Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Darley

Members
  • Content count

    468
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

258 Excellent

About Darley

  • Birthday 11/01/1994

Location

  • Location
    São Paulo (Jardim Corisco/Fontális/Vila Zilda) *Parte da cidade de São Paulo ao norte do Trópico de Capricórnio*

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Sobre a chuva de Curitiba de ontem: Segundo o Simepar, recorde de chuva em 1 h em Curitiba foi quebrado(69,6mm). Recorde anterior era em 19/11/2009(não sei qual era o valor). https://www.bandab.com.br/cidades/curitiba-tem-hora-mais-chuvosa-da-historia-e-estragos-sao-sentidos-em-varios-bairros/ Acho que é fato mesmo que tenha sido quebrado o recorde de chuva em 1 hora no INMET Curitiba também. Foi 67,6mm nesse mesmo horário. E não é só em Curitiba que está tendo um fevereiro histórico: no Rio de Janeiro, outro órgão de meteorologia local (o Alerta Rio), também está tendo um fevereiro histórico, só que em escala mensal: mês de fevereiro bastante chuvoso no RJ. https://www.climatempo.com.br/noticia/2019/02/22/rio-de-janeiro-tem-fevereiro-mais-chuvoso-em-21-anos-2484 Se continuar chovendo bastante em São Paulo até a próxima quinta, São Paulo pode entrar na lista também como um possível fevereiro mais chuvoso do pós-2000.
  2. Essa área de chuva que está passando por aqui chegou a ficar muito forte na região de Jundiaí (com taxa muito alta de precipitação). Só quando entrou na RMSP perdeu muita força e está em rápido deslocamento. Por aqui está variando de fraco a moderado (em alguns poucos momentos chegou a ser de forte intensidade). Agora neste momento a chuva está na Zona Sul e Leste e ABC. Deslocamento muito rápido mesmo.
  3. Tem uma área de tempo severo na região de Jundiaí. Chuva muito forte na região de Itatiba. Se essa área passar pela cidade de São Paulo, problemas a vista.
  4. Darley

