Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Augusto Göelzer

Administrators
  • Content count

    655
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    3

Everything posted by Augusto Göelzer

  1. Eu estou apostando muito na repetição de padrão dos últimos anos... vira pra fevereiro e a atmosfera seca e esfria. Acho que 2021 vai ser nesse pique. Até lá, vamos de dezembrão e janeirão 😈
  2. Bom, por aqui o clima já virou totalmente para o verão, e sem previsão de qualquer mudança nos próximos 15 dias... começou bem mais cedo esse ano (geralmente essa virada ocorre pelos dias 15 ou 20/12). Ontem tive variação de 21,4°C / 29,3°C. Hoje a mínima foi de 22,1°C e posso alcançar até os 37°C caso tudo dê "certo". A partir de agora começa a luta para baixar de 20. O ponto interessante desse bananismo todo: risco altíssimo de tempestades severas (essa época do ano é a melhor que tem no leste de SC pra isso).
  3. O legítimo outubrão em dezembro... 2020 é paulada atrás de paulada!
  4. TERCEIRA MAIOR TEMPERATURA DA HISTÓRIA PRA SÃO BORJA... 40,5°C!!!
  5. PRÓXIMOS DIAS DE CALOR SEVERO NO RS E SC!! ICON 12Z TERÇA/QUARTA/QUINTA: 2020 ta insano, piscou é risco de recorde. Vamos ver se alguns locais batem novembro 1985.
  6. No caso usei o "terraplanismo" como linguagem figurada para o que ele representa a meteorologia, já que é negacionista do aquecimento global, não acredita em modelagens e etc. É um homem totalmente anti-ciência e cheio de achismos. Enfim... Por aqui os temporais continuam, ontem cheguei a acumular 20mm com a atmosfera congelada a partir dos 3000m! Foi o suficiente pra temperatura desabar pra 17C em meio a chuva as 16h e causar granizadas boas em várias localidades. Hoje a previsão continua a mesma, temporais se formando em meio ao frio em altura, assim como ontem, segue o risco de granizo pela região. Uma pena que ainda não fui sorteado pela atmosfera.
  7. O Molion é um terraplanista da Meteorologia, não leve a sério.
  8. Ótimos eventos de tempo severo ontem no estado de SP e região, como de costume esperei virar o dia para mandar os posts pro tópico de Tempo Severo. Por aqui os últimos dias foram agitados em relação a temporais, novembro como sempre se mostrando um mês de qualidade no monitoramento. Vai um resumo: (12/11) Quinta. Tempestade com Shelf noturna e possível mesociclone avança de sul aqui. 28mm no total. (14/11) Domingo. Novamente tempestades se formam na região, e sou presenteado com outra Shelf, vinda de oeste, só que dessa vez sem nenhum acumulado, apenas ventania seca e quente. (16/11) Segunda. Várias tempestades se formam no leste de SC, muitas delas causando granizo grande. Não tive essa mesma sorte, mas o acumulado foi bom, chegando a 18mm.
  9. Fumaça muito densa na Bolívia provocando efeitos loucos nos vales dos Andes, como se fosse uma névoa gigante vista do espaço.
  10. Boa tarde! Região novamente teve mínimas expressivas, e dessa vez finalmente consegui a minha chorada sub 10!!!! Em NT mínima de 9,9°C na minha estação e 8,3°C no Morro da Onça (160m baixada). É realmente impressionante essa sequência de anos com MPs muito expressivas na primavera/verão, ao menos um alento nesse mar de chorume que o clima do BR vem se tornando. Bom, os extremos e médias podem até enganar a época, mas o gráfico não... é notável a grande incidência de radiação nessa época pela temperatura, além das médias de vento bem maiores que as de inverno (vento leste constante pelo gradiente do mar "frio" em relação ao continente quente).
  11. Augusto Göelzer

