Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

kevin cassol

Members
  • Content count

    226
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    2

kevin cassol last won the day on November 14 2018

kevin cassol had the most liked content!

Community Reputation

470 Excellent

1 Follower

About kevin cassol

  • Birthday 12/18/1993

Location

  • Location
    Nova Santa Rita/RS

Recent Profile Visitors

964 profile views
  1. kevin cassol

    Estações Nova Santa Rita/RS

    Pois é Wallace, meu datalogger de CASA é de uma marca paralela, mais antiga, de origem chinesa, e tem uma ventilação ruim. O sensor dele está calibrado, porém, como fica dentro do corpo do aparelho, em dias de muito sol e pouco vento, acaba absorvendo esta luminosidade e subindo mais do que a realidade. Só em dias chuvosos ou de muito vento ele consegue estabilizar e igualar com a BAIXADA NSR, que é a estação de referência mais próxima (615m). As três demais estações possuem sensores especiais, de altíssima precisão, que ficam posicionados externamente (relativos ao corpo do aparelho), o que dá essa maior confiabilidade nos dados. Já fiz diversas modificações na aparelhagem na tentativa de sanar o problema, mas nenhuma me mostrou ser eficaz. - Reformei o telhado e isolamento térmico. Resultado: indiferente, o antigo isolamento ainda estava em perfeito funcionamento. - Removi a lata que cobria o datalogger. Resultado: aumentou apenas a sensibilidade à mudanças bruscas. - Posicionei o datalogger no centro do volume do abrigo. Resultado: indiferente. - Afastei da minha casa mais 5 metros. Resultado: Aquecimento matinal que era retardado foi corrigido, junto com o resfriamento vespertino atrasado. Já fiz diversos testes para identificar o problema e corrigi-lo, no qual vc pode encontrá-los aqui nesta mesma página, mais acima. - Coloquei abrigo novo da estação de PORTÃO VALE, antes de instalar a mesma, com o datalogger novo ao lado da estação (link abaixo). - Resultado: antigo aqueceu; novo ok Então suspeitei que o problema fosse o abrigo antigo... - Coloquei o datalogger novo junto com o antigo (atual), dentro do mesmo abrigo antigo. - Resultado: antigo aqueceu; novo ok Conclusão: Abrigo de CASA está ok. Problema é na ventilação interna do próprio datalogger. Solução: Trocar de aparelho. Vou ter que comprar um de mesmo modelo das demais estações para usar no abrigo. Ou quem sabe uma estação online, o que me renderia a oportunidade de instalar este abrigo em algum outro local da cidade para monitorar.
  2. kevin cassol

    Estações Nova Santa Rita/RS

    ANÁLISE DA ADVECÇÃO DE AR QUENTE DE 09/SET/2019 EM NOVA SANTA RITA E PORTÃO/RS Nesta segunda feira, tivemos um dia memorável, efeito de aquecimento adiabático pré-frontal proporcionou um dos mais quentes dos últimos anos para setembro na Região Metropolitana de Porto Alegre e Vale do Paranhana, superando até mesmo 10/set/2017. Essa infiltração de ar quente causou um aprofundamento de uma área de baixa pressão no Uruguai, com valores abaixo dos 995 hPa e tempo severo. Na região de Porto Alegre, a chuva só chegou no dia 11/set porém com maior suavidade. Padrão de bloqueio em 500 hPa: Configuração sinótica reduzida ao nível do mar: Temperatura em 850 hPa para as 15h (18z): Temperatura em 2m e vento 10m para as 15h (18z): Desenvolvimento da advecção e temperatura em 2m: Umidade relativa em 2m para as 14h (17z): Anomalia de temperatura em 2m para as 15h (18z): Temperaturas registradas: CASA BAIXADA TOPO PORTÃO Temperaturas simultâneas: CASA BAIXADA TOPO PORTÃO
  3. Fechamentos de AGOSTO 2019 para as estações da minha região de monitoramento - Nova Santa Rita e Portão/RS: Nota-se estação de CASA com um certo superaquecimento nas máximas. Datalogger com pouca ventilação interna do aparelho tem causado este problema. Agosto 2019 foi muito bom, em termos de dinâmica, bom para os adoradores de frio e de calor. Início do mês com precipitação invernal na serra gaúcha. Ondas de calor pontuais, com bons eventos de pré-frontais, típicos da época. Dias com frio diurno e noturno à rodo e em maior número aos dias quentes. Só faltou uma mínima absoluta expressiva, como no ano passado, por exemplo. Foi seco do início ao fim, ao contrário do último agosto, com chuvas abaixo do esperado e muito pontuais, tendo conseguido ficar 19 dias consecutivos sem acúmulo >1mm. Acumulado total: 81 mm
  4. GFS TÁ USANDO DADOS DE CONVENCIONAIS EM CHAMAS SÓ PODE
  5. kevin cassol

