Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Sign in to follow this  
Felipe F

Monitoramento e Previsão - Centro-Sul - Fevereiro 2014

Recommended Posts

Fiz uma promessa: Só estudo para as provas da faculdade quando voltar a chover, arriscado em.... :sarcastic: :sarcastic: ...

Depois de mais uma tarde escaldante com 36.8°C agora faz 28°C..

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

INTERESSANTE, E NÃO PODERIA DEIXAR DE PASSAR DESAPERCEBIDO, FOI A POTENCIA COM QUE O PINATUBO ARREGAÇOU COM A TEMPERATURA NA TERRA COMO UM TODO, COISA QUE NEM O TAMBORA, NEM O KRAKATOA CONSEGUIRAM FAZER. AS VEZES ME PERGUNTO SE OS RELATOS DAS EXPLOSÕES DESTES DOIS VULCÕES FORAM MESMO TÃO FANTÁSTICOS, HAJA VISTO A POTENCIA DA ERUPÇÃO DO PINATUBO. ISSO É POLEMICO, MAS ESTOU PRA DIZER QUE A ERUPÇÃO DO PINATUBO FOI A MAIOR QUE JÁ EXISTIU NA TERRA NOS ULTIMOS 700 ANOS.

 

MAS ISSO É UMA OUTRA HISTÓRIA!

 

ABRAÇOS ESCANDALOSOS![/color]

 

Cara, você só pode estar de brincadeira.

 

O Krakatoa foi a maior explosão de todas, matou 37.000 pessoas ( o Pinatubo 800), sua explosão foi ouvida a mais de 5000 km do local, ensurdeceu pessoas num raio de 15km, quas sumiu com uma ilha inteira.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ondas de calor no País poderão ser mais frequentes, diz especialista
O "ecmwf" já havia postado isso na última página!

 

Hoje a temperatura variou entre 18,1ºC e 31,3ºC.

Essa foi a maior mínima de 2014 até o momento.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Aqui em São Gabriel a temperatura não subiu tanto após o final de semana, e hoje mesmo num cenário pré-frontal faz ''apenas'' 36°C (inferior a média das máximas neste fevereiro que é de 36,9°C). Por aqui o calor foi forte, intenso, porém longe de fazer história. A máxima do período não alcançou os ''inéditos'' 40°C aqui na cidade, sequer superando a máxima anual de 2013. As mínimas apesar de elevadas, ainda foram inferiores aos registros acima dos 26°C e 27°C em janeiro de 2010, também sem recordes.

 

Os modelos estão bastante oscilantes quanto a intensidade com que a frente fria vai chegar ao Rio Grande do Sul. Por ora, indicam acumulados mais elevados, por outras diminuem os volumes de chuva. A chance de tempo severo acompanha o deslocamento do sistema amanhã, no entanto mesmo com o potencial para danos pelos temporais, não será uma onda de tempestades.

 

Sobre o assuntos dos extremos climáticos, além do frio americano e do calor brasileiro, existe também as inundações na Grã-Bretanha. Segundo os dados da região este é o inverno mais chuvoso em 250 anos. Será que há influência do calmo sol :

 

http://noticias.seuhistory.com/sol-apresenta-atividade-nunca-vista-antes-e-intriga-cientistas-de-todo-mundo

Não são apenas alguns bazianos que perceberam que algo está fora do normal, entre a terra e o sol,cientistas estão de olho, e isto as andorinhas, os golfinhos, os elefantes, baleias, já perceberam há um bom tempo...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Se não me engano, o chamado ano sem verão, que ocorreu no leste a América do Norte (EUA e Canadá), com neve no verão na Nova Inglaterra, em 1816, teve como uma das causas uma erupção vulcânica.

http://www.islandnet.com/~see/weather/history/1816.htm

 

Alguém saberia dizer qual vulcão entrou em erupção nessa época.

