Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Sign in to follow this  
Carlos Dias

Climatologia, Resumos mensais, desvios, médias...

Recommended Posts

Há um tempo atrás fiz a seguinte brincadeira: peguei dados de Marsila do Amaral, de 2007 a 2010. Aí, comparei com os dados de Santana 2001-2010. A partir disto, interpolei como ficaria a mini-normal 2001-2010 pra Maria Marsilac. Deu 14,0 em julho e 20,5 em janeiro. Ok, não temos mais casquinha de gelo nos rios dos ermos da RMSP, como ocorria no tempo do Anchieta, quanto tudo aqui era um ermo do caramba. Mas as áreas não urbanizadas ainda são bem frias. E isto me faz pensar q a UHI paulistana é responsável por rutal parcela do aquecimento responsavel. A mudança de dinâmica teria uma minúscula responsabilidade.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mas as áreas não urbanizadas ainda são bem frias. E isto me faz pensar q a UHI paulistana é responsável por rutal parcela do aquecimento responsavel. A mudança de dinâmica teria uma minúscula responsabilidade.

 

Mas aí, amigo, estamos olhando um micro-cenário,e te volto outra pergunta: qual seria a média de Marsilac quando Pedro Alvares Cabral aqui chegou? A UHI não pode ser responsabilizada se mesmo as áreas menos urbanizadas sofreram algum tipo de aquecimento. Acho que a UHI é a ponta do iceberg, e é a justificativa dos aquecimentistas que não estão a fim de investigar outros índices. Já olhou o mapa de anomalias de temperatura entre Julho e Setembro deste ano? Da latitude de Curitiba pra cima, o inverno foi fraco! Não tem como culpar a UHI sozinha por isso, pra mim os principais responsáveis pelo aquecimento são os índices Macro-climáticos, entre eles SOI, ENSO, PDO, NAO, etc.

 

Sobre SP, se olhar as médias de temperatura deste inverno, verá que não houve um frio EM MÉDIA maior que em outros anos. Houveram apenas picos de frio.

 

Abraços reflexivos!

Share this post


Link to post
Share on other sites

OUTUBRO EM ROLÂNDIA/PR:

Precipitação: 173 mm ( Acima da média)

Dias com chuva: 6/31

Temperatura média: 22.8°C ( +0.6°C)

Média das minimas: 17.6°C

Média das máximas: 28.0°C

Menor temperatura: 9.8°C ( 6/10)

Maior temperatura: 34.2°C ( 21/10)

- Tivemos um mês com chuva um pouco acima da média e muito irregulares, sendo que no dia 3 houve o acumulado de 75 mm e nesses 3 primeiros dias do mês já havia sido registrado 110 mm.

- Não houve pelo menos calor intenso como ocorreu ano passado onde tivemos 38.3°C no dia 30/10.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mas as áreas não urbanizadas ainda são bem frias. E isto me faz pensar q a UHI paulistana é responsável por rutal parcela do aquecimento responsavel. A mudança de dinâmica teria uma minúscula responsabilidade.

 

Mas aí, amigo, estamos olhando um micro-cenário,e te volto outra pergunta: qual seria a média de Marsilac quando Pedro Alvares Cabral aqui chegou? A UHI não pode ser responsabilizada se mesmo as áreas menos urbanizadas sofreram algum tipo de aquecimento. Acho que a UHI é a ponta do iceberg, e é a justificativa dos aquecimentistas que não estão a fim de investigar outros índices. Já olhou o mapa de anomalias de temperatura entre Julho e Setembro deste ano? Da latitude de Curitiba pra cima, o inverno foi fraco! Não tem como culpar a UHI sozinha por isso, pra mim os principais responsáveis pelo aquecimento são os índices Macro-climáticos, entre eles SOI, ENSO, PDO, NAO, etc.

 

Sobre SP, se olhar as médias de temperatura deste inverno, verá que não houve um frio EM MÉDIA maior que em outros anos. Houveram apenas picos de frio.

 

Abraços reflexivos!

 

Ok, pode ser que, dado o mínimo solar de 1400 a 1900, de fato a média térmica global fosse menor nos 1500. Mas uma coisa é dizer que houve alteraçao de dinamica, porém sendo o UHI foi o principal culpado pelo aquecimento da RMSP. Outra é dizer que a UHI qse nao interferiu (by Mafili).

