Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Sign in to follow this  
Luiz

ENSO, PDO, NAO, MJO... [acompanhamento]

Recommended Posts

Vejam o que a Metsul postou no Correio do Povo hoje:

A MetSul não está mais sozinha na afirmação...

 

 

Crédito: NOAA / MetSul / CP

 

Crédito: NOAA / MetSul / CP

A MetSul não está mais sozinha na afirmação, que vinha sendo feita nesta coluna, sobre o término do fenômeno La Niña. Também o centro meteorológico nacional da Austrália, um dos principais do mundo, considera que o Pacífico Equatorial agora apresenta uma condição de neutralidade (sem El Niño ou La Niña). Foi o que destacou em boletim na semana que passou. Hoje, segundo análise da MetSul Meteorologia, as anomalias de temperatura do mar (TSM) mais positivas se concentram no Pacífico Leste, na chamada região Niño 1+2 (imagem). A maior parte do outono deverá transcorrer sob condição de neutralidade, mas a MetSul não descarta que no final da estação ou no início do inverno o fenômeno El Niño esteja de volta ao Pacífico depois de dois anos com La Niña.

 

 

 

Comentem!

Share this post


Link to post
Share on other sites

O pacífico de 2012 irá imitar o pacífico de 2009?

 

IRI (média), Japa e CFS V1 dizem não. Europeu, Eurosip, e CFS V2 dizem sim.

 

Warm neutral é a tendência. Menos mau.

 

Inverno com olhares atentos no volátil Nino 1+2.

 

 

Irados os mapas Caio. Eu sou suspeito pra falar, pois adoro essas analogias históricas.

 

Mas, colocando o foco sobre 2012, veja que o Pacífico frio na Am. do Norte, não conseguiu evitar o péssimo inverno de 2012, redundando nessa aberração que foi o mês de março na Am do Norte. Quem foi o principal driver por lá?? Provavelmente o Atlântico, ou a AMO, tenham tido um papel decisivo. A oscilação do atlântico norte, que permaneceu positiva durante todo o inverno.

 

Na América do Sul, vemos um Pacífico esquentando, porém um Atlântico abaixo da média na costa Brasileira, o que é apontando por muitos autores, que estudaram os eventos de geada no café braisleiro(sudeste principalmente), como o principal driver para eventos de geada no sudeste e centrio-oeste brasileiro, mais importantes do que o Pacífico. Inclusive, alguns autores apontam que as temperaturas extremas registradas em S. Paulo capital, por exemplo, se deram a maioria em anos de El Niño ou neutralidade climática, associado a um Atlântico frio na costa brasileira.

 

Os próximos meses nos dirão muita coisa sobre a influência dos Oceanos em nossos invernos!

 

Sds.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Irados os mapas Caio. Eu sou suspeito pra falar, pois adoro essas analogias históricas.

 

Mas, colocando o foco sobre 2012, veja que o Pacífico frio na Am. do Norte, não conseguiu evitar o péssimo inverno de 2012, redundando nessa aberração que foi o mês de março na Am do Norte. Quem foi o principal driver por lá?? Provavelmente o Atlântico, ou a AMO, tenham tido um papel decisivo. A oscilação do atlântico norte, que permaneceu positiva durante todo o inverno.

 

Na América do Sul, vemos um Pacífico esquentando, porém um Atlântico abaixo da média na costa Brasileira, o que é apontando por muitos autores, que estudaram os eventos de geada no café braisleiro(sudeste principalmente), como o principal driver para eventos de geada no sudeste e centrio-oeste brasileiro, mais importantes do que o Pacífico. Inclusive, alguns autores apontam que as temperaturas extremas registradas em S. Paulo capital, por exemplo, se deram a maioria em anos de El Niño ou neutralidade climática, associado a um Atlântico frio na costa brasileira.

 

Os próximos meses nos dirão muita coisa sobre a influência dos Oceanos em nossos invernos!

 

Sds.

