Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Sign in to follow this  
Carlos Dias

ENSO, PDO, NAO, MJO (Acompanhamento) 2013-2016

Recommended Posts

Vai ser bem interessante verificar as anomalias de Adelaide e Melbourne nov/2009..

No "bruto" entre 3 e 5... (imagino)

 

 

Charles Fields, novembro de 2009 Adelaide 23,4ºC o mais quente desde 1881.

 

Novembro de 2008 18,x e novembro de 2010 18,y

 

Realmente...fritou

Share this post


Link to post
Share on other sites

No "bruto" entre 3 e 5... (imagino)

 

Imaginou...certo.

 

Ou seja atmosfera e oceanos estão acoplados.

 

Os dados de satélites UAH para a baixa troposfera também [gosto dos satélites, pois não há baixadas, topos, fronteiras e paixões]

 

Desculpa o excesso de mapa....é que estava falando com o PREGUI....e fui colocando os mapas.

 

wgylwg.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esqueci a legenda,

 

Vermelho: anomalia na Climaterra pós 2000.

 

Azul: ONI [ El Niño INDEX] OND.

 

34pl215.png

 

Claro que poderia utilizar só novembro, MEI, etc.

 

Na série desde 1955 do Inmet a "bagunça" é maior.

 

Alguns detalhes são preliminarmente interessantes

 

a- A baixa correlação entre a anomalia e ENSO na série 1955/12.

b- A correlação pós 2006.

c- A não correlação anterior a 2006.

d- A mudança no comportamento do Atlântico.....[este é o capítulo do meu interesse no momento]

 

Abraços.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Vai ser bem interessante verificar as anomalias de Adelaide e Melbourne nov/2009..

No "bruto" entre 3 e 5... (imagino)

 

 

Charles Fields, novembro de 2009 Adelaide 23,4ºC o mais quente desde 1881.

 

Novembro de 2008 18,x e novembro de 2010 18,y

 

Realmente...fritou

 

a3oyts.gif

 

De um modo geral as temperaturas em Adelaide ficaram muito acima dos valores médios históricos neste novembro incrivelmente anômalo, no sul da Austrália.

A temperatura máxima atingiu incríveis 43°C!

 

 

ADELAIDE, AUSTRÁLIA — NOVEMBRO/2009

histGraphAll_5-1.jpg.0cdf1001b05ed6213fd5a69e5fc35c19.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Novembro/2008 foi bem mais suave no sul da Austrália, com máxima de "apenas" 36°C!

 

Olhando somente a máxima, tem-se a impressão de q faz muito calor nakela região, o q não é verdade...

Ocorrem frequentemente mudanças bruscas nas condições do tempo.

As trocas de massas de ar são mais violentas do q no Sul do Brasil, por exemplo.

As máximas diárias podem variar muito de uma semana para outra, conforme ocorrem as mudanças dos ventos e dos sistemas atuantes.

 

O fato é q existe sim uma correlação indiscutível entre oceano e atmosfera e os dados das estações confirmam isso.

 

(Faltando o mapa de 2008)

 

 

Charles Fields,

 

novembro de 2008 18°C..

 

ADELAIDE, AUSTRÁLIA — NOVEMBRO/2008

histGraphAll_6-1.jpg.af2dbbdff3e8f4bd50f8367d42c41026.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites
Normal 61/90 - Novembro:

 

ADELAIDE : 17,4

 

MELBOURNE : 16,1

Então a anomalia na área de Adelaide em nov/2009 chegou à incríveis +6,0°C !

Algo desse porte já ocorreu no Brasil?

Não lembro de já ter visto algo seker parecido...

(lembrando q o sul da Austrália recebe tanto os ventos frios oceânicos, qto os ventos kentes e secos do deserto ao norte (região onde se situa Alice Springs).

Não temos desertos por aki e a influência oceânica é suave até mesmo na costa brasileira, graças a tranquilidade do Atlântico!

(já comentada pelo Mafili)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Charles, algumas informações de 2008 [novembro]

29p57b7.gif

dxh444.gif

Do pouco tempo q tenho disponível,

deu um pouco de trabalho...