Abraços refletidos!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Riacho Grande - SBC (Davis)

 

Jun: 16,5 (13,8 / 21,1 / 09,9 / 26,2) 113,3mm

Jul: 14,0 (11,0 / 19,2 / 04,1 / 26,9) 62,0mm

Ago: 15,5 (11,3 / 22,1 / 06,6 / 30,3) 18,3mm

Set: 16,8 (13,1 / 23,0 / 07,6 / 32,1) 72,6 mm

Outubro: 17,4 (14,4 / 22,2 / 09,2 / 32,5) 79,5mm

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mas as áreas não urbanizadas ainda são bem frias. E isto me faz pensar q a UHI paulistana é responsável por rutal parcela do aquecimento responsavel. A mudança de dinâmica teria uma minúscula responsabilidade.

 

Mas aí, amigo, estamos olhando um micro-cenário,e te volto outra pergunta: qual seria a média de Marsilac quando Pedro Alvares Cabral aqui chegou? A UHI não pode ser responsabilizada se mesmo as áreas menos urbanizadas sofreram algum tipo de aquecimento. Acho que a UHI é a ponta do iceberg, e é a justificativa dos aquecimentistas que não estão a fim de investigar outros índices. Já olhou o mapa de anomalias de temperatura entre Julho e Setembro deste ano? Da latitude de Curitiba pra cima, o inverno foi fraco! Não tem como culpar a UHI sozinha por isso, pra mim os principais responsáveis pelo aquecimento são os índices Macro-climáticos, entre eles SOI, ENSO, PDO, NAO, etc.

 

Sobre SP, se olhar as médias de temperatura deste inverno, verá que não houve um frio EM MÉDIA maior que em outros anos. Houveram apenas picos de frio.

 

Abraços reflexivos!

 

Ok, pode ser que, dado o mínimo solar de 1400 a 1900, de fato a média térmica global fosse menor nos 1500. Mas uma coisa é dizer que houve alteraçao de dinamica, porém sendo o UHI foi o principal culpado pelo aquecimento da RMSP. Outra é dizer que a UHI qse nao interferiu (by Mafili).

Abraços refletidos!

 

Como eu disse, a UHI tem sua parcela de culpa sim sobre a ilha urbana de SP, mas o que venho notando, é a diminuição média de eventos de frio do Sudeste pra cima, como um todo, afetando áreas urbanizadas e não urbanizadas. Isso que me faz acreditar que a UHI é uma das menores responsáveis, se olharmos o cenário global. Localmente, a impressão que temos é que a UHI causou um "desastre" sobre o clima de SP.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Ok, pode ser que, dado o mínimo solar de 1400 a 1900, de fato a média térmica global fosse menor nos 1500. Mas uma coisa é dizer que houve alteraçao de dinamica, porém sendo o UHI foi o principal culpado pelo aquecimento da RMSP. Outra é dizer que a UHI qse nao interferiu (by Mafili).

Abraços refletidos!

 

Como eu disse, a UHI tem sua parcela de culpa sim sobre a ilha urbana de SP, mas o que venho notando, é a diminuição média de eventos de frio do Sudeste pra cima, como um todo, afetando áreas urbanizadas e não urbanizadas. Isso que me faz acreditar que a UHI é uma das menores responsáveis, se olharmos o cenário global. Localmente, a impressão que temos é que a UHI causou um "desastre" sobre o clima de SP.

 

Mas veja uma coisa:

Marsila do Amaral 2001-2010 (interpolado) 14,0/20,5

Mirante de Santana 2001-2010 17,1/23,3

Ou seja, dá 3 graus de diferença, só por conta de UHI.

Quanto à diferença entre o clima nativo atual, e o clima nativo da época de Anchieta, interessante notar que uma das principais características de um período de resfriamento é o aumento da variação entre dias quentes e dias frios dentro de um mesmo mês. E algumas características marcante do atual clima de RMC e RMSP, são:

- diminuição da frequência de pulsos de ar frio

- diminuição da força destes pulsos

Paralelamente a isto, temos observado o aumento da influência do ASAS. Tanto que em julho/08 a menor mínima em Curita foi sob influência deste centro de alta. Então, não se trata simplesmente de "o clima de hoje é 1 grau mais frio na média do q o clima na época de Anchieta". Mas se trata, tb, de termos menos extremos. Então, uma alteração aparentemente pequena nas médias pode estar acompanhada por forte alteração nos pulsos de frio.