 

Silvio, os principais drivers na América do Norte acabaram sendo a AO para a costa leste e a PDO+Nina para a costa oeste. Não estás confundindo AMO (neutra) com AAO (positiva)? Foi um inverno de AO predominantemente muito alta. Concentrando o frio no Ártico, que recuperou o Sea Ice perdido nos últimos invernos de AO predominantemente negativa e anda perto de sua normalidade. Em uma tradução literal, a porta da geladeira não se abriu a leste, e o polar vortex concentrou o frio nas altas latitudes do Canadá.

 

Para a costa oeste tivemos um dos invernos mais frios dos últimos anos na porção norte, Oregon e Washington. A costa do Oregon bateu todos os recordes de neve, bem como episódios marcantes históricos em Seattle e partes da BC. Whistler está com recorde absoluto de neve, sem falar no Alasca que também está vivenciando um dos invernos mais frios e nivosos já registrados. Tudo isso por conta de um episódio prolongado de La Nina e uma PDO muito baixa.

 

É a gangorra do jato, que jogou o ar frio sobre o noroeste americano e rumou reto para o Ártico, concentrando as invasões de ar frio em seu domínio. Recorde de frio e neve a oeste, recorde de calor a leste. Não dá pra agradar a todos.

 

Ainda não vejo El Nino tão cedo. A mesma época no ano passado havia também uma forte corrente para El Nino que não ocorreu. O que joga a favor do El Nino neste momento é o histórico: em todos os dez episódios de La Nina (por dois anos seguidos) entre 1900 e 2009, quatro rumaram para "a three year event", e seis transformaram-se em El Nino. Nenhum virou neutralidade. E como não vemos mais perspectivas de um evento de três anos de La Nina com este recente falecimento, os números e a matemática estão favoráveis ao menino.

 

Mesmo assim o tabú existe para ser quebrado. O modelo Japonês deu um show na corrente que marcava El Nino por esta época ano passado. Terá o modelo o mesmo sucesso neste ano colocando neutralidade novamente contra a corrente em favor do menino?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Silvio, os principais drivers na América do Norte acabaram sendo a AO para a costa leste e a PDO+Nina para a costa oeste. Não estás confundindo AMO (neutra) com AAO (positiva)? Foi um inverno de AO predominantemente muito alta. Concentrando o frio no Ártico, que recuperou o Sea Ice perdido nos últimos invernos de AO predominantemente negativa e anda perto de sua normalidade. Em uma tradução literal, a porta da geladeira não se abriu a leste, e o polar vortex concentrou o frio nas altas latitudes do Canadá.

 

Mesmo assim o tabú existe para ser quebrado. O modelo Japonês deu um show na corrente que marcava El Nino por esta época ano passado. Terá o modelo o mesmo sucesso neste ano colocando neutralidade novamente contra a corrente em favor do menino?

 

Exato, eu me referia a AO, e acabei escrevendo AMO. O frio ficou concentrado no Ártico, e o jato favoreceu a costa oeste e desfavoreceu a costa leste. Porém, a costa oeste foi fria só até a altura de Oregon mesmo, a California já ficou na média, ou um pouco abaixo bem no litoral mesmo, numa minúscula área...

 

Agora precisamos de uma AAO favorável no Hem. Sul, o que já aconteceu na última semana, combinado com um Pacífico comportado. Acredito que se o El Niño vier somente no segundo semestre, não terá influência no "cuore" do nosso inverno.

Ainda acho que o Atlântico ainda pode surpreender esse ano, e mostrar que talvez tenha mais influência no nosso inverno do que o Pacífico, ou talvez mostre que a combinação dos 2 é essencial.

 

Sds.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rumo a neutralidade em algum ponto do primeiro trimestre de 2012

 

Cuidado, querer prever a trajetória do Fenômeno Enso com meses de antecedência é o mesmo que realizar a profusão de bolas de Cristal. Na economia, de 2008 pra cá muitos executivos e economistas de renome internacional que caíram em situação vexatória por tentarem prever os preços das commodities e o futuro da economia...

 

O que dizer da atmosfera que é definida como um sistema caótico por si próprio...

No mais, opinião pessoal minha, acho muito cedo pra dizer que o ápice deste La Niña não ocorreu. Ele pode vir em Jan/ fev.

 

Sds.

