Jump to content
Brasil Abaixo de Zero
Sign in to follow this  
Carlos Dias

Climatologia, Resumos mensais, desvios, médias...

Recommended Posts

Não, Carlos. Vc está errado. Vc está considerando esta anomalia de setembro para 30 dias, enquanto que temos apenas 13 dias passados até agora. Tem que ponderar para fazer a conta correta.

Share this post


Link to post
Share on other sites
É incrível como que, mesmo num Agosto frio como este em POA, a cidade invariavelmente bate os 30 graus ou mais. Quero saber

se já houve algum inverno em que POA não tenha chegado a 30 graus. Podem me responder? :ok:

 

Acho que é difícil termos invernos em POA (JJA) sem o registro de ao menos uma máxima de 30C ou mais. Os veranicos fazem parte do nosso inverno, muito embora normalmente sejam curtos. Esses dias de 30C fogem muito à média das máximas, o que evidencia a sua aberração dentro do próprio mês.

É vero. Creio que até agora não há inverno sem pelo menos 1 dia com 30°.

 

Bruno, esses picos de calor não só destoam da média máxima como, se eles, a média máxima seria bem menor (chuto 18,X°), o que mostra que temos um friozinho consistente prolongado se excluirmos os dias de calor fora de época.

 

Abraços climáticos!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Não, Carlos. Vc está errado. Vc está considerando esta anomalia de setembro para 30 dias, enquanto que temos apenas 13 dias passados até agora. Tem que ponderar para fazer a conta correta.

Levando em conta que a anomalia positiva está em 2,9° nesses 13 primeiros dias, então isso equivale a algo como 1,3° se distribuíssemos anomalia para o mês todo, supondo que do dia 14 em diante todos os dias ficassem na média. O mês de setembro fecharia em 18,1°.

 

Teríamos, em MJJAS, 16,5° + 14,3° + 13,6° + 13,8° + 18,1° = 76,3°/5 = 15,26° = -0,24° de anomalia.

 

Abraços estatísticos!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Obrigado Marcos...me poupou o trabalho...Mesmo assim o inverno climático de Por Alegre , podemos dizer que foi normal...considerando como um todo é claro..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não sei se o inverno climático, Carlos. Para mim o inverno de POA é junho, julho e agosto. Maio é outono e setmbro primavera.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Não, Carlos. Vc está errado. Vc está considerando esta anomalia de setembro para 30 dias, enquanto que temos apenas 13 dias passados até agora. Tem que ponderar para fazer a conta correta.

Levando em conta que a anomalia positiva está em 2,9° nesses 13 primeiros dias, então isso equivale a algo como 1,3° se distribuíssemos anomalia para o mês todo, supondo que do dia 14 em diante todos os dias ficassem na média. O mês de setembro fecharia em 18,1°.

 

Teríamos, em MJJAS, 16,5° + 14,3° + 13,6° + 13,8° + 18,1° = 76,3°/5 = 15,26° = -0,24° de anomalia.

 

Abraços estatísticos!

 

Não, Bruno e Marcos....aqui vocês estão errados.

 

O Carlos esta certo até o limite dos dados que ele tem disponíveis.

 

O valor correto da anomalia no período 01 a 13 é obtida a partir das normais diárias do período em análise na série que for a escolhida no caso suponho ser 61/90 porém se fosse a 81/10 o método seria o mesmo.

 

Não há o que ponderar pois, a normal mensal de trinta anos considera que todos os dias de setembro são iguais.

 

Se a conta que obteve +2,9ºC estiver correta....então, este é valor correto dentro dentro da limitação imposta acima.

 

Abraços

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mafili, com esse teu comentário passo a crer cada vez mais que o desejo é um componente relevante nas tuas análises, principalmente sabendo que a matemática é um grande skill teu.

 

Considerar num cálculo uma variável que não existe ainda (restante de setembro) é o cúmulo do absurdo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mafili, com esse teu comentário passo a crer cada vez mais que o desejo é um componente relevante nas tuas análises, principalmente sabendo que a matemática é um grande skill teu.

