Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Tstorm

Advisors
  • Content count

    363
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    6

Tstorm last won the day on April 9

Tstorm had the most liked content!

Community Reputation

276 Excellent

1 Follower

About Tstorm

  • Birthday 12/24/2000

Location

  • Location
    Petrolina - PE, Queimada Nova - PI

Recent Profile Visitors

357 profile views
  1. O dia de hoje em Queimada Nova foi bem interessante pra mim. Eu deixei meu antigo termômetro (que só mede a temperatura interna) em uma baixada no interior do município. Resultado: mínima de 13,3°C!!!! Nas estações do INMET a mais baixa temperatura registrada no estado hoje foi de 16,1 em Oeiras. Agora a tarde a temperatura chegou a 36,5°C. Maior temperatura registrada desde fevereiro.
  2. A cidade de Corrente - PI registrou mínima de 11,5°C hoje. Essa mínima foi a segunda menor mínima da história do PI registrada em automáticas do INMET. Pura subsidência.
  3. Mais um dia de mínimas baixas no interior do Nordeste, especialmente na BA, no MA, na PB e no PI. Menores mínimas do Nordeste nas automáticas do INMET: Bahia: 10,3°C em Luís Eduardo Magalhães 10,5°C em Formosa do Rio Preto 11,7°C em Vitória da Conquista 12,3°C em Barreiras 12,5°C em Correntina Maranhão: 12,9°C em Estreito 13,1°C em Alto Parnaíba 13,8°C em Balsas 16,1°C em Barra do Corda 17,2°C em Imperatriz 17,2°C em Buriticupú Paraíba: 13,5°C em Monteiro 13,6°C em Cabaceiras 15,5°C em Itaporanga 15,5°C em São Gonçalo 17,4°C em Campina Grande Piauí 12,3°C em Corrente 12,8°C em Caracol 12,9°C em São Raimundo Nonato 13,3°C em Oeiras 15,6°C em Alvorada do Gurgueia
  4. Essa é a menor temperatura já registrada na estação de Oeiras, o recorde anterior era de 12,8°C (13/07/2017). A estação foi instalada em 2008. Essa também é a segunda menor temperatura registrada no Piauí por automáticas do INMET (o recorde é de 11,1°C em São Raimundo Nonato em julho de 2011). Lembrando que Oeiras detém também o recorde piauiense de temperatura máxima, 42,3°C em 29/10/2016. Outra mínima expressiva registrada hoje foi de 11,9°C em Corrente no sul do estado, também recorde da estação, porém a estação foi instalada em março desse ano.
  5. A madrugada de hoje foi fria em algumas áreas do Piauí. Mínimas hoje em algumas automáticas do INMET: 12,1°C em Corrente 14,3°C em Oeiras 14,3°C em São Raimundo Nonato 16,6°C em Castelo do Piauí 17,2°C em Picos Em Queimada Nova a mínima foi de 19,8°C, foi a primeira sub 20 registrada com vento no ano (ontem possivelmente a temperatura também baixou de 20 mas teve um problema com o termômetro). Ao contrário da maioria das cidades do interior do Piauí, Queimada Nova raramente tem noite completamente sem vento.
  6. Queimada Nova teve ontem a mínima mais alta desde o dia 2 de fevereiro. Ontem a temperatura não baixou de 24,2°C. Outro fato que chamou atenção ontem foi a formação de alguns núcleos de chuva (cbs, inclusive) em algumas áreas do semiárido piauense, fato raríssimo em junho. Nesse mês, e também em julho, agosto e setembro, qualquer pingo é uma grande coisa nessa região.
  7. O dia também começou friozinho em algumas áreas do Nordeste. Santa Rita de Cássia - BA: 10,3°C Correntina - BA: 11,1°C Formosa do Rio Preto - BA: 11,3°C Luís Eduardo Magalhães - BA: 11,6°C Corrente - PI: 13,1°C Arcoverde - PE: 14,2°C
  8. Maio de 2018 em Queimada Nova - PI: Média das máximas: 32,3°C (-0,1)* Média das mínimas: 21,6°C (-0,8)* Média simples: 26,9°C Precipitação: 0 mm (-18,6 mm) Nas estações mais próximas esse foi o maio mais "frio" desde 2014, não que tenha sido tão abaixo da média, mas sim por que os últimos foram muito quentes. Outro destaque do mês foram os 3 dias com mínimas sub 20. Em maio de 2016 e de 2017, anos que tenho registros daqui, não houve nenhuma sub 20. *Média aproximada obtida a partir da seminormal da estação automática do INMET de Paulistana - PI (2007-2017) **Média referente ao município de Paulistana - PI no período de 1992-2017. ***Como meu termômetro não é abrigado, valores errados podem ser registrados. Para corrigir esse problema e dar mais transparência, optei por substituir valores duvidosos por aproximações que estão em itálico na tabela.
  9. Últimos dois dias foram bastantes dinâmicos em Queimada Nova. Ontem a temperatura variou de 19,1°C a 35,5°C. 19,1° foi a segunda menor mínima do ano, já os 35,5° foi a maior máxima desde 2 de fevereiro. Também ontem, aproveitei a rara noite sem vento e levei o meu outro termômetro (que só funciona o sensor interno) para uma baixada e registrei gélidos 15,5°C. Hoje a temperatura variou de 19,8°C a 35,5°C. Quando a pré frontal terminar as mínimas vão aumentar e as máximas diminuir.
  10. Queimada Nova amanheceu com mínima de 19,0°C ontem. Essa foi a menor temperatura registrada no ano e também a menor para maio desde 2016 quando comecei meus registros.