 

(fiz na caneta msmo... Não sei usar computador. Vivemos no campo (Carlos, o Camponês)..

 

Desvios extremos diários para 3 cidades argentinas

situadas entre 32 e 35°latitude,

 

Leste/centro/oeste

 

Novembro/2008

5a4e8954de21e_2013-11-1012_48_50.jpg.e278805777c00a797e32c9e1607b8aee.jpg

5a4e8954e4165_2013-11-1012_39_58.jpg.81c9bd6434c580bb898f91d586b36126.jpg

5a4e8954e998c_2013-11-1012_48_22.jpg.016a5b68769d1eed1a7a6e9b1adcaffe.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Do pouco tempo q tenho disponível,

deu um pouco de trabalho...

 

(fiz na caneta msmo... Não sei usar computador. Vivemos no campo (Carlos, o Camponês)..

 

Desvios extremos diários para 3 cidades argentinas

situadas entre 32 e 35°latitude,

 

Leste/centro/oeste

 

Novembro/2008

 

GENIAL, Este é um esporte que dá trabalho mesmo,

Se quiser te mando por mp algumas instruções para gráficos no excel.

 

E por falar em gráficos,

 

Novembro em Curitiba e suas correlações com os sete mares,

 

A área em vermelho/marrom é correlação se aumenta uma coisa a outra coisa também aumenta.

 

áreas em azul é anticorrelação se uma coisa aumenta a outra coisa diminui,

 

1zya1vp.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado, Mafili!

Na vdd eu estava brincando ...

Sei usar o excel (acho q sei...)

mas não há internet onde moro (o sinal é fraquíssimo e não se sustenta nem por 10 min, caindo toda hora) então não uso o pc e só o cel.

Sobre as correlações e o inverso,

pode explicar o mapa?

Área em vermelho/marrom ao leste de Curitiba/SP...

Área em azul ao sudoeste e leste da AmSul...

Agradecido!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sobre as correlações e o inverso,

pode explicar o mapa?

Área em vermelho/marrom ao leste de Curitiba/SP...

Área em azul ao sudoeste e leste da AmSul...

Agradecido!

 

As temperaturas dos oceanos neste gráfico são as observadas por satélites curiosamente a partir de novembro de 1981.

 

A área vermelha/marrom ao leste de Curitiba é uma vasta área no oceano Atlântico 20S/30S e 50W/20W.

 

Para vc ter uma idéia:

 

20S/30S : 20W/50W>>>>ANOMALIAS,

 

Aqui um detalhe;

 

AQUECER ÁGUA É MUITO DIFERENTE DE AQUECER AR. [depois fazemos continhas]

 

2009 outubro 0.661169

2009.novembro 1.47537

2009.dezembro 1.36299

2010.janeiro 1.49834

2010.fevereiro 1.38535

 

A área azul é anticorrelacionada....se lá aquece Curitiba resfria....e vice-versa.

 

O Pacífico Equatorial aparece [observe que as maiores influências estão perto mas não exatamente na área de ENSO]

 

E uma mancha interessante no Pacífico Sul.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Em compensação, novembro de 1999.

1999 NOVEMBRO -1.07474

1999 NIÑO 3.4 -1.54

 

Só ilustrando, pois é uma tentação colher cerejas.

 

Abração

Share this post


Link to post
Share on other sites
Obrigado, Mafili!

Na vdd eu estava brincando ...

Sei usar o excel (acho q sei...)

mas não há internet onde moro (o sinal é fraquíssimo e não se sustenta nem por 10 min, caindo toda hora) então não uso o pc e só o cel.

Sobre as correlações e o inverso,

pode explicar o mapa?

Área em vermelho/marrom ao leste de Curitiba/SP...

Área em azul ao sudoeste e leste da AmSul...

Agradecido!

 

Ah! Ontem não deu observe no mapa abaixo,

 

Vamos começar por Curitiba x Wellington [Nova Zelândia] (sério: durante muitos anos eu tive uma sincera dúvida onde fica a velha Zelândia?)

 

Veja se concorda onde uma esquenta ou esfria em novembro.