 

Considerar num cálculo uma variável que não existe ainda (restante de setembro) é o cúmulo do absurdo.

 

Careleo (by bruno)

 

Sobre os desejos suponho que esteja certo, é muito difícil manter-se isento diante do números contraditórios ao desejo humano....perdoe-me....

 

Vamos debater o absurdo....um cadinho.

 

a- Concordei contigo a respeito JJA.....como vale para DJF, MAM, SON, em todo mundo.

 

A razão disto é climatológica.

 

Abraços

Share this post


Link to post
Share on other sites
Mafili, com esse teu comentário passo a crer cada vez mais que o desejo é um componente relevante nas tuas análises, principalmente sabendo que a matemática é um grande skill teu.

 

Considerar num cálculo uma variável que não existe ainda (restante de setembro) é o cúmulo do absurdo.

 

Sim , Bruno. Só para climatologia.

 

E para piorar a minha visão de climatologia é puramente o estado médio da atmosfera.

 

Bruno, disse: Considerar num cálculo uma variável que não existe ainda (restante de setembro) é o cúmulo do absurdo.

 

Vejamos,

 

Os computadores da NECP concordam com o Carlos, Os cálculos do Carlos concordam com os cálculos dos supercomputador.

 

Conclusão: Ambos concordam com aquilo que eu expus.

 

Veja você teceu de alguma forma no teu comentário algo sobre meus desejos.

 

Fico pensando se devo responder da mesma forma,

 

Bruno, reflita, que também nas tuas análises o desejo é um grande componente.

 

Infelizmente não é nenhum absurdo e muito menos o cúmulo dos absurdos e a anomalia mensal em uma série não é variável.

 

O gráfico abaixo mostra perfeita relação com o dado apresentado pelo Carlos Dias.

 

AS ANOMALIAS DE 01 DE SETEMBRO DE 2013 ATÉ 12 DE SETEMBRO DE 2013....SOBRE A NORMAL 81/10.

 

abração

 

 

2udyy6e.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites
Não, Carlos. Vc está errado. Vc está considerando esta anomalia de setembro para 30 dias, enquanto que temos apenas 13 dias passados até agora. Tem que ponderar para fazer a conta correta.

 

Bruno, o Carlos tem razão!!! Se vc ponderar, obviamente estará supondo uma situação, considerando que os dados atinjam certos patamares. Mas a climatologia é uma ciencia muito dinâmica, então sim, o Carlos está certo em afirmar a anomalia com base nos dados que tem disponíveis. Não dá pra extrapolar dados reais com dados supostos!!! :russian: :russian:

Share this post


Link to post
Share on other sites

A média de Setembro até o momento (JF):

 

INMET - 17,7ºC (+00,4ºC)

Minha casa - 17,3ºC

Share this post


Link to post
Share on other sites
Não, Carlos. Vc está errado. Vc está considerando esta anomalia de setembro para 30 dias, enquanto que temos apenas 13 dias passados até agora. Tem que ponderar para fazer a conta correta.

 

Bruno, o Carlos tem razão!!! Se vc ponderar, obviamente estará supondo uma situação, considerando que os dados atinjam certos patamares. Mas a climatologia é uma ciencia muito dinâmica, então sim, o Carlos está certo em afirmar a anomalia com base nos dados que tem disponíveis. Não dá pra extrapolar dados reais com dados supostos!!! :russian: :russian:

Então o Carlos não tem razão, pois o que ele faz é exatamente supor que o resto do mês terá anomalia média de +2,9C. Em suma, coloca na conta dados que NÃO EXISTEM!

Share this post


Link to post
Share on other sites
.....Então o Carlos não tem razão, pois o que ele faz é exatamente supor que o resto do mês terá anomalia média de +2,9C. Em suma, coloca na conta dados que NÃO EXISTEM!

