Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

DaviOlrb

Members
  • Content count

    191
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

DaviOlrb last won the day on November 15 2018

DaviOlrb had the most liked content!

Community Reputation

284 Excellent

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Só pra adicionar meu ponto no off-topic. Não sou médico nem nada, mas acho que quando o clima do local em que você vive te faz mais triste e depressivo, a culpa não é do clima em si e sim da depressão que já existe no seu cérebro. O que clima faz é só aflorar esses sintomas.
  2. 12,5ºC no Alto da Boa Vista às 18hrs. Sub-10 no Rio antes da meia noite?
  3. Estação de Jacarepaguá no Rio já caiu pra 15,5ºC as 17 hrs. Jogo do Brasil começou ameno com 19ºC mas vai acabar gelado.
  4. Manaus não passou dos 28ºC ainda hoje, será já influência do ar polar?
  5. Alguns "riscos" dançando no ar nas câmeras de Caxias, nessa daqui dá pra ver bem: https://www.bitcom.com.br/site/cameras-aovivo/47/parque-getulio-vargas
  6. Pessoal, webcam na beira da lagoa dos patos em Pelotas: https://www.skylinewebcams.com/en/webcam/brasil/rio-grande-do-sul/pelotas/lagoa-dos-patos.html Percebe-se alguns flocos.
  7. Climatempo começou a noticiar. Brasil gela durante a primeira semana de julho de 2019 Uma grande e forte massa de ar frio de origem polar avança sobre o Brasil durante a primeira semana de julho de 2019. Entre os dias 1 e 8 de julho, o país deve sentir um resfriamento muito intenso, que ocorre poucas vezes durante um inverno. Muito provavelmente será a mais intensa de 2019 e talvez só tenhamos uma com esta força este ano. O resfriamento desta massa de ar frio começará a ser sentido sobre o Sul do Brasil no dia 1 de julho, mas só a partir do dia 3, quarta-feira, começa a se espalhar pelo país. O pico desta onda de frio deve ser nos dias 5 e 6 de julho de 2019. A chegada desta massa polar confere com a previsão climática feita pela Climatempo de que o frio do inverno de 2019 ficará concentrado em julho. A previsão deste resfriamento extremamente forte na primeira semana de julho não muda a previsão de que o inverno de 2019 terá poucos eventos de frio e é sob a influência de um El Niño fraco. https://www.climatempo.com.br/noticia/2019/06/30/brasil-gela-durante-a-primeira-semana-de-julho-de-2019-6075
  8. Bizarra tempestade de granizo em Guadalajara, México. QUASE DOIS METROS DE GRANIZO NAS RUAS!!! GRANIZO INVADINDO CASAS E SAINDO DO SANITÁRIO!!!!
  9. Pela última rodada do GFS, linha de 10ºC em 850 atinge Salvador.
  10. Por causa do eixo da terra as auroras funcionam de forma diferente em cada continente, na América do Norte não raramente chegam até a latitude 40ºN, atingindo Nova York de vez em quando (há registros porém de auroras avistadas até em Cuba no século XVIII). O hemisfério sul porém, e principalmente a América do Sul, é um dos pontos do planeta onde elas têm mais dificuldades de irem muito ao norte e creio que mesmo em Ushuaia é algo raríssimo, só em tempestades magnéticas muito fortes.
  11. DaviOlrb

    Mudanças Climáticas - Discussões Gerais

    Alguém sabe se o aumento médio de temperatura é parecido em países tropicais e não tropicais? Porque fiquei surpreso ao ver o aquecimento que países na beira do Equador tiveram, como Suriname e Guiana Francesa. Se já são países com pouquíssima variação térmica o ano todo, creio que os efeitos são bem mais perceptíveis pela população do que o aumento em regiões temperadas.
  12. Desculpem o off-topic. Como eu já comentei aqui, a costa leste do Nordeste recebe um pouco de ar polar derivado dos ventos em SE/L constantes nessa época do ano. Dá pra ter uma noção pelas temperaturas em 850 hpa, percebe-se o ar frio chegando quase a Linha do Equador no meio do Atlântico e jogando a brisa na costa leste nordestina: Se comparmos com outras regiões do globo, por exemplo, litoral da Colômbia, o litoral do Nordeste é bem mais ameno.
  13. As temperaturas de Darwin são mais condizentes com alguma atuação fraca de ar polar. As de Díli não, é ar seco mesmo, tanto que o padrão de ventos não é nem de sul/sudeste. Vocês têm uma visão meio equivocada do litoral nordestino, temperaturas abaixo de 20ºC ocorrem todos os anos em Salvador, assim como Recife, Maceió e Aracaju que já são cidades abaixo do paralelo 8ºS. Problema é que o inverno é o período chuvoso na região, o que dificulta mínimas boas. Mas se fosse seco, essas variações de 17/30 também seriam comuns.
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.