Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Carlos Dias

Mudanças Climáticas - Discussões Gerais

Recommended Posts

Cadê as outras mensagens?

 

Desculpe, Rodrigo.

 

As mensagens foram transferidas para este tópico [ talvez o nome não seja o ideal] mas é o tópico que se mantém as discussões pertinentes.

 

A razão é não perder discussões importantes e interessantes.

 

Abraços

 

 

EVITAR DE ABRIR TÓPICOS A TODA HORA TAMBÉM, POIS PERDE O INTERESSE E OS DADOS COM O TEMPO.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mas estou exatamente me referindo aos ciclos climáticos ao falar sobre essa anomalia atual no verão do Sudeste. Releia o texto. Acredito que não haja qualquer indício de mudança climática, mas sim de ciclos em alguns pontos do globo. Meu foco maior aqui, é claro, é o meu umbigo, no caso o Sudeste.

 

Já são dois verões bizarros seguidos, e isso me preocupa justamente porque nós não estávamos preparados para essa mudança, provavelmente de causa natural, de ciclo!

 

"Eduardo, as mudanças climáticas são um fato!..."

 

É O MESMO RENAN?

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Aldo bem que poderia repostar estes dados da seca no Sudeste.

 

No entanto, ainda acho que está está sendo mais severa por dois motivos: Tem feito, simultaneamente à seca, muito calor, e a população de hoje é muito maior, logo muito mais vulnerabilidade às intempéries climáticas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

FALO DO CLIMA, O RESTO É RESTO, NESTE SENTIDO. AGORA EM TERMOS DE IMPACTO É ÓBVIO QUE AGORA É N VEZES MAIS.

Share this post


Link to post
Share on other sites

No entanto, ainda acho que está está sendo mais severa por dois motivos: Tem feito, simultaneamente à seca, muito calor, e a população de hoje é muito maior, logo muito mais vulnerabilidade às intempéries climáticas.

 

Peraí, então podemos dizer que não tem nada de anormal, como ela pode ser severa por a população ser maior? Não seria apenas que está sendo mais sentida pelo maior número populacional ?

 

Se realmente existe a tal "mudança" que alardeiam precisamos apenas nos preparar para o pior, já que não existe previsão para o "aquecimento global" acabar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mas estou exatamente me referindo aos ciclos climáticos ao falar sobre essa anomalia atual no verão do Sudeste. Releia o texto. Acredito que não haja qualquer indício de mudança climática, mas sim de ciclos em alguns pontos do globo. Meu foco maior aqui, é claro, é o meu umbigo, no caso o Sudeste.

 

Já são dois verões bizarros seguidos, e isso me preocupa justamente porque nós não estávamos preparados para essa mudança, provavelmente de causa natural, de ciclo!

 

"Eduardo, as mudanças climáticas são um fato!..."

 

É O MESMO RENAN?

 

Desculpe se não fui claro. O que eu quis dizer é que as mudanças climáticas são um fato do ponto de vista paleoclimático. No momento atual, não temos indicativos de mudança climática, pois estas são extremas e globais.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Vamos lá,

 

Primeiro. Eu tenho um computador só para rodar todas as versões em todos os cenários dos modelos do IPCC.

 

E ainda preciso da ajuda do Marcelo para abrir novos formatos de arquivos.

 

Isto dás um trabalho [nem tanto] toma tempo... muito tempo.

 

Veja hoje eu tenho muito tempo [que bom, né] do pouco tempo que me resta [chato, né].

 

Na vida real e no mundo dos modelos,

 

O gráfico abaixo representa a temperatura REAL de São Joaquim [dados fornecidos por Ronaldo Coutinho do Prado] e outro gráfico sobreposto gerado pelo CMPI 5 no cenário AB. [ isto como foi o período 1955/2012] infelizmente faz dois anos que o purga não me manda as atualizações.

 

Pergunta simples

 

Qual é o modelo e qual é o Real ?

 

Sorry...mes de[highlight=yellow]DEZEMBRO[/highlight]

 

2po8ksm.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dados isolados são irrelevantes, dentro de um cenário de aquecimento global uma estação apresentar resfriamento já é totalmente possível, imagine um aumento "pouco significativo"?

