Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Felipe F

Vulcões

Recommended Posts

E cada vez mais as Cinzas estão avançando sobre o Rio Grande do Sul.

 

GliKogC.gif

 

Ultima previsão emitida pelo Serviço de Meteorologia da Argentina (SMN) sugerem as cinzas atingindo nas próximas 24 horas toda a faixa leste do RS, incluindo Porto Alegre. Metsul afirmou no Twitter que há possibilidade das cinzas chegarem em Santa Catarina também.

 

ul1t1vO.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

A movimentação da massa de cinzas nas últimas horas parece ter seguido mais a direção dos ventos indicada para a camada de 70 hPa do que 250 hPa, o que significaria que uma parte dela pode alcançar o centro do Paraná em 24 horas mais ou menos e talvez se espalhar também pelo sudeste e centro-oeste. Será que é isso mesmo? Pq o que estiver mais abaixo, quando chegar a Santa Catarina pega carona no jato e vai embora.

 

cinzas20150424.gif

250x70.jpg

gfs_ventos_20150425.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Artur, de cabeça, a última erupção que lembro de ter causado lahars foi o Merapi em 2010.

Rnklippel, o Rodolfo que entende mais sobre isso, mas acredito que você esteja certo na sua observação que a movimentação da massa de cinzas está seguido mais a direção dos ventos indicada para a camada de 70 hPa do que 250 hPa, tanto é, que a nuvem de cinzas já está próxima do sul de SP.

 

GNOgo7E.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Apesar de que, olhando melhor as imagens de agora e pesquisando por aí, acho que na verdade elas devem estar mais próximas à camada de 500hPa. Aqui embaixo tem a simulação do gfs para as 03h (local) e a imagem do eumetsat das 02UTC. Ontem na hora que postei a situação de 500 e 70 hPa estavam parecidas (o centro de alta pressão da imagem abaixo estava a sudoeste do que está agora, na argentina) e como eu tinha lido que a erupção tinha alcançado os 12Km+ de altitude, imaginei que as cinzas estivessem acima do nível de 250hPa, mas pelo que entendi agora elas na verdade estão mais baixas.

 

500hpa_eumetsat.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Atividade do vulcão Calbuco segue diminuindo.

O nível de alerta ainda segue vermelho, pois tremores associados ao movimento do magma no interior do vulcão ainda são registrados.

O vulcão expeliu 210 milhões de metros cúbicos de cinzas em três dias.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Monte Sinabung, Indonésia registrou uma forte erupção ontem.

Fluxo piroclástico destruiu florestas e pelo menos uma aldeia.

Não há registro de fatalidades.

 

dWy4Nyk.jpg

 

TL7tx1e.jpg

 

KXgFWDe.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Caraca, que porrada do Sinabung!!!! :shok: :shok: :shok:

 

Vamos ver o VAAC de Darwin o que diz:

 

ERUPTION DETAILS: VA PLUME TO FL140 REPORTED AT 28/1000Z ON

SOCIAL MEDIA.

VA PLUME AND PYROCLASTIC FLOW WITH PHOTOS REPORTED FROM

SOCIAL MEDIA . HOWEVER ASH UNIDENTIFIABLE FROM CURRENT SATELLITE

IMAGERY DUE TO MET CLOUD IN THE AREA. THE SITUATION WILL BE

CLOSELY MONITORED.

 

Resumindo, o VAAC diz que a nuvem chegou a 14 mil pés, algo como 5000 metros (calculei de cabeça, preguiça!), e que de acordo com mídias sociais, houve fluxos piroclásticos. além disso, os satélites não registraram cinzas na atmosfera, mais devido a cobertura de nuvens.

Não há novos boletins a serem emitidos, denotando falta de atividade vulcanica no momento.

 

Mas seguirá sendo monitorado.

 

Voltando ao assunto Calbuco, publiquei no meu blog a verdadeira altura da coluna de cinzas: 17 km!!! Quem disse isso foi a NASA em análise de satélite!

 

Será que não poderia ser enquadrada como Pliniana? Foi forte o negócio!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essa do Sinabung deve ter ficado entre VEI 2 ou 3. Ano passado uma erupção semelhante a essa deixou 15 mortos.

 

A primeira coluna de cinzas teve 16 km e a segunda 17 km.

