Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

RafaelBHZ

Members
  • Content count

    559
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

Everything posted by RafaelBHZ

  1. Pensei que eu teria um choque térmico ao embarcar para Recife... Estava enganado! Amanhã devo embarcar com 29°C em Confins e chegar a capital Pernambucana com 26°C e condições mais agradáveis do que na região de BH. Mas vamos ver, vai precisar esquentar muito em relação a hoje em BH para isso acontecer. Hoje foi bem frio ainda! Aos colegas nordestinos, uma pergunta: Entre agora e o final do ano costuma chover mesmo que esporadicamente nas capitais Recife e João Pessoa?
  2. Em Belo Horizonte o sol predomina nesta tarde de temperaturas próximas aos 30°C. A oeste da capital o tempo está bem fechado, ameaçando inclusive alguma chuva isolada aqui entre Contagem e Betim. Dia com cara de primavera.
  3. Provavelmente irei tomar um grande choque térmico semana que vem, embarcando de BH em plena atuação da MP com destino a Recife. Aparentemente teremos mínima de 8°C por aqui, enquanto na capital Pernambucana a mínima não passará dos 22°C, que é a máxima prevista para BH.
  4. Quanto tempo sem chover pra chegar a essa situação? Vejo que o sul é mais suscetível a esses problemas do que o sudeste. Aqui na região central de MG são 2 meses sem qualquer chuva e 4 meses sem chuvas volumosas e mesmo assim não vemos isso. Só lá no norte de MG, mas lá são 6 meses pra mais de seca em alguns lugares. No Verão entendo que o sul possui maior insolação e é muito quente, o que ajuda a água a se perder mais rápido em caso de estiagem, se comparado ao sudeste no período seco, que é frio, mas até no inverno? O que explica isso?
  5. Lembro daquele evento de 2014. Tivemos mais de 50 milímetros de chuva distribuídos entre 5 dias do mês de julho, que ficaram com tempo totalmente encoberto e com chuvas fracas persistentes. Foi praticamente uma ZCAS de inverno no bizarro 2014. A máxima no dia em que você se refere foi 18°C apenas no centro. Eu estava fazendo prova na UFMG naquele domingo e por lá não passou dos 16°C o dia todo. Em outras regiões, com certeza a máxima foi menor ainda. Destaque também para a neblina que durou o dia todo. Teve um Cruzeiro x Figueirense naquele final de semana pelo brasileirão com gramado totalmente encharcado e jogadores bem agasalhados.
  6. Psicologia climática, a partir do próximo semestre na grade de todos os cursos de meteorologia do país. Professor: Carlos Campos.
  7. Que coisa, meus amigos. A frente fria aguentou metade da floresta amazônica mas não aguentou passar por Minas Gerais.
  8. Você se equivocou quanto a uma coisa: Nossa máxima não foi 22°C. Foi 24°C hahahaha (rindo de nervoso). E é bem assim mesmo. Mas não precisa nem desses 100km de distância. O Jardim Canadá fica a 20km do centro da capital e já é outra realidade. E estação Cercadinho é o meio termo entre estas duas realidades. Já falei aqui outras vezes que até mesmo da minha casa em Contagem até o centro de BH, que são 13km, as vezes a diferença é muita, principalmente quando tem neblina. Em outras capitais do Brasil isso também ocorre?
  9. Em compensação, nosso verão é muito melhor que várias cidades do centro-sul do país. Chove mais e as temperaturas são mais amenas. Se eu pudesse, passava o verão aqui e o inverno no sul.
  10. Máxima vai a uns 24°C se bobear, um pouco mais quente do que o previsto. O céu também está muito mais limpo do que eu esperava. Pelo menos está ventando muito e proporcionando uma combinação climática muito boa na minha opinião, nem frio e nem quente. Tudo bem que em agosto de 1999 tivemos aquela máxima de 13°C, mas é como sempre digo, agosto é um mês traiçoeiro e muito difícil de fazer algum frio significativo por aqui. Duradouro então, só se for frio úmido, como em 2012.
  11. Verdade, agora que pude parar e ver com calma. Falha minha, acontece... Kk
  12. Pelo que vejo nas previsões para Minas Gerais, este mapa é totalmente fora da casinha. Agosto aqui deve ser dentro ou acima da média. A menos que uma alta digna da Sibéria chegue ao Brasil pelo oceano Atlântico na segunda quinzena e atinja todo o leste do país, inclusive o nordeste.