    Normais Climatológicas Longas

    Achei boa a ideia então resolvi criar esse tópico: Aqui será feita postagem de normais de estações mais antigas com relação à dados de temperatura: Estación: INTA - Anguil (EMC)Descripción: Anguil EEA INTAIdentificador: NH0446Localidad: CapitalProvincia: La PampaTipo: Convencional Instr. Completo
  12. Últimos dias estão interessantíssimos e muito abaixo da média para um novembro na região, com eventos de chuva gelada, granizadas, mínimas atípicas e etc. Eis o resumo de Nova Trento nos últimos dias, na minha e na recém instalada estação, no bairro Morro da Onça, do @Battisti (em breve monto um post separado pra ela): Hoje de longe vem sendo o maior destaque aqui, mínimas bem graves que não ocorriam há muitos anos, no mínimo desde 2006. Mais uma vez MPs no pé do verão surpreendendo com a sua força. Nesse momento tenho 20,3°C / 78% com vento sul e chuva fraca. Espero que a próxima madrugada me surpreenda e me traga uma raríssima mínima sub 10 pro mês.
  13. Tive que registrar, 01/11, tenho 23C/59% com SOL nesse momento.
  14. É importante analisar que os dados do ENSO são trimestrais, várias ocasiões o 3.4 bateu -1,7/-1,8 por longos períodos de tempo. Paralelos como 1954-1957, 1973-1976, 1998-2001 são irrelevantes por enquanto, já que essas la ninas foram de longa duração. Neste momento tem tudo para ser uma moderado/forte e de curta duração, acabando no inverno 2021 mesmo. La niñas curtas que ocorrem apenas da primavera até o outono, com ápice no verão, não são incomuns... temos 3 casos recentes: 1995-1996, 2005-2006, 2017-2018. O que difere dessa vez, é a intensidade muito maior do que nesses 3 casos. Para mim a melhor notícia desse evento, é que os efeitos dele serão globais. O próprio euro dá a la niña sendo suficiente para uma frenada drástica no aquecimento da atmosfera e dos oceanos para os próximos meses, provavelmente teremos uma boa pausa de recordes globais de calor a partir de janeiro. Previsto pra novembro: Previsto para Fevereiro:
  15. Euro 12z vem mantendo dois grandes eventos meteorológicos no Brasil nos dias 26 a 28/10... Possível ciclone subtropical + ciclone extratropical com grande aprofundamento e LI associada. Precipitação 6h: Pressão reduzida:
  16. Com certeza. Tenho memórias bem lúcidas desses dias de terror aqui na região, via pessoalmente deslizamentos de terra acontecendo, as pessoas perdendo seus lares... todos os acessos daqui ruíram e a cidade ficou isolada por um tempinho nesse evento. Até hoje existem cicatrizes visíveis do desastre nos morros. Mas poderia ser muito pior, demos a ""sorte"" do ápice da chuva ter ocorrido apenas no final das bacias e não nas nascentes, o maior problema foi a saturação do solo pela sequência interminável de dias chuvosos + golpe final nos dias 23 e 24/11. A grande enchente de setembro 2011 foi pior que 2008 no quesito nível do rio/alagamentos, mesmo chovendo muito menos. O que contou foi a precipitação bem distribuída, pegando a bacia em sua totalidade. Enfim, pra não me estender muito nesse pequeno off-topic, o paralelo com nov 2008 foi o único recente que encontrei para esta grade, foquei na distribuição da chuva em si, do que no evento.
  17. Nenhuma novidade no pós-2000, chega novembro e a natureza resolve descontar todo o frio possível nesse mês, ainda mais com essa baita la nina afetando. Já nas chuvas, me vêm um padrão bem semelhante a novembro 2008, interior do sul torrando com a seca, e os lestes com chuvas constantes/diárias vindas do mar. Não imagino um padrão muito diferente desse ao decorrer de novembro, vamos acompanhando.
  18. Bom, como comentado pelos colegas da região, clima totalmente de verão por aqui, mínimas e máximas altas regadas a um alto ponto de orvalho. Ontem tive a segunda maior máxima do leste de SC, incríveis 33,9°C (o previsto era 29°C), apenas o Alertablu teve 34°C. Hoje o dia já começa com calor também, no momento tenho 28,2°C 63%. Provavelmente a máxima não subirá tanto como ontem, já que os ventos marítimos atuam desde cedo.
  19. Peguei a altitude da automática da Pampulha que é 862m (no INMET consta 854 pq a resolução é pior provavelmente), somei +40m, já que essa pequena diferença está na "margem de erro" pra representatividade da estação, e coloquei na opção de sobreposição de imagem no Google Earth. E a Pampulha sim representa a maioria do clima de BH e RM (tudo abaixo de 900m está "marcado" por essa sobreposição):
  20. Por aqui venho tendo mais uma tarde de aspecto maravilhoso com céu azul (desde agosto não via um céu limpo assim, sempre tinha muita fumaça ou MM). É bem visível como a MP deu uma baita limpada no ar na região sul: No mais, variação de 15,4°C / 29,3°C, um dia típico de calor de primavera aqui, com tempo seco regado a vento leste/nordeste, sem aquela bizarrice do início do mês.
  21. Eu acho bem curioso que as pessoas não separam a agradabilidade das temperaturas internas com o que está acontecendo externamente. Eu ao menos na hora de reportar, sempre vou me referir em 30°C como um dia quente (mesmo que a interna esteja tranquila...), qualquer casa de alvenaria e bem feita aguenta tranquilamente temperaturas assim fora de época. Agora, qualquer atividade que vc fizer fora de casa com 30°C, seja em janeiro ou em julho, o calor que vc vai sentir será grande. Com 22°C e sol vc já consegue tranquilamente suar fazendo algo pesado, imagine mais do que isso. Semana passada no dia dos 39,4°C aqui, a interna naquela tarde estava em torno dos 26/27°C sem ar condicionado... simplesmente pegaria muito mal falar que no dia fez um "calorzinho" por causa que a minha casa não aqueceu também.
  22. MÍNIMA DE 32,2°C EM CORUMBÁ, PROVAVELMENTE A MAIS ALTA JÁ REGISTRADA NO PAÍS, ESPERO QUE DURE ATÉ MEIA NOITE.
  23. Por favor né INMET... a última coisa que precisamos é substituir um recorde fake por outro fake.
  24. Provavelmente não foi comentado aqui... mas Campinas (CIIAGRO) registrou 40,1°C ontem!!
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.