Então é a UHI destruindo médias e extremos de frio de um lado, e alteração de dinâmica provocando apenas um comichão nas médias, mas alterando mto os extremos de frio, por outro lado.

Tenho meditado quanto aos gráficos mafilianos de POA e Sampa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Ok, pode ser que, dado o mínimo solar de 1400 a 1900, de fato a média térmica global fosse menor nos 1500. Mas uma coisa é dizer que houve alteraçao de dinamica, porém sendo o UHI foi o principal culpado pelo aquecimento da RMSP. Outra é dizer que a UHI qse nao interferiu (by Mafili).

Abraços refletidos!

 

Como eu disse, a UHI tem sua parcela de culpa sim sobre a ilha urbana de SP, mas o que venho notando, é a diminuição média de eventos de frio do Sudeste pra cima, como um todo, afetando áreas urbanizadas e não urbanizadas. Isso que me faz acreditar que a UHI é uma das menores responsáveis, se olharmos o cenário global. Localmente, a impressão que temos é que a UHI causou um "desastre" sobre o clima de SP.

 

Mas veja uma coisa:

Marsila do Amaral 2001-2010 (interpolado) 14,0/20,5

Mirante de Santana 2001-2010 17,1/23,3

Ou seja, dá 3 graus de diferença, só por conta de UHI.

Quanto à diferença entre o clima nativo atual, e o clima nativo da época de Anchieta, interessante notar que uma das principais características de um período de resfriamento é o aumento da variação entre dias quentes e dias frios dentro de um mesmo mês. E algumas características marcante do atual clima de RMC e RMSP, são:

- diminuição da frequência de pulsos de ar frio

- diminuição da força destes pulsos

Paralelamente a isto, temos observado o aumento da influência do ASAS. Tanto que em julho/08 a menor mínima em Curita foi sob influência deste centro de alta. Então, não se trata simplesmente de "o clima de hoje é 1 grau mais frio na média do q o clima na época de Anchieta". Mas se trata, tb, de termos menos extremos. Então, uma alteração aparentemente pequena nas médias pode estar acompanhada por forte alteração nos pulsos de frio.

Então é a UHI destruindo médias e extremos de frio de um lado, e alteração de dinâmica provocando apenas um comichão nas médias, mas alterando mto os extremos de frio, por outro lado.

Tenho meditado quanto aos gráficos mafilianos de POA e Sampa.

 

Perfeito o raciocinio, só não concordo com tua idéia de jogar todo o aquecimento do Mirante de Santana para a UHI, O SST negativo do Atlantico tem feito maravilhas na média deste Outubro de 2013 no Mirante. Fechou absolutamente dentro da média dos últimos 60 anos. Isso tem que ser observado, nem a UHI impediu essa diminuição de mais de 2 GRAUS da média de 2013, comparando com Outubro de 2012. Não estou falando de resfriamento, e sim de que este ano a dinamica de aquecimento médio dos ultimos 30 anos foi QUEBRADA de forma absurda este ano. E Novembro segue a mesma tendencia.

Share this post


Link to post
Share on other sites

CLIMATERRA/OUT

 

19,1/8,5/12,9/120,5 MM/74 HF/23,0/-0,9*/-7,3* *RECORDE DA ESTAÇÃO (98/13)

-0,9/-1,0/-1,2/-54,0/+29

 

INMET

 

17,9/8,5/12,5/126,5/75 HF/22,2/1,8

-0,9/-0,6/-0,8/-39,1/+16

 

CTBA/INMET

 

+0,2°C NA MÉDIA.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tenho uma pergunta, e talvez seja interessante...

(não sei)

 

Perg: "Se a média do Mirante ou de Ctba em novembro se igualar a média de nov/31-60, significa q houve resfriamento ou q tudo voltou (momentaneamente) à normalidade?"