 

Vai que fazer previsão para Wellington em novembro seja mamão com açúcar.

 

Veja se acha outras para ajudar ou destruir no momento só estamos procurando algumas informações.

 

Abração

 

10xhu21.gif

 

1zya1vp.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
Vamos começar por Curitiba x Wellington [Nova Zelândia] (sério: durante muitos anos eu tive uma sincera dúvida onde fica a velha Zelândia?)

A (Velha) Zelândia (Zeeland) fica no SO da Holanda.

 

Por isso que aquela da Oceania é "Nova"...

 

Navegantes holandeses também andaram por aquelas paragens, nos séculos XVIII, XIX...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Aldo a dúvida era sincera mesmo.

Eu tinha a vaga lembrança de algo como vc explicou.

Mas rotineiramente sem que escrevo Nova Zelândia. Eu recordo tem que ver onde fica a velha Zelândia.

Obrigado por ser zeloso. [horrível]

===========

Chuvas nas últimas 48h no RS, automáticas INMET:

 

Rio Pardo: 276,4 mm

Santa Maria: 190,2 mm

Teutônia: 151,8 mm

Tramandaí: 151,8 mm

Canela: 143,4 mm

Santana do Livramento: 142,2 mm

Bento Gonçalves: 141,2 mm

São Gabriel: 140,4 mm

Porto Alegre: 134,2 mm

Encruzilhada do Sul: 119,6 mm (Convencional, até 10h da manhã)

Caçapava do Sul: 119,0 mm

Dom Pedrito: 111,8 mm

Torres: 108,2 mm

==================

Atualizando 11/11/2013

 

The latest weekly SST departures are:

Niño 4 0.3ºC

Niño 3.4 0.0ºC

Niño 3 -0.1ºC

Niño 1+2 -0.4ºC

 

==============

Tem todos os sabores é só escolher.

 

Abraços

Share this post


Link to post
Share on other sites

Curitiba, embora seja a capital mais fria do país, e embora situada muitos graus ao norte (do paralelo) de Wellington, apresenta médias e extremas muito mais interessantes!

5a4e895556327_NormaiseextremasCuritiba.gif.585271f4e6b6b2297b72fab9a9698f05.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Vendo pelos mapas de anomalias, vê-se claramente as correlações negativas entre as duas localidades:

enqto Curitiba esfria, Wellington akece (se é q se poderia chamar de akecimento akilo q ocorre por lá, mas enfim, eskenta um poukinho)

(nossa, qtos k's kkkkk)

 

Wellington, NOVEMBRO/2000

5a4e8955572fe_wellingtonnov2000.gif.c5ba2b4b86b9016859afbd707211a0cd.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Curitiba, NOVEMBRO/2000

Com o gráfico, numa rápida olhada, nota-se q Curitiba esteve com temperaturas abaixo da média neste Novembro2000, enquanto Wellington ficou ligeiramente acima...

5a4e895558413_Curitibanov2000.gif.50a857e73649446fda5a6e2b9b6e9331.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Novembro/2013,

Curitiba x Wellington:

(já volto...indo verificar algo importante)

Tudo de acordo com o mapa...

Curitiba ligeiramente mais fria e "Well" um pouco mais quente (nada q se possa dizer: "nossa!", mas dentro do q foi proposto...)

Wellington.gif.ca6131dd58492e8a783b624330d707c3.gif

Curitiba.gif.6de8ae0b396ea5abb292b15f76bd302b.gif

10xhu21.gif.414ea55da925ddfb29c4aad24ebe7393.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites
Novembro/2013,

Curitiba x Wellington:

 

Curitiba ligeiramente mais fria e "Well" um pouco mais quente (nada q se possa dizer: "nossa!", mas dentro do q foi proposto...)[/i][/b]

 

Graças a Deus, alguém entende "dentro do proposto"

 

Certamente era só que questão de tempo ir buscar o prêmio Nobel se pudesse prever a anomalia de uma cidade qualquer com a acurácia de 0,1ºC um mes antes.

 

A questão aqui é paixão pelo hobby.

