Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Fernand0

Members
  • Content count

    14
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

86 Excellent

About Fernand0

  • Birthday 06/27/1990

Location

  • Location
    Curitiba

Recent Profile Visitors

83 profile views
  1. Incrível. Nem 19h30min e já tenho 7,5ºC aqui no centro de Curitiba. Mas com esse ventinho fraco de leste duvido que a temperatura continue caindo muito. Logo nubla por aqui.
  2. 4,7°C aqui na região Central de Curitiba. Estão deixando a gente sonhar com a possibilidade de 3,X°C por aqui... acompanhando.
  3. Aqui, no centrão nervoso de Curitiba, já tenho 6,5ºC.
  4. Por coincidência, eu já presenciei granizo lá. Mas, sinceramente, não me pareceu ser algo corriqueiro. Os colombianos, pelo menos, pareciam surpresos, faziam filmagens com o celular... Passou na TV naquele dia. Não liguei tanto porque granizo não chega a ser uma novidade pra mim. Não é frequente, mas aqui em Curitiba vez ou outra acontece, já vi algumas vezes. Outro lugar que já vi acontecer até mais que em Curitiba é em Blumenau. Minha impressão é de que deve ocorrer praticamente todos os verões. O que diferiu do granizo que presenciei aqui no sul, é que foi muito rápida a mudança lá em Bogotá. O céu estava um azul sem nuvens (Bogotá é uma cidade nublada grande parte do ano. Além disso, grande parte das manhãs costumam iniciar com nevoeiro) e rapidamente evoluiu para um granizada. Não presenciei granizo outras vezes mais, embora buscando agora no google vi fotos de granizos absurdos nas imagens. Enfim... na minha experiência pessoal não posso afirmar a frequência do fenômeno lá em comparação com aqui...
  5. outra cidade boa, neste caso, e na América do Sul, é Ushuaia (Argentina). A cidade é fria praticamente o ano inteiro, não passa frequentemente de 20ºC mesmo no auge do verão, super nublada na maior parte do tempo, tem muito vento e tem uma natureza ao redor exuberante. Na América do Sul, eu, particularmente adoro o clima de Bogotá. Para mim, é perfeito. Super equilibrado o ano inteiro. Mas também não se pode esperar muitas dinâmicas: Não é frio de morrer, no entanto também nunca faz calor demasiadamente.
  6. Preciso dizer que este fórum é uma comédia às vezes. Fico 24h sem acessar e faço questão de ler todas essas "pérolas" aqui escritas. ---- Aqui em Curitiba vamos continuar, nesta semana, com um padrão ensolarado com manhãs frescas e tardes relativamente quentes (para o desespero de alguns foristas kk) Aguardando a sexta-feira que trará, além da mudança de padrão, a possibilidade de alguma chuva. Estamos precisando muito! Não me lembro de ter presenciado uma estiagem tão severa aqui na Região Metropolitana. A terra da chuva se converteu, nos últimos 11 meses, na terra que não chove nem com reza brava. Precisamos organizar a vinda de um pajé ou outra pessoa que traga a chuva amada em até três dias SEM ENGANAÇÃO ou devolva o dinheiro.
  7. Belíssimo gráfico porém acho que contém erros. Vários meses, nesse gráfico, possuem uma discrepância ou outra mas abril e principalmente maio me saltaram aos olhos. Segundo a normal 1981-2010 abril é (14,6 / 24) e maio (11,2 / 20,8). Conclusão: É possível que eles tenham "trocado" o nome dos meses. Fevereiro no gráfico seria janeiro, março no gráfico seria fevereiro, abril seria março e assim por diante... por isso deu essa confusão toda. percebam que se isso for ajeitado, as temperaturas mensais voltam a se encaixar na média 81-10.
  8. Você tem razão. De uns anos pra cá a diferença entre os bairros centrais de Curitiba e o entorno está aumentando. Efeito da nossa ilha de calor. Tem um estudo do LabClima da UFPR com um mapa do ano 2000 (pelo que me lembro) em que já constava essa tendência de aquecimento maior no anel central da capital. Eu notei que principalmente a partir de 2014 essa diferença para o entorno ficou mais evidente. Vejo geadas aqui no centro de Curitiba no máximo umas três vezes ao ano desde então, exceto em 2016, em que vi umas 8. Em 2015 não me lembro de ter visto nenhuma.
  9. Ainda sobre o assunto massa polar em abril mais especificamente a do ano de 2016 aqui em Curitiba... Abril, naquele ano, realmente teve uma massa de ar polar excepcional. Na verdade, abril de 2016 foi para todos os gostos (principalmente os gostos extremos). Até o dia 26, Curitiba estava bizarramente quente. O divisor de águas foi no dia 26, data em que a massa de ar polar que inaugurou em grande estilo a temporada outono/inverno 2016 foi forte o suficiente para nos salvar do abril mais quente desde o início dos registros. Do dia 26/04 em diante foi só alegria para os amantes do frio. Junho, em especial, foi espetacular.
  10. Respeite a moça. Não é fácil ser gótica(o) em um país tropical. Agora 29 graus e subindo.
  11. Como já comentado pelo Matheus, um dia de muito calor aqui em Curitiba. Diferentemente do padrão dos últimos tempos ainda tempos temperatura na casa dos 24/25°C na cidade. Pelo jeito vai ser uma madrugada abafada por aqui. No maravilhoso mundo do final da grade há uma expectativa de mudança de padrão mas, mesmo assim, acredito que março fechará acima da média assim como os 23 meses dos últimos 24 meses. 😅
  12. Depois de tantos anos com meses de verão muito quentes (com exceção à fevereiro de 2018 que marcava boas mínimas) confesso que fiquei surpreso com o recorde para fevereiro duas vezes quebrado aqui em Curitiba (11,4ºC hoje pelo Simepar). Estão deixando a gente sonhar com 2020.
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.