  13. Você chegou bem no meio da pré frontal, por isso essa sua sensação. Os ventos frios estão chegando a BH neste exato momento, tanto que temos um céu excepcionalmente encoberto para o mês de agosto. Há chances de alguma chuva entre essa noite e segunda, mas sem grandes volumes. A máxima amanhã deve ser de 22°C, e não 29°C como você disse anteriormente.
  14. Belo Horizonte teve máxima de 29,9°C na tarde de hoje, na estação convencional. A confirmar na leitura de 21:00 se não vão aumentar. De toda forma, já sinaliza que o final do nosso inverno se aproxima. Mesmo com a MP do final de semana, deve esquentar bastante depois. A partir de agora minha torcida é pelo retorno das chuvas e não pelo frio, pois elas se tornam o principal mecanismo de controle da temperatura. Depois que as MPs passam, o calor costuma vir pior nessa época.
  15. Por aqui o ponto alto dessa MP realmente deve ser uma máxima bem baixa, mas as mínimas aqui em BH serão normais. Entretanto, não acredito em máxima de 12°C e ainda tenho um pé e meio atrás quanto aos 15°C. Na Cercadinho é mais tranquilo a máxima ser de 15°C, mas sabem como é... Nas outras vai ser beeem mais quente.
  16. Médias para o mês de julho, segundo a estação convencional: Mínima: 14,7°C Máxima: 24,7°C Utilizando estes valores como referência, os desvios ficariam assim: INMET (automática) Pampulha: Mínimas: -1,9°C Máximas: +0,6°C INMET (automática) Cercadinho: Mínimas: -3°C Máximas: -2,4°C INMET (convencional) Santo Agostinho: Mínimas: -0,5°C Máximas: +0,3°C Obs: Esta comparação pode ser levada a sério apenas na estação convencional, pois os demais microclimas são completamente diferentes e não faz sentido, para fins científicos, utilizar esta mesma média.
  17. Ano passado teve inverno? Sabia não! Hahaha Nosso destaque em 2018 foi a umidade durante o ano todo e aquele granizo em pleno agosto. Mas frio não. Vamos ver como será agosto. Setembro, na prática, já não é inverno em momento algum aqui em BH.
  18. Sinceramente? Pela trajetória dessa MP, pode esquecer algum valor excepcional para BH. O mesmo canadense chegava a colocar temperaturas negativas para BH na última MP e no dia D o máximo que a capital registrou foi 5,7°C na Cercadinho. Pela trajetória e pelo que costuma acontecer por aqui no mês de Agosto, que é o início do aquecimento para a primavera, eu espero apenas uma MP comum, com mínimas até boas para nossos padrões nas baixadas, mas nada além disso.
  19. Algum colega de Belo Horizonte poderia fazer este levantamento para nossa capital, por gentileza? Estou sem computador. Acho que a automática da Pampulha é a mais próxima a realidade da maior parte da população. Não está na ilha de calor e nem em local excepcionalmente frio como Cercadinho.
  20. Também estou notando que o pôr do sol está um pouco mais avermelhado. Não me lembro de já ter visto um pôr do sol com um vermelho tão chamativo aqui em BH na ausência completa de nuvens, igual hoje.
  21. Tirei algumas fotos enquanto estava no gelado bairro Mangabeiras, em Belo Horizonte. Reparem a diferença de altitude em relação a maior parte da cidade e nas pessoas muito bem agasalhadas por conta do frio intenso.
  22. Estou na praça do papa, um dos pontos mais altos de BH (1200m). Está um frio absurdo aqui em cima, de paralisar as mãos. Muito vento! Chutaria 14°C com sensação de 7°C neste momento.
  23. Excepcionalmente na atual MP, eu não quero mínimas muito baixas. Eu quero máximas amenas, muita umidade e muito vento. É uma das combinações que eu mais aprecio!
  24. Belo Horizonte na manhã de ontem, em pré frontal, e Belo Horizonte na manhã de hoje, já com a entrada de ventos mais frios.
  25. Guardadas às devidas proporções, parece que vai ser semelhante ao que aconteceu aqui em BH na última MP, quando registramos as menores temperaturas na madrugada após uma queda repentina. Mas acabou que a população não sentiu o frio indicado pelos termômetros. O mesmo acontecerá aí caso vocês cheguem aos 8°C. Acho esse horário o pior possível para a chegada de uma MP.
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.