 

E o interessante computadores de centenas de milhões de dólares que necessitam de mais 100 pessoas para operá-lo não fazem muito melhor, não.

 

Well,

 

Dentro do proposto,

 

Wellington é anticorrelacionado com a SST no Atlântico,

 

Cá entre nós....é legal ver coerência interna nos sistemas,

 

15hn8no.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Espera um pouco! Para o trem que eu quero descer!

 

Lendo essa anticorrelação entre Wellington e Curitiba, deduzindo pelo material Mafiliano e Campistico lido aqui, posso interpretar que se existe anticorrelação, em algum lugar passa a existir correlação. Sendo assim, posso deduzir que se Curitiba é a antítese de Wellington, então de São Paulo (capital) para cima, a correlação existe!

 

Oras, sabemos que o Oceano Atlântico afeta as bordas da serra tanto no Paraná como em SP, afinal de contas a altitude das duas capitais, se nao são iguais, são bem similares, sendo Curitiba um pouco mais alta, e a distancia para o oceano, também é similar entre ambas as capitais. O segredo aqui está no posicionamento do jato polar, por algum motivo desconhecido por mim (quem sabe alguem possa completar essa lacuna), o mesmo permitiu que numa época de aquecmento, de Curitiba para baixo se produzisse um bolsão de temperaturas caindo para baixo da média histórica, e de Curitiba pra cima, exceto o topo da serra do mar de SP, houve um aquecimento considerável. Vou usar o mapa do METOFFICE 61-90 para elucidar o que estou pensando:

 

LfLlGeX.png

 

Se o mapa não abrir, acessem o link direto e vão no primeiro mapa do Global Surface Temperature.

 

http://www.metoffice.gov.uk/research/monitoring/climate/surface-temperature

 

Pois bem, observem como da metade da Nova Zelandia pra cima, parece que houve um aquecimento, e da metade pra baixo, o aquecimento ou é bem menor, ou não houve. Coincidentemente, Wellington se encontra no limite entre o aquecimento/neutralidade, mais dentro do aquecimento do que da parte mais fria. A qualidade ficou ruim pq tive de aumentar muito as áreas de estudo do mapa.

 

8JizSm3.png

 

Posso deduzir olhando os mapas acima, e absorvendo os dados que publicaram, que a correlação entre Wellington e São Paulo é absurdamente consistente na normal 61-90. Como coincidentemente Wellington teve um periodo de maior aquecimento ante Curitiba neste Novembro de 2000 que usaram, seria fácil dizer que a correlação vem se mantendo a MUITO TEMPO.

 

Mas voltando a questão jato polar, obviamente, e muitas vezes isto é observado, se a lingua de frio tem dificuldade em atingir um determinado local, obviamente que o frio sobre determinado local será menor do que se a lingua de frio o atinja em cheio. No caso, percebe-se pelas anomalias que Wellington também tem sofrido menos com o impacto direto de ondas de frio, ASSIM COMO SP. A zona de transição entre o limite do frio intenso é nítida em ambas as cidades.

 

Mais tarde publico algo sobre 91-10.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Espera um pouco! Para o trem que eu quero descer!

 

Lendo essa anticorrelação entre Wellington e Curitiba, deduzindo pelo material Mafiliano e Campistico lido aqui, posso interpretar que se existe anticorrelação, em algum lugar..............

Estamos no trecho mais íngreme da ferrovia Ctba/Paranaguá!

Vai msmo descer?

 

A anticorrelação Curitib-Well se refere à novembro.

Não peskisei dados de outros meses.

Note q os dados sustentam o q foi proposto, ou não?

 

No caso das temperaturas dos oceanos em médias latitudes, influenciam ou não na circulação do JP?

É uma dúvida q tenho...

Lembre-se: estou aprendendo!

 

Abraços Mafilianos e Camponeses!

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Mafili,

 

Ainda dentro do q foi proposto,

 

se Curitiba e Wellington (como já foi sugerido) situam-se no "limite" anticorrelativo/nov, quase (eu disse: quase) em neutralidade,

o mesmo não poderia ser dito sobre São Joaquim e Christchurch, na ilha Sul.

aki temos uma situação bem curiosa q vale a pena ser explorada.