    Fotos de neve

    MONTE ALEGRE DOS CAMPOS/RS - 27 AGO 2013 Localização das fotos (-28.6442644,-50.7105725) Créditos: Udson Lima
  6. Fechamentos de JULHO 2019 para as estações da minha região de monitoramento - Nova Santa Rita e Portão/RS: Julho 2019 foi o mês mais bacana do ano até então. Com uma onda de frio seco, forte e duradouro na primeira semana do mês, onde registra-se a mínima de 2019. Não teve frio constante o mês todo, mas dois eventos pontuais de calor. Mais detalhes da onda de frio em NSR e Portão no link abaixo Note enorme diferença nas mínimas entre as estações nos dias 21/jul. Ação do vento norte impedindo declínio acentuado da temperatura em alguns lugares, e outros não. Mais detalhes sobre este dia abaixo: Chuva acumulada: 183 mm No dias 12 a 14/jul eu não estava em casa, portanto a chuva acumulou por 48 horas, sendo feita leitura de uma vez só.
  7. kevin cassol

    Estações Nova Santa Rita/RS

    DIA DE CENTRO OESTE BRASILEIRO EM PORTÃO/RS PORTÃO - TOPO Temp. máxima = 30.50°C UR mínima = 32.3% PORTÃO - VALE Temp. máxima = 30.88°C UR mínima = 31.7%
  8. MEIA NOITE EM CASA: 7.0°C / 69% PONTO DE ORVALHO EM 1.7°C NÃO É TODO DIA.
  9. Lembro no meu tempo de guri que brincávamos em cima do Guaíba congelado, era uma festa! Lembro de ver aquela neve caindo e a gente fazendo boneco de neve. Hoje em dia o inverno está cada vez mais fraco e não gosto mais tanto do frio por causa do meu reumatismo e a dor que sinto nas pernas. Para esse inverno acredito em uma ou duas MPS mais fortes mas o inverno será xoxo. Abraços amigo 👏👍🙏
  10. kevin cassol

    Estações Nova Santa Rita/RS

    AQUECIMENTO ADIABÁTICO ACENTUADO EM PORTÃO/RS Correntes de vento de origem NORTE, ao descer a serra sofrem aquecimento devido à compressão dos gases. Esse vento, seco, característico dos Andes, tem o nome de Vento Zonda. O efeito é similar, porém com elevação minorada. Na noite do dia 22/jul esse efeito pôde ser percebido com muito mais evidência nas estações de Portão/RS, que ficam 16km mais ao norte que as estações de Nova Santa Rita/RS. Mapa ilustrando a localização das estações de PORTÃO (topo e vale) e NOVA SANTA RITA (casa e baixada) relativas à serra, e à ação do vento zonda. Quanto mais ao Norte, próximo ao pé da serra, mais quente é o vento. À medida que se distancia da serra, no sentido sul, mais tênue é este efeito do aumento da temperatura, devido à perda de calor. Isso pode ser observado também nas estações de NSR. Interessante também a constância do vento norte no TOPO, que não permitiu a queda da temperatura, como nos VALES. É comum a estação do topo registrar mínimas altas, sob20, em advecções quentes em pleno JJA, sob ação deste vento norte constante. Em estações de VALES já é mais difícil o vento segurar a temperatura, devido ao relevo (encostas) e possíveis obstáculos. Gráfico mostrando o comportamento da temperatura em cada estação simultaneamente: NOVA SANTA RITA/CASA NOVA SANTA RITA/BAIXADA PORTÃO/TOPO PORTÃO/VALE
  11. kevin cassol

