Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Lucas Centurion

Members
  • Content count

    1081
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    7

Everything posted by Lucas Centurion

  1. Parciais de Chuva Pelo Interior de SP - Janeiro/2021 Em vermelho: estações que apresentam entupimento (Borborema) ou irregularidade de monitoramento (Catanduva). Borborema: entupido porém com aparente manutenção corretiva do pluviômetro no dia 17. Catanduva: ausência de leitura aos domingos. Faixa de chuvas: ≥50 e ≤100mm: Catanduva, Borborema, Araraquara, Promissão e Pindorama🌵🌞 >100 e ≤150mm: São José do Rio Preto, Bacuriti e Bauru >150 e ≤200mm: Cafelândia, Presidente Prudente, São Carlos, Marília (INMet), Araçatuba e Marília (Cemaden) >200 e ≤250mm: Ubarana, Barretos e Ribeirão Preto >250: Adamantina🏆 Vê-se que a irregularidade continua a pleno vapor, apesar de algumas estações apresentarem volumes satisfatórios ligeiramente acima da média. No entanto, vale ressaltar que não tivemos nenhum acumulado expressivo com valores acima de 300-350mm. Um janeiro certamente insosso e ponto. Para não ser injustos, pelo menos com relação as temperaturas o mês segue bem civilizado e não estamos sofrendo muito, mas com uma ressalva, os dias em que a nebulosidade é baixa a sensação de abafamento é enorme durante o dia. As noites estão toleráveis por aqui também. Edit: destaque para Adamantina com a maior chuva diária, ocorrendo no dia 17 com 96,5mm
  2. Ano passado fevereiro foi muito bom, inclusive caiu uma chuva com uma quantidade surreal de raios que há tempos não presenciava. Mas em regra geral fevereiro é capenga em relação a uniformidade, sempre com veranicos. Vamos torcer para que ao menos a média seja margiada, e depois tem março. A partir de abril a típica redução das chuvas torna essa esperança muito pequena. Desde a primavera segue esse tempo horroroso.
  3. Aqui em Bacuriti amanheceu nublado e com a rua um pouco molhada. Durante a madrugada ocorreu alguma chuva fraca, porém o acumulado não chega a 1mm no pluviômetro, tão pouco capaz de molhar sob as copas das árvores. Temperatura de 24,1°C. Apesar das lindas Cbs de ontem a tarde e de madrugada, já relatada aqui, segue a imensa dificuldade de uma chuva mais abrangente. Esse janeiro está muito aquém do seu potencial, e a previsão do Euro é extremamente desanimadora, apenas pancadas irregulares. E todo o restante do SE extremamente desanimador também, inclusive em áreas do CO. Previsão até domingo (inclusive) - Europeu GFS para a mesma data Conclusão: loteria pluviométrica novamente.
  4. Cb de forte intensidade a ENE de Bacuriti, com bastante raio. As fotos abaixo fiz cerca de 50min atrás. Elas se densenvolveram bem rápido, e vi quando eram apenas um grupo de congestus, no mesmo local das fotos. O deslocamento dessas temlestades tbm é incomum, na direção SW. Essa Cbzona é a que está a leste na imagem de radar. Baita nuvem de chuva!
  5. Bom dia! A manhã começa com céu tomato por altocumulos e temperatura agradável. Faz 21,5°C agora. A chuva de ontem não foi volumosa mas caiu de forma fraca a moderada por cerca de 90 minutos, com acumulado de 8,2mm aqui em Bacuriti. Em Cafelândia a chuva foi mais forte, com 12mmm (Cemaden). Já Bauru (IPMet), que ainda contava com apenas 102mm recebeu duas fortes pancadas ontem, totalizando 37,8mm. Pelo WRF mais pancadas devem se fornar a tarde/noite pelo estado.
  6. Depois de reclamar da chuva finalmente ela chegou, sem quebradeira, mas de forma moderada e sem vento. A temperatura caiu bastante e agora está em 23,4°C. O acumulado até agora é de 6,5mm.