  11. Análise da estação chuvosa 2017-2018 em Queimada Nova - PI. Pontos negativos: Inicio tardio. Chuvas de baixo volume. Acumulado total abaixo. Pontos positivos: Grande quantidade de chuvas. Ausência de bloqueios no ápice da estação chuvosa. Inicio tardio: Geralmente o inicio da estação chuvosa em Queimada Nova ocorre em novembro (como mostra o gráfico abaixo do CPTEC/INPE). Nesse "inverno", entretanto, a estação chuvosa só começou realmente com as chuvas do final de dezembro (dia 30) e o do inicio de janeiro (dia 2), mas foram chuvas isoladas restritas apenas a áreas próximas da cidade. Em muitas regiões do interior do município a caatinga só ficou verde em fevereiro (por conta das chuvas do fim de janeiro) sendo que o normal é que isso ocorra em novembro. Eu nunca tinha visto isso ocorrer por aqui. Em estações próximas esse foi o trimestre NDJ mais seco desde a estação chuvosa de 2007-08. Chuvas de baixo volume: Uma característica marcante nas últimas temporadas chuvosas daqui foi sempre ter no mínimo uma chuva muito volumosa (acima de 100 mm). Essas chuvas são excelentes para a recomposição dos reservatórios, pequenas barragens que estão secas podem encher totalmente com uma chuva dessas. Entretanto, nesse "inverno" a chuva mais volumosa foi de apenas 42 mm (dia 12/03), primeira vez que não tenho nenhuma chuva acima de 100 mm na estação chuvosa desde 2013, quando comecei com minhas anotações. Para piorar essa situação, essa chuva do dia 12 de março não foi generalizada. Para termos de comparação, listei abaixo a quantidade de chuvas igual ou acima de 40 mm nos últimos "invernos" em Queimada Nova: 2012-13: 5 | 2013-14: 4 | 2014-15: 6 | 2015-16: 5 | 2016-17: 8 | 2017-18: 1 Acumulado total abaixo: Uma consequência dos volumes baixos de chuva foi o baixo acumulado total de precipitação desta estação chuvosa. No total tive apenas 462 mm em toda a estação chuvosa (considerando as chuvas de 31 de outubro a 25 de abril). Esse é o menor valor desde a temporada chuvosa de 2011-12, conhecida como umas com das mais secas da história do Nordeste. Até então o "inverno" mais seco havia sido o de 2013-14 com 503 mm e o mais chuvoso o de 2014-15 com 740 mm. Grande quantidade de chuvas: De modo geral, as estações chuvosas daqui são de poucas mas volumosas chuvas. Porém, neste "inverno" tivemos uma grande quantidade de dias de chuvas, especialmente em fevereiro e março, o que é excelente para a agricultura da região. Fevereiro e março tiveram 10 dias de chuva (≥ 1 mm) cada. Desde janeiro de 2013, quando comecei meus registros, só o mês de janeiro de 2016 (que teve mais de 500 mm) teve mais dias de chuva, 15. Além disso as chuvas foram bem distribuídas durante esses dois meses, o maior período seco de 9 dias apenas. Ausência de bloqueios no ápice da estação chuvosa: Pela primeira vez desde 2013 todos os 3 meses mais chuvosos do ano (JFM) tiveram mais do que 10 mm. O que pode ser algo comum em qualquer outro lugar no país tem se tornado o maior problema das últimas estações chuvosas em Queimada Nova. De lá para cá bloqueios, inibindo o avanço de canais de umidade (principal sistema causador de chuvas por aqui), atuaram em janeiro (2014, 2015 e 2017), em fevereiro (2013) e em março (2016). Por esse dois últimos motivos (grande quantidade de chuvas e ausência de bloqueios no ápice da estação chuvosa), para os agricultores do município esse foi o melhor "inverno" desde o de 2014-15. *Média referente ao município de Paulistana - PI no período de 1992-2017. **Entre janeiro de 2013 e dezembro de 2015 registrava as precipitações em um balde, o que não é tão confiável. Só a partir de janeiro de 2016 comecei meus registros com pluviômetro.
  12. Queimada Nova - PI em abril de 2018: Média das máximas: 31,0°C (-1,1)* Média das mínimas: 21,9°C (-0,6)* Média simples: 26,4°C Precipitação: 59 mm (+11,3 mm/23% acima da média**) Em algumas estações próximas daqui esse foi o mês de abril mais frio desde 2009. Um destaque em Queimada Nova foi a máxima absoluta mensal baixa (33,9°C), segunda menor considerando todos os meses desde janeiro de 2016 quando comecei meus registros. *Média aproximada obtida a partir da seminormal da estação automática do INMET de Paulistana - PI (2007-2017) **Média referente ao município de Paulistana - PI no período de 1992-2017. ***Como meu termômetro não é abrigado, valores errados podem ser registrados. Para corrigir esse problema e dar mais transparência, optei por substituir valores duvidosos por aproximações que estão em itálico na tabela.
  13. Maio é definitivamente o mês do ano que eu menos gosto. Primeiro por que é o primeiro mês da estação seca, é o mês em que a caatinga deixa de ser verde e passa a ser cinza. Chuva agora só em novembro. Além disso, nos últimos anos, maio tem sido mais quente que abril por aqui.
  14. Contrariando minha previsão, e a de todos os modelos também, choveu durante a madrugada de ontem em Queimada Nova. Foram 10 mm acumulados. Nessa época do ano qualquer chuva é muito bem-vinda, pois prolonga a estação chuvosa, que já está acabando. Chegamos aos 57 mm em abril, acumulado dentro da média para o mês.
  15. Tive hoje a menor mínima do ano, 19,2°C. Essa é também a menor temperatura registrada em um mês de abril nos meus registros (desde 2016). Se terminasse hoje, esse seria o mês de abril mais frio desde 2009 por aqui (baseado em estações próximas).
×