O volume de material expelido por Puyehue-Cordón Caulle (0,8 km³) e Chaitén (1,0 km³) foi entre 4 e 5 vezes maior que o de Calbuco (0,2 km³) até o momento.

 

Essa foi uma erupção pliniana, porém a energia e a distribuição da massa eruptiva não foi muito grande, por isso foi classificado como VEI 4 (Subpliniana).

 

VEI 4 = Subpliniana

VEI 5 = Pliniana

VEI ≥6 = Ultra Pliniana.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá pessoal dos vulcões! Tenho uma pergunta para vocês: Qual o efeito previsto dessas erupções para o inverno no sudeste?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Olá pessoal dos vulcões! Tenho uma pergunta para vocês: Qual o efeito previsto dessas erupções para o inverno no sudeste?

 

Sinceramente? Nenhum! Uma erupção que atinja 16 ou 17 kmd e altura as cinzas, ainda assim não teria potencial pra espalhar particulas na alta atmosfera...tanto que a nuvem do calbuco quando chegou, era reportada a níveis de 10 a 15 mil pés.

 

Outra, tem a questão da posição geográfica. O Pinatubo, quando explodiu, estava na altura dos trópicos, logo era maior a chance dos aerossois se dispersarem nas zonas de maior calor. Aí sim o efeito dele foi significativo.

 

A explosão do Calbuco, deveria ser ao menos umas 5 a 6 vezes mais forte pra dar algum efeito, e ainda assim estariamos falando de centésimos ou no máximo 1 décimo de grau no Brasil. Pela latitude do vulcão, teria de ter uma erupção a nivel Novarupta pra ai sim dar algum efeito. VEI 6 ao menos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Olá pessoal dos vulcões! Tenho uma pergunta para vocês: Qual o efeito previsto dessas erupções para o inverno no sudeste?

 

Sinceramente? Nenhum! Uma erupção que atinja 16 ou 17 kmd e altura as cinzas, ainda assim não teria potencial pra espalhar particulas na alta atmosfera...tanto que a nuvem do calbuco quando chegou, era reportada a níveis de 10 a 15 mil pés.

 

Outra, tem a questão da posição geográfica. O Pinatubo, quando explodiu, estava na altura dos trópicos, logo era maior a chance dos aerossois se dispersarem nas zonas de maior calor. Aí sim o efeito dele foi significativo.

 

A explosão do Calbuco, deveria ser ao menos umas 5 a 6 vezes mais forte pra dar algum efeito, e ainda assim estariamos falando de centésimos ou no máximo 1 décimo de grau no Brasil. Pela latitude do vulcão, teria de ter uma erupção a nivel Novarupta pra ai sim dar algum efeito. VEI 6 ao menos.

 

Muito o obrigado cara! Agora esclareceu muito ^^

Share this post


Link to post
Share on other sites

Erupção nas Ilhas Galápagos, Equador.

 

Vulcão Wolf, nas Ilhas Galápagos apresenta uma grande erupção efusiva com altos jatos de lava em uma fissura.

Fluxos de lava estão descendo da cratera e podem colocar em risco de extinção animais que só vivem no norte da Ilha Isabela, onde está localizado o vulcão.

A1IktSK.jpg

wAEuLQ3.jpg

A última erupção conhecida n'este vulcão havia sido em 1982.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Japão elevou o nível de alerta no Monte Hakone para 3, pois uma pequena erupção foi registrada.

A última erupção significativa ocorreu a 2.900 anos atrás e a última erupção registrada foi no ano de 1170.

 

DNTMgib.png

 

f2guK2D.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vulcão Colima no México a poucos minutos registrou forte explosão. O mesmo encontra-se em erupção desde o dia 10 e aparentemente está tendo sua maior erupção hoje.

Estou apurando o tamanho da encrenca

Share this post


Link to post
Share on other sites
Vulcão Colima no México a poucos minutos registrou forte explosão. O mesmo encontra-se em erupção desde o dia 10 e aparentemente está tendo sua maior erupção hoje.