 

Abraços

Share this post


Link to post
Share on other sites
Só sei que temos que colocar meu weatherlink lá em cima e eu fico com o hautespot no lugar...Vou sair perdendo mas o PNI sempre estará no ar...ou informando os extremos diarios sem mais problemas

 

Temos que ir lá

 

Pq tu vai sair perdendo? Hautespot é uma tecnologia MUITO superior.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Só sei que temos que colocar meu weatherlink lá em cima e eu fico com o hautespot no lugar...Vou sair perdendo mas o PNI sempre estará no ar...ou informando os extremos diarios sem mais problemas

 

Temos que ir lá

 

Pq tu vai sair perdendo? Hautespot é uma tecnologia MUITO superior.

 

 

Bruno, está claro que com o Hautespot, estamos a cada queda de internet tendo que nos mobilizar para pedir o reinicio da estação, lá no posto Marcão. Isso, além de cansar a gente, tem criado um certo atrito entre nós e os vigias noturnos do parque, já não estão solicitos com a gente.Outra, com esse reinicio constante, observei que o console, de tanto manuseio, já está pedindo uma substituição, logo mais. Já o weatherlink, seu modo de operação é mais complexo que o Hautespot, mas quando por exemplo derrubamos a internet, ele volta normal. E o hautespot, pelo menos lá no PNI, não volta.

 

Já cansei de falar com o técnico do parque, e não há nenhum bloqueio que impeça o hautespot de voltar ao ar, então penso que, por experiencia, trocamos o hautespot pelo weatherlinkip do Carlos Dias, que funciona muito bem lá no RG. Não tem nada de criticarmos se um é melhor que o outro, mas a experiencia observacional minha, que só esse ano fui 6 vezes pro PNI (4 sozinho), me diz que não está dando certo o hautespot, por um motivo que desconhecemos. O weatherlinkip, olhando o que acontece no RG, tem se mostrado, se inferior na coleta dos dados, MUITO SUPERIOR em se tratando de retornar a ativa após queda de internet.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Como eu disse, a UHI tem sua parcela de culpa sim sobre a ilha urbana de SP, mas o que venho notando, é a diminuição média de eventos de frio do Sudeste pra cima, como um todo, afetando áreas urbanizadas e não urbanizadas. Isso que me faz acreditar que a UHI é uma das menores responsáveis, se olharmos o cenário global. Localmente, a impressão que temos é que a UHI causou um "desastre" sobre o clima de SP.
Mas veja uma coisa:

Marsila do Amaral 2001-2010 (interpolado) 14,0/20,5

Mirante de Santana 2001-2010 17,1/23,3

Ou seja, dá 3 graus de diferença, só por conta de UHI.

Quanto à diferença entre o clima nativo atual, e o clima nativo da época de Anchieta, interessante notar que uma das principais características de um período de resfriamento é o aumento da variação entre dias quentes e dias frios dentro de um mesmo mês. E algumas características marcante do atual clima de RMC e RMSP, são:

- diminuição da frequência de pulsos de ar frio

- diminuição da força destes pulsos

Paralelamente a isto, temos observado o aumento da influência do ASAS. Tanto que em julho/08 a menor mínima em Curita foi sob influência deste centro de alta. Então, não se trata simplesmente de "o clima de hoje é 1 grau mais frio na média do q o clima na época de Anchieta". Mas se trata, tb, de termos menos extremos. Então, uma alteração aparentemente pequena nas médias pode estar acompanhada por forte alteração nos pulsos de frio.

Então é a UHI destruindo médias e extremos de frio de um lado, e alteração de dinâmica provocando apenas um comichão nas médias, mas alterando mto os extremos de frio, por outro lado.

Tenho meditado quanto aos gráficos mafilianos de POA e Sampa.

Pessoal, permitam-me alguns palpites...

 

1. Para mim, a ilha de calor tem sim efeito nos extremos de mínimas.

Um exemplo são as mínimas de Juquitiba e São Lourenço da Serra (E Marsilac também) quando comparadas com o Mirante e Congonhas.

Além do próprio IAG, que fica numa área verde completamente cercada pela metrópole.

A antiga estação do INMET no Horto Florestal sempre tinha mínimas de 2 a 4°C inferiores ao Mirante, em noites frias, de céu limpo e sem vento.