  7. Nem falo nada... O céu despencando em volta e aqui nada.
  8. Tempo severo nas proximidades de Bacuriti! Muitos trovões!
  9. Nani, De Bacuriti até o centro de Marília dá 87,7km em linha reta a SW. Pela estrada (SP-333) são 109km (Google Maps). Olhando dados da DAEE Ocauçu (município próximo a leste de Marília) tem algo entorno de 1348,6mm anuais (1972-2020*). Bacuriti tem índice pluviométrico anual de 1278,5mm (1970-1999*), diferença aproximada de 70mm. Como está um pouco mais ao sul, as FF de inverno costumam ser mais generosas por lá e durante a estação chuvosa a formação de Cbs também é maior por lá devido à maior cota altimétrica e relevo mais acidentado. *Alguns dados mensais ausentes não entram na média.
  10. Bom dia Pelo visto chega ao 3° lugar sem nenhuma dificuldade. Apesar de ter chovido bastante aí nos últimos meses, é muito frustrante em pleno core do verão essa pindaiba na formação de chuvas. Aqui em Bacuriti até mesmo os congestus viraram (como dizem no interior) "mosca branca", ou seja, raridade. Estamos com menos da metade da normal climatológica para janeiro... desde julho/2020 o único mês que ficou acima foi dezembro. Desculpem-me o termo, mas tá uma grande merda!
  11. Primeira Cbzinha do dia aqui na região de Lins!
  12. Imagens fantásticas!! Que tempo escuro!!
  13. De onde estou é possível ver parte das belíssimas (e severas) Cbs que estão na região de Marília.
  14. Apesar de não haver nenhuma chuva signifcativa na metade norte do estado, é nítida a mudança do tempo em relação à ontem. A presença é grande de nuvens altas e médias, e os cumulos estão sofrendo menos com o ar subsidente dominante nos últimos dias. Apesar disso segue bem abafado. Abaixo fotos de Lins.
  15. Olhando as postagens acima chego à uma conclusão: é impressionante como chove em BH, seja pelas convecções que batem ponto religiosamente ou mesmo sob uma alta que, apesar de suprimir a convecção, ainda conta com uma baita infiltração marítima.
  16. Bom dia! Semana que vem deve mudar esse padrão de bloqueio no interior de SP. Pelo WRF são esperados volumes interessantes, o que pode atenuar o déficit pluviômetro que segue em mais de 50% aqui na vila. Todavia, sigo bem cético sobre essas chuvas, uma vez que muitas das previsões só ficaram mesmo no papel. Manhã de sol forte e alguns cirrosstratus. Temperatura já na casa dos 27,2°C antes das 10:00 e grande sensação de abafamento.
  17. Bom dia, Carlos. Sem dúvidas um sentimento estranho, que beira a revolta mesmo. Como o @Maicon disse dias atrás, a melhor parte do nosso verão são aquelas Cbs incríveis formando verdadeiras cortinas de chuva, que sem frescura, atingem de forma generalizada todo o estado (já que nosso inverno é bem monótono, raramente com dias frio e úmido). Além disso, em eventos de ZCAS passamos dias sem ver o sol com chuva sem trégua (pode até ser preocupante para agricultura, mas imprescindível ao ciclo hidrológico). Chuvas isoladas não são suficientes. Agora junte isso à um inverno sem MPs marcantes, uma primavera seca e a mais quente da história (Lins com 43,5°C no dia 7 de outubro, recorde absoluto do INMET em SP). Julho, agosto e setembro juntos não acumulou 10mm, outubro cerca de 30mm (média de 108mm), novembro com 70mm (média de 140mm). Só dezembro ficou um pouquinho acima, com cerca de 240mm. E agora, em janeiro, com 110mm em 22 dias (média de 220mm), e sem perspectiva de chuvas significativas. Mais um que deve ficar abaixo da média. Não gosto de lamúrias e chororô , mas só um bobo alegre para ficar feliz com isso. Sim, é revoltante, tudo de pior que poderia acontecer com nossa queria primavera/verão aconteceu e está acontecendo ainda. Não houve redenção. Só nos resta agora fevereiro e março. Mas pra não ficar só na negatividade, tenho uma sensação (intuição) que nosso inverno vai ser atipicamente frio com chuvas acima da média. Seria uma bela recompensação. Abraços!