 

Legal, Camponês e Aldo,

 

Vamos voltar lá para ENSO onde a velocidade é lenta...o saudoso novembro de 2009.

 

 

 

Novembro/2009

200911-1.jpg.5710f5607e9ba9d983b679b723c775fb.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Carlos Campos, São dados do Inmet [ditos revisados] uma pequena discrepância em relação ao calculado pelo Aldo nada importante [podemos revisar apenas para esclarecimento] repito isto não é importante no meu entendimento.

 

Curitiba 1981/2012,

NOVEMBRO

MÉDIA = 19,1ºC

DESVIO PADRÃO = 1,01ºC

 

1981 19,8

1982 19,3

1983 20,0

1984 18,4

1985 19,5

1986 19,9

1987 19,4

1988 18,4

1989 18,4

1990 20,7

1991 20,2

1992 18,5

1993 18,6

1994 19,4

1995 18,6

1996 18,9

1997 19,8

1998 17,6

1999 16,9

2000 18,4

2001 19,5

2002 19,9

2003 18,7

2004 18,6

2005 18,8

2006 18,9

2007 18,6

2008 18,0

2009 22,3

2010 18,8

Share this post


Link to post
Share on other sites

Well, tudo que tenho NOVEMBRO Curitiba

 

YEAR NOV

1937 15,7

1929 15,9

1933 15,9

1931 16,1

1956 16,3

1930 16,5

1939 16,5

1938 16,6

1940 16,6

1947 16,8

1935 16,9

1936 16,9

1955 16,9

1999 16,9

1944 17,1

1928 17,2

1950 17,3

1934 17,4

1970 17,4

1971 17,6

1973 17,6

1998 17,6

1979 17,7

2011 17,7

1932 17,9

1943 17,9

1949 17,9

1953 18

2008 18

1948 18,1

1951 18,1

1942 18,2

1974 18,2

1980 18,2

1966 18,3

1975 18,3

1945 18,4

1957 18,4

1984 18,4

1988 18,4

1989 18,4

2000 18,4

1962 18,5

1992 18,5

1967 18,6

1977 18,6

1993 18,6

1995 18,6

2004 18,6

2007 18,6

1952 18,7

1959 18,7

2003 18,7

1954 18,8

1960 18,8

1965 18,8

2005 18,8

2010 18,8

1946 18,9

1996 18,9

2006 18,9

1978 19,1

2012 19,1

1982 19,3

1987 19,4

1994 19,4

1958 19,5

1969 19,5

1985 19,5

2001 19,5

1963 19,6

1961 19,8

1981 19,8

1997 19,8

1986 19,9

2002 19,9

1983 20

1991 20,2

1968 20,7

1990 20,7

2009 22,3

média 18,33333333

desvio padrão 1,220348311

Share this post


Link to post
Share on other sites
Carlos Campos, São dados do Inmet [ditos revisados] uma pequena discrepância em relação ao calculado pelo Aldo nada importante [podemos revisar apenas para esclarecimento] repito isto não é importante no meu entendimento.

 

Curitiba 1981/2012,

NOVEMBRO

MÉDIA = 19,1ºC

DESVIO PADRÃO = 1,01ºC

Obrigado, kerido!

 

Então, do pouco tempo do tempo q tenho,

fiz do meu jeito peculiarmente Camponês!

 

Com base no q vc me passou, temos o seguinte:

 

CURITIBA NOVEMBRO-1981/2012 DESVIOS

 

1981 0,7 1998 -1,5

1982 0,2 1999 -2,2

1983 0,9 2000 -0,7

1984 -0,7 2001 0,4

1985 0,4 2002 0,8

1986 0,8 2003 -0,4

1987 0,3 2004 -0,5

1988 -0,7 2005 -0,3

1989 -0,7 2006 -0,2

1990 1,6 2007 -0,5

1991 1,1 2008 -1,1

1992 -0,6 2009 3,2 +++

1993 -0,5 2010 -0,3

1994 0,3 2011 -1,4

1995 -0,5 2012 0,0

1996 -0,2

1997 0,7

foto0486_001.jpg.b4570d56446ec618eb51121eaf01d14a.jpg

Share this post


Link to post
Share on other sites

Legal, muito bom: El Camponês.