    Estações Nova Santa Rita/RS

    Estação colocada de volta ao local original de instalação Inicialmente o propósito da troca de lugar era de colocar no ponto mais baixo do terreno, visando o escoamento do ar frio e acumulando mais que no local original, um pouco mais à esquerda da área. Mas, o observado foi o efeito contrário. Antes tinha diferenças de mínimas entre 3,0°C a 3,5°C em relação as mínimas de CASA madrugadas de boa estabilidade, podendo chegar até 4,0°C, que é o recorde de diferença de mínimas entre as duas estações, e desde o dia da troca de lugar (19/abr) até agora, as diferenças não atingiram mais valores superiores a 3,0°C (o que era muito comum) e estão com muita dificuldade de chegar aos 2,5°C. A possível razão para isso é o solo enxarcado mais ao fundo do terreno. O calor específico da água é maior e ali é gerada uma zona de umidade/vapor, e isso tem trancado as mínimas extremas de cair livremente. É notável que nas horas mais frias da noite, entre as 4h e as 7h da manhã, acontece uma flutuação. Exemplo de interferência causada pelo solo enxarcado em 17/jul/2019 (padrão observado em inúmeros casos): Exemplo de queda livre em solo seco em 22/jun/2018 Como não tenho dois termômetros para medir simultaneamente o comportamento da queda em uma mesma noite, foi necessário fazer estimativas em dias diferentes. A troca para o local antigo foi feita às 12h do dia 21/jul/2019, e pude fazer uma observação interessante. Onde o solo é mais seco, a geada do dia 7/jul atingiu proporcionalmente com mais força a grama do campo, revelando um mapeamento de pontos onde as mínimas extremas podem ser mais fortes, conforme a tonalidade de amarelos e verdes: Agora a estação definitivamente ficará onde está, sempre evitando instalar em banhados. Vivendo e aprendendo!
  12. kevin cassol

    Estações Nova Santa Rita/RS

    Obrigado amigo, me dedico bastante do meu tempo em operação e manutenção, para poder aos poucos ir ampliando o monitoramento e a qualidade da região. Isso não seria possível sem o apoio que tenho dos amigos que conheci aqui neste espaço!!!
  13. Fechamentos de JUNHO 2019 para as estações da minha região de monitoramento - Nova Santa Rita e Portão/RS: Como todos já sabem, junho 2019 teve média recorde generalizada de anomalias positivas. A primeira quinzena totalmente tropical, e a segunda quinzena totalmente dinâmica, uma montanha russa térmica. Sobre o dia 29/jul: O sincronismo da meia noite (HBR) com a entrada de vento norte trouxe uma mínima alienígena que sobreviveu as 24 horas do dia 29/jun. É possível notar que o ar quente chegou nas duas estações que estão em Portão pouco depois da meia noite, cerca de 1 hora mais cedo que as de Nova Santa Rita, fazendo a mínima ocorrer durante a elevação da temperatura a meia noite, e exclusivamente função deste timing de ingresso de ar quente. Como em NSR o vento quente chegou depois, à meia noite a temperatura estava menor, como consequência, mínima menor. Chuva acumulada: 49 mm
  14. Pra quem gosta de ESTATÍSTICA TÉRMICA: Mapas, fotos, dados registrados e gráficos comparativos ilustrando o desenvolvimento da Temperatura e Umidade Relativa ao longo destes 7 dias de temperaturas baixas.. Dados registrados nas minhas 4 estações meteorológicas localizadas nos municípios de Nova Santa Rita e Portão/RS, zona rural da Região Metropolitana de POA, cada uma em uma diferente situação de relevo, evidenciando diferenças microclimáticas entre locais relativamente próximos.
  15. kevin cassol