  18. Durante a caminhada/corrida de hoje fiz algumas fotos demonstrando bem a diferença de nebulosidade hoje a tarde entre o leste e oeste de SP. Bacuriti fica no centro-oeste paulista, e estamos em uma área de transição entre aquele corredor de umidade que está sobre MS, PR, norte de SC, oeste de SP e a ASAS que atua no leste do Sudeste, incluindo leste de SP. Curioso que esse padrão vem se repetindo desde terça, com tardes bem parecidas. As nuvens altas se deslocando em direção leste e as nuvens mais baixas vindas de N-NE. No entanto, hoje foi o dia da semana que mais tivemos sol, que já deu as caras de manhã, conferindo elevadas temperaturas a tarde aliada a alta UR do ar. Borborema (Ciiagro) atingiu 34,2°C às 16:00. As fotos foram feitas por volta das 17:20 e mostra bem essa polaridade de nebulosidade entre leste e oeste. Abaixo imagens do quadrante E-NE, veja que no fundo do horizonte a nebulosidade é quase inexistente. Agora fotos do setor oeste (nesse momento o satélite (imagem abaixo) indicava nuvens de altitude até bem frias, acima de -60°C, porém quase sem precipitação). O sol estava sendo tomado pelas nuvens altas, cerca de 40 minutos antes dessa foto abaixo estávamos sob sol escaldante (contribuiu muito para a atividade ao ar live) E, enfim, ao norte alguns congestus e Cbs teimosas que conseguiram se formar mesmo com a baixíssima previsão de chuva. Imagem de satélite próxima do horário em que fiz as fotos (19:20UTC). Agora seguimos a noite com 22,8°C, apesar de não estar abafado lá fora, no interiores das casas as paredes e pisos seguem mornas e o uso do ventilador se faz necessário (costumo colocar na janela para "puxar" o ar mais fresco de fora, ajuda bem). Tirando essa situação curiosa de oeste nublado e leste a sol pleno, o dia não foi lá grandes coisas. Espero logo pelo retorno das pancadas de verão, que é a parte mais legal dessa época do ano aqui.
  19. Chuva forte e semi-estacionária na região de Pereira Barreto/Ilha Solteira, no município de Suzanápolis (extremo noroeste de SP). Um pouco mais a oeste dessa localidade já faz quase uma hora que a reflectividade do radar está no vermelho. Um grupo de Cbs isoladas está causando essa chuva. Os acumulados devem estar bem elevados. Por aqui alguns cúmulos em desenvolvimento mas nada que chame a atenção. Segue com alguns cirrostratus provenientes do corredor de umidade a oeste daqui, com sol fortíssimo e temperatura de 32,4°C. De acordo com o WRF do CPTE/CINPE há chances de temporais isolados. Vamos ver.