 

Sim, Nesta interpretação a razão volta para o Bruno.

 

Anomalia POA no período 01/06/2013 a 13/09/2013

 

-0,3ºC

 

A anomalia em POA em setembro 2013 até dia 13/09 está correta = +2,9ºC

 

Tudo coerente;

 

28bcjcz.gif

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bruno...se terminarmos o mês de setembro com +3,5 em Porto Alegre..Será errado da mesma, pois sua anomalia no período será mais acima ainda.

 

Considerar + 2,9 na conta para o período Mai/Set é errado, pois 13 dias representam 43% do mês de setembro não tendo o mesmo peso dos outros meses.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Não, Carlos. Vc está errado. Vc está considerando esta anomalia de setembro para 30 dias, enquanto que temos apenas 13 dias passados até agora. Tem que ponderar para fazer a conta correta.

 

Bruno, o Carlos tem razão!!! Se vc ponderar, obviamente estará supondo uma situação, considerando que os dados atinjam certos patamares. Mas a climatologia é uma ciencia muito dinâmica, então sim, o Carlos está certo em afirmar a anomalia com base nos dados que tem disponíveis. Não dá pra extrapolar dados reais com dados supostos!!! :russian: :russian:

Então o Carlos não tem razão, pois o que ele faz é exatamente supor que o resto do mês terá anomalia média de +2,9C. Em suma, coloca na conta dados que NÃO EXISTEM!

 

Ainda bem que existe histórico aqui:

 

Em 12/set Carlos Dias publicou:

 

"Porto Alegre RS - Setembro 13 (Até hoje):

(+2,9) 19,7 - Med compensada

(+1,9) 15,0 - Med Minima

(+5,2) 27,0 - Med Maxima"

 

Então ele não supos nada, apenas usou o que tinha em mãos até o momento. E torçe pra mudar o padrão, senão vai virar Forno Alegre em Setembro :rofl: :rofl: :rofl: :rofl:

 

Abraços estatísticos!

Share this post


Link to post
Share on other sites

P N I :

 

Oregon:

 

05/05: 07,2 / 16,4

06/05: 05,2 / 11,4

07/05: 03,2 / 11,8

08/05: -00,5 / 12,2

09/05: -02,1 / 11,5

10/05: 00,2 / 15,6

11/05: 07,1 / 14,4

12/05: -00,7 / 16,4

13/05: -00,5 / 13,5

14/05: 06,4 / 13,1

15/05: 03,2 / 14,4

16/05: 03,0 / 14,2

17/05: 00,0 / 17,1

18/05: 04,3 / 13,1

19/05: 00,0 / 14,4

20/05: 08,2 / 11,9

21/05: 00,1 / 11,4

22/05: 07,4 / 14,1

23/05: 04,1 / 11,2

24/05: 04,2 / 09,0

25/05: 03,0 / 09,5

26/05: -02,1 / 11,6

27/05: 05,2 / 12,2

28/05: 05,6 / 12,7

29/05: 06,0 / 10,9

30/05: 04,2 / 11,2

31/05: 03,7 / 13,1

 

Med: 07,0 (02,8 / 11,2 / -02,1 / 17,1)

 

Oregon:

 

01/06: 02,1 / 15,2

02/06: 06,8 / 15,2

03/06: 07,1 / 10,0

04/06: -00,3 / 09,8

05/06: -00,7 / 15,6

06/06: 05,9 / 12,4

07/06: 01,9 / 13,4

08/06: -01,3 / 14,1

09/06: -01,5 / 12,5

10/06: -01,0 / 13,3

11/06: 00,8 / 12,3

12/06: 05,6 / 13,0

13/06: 03,5 / 12,6

14/06: 00,9 / 13,0

15/06: 03,6 / 11,1

16/06: 06,6 / 11,0

17/06: 05,2 / 07,9

18/06: -00,4 / 13,9

19/06: -02,0 / 13,7

20/06: 03,9 / 11,6

21/06: 06,3 / 12,0

22/06: 08,4 / 09,7

23/06: 07,0 / 11,7

24/06: 07,3 / 12,2

25/06: 06,9 / 14,7

26/06: 07,5 / 13,3

27/06: 06,9 / 14,7

28/06: 05,8 / 13,2

29/06: 05,8 / 13,8

30/06: 06,0 / 14,0

 

