Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Sign in to follow this  
Carlos Dias

Monitoramento e Previsão Internacional - Anual 2013

Recommended Posts

Que tal morar em Reykjavik???

Por lá agora, aconchegantes 2,2°C

 

Reykjavík situa-se sobre a margem sudoeste da Islândia, na baía da Crina (Faxaflói). O setor costeiro de Reykjavík é caracterizado pela presença de numerosas penínsulas, estreitos e pequenas ilhas. A maior parte da cidade de Reykjavík situa-se na península Lagoa da Foca (Seltjarnarnes), mas também uma periferia se desenvolveu ao sul desta península. Graças às correntes quentes do Golfo, Reykjavík tem uma temperatura média anual de 5ºC e raramente desce para abaixo de -10ºC. A temperatura média em janeiro é de -4°C e em julho de 11,2°C.

 

Reykjavík é uma cidade dispersa, a maior parte do sector urbano apresenta-se na forma de periferias de baixa densidade com habitações geralmente individuais. Os bairros residenciais também são espaçados, separados pelas principais avenidas da cidade. Esta estrutura urbana criou-se espontaneamente, devido aos gostos dos habitantes mais recentes.

 

Os rios Elliðaár atravessam a cidade. Essas importantes vias fluviais não são navegáveis. A montanha mais elevada nas vizinhanças de Reykjavík é Monte Esja, com aproximadamente 914 metros de altitude.

 

Wikipédia

 

Não tem um frio extremo no inverno e não faz calor no verão. Perfeito!!!! :heart: :heart:

Share this post


Link to post
Share on other sites
ALASKA - WEATHER TODAY

 

ak_forecast_small.jpg

 

Já pensou numa alta dessas de 1033 sobre o Sudeste do Brasil? Ia negativar tipo -5 no mirante de Santana kkkkk

 

Lá eles vão entrar no pior periodo, haja disposição pra morar no Alaska!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Que tal morar em Reykjavik???

Por lá agora, aconchegantes 2,2°C

 

Reykjavík situa-se sobre a margem sudoeste da Islândia, na baía da Crina (Faxaflói). O setor costeiro de Reykjavík é caracterizado pela presença de numerosas penínsulas, estreitos e pequenas ilhas. A maior parte da cidade de Reykjavík situa-se na península Lagoa da Foca (Seltjarnarnes), mas também uma periferia se desenvolveu ao sul desta península. Graças às correntes quentes do Golfo, Reykjavík tem uma temperatura média anual de 5ºC e raramente desce para abaixo de -10ºC. A temperatura média em janeiro é de -4°C e em julho de 11,2°C.

 

Reykjavík é uma cidade dispersa, a maior parte do sector urbano apresenta-se na forma de periferias de baixa densidade com habitações geralmente individuais. Os bairros residenciais também são espaçados, separados pelas principais avenidas da cidade. Esta estrutura urbana criou-se espontaneamente, devido aos gostos dos habitantes mais recentes.

 

Os rios Elliðaár atravessam a cidade. Essas importantes vias fluviais não são navegáveis. A montanha mais elevada nas vizinhanças de Reykjavík é Monte Esja, com aproximadamente 914 metros de altitude.

 

Wikipédia

 

Não tem um frio extremo no inverno e não faz calor no verão. Perfeito!!!! :heart: :heart:

 

Além do Clima Perfeito, Reykjavik fica num país que é top em qualidade de vida!! Sempre tive o sonho de conhecer a Islândia, quem sabe um dia. É um paraíso!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Extremos na Costa Oeste Americana:

 

Los Angeles: Ensolarada 31°C - Vento a Oeste - 13km/h

 

3bxl.jpg

 

 

Seattle: Chuvosa 16°C - Vetos a SSE com rajadas de 40km/h

 

l6qe.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Papeete, capital doTaiti tem um sábado encoberto com temperatura em torno dos 28°C e umidade do ar em 66%. Enquanto aqui é 22h40, lá é 15h40 ainda.

 

Mais tarde teremos as finais da Copa do Mundo de Futebol de Areia, com o Brasil jogando o 3° lugar contra o Taiti as 2h (Brasília), e a Russia jogando com a Espanha as 3h45. Pelo que se vê nas previsões, sem expectativa de chuva e agradáveis 24/25°C.

 

edan.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Calor um tanto fora do normal em partes dos EUA, nessa semana.

 

Unusual Warmth: Minneapolis, Chicago This Week

 

By Andy Mussoline, Meteorologist

September 30, 2013; 7:25 AM

 

The large storm that has brought flooding rain and damaging winds to the Northwest this past weekend, will help drive unusually warm air into the Plains and Midwest early this week.

 

Virtually no rain will extend east of the Rockies after the storm exits the Northwest this week. The storm will head into Canada, but it will help create gusty, warm winds across the Plains and Midwest.

 

Southerly winds will usher in unusually warm air for this time of the year from the Midwest to eventually the Northeast this week.

 

Cities such as Rapid City, S.D., Minneapolis and Omaha will have AccuWeather.com RealFeel temperatures around 80 degrees Monday afternoon. Normal highs are around 70 degrees for these two cities.

