terra já teve várias mudanças muito bruscas na dinâmica atmosférica, gerando diferentes climas em períodos longínquos.

 

Mas eu entendi o que você quis dizer. Refere-se às mudanças climáticas causadas pelo homem. Esta é polêmica e não temos como comprovar nem refutar, pois somos recentes demais e nossas informações muito deficitárias.

 

Se definirmos aqui o tal "ciclo" como uma leve mudança no padrão climático normal de nossa época , eu concordo com você.

 

Em uma palavra, a mudança climática demora milhares ou milhões de anos para se consolidar e é uma mudança total, enquanto o ciclo climático é uma mudança menor, dura poucos anos ou décadas e após o fim do ciclo o padrão típico se reestabelece.

 

Sim, assim está ótimo. Resta saber se o homem tem culpa no ciclo atual.

 

Abraços mafilianos

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá galera!

Fiquei abismado por não ter visto esse vídeo na época que foi desenvolvido, é basicamente um documentário de uma hora e meia sobre o tema do Aquecimento global em que muitas autoridades e pessoas de altíssima competência foram consultadas e entrevistadas (de lugares como IAG, INPE, IPCC) , fora isso, todas as fontes para as afirmações feitas foram disponibilizadas junto com o vídeo no YouTube.

Me pareceu um trabalho extremamente sério e honesto, recomendo a todos que assistam!

 

[bbvideo=560,315]

[/bbvideo]

 

Entrevistas completas nesse canal:

https://www.youtube.com/user/PirulllaSuplementar/videos

Edited by Guest

Share this post


Link to post
Share on other sites
Eduardo, as mudanças climáticas são um fato! Estudos climáticos indicam que a Terra já teve várias mudanças muito bruscas na dinâmica atmosférica, gerando diferentes climas em períodos longínquos.

 

Mas eu entendi o que você quis dizer. Refere-se às mudanças climáticas causadas pelo homem. Esta é polêmica e não temos como comprovar nem refutar, pois somos recentes demais e nossas informações muito deficitárias.

 

Se definirmos aqui o tal "ciclo" como uma leve mudança no padrão climático normal de nossa época , eu concordo com você.

 

Em uma palavra, a mudança climática demora milhares ou milhões de anos para se consolidar e é uma mudança total, enquanto o ciclo climático é uma mudança menor, dura poucos anos ou décadas e após o fim do ciclo o padrão típico se reestabelece.

 

Sim, assim está ótimo. Resta saber se o homem tem culpa no ciclo atual.

 

Abraços mafilianos

 

 

ME DIGA UMA MUDANÇA CLIMÁTICA, MEU CARO RENAN?

 

MUDANÇA CLIMÁTICA=MUDANÇA DE CLIMA, TEMOS MUDANÇA DE CLIMA EM ALGUM LUGAR?

 

MUDANÇA CLIMÁTICA, MINHA VISÃO; O SUDESTE DEIXAR DE TER ESTAÇÃO CHUVOSA POR DÉCADA E DÉCADAS A FIO, O SUL DEIXAR DE TER INVERNO.

 

ATÉ AGORA NÃO TIVEMOS NADA DISTO NO BRASIL.

 

TEMOS SÃO VARIABILIDADE DO CLIMA, COM 0,5,1,0,1,5 DO DESVIO PADRÃO, OU SEJA, PERÍODOS DE MAIOR OU MENOR INTENSIDADE DE FRIO/CALOR, UMIDADE SECURA.

 

UM PEQUENO EXEMPLO É ITPAIRANGA, 80 ANOS DE DADOS E JÁ TEVE OSCILAÇÕES, NO ANO DE +2 A -2, OU SEJA 4°C NO ANO! POR DÉCADA. ISTO É MUDANÇA CLIMÁTICA? NEM DE LONGE. UMA MUDANÇA CLIMÁTICA DOCUMENTADA FOI A SAÍDA DOS VINKS (CORRIJAM DEPOIS), QUE FORAM EXPULSOS DA TERRA VERDE, MAIS CONHECIDA POR GROENLÂNDIA...

 

CHOVER D+ OU D- POR PERÍODOS "LONGOS" (VIDA HUMANA), FRIO/CALOR, CALMO/TURBULENTO, SÃO NORMAIS NO REGIME CLIMÁTICO, COM OU SEM A NOSSA VONTADE.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Eduardo, as mudanças climáticas são um fato! Estudos climáticos indicam que a Terra já teve várias mudanças muito bruscas na dinâmica atmosférica, gerando diferentes climas em períodos longínquos.

 

Mas eu entendi o que você quis dizer. Refere-se às mudanças climáticas causadas pelo homem. Esta é polêmica e não temos como comprovar nem refutar, pois somos recentes demais e nossas informações muito deficitárias.

 

Se definirmos aqui o tal "ciclo" como uma leve mudança no padrão climático normal de nossa época , eu concordo com você.

 

Em uma palavra, a mudança climática demora milhares ou milhões de anos para se consolidar e é uma mudança total, enquanto o ciclo climático é uma mudança menor, dura poucos anos ou décadas e após o fim do ciclo o padrão típico se reestabelece.

 

Sim, assim está ótimo. Resta saber se o homem tem culpa no ciclo atual.

 

Abraços mafilianos

 

 

ME DIGA UMA MUDANÇA CLIMÁTICA, MEU CARO RENAN?

 

MUDANÇA CLIMÁTICA=MUDANÇA DE CLIMA, TEMOS MUDANÇA DE CLIMA EM ALGUM LUGAR?

 

MUDANÇA CLIMÁTICA, MINHA VISÃO; O SUDESTE DEIXAR DE TER ESTAÇÃO CHUVOSA POR DÉCADA E DÉCADAS A FIO, O SUL DEIXAR DE TER INVERNO.

 

ATÉ AGORA NÃO TIVEMOS NADA DISTO NO BRASIL.

 

TEMOS SÃO VARIABILIDADE DO CLIMA, COM 0,5,1,0,1,5 DO DESVIO PADRÃO, OU SEJA, PERÍODOS DE MAIOR OU MENOR INTENSIDADE DE FRIO/CALOR, UMIDADE SECURA.

 

UM PEQUENO EXEMPLO É ITPAIRANGA, 80 ANOS DE DADOS E JÁ TEVE OSCILAÇÕES, NO ANO DE +2 A -2, OU SEJA 4°C NO ANO! POR DÉCADA. ISTO É MUDANÇA CLIMÁTICA? NEM DE LONGE. UMA MUDANÇA CLIMÁTICA DOCUMENTADA FOI A SAÍDA DOS VINKS (CORRIJAM DEPOIS), QUE FORAM EXPULSOS DA TERRA VERDE, MAIS CONHECIDA POR GROENLÂNDIA...

 

CHOVER D+ OU D- POR PERÍODOS "LONGOS" (VIDA HUMANA), FRIO/CALOR, CALMO/TURBULENTO, SÃO NORMAIS NO REGIME CLIMÁTICO, COM OU SEM A NOSSA VONTADE.

 

Perfeito! Irretocável, exceto pelos VIKINGS!! HEHEHEHEHE

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.