 

2. No caso das máximas, eu colocaria a maior taxa de nebulosidade como um componente importante nas médias (Das máximas) mais baixas de Marsilac, Riacho Grande, etc.

Embora eu tenha sempre o "pé atrás" com as estações do CGE, reparem nas máximas de Perus, como são mais altas.

Perus é o único distrito de Sampa que fica atrás da serra da Cantareira e está mais próximo de Jundiaí do que de Interlagos, por exemplo.

As máximas de Juquitiba e S. Lourenço da Serra, via de regra, não são muito diferentes do Mirante.

A média das máximas de junho e julho no Horto eram 0,2°C mais altas que o Mirante e a de agosto 0,4°C maior.

A estação do Horto ficava a 4 km, em linha reta, a norte do Mirante.

 

3. A grande maioria das mínimas abaixo de 5°C registradas no Mirante antes de 2000 eram com massas polares continentais cujo centro passava mais próximo do PR, no caminho para o Atlântico.

Isso possibilitava noites frias com céu limpo.

Foi assim em 1955 (Não vi :mosking: mas já li muito a respeito), 1969, 1974, 1979, 1981, 1985, 1990, 1994...

Hoje, o centro da quase totalidade das MP's sai para o mar já na altura do Uruguai e RS, sobrando dias frios e nublados (E chuvosos, às vezes) para nós.

Para mim, aí entra a mudança na dinâmica, que afeta o norte do PR, sul de MG, GO, etc.

Os mineiros me corrijam se eu estiver errado mas parece que as geadas, outrora comuns, quase desapareceram das localidades do sul de MG abaixo de 900 m.

Para finalizar, acho que a frequência de pulsos fortes de ar frio não mudou. O que mudou foi a trajetória.

Tanto é verdade que o RS foi literalmente congelado algumas vezes nos anos 2000. E do PR para cima, nada.

Share this post


Link to post
Share on other sites
....

3. A grande maioria das mínimas abaixo de 5°C registradas no Mirante antes de 2000 eram com massas polares continentais cujo centro passava mais próximo do PR, no caminho para o Atlântico.

Isso possibilitava noites frias com céu limpo.

Foi assim em 1955 (Não vi :mosking: mas já li muito a respeito), 1969, 1974, 1979, 1981, 1985, 1990, 1994...

Hoje, o centro da quase totalidade das MP's sai para o mar já na altura do Uruguai e RS, sobrando dias frios e nublados (E chuvosos, às vezes) para nós.

Para mim, aí entra a mudança na dinâmica, que afeta o norte do PR, sul de MG, GO, etc.

Os mineiros me corrijam se eu estiver errado mas parece que as geadas, outrora comuns, quase desapareceram das localidades do sul de MG abaixo de 900 m.

Para finalizar, acho que a frequência de pulsos fortes de ar frio não mudou. O que mudou foi a trajetória.

Tanto é verdade que o RS foi literalmente congelado algumas vezes nos anos 2000. E do PR para cima, nada.

 

Aldo, acho que fui grosseiro contigo não intencionalmente...sorry.

 

Aí ki tá.

 

A de 1979 recordo bem. Foi a primeira vez na vida que vedei e lacrei uma janela e disse _ Só abro na primavera e um amigo do nordeste disse_ Primeira vez que ouço isto que não seja em filme [sBC, 1979, RUA CRISTIANO ANGELI].

 

Frio demais,

 

Concordo plenamente com o item.

 

A advecção de ar frio elimina momentaneamente o efeito UHI.

 

Porém o efeito UHI [real] na cidade de São Paulo certamente não pode mudar a trajetória do núcleo de uma potente MP.

 

Mas aquilo que mudou a trajetória das mps também "mudou o clima" de São Paulo.

 

Meus candidatos sem "pensar" no tema algo relacionado com o Atlântico e seus ciclones.

 

Talvez

Share this post


Link to post
Share on other sites

Olá Baz, ando sumido, eu sei... desde q fui morar em vacas gordas n tenho tido muito acesso a internet como eu gostaria, mass....

