Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

Renan

Advisors
  • Content count

    16326
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

121 Excellent

4 Followers

About Renan

  • Birthday 03/15/1986
  1. Tirou as palavras dos meus dedos, rsrs. Esse alerta me parece bem equivocado ! Realmente pelo satélite nota-se a formação de um canal de umidade, no entanto ele está BEM MAIS AO NORTE que o previsto por alguns institutos, ou estou enganado ? O tempo está instável por aqui, mas apenas com células bem isoladas. Absolutamente sem necessidade de alertas. A não ser que a ZCAS surpreenda e gere instabilidades generalizadas por aqui no decorrer da noite. O alerta é válido até Sábado, então vamos ver. Mas, convém dizer, o modelo Euro discorda radicalmente desses alertas, rsrs.
  2. Acabei de comentar contigo: Irreconhecível o verão no RS ! Agora digo: Irreconhecível o Fevereiro na costa leste dos EUA, assim como no sul do país e boa parte do oeste ! Esse é o mapa de anomalias em Fevereiro-18 até o momento por lá: Um show de horror !
  3. Que verão no RS ! Que verão ! Irreconhecível...
  4. Nani, é verdade, eu verifiquei esse registro em Simão Pereira e esqueci de colocar. O Europeu está indicando chuvas em média de 75mm a 100mm até o fim do mês, para uma ampla porção da nossa região. Se confirmar, Juiz de Fora fechará com chuvas dentro da média.
  5. A previsão do Euro para Moscou está bastante agressiva. Numa metrópole com mais de 10 milhões de habitantes, um frio de quase 30 negativos pode ser uma situação preocupante:
  6. O Europeu diminuiu muito a perspectiva de chuvas para a capital paulista até o fim do mês. Será que teremos recorde de seca ? Confira a última saída (onde 1 inche = 25,4mm):
  7. Pancada rápida, porém forte, em JF nesta tarde. Ou pelo menos em alguns bairros, pois o temporal foi bem isolado. No INMET choveu 08,6mm e na minha estação, absolutamente nada. Houve vento moderado a forte no INMET: A rajada máxima chegou a 56,5Km/h. Pela região, outros temporais na última hora: - Coronel Pacheco com 13,2mm; - Valença (RJ) com 16,6mm (25,6mm nas últimas duas horas) No decorrer de hoje ainda podem ocorrer outros temporais.
  8. O aglomerado de temporais mais forte neste momento está sobre a região de Valença e Rio das Flores. O bicho tá pegando lá ! Por aqui, escureceu geral, com trovões e vento. Caindo o mundo na zona sul da cidade, vamos ver se chega no centro da cidade.
  9. Múltiplas células se desenvolvendo sobre a região neste momento, conforme última imagem do pico do Couto. Acredito que é questão de tempo até uma atingir aqui. Por enquanto ainda segue com aberturas de sol e calor, com 29,8ºC e umidade elevada de 66%. Chamou minha atenção a TEMPESTADE que atinge a região dos lagos fluminense neste momento. TEMPORAL em Cabo Frio, o que não é muito comum por lá.
  10. O Nordeste é uma região gigante, então em alguns locais a estação chuvosa está boa, e em outros está ruim. De uma forma geral, como estão as chuvas, afinal ? O Molion acertou ou não ?
  11. Interessante o boletim do INMET sobre o comportamento climático em MG durante Janeiro-18: http://www.inmet.gov.br/portal/index.php?r=home/page&page=notas_tecnicas
  12. Melo, acredito que o Coutinho tenha mais informações, pois conversamos sobre isso no Face. Basicamente falando, parece que o Molion está fazendo uma analogia do inverno 2018 com o inverno 2000
  13. Sobre essa chuva no Nordeste, fico bem contente em ver que está chegando ao fim esse período tão prolongado de seca que atingiu a região. Um "inverno" mais chuvoso em 2018 era previsto pelo Molion, aliás. Ele acertou magistralmente a previsão feita no final do ano passado. E se ele estiver certo também quanto ao padrão de temperaturas do inverno...Deus nos acuda, emoções não faltarão !
  14. É verdade que a precipitação está escassa até o momento em Sampa, porém no decorrer dessa semana vamos ter chuvas volumosas por lá. Não vai configurar entre os Fevereiros mais secos de sempre. Hoje é dia de mais trovoadas por aqui, a chance é bem alta disso ocorrer à tarde. No momento abafado e 27,2ºC.
  15. Também acho isso. Além disso, o atlântico continua mais frio que o normal, e isso é muito importante para a duração e intensidade maior de anticiclones polares no oceano que abastecem o frio no leste do Sudeste. Especificamente para MG, acho que será um inverno de médias semelhantes a 2017, porém com extremos muito mais marcantes que ano passado. Estou otimista.
×