 

Como essas mensagens são de 28 de NOVEMBRO de 2011 e o relatório do BoM é de 27 de MARÇO de 2012.

 

Deu tempo,

 

E mais, o meus dados não mostram NENHUMA CORRELAÇÃO estatisticamente significante para a precipitação em ABRIL na CIDADE DE PORTO ALEGRE.

 

SENDO A ANÁLISE INDISTINGUÍVEL DO RUÍDO.

 

PORTANTO, PRECIPITAÇÃO PARA ABRIL EM POA É ALEATÓRIA PARA ENSO EM ABRIL.

 

SOI Apr -0.092

NINO12 Apr 0.128

NINO3 Apr 0.001

NINO4 Apr -0.068

NINO3.4 Apr -0.034

 

Abraços cristalinos,

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ainda acho que o Atlântico ainda pode surpreender esse ano, e mostrar que talvez tenha mais influência no nosso inverno do que o Pacífico, ou talvez mostre que a combinação dos 2 é essencial.

 

Sds.

 

Extamente, Silvio. Já coloquei aqui no BAZ as minhas fichas no Atlântico em 2012. Com o pacífico rumando a neutralidade o grande "driver" (e talvez até o principal, faltam estudos) do nosso inverno tem tudo para ser as águas que banham o litoral leste da América do Sul. No momento o Atlântico está aquecido ao largo do cone-sul. Sinal amarelo, mas ainda cedo para lamentações.

 

sst_anom_new.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sobre análogos, Não gosto. E não gosto pela "catação de cerejas".

 

Mas para quem gosta. Na sequência

 

1962

2009

1955

1967

1951

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se tema for Porto Alegre, precipitação em Abril.

 

É aleatório para o Pacífico (explicitado acima) e também aleatório para o Atlântico.

 

Interessante apesar de não ser significante.

 

Existe uma manchinha anticorrelacionada na foz do Plata.

 

Se não estudos "a gente fazemos,uai" :rtfm:

 

Utilizada a versão 2 de Reynolds.

g20120401_1419_28973_4.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mafili qual foi o peso e a referência para estes análogos?

 

Segundo o último relatório de Huug Van den Dool, apresentado em fevereiro quando não tinha aquecido tanto como ocorreu nas últimas semanas, os anos com maior peso para a SST global são:

 

Ano - Peso

 

1 - 2000 22

2 - 2009 13

3 - 1990 11 (olha ele aí)

4 - 2007 10

5 - 1997 10 (deus me livre)

 

Do contrário os menos correlacionados são:

 

Weights are (< - 0.10) for 1994,1988,1987,1985,1969

 

Previsão para Nino 3.4 pelo mesmo pesquisador começando em:

 

JFM12

-0.99

-0.93

-0.73

-0.36

-0.12

0.06

JAS12

0.15

0.15

0.12

0.1

0.09

0.14

0.17

JFM13

0.24

0.16

0.08

-0.01

0.01

0.01

0.01

JAS13

0

 

NEUTRALIDADE!

Share this post


Link to post
Share on other sites

A TÁ, PARA JULHO CORRELAÇÃO COM SSTa.......TEMPERATURA.....

 

VERSÃO 2 DE REYNOLDS

 

POA: ÑADA INTERSSANTE

 

AGORA VEJAM PARA SÃO PAULO ; MUITO LEGAL.

 

SEMPRE, ONDE E QUANDO.

 

PARA EVITAR AO MENOS DESINFORMAÇÃO

 

 

g20120401_1431_12547_7.png

g20120401_1446_31530_7.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mafili qual foi o peso e a referência para estes análogos?

 

Segundo o último relatório de Huug Van den Dool, apresentado em fevereiro quando não tinha aquecido tanto como ocorreu nas últimas semanas, os anos com maior peso para a SST global são:

 

Ano - Peso

 

1 - 2000 22

2 - 2009 13

3 - 1990 11 (olha ele aí)

4 - 2007 10

5 - 1997 10 (deus me livre)

 

Do contrário os menos correlacionados são:

 

Weights are (< - 0.10) for 1994,1988,1987,1985,1969

 

Previsão para Nino 3.4 pelo mesmo pesquisador começando em:

 

JFM12

-0.99

-0.93

-0.73

-0.36

-0.12

0.06

JAS12

0.15

0.15

0.12

0.1

0.09

0.14

0.17

JFM13

0.24

0.16

0.08

-0.01

0.01

0.01

0.01

JAS13

0

 

NEUTRALIDADE!

