Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

stankevecz1

Members
  • Content count

    107
  • Joined

  • Last visited

  • Days Won

    1

stankevecz1 last won the day on April 3

stankevecz1 had the most liked content!

Community Reputation

470 Excellent

Location

  • Location
    Curitiba

Recent Profile Visitors

1068 profile views
  1. Só um ponto. Creio que o meteorologista confundiu os conceitos de chuva congelante (freezing rain) e chuva congelada (sleet). Na chuva congelada, que foi o fenômeno registrado em Maringá, a precipitação sai da nuvem como neve. Derrete ao encontrar uma camada mais quente. E recongela ao encontrar uma camada mais fria. A pedra de gelo chega congelada antes de tocar o solo. Já o freezing rain é fenômeno bem mais raro, não foi o que aconteceu em Maringá. O freezing rain é muito perigoso nos EUA, pois congela o asfalto. Chamado de Black Ice, porque não se vê o gelo no asfalto. Veja a ilustração do NOAA
  2. Sobre precipitação hibernal no norte do Paraná, sei que nevou em Cianorte em 17/07/1975. Não tenho dados da intensidade. E em Apucarana, em 21/07/1957 (no mesmo dia São Joaquim ficou isolada pela neve, a ponto de aviões decolarem do aeroporto do Bacacheri para jogar mantimentos sobre a cidade catarinense). Essa de Apucarana parece ter sido um evento bastante significativo, com 2 ou 3 horas caindo neve. E, mais recente, soube do sleet que caiu em Maringá em 22 ou 23 de julho de 2013.
  3. Tenho uma estação instalada em baixada (Curitiba/Orleans) e já registrei 36ºC duas vezes.
  4. Esses valores extremos citados por você (-8,9 a 37,4) foram registrados no seculo XIX, por aparelhos Theorell, medidos pela Repartição Geral dos Telégrafos. Dados que vieram a tona através do historiador Romário Martins. Sei que a estação em que foi registrada ficava na chácara do Barão do Capanema, atualmente Bairro Jardim Botânico, próximo ao Simepar e INMET. Pelos valores, certamente a estação ficava em baixada. Senão seria quase impossível registrar essas temperaturas de mínima e máxima em Curitiba. Sobre a sua pergunta, no seculo XX, a maior temperatura já registrada em Curitiba foi de 35,2ºC, em novembro/1985. A única vez em que a temperatura oficial de Curitiba superou os 35ºC no século XX. Se quiser se aprofundar em dados antigos, recomendo o livro "Curityba sob a Neve". Traz todos esses dados antigos, histórico de neves e fortes ondas de frio. Tem na Biblioteca Pública do Paraná e está a venda nos sites.
  5. Sim, estão sendo utilizadas cada vez mais exóticas que produzem espetáculo de cores no outono. Dentre elas o liquidambar, plátanos, liriodendros, acer e ginko biloba. A Araucária Bidwillii é bem adaptada ao clima do sul do Brasil. Cresce bem até em locais de baixa altitude, onde a nossa Angustifolia não se desenvolve muito bem. Essa é uma Araucária Australiana adulta, existente em Curitiba (bairro Alto da XV, em frente à Praça do Expedicionário). Imune ao corte, pois tombada pela Prefeitura Municipal. Nem todas produzem pinhas, pois as araucárias, de regra, são dioicas. Ou seja, não ocorre a polinização. Mas onde produzem pinhas, o perigo é grande. Ao contrário da nossa Angustifolia (os pinhões caem aos poucos), a pinha cai por inteiro. Existem até placas orientando as pessoas a não ficar embaixo do pinheiro.
  6. Desculpe, viu Araucanas onde? O nosso clima quente do Brasil não é favorável ao desenvolvimento das Araucanas. Acho que só conseguem se desenvolver em latitudes 40s. Essa de São Paulo, tenho minhas dúvidas se não é uma Bidwillii (australiana), que se adapta muito bem ao nosso clima. Se for Araucana mesmo, é um grande achado.
  7. Esse local é uma espécie de Death Valley curitibano. A estação estava na minha casa antes e nunca chegou nem perto de 35ºC. Acredito que seja uma baixada com potencial para registrar entre -5ºC/37ºC, pelo que tenho observado. O tempo mostrará o que sairá desta cartola.
  8. Resumo do ano de 2019, na estação que fica no quintal de casa em Curitiba (baixada urbana). Média horária anual em 17,8ºC até agora. Destaque para o mês de janeiro (mês mais quente da história de Curitiba). E a bela mínima absoluta em julho.
  9. Agosto/2019, nas minhas 2 estações em baixada, em Curitiba, com média horária de 14,2ºC e 14,3ºC, respectivamente.
  10. Resumo de Agosto até o dia 26/08. Médias Simples
  11. Show as fotos. Minha estação no Bairro Orleans também deve ter ficado na casa de 3ºC, saiu do ar as 5h50 com 4,0ºC
  12. Sei de pelo menos 3 máximas sub 10 com sol em Curitiba iNMET no pós 1961. É raro sim, mas não a cada 100 anos
  13. Desprezando o critério UTC, 23/07/2013 teve máxima de 5,2ºC no INMET, com sol abrindo depois das 14h00 (no critério UTC a máxima ficou em 7,1ºC). Já o dia 24/07/2013, máxima de 8,5ºC no INMET, com sol pleno o dia todo.
  14. Julho/2019, nas minhas estações em Curitiba (Orleans e Pilarzinho). Máximas acima da média e mínimas dentro da normalidade (ambas em baixada)
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.