Tambora teve o ápice de sua erupção em 10 de Abril de 1815.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Carlos Campos, enquanto tu não sentires na pele, a sensação do frio de Soledade, das baixadas da Serra do Botucaraí, não vai ter a ideia real de como é aqui.... :friends:

Edited by Guest

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
Aqui em São Gabriel a temperatura não subiu tanto após o final de semana, e hoje mesmo num cenário pré-frontal faz ''apenas'' 36°C (inferior a média das máximas neste fevereiro que é de 36,9°C). Por aqui o calor foi forte, intenso, porém longe de fazer história. A máxima do período não alcançou os ''inéditos'' 40°C aqui na cidade, sequer superando a máxima anual de 2013. As mínimas apesar de elevadas, ainda foram inferiores aos registros acima dos 26°C e 27°C em janeiro de 2010, também sem recordes.

 

Os modelos estão bastante oscilantes quanto a intensidade com que a frente fria vai chegar ao Rio Grande do Sul. Por ora, indicam acumulados mais elevados, por outras diminuem os volumes de chuva. A chance de tempo severo acompanha o deslocamento do sistema amanhã, no entanto mesmo com o potencial para danos pelos temporais, não será uma onda de tempestades.

 

Sobre o assuntos dos extremos climáticos, além do frio americano e do calor brasileiro, existe também as inundações na Grã-Bretanha. Segundo os dados da região este é o inverno mais chuvoso em 250 anos. Será que há influência do calmo sol :

 

http://noticias.seuhistory.com/sol-apresenta-atividade-nunca-vista-antes-e-intriga-cientistas-de-todo-mundo

Não são apenas alguns bazianos que perceberam que algo está fora do normal, entre a terra e o sol,cientistas estão de olho, e isto as andorinhas, os golfinhos, os elefantes, baleias, já perceberam há um bom tempo...

Com certeza, PH! O clima não está dentro da normalidade. Tentam dizer que "não, que está tudo bem, que já houve coisa parecida", mas, na minha opinião, não tem nem o que contestar. O homem e os animais sentem na pele os efeitos das loucuras climáticas.

Abraços, amigo!

:clapping:

Share this post


Link to post
Share on other sites
A ARAUCÁRIA APARECE AO NÍVEL DO MAR, NATIVA, NO LITORAL SUL DE SC.

 

Certa vez voltando de Floripa, notei próximo a rodovia (101), ali pouco antes de Tijucas, umas 3, 4 araucárias...fiquei XOKADO!

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

INTERESSANTE, E NÃO PODERIA DEIXAR DE PASSAR DESAPERCEBIDO, FOI A POTENCIA COM QUE O PINATUBO ARREGAÇOU COM A TEMPERATURA NA TERRA COMO UM TODO, COISA QUE NEM O TAMBORA, NEM O KRAKATOA CONSEGUIRAM FAZER. AS VEZES ME PERGUNTO SE OS RELATOS DAS EXPLOSÕES DESTES DOIS VULCÕES FORAM MESMO TÃO FANTÁSTICOS, HAJA VISTO A POTENCIA DA ERUPÇÃO DO PINATUBO. ISSO É POLEMICO, MAS ESTOU PRA DIZER QUE A ERUPÇÃO DO PINATUBO FOI A MAIOR QUE JÁ EXISTIU NA TERRA NOS ULTIMOS 700 ANOS.

 

MAS ISSO É UMA OUTRA HISTÓRIA!

 

ABRAÇOS ESCANDALOSOS![/color]

 

Cara, você só pode estar de brincadeira.

 

O Krakatoa foi a maior explosão de todas, matou 37.000 pessoas ( o Pinatubo 800), sua explosão foi ouvida a mais de 5000 km do local, ensurdeceu pessoas num raio de 15km, quas sumiu com uma ilha inteira.

 

É verdade, a explosão do Krakatoa causou um resfriamento global. Naquele ano "não teve verão" na Europa, a agricultura sucumbiu e a fome se alastrou. Foi nesse contexto lúgubre que Mary Shelley & Cia. passaram umas férias "dândis" na Suíça. A população estava miserável e os dias, sombrios. Parece que daí veio alguma inspiração para a criação do conto do Frankenstein.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Chegamos a incrivél marca de 12 dias com maxima acima de 35°C.. :wacko: :shok:

Marca muito expressiva já que em média no ano todo são cerca de 15-20 maximas acima de 35°C...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Coutinho sobre as Araucárias acho dificil uma cobertura vegetal até a Argentina. Digo isso pro aqui em São Gabriel as raras que tu vê foram plantadas e a região não é muito propícia, mas não sei detalhar o porque.