 

[bbvideo=560,315]

[/bbvideo]

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bom, no meu antigo "Umbigo"(Bagé) a coisa esfriou... As secas antes frequentes e as ondas de calor que eram MUITO frequentes em qualquer primavera/verão, hoje praticamente não ocorrem na cidade(sem contar o resfriamento em Julho). E por exemplo, o resfriamento em Bagé é muito mais significativo que o aquecimento em São Paulo, já que a área da cidade é consideravelmente maior.

 

Agora falando mais sobre o "mundo" , até agora não entendi como a NOAA fez para classificar 2014 como o ano mais quente, sendo que os próprios dados por ela apresentados não provam isto. O fato é que este tema ganhou agora repercussão aqui no fórum porque as áreas mais populosas do País (leste) estão enfrentando o que antes a parte Oeste da América e Pampas Argentinos, uruguaios e gaúchos costumavam ter em um verão normal. Provando como uma simples mudança de circulação de ventos em altitude pode fazer com o clima. Depois de 2013 e 2014, não há como se duvidar de qualquer coisa. Para ambos os lados, tanto de frio quanto de calor.

 

Depois irei olhar os dados e vídeos postados pelos amigos com maior profundidade, mas por enquanto, é isto que tenho a dizer. Lembrando sempre, que os políticos e as ONG'($) tem muito a ganhar com um provável terrorismo climático.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Dados isolados são irrelevantes, dentro de um cenário de aquecimento global uma estação apresentar resfriamento já é totalmente possível, imagine um aumento "pouco significativo"?

 

Exatamente Frost, dados isolados são irrelevantes. E a medição por satélite, que não tem nenhum dado isolado, o que indica? Alguém tem o gráfico?

Que a coisa não está muito normal para a nossa escala de tempo, realmente não está. Porém, ninguém ainda provou que isso se deve ao homem, são teorias e elas são entendidas como verdade absoluta, isso que não consigo engolir. Já houve períodos semelhantes a este anteriormente? A velocidade de mudança está mais rápida? São pontos que precisam ser estudados. Para mim, o problema é atribuir as mudanças e aquecimento somente ao homem.

Além disso, as projeções são feitas a partir de modelos, que podem ser alimentados com N tipos de dados, terem sua configuração alterada. E por último, são modelos, se os meteorologistas falam que o modelo de curto prazo é uma ferramenta e que não se pode confiar nele 100%, o que dizer de um modelo para 50 anos?

Nã vi o vídeo que você passou, irei ver com tempo :ok:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vamos lá...

 

Totais anuais no IAG:

 

1933 - 849,8 mm

1934 - 1.071,7 mm

1935 - 1.282,7 mm

1936 - 1.129,9 mm

1937 - 1.324,3 mm

1938 - 1.247,4 mm

1939 - 1.059,7 mm

1940 - 1.043,7 mm

1941 - 1.123,0 mm

1942 - 1.143,9 mm

1943 - 1.071,5 mm

1944 - 1.067,6 mm

1945 - 1.317,4 mm

1946 - 1.086,7 mm

1947 - 1.573,4 mm

Edited by Guest

Share this post


Link to post
Share on other sites
Dados isolados são irrelevantes, dentro de um cenário de aquecimento global uma estação apresentar resfriamento já é totalmente possível, imagine um aumento "pouco significativo"?

 

Exatamente Frost, dados isolados são irrelevantes. E a medição por satélite, que não tem nenhum dado isolado, o que indica? Alguém tem o gráfico?

Que a coisa não está muito normal para a nossa escala de tempo, realmente não está. Porém, ninguém ainda provou que isso se deve ao homem, são teorias e elas são entendidas como verdade absoluta, isso que não consigo engolir. Já houve períodos semelhantes a este anteriormente? A velocidade de mudança está mais rápida? São pontos que precisam ser estudados. Para mim, o problema é atribuir as mudanças e aquecimento somente ao homem.

