Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

LucasApolinario

Members
  • Content count

    79
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutral
  1. O Inmet divulgou a mínima de hoje em Sorocaba pela estação automática: 4,1ºC Só que ela parou de reportar os dados... de novo. Pela estação convencional: Máxima: 19,7ºC Mínima: 6ºC
  2. O Inmet é uma vergonha! A estação automática de Sorocaba continua sem reportar os dados. Mínima de 6ºC pela convencional.
  3. A estação automática do INMET não está reportando em Sorocaba! Já faz alguns dias que as estações do INMET estão com problemas. Segundo os dados da Convencional: Máxima: 19,3ºC Mínima: 7,4ºC A automática registrou 5,2ºC de mínima e parou de reportar as 9 da manhã. Segundo o Accuweather temos 8ºC agora.
  4. Neve em Curitiba? Pelo GFS 12Z isso é possível.
  5. Acredito que a partir de amanhã os modelos começarão a convergir a um episódio intenso de frio. Global, CMC, ETA e Mbar estão bem estáveis até agora.
  6. ECMWF 00Z também diminuiu a amplitude do frio, bem como o GFS 00Z. Mas os modelos Global, CMC e ETA estão incrivelmente agressivos. Pelo ETA é bomba histórica!
  7. 00Z GFS enterrou o frio... Agora é esperar a solução do europeu.
  8. 0Z diminuiu o frio de novo... Vamos ver a solução do europeu.
  9. Está muito "cedo" pra bater o martelo, masop. Dificilmente uma bomba como essa fica restrita somente ao RS. Veja que essa última rodada colocou até uma segunda baixa passando aqui pelo estado no dia 11, o que ajudaria a impulsionar mais ar frio. Tudo pode acontecer, ainda mais se tratando de modelos acima de 144 horas. Abaixo disso deu uma boa melhorada também, o que vai garantir mais dias amenos/frios numa sequência incrível aqui pra nós. Máxima de 18,8ºC no Simepar. Mínima de 9,8ºC na mesma estação. Estou relendo as mensagens daquele memorável Julho de 2013, e é muito interessante observar a bipolaridade do GFS. Ele tirou e devolveu o frio várias vezes, para a aflição do bazianos. Porém, o europeu seguiu relativamente estável e era o mais extremo em termos de frio. Sem falar no Global, que foi uns dos primeiros a apontar a bomba polar. Enfim, as primeiras rodadas daquele episódio mostravam algo parecido com a 18Z de hoje. Os modelos começaram a intensificar faltando 5/6 dias para o evento. Ou seja, tem muito chão até as previsões mais concretas. Por enquanto é uma tendência com suporte de vários modelos.
  10. 18Z GFS devolveu o frio e voltou a apontar uma possível bomba. Para essa rodada, neve farta no RGS e na serra catarinense. É a dança dos modelos! Tem muita água pra passar de baixo da ponte. Só vamos saber se é bomba ou frio moderado/forte daqui a alguns dias. Mas a tendência está lançada.
  11. 0Z GFS diminuiu a "bomba", mas continua forte. É a dança dos modelos... Vamos esperar pra saber.
  12. O quadro sinótico é lindo! Uma alta de 1037hpa vinda direto da Antártica, entra na zona de ataque da América Latina.
  13. Vou imprimir e emoldurar! Vai fazer parte do hall das rodadas históricas.
×