 

Caio, um talvez seja o escore de similaridade,

 

Vou ver se tenho isso....depois coloco.

 

Abraços

Share this post


Link to post
Share on other sites
Rumo a neutralidade em algum ponto do primeiro trimestre de 2012

 

Cuidado, querer prever a trajetória do Fenômeno Enso com meses de antecedência é o mesmo que realizar a profusão de bolas de Cristal. Na economia, de 2008 pra cá muitos executivos e economistas de renome internacional que caíram em situação vexatória por tentarem prever os preços das commodities e o futuro da economia...

 

O que dizer da atmosfera que é definida como um sistema caótico por si próprio...

No mais, opinião pessoal minha, acho muito cedo pra dizer que o ápice deste La Niña não ocorreu. Ele pode vir em Jan/ fev.

 

Sds.

 

Como essas mensagens são de 28 de NOVEMBRO de 2011 e o relatório do BoM é de 27 de MARÇO de 2012.

 

Deu tempo,

 

E mais, o meus dados não mostram NENHUMA CORRELAÇÃO estatisticamente significante para a precipitação em ABRIL na CIDADE DE PORTO ALEGRE.

 

Abraços cristalinos,

 

Bem, já que você gosta de citar mensagens do passado, vou citar algumas também. Parece que nem sempre a gente acerta, não é??

 

Talvez o El Niño chegue, mas um ano depois...

 

 

 

Mafili em maio de 2011: :good2:

 

mafili.jpg

 

"Aquecimento gigantesco em ENSO condições de El Niño para julho/2011."

 

"Situação de El Niño já em julho de 2011....isto é anomalias positivas superiores a 0,5ºC em Niño 3.4 (se deixar para agosto eu ganho fácil)....mas tá na hora de arrisacar alguma coisa."

 

"Situação de El Niño em julho/2001" (seria 2011?)

 

"O meu modelo indica rápido aquecimento e anomalias positivas acima de 0,5ºC em julho 2011."

 

"Segundo minha previsão Niño 3.4 continuará a aquecer como na minha última análise esperava algo semelhante a +0,7ºC até setembro de 2011. Vou pensar em revisar isto lá pelo dia 25 de junho."

 

 

Mafili em junho:

 

23sdljk.jpg

 

[/b]

 

 

Abraços.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Silvio, aprimorei o modelo....Agora acho que consegui captar melhor a velocidade de deslocamento das águas subsuperficiais.

 

A correlação de OHC de Abril com Setembro apesar de robusta não foi suficiente para que eu acertasse em Maio/2011 (Aliás, errei feio, mas a "gozação" já ocorreu na época...então, sem problemas..mas não pode ser duas vezes a penalidade)

 

Durante esse quase um ano um tema debatido no grupo de estudo sobre ENSO como conclusão preliminar foi que as medidas de anomalias de águas subsuperficiais são superestimadas por BoM e subestimadas pela NOAA nos primeiros 10 dias de um mes qualquer.

 

E as fantásticas bóias TAO são deslocadas para " fora" da ZCIT. (questão: pode um evento superficial alterar correntes profundas? Eu não sei.)

 

Assim a bola de cristal passa por constante aprimoramento.

 

Qual a lição que você pode aprender com o erro do CFS??? Um evento tardio não prolongou o pico.

 

No momento o processo é estocástico. A única informação confiável é a última posição do bêbado tentando voltar para casa.

 

Para não ficar longo....parando por aqui.

 

Gostaria de escrever sobre a NCEP.

 

Estou ocupado em dar peso aos análogos como sugeriu o Caio.

 

Tens algum palpite?