Além disso, as projeções são feitas a partir de modelos, que podem ser alimentados com N tipos de dados, terem sua configuração alterada. E por último, são modelos, se os meteorologistas falam que o modelo de curto prazo é uma ferramenta e que não se pode confiar nele 100%, o que dizer de um modelo para 50 anos?

Nã vi o vídeo que você passou, irei ver com tempo :ok:

 

Eu nunca vi uma pessoa falando que as mudanças são de única e exclusiva responsabilidade do homem, pelo contrario, o que mais vejo são pessoas minimizando o potencial que o homem tem para causar qualquer mudança global.

Eu acho um equivoco gigantesco comparar previsão de curto prazo com previsão de aumento da temperatura média global, a previsão de curto prazo tem a ver com alta precisão de acerto para temperaturas e precipitação que vão ocorrer em lugares extremamente específicos para datas extremamente especificas, enquanto uma previsão de aumento da temperatura média global é não envolve precisão alguma no que se refere a locais específicos ou dias do ano em particular, simplesmente não dá pra comparar as duas coisas, você nunca viu alguém falando sobre a previsão de chuva para um dia especifico daqui a 50 anos mas é essa ideia que algumas pessoas aparentemente tem sobre o trabalho de alguns "aquecimentistas".

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tudo bem Frost.

 

Mas aqui na minha cabeça ainda não entrou como é possível fazer uma previsão climática para daqui 50, 100 anos.

 

Veja bem, não estou duvidando.

Apenas não estou entendendo como.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Tudo bem Frost.

 

Mas aqui na minha cabeça ainda não entrou como é possível fazer uma previsão climática para daqui 50, 100 anos.

 

Veja bem, não estou duvidando.

Apenas não estou entendendo como.

 

Fazendo uma correlação entre o aumento da emissão dos gases de efeito estufa e o atual aumento de temperatura global por exemplo?

 

Com esses dados e a previsão da emissão de gases para 50 anos pode-se supor um valor de aumento na temperatura global.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sim, mas funciona?

 

Não poderia haver outras variáveis envolvidas?

 

E se, por algum motivo "misterioso", o Atlântico entrar numa fase fria duradoura? Ou o Pacífico?

E se houver uma super erupção vulcânica.

 

Não podem faltar variáveis nessa equação?

 

Não é provocação, é pergunta mesmo.

Do jeito que é colocado pelos envolvidos no assunto (Cientistas, estudiosos, etc), passa uma impressão de certeza que vai acontecer.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Sim, mas funciona?

 

Não poderia haver outras variáveis envolvidas?

 

E se, por algum motivo "misterioso", o Atlântico entrar numa fase fria duradoura? Ou o Pacífico?

E se houver uma super erupção vulcânica.

 

Não podem faltar variáveis nessa equação?

 

Não é provocação, é pergunta mesmo.

Do jeito que é colocado pelos envolvidos no assunto (Cientistas, estudiosos, etc), passa uma impressão de certeza que vai acontecer.

 

Ué, mas é por isso mesmo que é apenas uma previsão, não existem garantias.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas quem garante que é o aumento do CO2 que aumenta a temp global, e não o contrário?

Já li em mais de 1 fonte, q o gás estufa mais importante é o vapor d´água...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mas quem garante que é o aumento do CO2 que aumenta a temp global, e não o contrário?

Já li em mais de 1 fonte, q o gás estufa mais importante é o vapor d´água...

 

Ele absorve radiação que poderia estar sendo refletida de volta ao espaço...

Esse tema, e também a importância do vapor de água no aquecimento foram abordados no vídeo, tanto é que foi falado que, por o vapor de água também ser um gás de efeito estufa, ele causaria um feedback positivo ao aquecimento global uma vez que a temperatura global aumentasse devido ao CO2, pois uma atmosfera mais aquecida comporta mais vapor de água.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Frost, não sou mas vou fazer o papel de advogado do Diabo:

1 - Não tenho nomes agora, mas lembro que muitos pesquisadores dizem que a influência do homem é primordial, pois segundo eles sem as forçantes de CO2 e similares os modelos não conseguem reproduzir a evolução da temperatura.