 

Similar warmth will spread into St. Louis and Chicago on Tuesday before reaching Boston to New York City and Philadelphia on Wednesday.

 

In fact, Washington D.C. will have RealFeel temperatures approaching 90 by the middle of this week.

 

Abundant sunshine will accompany the widespread warm-up.

 

The warm up is an anomaly at the very time of year where normal highs take a sharp downward trend.

 

The warm and virtually rain-free weather will be great for those ready to take advantage of any outdoor fall activities such as hiking, fishing, or hunting. However, this weather will generally be short-lived in most places. A new, rain-laden storm is forecast to take shape over the Plains and Midwest late this week.

 

Accuweather

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest

Bom dia!

Previsão de frio cedo na Europa este ano!

Vou estar em Amsterdam e Leste Europeu (PRAGA, VIENA E BUDAPESTE) no final de outubro/início de novembro. Penso que pegarei um frio bem rigoroso já. O que acham? De repente pego até uma neve fraca. Abraços!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Bom dia!

Previsão de frio cedo na Europa este ano!

Vou estar em Amsterdam e Leste Europeu (PRAGA, VIENA E BUDAPESTE) no final de outubro/início de novembro. Penso que pegarei um frio bem rigoroso já. O que acham? De repente pego até uma neve fraca. Abraços!

 

João...Praga na minha opinião junto com Paris e Roma são fantásticas....Já Viena me lembra Munich ou Zurich...mas é muito linda tb. Qto a Budapest, chamada de Paris do Leste, não tem nada de especial, e seu idioma é complicadíssimo....Ainda bem que não vai para Varsóvia ou Cracóvia na Polonia...ali ninguem fala ingles, nem a policia...Mesmo nos pontos de onibus, está tudo em polones e nada em ingles..terrivel..!!

 

Se for comer o Goulash..coma o Hungaro e não o Tcheco...pois é o autentico..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pois é, Douglas!

 

Vem aí a primeira tempestade de inverno nos EUA, apesar do outono ter

recém começado.

 

Uma baixa pressão muito desenvolvida trará estes ventos fortes aliados ao

ar polar que trará a neve.

 

Os meteorologistas preveem que o estado de Wyoming será o mais atingido.

Espera-se acumulações entre 18cm a 24cm no estado, mas nas partes altas

até 50cm.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Anchorage AK

 

sheraton1mega.jpg

 

Engraçado que percebe-se a maior parte dos telhados planos, e poucas casas com telhados inclinados! Qual será a taxa de acumulação média de neve nos telhados? Desconfio que é mais fácil esfriar muito do que nevar mais por lá!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Também tinha reparado nisso.

 

Será que é como em grandes áreas da Sibéria, onde faz um frio do outro mundo mas neva pouco?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Também tinha reparado nisso.

 

Será que é como em grandes áreas da Sibéria, onde faz um frio do outro mundo mas neva pouco?

 

Pior que não... neve média anual de 1,4 a 2,7 metros variando de acordo com a área da cidade.

Ou os telhados têm aquecimento

ou talvez as pancadas de neve sejam intercaladas com períodos quentes o suficiente pra derreter tudo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A previsão de muita neve pra Wyoming de mantem, a única diferença o grande aumento para o oeste da Dakota do Sul, podendo nevar acima de 60 cm, em pleno outubro, é a primeira "Winter Storm" chegando com tudo.

 

map_specnews40_ltst_4namus_enus_650x366_zps49b639dc.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites
Também tinha reparado nisso.

 

Será que é como em grandes áreas da Sibéria, onde faz um frio do outro mundo mas neva pouco?

 

Pior que não... neve média anual de 1,4 a 2,7 metros variando de acordo com a área da cidade.

Ou os telhados têm aquecimento

ou talvez as pancadas de neve sejam intercaladas com períodos quentes o suficiente pra derreter tudo.

 

 

Achei a resposta!

 

http://reidmiddleton.wordpress.com/2012/03/27/near-record-snowfall-in-anchorage-challenges-residentsand-roofs/

 

Seguinte, eles tem uma sigla chamada PSF, que significa Ponto de Saturação das Fibras. Nos EUA, eles seguem normas de construção mais rigidas com relação a PSF quanto mais ao norte ou mais alta uma cidade se encontra. Normalmente, o nível PSF numa cidade como MIAMI vai de 12 a 20%, Que seria o ponto de ruptura do telhado. Entendam assim: Se o PSF de um telhado é 20%, seria como se a estrutura aguentasse até 20% de sobrecarga sobre ela. Pensando numa viga de concreto, se ela é feita sozinha pra aguentar 10 toneladas sobre ela e se sua PSF for de 40%, então até 14 toneladas é possivel aguentar em cima.