 

Bem, conversei com o assessor de imprensa de urubici q me disse estar em andamento a instalação de internet em vacas gordas. mas ele me disse q iria demorar uns dois meses no minimo.. coisas de verba de municipio... olha so, vou tentar repassar os dados, com maior frequencia... ai vai os ultimos:

7/10 (0.0/17.9)

8/10 (-1.1/18.6)

9/10 (6.0/17.9)

10/10 (8.9/18.6)

11/10 (9.7/19.1)

12/10 (12.2/16.9)

13/10 (12.3/21.9)

14/10 (10.2/23.4)

15/10 (7.9/24.1)

16/10 (11.6/19.8)

17/10 (8.7/13.5)

18/10 (6.7/17.6)

19/10 (4.9/20.1)

20/10 (9.2/24.2)

21/10 (12.0/23.1)

 

23/10 (11.9/24.7)

24/10 (11.7/17.1)

25/10 (10.4/18.4)

26/10 (11.3/19.2)

27/10 (6.9/19.5)

28/10 (0.3/20.9)

29/10 (3.9/22.9)

30/10 (9.5/23.1)

31/10 (10.4/20.4)

Share this post


Link to post
Share on other sites

A média de Outubro ficou em 18,8ºC por aqui (INMET). Ou seja, apenas 1 décimo abaixo

da média histórica. Mesmo assim, o simples fato de ter sido um Outubro normal já me

deixou bem aliviado.

 

Foi um mês bem típico da primavera mesmo, com períodos de calor de verão e frio de inverno.

Share this post


Link to post
Share on other sites
A média de Outubro ficou em 18,8ºC por aqui (INMET). Ou seja, apenas 1 décimo abaixo

da média histórica. Mesmo assim, o simples fato de ter sido um Outubro normal já me

deixou bem aliviado.

 

Foi um mês bem típico da primavera mesmo, com períodos de calor de verão e frio de inverno.

 

histórica...me parece algo de um instituto que esqueci o nome

 

Deve ter sido um bocado à beça inferior a 81/10.

 

Aliás. que histórica é essa?

 

rsrsrsrs....

Share this post


Link to post
Share on other sites

Um pouquinho atrasado hehe, mais outubro terminou assim em Blumenau:

 

Med. Mín: 16.9°C

Méd. Máx: 24.6°C

Mês: 20.7°C (+0.3)

 

Extremos: 11.2°C (8/10)

31.0°C (14/10)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Olá Baz, ando sumido, eu sei... desde q fui morar em vacas gordas n tenho tido muito acesso a internet como eu gostaria, mass....

 

Bem, conversei com o assessor de imprensa de urubici q me disse estar em andamento a instalação de internet em vacas gordas. mas ele me disse q iria demorar uns dois meses no minimo.. coisas de verba de municipio... olha so, vou tentar repassar os dados, com maior frequencia... ai vai os ultimos:

7/10 (0.0/17.9)

8/10 (-1.1/18.6)

9/10 (6.0/17.9)

10/10 (8.9/18.6)

11/10 (9.7/19.1)

12/10 (12.2/16.9)

13/10 (12.3/21.9)

14/10 (10.2/23.4)

15/10 (7.9/24.1)

16/10 (11.6/19.8)

17/10 (8.7/13.5)

18/10 (6.7/17.6)

19/10 (4.9/20.1)

20/10 (9.2/24.2)

21/10 (12.0/23.1)

 

23/10 (11.9/24.7)

24/10 (11.7/17.1)

25/10 (10.4/18.4)

26/10 (11.3/19.2)

27/10 (6.9/19.5)

28/10 (0.3/20.9)

29/10 (3.9/22.9)

30/10 (9.5/23.1)

31/10 (10.4/20.4)

 

 

SENSACIONAL esta mínima de 08/10. Pelo visto, o inverno 2014 terá a gigante Vacas Gordas reportando dados online, espetacular!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
A média de Outubro ficou em 18,8ºC por aqui (INMET). Ou seja, apenas 1 décimo abaixo

da média histórica. Mesmo assim, o simples fato de ter sido um Outubro normal já me

deixou bem aliviado.

 

Foi um mês bem típico da primavera mesmo, com períodos de calor de verão e frio de inverno.

 

histórica...me parece algo de um instituto que esqueci o nome

 

Deve ter sido um bocado à beça inferior a 81/10.

 

Aliás. que histórica é essa?

 

rsrsrsrs....