    Estações Nova Santa Rita/RS

    ANÁLISE DETALHADA DA MASSA POLAR DE 02 A 08 DE JULHO 2019 Uma erupção polar muito extensa em área territorial, com um centro de alta de 1033 hPa, entrou com tudo na América do Sul, causando uma longa e interminável sequência de dias e noites secas (ponto de orvalho baixíssimos, próximos de 0°C), e congelantes, com mínimas abaixo dos 5°C com vento e máximas baixas, mesmo com tardes ensolaradas. Esta foi uma MP onde o destaque foi o vento intenso, por vários dias, impedindo aquecimento diurno e fazendo com que a temperatura das baixadas não se distinguisse dos topos durante a noite e a madrugada, frustrando possíveis mínimas absurdas tão aguardadas. Na serra, houve queda de neve em flocos e neve granular em alguns municípios, mas sem acumulação. Suporte em altitude: É possível ver no mapa abaixo que negativou com folga em altitude na totalidade do RS, e muitos modelos mantiveram essa indicação de erupção polar forte desde acima de 300 horas de antecedência. Pouca flutuação nos principais modelos durante as rodadas, o que mudava eram pequenos detalhes, como a posição do ciclone, e a alternância constante entre nevasca e secura. Modelo GFS rodada de 05/jul 12z para temperatura e vento em 850 hPa válida para os dias 2 a 9/jul: Configuração sinótica: Altura geopotencial em 500 hPa passa por poa com 534 dm e um corredor polar é formado ao longo da Argentina. O vórtice ciclônico no mar jogando umidade na costa do RS causou precipitação de neve em flocos misturada com água em Pelotas/RS. Configuração sinótica do modelo GFS rodada do dia 29/jun 18z válida para 5/jul às 18h (hora da neve): Secura para mínimas: A quantidade de vapor de água no ar foi mínima durante todo o periodo da MP e ideal para possíveis mínimas recordes (vide ponto de orvalho observado nos dados a seguir), mas como o vento atrapalhava a queda acentuada da temperatura, as Umidades Relativas máximas, durante as madrugadas, por consequência não se aproximavam da saturação. Modelo ECMWF rodada de 30/jun 12z para água precipitável válida para 7/jul às 3h da manhã (hora da mínima): Condições Observadas: O céu se manteve aberto durante todo o período, com exceção da tarde do dia 5/jul onde houve nebulosidade devido ao avanço das instabilidades que causaram precipitação de neve nos municípios da serra. No dia 2/jul ainda durante a entrada da massa de ar mais frio, houve condições para formação de nevoeiros nos vales da cidade. Sequência de imagens das condições do tempo na manhã dos dias 2 a 7/jul em Nova Santa Rita/RS - Estação de CASA: Dados Registrados: As minhas estações meteorológicas registraram os seguintes dados: NOVA SANTA RITA/RS - CASA *Sensor da UR está limitado em 90%, isso pode interferir na UR média e no PO mínimo. NOVA SANTA RITA/RS - BAIXADA CAPELA DE SANTANA/RS - TOPO PORTÃO/RS - VALE Dados instantâneos: O gráfico abaixo mostra o desenvolvimento da MP em cada estação das 0h de 3/jul às 23h59 de 8/jul: NOVA SANTA RITA/RS - CASA *Sensor da UR está limitado em 90%, isso pode interferir no ponto de orvalho quando UR > 90%. NOVA SANTA RITA/RS - BAIXADA CAPELA DE SANTANA/RS - TOPO PORTÃO/RS - VALE Dados simultâneos: O gráfico abaixo mostra o desenvolvimento da MP nas 4 estações simultaneamente, no período das 0h de 3/jul às 23h59 de 8/jul: LEGENDA DE CORES: NOVA SANTA RITA/RS - CASA NOVA SANTA RITA/RS - BAIXADA CAPELA DE SANTANA/RS - TOPO PORTÃO/RS - VALE É possível notar que na estação de CASA e BAIXADA de Nova Santa Rita, o vento parou de vez mesmo pouco antes da 1h da madrugada do dia 7/jul, para a sorte das mínimas tão aguardadas. Foi possível notar forte queda nesse período, e isso foi algo que não ocorreu em Portão. Lá o vento seguiu travando a queda, por isso não negativou, mesmo no VALE. Foi observada geada relativamente forte na manhã do dia 7/jul na BAIXADA, e geada mais fraca em CASA. FOTO - Geada no amanhecer de domingo nos campos próximos da BAIXADA, em Nova Santa Rita/RS (7/jul às 8h10): Surpreendente também a temperatura para o periodo da noite do dia 7/jul. A estabilização da atmosfera permitiu rápido resfriamento, porém nuvens ao amanhecer do dia 8/jul frustraram possível queda contínua até o amanhecer, fazendo as mínimas ocorrerem entre 3h e 5h da madrugada, ainda assim fortes. Após esse período, o frio vem perdendo força nas regiões de altitude, como a serra. Nos lugares mais próximos do nível do mar, resiste o ar gelado superficial mais raso. Este é o fim desta massa polar.
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.