 

Outro exemplo, telha de amianto, com PSF de 12%, se ela aguenta 100 quilos, 112 quilos seria sua tolerancia máxima de peso. No Alasca, é adotada a capacidade PSF mínima de 40%, valida para Anchorage, Barrow, e nos Estados Unidos, em cidades como Rapid City e outras conhecidas por grandes acumulos de neve. Com relação a inclinação, a explicação mais razoavel que li foi essa:

 

http://www.integrityalaska.com/roofing/flat-and-low-slope-roofing/: "Em contraste com o modelo típico de "pico" do telhado, um teto plano é horizontal mas com uma inclinação angular tão baixo que é praticamente horizontal. Materiais que cobrem telhados planos deve permitir que água, gelo e neve corram livremente, protegendo sua casa no Alaska de danos causados ​​pela água."

 

Basicamente, lendo outras fontes, eles partem do principio de manter menos carregado possivel o cenário de tetos pontiagudos com cara de europeus no cenário das cidades-padrão americanas (constroem igual seja em Miami ou em Barrow, o que muda é a resistencia dos materiais e estruturas de sustentação dos telhados), além do que um telhado semi-plano deixa agua, neve gelo, escorrer livremente mas permite controlar o escorregamento para evitar que a neve dos telhados caia toda ao chão, atrapalhando o trabalho de limpeza publica. Cada cidadão ou empresa nessas condições é responsável por limpar seu proprio telhado sem sujar onde é a rua (código civil americano), que fica a cargo de equipes de limpeza municipais. então deixam os telhados levemente inclinados (a foto olhando de longe parece que são horizontais, mas não são! Observem que a maioria dos telhados tem bordas!), de forma que controlem a queda de neve acumulada ao chao.

 

PS: Engenheiros civis que estiverem me lendo, alguns termos podem ter sido traduzidos de uma forma não-técnica! Fiquem a vontade para corrigir eventuais falhas de interpretação!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Também tinha reparado nisso.

 

Será que é como em grandes áreas da Sibéria, onde faz um frio do outro mundo mas neva pouco?

 

Pior que não... neve média anual de 1,4 a 2,7 metros variando de acordo com a área da cidade.

Ou os telhados têm aquecimento

ou talvez as pancadas de neve sejam intercaladas com períodos quentes o suficiente pra derreter tudo.

 

 

Achei a resposta!

 

http://reidmiddleton.wordpress.com/2012/03/27/near-record-snowfall-in-anchorage-challenges-residentsand-roofs/

 

Seguinte, eles tem uma sigla chamada PSF, que significa Ponto de Saturação das Fibras. Nos EUA, eles seguem normas de construção mais rigidas com relação a PSF quanto mais ao norte ou mais alta uma cidade se encontra. Normalmente, o nível PSF numa cidade como MIAMI vai de 12 a 20%, Que seria o ponto de ruptura do telhado. Entendam assim: Se o PSF de um telhado é 20%, seria como se a estrutura aguentasse até 20% de sobrecarga sobre ela. Pensando numa viga de concreto, se ela é feita sozinha pra aguentar 10 toneladas sobre ela e se sua PSF for de 40%, então até 14 toneladas é possivel aguentar em cima.

 

Outro exemplo, telha de amianto, com PSF de 12%, se ela aguenta 100 quilos, 112 quilos seria sua tolerancia máxima de peso. No Alasca, é adotada a capacidade PSF mínima de 40%, valida para Anchorage, Barrow, e nos Estados Unidos, em cidades como Rapid City e outras conhecidas por grandes acumulos de neve. Com relação a inclinação, a explicação mais razoavel que li foi essa:

 

http://www.integrityalaska.com/roofing/flat-and-low-slope-roofing/: "Em contraste com o modelo típico de "pico" do telhado, um teto plano é horizontal mas com uma inclinação angular tão baixo que é praticamente horizontal. Materiais que cobrem telhados planos deve permitir que água, gelo e neve corram livremente, protegendo sua casa no Alaska de danos causados ​​pela água."

 

Basicamente, lendo outras fontes, eles partem do principio de manter menos carregado possivel o cenário de tetos pontiagudos com cara de europeus no cenário das cidades-padrão americanas (constroem igual seja em Miami ou em Barrow, o que muda é a resistencia dos materiais e estruturas de sustentação dos telhados), além do que um telhado semi-plano deixa agua, neve gelo, escorrer livremente mas permite controlar o escorregamento para evitar que a neve dos telhados caia toda ao chão, atrapalhando o trabalho de limpeza publica. Cada cidadão ou empresa nessas condições é responsável por limpar seu proprio telhado sem sujar onde é a rua (código civil americano), que fica a cargo de equipes de limpeza municipais. então deixam os telhados levemente inclinados (a foto olhando de longe parece que são horizontais, mas não são! Observem que a maioria dos telhados tem bordas!), de forma que controlem a queda de neve acumulada ao chao.

 

PS: Engenheiros civis que estiverem me lendo, alguns termos podem ter sido traduzidos de uma forma não-técnica! Fiquem a vontade para corrigir eventuais falhas de interpretação!

 

Muito boa explicação...

Deu para todos os publicos entenderem, sejam engenheiros civis ou não..

 

Parabéns pela felicidade na resposta!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Casper no Wyoming nevou pra dedéu..muitas casas sem energia devido a queda de árvores sobre as linhas de transmissão.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

×