    Clima nas capitais do mundo

    Tinha esquecido de fazer uma análise o clima das capitais, em termos de precipitação, vamos lá: -Europa: Podgorica é a capital mais chuvosa da Europa. com 1658mm. Outras capitais com precipitação média superior a 1000mm na Europa são Ljubljana(1362mm), Tirana(1266m) e Berna(1059mm), Também merece destaque Sukhumi(Abecásia, país não reconhecido que fica na Geórgia) e Tórshavn(Ilhas Faroé, território da Dinamarca): respectivamente 1506mm e 1321,3mm. O interessante é que com exceção de Berna e Tórshavn, todas as demais ficam na região dos Balcãs e Costa Leste do Mar Negro. Nessas regiões, além da Costa Oeste da Noruega estão os locais com as maiores médias de chuva de toda a Europa(com destaque para Crkvice, em Montenegro, cidade mais chuvosa de toda a Europa com média de 4930mm). Já a menos chuvosa é Baku, no Azerbaijão, com apenas 210mm anuais. Grande parte da Europa tem médias de chuva em torno de 500 a 800mm. Bem menos que boa parte da América do Sul. -Africa: Nem precisa falar de tão chuvosa é as cidades de Monrovia(Libéria) e Conakry(Guiné): a primeira tem a incrível marca de 4624mm(em algumas normais ultrapassa até mesmo 5000mm), sendo assim de longe a cidade com mais de 1 milhão de habitantes mais chuvosa do mundo. Já Conakry tem a façanha de possuir média de chuva acima de 1000mm em julho e agosto. Não é raro chover mais de 200mm(ou até mesmo 300mm) em um único dia em ambas as cidades. Já houve até uma chuva de 626mm em um único dia em Monrovia. Inundações não são incomuns em ambas as cidades durante a época chuvosa. Sobre as cidades com as maiores máximas e as menores mínimas registradas e as menores médias anuais de temperatura, nenhuma das dez primeiras da lista tem média de chuva acima de 1000mm. Tanto Astana quanto a cidade do Kuwait possuem pouquíssima chuva durante o ano(Astana é 320mm e Cidade do Kuwait é 107,4mm). Das 10 maiores médias de temperatura anual, Bangcoc, Tarawa Phnom Penh e Kuala Lumpur são bastante chuvosas(a última é mais de 2000mm). Sobre os recordes de temperatura, na época que o tópico foi criado(janeiro de 2017) até hoje(22/02/2019), algumas cidades da lista tiveram seus recordes de temperatura(máximo ou mínimo) quebrados no decorrer desse tempo. Santiago do Chile é uma delas.
  5. Santa Catarina caminha para ser o primeiro estado brasileiro somente com estações automáticas do INMET. Em médio a longo prazo as duas únicas convencionais de SC serão desativadas. Mato Grosso do Sul idem(a única convencional do MS fica em Paranaíba, no extremo leste do estado)
  6. Uma LI bem organizada próximo a divisa SP/MG. Aqui no extremo da ZN está com chuva moderada com trovoadas. O grosso da chuva está mesmo no leste da região metropolitana. Se o IAG detectou um simples raio ou barulho de trovão nessa chuva será mais um dia de trovoadas contabilizado no mês e ano. Pelas imagens do radar o deslocamento está muito rápido por aqui.
  7. Parece que é histórico esse acumulado de chuva em 1 hora nesse local de Curitiba. A maior chuva no Brasil no INMET entre ontem e hoje foi justamente lá. Aqui em São Paulo no IAG o recorde histórico é 79,6mm em 19/10/1967(entre 17 e 18 h), ou seja, mais de 50 anos que não chove tão forte em pouco tempo como esse no IAG.
  8. Aqui no extremo da ZN depois das chuvas das últimas horas o céu está aos poucos limpando(já dá até para ver as estrelas). Na ZN as chuvas não foram tão significativas como em outras regiões da cidade(assim como ontem), as chuvas mais intensas ficaram para as Zonas Oeste e Sul. Com essas chuvas dos últimos dias em outras regiões da cidade o bairro de Perus está entre os menos chuvosos da cidade em fevereiro(bem diferente de janeiro, que choveu muito no bairro e o Córrego Perus transbordou várias vezes em janeiro)
  9. O acumulado da estação do INMET do Jardim das Américas se fosse registrado no Centro estaria no Top 10 histórico(e seria a maior chuva desde 2013 em Curitiba. Olha o acumulado horário na estação do INMET(prestem atenção no acumulado das 19UTC: Um acumulado que no Mirante poucas vezes ocorre):
  10. Também lembrem-se da localização geográfica das estações: Enquanto a estação do SESC Interlagos está relativamente próxima da Serra do Mar(o que tende a ser mais chuvosa no inverno) e o IAG em um parque(relativamente próxima de áreas urbanizadas e do Aeroporto de Congonhas, mas um pouco mais distante da Serra do Mar), o Mirante está próximo do Trópico de Capricórnio(uns 5km em linha reta ao sul do Trópico de Capricórnio). Dentre os microclimas da cidade, o Mirante e o IAG devem ter climas bem parecidos, o SESC Interlagos um clima de transição e o extremo da ZS(Patelheiros e Marsilac) com precipitação média elevada(acima de 2000mm, sendo assim a região mais chuvosa da cidade). O Rio de Janeiro também tem bairros próximos do Trópico de Capricórnio(a cidade é cortada pelo paralelo 23°S, na altura da Barra da Tijuca e Recreio(Avenida das Américas), sendo assim os bairros do Rio com latitude bem similar a do extremo da ZN de São Paulo). Inclusive a estação do INMET Marambaia está nessa área ao sul do paralelo 23°S. PS: INMET Marambaia já acumulou quase 400mm este mês!!
  11. E passou. Estação do INMET do SESC Interlagos tem seu primeiro mês que fechará acima de 300mm desde a abertura. Essa chuva acumulou 48,8mm, Mirante teve só 10,6mm. E pensar que de abril a dezembro do ano passado o INMET SESC Interlagos não teve nenhum mês acima de 200mm, este verão já é um grande teste para o acumulado de chuva nessa região se comparar com o do Mirante(apesar que em janeiro o Mirante foi mais chuvoso que o SESC Interlagos...). Já está bem alto a chuva no começo de ano na Zona Sul.
  12. Considerando os anos mais chuvosos nessas estações: -O Mirante foi mais chuvoso que o IAG nos anos de 1947, 1976, 1996, 2006 e 2009. -O IAG foi mais chuvoso que o Mirante em 1983 e 2010(PS: o acumulado de 2010 no IAG é um pouco maior que o recorde do Mirante de 1976) Os anos de 1983 e 2010 foram os únicos, até hoje, que superaram a marca de 2000mm no IAG. No Mirante, o ano de 1947 foi o primeiro a alcançar a marca de 2000mm. Sobre chuvas mensais, a primeira vez que um mês atingiu a marca de 300mm no IAG foi janeiro de 1947. No Mirante, eu tenho dúvidas se foi janeiro de 1947 ou algum mês de 1944 que foi o primeiro a alcançar 300mm(alguém tem o dado de chuva mensal do Mirante de 1944? Sei que no IAG o mês mais chuvoso de 1944 foi fevereiro com 266,4mm)
  13. Acumulados esses na Baixada Santista maiores que a média anual de Moscou em apenas 33 dias!!! Falando nisso, no INMET SESC Interlagos os acumulados estão em quase 40mm(25,8 em 22UTC e 13,8mm em 23UTC). CGE Jabaquara(a mais próxima da estação do IAG) também com mais de 30mm. INMET Mirante com apenas 2mm ás 23UTC(porém está chovendo de forma moderada na estação neste momento 20:20)
  14. Darley

    Semi normais climatológicas

    Interessante é que em julho a totalidade das mínimas de Irati é sempre abaixo de 16°C. Um clima bem agradável no inverno. Só perde para algumas cidades do sul de MG e das serras Gaúcha e Catarinense.
  15. Falando nisso, lembrem-se do ano de 1976, que teve talvez um dos invernos mais chuvosos da história do Mirante(no IAG foi o mais chuvoso). 1976 foi talvez o ano mais chuvoso da história do Mirante(não sei do período 1943-1960, mas sei que 1947 foi bastante chuvoso também). Foi também nesse mesmo ano que segundo o IAG foi o ano com mais dias de chuva com raios(foram 114 dias com temporais naquele ano). 1976 mandou lembranças!! Lembrando que no IAG o ano que teve o maior número de dias com chuva foi 1971(238 dias). 2015 também merece destaque por ter tido um grande número de dias com chuva(232 dias). A parcial de fevereiro até o momento está em 201,8mm. Se até a próxima quinta chover 110mm ou mais, este será o fevereiro mais chuvoso desde 2004. Porém, se chover nesse período mais de 134mm, este será o fevereiro mais chuvoso do pós-2000(o mais chuvoso desde 1999) Lembrando que desde 2000 os meses de fevereiro que terminaram acima de 300mm no Mirante foram 2004(335,6) e 2011(311,5, este último da memorável última semana daquele mês que teve vários fortes temporais na cidade)
×