 

É em relação à normal 73-2002. Você pode achar esquisita esta série, mas é o que temos para Juiz

de Fora. Ocorre que a estação mudou para um local completamente diferente em 1973. Não faria

sentido a série 60-90 para cá, os dados ficariam altamente comprometidos. Daí resolvi fazer, por

minha própria conta e risco ( :heart: ), a série 73-2002....dá 30 anos de qualquer forma.

 

Abraços mafilianos

Share this post


Link to post
Share on other sites
A média de Outubro ficou em 18,8ºC por aqui (INMET). Ou seja, apenas 1 décimo abaixo

da média histórica. Mesmo assim, o simples fato de ter sido um Outubro normal já me

deixou bem aliviado.

 

Foi um mês bem típico da primavera mesmo, com períodos de calor de verão e frio de inverno.

 

histórica...me parece algo de um instituto que esqueci o nome

 

Deve ter sido um bocado à beça inferior a 81/10.

 

Aliás. que histórica é essa?

 

rsrsrsrs....

 

É em relação à normal 73-2002. Você pode achar esquisita esta série, mas é o que temos para Juiz

de Fora. Ocorre que a estação mudou para um local completamente diferente em 1973. Não faria

sentido a série 60-90 para cá, os dados ficariam altamente comprometidos. Daí resolvi fazer, por

minha própria conta e risco ( :heart: ), a série 73-2002....dá 30 anos de qualquer forma.

 

Abraços mafilianos

 

Renan, Ainda não me acostumei em te ver sem o macacão de trabalho.

 

Fez o certo na dúvida faça o certo [faltam muitos dados para completar 2002/2010?]

 

Podemos tentar achar....

 

abraços

Share this post


Link to post
Share on other sites

Quanto ao macacão azul...prefiro ser operário por uns tempos agora.

 

Eu tenho todos os dados de 2002 a 2010...mas será que vale a pena

acrescentar à normal?

Share this post


Link to post
Share on other sites

CAPITAIS - 2013

 

Porto Alegre RS (Aut): 18,5 med acum.

Jan: 23,9 (19,1 / 30,0 / 14,4 / 36,5) 98,8 mm

Fev: 24,3 (20,4 / 30,0 / 14,8 / 37,8) 142,4 mm

Mar: 21,4 (17,7 / 26,4 / 14,7 / 33,2) 62,4 mm

Abr: 20,4 (15,9 / 26,0 / 10,1 / 31,6) 106,8 mm

Mai: 16,6 (12,4 / 21,2 / 06,2 / 30,8) 64,8 mm

Jun: 14,5 (11,0 / 18,9 / 07,0 / 24,1) 103,6 mm

Jul: 13,7 (09,2 / 19,6 / 01,4 / 28,3) 108,6 mm

Ago: 13,7 (09,3/ 19,1 / 05,2 / 30,1) 248,8 mm

Set: 17,2 (13,2 / 22,1 / 06,2 / 35,1) 137,0 mm

Out: 19,1 (14,6 / 24,7 / 11,1 / 32,3) 131,6 mm

 

-Porto Alegre RS (Conv):

 

Mai: (-0,3) 16,5

Jun: (+0,3) 14,6

Jul: (-0,9) 13,6

Ago: (-1,5) 13,8

Set: (+0,8) 17,6

Out: (-0,4) 19,1

 

-Florianópolis SC: 20,2 med acum.

Jan: 24,4 (20,7 / 28,3 / 18,3 / 32,4) 87,0 mm

Fev: 25,1 (21,8 / 29,6 / 19,0/ 33,2) 184,0 mm

Mar: 23,0 (19,9 / 26,8 / 16,5 / 31,1) 306,6,mm

Abr: 21,9 (17,7 / 26,6 / 12,5 / 31,6) 160,2 mm

Mai: 19,5 (15,6 / 23,8 / 08,1 / 28,4) 52,2 mm

Jun: 18,1 (15,2 / 21,8 / 09,9 / 26,5) 120,2 mm

Jul: 15,3 (11,7 / 19,6 / 03,5 / 30,9) 84,8 mm

Ago: 16,2 (12,7 / 20,6 / 07,4 / 29,8) 129,2 mm

Set: 18,1 (15,3 / 21,6 / 10,2 / 28,6) 215,2 mm

Out: 20,4 (17,3 / 23,9 / 12,3 / 29,3) 63,6 mm

 

-Florianópolis SC (Conv):

 

Mai: (+0,9) 19,4

Jun: (+1,4) 18,1

Jul: (-0,7) 15,6

Ago: (-0,5) 16,4

Set: (+1,1) 18,6

Out: (+1,0) 20,6

 

-Curitiba PR: 16,9 med acum.