Med: 07,5 (03,8 / 12,7 / -02,0 / 15,2)

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Davis

 

01/07: 05,0 / 13,9

02/07: 03,9 / 11,7

03/07: -01,1 / 14,4

04/07: 00,0 / 15,0

05/07: -00,6 / 16,7

06/07: -02,8 / 17,2

07/07: -04,2 / 15,4

08/07: -06,6 / 12,4

09/07: 03,2 / 09,1

10/07 -01,9 / 11,8

11/07: -05,7 / 11,9

12/07: 03,3 / 11,9

13/07: 04,4 / 11,7

14/07: 02,9 / 13,9

15/07: 06,0 / 12,9

16/07: 01,8 / 12,9

17/07: -03,1 / 14,1

18/07: 03,4 / 13,6

19/07: 06,2 / 14,8

20/07: 07,2 / 13,9

21/07: 08,0 / 13,5

22/07: 08,7 / 15,2

23/07: 06,9 / 11,3

24/07: 05,8 / 07,9

25/07: 02,2 / 08,1

26/07: -01,0 / 10,6

27/07: -06,9 / 12,8

28/07: -05,7 / 16,6

29/07: -02,6 / 15,6

30/07: -05,8 / 16,5

31/07: 04,3 / 17,7

 

Med: 06,7 (01,1 / 13,4 / -06,9 / 17,7)

 

01/08: 05,7 / 19,1

02/08: 00,4 / 19,6

03/08: 05,3 / 19,5

04/08: 03,2 / 19,1

05/08: 02,1 / 18,8

06/08: 00,2 / 15,8

07/08: -01,4 / 16,2

08/08: -00,9 / 16,9

09/08: 01,3 / 16,0

10/08: 03,2 / 15,4

11/08: 05,3 / 11,2

12/08: 06,6 / 12,9

13/08: 05,6 / 15,5

14/08: 06,6 / 11,9

15/08: -03,6 / 11,3

16/08: -03,1 / 13,4

17/08: 00,6 / 12,8

18/08: 02,1 / 09,7

19/08: -00,3 / 11,6

20/08: -00,3 / 12,3

21/08: 01,7 / 12,5

22/08: 06,3 / 13,4

23/08: 05,8 / 15,7

24/08: 02,6 / 16,8

25/08: -01,5 / 16,9

26/08: 01,0 / 17,8

27/08: 03,2 / 14,4

28/08: -05,5 / 12,1

29/08: -03,8 / 16,6

30/08: -05,2 / 17,2

31/08: -05,7 / 17,6

 

Med: 07,6 (01,2 / 15,2 / -05,7 / 19,6)

 

01/09: -04,5 / 17,7

02/09: -01,1 / 18,2

03/09: 05,9 / 14,9

04/09: 04,3 / 07,8

05/09: 01,4 / 12,3

06/09: -00,2 / 12,7

07/09: -02,8 / 15,5

08/09: -00,6 / 11,5

09/09: -00,6 / 17,8

10/09: -00,6 / 18,1

11/09: 00,0 / 16,7

12/09: 01,6 / 15,5

13/09: 01,1 / 15,9

14/09: 04,2 / 14,9

15/09: 02,4 / 16,4

 

Med: 07,3 (00,7 / 15,1 / -04,5 / 18,2)

Share this post


Link to post
Share on other sites
P N I :

 

01/09: -04,5 / 17,7

02/09: -01,1 / 18,2

06/09: -00,2 / 12,7

07/09: -02,8 / 15,5

08/09: -00,6 / 11,5

09/09: -00,6 / 17,8

10/09: -00,6 / 18,1

11/09: 00,0 / 16,7

 

Impressionante esse mês de Setembro! De 15 dias, 8 tiveram negativas!!!! Fica a expectativa se de Outubro a Abril teremos negativas em todos os meses. Pelo visto, é grande a chance!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Impressionante esse mês de Setembro! De 15 dias, 8 tiveram negativas!!!! Fica a expectativa se de Outubro a Abril teremos negativas em todos os meses. Pelo visto, é grande a chance!!!