 

Perfeito,

 

Terminando o Atlântico Sul para testar a hipotése.

 

Abraços,

:mail: :mail: :ok: :clapping:

 

6okbom.png

Share this post


Link to post
Share on other sites
CURITIBA & NIÑO 3.4

 

(Camponês)

 

Muito bom, Camponês.

 

Niño 3.4 para novembro Curitiba discutirei mais tarde [respeito a tentação]

 

No momento estou concentrado em [20/30S : 20/50W] ANOMALIAS no Atlântico.

 

Quanto a correlação São Joaquim x Curitiba em NOVEMBRO,

 

O coeficiente de correlação de 0,934.

 

Significa que em 87,3% São Joaquim explica Curitiba [ou vice-versa]

 

Abraços

 

 

28whxdz.png

 

2wfjlea.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

A influência da temperatura superficial do mar [TSM pela sua sigla em inglês SST( Sea Surface Temperature)].

É usual os meios de comunicação social informarem ao grande público superficialmente às condições do Pacífico Equatorial notoriamente quando a condição El Niño está presente.

Estas informações são veiculadas na grande mídia na época dos solstícios ou equinócios.

Observando no recente dia 15 de outubro de 2013 as manifestações dos meus amigos professores é razoável supor que maioria da população brasileira não sabe onde fica o Pacífico Equatorial , muito menos o que seja El Niño . Equinócios e solstícios são coisas realmente complicadas. São tão complicadas que os Maias e os Gregos discutiam precessão de equinócios....não! Eles não discutiam no facebook.

Enfim, Aparece um oráculo que explica para todos que El Niño é o aquecimento ANORMAL das águas do Pacífico Equatorial e por essa razão o período será quente e chuvoso.

 

E o Atlântico?

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas como sem as informações que jugo adequadas fica a impressão que Mafili é ranzinza. [não era...ou pensava que não fosse....confesso; o nível de intolerância vem aumentando rapidamente].

A área escolhida inicialmente é 20S;30S /20W:50W

10d9l5z.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Como existe uma natural aversão aos números.

Vou tentar uma visualização através de um gráfico.

Fácil observar que 2009 foi um quente novembro enquanto 1999 foi um frio novembro

sn29lk.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ronaldo,

 

Veja se te ajuda até 13 de novembro e 2013.

 

Próxima atualização da SSTa em 20/30S : 20/50W em 20 de novembro

 

2dkgy2x.png

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mister "Ranzinza",

 

Entendo os gráficos... Todos eles!

Meu POBREMA é conseguir os números,

algo q para vss Malvadeza parece fácil... Sabe onde encontrá-los!

 

Não é preguiça... Peskisei e não encontrei os valores do Atlântico, (da área de estudo)

Aí fica difícil.

 

Agora estão todos aki...

 

Fazer continhas é fácil. Fica mais fácil ainda (e prazeroso) qdo se sabe exatamente onde se ker chegar, concorda?

 

(notei uma certa correlação da região apresentada (Atlântico) com Niño, e gostaria da tua opinião)

 

Abri mão da minha aversão por esses fenômenos aquáticos de grande escala e kero entendê-los melhor, compreende?

 

(onde estão os foristas estudiosos?)

 

Lamento!

 

Abraços

Edited by Guest

Share this post


Link to post
Share on other sites

BEM INTERESSANTE OS GRÁFICO/TABELAS, CONVERSO MAIS PELO FONE COM O "RANZINZA".

 

PELO MENOS ESTÁ MOSTRANDO UMA BOA RESPOSTA DO NOSSO ATLÂNTICO EM RELAÇÃO AO LESTE DE SC E SUDESTE, OBVIAMENTE NÃO É O ÚNICO, PODE ATÉ SER RESPOSTA AO PACÍFICO, EM BOA PARTE DEVE SER MESMO, MAS SERVE DE PARÂMETRO.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest
This topic is now closed to further replies.
Sign in to follow this  

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.