 

Abraços cristalinos.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Atualizando:

 

Registro em 26/03/2012 - variação em relação a semana anterior

 

Niño 4 -0.4ºC (+0,2ºC)

Niño 3.4 -0.5ºC (+0,1ºC)

Niño 3 -0.1ºC (+0,3ºC)

Niño 1+2 0.5ºC (+0,2ºC)

 

Atualizando:

 

Registro em 02/04/2012 - variação em relação a semana anterior

 

Niño 4 -0.5ºC (-0,1ºC)

Niño 3.4 -0.2ºC (+0,3ºC)

Niño 3 0.3ºC (+0,4ºC)

Niño 1+2 0.9ºC (+0,4ºC)

 

La Nina - R.I.P. - 02/04/2012

Share this post


Link to post
Share on other sites

Atualizando:

 

Registro em 26/03/2012 - variação em relação a semana anterior

 

Niño 4 -0.4ºC (+0,2ºC)

Niño 3.4 -0.5ºC (+0,1ºC)

Niño 3 -0.1ºC (+0,3ºC)

Niño 1+2 0.5ºC (+0,2ºC)

 

Atualizando:

 

Registro em 02/04/2012 - variação em relação a semana anterior

 

Niño 4 -0.5ºC (-0,1ºC)

Niño 3.4 -0.2ºC (+0,3ºC)

Niño 3 0.3ºC (+0,4ºC)

Niño 1+2 0.9ºC (+0,4ºC)

 

La Nina - R.I.P. - 02/04/2012

 

Dada a evolução no último mês, ainda dá para torcermos por uma neutralidade nesse inverno?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Niño 3.4 -0.2ºC (+0,3ºC) La Nina - R.I.P. - 02/04/2012

 

rip= repouse in pax.-...

 

Caio, entendi o sistema de peso do CFS. è impossível tranferir para outro modelo estatístico.

 

Existe a prova matemática que o bêbado sempre chega em casa.

 

No caso o bêbado é o processo ENSO ( e não o fenômeno ENSO).

 

Nesse caso a única informação confiável é a última posição do bêbado.

 

No momento - 0,2ºC. E infelizmente não podemos ter outra informação além da atual.

 

Nos modelos estatísticos pensamos que podemos atribuir algumas qualidades ao bêbado.

 

Exemplo, quantas cachaças, cervejas, peso, altura, sapato, tipo de terreno....etc, etc.

 

Os modelos CFS partem do princípio que encontrar dois bêbados iguais é quase uma impossibilidade.

 

E simultaneamente ele tenta analisar o terreno em que o bêbado está. (grama, grama molhada asfalto, etc,etc)

 

****Veja de certa forma o mapa qur vc coloca de 2009....muita semelhança no atacado, porém um péssimo negócio no IOD.

 

Essas coisas o método pondera (atribuindo pesos).

 

Assim, o análogo do CFS (a curva média) é um "franquesteim"

 

Eu prefiro assim: somente os últimos 2 meses colados e OHC e demais dados conhecidos de ENSO.

 

Nunca mais posto um gráfico com um saída "seca".

 

Sem previsão, palpite e/ou chute no momento.

 

Previsão para os próximos 15 dias....MOLEZA....NEUTRO...(moleza, moleza, não é....talvez seja difícil de explicar com palavras....ENSO É ENSO.....)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Dr. Phil Klotzbach and Dr. Bill Gray deram suas primeiras cartas para a temporada de furacões, e esperam uma atividade tropical abaixo da médio. No que nos interessa os cientistas falam em El Nino aparecendo em algum momento entre agosto, setembro e outubro, seguindo o modelo europeu. Quanto aos análogos destaca-se: "Four years with similar pre-season March atmospheric and oceanic conditions were selected as "analogue" years that the 2012 hurricane season may resemble: 2009, 2001, 1965, and 1957. These years all had neutral to El Niño conditions during hurricane season."

 

MEI Fev/Mar caiu para -0.410

Share this post


Link to post
Share on other sites

2009! A nossa primavera de 2009 teve El Niño e foi simplesmente incrível no quesito tempo severo. O ano mais bombástico em pelo menos 10 anos aqui no sul do Brasil. O Oeste do Paraná era "espancado" quase todo dia! Teve também o grande tornado de Guaraciaba...