2 - O problema dos modelos não é a precisão para locais específicos ou dias do ano, claro nisso concordo com você. Porém, todos sabemos que a atmosfera é instável, tem o efeito borboleta (Lorenz) e talz. O modelo trabalha num circuito fechado, seria então como se a atmosfera fosse se comportar de maneira linear durante os 50 anos. Porém, não temos controle nem tecnologia que consiga prever pequenas variações que alterem totalmente o longo prazo. Se os modelos conseguissem reproduzir isso, acho que modelos climáticos como CFS seriam muito melhores num curto prazo, usando essa tecnologia, não concorda? Você confia na previsão para o globo do CFS para 9 meses, sem olhar pontos ou valores específicos?

3 - Vejo artigos falando que o modelo climático refaz o passado com precisão e o futuro com acerto muito grande, como por exemplo em http://www.skepticalscience.com/translation.php?a=15&l=10

Primeiro, espacializar o passado é fácil, os dados existem! Agora, fazer uma espacialização boa é algo difícil num local com poucas estações.

É certo usar dados de estações terrestres para comparar com os modelos? Muitas estações dentro de cidades, estações que mudam de local. O IPCC afirma que não usa dados anteriores a 1860 pois os dados referentes ao Hemisfério Sul são insuficientes. O Hemisfério sul tinha estações suficientes em 1920? 1930? Atualmente tem estações suficientes que representem bem todos os continentes?

Mais sobre isso: http://www.thenewamerican.com/tech/environment/item/19864-climate-alarmists-deceive-again-2014-was-not-hottest-on-record

 

Veja, não discuto se houve aquecimento desde 1900 para cá. Houve. Atualmente? Medições de toda a atmosfera por satélite (e não somente da superfície, como as estações) mostram estabilidade há mais de 15 anos. Como será o futuro? Não faço idéia.

 

Ué, mas é por isso mesmo que é apenas uma previsão, não existem garantias.

Se não existe garantias e há algumas brechas, não pode ser encarada como a verdade absoluta, mas acaba sendo. Isso que não concordo!!

Ah, e também sou muito cético com a hipótese do resfriamento global.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Se não existe garantias e há algumas brechas, não pode ser encarada como a verdade absoluta, mas acaba sendo. Isso que não concordo!!

 

Eu acredito que o que a maior parte da comunidade científica quer deixar como "verdade absoluta" é apenas que o ser humano é capaz sim de causar mudanças climáticas.

Obviamente não tem como dar certeza de qua vai aumentar a temperatura, mesmo por que, nesse exato momento de "estabilidade" possivelmente estaríamos com um "resfriamento" não fosse a atuação humana e o mesmo vale para futuros resfriamentos que poderiam ser mais intensos caso "não existíssemos"

Share this post


Link to post
Share on other sites
Eu acredito que o que a maior parte da comunidade científica quer deixar como "verdade absoluta" é apenas que o ser humano é capaz sim de causar mudanças climáticas.

Obviamente não tem como dar certeza de qua vai aumentar a temperatura, mesmo por que, nesse exato momento de "estabilidade" possivelmente estaríamos com um "resfriamento" não fosse a atuação humana e o mesmo vale para futuros resfriamentos que poderiam ser mais intensos caso "não existíssemos"

Beleza Frost! Mas então se a natureza está brecando o aquecimento, então a influência do homem tem que ser no mínimo revista, pois nada indicava que haveria estabilidade. Ou mais grave ainda, nenhum modelo sem as forçantes humanas indicavam um resfriamento. São essas incoerências que "atrapalham" :pleasantry: :pleasantry:

Share this post


Link to post
Share on other sites
Dados isolados são irrelevantes, dentro de um cenário de aquecimento global uma estação apresentar resfriamento já é totalmente possível, imagine um aumento "pouco significativo"?

 

Exatamente Frost, dados isolados são irrelevantes. E a medição por satélite, que não tem nenhum dado isolado, o que indica? Alguém tem o gráfico?

 

 

Está assim: UAH_LT_1979_thru_December_2014_v5.png

 

Assim como o pool de estações do NCEP, está longe de mostrar 2014 como o ano mais quente da história.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.