Jump to content
Brasil Abaixo de Zero

De Olho No Tempo

Members
  • Content count

    22
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

18 Good

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Tivemos 194,4 mm em três horas sobre Echaporã, sendo 100 mm em exatos 60 minutos na tarde de quarta. Danos generalizados, mesmo cidade estando no alto da serra. Caixas de contenção de água na zona rural que estavam secas e rachadas até meio-dia de ontem, estouraram arrastando curvas de nível e plantações. Instabilidade não avançou, estourou sobre a cidade com aglomerado de nuvens muito baixo.
  2. Positivo. Serão 17 novas estações em MS, parceria Imasul/Semagro/Cemtec: Angélica Aral Moreira Bandeirantes Bonito Brasilândia Caarapó Camapuã Fátima do Sul Iguatemi Itaporã Laguna Carapã Nova Alvorada do Sul Nova Adradina Pedro Gomes Ribas do Rio Pardo Santa Rita do Pardo Selvíria Além de: Cristalina (Fazenda Santa Mônica) Salvador (Bairro São Tomé de Paripe) São Paulo (Bairro Parque Colonial, SESC Interlagos) Promessas: Crixás, GO Faina, GO Niterói, RJ Porangatu, GO Rio de Janeiro (Engenho de Dentro)
  3. De Olho No Tempo

    Análise de Performance de Modelos

    Previsão do ECMWF, GFS, CMC e GAS feita em 31/12/2017 e válida para os 10 primeiros dias de janeiro de 2018. Para a área demarcada, Echaporã, o acumulado no período foi de 177,9 mm, portanto, o ECMWF e o GAS acertaram. No tocante à distribuição da chuva, parece que todos erraram salvas áreas pontuais. Acumulado real em estações automáticas do Inmet
  4. De Olho No Tempo

    PNI - Automática do INMET - INSTALAÇÃO!!

    Saiu http://www.inmet.gov.br/sonabra/pg_dspDadosCodigo_sim.php?QTYzNQ==
  5. Máxima de 10,4°C hoje em Echaporã. Superou os 11,8°C de 23 de julho de 2013 e os 10,5°C de 17 de julho de 2000. Nevoeiro denso, por vezes com garoa entre Assis e Marília.
  6. Neve acumulada até a manhã de terça-feira, segundo Meteoblue
  7. Neve acumulada pelo MeteoBlue entre 6h de segunda e 3h de terça
  8. Sinótica prevista pelo NOAA indicando até um metro de neve nos Andes e 15 cm no centro-sul argentino para 0UTC de 15/07. Sinótica prevista pelo NOAA indicando até 5 cm de neve para o sul da província de Buenos Aires para 0UTC de 16/07
  9. Responsável pela equipe de instalação das automáticas do Inmet informou que o pessoal deve chegar ao PNI, no máximo, até 15/07. Hoje já instalaram a estação de São Miguel do Araguaia (GO). Depois vem Brazlândia (DF), Edeia (GO), Primavera do Leste (MT), Sapezal (MT), Araçuaí (MG), Bragança Paulista (SP), Machado (MG), Itatiaia (RJ), Angra dos Reis (RJ) e São Sebastião (SP). http://www.inmet.gov.br/sonabra/pg_dspDadosCodigo_sim.php?QTAzMQ==
  10. Há estudo do Inmet para a instalação de estações automáticas em vários municípios até o final de 2018, porém, dependem de parceria com órgãos e entidades locais. Estão fazendo parceria com universidades, dado o número elevado de furtos de cobre onde estão as estações mais antigas e em locais com menor “segurança”. A última a ter cobre furtado foi a de Ourinhos. Os municípios estudados, pelo o que nos foi repassado, são: Alagoinhas, BA (desativação de convencional) Além Paraíba, MG Altamira, PA (desativação de convencional) Araçatuba, SP Aracruz, ES Assis, SP Barra Mansa, RJ Cachoeiro de Itapemirim, ES Campinas, SP Caracaraí, RR (desativação de convencional) Cataguases, MG Caxias do Sul, RS (desativação de convencional) Ceará-Mirim, RN (desativação de convencional) Chapecó, SC (desativação de convencional) Codajás, AM (desativação de convencional) Florânia, RN (desativação de convencional) Fonte Boa, AM (desativação de convencional) Francisco Beltrão, PR Guajará-Mirim, RO Itaperuna, RJ Jaraguá do Sul, SC Ji-Paraná, RO Londrina, PR (desativação de convencional) Mauá da Serra, PR Morro do Chapéu, BA (desativação de convencional) Mossoró, RN Paracatu, MG (desativação de convencional) Pereira Barreto, SP Pouso Alegre, MG Santa Cruz do Sul, RS São Gabriel da Palha, ES São José do Rio Preto, SP Taquara, RS Tefé, AM (desativação de convencional) Três Passos, RS Umuarama, PR
  11. Novas estações do Inmet até o final de julho Angra dos Reis, RJ Araçuaí, MG Bragança Paulista, SP Brazlândia, DF Edeia, GO Itatiaia, RJ Machado, MG Primavera do Leste, MT Sapezal, MT São Sebastião, SP São Miguel do Araguaia, GO
  12. Geada e 0°C nesta terça em Echaporã (SP). A menor da região foi em Manduri, -0,4°C.
  13. De Olho No Tempo

    Tempo Severo, Terremotos, Furacões,ciclones, etc

    Tempestade deixa desabrigados e animais mortos em Tarabai (SP) Uma violenta tempestade de granizo atingiu parte do município de Tarabai, no oeste de São Paulo, na tarde desta quinta-feira (3) provocando muitos estragos. No interior do município, 40 famílias ficaram desabrigadas após o destelhamento completo das residências. Árvores caíram com a força do vento sobre fios de alta tensão e sobre uma creche na área urbana. Ninguém ficou ferido. A dimensão das pedras de granizo matou galinhas, centenas de pássaros e até uma vaca leiteira. A administração municipal decretou estado de emergência. (Crédito das imagens: Jorge Pelegrino)
  14. De Olho No Tempo

    Tempo Severo, Terremotos, Furacões,ciclones, etc

    Tempestade de granizo deixa rastro de destruição em Echaporã (SP) Uma forte tempestade de granizo atingiu boa parte do município de Echaporã, no centro-oeste de São Paulo, na tarde desta quinta-feira (3). Segundo informações apuradas pela Secretaria de Obras do município, inúmeras construções tiveram perda total com o granizo e os ventos fortes. No Condomínio Altos da Figueira, entre Echaporã e Assis, o granizo perfurou o telhado de várias casas, além de árvores que caíram sobre a fiação e construções. Inúmeras propriedades rurais acumularam muito granizo. Em alguns pontos, mais de 20 centímetros de muito gelo. Plantações inteiras de mandioca, milho, cana e tomate foram arrasadas pelas pedras de gelo. No Distrito de Tabajara, próximo à Lutécia, maioria das construções teve o telhado danificado pelas pedras de granizo. Ao longo de parte da rodovia estadual SP-333 (Rachid Rayes), o granizo obrigou motoristas a pararem no acostamento durante a tempestade. (Crédito das imagens: Adriano de Araújo Bedusqui – De Olho No Tempo Meteorologia)
×

Important Information

By using this site, you agree to our Guidelines.