Estou apurando o tamanho da encrenca

Tem um furação próximo do vulcão, a visão ao vivo, de noite tá complicada, mas tem bastante material incandescente

 

13/07 3:00

lSvHWLn.png

LGgY8hL.png

aOO2Hse.png

 

Link da Câmera

http://www.webcamsdemexico.com/webcam-volcan-de-colima.html

 

Câmera que fez essas imagens dia sexta-feira

[bbvideo=560,315]

[/bbvideo]

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vulcão Colima - primeiros números

Altura da nuvem preliminar: 7 km

Indice de explosividade: VEI 1 ou 2 (em análise)

Cinzas não identificadas pelo satélite devido a presença do ciclone Dolores.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alerta no Caribe por atividade do vulcão submarino Kick'em Jenny

 

O vulcão que fica próximo da ilha de Granada tem registrado tremores que se intensificaram durante o dia de hoje e autoridades regionais de desastres emitiram um alerta laranja, que significa que é bem provável uma erupção do vulcão. Mais cedo, mergulhadores relataram ter visto bolhas de gás no mar na região do vulcão.

Kick'em Jenny se eleva 1300 metros de sua base (a 1500 m abaixo do nível do mar) ao seu pico (180 m abaixo do nível do mar), uma erupção não colocaria risco de tsunamis, visto que esse vulcão entrou em erupção doze vezes no século passado, e nunca foi relatado tsunamis devido sua erupção, porém, devido a sua forma íngreme, algum evento explosivo poderia causar deslizamentos de encosta e por em risco ilhas mais próximas. Tráfego de barcos estão proibidos em um raio de 5 km do vulcão, devido a piroclástos, bolhas de ar e a possível elevação da temperatura d'água diminuir sua densidade e poder causar naufrágios.

250px-Map_grenada_volcanoes.png

 

633wN8h.gifgzeCy7T.jpg

A cratera do vulcão está a apenas 180 m da superfície e é esperado que se forme à partir de erupções do Kick'em Jenny, uma nova ilha no Mar do Caribe

Share this post


Link to post
Share on other sites

Equador eleva nível de alerta no Vulcão Cotopaxi após duas explosões na manhã d'esta sexta-feira

 

Vulcão fica a 50 km ao sul de Quito onde ocorreram queda de cinzas. O nível de alerta estava em branco e subiu para amarelo, outra explosão foi registrada no meio da manhã.

O Monte Cotopaxi vinha mostrando sinais de atividade desde meados de abril com tremores harmônicos e emissão de gases CO². Hoje encerrou um de seus maiores períodos de calma desde o início da colonização. No século 18, o Monte Cotopaxi teve diversas erupções intensas que provocaram por muitas vezes destruição de povoados coloniais nas redondezas e efeitos em todo o Equador.

Havia turistas escalando o vulcão no mo mento da erupção, mas ninguém ficou ferido.

 

rY4ZKW3.jpg

 

acompanhando...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Região sudoeste do Japão entra em alerta sobre possível grande erupção explosiva do Monte Sakurajima

 

Agência Meteorológica Japonesa elevou de 3 para 4 o nível de alerta do Monte Sakurajima após medições detectarem uma rápida elevação do vulcão que já vinha registrando tremores nas últimas semanas, o nível 4 de alerta significa que uma erupção é iminente e que pessoas vivendo nos arredores devem estar preparadas para evacuar a região, algumas famílias inclusive começaram a deixar o local.

O Monte Sakurajima já vinha apresentando frequente atividade nos últimos anos, mas os sinais mais recentes podem indicar uma erupção explosiva intensa como a mais de 100 anos não é visto no Japão. Outro alerta fica por conta da Usina Nuclear de Kiyushu que n'essa semana foi a primeira a ser ativada no país desde do desligamentos das plantas nucleares do Japão após o Tsunami de 2011.

 

Mais detalhes:

http://www.theguardian.com/world/2015/aug/15/japans-sakurajima-volcano-chance-of-large-eruption-extremely-high

Share this post


Link to post
Share on other sites

Updates

 

Sakurajima:

 

Tremores diminuiram no Monte Sakurajima, mas o nível de alerta se mantem em 4 devido à indução magmática registrada na última semana. Risco de erupção ainda é considerável.

 

Cotopaxi:

Segue em atividades esporádicas. Uma nova fumarola foi expelida hoje pela manhã, e pôde ser vista inclusive da Capital, Quito. Porém não houve registro de caída de cinzas.

ZtbxtUW.jpg

ABt9AVt.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.