Agora um pouco mais ao leste, na Serra do Sudeste, as condições são melhores para o desenvolvimento das plantadas pelo homem , por exemplo. Agora já entre Canguçu e Caçapava do Sul vê-se inclusive alguns locais bem povoados deste pinheiros, porém não em toda totalidade da região.

 

 

EM SC ELAS AVANÇAM DENTRO DA ARGENTINA DE FORMA NATURAL, NÃO MUITO MAS VÃO ARGENTINA A DENTRO, ALÍ TEM ÁREAS AINDA ALTAS DENTRO DA ARGENTINA.

Share this post


Link to post
Share on other sites
A ARAUCÁRIA APARECE AO NÍVEL DO MAR, NATIVA, NO LITORAL SUL DE SC.

 

Certa vez voltando de Floripa, notei próximo a rodovia (101), ali pouco antes de Tijucas, umas 3, 4 araucárias...fiquei XOKADO!

 

 

NA GRANDE FPOLIS ATÉ 150/200 M ENCONTRAS ALGUMAS NÃO PLANTADAS, AO NÍVEL DO MAR, NATIVA, QUE EU SAIBA, SÓ NO LITORAL SUL.

 

EM JAN DE 1958 FOI O SEGUNDO JANEIRO MAIS QUENTE EM S.JOAQUIM, A ONDA DE CALOR MAIS FORTE EM CAMPOS NOVOS FOI EM JANEIRO DE 1958. SE ACREDITA OU NÃO NOS DADOS DO SR WOLF. NÃO É PROBLEMA MEU, FUI LÁ, CONHEÇO O LOCAL E A PESSOA, PARA MIM BASTA, SÃO MELHORES QUE MUITAS ESTAÇÕES ATUAIS PELO DETALHE E CAPRICHO QUE ELE TEM. NÃO PERDEREI MAIS TECLADO, ASSUNTO ENCERRADO.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Ondas de calor no País poderão ser mais frequentes, diz especialista

O calor excessivo registrado em 2013 e nesse início de 2014 pode acontecer com mais frequência nos próximos anos se não conseguirmos reduzir o impacto do aquecimento global no meio ambiente, explicou o secretário de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento do Ministério da Ciência, TeO secretário afirma que episódios isolados de períodos muito secos ou de muitas chuvas já ocorreram no passado, e alguns são típicos das estações do ano, como as ondas de calor. "Um fenômeno extremo isolado não permite que alguém imediatamente aponte o dedo e diga que é culpa do aquecimento global", disse.

 

No entanto, explicou que o aquecimento global aumenta o número de ondas de calor. "Cem anos atrás, esse calor extremo acontecia a cada 10 ou 20 anos. Com o aquecimento da Terra, vamos viver isso com mais frequência, e daqui a 100 ou 200 anos, esse vai ser o clima do dia a dia”.

 

Segundo ele, diferentemente do que ocorre com a espécie humana, um grande número de espécies não consegue acompanhar essas mudanças, principalmente as vegetais. "A extinção é rápida e a reconstituição da biodiversidade é lenta. Devemos esperar uma pertubação e uma extinção em massa, se isso não mudar."cnologia e Inovação (MCTI), Carlos Nobre.Como, em certo grau, a mudança no clima já se tornou inevitável, para Nobre seria irresponsabilidade da sociedade não cuidar de uma adaptação a essas mudanças. "Os países desenvolvidos têm sistemas que diminuem a vulnerabilidade a desastres naturais, mas os países em desenvolvimento ainda sofrem muito. Nossa lição de casa básica é tornar as sociedades e o meio ambiente mais resilientes para o que está acontecendo hoje."

 

Corroborando as afirmações do secretário, a presidente do comitê científico do Painel Brasileiro de Mudanças Climáticas (PBMC), Suzana Kahn Ribeiro, diz que é necessário repensar o crescimento das cidades, os padrões de consumo e as políticas de eficiência energética, entre outros fatores, para tentar reverter a mudança no clima. "Muito pouca coisa se tem feito, o que é preocupante, dada a urgência do problema e o transtorno que traz. Não se trata apenas de incômodo para as pessoas, mas de perdas econômicas, aumento da desigualdade e riscos para saúde". O PBMC projeta um clima mais quente para este século.