Jan: 19,9 (16,4 / 25,1 / 13,1 / 29,6) 70,2 mm

Fev: 21,1 (17,7 / 26,4 / 15,0/ 31,4) 188,6 mm

Mar: 19,5 (16,2 / 24,2 / 12,9 / 29,3) 128,0 mm

Abr: 17,8 (13,6 / 23,5 / 10,0 / 28,2) 50,4 mm

Mai: 15,9 (12,5 / 19,8 / 06,1 / 27,9) 59,2 mm

Jun: 14,8 (11,6 / 19,3 / 06,2 / 24,0) 312,4 mm

Jul: 12,9 --------------------------------------------- (Falta de dados)

Ago: 14,2 --------------------------------------------- (Falta de dados)

Set: 15,9 ---------------------------------------------- (Falta de dados)

Out: 17,4 (13,2 / 23,2 / 07,8 / 29,7) - 95,2mm

 

-Curitiba PR (Conv):

 

Mai: (+1,6) 16,2

Jun: (+2,7) 14,9

Jul: (+0,1) 12,9 (08,8 / 19,2 / -02,1 / 25,4) 181,8 mm

Ago: (+0,2) 14,2 (09,4 / 21,3 / -02,1 / 25,4) 39,4 mm

Set: (+0,9) 15,9 (11,9 / 22,1 / 04,2 / 29,6) 197,0 mm

Out: (+0,2) 17,3

 

-São Paulo SP: 19,5 med acum.

Jan: 21,5 (18,7 / 26,3 / 16,0 / 32,4) 164,8 mm

Fev: 23,0 (19,2 / 29,3 / 17,1 / 34,0) 271,0 mm

Mar: 21,8 (18,7 / 26,8 / 15,1 / 32,4) 176,4 mm

Abr: 19,8 (16,4 / 25,1 / 13,5 / 30,2) 70,8 mm

Mai: 18,7 (15,2 / 23,5 / 10,3 / 29,2) 42,2 mm

Jun: 18,0 (14,9 / 22,6 / 10,6 / 26,9) 142,2 mm

Jul: 16,1 (12,2 / 21,5/ 05,5 / 27,0) 78,4 mm

Ago: 17,7 (12,8 / 24,5 / 07,7 / 30,5) 8,2 mm

Set: 19,0 (15,0 / 25,0 / 09,3/ 32,4) 87,0 mm

Out: 19,6 (15,9 / 25,0 / 11,4 / 32,6) 117,2 mm

 

-São Paulo SP (Conv):

 

Mai: (+1,2) 18,8

Jun: (+1,6) 18,1

Jul: (+0,5) 16,3

Ago: (+0,9) 18,0

Set: (+1,5) 19,3

Out: (0,0) 19,9

 

Desvios com base na 81/10, exceto Florianópolis 61/90

Share this post


Link to post
Share on other sites

Cambará do Sul - 2013 - 13,8 med acum

 

Jan: 17,6 (12,9 / 23,8 / 10,0 / 30,3)

Fev: 18,4 (14,5 / 24,0 / 06,6 / 31,1)

Mar: 15,9 (12,3 / 21,0 / 08,2 / 26,7)

Abr: 15,0 (10,0/ 21,5 / 02,7 / 25,3)

Mai: 12,5 (07,5 / 18,4 / -2,4 / 26,1)

Jun: 11,2 (07,2 / 16,3 / 01,2 / 20,2)

Jul: 10,1 (04,9 / 17,1 / -04,2 / 25,3)

Ago: 10,1 (05,3 / 16,4 / -02,2 / 25,7)

Set: 13,1 (08,3 / 19,5 / -01,4 / 29,5)

Out: 14,0 (09,1 / 19,8 / 02,5 / 25,3)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.