 

ARTUR, O PNI se não fosse uma excelente estação eu questionaria TODOS OS DADOS.

 

Ela foge a tudo aquilo que eu entendo.

 

ALIÁS quando disseram que o clima lá é MONÓTONO.....Eu quase acreditei.

 

PS: Carlos não entendi as contas.....

 

Qual a média 24 horas nos meses do PNI?

 

ABRAÇOS

Share this post


Link to post
Share on other sites
Qual a média 24 horas nos meses do PNI?

 

ABRAÇOS

 

Julho : 6,7

 

Agosto : 7,6

 

Setembro : 7,3

 

maio / junho, as médias era da minha Oregon que ficou lá em cima ...entao não temos médias 24hs neste período

Share this post


Link to post
Share on other sites

Agosto 2013 - Média 24HS - Horas de Frio (menor que 7,3) :

 

P N I : 7,6 / 345 horas

 

Morro da Igreja : 7,7 / 339 horas

 

Urupema : 9,3 / 279 horas

 

São José dos Ausentes : 9,5 / 303 horas

 

Bom Jardim da Serra : 9,6 / 315 horas

Share this post


Link to post
Share on other sites

Galera tenho uma duvida a tempos, gostaria que alguem pudesse me esclarecer algo...

Volta e meia vejo nos modelos as MP's avançando com tudo pra dentro do atlantico ou do pacifico (tipo a linha de 0 graus em 700 hpa chegando a latitudes proximas à do ES), elas não atingem o continente nessa intensidade por coincidencia? ou o proprio continente que é o problema?

Share this post


Link to post
Share on other sites
Galera tenho uma duvida a tempos, gostaria que alguem pudesse me esclarecer algo...

Volta e meia vejo nos modelos as MP's avançando com tudo pra dentro do atlantico ou do pacifico (tipo a linha de 0 graus em 700 hpa chegando a latitudes proximas à do ES), elas não atingem o continente nessa intensidade por coincidencia? ou o proprio continente que é o problema?

 

Frost, na verdade o que segura as frentes mais ao sul são alguns fatores.

 

O primeiro é a propria oscilação do pacifico, as vezes tem uma alta no pacifico, uma baixa no continente, uma alta no atlantico, isto é cíclico, ora está alto de um lado, ora do outro do continente.

 

O segundo motivo seria o próprio continente,sobretudo seu relevo. Se até o ES fosse tudo plano semelhante ao pampa gaucho, a região da patagônia, o chaco, iriamos ver todo ano negativas até mesmo no ES. Mas ao chegar qualquer frente fria vinda do sul, esbarra primeiro na transposição dos Andes, passando este obstáculo, esbarra nas serras gaucha e catarinense. Não satisfeito, o continente reserva o terceiro obstáculo, a serra da Mantiqueira. Em caso quando temos por exemplo o processo de formação da frente fria sobre o sul do Brasil, com a atuação de um ciclone, excepcionalmente o mesmo faz o papel de puxar o ar frio na esteira de seu sistema fechado, ou no caso do cavado, puxa ar frio na retaguarda de uma frente fria. Isto acontece de 3 a 4 vezes no ano, e quando acontece, costumamos ter a mínima do ano no sudeste.

 

O terceiro motivo é a circulação dos ventos, justamente sobre o sul\sudeste do Brasil, há a formação de jatos em altitude, onde na maior parte das vezes (jato tropical), ajuda a puxar ar quente do norte, desta forma cria-se uma barreira que ao invés de puxar o frio, fica no meio termo, ora frio, ora quente, e desta forma vemos as chuvas do RS a SP. Isto é comum não só na primavera, como no verão, com a tal da ZCAS.