 

O secretário do MCTI, Carlos Nobre, faz parte do Conselho Consultivo Científico da Organização das Nações Unidas (ONU), que tem o papel de formular estudos e análises para assessorar o secretário-geral Ban Ki-moon sobre sustentabilidade, incluindo mudanças climáticas. "Em seis meses, esse conselho vai produzir documentos importantes que vão servir de referência para o secretário-geral destravar as negociações que começaram na Conferência de Copenhague, em 2009, sobre a emissão de gases", explicou.

 

Eu concordaria com a conclusão que chegam no estude se, e somente se, os mesmos institutos e painéis intergovernamentais conseguissem acertar uma previsão do tempo de 1 semana, se o gelo do artico tivesse derretido em 2012, se a temperatura média da terra não tivesse estagnado desde 1998, se o inverno americano atual não fosse um dos mais rigorosos da história, se SP tivesse batido o recorde histórico de máximas.

 

Resumindo, os dados não comprovam o que os painéis intergovernamentais apregoam. Catastrophic Global Warming by humans me parece e com dados na mão, que não está vingando. Enquanto isso a verba pra esses painéis continua generosa.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Carlos Campos, enquanto tu não sentires na pele, a sensação do frio de Soledade, das baixadas da Serra do Botucaraí, para mim tuas opiniões são como o pessoal diz aqui "peru de fora"...

Morei em Bom Jardim da Serra, mais precisamente na Várzea!

Passei todo o inverno de 1990 lá. Uma nevada de afundar as botas e 2 paraguaias, fora as geadas q começavam ao por-do-Sol e persistiam até o início da tarde.

Depois fui pra Ausentes em outubro e senti o frio das geadas tardias nos Aparados (até Bom Jesus).

Eu vivia como o"andarilho" anotando temperaturas e trabalhando nos pomares de maçã pra sobreviver!

Serve este histórico?

Será q o frio de Itapuca é maior q o da Serra Catarinense ou dos Aparados?

Mas concordo contigo: Sou "peru de fora" mesmo!

Vc, apesar de fzer mais barulho do q apresentar fatos concretos, está incluído no grupo dos q fazem a diferença no fórum.

Sou apenas um camponês q gosta de acompanhar os eventos climáticos.

 

Bem, nevou em Piraquara no inverno passado...

 

Abraço

Edited by Guest

Share this post


Link to post
Share on other sites
Coutinho (ou alguém), estações no Uruguai em 1958 com série de temp.?

 

NÃO SABERIA DIZER.

 

CAMPOS; EM FRAIBURGO TINHA ESTAÇÃO EM PÁTIO COM PEDRA E OUTRAS EM BAIXADÕES BEM PRONUNCIADOS. MAS TODAS ERAM ABRIGOS SIMPLES DE MADEIRA/VENEZIANA A POUCO MAIS DE 1 M DE ALTURA.

 

NA ESTAÇÃO DO INMET, EM 85 TEVE VÁRIOS DIAS ENTRE 11/13 E 33/35 EM 85. LIBERATA. ONDE ESTÁ HOJE A DA EPAGRI, HOJE; 13,7/35,0

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest

O que eu acho mais incrível, é que, para justificar que "já fez mais calor do que nos dias de hoje", levam em consideração dados NÃO OFICIAIS, anotados por uma pessoa moradora do local. Anotar dados qualquer um pode anotar. Minha própria avó anotava, e ainda anota (com 94 anos!) dados sobre o tempo e as temperaturas.

Desculpem, com todo respeito, mas esta não dá pra engolir...

Abraços.

Share this post


Link to post
Share on other sites
A ARAUCÁRIA APARECE AO NÍVEL DO MAR, NATIVA, NO LITORAL SUL DE SC.

 

Certa vez voltando de Floripa, notei próximo a rodovia (101), ali pouco antes de Tijucas, umas 3, 4 araucárias...fiquei XOKADO!