Uma foto para relembrar esse período turbulento:

 

4009388527_bdbe6ae82d.jpg

Approaching storm por IgorCamacho, no Flickr

Share this post


Link to post
Share on other sites

Atualizando:

 

Registro em 02/04/2012 - variação em relação a semana anterior

 

Niño 4 -0.5ºC (-0,1ºC)

Niño 3.4 -0.2ºC (+0,3ºC)

Niño 3 0.3ºC (+0,4ºC)

Niño 1+2 0.9ºC (+0,4ºC)

 

Atualizando:

 

Registro em 09/04/2012 - variação em relação a semana anterior

 

Niño 4 -0.4ºC (+0,1ºC)

Niño 3.4 -0.3ºC (-0,1ºC)

Niño 3 0.3ºC (+0,0ºC)

Niño 1+2 0.5ºC (-0,4ºC)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Análogos em fevereiro:

 

Ano - Peso

 

1 - 2000 22

2 - 2009 13

3 - 1990 11 (olha ele aí)

4 - 2007 10

5 - 1997 10 (deus me livre)

 

Do contrário os menos correlacionados são:

 

Weights are (< - 0.10) for 1994,1988,1987,1985,1969

 

Previsão para Nino 3.4 pelo mesmo pesquisador começando em:

 

JFM12

-0.99

-0.93

-0.73

-0.36

-0.12

0.06

JAS12

0.15

0.15

0.12

0.1

0.09

0.14

0.17

JFM13

0.24

0.16

0.08

-0.01

0.01

0.01

0.01

JAS13

0

 

 

Análogos em março:

 

Ano - peso

 

1 - 2000 24

2 - 2009 13

3 - 2007 12

4 - 1984 11

5 - 2008 9

6 - 2001 9

 

Do contrário os menos correlacionados são:

 

(< - 0.10) for 1994,1988,1987,1985,1969,1966

 

Previsão para Nino 3.4

 

JFM12

-0.82

-0.72

-0.49

-0.14

-0.02

0.01

-0.03

JAS

-0.1

-0.16

-0.19

-0.15

-0.11

-0.01

0.02

0.01

JFM13

-0.05

-0.04

-0.01

-0.02

-0.023 -

JAS

 

Neutralidade ganha força!

 

Fonte: Huug van den Dool

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muitos análogos encontrados com o ano 2000 ? Boa notícia !

Share this post


Link to post
Share on other sites

Comentem o que Metsul publicou no Correiodo Povo:

 

Oscilação indica maior chance de El Niño

 

 

O gráfico mostra a evolução da SOI (Índice de Oscilação do Sul) nos últimos dois anos. A SOI é variável, calculada com base na diferença de pressão atmosférica entre o Taiti e Darwin, e usada pelos meteorologistas no acompanhamento do Pacífico. Episódios de La Niña são acompanhados de valores positivos da oscilação. Já com El Niño os valores são negativos. Agora, a SOI média de 30 dias está em terreno francamente negativo pela primeira vez desde abril de 2010, mês que marcou o fim do El Niño daquele ano. De abril de 2010 até poucos dias, a oscilação esteve quase todo o tempo positiva, por conta do longo La Niña que chegou ao fim. A evolução da SOI para terreno negativo confirma neutralidade no Pacífico e sinaliza que um episódio de El Niño pode estar no horizonte.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Atualizando:

 

Registro em 09/04/2012 - variação em relação a semana anterior

 

Niño 4 -0.4ºC (+0,1ºC)

Niño 3.4 -0.3ºC (-0,1ºC)

Niño 3 0.3ºC (+0,0ºC)

Niño 1+2 0.5ºC (-0,4ºC)

 

Atualizando:

 

Registro em 16/04/2012 - variação em relação a semana anterior

 

Niño 4 -0.2ºC (+0,2ºC)

Niño 3.4 -0.3ºC (-0,0ºC)

Niño 3 0.5ºC (+0,2ºC)

Niño 1+2 1.9ºC (+1,4ºC)

 

Explosão de aquecimento no pacífico equatorial. Em uma pesquisa superficial, o maior valor semanal em Nino 1+2 desde 22/07/1998!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.