  20. Eu nunca fui à POA, mas lembro quando estive em Salvador no mês de outubro 2013. Aliás, peguei uma chuva diária acima de 100mm e inundou tudo. Mas mesmo assim, me lembro que as noites eram TERRÍVEIS e impraticáveis sem ar condicionado. Aqui no interior costuma cair um pouco a TºC a noite, mas lá no litoral parecia que era 10:00 da manhã às 03:00 da madrugada kkkkkkkk Esse tipo de calor não é pra qualquer um (mínimas muito altas). Pelo menos parece que agora sua região está um pouco mais tranquila. EDIT: sem contar que o sol já tava nascendo por volta das 05:00 da madrugada, realmente chato kkk
  21. Uma breve observação entre o leste de SP (muito influênciado pela ASAS) e o oeste/centro (mais influênciado pela nebulosidade da FF/cavado). Achei curioso ver as temperaturas hoje no leste do estado e em especial na RMSP, com os relatos de calor pegajoso e desconfortável do pessoal. Mesmo estando próximo da atuação da ASAS, partes do centro do estado (aqui) e em maior quantidade no setor oeste o dia seguiu com muita nebulosidade e chuvas, principalmente na parte da manhã (extremo oeste com muita chuva), e com isso as temperatura se mantiveram relativamente comportadas, sem grande picos se comparado com regiões que costumam ser mais frias que aqui (leste e RMSP). Por volta das 17:00 aqui atingimos as maiores temperaturas, observei no temômetro de mercúrio 29,4°C. Marília fez 29,2°C às 15:00, Adamantina 30,2°C às 16:00, Araçatuba 30°C às 14:00 e Promissão 32,7°C às 16:00 (rede Ciiagro). Já Bauru IPMet experimentou mais esse calor pegajoso, com 32,7°C às 15:20 (pelo gráfico de insolação a cidade recebeu bem mais sol que aqui, lembrando que lá costuma quase sempre ser mais civilizado). Longe de querer achar que as temperaturas estão comportadas pelo interior na metade oeste, em alguns locais até bem elevadas (caso de Promissão). Mas ressalto que devido à presença da nebulosidade espalhada pela FF no litoral sul de SP associada ao cavado sobre a região sul, a sensação não foi de calor tão grande assim. O pico de T°C pode até ter sido considerável (próximo ou acima dos 30°C), mas em boa parte do dia a temperatura ficou mais comportada. Em especial na parte da manhã, que foi totalmente nublada e com chuva fraca em seu início, atrasando bastante sua escalada. Apesar de não estarmos tendo eventos de chuvas memoráveis (no centro-oeste paulista), estamos seguindo com um certo conforto térmico quando posto a prova o maçarico que costuma ser aqui (acima dos 33°C, UR alta e sol ardente). Um janeiro fraco em minha opinião, e tivemos dias até bem insuportáveis, mas mil vezes melhor em relação ao que passamos recentemente (diga-se setembro e outubro de 2020). Pelo menos a partir de domingo é previsto a volta das pancadas de verão mais democráticas.
  22. O deslocamento das Cbs nesse momento está curioso, seguindo a direção das setas desenhadas no mapa abaixo. Norte de SP (SW) Centro de SP (S semi-estacionário) Sul de SP (SE) Pelo Windy a 800HPa (2000m) a direção dos ventos estão descritos de forma bem parecida também com o relatado acima. Interessante! Aqui não houve formação de Cbs, apenas alguns Congestus a norte daqui. Agora segue parcialmente nublado com 29,4°C.
  23. Na verdade eu tirei naquele horário mesmo. Acho que só usuário pagos conseguem ter acesso a imagens anteriores. . . Daqui de Bacuriti é possivel ver o setor leste com tempo bom e muito sol. Aqui ainda segue nublado mas acredito que logo mais deva sair o sol com toda força também.
  24. Nesse momento oeste de SP debaixo de muita água. Chuvas intermitentes e expressivas digna de uma ZCAS. Gostaria que estivess aqui tbm, mas pelo menos está caindo sobre áreas que vinham amargando com déficit pluviômetro desde Setembro, incluindo áreas do PR e MS
  25. @Maicon A chuva passou muito forte por lá, a imagem de radar estava muito bonita na região de SJRP por volta de 01:30 da madrugada. 👇 Essas nuvens se formaram bem no limite entre o tempo bom sem nuvens e a região da convergência, que com o recuo a oeste veio trazendo essas instabilidades (era possível observar essas Cbs pelo satélite bem na área de transição das massas) Bacuriti segue nublado, muito úmido e fresco, com 22,8°C. Manhã bem agradável, e o acumulado foi de 4,1mm.
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.