 

Temos outros motivos secundários, mas para mim os principais são estes tres que citei.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Lindos dados do PNI! Lindos!

 

Vale lembrar que neste ano tivemos POUCOS episódios de ASAS, e quando

ocorreram eles não duraram muito tempo.

 

O que estou dizendo é que em anos como 2008, 2009 ou 2011, que tiveram

períodos mais prolongados com anticiclones no oceano, podem esperar que

esta média de 06,7C em Julho/2013 será ainda menor.

 

A principal determinante das temperaturas baixas no PNI não é saber se há

massa polar como ocorre no MI. O que mais importa no Itaiaia é saber se há

tempo seco ou não!

 

Com ASAS, há tempo seco e atmosfera estável. Com isso, as mínimas são

baixíssimas, sendo todas elas negativas enquanto durar o ASAS.

Share this post


Link to post
Share on other sites
E dá-lhe chuva no sudeste agora! Rio, Zona da Mata de Minas e boa parte de SP.

 

 

Mairiporã é claro como é excluída pela sua própria geografia continua sem chuva(chove em todas as cidades vizinhas agora), aqui só chuviscos e muitos raios. Afinal a Cantareira é a região com maior incidência de raios do centro sul do país, mas chuva que é bom só nas divisas haha.

 

Hahah pelo visto a chuva dá a volta ai! Uma correção, a região com maior incidencia de raios do centro-sul e da América do Sul é a região do sul fluminense, mais precisamente Porto Real, com 27 raios por km2 (cidade que mais recebe raios na América do Sul). As cidades da grande SP e grande RIo vem em seguida, com médias de mais de 18 raios por km2. Os dados são do ELAT (grupo de eletricidade atmosférica vinculado ao INPE).

 

Os que conhecem o PNI, com certeza devem discordar que seja Porto Real a recordista brasileira :laugh: :laugh: :laugh: Os guardas do parque reclamam muito da incidencia de raios, queimando diversos equipamentos e mais de uma vez.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Hahah pelo visto a chuva dá a volta ai! Uma correção, a região com maior incidencia de raios do centro-sul e da América do Sul é a região do sul fluminense, mais precisamente Porto Real, com 27 raios por km2 (cidade que mais recebe raios na América do Sul). As cidades da grande SP e grande RIo vem em seguida, com médias de mais de 18 raios por km2. Os dados são do ELAT (grupo de eletricidade atmosférica vinculado ao INPE).

 

Os que conhecem o PNI, com certeza devem discordar que seja Porto Real a recordista brasileira :laugh: :laugh: :laugh: Os guardas do parque reclamam muito da incidencia de raios, queimando diversos equipamentos e mais de uma vez.

 

Sempre ouvi falar que era a Cantareira, Mairiporã ficou em terceira no ranking de raios por km² por muitas edições, e Guarulhos sempre entre primeira e segunda. Somente nos últimos anos elas saíram do topo, mas eu não acho que tenha diminuído, creio que os raios aumentaram em outros locais pq aqui continua tenso haha

 

Aqui tem raios em qualquer chuva, mesmo quando não há descargas em lugar nenhum e mesmo quando não chove como hoje, a Elektro deve ser a empresa de energia que mais trabalha de todas, eles já devem ter pensado em desistir de trabalhar aqui várias vezes.

Sem falar que aqui não para de ventar por causa dos vales da serra, somando isso a mais de 70% de área de preservação de mata (não é área agrícola, é mata fechada mesmo) e dezenas de bairros espalhados em 320 km² de área dá pra vc imaginar quantos dias por ano passamos sem luz ou telefone! hahaha é coisa de louco isso aqui

 

Mas bom, no final nada de chuva ainda por aqui, só raios e mais raios e vento e mais vento. :sarcastic:

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this  

×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.