 

Itajaí tem uma bem na Beira Rio. Se for contar todas as perdidas deve ter até no litoral paranaense. Só que não são nativas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
A ARAUCÁRIA APARECE AO NÍVEL DO MAR, NATIVA, NO LITORAL SUL DE SC.

 

Certa vez voltando de Floripa, notei próximo a rodovia (101), ali pouco antes de Tijucas, umas 3, 4 araucárias...fiquei XOKADO!

 

Itajaí tem uma bem na Beira Rio. Se for contar todas as perdidas deve ter até no litoral paranaense. Só que não são nativas.

 

FLORIPA TAMBÉM, TEM UMA QUE FICO NA DÚVIDA, ESTÁ ACIMA DO HOSPITAL DE CARIDADE, MUITO BONITA E NO MEIO DA MATA NATIVA FECHADA, PODE SER NATIVA E NÃO PLANTADA.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aqui quentes 20C ainda com muito vento , resgatem esse post em junho ou julho , vamos ter neve no sudeste depois de 300 anos e vai ter gente falando nos jornais que é culpa do aquecimento global kkkk , enquanto isso quentes horríveis e assombrosos 7,8C no Pni tapa na cara da sociedade kkkkkkk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ando sumido do BAZ, apenas lendo as postagens, mas resolvi me manifestar.

O sol e os oceanos controlam 99% do clima do planeta, o resto é balela!! Essa onda de calor é anômala, bizarra, histórica e todos os demais adjetivos que possam qualificar. Só que isso não significa que o clima terrestre está mudando. Se agosto de 2012 foi quente, o contra ponto existe, já que agosto de 2013 foi gélido. Janeiro e fevereiro do ano passado foram amenos, lembro que fiquei dias sem ligar o ar condicionado, aqui em Livramento teve muitos dias com mínimas na casa dos 14/15 graus. Se houve um aquecimento regional acima do normal por 60 dias, não significa que o todo está aquecendo. E tá falando a pessoa que mais odeia calor no mundo, que sou eu, hehehehe!!!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
ybZf8ws.png

Dos 10 dias mais quentes que eu registrei em Fevereiro, 7 são de 2014..

SURREAL!

Ótimos dados, Jean Carlo! É mais uma prova do ABSURDO que foi (e ainda está sendo) este verão de 2014.

Abraços.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
Ando sumido do BAZ, apenas lendo as postagens, mas resolvi me manifestar.

O sol e os oceanos controlam 99% do clima do planeta, o resto é balela!! Essa onda de calor é anômala, bizarra, histórica e todos os demais adjetivos que possam qualificar. Só que isso não significa que o clima terrestre está mudando. Se agosto de 2012 foi quente, o contra ponto existe, já que agosto de 2013 foi gélido. Janeiro e fevereiro do ano passado foram amenos, lembro que fiquei dias sem ligar o ar condicionado, aqui em Livramento teve muitos dias com mínimas na casa dos 14/15 graus. Se houve um aquecimento regional acima do normal por 60 dias, não significa que o todo está aquecendo. E tá falando a pessoa que mais odeia calor no mundo, que sou eu, hehehehe!!!!!

Concordo em parte contigo, amigo!

Houve, realmente, episódios de frio bem significativos em 2013, mas... no geral, pelo menos no RS e SC, como um todo, o clima está mais quente sim! Sentimos isso na pele. O calor parece que predomina durante o ano. A parte do inverno passa rápida. Vem forte às vezes, mas fica muito mais esquecida do que o verão, pois o verão... este sim tem marcado MUITO as pessoas nos últimos anos.

Abraços!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Discordo de ti João. Esse verão tá cruel, terrível, um forno, isso é fato, mas o calor não ta predominando na maioria dos meses. Outubro do ano passado fez frio, setembro teve geadas, agosto e julho foram gélidos. O único mês do ano que concordo contigo que o calor anda predominando nos últimos anos, é abril, onde o frio não tem dado as caras ultimamente.

Tu não pode achar que o jogo ta perdido aos 30 minutos do primeiro tempo, o clima ta igual, é que a natureza costuma compensar, de uma maneira ou de outra.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.